Em novo boletim, Prefeitura de Jequié confirma mais 1 óbito por Covid-19, com 329 casos

/ Jequié

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou, o seu novo boletim epidemiológico do coronavírus, desta quinta-feira (28), atualizado às 19h, trazendo o registro de mais 1 óbito por Covid-19, sendo uma mulher, de 73 anos, moradora no bairro Pompílio Sampaio.

Mais 16 pessoas foram confirmadas com a doença, perfazendo um total de 329 casos positivos. Destes, 182 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 122 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1616 pessoas.

Estes são os dados atualizados desta quinta:

– 329 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19), destes, 122 casos foram recuperados;

– 19 óbitos (sendo 12 por residência; e 7 por ocorrência);

– 932 casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19);

– 565 casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19;

– 38 casos aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado);

– 1616 casos em quarentena (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de covid-19/casos confirmados de covid-19).

Tempo de resposta para atendimento do SAMU em Jequié aumentou no período da pandemia

/ Jequié

Dr. Leonardo Simões, Coordenador do SAMU. Foto site Jequié News

O tempo de resposta nos atendimentos pelas equipes do SAMU de Jequié aumentou nesse período de convivência com a pandemia do coronavírus (Covid-19). Explicações às demandas dos usuários foram feitas pelo médico Dr. Leonardo Simões, coordenador do serviço, em entrevista na manhã desta quinta-feira (28), ao programa Primeira Página (Rádio Povo FM), ao comentar que vem ocorrendo nos últimos meses uma mudança na natureza das ocorrências, com a diminuição dos problemas relacionados aos traumas e o aumento significativo de solicitações de ordem clínica ou transferência hospitalar. O SAMU de Jequié tem sob sua responsabilidade, além da cidade de Jequié, outros 26 municípios pactuados, incluindo Jaguaquara, o mais populoso da região, depois de Jequié. Leonardo Simões disse que o maior número de ocorrências nos últimos meses são originários dos bairros  Jequiezinho e Joaquim Romão.

Retornando à questão do aumento do tempo de resposta aos chamados,  no período atual, o coordenador do SAMU explicou que a unidade dispõe de três equipes, uma das quais voltada para o atendimento aos pacientes com sintomas da Covid-19.  ”Os profissionais  e a ambulância destinada a essa equipe precisam adotar procedimentos de higiene, desinfecção, além dos equipamentos de proteção individual. A equipe pode estar retornando do encaminhamento de um desses pacientes ao hospital e aí tem que passar por todo o processo de higienização para atenderem a outro chamado e, isso demanda mais tempo-reposta”.  Leonardo Simões reconhece que a maioria das pessoas que liga para o SAMU [61 mil até este mês] é porque está necessitando de atendimento mas, admitiu que os 30% de trotes recebidos pelo órgão, são extremamente prejudiciais. ”As vezes não identificamos a ligação enviamos uma ambulância com a equipe e se trata de uma informação inverídica, perdemos tempo, que poderia ser utilizado para um paciente com necessidade real”, disse.

Mesmo afirmando que a prioridade do momento são os casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus, o médico afirmou que os chamados de urgência e emergência não deixam de ser atendidos. Também explicou a questão das entrevistas que são feitas pelos atendentes e o médico regulador e que às vezes irritam as pessoas, ”são normas estabelecidas pelo SAMU em todo o Brasil que nós podemos deixar de cumprir para encaminhar o atendimento a cada caso”.  O SAMU de Jequié conta com três equipes de atendimentos e igual número de viaturas, sendo uma motolância, uma ambulância  de suporte básico e uma de suporte avançado. Uma quarta ambulância foi cedida pela Secretaria de Saúde do município, em apoio ao atendimento a pacientes com a Covid-19. Simôes ainda sugeriu que as pessoas acometidas por problemas de grau leve devem evitar pedido de atendimento ao SAMU, principalmente à noite, por estarem tomando o lugar de um caso grave. Com informações do Jequié Repórter

Explosão de casos da Covid-19 em Jequié acende sinal de alerta, com 313 confirmados e 11 óbitos

/ Jequié

Jequié tem curva ascendente de casos. Foto: Blog Marcos Frahm

O município de Jequié tornou-se um dos principais focos de disseminação do novo coronavírus no interior baiano, atingindo, nesta quarta-feira (27), a marca de 313 casos positivos da doença.

O novo boletim epidemiológico divulgado às 19h pela Secretaria Municipal de Saúde, traz o registro de mais 3 óbitos por Covid-19, sendo duas mulheres, de 47 e 58 anos, dos bairros Brasil Novo e Curral Novo, e um homem, de 82 anos, do bairro Jequiezinho, somando 11 óbitos até aqui.

Mais 17 pessoas contraíram o vírus, conforme dados entre os boletins de terça-feira (26), e o desta quarta. Dos 313 casos, 176 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 116 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1560 pessoas.

O rápido aumento de casos em Jequié vem preocupando com relação à estrutura limitada no sistema de saúde, apesar dos novos 10 leitos de UTI instalados no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, pelo Governo do Estado.

O município de Jequié segue com o decreto de toque de recolher, com restrições no comércio local e, para esta quinta (28) e sexta-feira (29), o governador Rui Costa anunciou ponto facultativo nas repartições públicas estaduais na Cidade Sol.

Na área privada, poderão funcionar mercados, farmácias, unidades de saúde, serviços de segurança, serviços funerários, postos de combustíveis, indústrias, bancos e lotéricas poderão funcionar. O decreto com a determinação ainda será publicado do Diário Oficial do Estado.

Rui aponta que disputa política entre Câmara de Jequié com prefeito prejudica saúde da população

/ Jequié

Rui comenta votação contra feriados. Foto: Fernando Vivas

Em entrevista ao radialista Mário Kertész, na manhã desta quarta-feira (27), o governador da Bahia, Rui Costa tratou, entre outros assuntos, das estratégias de combate à pandemia da Covid-19, no estado, além de ter feito diversas pontuações das ações do governo federal, como a investigação aos governadores do nordeste e a falta de operacionalidade de enfrentamento da doença, por parte do executivo federal.

Durante a entrevista a Mário Kertész, o governador Rui Costa fez um desabafo sobre a votação da Câmara de Vereadores de Jequié, que rejeitou o projeto de Lei apresentado pela administração municipal que propunha a transferência de dois feriados municipais para esta quarta e quinta-feira, dias 27 e 28 de maio, com o objetivo de diminuir o fluxo de pessoas na cidade, auxiliando, assim, para o achatamento da curva de novos casos do Coronavírus no município. De acordo com a proposta, seriam antecipados para esses dias, o 13 de junho, Dia de Santo Antônio, e o 20 de agosto, Dia do Evangélico.

Sobre o assunto, o governador Rui Costa disse a Mário Kertész: ”Infelizmente a cidade de Jequié não aprovou, a Câmara de Vereadores. Fico triste porque as pessoas não conseguem enxergar a diferença entre disputa política municipal e a saúde da população. Por conta da disputa política do município, as pessoas prejudicam a saúde da população. Fico muito triste. Ontem eu conversei com minha esposa, que é de Jequié, como é que pode com tantos exemplos aqui, inclusive, na Bahia, de governador, perfeito, todo mundo conversando de partido diferente, a Câmara de Vereadores de Jequié não aprovou o feriado de hoje, então hoje não será feriado em Jequié por conta de disputas políticas locais, de marcação de posição política com o prefeito e vereadores. Então, gente, acho que, em primeiro lugar, tem que colocar a vida do ser humano, a saúde da população, depois se pensa em eleição se pensa em política. Não precisa prejudicar a saúde da pessoas por causa disso”, disse Rui.

Em Jequié, Ramon Fernandes propõe ampliar público da vacinação contra gripe influenza

/ Jequié

”A situação requer uma série de cuidados”, disse. Foto: Emanuel Jr.

Em Jequié, o vereador Ramon Fernandes (PDT) propôs ao prefeito Sérgio da Gameleira (PSB) e ao secretário municipal de Saúde de Jequié, Vitor Lavinsky, uma indicação para a inclusão de motoboys, mototaxistas, motoristas de aplicativos, taxistas e rodoviários no público-alvo da Campanha de Vacinação Contra Gripe Influenza, independente da faixa etária.

Conforme o vereador, a medida tem por objetivo resguardar esses profissionais da doença que pode impactar no sistema imunológico, visto que, frequentemente, estão em contato com boa parte da população.

Para Ramon Fernandes, ”a situação de urgência em que se encontra o Brasil e o nosso Município, enfrentando essa difícil batalha em prol da sobrevivência do nosso povo, combatendo a pandemia de Covid-19, requer uma série de cuidados, principalmente entre aqueles que diariamente estão em contato com o povo”, justifica Ramon Fernandes.

”A revitalização do Distrito Industrial de Jequié é questão de honra”, diz João Leão

/ Jequié

João Leão participou de live com Zé Cocá. Foto: Divulgação

”A revitalização do Distrito Industrial de Jequié é para nós uma questão de honra”. A afirmação, do vice-governador e secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, João Leão, foi feita na segunda-feira (25), durante a live promovida pelo deputado estadual Zé Cocá (PP), ao lado do vice-prefeito de Jequié, Hassan Iossef, e do presidente da Câmara de Vereadores, Tinho. Leão informou que o projeto do Distrito está pronto, já contando com recursos destinados pelos deputados Leur Lomanto e Cacá Leão e pelos empresários locais. De acordo com o secretário, as obras não foram iniciadas ainda por causa dos transtornos decorrentes da pandemia do coronavírus.

O deputado Zé Cocá agradeceu o empenho de João Leão e lembrou a importância econômica e social do DIJ, que possui cerca de 50 empresas operando e gera aproximadamente sete mil empregos, diretos e indiretos. ”Esse importante equipamento tem potencial para se tornar um dos três principais distritos industriais do Estado” disse Zé Cocá, que encaminhou indicação ao governador Rui Costa, reivindicando a revitalização do DIJ.

Ainda no ano passado, com apoio e sugestão de Cocá, os empresários do Distrito Industrial de Jequié fizeram grande mobilização com deputados estaduais e federais e conseguiram mais de R$ 6 milhões em emendas parlamentares, destinadas à revitalização do distrito.

Com curva ascendente de casos de Covid-19, Jequié chega a 296 e registra mais um óbito

/ Jequié

HGPV segue realizando testes do coronavírus. Foto: log Marcos Frahm

O município de Jequié, com curva ascendente de casos de Covid-19, entra numa fase de alerta diante do crescimento exponencial de casos da doença.

Apenas nesta terça-feira (26), a Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, revelou em seu novo boletim epidemiológico a ocorrência de mais 23 casos na cidade. O boletim, atualizado às 19h, também traz o registro de mais 1 óbito por Covid-19, de uma mulher de 87 anos, residente no bairro Jequiezinho, perfazendo um total de 08 óbitos, desde o início da pandemia.

O número de pessoas infectadas chegou a 296. Destes casos, 165 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 96 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1510 pessoas.

A Secretaria Saúde informou que a Vigilância Epidemiológica de Jequié não é o único órgão que realiza os testes de diagnóstico do novo coronavírus.

Os testes também estão sendo feitos pelo Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, Hospital São Vicente, unidade privada que firmou parceria com o Governo do Estado e em laboratórios particulares. Os resultados de casos confirmados, por esses testes, são inseridos no Boletim Epidemiológico Municipal.

Homem é preso em Jequié por agressão a mulher e enquadrado na Lei Maria da Penha

/ Jequié

Ronda Maria da Penha vem atuando em Jequié: Foto: 19º BPM

Garantir o isolamento social é tão importante quanto garantir a segurança das mulheres vítimas de violência doméstica. Para atingir os dois objetivos, a Ronda Maria da Penha/19°BPM vem atuando normalmente durante os feriados, neste período de quarentena.

Nesta terça-feira (26), durante sua atuação, a Ronda deteve e conduziu à Delegacia de Jequié, um autor de violência doméstica e familiar em desfavor da ex-companheira, que foi enquadrado no art. 7°, incisos I e II, da Lei Maria da Penha.

O fato ocorreu no bairro Amaralina, em Jequié, por volta das 11h30. A vítima, devidamente orientada, solicitou à autoridade competente, a Medida Protetiva de Urgência, e passará a ser assistida diariamente pela Ronda. Com informações do 19º BPM

Jequié: Câmara contraria recomendação do governador e rejeita antecipação de feriados

/ Jequié

Líder do prefeito, Simões apelou por aprovação. Foto: Marcos Frahm

Todo o apelo feito nos últimos dias pelo governador Rui Costa (PT), pela antecipação de feriados em Jequié, novo epicentro do coronavírus no interior baiano, chegando a 296 casos nesta terça-feira (26), com o registro de 07 óbitos desde o início da pandemia caiu por terra com a decisão dos vereadores de oposição ao prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), que decidiram pela rejeição ao Projeto de Lei do Executivo Municipal, propondo alterar as datas dos feriados de Santo Antônio (13 de junho) e Dia do Evangélico (20 de agosto) antecipando-os para os dias 27 e 28.

A sugestão foi feita pelo governador aos prefeitos das dez cidades com maior incidência de Covid-19 na Bahia, incluindo Jequié. Conduto, a sugestão ganhou cunho político em sessão extraordinária convocada para esta terça-feira pelo presidente Emanuel Campos – Tinho, para apreciação da matéria. Com oito votos favoráveis e nove contrários, a proposta que pedia a antecipação dos feriados para reforçar o isolamento social na cidade foi rejeitada.

Ao discursar na tribuna da Casa, o líder do governo municipal, o vereador José Simões de Carvalho citou como exemplo a união do governador Rui Costa e do prefeito da capital, ACM Neto (DEM), que decidiram, conjuntamente, antecipar feriados na tentativa de achatar a curva do vírus. ”A união de dois adversários políticos, ambos optando pela antecipação dos feriados estaduais e municipais para enfrentar o coronavírus. Ora, se o vereador Gilvan disse que nós somos a quinta cidade com o maior índice de casos de coronavírus da Bahia, essa Câmara, eu acho, não vai querer ter a responsabilidade de se manifestar de forma contrária, quando nós temos um índice assustador”, disse o parlamentar, momentos antes da votação. Já o integrante da oposição, o Soldado Gilvan, para justificar o voto contrário da bancada oposicionista fez críticas às ações da Prefeitura no enfrentamento a Covid-19, tendo afirmado que a ausência de barreiras sanitárias e de outras ações mostram a falta de compromisso da gestão pública local com a saúde da população.

Votos favoráveis aos feriados:
Ramon Fernandes
José Simões
Beto de Lalá
Eliezer Fiim
Guina Lopes
Roque Silva
Pastoleiro
Marcinho

Votos contrários aos feriados:
Gutinha
Colorido
Admilson Careca
Laninha
Adriano Guião
Soldado Gilvan
Reges Silva
Ivan do Leite
Tinho (com o chamado voto de minerva para o desempate)

Vereadores ausentes:

Joaquim Caíres
Dorival Júnior

Jequié: Operação prevê detenção e apreensão por descumprimento de toque de recolher

/ Jequié

Coronel Gondim promete ação enérgica. Foto: Blog Marcos Frahm

Com a curva de contaminação do coronavírus ascendente em Jequié, com 273 casos da doença, que fez 07 óbitos, até esta segunda-feira (25), conforme boletim da Secretaria Municipal de Saúde o Comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar promete fiscalização de maneira mais enérgica para fazer valer o toque de recolher em todos os bairros da cidade, das 18h às 5h, a partir desta terça-feira (26).

Em função de Decreto da Prefeitura de Jequié e do Governo do Estado, o Coronel Itamar Gondim afirma que irá desenvolver a Operação Tolerância Zero, mirando não apenas os transeuntes, mas também os veículos, carros e motos que estiverem circulando durante o período de restrição. ”Os veículos serão encaminhados para o pátio do 19º BPM e as pessoas para a Delegacia. A nossa ação tem como objetivo proteger a saúde, achatar a curva do vírus”.

O município de Jequié já é considerado pelas autoridades sanitárias como novo epicentro da Covid-19 no interior baiano.

Jequié chega a 273 casos, confirma o 7º óbito e torna-se cada vez mais o epicentro da Covid-19 na região

/ Jequié

Jequié registrou mais uma morte por Covid-19. Foto: Blog Marcos Frahm

Com a curva de contaminação ascendente, Jequié registrou, nesta segunda-feira (25), novos casos do coronavírus, conforme boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, atualizado às 19h.

O novo boletim, inclusive, revela mais 1 óbito por Covid-19, de uma pessoa residente em Jequié, e mais 8 pessoas confirmadas com a doença, perfazendo um total de 273 casos positivos. Destes, 159 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 93 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1431 pessoas.

Com o óbito anunciado hoje, de uma mulher de 67 anos falecida no domingo (24), conforme apurou o BMFrahm junto à Prefeitura, chega a 07 o número de mortes na Cidade Sol, que segue com toque de recolher após ação conjunta da Prefeitura e do Governo do Estado, na tentativa de achatar a curva do vírus. A mulher vítima da Covid-19 teve o filho infectado e que foi a óbito na semana anterior.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a Vigilância Epidemiológica de Jequié não é o único órgão que realiza os testes de diagnóstico da Covid-19.

Os testes também estão sendo feitos pelo Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, unidade da rede pública estadual e o Hospital São Vicente, unidade da rede privada que fez convênio com o Govero do Bahia, além de laboratórios particulares. Os resultados de casos confirmados, por esses testes, são inseridos no Boletim Epidemiológico Municipal.

Ação da Cipe Central resulta na desarticulação de tráfico de drogas e duas mortes em Jequié

/ Jequié

Ação envolveu Cipe e Ceto. Foto: Divulgação/Cipe Central

A Companhia Independente de Policiamento Especializado – Cipe Central desenvolveu, nesta segunda-feira (25), uma ação de desarticulação de uma quadrilha de tráfico de entorpecentes em Jequié, tendo apreendido grande quantidade de droga e a operação resultou na morte de dois suseitos. Segundo informações policiais repassadas à imprensa, por volta das 06h, uma patrulha fora destacada para uma intervenção após troca de informações entre agências da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Cipe, sobre intensa movimentação no tráfico de drogas regional.

A patrulha deslocou a uma propriedade na zona rural de Jequié/BA, realizando o cerco perimetral e ao iniciar a tomada da área foi surpreendida por disparos de arma de fogo, adotando postura de segurança máxima e rechaçando  a agressão, vindo a e atingir dois indivíduos, que foram imediatamente socorridos ao nosocômio local, não resistindo aos ferimentos e evoluindo a óbito. Uma Guarnição do 19° BPM/Jequié foi acionada para apoiar as buscas na propriedade rural e através do uso de cão de detecção/ faro, CAVEIRA, foi localizado um compartimento camuflado com vários tabletes de substância análoga a maconha em seu interior. A ocorrência será lavrada na Delegacia de Jequié/BA pelo DPC plantonista”, diz a nota divulgada pelo Comando da Cipe Central.

Ainda segundo a Cipe, na ação, dois suspeitos morreram durante confronto com guarnição. Cleidnaldo Silva, 42 anos, e Rosivaldo França da Silva, vulgo Gregório, 43 anos, que cumpria prisão domiciliar. Os dois resistentes possuíam vasta ficha criminal por tráfico de drogas e outros crimes, conforme relatou a polícia na nota pública.

☑ MATERIAIS APREENDIDOS:

▪01 (um) Revólver Taurus, calibre .38;

▪ 01 (um) Revólver Smith Wesson, calibre .32;

▪23 tabletes de maconha, pesando aproximadamente 23kg;

▪01 tablete de Semente de maconha, pesando aproximadamente 500g;

☑ VEÍCULOS APREENDIDOS

▪FORD/KA, cor branca, Placa Policial BAN 9695

▪HONDA/CG TITAN 150, cor preta, Placa Policial OUL 7F82

Apesar das regras duras, Jequié segue com curva exponencial do coronavírus e chega a 265 casos

/ Jequié

Prado Valadares realiza testes de Covid-19. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou, neste domingo (24), o novo boletim epidemiológico do coronavírus, atualizado às 19h, mostrando que o município continua registrando índices crescentes de novos casos, com mais 11 pessoas confirmadas com a doença, perfazendo um total de 265 casos positivos.

Destes, 151 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 93 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1332 pessoas.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a Vigilância Epidemiológica de Jequié não é o único órgão que realiza os testes de diagnóstico da Covid-19.

Os testes também estão sendo feitos pelo Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, Hospital São Vicente e em laboratórios particulares. Os resultados de casos confirmados, por esses testes, são inseridos no Boletim Epidemiológico Municipal.

Hospital Geral Prado Valadares ganha 10 novos leitos de UTI para pacientes com coronavírus

/ Jequié

Governo instalou mais 10 leitos de UTI no HGPV. Leandro Fonseca

O Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), unidade pertencente ao Governo do Estado da Bahia, instalada em Jequié, ganhou mais 10 (dez) novos leitos de UTI Adulto (Unidade de Terapia Intensiva) destinados à assistência a pacientes com o novo coronavírus.

O HGPV, que é referência no tratamento de casos de Covid-19, tinha ao todo 29 leitos de UTI Adulto e, com as adequações feitas, agora possui 39 leitos no sua totalidade, destes 19 (dezenove) leitos UTI são exclusivos para tratamento aos casos de Covid-19 ”Ainda contamos com 10 leitos na sala de especialidades para tratamento e 19 leitos na enfermaria destinado a tratamento de Pacientes com Covid. Na parte de pediatria a unidade conta com 5 (cinco) leitos de estabilização Pediátrica” diz a direção da unidade hospitalar.

Atento à situação da pandemia em todo o país, e seguindo orientações do Ministério da Saúde e da Secretária da Saúde da Bahia, ”o HGPV avança com ações estratégicas para prestar uma assistência de qualidade a pacientes vítimas da doença, uma vez que o hospital é referência para 27 municípios. A unidade elaborou um protocolo de enfrentamento e criou um comitê multidisciplinar de combate a crise que semanalmente vem discutido estratégias para enfrentamento da crise”, concluiu a nota pública emitida pela Assessoria de Comunicação do hospital neste sábado.