Jequié: Sindicato diz que Prefeitura agiu com ”truculência” ao acionar polícia para impedir protesto

/ Jequié

Advogada diretora do Sinserv
Advogada diretora do Sinserv brada contra Prefeitura

A presença da polícia nos centros de saúde de Jequié durante manifestação dos servidores públicos municipais na manhã desta terça-feira (14), aumentou a indignação dos funcionários da prefeitura que estão com os bolsos vazios, já que ainda não receberam seus salários de setembro, informou o site Jequié e Região. De acordo com o JR, o Sindicato dos Servidores Públicos de Jequié, publicou nota revelando indignação da entidade com a presença da PM nas unidades de saúde. Segundo o Sinserv, a Polícia Militar teria sido acionada pela Prefeitura de Jequié para impedir o ato público. ”Não Vamos recuar”, bradou o Sinserv, em nota em rede social. ”Ficamos indignados com os fatos de truculência que aconteceram no curso do movimento, principalmente com a presença da polícia que tentou minar a situação, certamente a pedido de pessoas que estão ligadas à Secretaria de Saúde”, condenou. Ainda de acordo com a nota, as instituições (sindicatos) repudiaram esta atitude por entender que os atos do servidor são legítimos e pacíficos e disparou: ”Polícia é pra quem precisa de polícia, o servidor é um trabalhador que cumpre seu papel e por isso exige que os poderes públicos nos respeite”.

Servidores seguem e manifestando. Foto: Antônio Argolo
Servidores seguem e manifestando. Foto: Antônio Argolo

Em outra nota, o Sinserv revelou que “tolerância tem limite”. A população acordou nesta terça-feira, com a paralisação dos serviços públicos da Prefeitura de Jequié. O fato aconteceu devido ao impasse entre Executivo e Legislativo que gerou o não pagamento dos funcionários. Por isso, a categoria decidiu parar suas atividades e intensificar sua manifestação. ”Essa nota da paralisação tem sido divulgada pela imprensa e pela comunicação sindical desde o início do movimento”, informou. A situação é gravíssima, avalia o Sinserv, ”pois nossas contas estão atrasadas e não podemos mais nos acomodar diante dos graves erros e impasses cometidos entre os poderes públicos”,concluiu.

Jequié: Polícia Militar é acionada para controlar manifestação de servidores públicos

/ Jequié

PM teria sido acionada pela PMJ. Foto: Sérgio Monteiro
PM teria sido acionada pela PMJ. Foto: Antônio Argolo

Manifestando-se em unidades públicas de saúde, servidores da Prefeitura de Jequié, paralisados por conta do atraso de salário, foram surpreendido com a presença da Polícia Militar, na manhã desta terça-feira (14), que teria sido acionada, segundo informações, pela própria Prefeitura para impedir a mobilização do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais no Centro de Saúde de Jequié, no bairro Campo do América. Os manifestantes tentavam mobilizar outros servidores a paralisarem suas atividades, quando foram chamados para diálogo com policiais militares, que pediam para evitar o ato público em frente à unidade de saúde.

Servidores também protestaram no Sebastião Azevedo
Servidores também protestaram no Sebastião Azevedo

Servidores de várias áreas, além de aposentados e pensionistas do IPREJ estão sem receber seus salários e, de bolsos vazios, se indignam a cada dia que passa com o Governo Tânia Britto. O poder público municipal alega falta de recursos para efetuar o pagamento do funcionalismo.

Jequié vai sediar o IV Fórum de Negócios, no dia 22

/ Jequié

Fórum será apresentado por Ricardo Sayon
Fórum será apresentado por Ricardo Sayon

Jequié vai sediar, no próximo dia 22, o IV Fórum de Negócios, que acontece a partir das 19h, no Teatro Municipal. O evento é promovido pela TV Sudoeste e as inscrições podem ser feitas nos pontos de atendimento do SEBRAE. A proposta do Fórum de Negócios é contribuir com o crescimento dos empresários, mostrando que para se destacar em um mercado em constantes transformações e diversidades é necessário conhecimento e planejamento estratégico. O Fórum será apresentado pelo palestrante Ricardo Sayon, médico pediatra, empresário fundador da Ri Happy, maior rede de brinquedos do Brasil, com mais de 100 lojas, 2.000 colaboradores e faturamento anual de quase R$ 1 bilhão.

Em Jequié, quase 80 pessoas já foram assassinadas apenas neste ano, segundo levantamento

/ Jequié

Mais um crime registrado
Mais um crime registrado nesta segunda. Foto: Ricardo Tuacha

Só neste ano de 2014, quase 80 pessoas já foram assassinadas em Jequié, o que equivale a uma média de 2 homicídios registrados a cada semana. O número de pessoas mortas de forma violenta e intencional já é de cerca de 78, conforme informações levantadas pelo Blog Marcos Frahm, após a polícia ter registrado mais um assassinato na Cidade Sol, nesta segunda-feira (13). A semana começou violenta com a morte de um homem de pré-nome ‘’Lua’’, aparentando 30 anos, cujo corpo foi encontrado debaixo de um beliche, no quarto de uma casa localizada na Loteamento Jardim Tropical, bairro  Jequezinho. A hipótese levantada pelos policiais é da vítima ter sido alvejava inicialmente no peitoril da casa tendo corrido para um dos cômodos onde tentou se esconder debaixo da cama, local em que o homicídio foi consumado. O imóvel tem em sua fachada a inscrição de Centro de Recuperação, pertencente à Associação Moderna Esperança Jovem, que teria como finalidade o tratamento de dependentes químicos. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Jequié. Não há informação sobre autoria e motivação do assassinato.

Violência: Homem é assassinado dentro de Centro de Recuperação em Jequié

/ Jequié

Crime atraiu diversos curiosos ao local. Foto: Souza Andrade
Crime atraiu diversos curiosos ao local. Foto: Souza Andrade

O corpo de um homem com várias perfurações de bala,  aparentando 30 anos, trajando calça jeans, sem camisa, foi encontrado debaixo de um beliche, no quarto de uma casa localizada na Loteamento Jardim Tropical, bairro  Jequezinho. A hipótese levantada pelos policiais é da vítima ter sido alvejava inicialmente no peitoril da casa tendo corrido para um dos cômodos onde tentou se esconder debaixo da cama,  local em que o homicídio foi consumado. O imóvel tem em sua fachada a inscrição de Centro de Recuperação, pertencente a Associação Moderna Esperança Jovem, que teria como finalidade o tratamento de dependentes químicos. Na área as pessoas deram conhecimento de que um pastor evangélico [sem identificação] seria o responsável pelo local. A vítima, ainda de acordo com populares, tem o pré nome Luan. No interior da casa, que se encontra em acentuado processo de deterioração, com  portas e janelas arrancadas, foram encontradas algumas camas-beliche sem colchões, geladeira e fogão imprestáveis. A polícia busca identificar a vítima e, também, o responsável e moradores da casa. Com informações do Jequié Repórter

Servidores da Prefeitura de Jequié permanecem sem receber salário ; impasse continua na Cidade Sol

/ Jequié

Servidores seguem sem recebe o salário do mês de setembro
Servidores seguem sem recebe o salário do mês de setembro

Inicia-se mais uma semana e os funcionários da prefeitura continuam com o bolso vazio. Quase na metade do mês e ainda não foi pago o salário de setembro dos servidores nem dos aposentados e pensionistas, segundo informou o site Jequié e Região. Uma das maiores crises já enfrentadas pelo funcionalismo municipal foi parar na justiça. Com a falha da prefeitura, que não planejou direito e permitiu que a situação chegasse a esse ponto. Diante do impasse, já surgem novos questionamentos como: será que a crise é do tamanho que vem sendo divulgada ou a prefeitura está usando os servidores para conseguir o que quer? Certo é que a solução caiu no colo da câmara que, mesmo com quase totalidade dos vereadores da base do governo, a prefeitura vem se batendo para votar o pedido de autorização para suplementação orçamentária do tamanho da vontade do poder. Sem forças, culpa o presidente José Simões (PP) de promover manobras e mais manobras para não proceder à votação. Na opinião da maioria da população, todos são vilões. Em princípio, haverá sessão para avaliação o pedido de R$ 56 milhões somente nesta terça-feira.

Paciente aguarda por familiares no HGPV em Jequié

/ Jequié

Paciente identificado como Luciano dos Santos aguarda por familiares no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié. A informação é do diretor administrativo do HGPV, Silvio Arcanjo Matos Filho. Em nota ao blog jequieeregiao.com.br ele informa que Luciano, provavelmente, morador de rua, internado na psiquiatria do HGPV desde o dia 29/09 e de alta, aguarda familiares para buscá-lo.”Este senhor deu entrada na emergência dia 29/9 sozinho com sinais de distúrbio psiquiátrico sendo internado porém após avaliação psiquiátrica não foi comprovado o diagnóstico recebendo alta no dia seguinte e desde então encontra-se de alta na unidade. O serviço social da unidade já fez contato com a secretaria de desenvolvimento social através do centro POP, que compareceu a unidade mas não conseguiram ainda uma solução para o caso”. Segundo ainda Silvio Arcanjo chegaram informações dando conta de que o paciente seria morador de Dário Meira porém sem confirmação de endereço.

Jequié: Dia das Crianças é comemorado no teatro‏

/ Jequié

Evento contou com personagens da Galinha Pintadinha
Evento contou com personagens da Galinha Pintadinha

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SFCV uma programação especial para comemorar o dia das crianças. Cerca de mil crianças dos bairros do Jequiezinho, Baixa do Bonfim, São Judas Tadeu, Joaquim Romão, Mandacaru e do projeto Lá vem História da Associação de Moradores do Loteamento Jardim Tropical, em Jequié, atendidas pelo SFCV, assistiram o espetáculo “Mundo das Crianças, da Cia de Teatro Aldo Rabelo de Recife Pernambuco”, no Centro de Cultura Antônio Carlos Magalhães, em dois períodos, às 09h e às 14h. Durante a apresentação, vários personagens do mundo infantil fizeram a alegria das crianças, como a Galinha Pintadinha, Dora Aventureira, Patati Patatá, Pepa, Bob Esponja, Pica Pau, Shrek e Fiona e Joãozinho e Maria.

Evento ainda teve Dora Aventureira, Patati Patatá
Evento ainda teve Dora Aventureira, Patati Patatá. Fotos: Dircom

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos atende crianças de 6 a 12 anos de idade em situações de vulnerabilidade social. No programa, eles recebem atenção diferenciada com o acompanhamento de pedagogos e de orientadores sociais, além de participar de atividades de educação física, capoeira, dança e teatro e de receber aulas de reforço escolar. Desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, é um programa do Governo Federal organizado por faixa etária e com o objetivo de prevenir possíveis situações de risco da população em geral, visando à melhoria da qualidade de vida.Todos os serviços de convivência e fortalecimento de vínculos organizam-se em torno do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – Paif. Previnem a institucionalização e a segregação de crianças, adolescentes, jovens e idosos e oportunizam o acesso às informações sobre direitos e participação cidadã, onde as atividades são ofertadas, nos Centros de Referência de Assistência Social – Cras

Indivíduo preso em Jequié confessa ter matado homem a tiros neste sábado, no bairro Km 4

/ Jequié

Gereba é suspeito de ter matado Arnaldo
Gereba é suspeito de ter matado Arnaldo no Km 4

A Polícia Militar de Jequié prendeu no fim da tarde de hoje, o principal suspeito de ter cometido um homicídio na manhã deste sábado (11) no bairro Km 4, cuja vítima, Arnaldo Rosa Silva, foi atingido por diversos disparos de arma de fogo, na porta da sua residência. O crime ocorreu no início da manhã e, horas depois, a PM conseguiu identificar e prender o suspeito, de pré-nome ”Gereba”, que foi encaminhado a Delegacia Territorial de Jequié, tendo confessado, segundo a polícia, que foi o autor dos disparos que tiraram a vida de Arnaldo. O rapaz assassinado teria chegado recentemente de São Paulo para rever familiares. As causas estão sendo investigadas e o suspeito permanece preso a disposição da Justiça jequieense.

Jequié: Homem é morto a tiros na porta de casa

/ Jequié

vestígios de sangue
Vestígios de sangue revelam crime. Foto: Agência AM

Um homem de 38 anos foi abatido a tiros na manhã deste sábado (11), na porta de sua casa, no bairro Km 4 em Jequié. Arnaldo Rosa Silva foi atingido por vários disparos de arma de fogo, deflagrados por dois elementos desconhecidos que, segundo relatos de populares, estavam a bordo de uma motocicleta, se aproximando da vítima e efetuando os disparos. Viaturas das polícias Civil e Militar foram acionadas e fizeram diligências no bairro, na tentativa de localizar os autores do crime, mas sem êxito.

Polícia procura por autores de mais um crime
Polícia procura por autores de mais um crime

A polícia não descarta a hipótese de homicídio relacionado ao tráfico de entorpecente. Segundo o blog do Ari Moura, um pacote contendo substância foi encontrado junto com os documentos do homem e encaminhado ao Departamento do Polícia Técnica, para onde o cadáver foi levado por peritos do DPT local.

Servidores públicos de Jequié continuam em greve; Prefeitura ainda não pagou salário atrasado

/ Jequié

Líderes sindicais
Sindicalistas lideram o movimento grevista em Jequié

A falta do pagamento do salário do me de setembro levou os servidores da Prefeitura de Jequié a paralisar, nesta semana, as suas atividades na Cidade Sol. Funcionários da educação, saúde e outras áreas da administração permanecem de braços cruzados, aguardando um posicionamento do Governo Tânia Britto. Ontem, quinta-feira (90, os servidores municipais participaram de um ato público de paralisação em frente à Prefeitura de Jequié. A intenção foi chamar o executivo para assumir a responsabilidade na questão que gerou o não pagamento do funcionalismo no mês de setembro. Os sindicatos unificados: Sinserv, Aplb e Sind Acs/Ace participaram da mesa de negociações com o Secretário do governo Marcelo Aguiar. ”Saímos de lá com a proposta de que o executivo já estava articulando uma posição judicial a ser impetrada. As negociações com os sindicatos prosseguirão no decorrer da semana, reforçando a proposta para realização de uma assembleia com os trabalhadores na segunda-feira pela manhã. Continuamos com as atividades paralisadas e ainda sem receber nossos salários. Queremos trabalhar, sem salário não dá”, informou o Sinserv.

Servidores fazem manifestação em frente à Prefeitura, no Jequiezinho
Servidores fazem manifestação em frente à Prefeitura

Desde o início desta semana, que os servidores unidos vêm realizando manifestações na cidade, chegando inclusive a lotar o plenário da Câmara Municipal em sessões ordinárias e extraordinárias para pedir apoio aos vereadores e até protestar pela aprovação de um pedido de suplementação enviado ao Poder Legislativo pelo Executivo. As informações são de que governistas se esquivam para não aprovar o Projeto, que foi encaminhado as comissões e não avança na Casa. Na quarta-feira (8), o clima foi tenso na sessão da Câmara e ovos foram arremessados por manifestantes na direção de vereadores aliados da prefeita.

Jequié: Servidores públicos esbarram na porta da Prefeitura e cobram salários atrasados

/ Jequié

Prefeitura volta a enfrentar protesto.
Prefeitura volta a enfrentar protesto. Foto: Souza Andrade

A Prefeitura de Jequié vem enfrentando protestos de servidores públicos municipais, que têm valores a receber e dizem não ter resposta do Poder Executivo. A semana chega ao fim na Cidade Sol, marcada por manifestações de funcionários e de lideranças sindicais, que representam a classe trabalhadora. Nesta quinta-feira (9), segundo o site Jequié e Região, representantes do Sinserv, SIND-ACS/ACE e da APLB estiveram em reunião com representações da administração em busca de informações quanto ao posicionamento da Prefeitura de Jequié, que não pagou o salário de setembro dos servidores, aposentados e pensionistas, alegando falta de dotação orçamentária e saíram com uma mão adiante e outra atrás. ”Ontem, pressionamos à câmara, hoje estamos aqui pressionando à prefeitura, pois é inaceitável essa situação de nós servidores permanecermos sem receber nossos salários”, destacou uma delas, na porta da Prefeitura, mas sem uma resposta concreta do devedor, no caso do Executivo.

Violência: Mais um jovem é morto a tiros em Jequié

/ Jequié

Um jovem de pré-nome Alex, de 18 anos, foi morto a tiros no início da noite desta quinta-feira (9) na Vila Vitória, em Jequié. As informações preliminares dão conta de que o jovem foi surpreendido por elementos desconhecidos, que dispararam tiros de revólver contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos à bala. Ainda não sem tem informação sobre autoria e motivação do crime. O corpo foi removido ao IML de Jequié.

Julgado em Jequié, réu é condenado a 14 anos e 8 meses de reclusão por homicídio em Itagí

/ Jequié

Sessão de Julgamento foi realizada sem a presença do réu
Sessão realizada sem a presença do réu. Foto: Wilson Novaes

A Vara do Júri, Execuções Penais, Infância e Juventude da Comarca de Jequié, sob a presidência da Juíza Substituta, Letícia Fernandes Silva Freitas, realizou nesta quinta-feira (9/10), no salão do Júri do Fórum Bertino Passos, mais uma  sessão de julgamento, desta feita relativa a processo originário da extinta Comarca de Itagí, de homicídio ocorrido em 1º de maio de 2005. O réu Elielson Matos Nascimento, apelidado de “Lessi”, atualmente residindo em São Paulo, não compareceu ao julgamento, tendo atuado como seu advogado de defesa. Raimundo Ribeiro Batista. O Promotor de Justiça Luciano Santana Borges, representando o Ministério Público, fez a acusação do réu no processo. O Conselho de Sentença esteve constituído de cinco mulheres e dois homens. Os soldados PM Oliveira e Jânio foram arrolados como testemunhas no processo.

O crime – Por volta das 23h30 do dia 1º de maio de 2005, após um desentendimento, o cabelerereiro Elielson Matos Nascimento, teria desferido dois golpes de machado na nuca de Vivaldo de Jesus Cardoso, o “Guerreiro”, no bairro das Malvinas, em Itagí. O autor do homicídio e a vítima, juntamente com outro homem de pré-nome Damião, estariam horas antes do crime,  bebendo em um bar de propriedade de Ernô Barbosa. A defesa do réu usou a tese de legítima defesa, enquanto a acusação manteve o argumento da crueldade com que o acusado desferiu duas machadadas na vítima e ainda um golpe com objeto perfuro cortante. Réu confesso, Elielson Nascimento ficou preso por três meses e 18 dias, sendo concedida a sua liberdade provisória. O advogado Raimundo Batista, usou a alegação de que o seu cliente não compareceu ao julgamento por desconhecimento do mesmo. No final da votação pelo Conselho de Sentença, a Juíza Letícia Fernandes, anunciou a sentença com a condenação do réu por homicídio qualificado, a cumprir 14 anos e 8 meses de reclusão no Conjunto Penal de Jequié, com a decretação de sua prisão preventiva pelo fato do mesmo estar em local incerto e não sabido. Informações do Jequié Repórter