Aliança entre Leão e ACM mexe no cenário político de Jaguaquara e facilitaria volta de Martinelli a Prefeitura

/ Jaguaquara

Martinelli comemora aliança entre Leão e ACM. Foto: Rede social

Embora ainda não tenha se recuperado da frustração pelo fato de não ter emplacado sua candidatura a uma vaga na Assembleia Legislativa nas Eleições 2022, o ex-prefeito de Jaguaquara, Giuliano Martinelli (PP), pode ser um dos grandes beneficiados com a nova conjuntura política na Bahia, a partir da aliança entre o seu partido, o PP, ou Progressistas, e o União Brasil.

Afilhado político do atual vice-governador, João Leão, e amigo pessoal do deputado federal Cacá Leão, ambos do PP, o ex-gestor, pode ter nesse novo cenário a possibilidade de pavimentar seu retorno à Prefeitura, da qual, alias, ainda não se desvinculou totalmente depois de dois mandatos consecutivos, apesar do ”aparente rompimento” com a prefeita Edione Agostinone, também do PP, pois, alguns de seus familiares e membros do alto da sua gestão permanecem empregados na máquina pública municipal.

Martinelli, que recentemente rompeu com o governador Rui Costa (PT) e com o prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), importante liderança regional, motivo pelo qual sua pré-candidatura afundou, pode ganhar fôlego para 2024. A adesão de seu padrinho Leão à pré-candidatura de ACM Neto ao governo estadual, a qual já vinha apoiando desde 2021, inclusive, fazendo campanha abertamente poderá lhe recolocar no cenário político, com musculatura, caso Neto seja eleito governador.

Campeão de contas reprovadas, com 05 decisões desfavoráveis por parte do Tribunal de Contas Giuliano não deverá temer inegibilidade. A Câmara de Vereadores de Jaguaquara, em julgamento recente, contrariou parecer do TCM e aprovou contas reprovadas do ex-chefe do Executivo e, segundo fontes, o atual presidente do Legislativo, Nildo Pirôpo, do PP, tem lhe assegurado que não haverá dificuldades para aprovar as contas relativas ao exercício de 2020, seu último ano a frente da Prefeitura, caso a corte opine por rejeição.

*por Marcos Frahm

Câmara de Jaguaquara celebra o Dia da Mulher com sessão especial e presença de juíza

/ Jaguaquara

Júiza Andréa Padilha entre as homenageadas. Foto: Divulgação

Foi realizada na quarta-feira (9) uma sessão especial na Câmara de Vereadores de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

A sessão foi proposta pelo vereador e presidente da Casa, Nildo Pirôpo, que conduziu os trabalhos da mesa com a presença de autoridades judiciais, a juíza de Direito da Comarca local, Andréa Padilha Sodré Leal Palmarella e o promotor de Justiça Lúcio Meira Mendes.

Dentre as homenageadas, a juíza, servidoras da Casa Legislativa, da Prefeitura e vereadoras.  Para o presidente da Câmara, Pirôpo, a semana é especial para homenagear e reconhecer as lutas das mulheres.

Em seu discurso, a magistrada Padilha, defendeu ampliação da participação feminina na política e em outras áreas da vida pública.

Dupla é presa acusada de tortura, estupro e cárcere privado em Jaguaquara, diz polícia

/ Jaguaquara

Mulheres tiveram mandado de prisão cumprido Foto: Ascom/PC

Duas mulheres trans, que não tiveram suas identidades divulgadas, foram presas em flagrante nesta terça-feira (8), acusadas pelos crimes de estupro, lesão corporal grave, tortura, ameaça, cárcere privado e tráfico de drogas no município de Jaguaquara, no sudoeste da Bahia.

De acordo com as autoridades, elas passaram a ser investigadas após a divulgação de um vídeo nas redes sociais onde aparecem maltratando uma vítima. O flagrante foi feito por agentes da Delegacia Territorial (DT) de Jaguaquara com o apoio da Polícia Militar.

“São três envolvidas no crime. A responsável pela gravação do vídeo está foragida. Elas alegam que a mulher estava tomando a clientela delas, em ponto de prostituição, no qual teria que repassar R$ 30”, informou o delegado Chardison Castro de Oliveira, titular da DT.

A dupla teve o mandado de prisão preventivo cumprido e está à disposição do Poder Judiciário. Com elas foram apreendidas vinte porções de maconha.

”Uma delas foi presa em flagrante por tráfico de drogas. Seguimos nas buscas da terceira envolvida”, disse o delegado.

Juntos e misturados: Candidatura de ACM deve unir adversários num só palanque em Jaguaquara

/ Jaguaquara

Giuliano e Ademir estarão no mesmo palanque. Foto/rede social

Nas últimas eleições estaduais, a oposição ao PT fracassou no Vale do Jiquiriçá, Paulo Souto e Zé Ronaldo ficando sem apoio de lideranças expressivas, quase sem palanque no território composto por 20 municípios. Agora, a base governista, liderada por Rui Costa, ainda mantém o maior número de apoiadores, mas deve enfrentar uma disputa completamente diferente das anteriores, com o surgimento do ex-prefeito da capital baiana, ACM Neto (UB), como candidato ao Palácio de Ondina.

No maior colégio eleitoral da região, Jaguaquara, por exemplo, a candidatura de Neto deverá unir dois adversários políticos num mesmo palanque: Giuliano Martinelli e Ademir Moreira, dois ex-prefeitos, que ocuparam dois mandatos cada, e que estavam separados desde quando as contas de Ademir foram reprovadas pela Câmara Municipal em 2013 – fato que o deixou inelegível à época e que mesmo coloca como de responsabilidade de Giuliano, que em 2020 apadrinhou Edione Agostinone (PP) para a Prefeitura de Jaguaquara e Ademir marchou junto com o vereador Raimundo Louzado (PSD), que perdeu o pleito para a protegida de Giuliano, por uma diferença de 58 votos, ampliando o acirramento entre ambos.

Nos bastidores, comenta-se que os dois já trocam mensagens via WhatsApp e que estarão lado a lado apenas no palanque de Neto. Fora dele, conforme mostram fotografias na web, Giuliano deverá seguir com o deputado estadual Sandro Régis, atual líder da oposição na ALBA, ex-aliado do ex-prefeito Mirinho e do próprio Ademir, que a partir de uma publicação nesta terça-feira (8) em rede social, deu mostras de que deverá comandar um projeto solo, também disputando uma vaga para a Assembleia Legislativa, mas sem o apoio do ex-prefeiturável Raimundo, que já confirmou à nossa reportagem que estará atuando para a eleição de Alex da Piatã – estadual e Antonio Brito – federal.

Para alguns gurus políticos, uma eventual candidatura de deputado estadual de Ademir poderia queimar cartuchos que deveriam ser utilizados em 2024, já que Moreira não descarta a possibilidade de disputar a Prefeitura numa tentativa de voltar ao comando do Executivo. Contudo, através de arte gráfica em sua página no Instagram, o ex-mandatário diz ter sido convocado por ACM para candidatar-se a ALBA, mas fontes dizem ser uma estratégia para cooptar votos casados com o deputado Dal, que terá o seu apoio na corrida pela Câmara Federal.

Por telefone a rádio comunitária Jaguar FM, o ex-secretário de Cultura de Jaguaquara e atualmente exercendo o cargo de assessor parlamentar de Dal, Weder Mello, confirmou o desejo de Ademir ser candidato com anuência do deputado: ”Ademir vai para uma candidatura para ganhar a eleição, não apenas para ser candidato”, disse o assessor, citando como compromisso de campanha com o grupo da oposição em Jaguaquara em 2020 um apoio a Moreira em 2022: ”Na eleição passada nós marchamos com Raimundo e foi feito um compromisso lá atrás. Ademir seria candidato a prefeito com uma liminar, tinha um impedimento judicial, Antonio Brito chamou Ademir para retirar a candidatura num compromisso de que todo mundo apoiasse Ademir para deputado”, revelou  assessor.

Entretanto, Raimundo discorda da afirmação e disse, por telefone ao BMFrahm, que não houve acordo para 2022. ”Ademir é uma amigo, uma liderança, mas não houve essa história de que nós o apoiaríamos para deputado”, rechaçou Louzado, que é liderado do senador Otto Alencar e marchará com o candidato a ser lançado por Rui ao Governo, com quem também deve seguir a prefeita Edione, caso João Leão, cacique do seu partido, não declare ruptura pelo mero dissabor de não assumir o Estado por 09 meses como lhe haviam prometido.

*por Marcos Frahm

Operação da PM apreende grande quantidade de entorpecentes no Entroncamento de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Polícia apreendeu, aproximadamente, 10 KG de maconha. Foto: PM

A Polícia Militar, através da 3ª Cia/Jaguaquara realizou, na segunda-feira (28), a Operação Força Total II que resultou na apreensão de uma grande quantidade de entorpecentes no distrito Stela Dubois / Entroncamento de Jaguaquara.

Segundo a PM, a ação ocorreu por volta das 19h, quando os militares se dirigiram ao local, denominado ”Favelinha”, após denúncia de que indivíduos estariam enterrando entorpecentes.

Ainda conforme a PM, um indivíduo conseguiu evadir e outro foi detido, sendo encaminhado ao Complexo Policial de Jaguaquara. Foram apreendidos arma de fogo, maconha [aproximadamente 10 kg], crack, cocaína, munições, dinheiro, balança de precisão e celulares.

Leia abaixo a informação da PM

Por volta das 19h, após denúncias acerca da presença de indivíduos numa localidade apelidada de “favelinha”, em um terreno baldio, enterrando entorpecentes e armas, as guarnições empregadas na Operação Força Total II deslocaram de imediato, a fim de confirmar a denúncia, e no local detiveram o primeiro autor com uma grande quantidade de drogas; no momento da primeira investida policial, dois suspeitos conseguiram evadir do cerco, porém, logo em seguida, um deles foi localizado e preso portando uma arma de fogo, tipo revólver; ato contínuo e de posse de novas informações, o efetivo policial seguiu para a casa do terceiro criminoso, onde mais drogas foram localizadas, porém, o supracitado conseguiu sucesso na fuga mais uma vez. Diligências foram feitas durante toda a madrugada com o objetivo de localizá-lo, porém, sem sucesso. Os autores, assim como todo material apreendido foram conduzidos para apresentação à Autoridade Competente.

Material Apreendido:
▪️16 tabletes de substância análoga a maconha + 22 buchas da mesma substância, pesando proximamente 10kg;
▪️14 porções de diversos tamanhos de substância análoga ao crack, pesando aproximadamente 276g;
▪️06 porções de substância análoga à cocaína, pesando aproximadamente 54g;
▪️01 revólver, marca Taurus, calibre .38 de n° 18547;
▪️16 munições do mesmo calibre;
▪️R$ 905,00, em espécie;
▪️04 aparelhos celulares; e
▪️01 balança de precisão.

Em menos de 24 horas, Polícia Militar de Jaguaquara prende suspeitos de assalto a posto de gasolina

/ Jaguaquara

PM encaminhou suspeitos à Delegacia. Foto: BMFrahm

Dois indivíduos foram presos neste domingo (27) e encaminhado à Delegacia de Jaguaquara, pela Polícia Militar, suspeitos de terem praticado assalto a um posto de combustíveis durante a madrugada do mesmo dia, no distrito Stela Dubois – Entroncamento, às margens da BR-116. Segundo a PM, a ação foi possível após coleta de informações baseadas em imagens de câmeras de segurança do estabelecimento.

Leia abaixo a nota da PM

A guarnição de serviço, após coleta de informações e análise das imagens das câmeras de segurança de um posto de gasolina, localizado no Entroncamento de Jaguaquara, assaltado na madrugada de hoje, iniciou diligências com o objetivo de localizar os autores e efetuar as suas prisões; com a identificação dos dois suspeitos e a localização de ambos, o objetivo foi alcançado. Um aparelho celular subtraído na ação criminosa foi recuperado e os indivíduos foram conduzidos para apresentação à Autoridade Competente.      

Jaguaquara: Empresa Mainan Engenharia executa obras de construção da nova delegacia de polícia

/ Jaguaquara

Nova Delegacia sendo erguida na Malvina II. Foto: Blog Marcos Frahm

O Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Segurança Pública, autorizou a construção de uma nova Delegacia de Polícia para o Município de Jaguaquara, cuja atual, com sua estrutura defasada não consegue mais atender as demandas policiais e compromete o serviço da equipe.

Anseio antigo das polícias e da população local, a nova unidade prisional foi anunciada em 2021, durante visita do governador Rui Costa e da delegada-chefe da Civil, que inclusive é jaguaquarense, Eloísa Brito.

As obras avançam e são executadas pela empresa vencedora do processo licitatório para construção de outras delegacias na região, a exemplos de Ubaíra e Maracás, a Mainan Engenharia, que promete entregar a Delegacia pronta nos próximos meses.

As obras, erguidas na área do Pelotão da 3ª Cia da PM, no bairro Malvina II estão orçadas em R$ 1.767.892,28. No mesmo espaço, o Estado também instalará uma sede do Corpo de Bombeiro.

Ao receber informações pelo Disk – Denúncia, PM de Jaguaquara apreende sacola com entorpecentes

/ Jaguaquara

Polícia apreendeu entorpecentes o bairro Malvina II. Foto: Polícia Militar

Através do Disk –Denúncia, a Polícia Militar de Jaguaquara apreendeu, nesta quarta-feira (23), drogas no bairro Malvina II, região onde está localizado o pelotão da própria instituição militar. De acordo com nota divulgada pela 3ª da PM, após receber a denúncia, os policiais foram ao local para chegar à veracidade e, ao se aproximar, visualizaram um homem, que empreendeu fuga dispensando uma sacola plástica contendo entorpecentes. Alcançado, o suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido juntamente com o material apreendido para apresentação na Delegacia Territorial, que lavrou o flagrante.

Material Apreendido:

39 porções de substância análoga à cocaína;

01 porção média da mesma substância;

01 porção maior de substância análoga à cocaína, pesando aproximadamente 0,5 kg;

R$ 285,00, em espécie;

01 balança de precisão; e

03 aparelhos celulares.

Câmara de Jaguaquara antecipa eleição e Piropo é reeleito presidente com chapa única

/ Jaguaquara

Vereadores reelegem Piropo presidente da Câmara. Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (15), o vereador Nildo Piropo (PP) foi eleito presidente da Câmara Municipal para o seu segundo mandato consecutivo à frente do Poder Legislativo. Além de entrar para a história como o primeiro vereador reeleito, o experiente parlamentar, detentor de 5 mandatos, foi escolhido por unanimidade dos presentes.

Apenas Élio Boa Sorte (PP) não compareceu à sessão e o líder do Legislativo ainda contou com o apoio de Rodrigo Dias (PSD), opositor, que elogiou, em discurso, o bom trato do presidente, independente de coloração partidária.

Também chama atenção o fato de todos os membros da Mesa terem sido mantidos para o próximo mandato. A única novidade da futura composição será a presença do 2º vice-presidente na Mesa, algo que nunca tinha acontecido.

A eleição para escolha da nova Mesa Diretora para o biênio 2023/24 ocorreu de maneira antecipada após alteração no Regimento Interno da Câmara, aprovado recentemente pelos vereadores e a recondução de Piropo à presidência não representa nenhuma surpresa para o meio político nem para a comunidade, pois tem se notabilizado como um talentoso articulador.

Atualmente, Piropo é um dos mais importantes apoiadores da gestão da prefeita Edione Agostinone (PP), que também não mediu esforços para assegurar o novo mandato de presidente ao fiel aliado que, por certo, continuará gozando de muito prestígio junto ao Executivo.

A Mesa Diretora para o biênio 2023/24 terá a seguinte composição:
Nildo Piropo – Presidente
Cristiane Pinheiro – Vice-presidente
Alex Moraes – 1º Secretário
Bode da Saúde – 2º Secretário
Canesco – 2º vice-presidente

De olho em 2024, ex-prefeito Ademir se reúne com deputado Dal e discute demandas de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Ademir se reúne com o deputado Dal, na capital. Foto: Rede social

Com o objetivo de preparar o terreno para as eleições ao Executivo de Jaguaquara em 2024 e articular o seu grupo para as eleições deste ano, o ex-prefeito Ademir Moreira começa a se movimentar.

Já declarado apoiador do deputado estadual e pré-candidato a federal, Dal, Ademir se reuniu em Salvador, com o parlamentar, para tratar demandas do município, a exemplo da tão sonhada conclusão da pavimentação da Rodovia BA-545, interligando o distrito de Baixão ao povoado de Itiúba.

O ex-mandatário tem cobrado do deputado intervenções junto à Secretaria de Infraestrutura da Bahia e comemora a autorização do Estado para estudo de viabilidade técnica relacionada à obra.

Ademir também tem discutido com Dal demandas da Saúde, com solicitações de apoio a pessoas de Jaguaquara que necessitam dos serviços públicos de saúde nos grande centros.

Jaguaquara: Prefeita entrega duas escolas padrão FNDE, na sede e em distrito, com recursos do FUNDEB

/ Jaguaquara

Escola Eraldo Tinoco de Melo, no bairro Palmeira. Foto: Facebook/PMJ

A prefeita de Jaguaquara entregou, nesta segunda-feira (14), duas escolas, cada uma das unidades com seis (06) salas de aula, padrão MEC-FNDE.

As obras, com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em convênio com o Município foram erguidas no bairro Palmeira, Escola Eraldo Tinoco de Melo, e no distrito Stela Dubois, Escola Terrabrás.

Cada escola tem capacidade de atender mais de 350 alunos da rede municipal de Educação, que estará reforçada com dois novos estabelecimentos de ensino público.

O investimento nas escolas, respectivamente, é de cerca de R$1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais). No bairro Popular, ainda nesta segunda-feira, a mandatária, Edione Agostinone, entregou uma Academia de Saúde.

Os atos inaugurais contaram com a presença do vice-prefeito Francisnei Santos, vereadores, secretários municipais, além do secretário de Governo da Prefeitura de Jequié e pré-candidato a deputado estadual, Hassan Iosseff.

Jaguaquara voltou a enfrentar alagamentos que provocaram transtornos após forte chuva

/ Jaguaquara

Chuva forte revela velhos e novos problemas. Foto: Reprodução

Velhos e novos problemas voltaram a se manifestar em diversos pontos da cidade de Jaguaquara após uma chuva forte atingir o município, na tarde deste domingo (13). Ruas ficaram alagadas, causando inclusive, transtornos na trafegabilidade. Os problemas se avolumaram nas vias públicas sem pavimentação após a tempestade.

No Centro da cidade, o volume de água foi grande e, consequência disso, lama e entulho foram levados para alguns pontos.

Populares suspeitam de que obras privadas na entrada da cidade estariam provocando mais transtornos na área central em período chuvoso e cobram fiscalização intensa da gestão municipal em algumas obras.

A chuva de ontem também ocasionou problemas em ruas pavimentadas. A Prefeitura terá pela frente muito trabalho para limpeza e recuperação das vias.

Jaguaquara: Ao desistir de candidatura, ex-prefeito enfrenta debandada de aliados, que migram para Hassan

/ Jaguaquara

Hassan Iosseff busca apoio dos Martinellistas. Foto: Rede social

Os bastidores políticos estão em plena efervescência em Jaguaquara e a temperatura tende subir à medida em que as lideranças começam a definir seus apoios a candidatos que pleiteiam disputar as Eleições 2022.

Agora mesmo, pessoas ligadas ao ex-prefeito, Giuliano Martinelli (PP), que desistiu de concorrer uma vaga de deputado estadual, começam a debandar. Da lista constam, inclusive, vereadores, que conversam visando uma migração à pré-candidatura de Hassan Iosseff (PODEMOS).

Atual secretário de Governo, em Jequié, Iossef é cogitado a postular uma cadeira no legislativo baiano, apoiado por ninguém menos do que o prefeito de Jequié e presidente da UPB, Zé Cocá, cuja penetração no Médio Rio de Contas e Vale do Jiquiriçá é indiscutível. Vale ressaltar que Martinelli declarou ruptura à liderança de Cocá em 2021 depois de uma longa caminhada política juntos.

Na quinta-feira (10), Hassan deu um passo em busca de apoios em Jaguaquara, quando fez sua primeira visita na condição de pré-candidato, tendo se encontrado com aliados que eram considerados fies seguidores do ex-prefeito Giuliano Martinelli.

Da lista constam nomes como o do vice-prefeito Francisnei Santos (PDT) e o filho, o vereador Neinho Filho (PP), estes que até pouco tempo eram apoiadores do deputado Euclides Fernandes (PDT) e passaram a chamar Giuliano de futuro deputado, além do presidente da Câmara, Nildo Pirôpo (PP), o principal articulador do apoio ao eventual candidato de Zé na Toca da Onça, Alex Moraes (PR), Julival do Bregueço (PCdoB) e outras pessoas ligadas a prefeita Edione Agostinone (PP), que também já deu claros sinais de que marchará com Hassan, segundo apurou o Blog Marcos Frahm.

Já Martinelli, que assiste a debandada, apesar de afirmar em recente entrevista que cuida da vida pessoal no meio agrícola e que estaria aparece em rede social com o deputado Sandro Régis (DEM), ex-aliado de a três de seus adversários na cidade, o ex-prefeito Ademir Moreira, o Mirinho e a ex-vereadora Sara Helem.

Após registro de acidentes com mortes na BA/545, vereador cobra do Convale instalação de guard-rails

/ Jaguaquara

Dermeval Gama cobra melhorias para a BA-545. Foto: Divulgação

Os Constantes acidentes com vítimas fatais na Rodovia BR-545, num trecho de 14 km, pavimentado, entre a sede do Município de Jaguaquara e o distrito de Baixão de Ipiaúna / área rural fizeram o vereador Dermeval Gama protocolar um requerimento que segundo ele será encaminhado ao Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Vale do Jiquiriçá, entidade responsável pela manutenção de estradas estaduais na região, por meio de convênio com a Secretaria de Infraestrutura da Bahia.

Segundo o parlamentar, o documento solicita a instalação de guard-rails às margens da estrada, sobretudo numa curva sinuosa, nas proximidades do bairro São Jorge, local que passou a ser considerado palco de graves acidentes, o último no dia (23) de janeiro, vitimando fatalmente o jovem Wesley Araújo dos Santos, 25, anos, morador de Cravolândia, que estava num Chevrolet Celta, que capotou. ”Considerando o grande fluxo de veículos no trecho muito usado para o escoamento da produção agrícola e o número acidentes que já aconteceram é preciso que as autoridades deem mais atenção para a rodovia. Se é o consórcio o responsável, vamos solicitar que essa entidade instale guard-rails, redutores de velocidade e coloque melhor sinalização para garantir mais segurança a todos que trafegam pela rodovia”, justificou.