LUTO: Morre em Jequié Climério Keller, figura querida, que se reconhecia como jornalista

/ Jequié

Climério faleceu

Climério Keller Gonzaga, 66 anos, faleceu em Jequié. O corpo foi encontrado sem sinais vitais, no interior da casa dele, na Rua Argemiro Melo, no bairro Joaquim Romão, na manhã desta terça-feira (23). De acordo com relatos de vizinhos, o mesmo foi visto pela última vez no domingo, dia em que participou da Missa de Domingo de Ramos na Catedral de Santo Antônio.

Os jornalistas Zenilton Meira e Ari Moura acompanharam os trabalhos dos peritos que foram acionados para a remoção do corpo. ”A nossa desconfiança de que teria ocorrido alguma coisa aumentou depois que passamos a sentir um forte odor que exalava do interior da casa”, informou uma vizinha. ”Climério era solteiro, morava sozinho e costumava chegar em casa embriagado”, contou.

Figura bastante conhecida na cidade, Climério Keller se reconhecia como um bom jornalista, sendo colaborador de vários jornais em época diferentes, não somente informativos locais, mas também de Salvador. Ultimamente escrevia um pequeno tabloide denominado ”Um Passo”, com informações e comentários. Também tinha habilidades para a poesia. Era comum vê-lo fazendo a entrega do Jornal de Jequié e A Folha. Gostava de participar de eventos comemorativos, reuniões, audiências públicas entre outros eventos públicos. Com informações do site Jequié e Região

Prefeitura de Jequié atualizará adesão ao Mapa do Turismo Brasileiro, após encontro em Salvador

/ Jequié

Jequié é representada por Alysson e Ricardo Ferreira. Foto: Secom

Diretores e técnicos vinculados a Secretaria de Turismo do Estado da Bahia, conduziram uma oficina realizada no último dia 18, na sede do órgão, em Salvador, com o objetivo de orientar os municípios em relação a necessidade de atualização e inserção no Mapa do Turismo Brasileiro. O encontro contou a participação de alguns municípios baianos, a exemplo de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, que esteve representada pelo secretário, Alysson Andrade, e pelo diretor de desenvolvimento do Turismo, Ricardo Ferreira.

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento que permite ao Ministério do Turismo e Unidades Federativas, União, Estados e municípios, a terem uma melhor orientação para tomada de decisões sobre ações e projetos de desenvolvimento de políticas públicas voltadas ao turismo. Portanto, é uma necessidade a atualização, a cada dois anos, nos termos do artigo 3º, da Portaria nº 268, de 28 de dezembro de 2016, lavrada pelo Ministério do Turismo.

Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade, uma das principais vantagens, para o município de Jequié, em ter aderido ao programa de regionalização do turismo, desde 2017, foi a ampliação da possibilidade de obter recursos via Ministério do Turismo pois, de acordo com a Portaria nº 182, de 28 de julho de 2016, pelo menos 90% da programação orçamentária anual do Ministério do Turismo devem ser destinados às unidades da federação, regiões turísticas e municípios que estão regularmente inseridos no Mapa do Turismo.

Ainda, de acordo com o secretário, o município de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, deverá iniciar uma articulação com representantes de governos municipais e sociedade civil, junto aos municípios que integram a zona turística Caminhos do Sudoeste, que já estão no Mapa do Turismo ou que pretendem aderir, para que possamos instituir uma Instância de Governança Regional do Turismo, fortalecendo o planejamento e a gestão nos municípios que apresentam características e potencialidades similares e complementares.

Mulher moradora de Maracás é presa com R$ 6,35 mil em operação PM na Penitenciária de Jequié

/ Jequié

Polícia realizou operação na região do Presídio. Foto: Divulgação

Uma mulher residente no município de Maracás foi detida em Jequié com a importância de R$ 6,350 em espécie durante a Operação Alcatraz [menção à famosa prisão de segurança máxima situada em uma ilha da Califórnia], realizada por efetivo da 2ª Cia/PM  do 19º BPM, com o intento de coibir a entrada de produtos ilícitos no Conjunto Penal de Jequié, principalmente armas, drogas e celulares, considerados  hoje, o ”grande gargalo” das unidades prisionais, pela facilidade com que os detentos tem acesso à comunicação externa para articulações criminosas. Rosiane dos Santos Lima, estava com o dinheiro e um aparelho celular.

A Operação Alcatraz foi desencadeada na manhã deste Domingo de Páscoa (22), dia de visitas aos detentos, quando o fluxo de pessoas é intenso no presídio, com o histórico de tentativas de entrada de pessoas portando os materiais ilícitos, tendo sido montados pontos de abordagens a veículos e pessoas nas vias de acesso à unidade, com a realização de buscas pessoais e vistorias minuciosas a veículos.

Foi apresentada como produtividade da operação: 63 pessoas abordadas, 9 motocicletas abordadas, 12 carros abordados, uma moto apreendida e um ônibus abordado. Foram utilizados no efetivo um Sub-tenente, dois Cabos e oito soldados.

Incêndio destruiu loja de calçados no Mercado de Jequié; Bombeiros controlaram as chamas

/ Jequié

Incêndio atingiu um comércio de calçado no Mercado. Foto: WhatsApp

Um incêndio na noite desta quinta-feira (18) atingiu uma ala do Mercado Municipal de Jequié, na Praça da Bandeira. O incêndio, cujas causas ainda são desconhecidas teve início em um comércio de calçados no interior do órgão, por volta das 21h e foi controlado por uma equipe do 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros, que impediu que o fogo se alastrasse para outros boxes que funcionam no local.

O secretário de Relações Institucionais da Prefeitura de Jequié, Vinicius Silva, disse ao Blog Marcos Frahm ter acompanhado o caso após ter sido informado sobre o incêndio e que a área atingida deverá passar por reforma.

Município de Jequié sedia 5ª Conferência Territorial dos Direitos da Pessoa Idosa, promovida pelo Estado

/ Jequié

Evento ocorreu no auditório do Colégio Modelo Luís Eduardo

Com o tema ”Os desafios de envelhecer no século XXI”, foi realizada, na terça-feira (16), no auditório do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, a 5ª Conferência Territorial dos Direitos da Pessoa Idosa, que é promovida pela Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), através do Território Médio Rio das Contas, em parceria com a Prefeitura de Jequié. Diante dos desafios do crescente envelhecimento da sociedade brasileira, neste século XXI, a Conferência visa congregar representações de todo o país para, além de avaliar a efetividade das ações em execução, discutir e propor medidas que garantam os direitos fundamentais da pessoa idosa, políticas públicas promovidas pela união, estado e municípios que assegurem esses direitos, além de medidas que fortaleçam os Conselhos de Direitos da Pessoa Idosa.

O evento, que contou com a participação dos representantes dos 16 municípios do Território, será realizado, também, em todos os outros Territórios de Identidade da Bahia. Estiveram presentes a secretária de Desenvolvimento Social, Andrea Cerqueira, representando o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira; representando o núcleo diretivo do Território do Médio Rio de Contas, Rita Rodrigues; representando a sociedade civil, Aparecida Cabral; representando o poder público, Claudiane dos Santos; representando as pessoas idosas do Território, Iracema Aquino; representando a Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Matheus Reis; representando a coordenação estadual dos Territórios, Marivaldo Justiniano, e representando a direção do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, o professor Miguel Agnelo.

Condenado pela Justiça Federal por irregularidade em licitação, ex-prefeito de Jequié emite nota

/ Jequié

Condenado a prisão, Amaral diz que recorrerá. Foto: Souza Andrade

O ex-prefeito de Jequié, Luiz Amaral, entregou Nota de Esclarecimento em que expressa sua opinião sobre a decisão da juíza Federal Karine Costa Carlos Rhem da Silva, titular da Subseção Judiciária de Jequié, que acatou denúncias do Ministério Público Federal e imputou dura punição a Amaral, por entender ter havido irregularidades referentes ao Pregão Presencial 14/2009, realizado para a compra de medicamentos para o Município [veja aqui]. O ex-prefeito foi sentenciado a mais de 12 anos de prisão, sendo parte em regime fechado e outra em regime domiciliar, mas a justiça decidiu que o mesmo responderá em liberdade.

A nota foi distribuída à imprensa por Luiz Amaral, cujo teor é o seguinte: ”Nos foi imputada uma condenação, por decisão da Justiça Federal em Jequié, requerida pelo Ministério Público Federal, em que fomos enquadrados nos chamados ‘crimes de prefeito’. Afirmamos que jamais fomos negligentes, complacentes com quaisquer situações que pudessem ocasionar em prejuízo ao erário público. O jequieense é conhecedor do nosso procedimento tanto no exercício do cargo de prefeito, como em outras funções públicas que ocupamos”, explicou, conforme publicação do site Jequié e Região.

A propósito, nos autos, a juíza destaca que o próprio MP ”admite que não há notícia que desabone sua personalidade” que o réu ”não possui antecedentes”. Por outro lado classifica o prefeito como ”fiscal por excelência” e assim é taxado como culpado por casuais erros no âmbito da administração. ”Apesar de reconhecermos o valoroso papel do MP e da Justiça, contestamos veementemente a dura decisão de nos condenar baseado nos chamados crimes de responsabilidade de prefeitos. Estamos buscando as providências cabíveis, em Brasília, perante o Superior Tribunal de Justiça, na certeza de que o resultado da sentença será reformado”.

Inaugurada nova sede do MP em Jequié, com a presença da procuradora-geral de Justiça

/ Jequié

O promotor Maurício Cavalcanti agradeceu o empenho da PGJ

O Ministério Público do Estado da Bahia inaugurou, nesta quarta-feira (17), a nova sede da Promotoria de Justiça Regional de Jequié. O novo espaço foi inaugurado pela procuradora-geral de Justiça, Ediene Lousado, que destacou a importância do equipamento para a população e agradeceu a todos que se engajaram para cumprir esta missão. ”Lutamos muito para concretizar este sonho. Tivemos que nos organizar para vencer a crise econômica que assola o país e encontrar estratégias de captação de recursos. De forma histórica, batalhamos e garantimos a participação nas taxas judiciais. Fomos em busca e vencemos. Estamos construindo um caminho de realização de sonhos”, registrou ela, lembrando que, mesmo com dificuldades, muitas sedes estão sendo construídas e reformadas no estado. A nova sede de Jequié foi construída nos últimos dez meses, ocupa uma área de 1.083,36 m² e fica localizada na Avenida Perimetral I, no Centro Administrativo, bairro de Jequiezinho.

Também durante o evento, Ediene Lousado afirmou que o oferecimento de espaços mais estruturados e confortáveis de trabalho para os integrantes do MP e para atendimento dos cidadãos é algo essencial e prioritário. ”Tenho consciência do quanto é importante e caro para a população o atendimento no sistema judicial”, assinalou, diante dos procuradores e promotores de Justiça, juízes, defensores públicos, militares, advogados, prefeitos e vereadores presentes. A PGJ frisou ainda que a Justiça deve ser acessível a todos e que os membros do MP precisam estar permanentemente imbuídos no cumprimento da missão constitucional da Instituição, que é fazer valer a atividade para o bem da população, promovendo cidadania e justiça social. Coordenador da Promotoria de Justiça Regional de Jequié, o promotor de Justiça Maurício Foltz Cavalcanti lembrou que ”o sonho de ter uma nova sede existe há muitos anos. O terreno foi doado pelo Município no ano de 2012 e, em 2018, a colega Ediene  deu início as obras, fazendo com que conseguissemos realizá-lo”.

Representantes do Poder Judiciário participaram do ato inaugural

O promotor agradeceu o empenho da PGJ, dos promotores de Justiça e dos servidores durante o processo. Também salientou que ”a luta não é fácil, os recursos são limitados, mas, mesmo nesses tempos difíceis, o sonho foi realizado”. A nova sede é composta de pavimento térreo, pavimento superior e cobertura. Tem salas de atendimento, ampla recepção, sala multiuso, 11 gabinetes para promotores de Justiça, salas de gerência, sala para estagiários, sala para arquivo, Central de Inquéritos, refeitório e banheiros com acessibilidade. Os espaços foram visitados pelos participantes do evento, que contou ainda com a presença da procuradora-geral de JustiçaAdjunta, Sara Mandra Rusciolelli; o corregedor-geral, procurador de Justiça Zuval Gonçalves; a subcorregedora-geral, procuradora de Justiça Márcia Guedes; o secretário-geral, procurador de Justiça Paulo Gomes; o chefe de Gabinete, promotor de Justiça Marcelo Guedes; e o coordenador do Centro de Atuação Funcional (Ceaf), promotor de Justiça José Renato Oliva. Além deles, o superintendente de Gestão Administrativa Frederico Soares, servidores da SGA e da Promotoria Regional.

Prefeitura de Jequié inaugura mais um Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

/ Jequié

Entregue o Centro de Ação Integral à Criança. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, inaugurou, no Centro de Ação Integral à Criança (CAIC), no bairro Jequiezinho, mais uma unidade do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que vai atender crianças e adolescentes, com idade de 4 a 17 anos, e idosos moradoras da Comunidade do Pau Ferro e adjacências. Estiveram na ocasião, o prefeito Sérgio da Gameleira; a secretária de Desenvolvimento Social, Andrea Cerqueira; demais secretários municipais; o gestor municipal do Serviço Único de Assistência Social (SUAS), Emerson Nery; a gestora da Proteção Básica, Maria Leda Sá; a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Jequiezinho, Amanda Shultz; a coordenadora municipal do Serviço de Convivência, Geórgia Pereira; a diretora do CAIC, Miriam Rotondano; representando o poder legislativo, o vereador, Roque Silva, líder da maioria da Câmara Municipal, e o vereador, José Augusto de Aguiar, o Gutinha; a equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Social, e, ainda, crianças e adolescentes atendidas pelo SCFV.

A inauguração contou com apresentação de um coral de alunos do CAIC, que entoou o Hino de Jequié. O SCFV, que é referenciado pelo CRAS, realizará atendimentos em quatro salas, sendo três delas para a execução das atividades em grupo, com os educadores sociais, e uma para o atendimento com pedagogo e assistente social.

O objetivo dos Serviços de Convivência é executar atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, criando situações desafiadoras, estimulando e orientando os usuários na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares, promovendo, assim, o fortalecimento dos vínculos deles com suas famílias, propiciando o bem-estar social. Segundo a secretária de Desenvolvimento Social, Andrea Cerqueira, a inauguração de mais um SCFV, com a disponibilidade de uma equipe multisciplinar completa, é a realização de mais um sonho da gestão municipal.

Reges Silva solicita criação do Plano Municipal de Saneamento Básico no município de Jequié

/ Jequié

Reges Silva tem requerimento aprovado. Foto: Emanuel Jr.

O vereador Reges Silva teve aprovado, por unanimidade, na Câmara de Jequié, requerimento (30/2019) de sua autoria, em que solicita que seja criado o Plano Municipal de Saneamento Básico do município de Jequié. Em sua justificativa, o parlamentar cita a Lei 11.445 de 2007 que trouxe novas diretrizes nacionais e definiu o planejamento dos serviços básicos como instrumento fundamental para se alcançar o acesso universal do saneamento básico, entre essas ferramentas o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).

Segundo Reges Silva, a existência do PMSB é condição para que o município receba recursos da União destinados a serviços de saneamento básico. ”Esta regra busca a valorização do planejamento e do controle social e consequentemente do bom uso dos recursos públicos”, disse.

Lembra ainda que ”o nosso município tem sérios problemas na área de saneamento básico, e que esta situação causa transtornos para os moradores de várias localidades, e que se faz necessário uma que este plano seja urgentemente implementado em nossa cidade para que a mesma venha a ser beneficiada por investimentos na referida área”.

Gestor de Jequié rebate críticas do prefeito de Jaguaquara e diz não ter tempo para picuinha

/ Jequié

Gameleira críticas de Giuliano Martinelli. Foto: Blog Marcos Frahm

Diante das críticas do prefeito de Jaguaquara, Giuliano Martinelli (PP), a gestão pública municipal de Jequié, o chefe do Executivo da Cidade Sol, Sérgio da Gameleira (PSB) disse não ter tempo para picuinha. Para Gameleira, é deselegante um prefeito apontar problemas na gestão do outro. ”O tempo que eu tenho ainda é pouco para administrar minha cidade. Ele é um amigo e eu tive informação de que ele teria feito determinadas críticas, mas eu estou focado na administração de Jequié e não interessado na política pequenininha, na picuinha”, reagiu o mandatário, na noite desta terça-feira (16), ao participar de reunião sobre regularização fundiária com moradores de conjuntos habitacionais no bairro Jequiezinho.

Martinelli teria alfinetado Gameleira no último dia (8), quando esteve nos estúdios da Rádio 95 FM, de Jequié, na companhia do seu correligionário político, o deputado estadual Zé Cocá (PP), que não foi citado pelo gestor de Jequié. Sérgio disse ainda ter consciência das dificuldades enfrentadas pela sua gestão.

”Tenho convicção das dificuldades que nós temos, principalmente com relação à folha de pagamento, com relação às quedas de receitas e todos nós, gestores, enfrentamos problemas. Se eu pudesse dar conselhos pra ele [Martinelli] eu daria um conselho: que ao invés de perder tempo se preocupando com a gestão de Jequié que ele fosse cuidar melhor da cidade dele. É isso que a população de Jaguaquara espera”, concluiu.

Jequié: Ramon Fernandes reúne moradores das URBIS para iniciar processo de regularização fundiária

/ Jequié

Ramon ressalta importância da regularização. Fotos: Divulgação

Moradores e proprietários de lotes dos Conjuntos Habitacionais URBIS 1, 3 e 4, em Jequié, respiraram aliviados ao ver o processo de regularização fundiária começar a ser viabilizado. Na noite desta terça-feira (16), os moradores se reuniram e lotaram a Quadra de Esportes do CAIC, no bairro Jequiezinho para recepcionar o vereador Ramon Fernandes, acompanhado do Diretor de Habitação e Urbanização do Estado, Emerson Leal, e do prefeito Sérgio da Gameleira, onde discutiram as questões relacionadas às providências que serão tomadas para regularização imediata de suas propriedades. Segundo Ramon, o primeiro encontro com os moradores serviu para tirar dúvidas sobre o processo de regularização, que está apenas se iniciando. Uma equipe composta por técnicos do Estado permanecerá no CAIC até quinta-feira (18), para receber a documentação dos mutuários e moradores.

Moradores serão recebidos por técnicos do estado, no CAIC

O vereador afirmou que aguarda, por parte do prefeito, o encaminhamento de um projeto a Câmara de Vereadores isentando os moradores do pagamento, pelos últimos 05 anos, do IPTU e do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis para facilitar a vida dos moradores. ”São pessoas de baixa renda e nós estamos aguardando o prefeito enviar o projeto a câmara e ele [o prefeito] já sinalizou que se empenhará para que o município conceda a isenção, porque são famílias de baixa renda e que precisam do apoio do poder público para que elas possam emitir o título de suas propriedades e terem suas situações regularidades. Ter um título de propriedade, ter a escritura da casa é sinônimo de dignidade. Agradecemos também ao deputado Euclides Fernandes e ao governador Rui Costa pelo apoio nessa luta”, ressaltou Ramon. O vereador Roque Silva, secretários municipais e outras lideranças também participaram do encontro.

Jequié: 9ª Coorpin deflagra Operação Rochedo e prende grupo envolvido em tráfico de drogas

/ Jequié

Operação Rochedo manda suspeitos para cadeia. Foto: Polícia Civil

A equipe da 9ª Coorpin de Jequié deflagrou, na manhã desta terça-feira (16), a Operação Rochedo, objetivando combater grupo criminoso especializado no tráfico de entorpecente. Durante investigações logrou êxito a identificação dos operadores do esquema, os quais participavam ativamente no comércio de drogas ilícitas, a maioria na modalidade delivery (pedido de pequenas porções de drogas via telefone). Foram presos Cláudio Tourinho, Júlio César Oliveira Santos, Adailton Gonçalves dos Reis, Carlúcio dos Santos ”Boneco”, este último também envolvido com roubo a bancos.

A Polícia Civil descobriu também esquema de fraude no seguro de veículos automotores, cumprindo mandados de busca e apreensão relacionados a referido crime, localizando na casa do investigado Marcos Mendonça Ribeiro, um revólver, calibre .38, com numeração suprimida, conduzido à Delegacia para auto de prisão em flagrante delito. A operação coordenada pelo diretor regional, delegado Fabiano Aurich teve desdobramento com apoio de equipes da 10ª e 21ª Coorpins, circunscrições onde foram cumpridos mandados de busca e apreensão, bem como de prisão, capturando Udson Oliveira Ferreira, ”Moreno” na cidade Itapetinga.

Foram apreendidos documentos, comprovantes de depósitos, celulares, anotações sobre a comercialização dos entorpecentes, certa quantidade de cocaína e tabletes de maconha, além de quatro armas de fogo e munição. A Polícia Civil utilizou 12 equipes compostas por 48 servidores. Também participaram da operação os coordenadores Cleber e Roberto Jr e os delegados Irineu e Arilano  apoiaram as diligências. Informações da 9ª Coorpin/PC

Furto de cabeamento eletrônico de cobre deixa SineBahia de Jequié sem funcionar

/ Jequié

Na manhã desta segunda-feira (15), servidores do SineBahia em Jequié, órgão vinculado a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE) e que funciona em parceria com a Prefeitura do município em um prédio localizado no Centro da cidade, ao chegarem para trabalhar encontraram o equipamento violado e sem energia elétrica. Ao que parece, alguém teve acesso ao prédio, desligou a energia elétrica do local e arrancou todo o cabeamento elétrico existente, que era feito em cobre, causando sérios danos ao funcionamento do edifício. A direção do órgão informou que já prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil, 9ª Coorpin.

O furto desse material prejudicou todo o trabalho que é desenvolvido pelas equipes técnicas do órgão. Em função disso, e enquanto este problema estiver sendo resolvido, o SineBahia não abrirá para atendimento ao público. A direção informa, ainda, que, assim que tudo estiver sido sanado, voltará a atender normalmente.

As pessoas que procuram os serviços que são disponibilizados na unidade, como dar entrada ao Seguro Desemprego ou o Cadastro na Intermediação de Mão de Obra, terão que se dirigir até o SAC, localizado no bairro Mandacaru; onde existe uma unidade de atendimento do SineBahia, funcionando normalmente e pronta para atender a todos.

Jequié: Professores rejeitam proposta da gestão de Gameleira e anunciam preparação para a luta

/ Jequié

Professores dizem que a gestão desrespeita o Piso. Foto: APLB

Professores da rede municipal de ensino de Jequié rejeitaram a proposta da gestão do prefeito Sérgio da Gameleira em relação a campanha salarial da categoria e decidiram ir a ”luta” pelos seus objetivos. A deliberação foi tomada durante assembleia promovida pela APLB Sindicato na quarta-feira (10abr19), ocasião em que foram apresentados o resultado da reunião com a Comissão Permanente de Negociação e o ofício com a decisão da referida Comissão no que diz respeito a Campanha Salarial 2019. ”A categoria rejeitou a proposta de condicionar a possibilidade de atualização do Piso do Magistério de 2019 ao Plano de Aplicação dos recursos do FUNDEF. O entendimento é de que o Piso deve ser implantando com base na complementação prevista para o FUNDEB em 2019”, informa o sindicato. ”A situação é grave! Esse governo mais uma vez desrespeita o Piso! É preciso lutar, porque o Piso só sai com luta!”, alertou a vice-diretora da APLB de Jequié, Ângela Meneses.

Ainda de acordo com o sindicato, a categoria também deliberou a favor de que a APLB solicite a retomada do diálogo com a Comissão Permanente de Negociação e discuta, considerando a receita provisionada do FUNDEB para 2019, os cenários de implantação do Piso do Magistério do ano em curso. Por fim, a assembleia da categoria decidiu que no Plano de Aplicação dos Precatórios do FUNDEF seja discutida a previsão de percentual para o pagamento dos processos administrativos do magistério municipal, extinguindo-se deste modo o passivo hoje existente. Além disso, foi aprovada a construção de um Dia Municipal de Luta pela Valorização do Magistério Municipal, com paralisação das atividades escolares por 24 horas.

OUTRO LADO

A Prefeitura, por sua vez, alega dificuldades para fazer a concessão de reajuste, por enquanto, justificando o alto índice de pessoal – na casa de 68% – portanto, bem acima do estabelecido pela legislação em vigor; bem como o cenário econômico atual nada animador do País em relação a perspectiva de crescimento. Foi sinalizado aos sindicatos que não existe, no momento, nenhuma possibilidade de concessão de reajuste. *Por Souza Andrade