Prefeitura de Jequié reforça fiscalização sanitária noturna nos estabelecimentos comerciais da cidade

/ Jequié

Jequié vem reforçando as ações noturnas. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, vem reforçando as ações noturnas de fiscalização do Departamento de Vigilância Sanitária e Ambiental, intensificando as medidas operacionais voltadas à prevenção de riscos à saúde pública, nos estabelecimentos que manipulam e comercializam alimentos, como restaurantes, padarias, lanchonetes e outros. Os inspetores sanitários estiveram atuando nesta quarta, no Centro, e nesta quinta-feira, 10, no bairro Jequiezinho, onde realizaram a inspeção de diversos estabelecimentos.

Regulamentada pela Lei Federal 8.080/90, chamada de Lei Orgânica da Saúde, a Vigilância Sanitária conta com o trabalho e conhecimentos técnicos de profissionais de várias áreas de formações, atuando de forma integrada e as fiscalizações têm o objetivo de evitar a exposição, comercialização e o consumo de alimentos irregulares, pois, de acordo com a diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Aneilda Gomes Silva, o controle da qualidade dos alimentos comercializados é imprescindível para que a saúde humana não seja exposta a riscos.

‘Por conta da pandemia, as fiscalizações noturnas de rotina, estavam sendo feitas voltadas, exclusivamente, para as ações de combate ao Covid-19, no entanto retomamos essas ações e estamos intensificando as inspeções em estabelecimentos que têm funcionamento noturno, e os fiscais sanitários têm vistoriado os locais que manipulam alimentos. É importante salientar que durante essas nossas atividades, os comerciantes recebem todas as orientações necessárias para garantir alimento seguro à população. A Vigilância Sanitária tem como principal atribuição a fiscalização de estabelecimentos que produzem, transportam, manipulam, fabricam e comercializam alimentos com vistas a promover as boas práticas na produção e manipulação dos mesmos, possibilitando assim, minimizar ou eliminar os potenciais riscos à saúde.”, destacou a diretora do Departamento de Vigilância Sanitária, Aneilda Gomes Silva.

Ofício dos vassoureiros está sendo mapeado para registro especial pela Prefeitura de Jequié

/ Jequié

Ação é da Secretaria de Cultura e Turismo. Foto: Divulgação/PMJ

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, está desenvolvendo uma pesquisa de campo com artesãos populares que confeccionam objetos como vassouras, esteiras, abanos, chapéus, dentre outros utensílios de palha, típicos da cultura nordestina. O intuito da pesquisa é inscrever o ofício dos vassoureiros no ”Livro de Registro Especial dos Saberes e Modo de Fazer de Jequié”, a ser desenvolvido pelo órgão de Cultura e que deverá prestar merecido reconhecimento público à esse relevante ofício cultural, como patrimônio imaterial do município, sendo um bem a ser protegido pelo poder público.

A pesquisa está sendo realizada pela historiadora e diretora de Patrimônio Artístico e Cultural da Secretaria de Cultura e Turismo, Sandra Brito e pelo coordenador de equipamentos culturais, Jeová Fernandes, para que o levantamento sirva de base para o registro histórico, onde ficará explícita a importância histórico-cultural desse ofício do artesanato de palha, que resiste bravamente contra a extinção. Assim, os pesquisadores têm visitado vassoureiros no Loteamento Água Branca, no Jequiezinho, no bairro Espírito Santo, na Cachoeirinha, e no Assentamento Santa Cruz, no Mandacaru, onde entrevistaram mulheres e homens que trabalham com a palha, confeccionando vassouras e esteiras. Outros bairros e localidades rurais, a exemplo do KM 3, KM 4, Curral Novo e Povoado da Fazenda Velha, estarão no roteiro das visitas.

Os vassoureiros são reconhecidos pela forma peculiar de comercializar seus produtos pelas ruas dos bairros por onde passam, onde bradam, quase como um ritual, a frase em português coloquial ”Óia a vassoura!”. Para o secretário de Cultura e Turismo, Domingos Ailton, o ofício de vassoureiro é parte integrante da identidade cultural do jequieense, desde o início da formação do município.

Boletim da Covid em Jequié revela morte de mulher de 56 anos, com comorbidades e vacinada

/ Jequié

O boletim da Covid em Jequié, divulgado na noite desta quinta-feira (10), pela Secretaria Municipal de Saúde, informa que houve o registro de mais óbito, sendo uma mulher, de 56 anos, residente no bairro Jequiezinho, com histórico de Fibrose Cística e Hipertensão Arterial Sistêmica, cartão de vacinação atualizado com duas doses da vacina contra Covid-19, ocorrido no dia 31/01/22 no Hospital Geral Prado Valadares, onde estava hospitalizada há 3 dias.

Foram registrados mais 89 novos casos positivos nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 21.319 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 19.132 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da Covid-19.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 90%. Destes, não existem leitos ocupados por residentes de Jequié e 9 leitos estão ocupados por pessoas de outro município.

Até o presente momento 131.251 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Boletim da Covid em Jequié trouxe morte de mulher de 37 anos sem registro de vacina contra doença

/ Jequié

O boletim da Covid em Jequié, desta quarta-feira (9), informa que houve o registro de mais dois óbitos, sendo um homem, de 82 anos, residente no bairro Jequiezinho, com histórico de Doença Neurológica Crônica e que fez uso de duas doses da vacina contra Covid-19, ocorrido no dia 1/02/2022, no Hospital Geral Prado Valadares, onde estava internado há dois dias; uma mulher, de 37 anos, residente no bairro Jequiezinho, sem histórico de comorbidades e que não fez uso de nenhuma dose da vacina contra Covid-19, ocorrido no dia 9/02/2022, no Hospital São Vicente, onde estava internada há 16 dias.

Foram registrados mais 120 novos casos positivos nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 21.230 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 19.132 pacientes encontram-se recuperados e o número de mortes provocadas pela doença desde o início da pandemia é de 424.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 100%. Destes, não existem leitos ocupados por residentes de Jequié e 10 leitos estão ocupados por pessoas de outro município.

Até o presente momento 131.017 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Polícia Civil de Jequié anuncia apreensão de maconha premium e haxixe que eram comercializados em casa

/ Jequié

Apreensão de drogas. Foto: Divulgação DT/SIH/9ª Coorpin

Intenso trabalho de investigação realizado pelas equipes do Setor de Investigação de Homicídio da 9ª Coorpin, na terça-feira (8), com a deflagração da Operação Cânhamo, participações de equipes do SIDT, foi feita a prisão de um traficante que há meses comercializava drogas em sua própria residência em Jequié.

O criminoso vendia maconha ”premium” (de qualidade superior) e também Haxixe, que é um extrato da Cannabis, sendo muito mais potente do que a maconha.

Junto com a prisão do suspeito, foram apreendidos 2 pacotes grandes de maconha, com cerca de 1,5 kg cada; 27 porções de maconha; 1 porção de haxixe e um aparelho celular.

Membros das forças de segurança prometem reação a escalada da violência na cidade de Jequié

/ Jequié

Polícia promete atuação na área do 19º BPM. Foto: Divulgação

Em Jequié, membros das Forças de Segurança locais estiveram reunidos, na segunda-feira (7), com o objetivo de traçar metas de ação para reduzir os índices de Crimes Violentos Letais e Intencionais – CVLI – na área de atuação do 19º Batalhão da Polícia Militar.

Entre os presentes no encontro, os comandantes do 19º BPM, Ten Cel PM Reinaldo Souza; da Cipe Central, MAJ PM Ricardo, e o Coordenador Regional de Polícia Civil, delegado Rodrigo Fernandes, além do Setor de Inteligência das duas corporações militares.

A reunião foi motivada pela escalada da violência na cidade de Jequié. Nos últimos dias, foram registrados vários crimes violentos, aumentando consideravelmente, a sensação de insegurança.

Jequié registrou mais 3 óbitos por Covid e, uma das vítimas, de 59 anos, não fez uso da vacina

/ Jequié

O boletim da Covid em Jequié, divulgado na noite desta terça-feira (8), pela Secretaria de Saúde informa que houve o registro de mais três óbitos, sendo um homem, de 59 anos residente no bairro Pompilio Sampaio, com histórico de Hipertensão Arterial e Diabetes, não fez uso de nenhuma dose da vacina contra Covid-19, ocorrido em 5/02/2022 no Hospital São Vicente, onde estava internado há nove dias; um homem, de 59 anos, residente no distrito de Barra Avenida, com histórico de Insuficiência Cardíaca, Insuficiência Renal, Hipertensão Arterial e ex-tabagista, fez uso apenas de uma dose da vacina contra Covid-19, ocorrido no dia 4/02/2022, no Hospital Geral Prado Valadares, onde estava internado há 28 dias; e uma mulher, de 87 anos, residente no Jequiezinho, com histórico de Hipertensão Arterial e Úlcera infectada na perna, fez uso de duas doses da vacina, ocorrido no dia 6/02/2022, no Hospital Geral Prado Valadares, onde estava internada.

Foram registrados mais 91 novos casos positivos nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 21.110 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 19.132 pacientes encontram-se recuperados e o número de mortes é de 422.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 90%. Destes, 1 leito está ocupado por residente de Jequié e 8 leitos estão ocupados por pessoas de outro município. Até o presente momento 130.760 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Corpo presumivelmente do sexo masculino é encontro em decomposição às margens do Rio de Contas

/ Jequié

Equipe do DPT encaminhou corpo ao IML. Foto: BMFrahm

Um cadáver, presumivelmente do sexo masculino foi encontrado às margens do Rio de Contas, na área rural do Município de Jequié, nesta terça-feira (8).

De acordo com a Polícia Técnica, o corpo estava em um local de difícil acesso, soterrado, numa área pertencente a uma fazenda e o resgate só foi possível com ajuda de integrantes do Corpo de Bombeiros.

O cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, que a partir desta quarta-feira irá iniciar o processo de necropsia para tentar identificar a vítima.

Jequié: Prefeito assina ordem para construção de 15 novas praças com recursos próprios do município

/ Jequié

Zé Cocá se reúne com vereadores e autoriza praças. Foto: PMJ

Na manhã desta terça-feira (8), o prefeito de Jequié, Zé Cocá, assinou, durante uma solenidade no gabinete da Secretaria de Infraestrutura, a ordem de serviço para a construção de 15 novas praças públicas do programa A Praça é Nova. Além do chefe do Executivo, estiveram presentes o secretário de Infraestrutura, Lucindo Menezes; o secretário de Governo, Hassan Iossef; o secretário de Relações Institucionais, Eliezer Pereira, Fiim; o presidente da Câmara Municipal, o vereador Emanoel Campos Silva, o Tinho de Waldeck; os vereadores Daubti Rocha Guimarães, o Colorido; José Augusto de Aguiar, Gutinha; Eduardo Simões, o Duda Simões; Gilvan Santana, o soldado Gilvan; Maria Aparecida Souza, a Pró Cida; Ramon Fernandes; Ladislau Bulhões o Bui; Joaquim Caires; Marcos Lameque, o Marcos do Ovo; Josiel Cavalcante, o Ziel; Marcio Oliveira Melo; Valdemir Souza Braga, o Junior Braga; e a equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura.

Com investimento de um milhão e setecentos mil reais, a nova etapa do programa de construção de novas praças vai contemplar vários locais, distribuídos em diversos bairros do município, como a Avenida Artur Moraes, Rua Siqueira Campos, Avenida Barragem da Pedra, Avenida Beira Rio, Rua Antônio de Brito, Rua João José Duarte, entre outras, onde serão construídos esses novos equipamentos públicos, destinados ao uso coletivo.

As praças contarão com a instalação de quiosques, sanitários masculino e feminino, academias ao ar livre, parque infantil, iluminação a LED e paisagismo. De acordo com o secretário de Governo, Hassan Iossef, o programa faz parte do planejamento de urbanização da cidade, que segue com intervenções e melhorias.

”O programa A Praça é Nova, da Secretaria de Infraestrutura, vai construir praças públicas em todos os cantos da nossa cidade, garantindo que esses espaços de convivência melhorem a vida do nosso povo, que tem o sonho de ter áreas de lazer em seus bairros, para a comunidade se integrar. A nossa cidade tem poucas praças urbanizadas e estamos, através desse investimento com recursos próprios, garantindo a construção de praças públicas modernas, com uma estrutura ampla e adequada para todas as pessoas frequentarem. Vamos dar andamento à esse programa, ainda este ano, vamos estar licitando novas praças que vão estar contemplando outras localidades, com a certeza de que estamos investindo bem os recursos públicos, destinando-os para o bem-estar da nossa população.”, disse o prefeito de Jequié, Zé Cocá.

Jequié registra 95 casos de Covid em 24h e ocupação de UTI no São Vicente é de 100%

/ Jequié

O boletim da Covid-19 em Jequié, divulgado nesta segunda-feira (7) diz que houve o registro de 95 novos casos positivos nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 21.019 pessoas confirmadas com a doença.

Até agora 19.132 pacientes encontram-se recuperados e o número de mortes é de 419, desde o início da pandemia.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 100%. Destes, 1 leito está ocupado por residente de Jequié e 9 leitos estão ocupados por pessoas de outro município. Até o presente momento 130.467 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Fim de semana foi sangrento em Jequié, com registro de mortos e feridos em casos violentos

/ Jequié

Jequié registrou crimes violentos. Foto: Blog Jequié e Região

Tiros, correria, mortos e feridos. O domingo (6) em Jequié foi marcado pela violência, com várias pessoas vítimas de armas de fogo.

No início da tarde, o Cicom deslocou viaturas à Rua Teixeira de Freitas, na Baixa do Bomfim, bairro Jequiezinho, onde localizou duas pessoas baleadas, sendo um menor de 16 anos já em óbito, enquanto outro, um homem, em estado grave, foi encaminhado ao Hospital Geral Prado Valadares.

A PM foi informada que outros dois homens deram entrada no HGPV socorrida por populares. Os alvejados estariam no interior de uma residência quando os autores adentraram e efetuaram vários disparos, evadindo-se na sequência. Mais tarde foi informado que um deles também veio à óbito.

No meio da tarde, o CICOM deslocou uma viatura da PM até o Terminal Rodoviário, onde localizou um homem alvejado no ombro e tórax.

Segundo a vítima três homens armados a bordo em duas motocicletas chegaram ao local, sendo efetuado os disparos em direção da vítima que foi socorrida pelo SAMU ao pronto socorro do HGPV. Do Blog Jequié e Região

Covid: Mais dois óbitos, de dois idosos em Jequié e 44 novos casos nas últimas 24h, diz boletim

/ Jequié

O boletim da Covid divulgado neste domingo (6) em Jequié, diz que houve mais dois óbitos, sendo uma mulher, de 96 anos, residente no bairro Mandacaru, com histórico de Doença Hipertensiva Crônica, Diabetes com complicações e insuficiência renal, cartão de vacina atualizado com duas doses da vacina contra Covid-19, sendo óbito ocorrido em 05/02/22 Hospital São Vicente, onde estava hospitalizada; e uma mulher, de 81 anos, residente do bairro Jequiezinho, com histórico Hipertensão Arterial Sistêmica e Doença de Alzheimer, cartão de vacina atualizado com duas doses da vacina contra Covid-19, cujo óbito ocorrido no dia 05/02/22, e que estava internada no Hospital São Vicente.

Foram registrados 44 novos casos positivos nas últimas 24 horas, perfazendo um total de 20.924 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 19.132 pacientes encontram-se recuperados e o número de mortes, desde o início da pandemia, é de 419.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 80%. Destes, 1 leito está ocupado por residente de Jequié e 7 leitos estão ocupados por pessoas de outro município. Até o presente momento 130.196 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Jequié: Corpo de Bombeiros resgata cachorro que estava desaparecido, dentro de um bueiro

/ Jequié

Com bombeiros militares, dono comemora resgate do cachorro

O Corpo de Bombeiros resgatou um cachorro que estava preso dentro de um bueiro no bairro São Judas Tadeu, em Jequié.

Militares do 8º Grupamento usaram equipamento destinado ao resgate para salvar o animal, na noite de sábado (5).

O dono do cão procurava pelo seu animal de estimação há 5 dias e só ouvia o latido, tendo percebido que ele estava dentro do bueiro e solicitou apoio do Bombeiro.

Jequié: Guarda Municipal apreende pichadores responsáveis por vandalizar equipamentos públicos

/ Jequié

Guarda desencadeou operação em Jequié. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Governo, por meio da Guarda Municipal, apreendeu, na madrugada deste domingo (6), quatro pessoas, entre elas uma menor, que estavam em posse de tintas e demais materiais para pichação, na Praça Victor Cedro Stock, conhecida como a Praça do Skate, no bairro Jequiezinho.

A ação, fruto de uma de investigação da Guarda Municipal, a partir de denúncias anônimas foi flagranteada após trabalho de campana dos agentes, que culminou com a apreensão do grupo. Ao serem apresentados ao delegado de Polícia Civil, da Delegacia Territorial de Jequié, Moabe Macedo, um dos detidos, assumiu a autoria da depredação do letreiro no Alto da Prefeitura e dos equipamentos da Praça do Skate, que foram atacados com pichações na noite da última quinta-feira (3), conforme informou a Prefeitura.

Ao vandalizar patrimônio público, o grupo infringiu o Art. 65 da Lei Federal nº 9.605, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente.

De acordo com a lei, pichar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano pode gerar detenção de três meses a um ano e, ainda, multa. Se o ato for realizado em monumento ou coisa tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena é de 6 meses a um ano de detenção e multa.

Os envolvidos assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) pelos atos infracionais cometidos, tendo sido liberados e, agora, vão responder na justiça pelo vandalismo.