Motoristas apelam à Prefeitura de Jaguaquara para serviço de tapa-buracos no Centro da cidade

/ Jaguaquara

Buracos fazem aniversário na JJ-Seabra. Foto: Blog Marcos Frahm

Leitores do Blog Marcos Frahm passaram a enviar ao portal de notícias comentários sobre buracos que, segundo eles, dificultam a trafegabilidade na Praça JJ – Seabra. Eles apelam para que a Prefeitura de Jaguaquara realize no local o serviço de tapa-buracos. Os denunciantes, que dizem ser motoristas afirmam que já cansaram de ligar para a emissora de rádio local, Povo AM/FM, mas que até hoje nenhuma providência foi tomada pela administração municipal e cobram urgência na realização do serviço.

Empresa de empresário filho de Jaguaquara realizará o ”Natal do Bem”, no Jaguar Clube

/ Jaguaquara

Flávinho Souza e o produtor Jonga Cunha. Foto: Divulgação

Uma grande festa já está sendo preparada para a cidade de Jaguaquara. Intitulado ”Natal do Bem”, o evento promete reunir cerca de 1.000 convidados no Jaguar Clube, no dia 23 de dezembro, a partir das 19h. Além de um jantar especial, terá um show da Banda do Rio Vermelho com participações de artistas da terra como Célia Mares e Gilbertinho, Dr. Lourival Eça, Jeffinho, e Toninho Bernardino. O Natal do Bem, organizado pela Cidade da Música, de Flavinho de Souza, empresário do entretenimento há mais de 20 anos e filho de Jaguaquara, em parceria com o também empresário, músico e produtor musical Jonga Cunha, vai unir diversão e solidariedade em uma única noite. Os convidados para o jantar levarão 2 kg de alimentos não perecíveis e 2 brinquedos, sendo um para menino e um para menina. Todos os itens arrecadados serão entregues a crianças e adolescentes carentes da cidade onde Flavinho nasceu e viveu até 1993. ”Em todas as suas idas e vindas à Jaguaquara, ele percebia que faltava atenção ao lado cultural do município, localizado no Vale do Jiquiriçá, no Sudoeste da Bahia. A partir desse sentimento, Flavinho e Jonga, à frente da Cidade da Música, resolveram dar início a uma série de eventos na região”, diz a nota divulgada pela assessoria do evento.

Suspeito de matar adolescente a tiros em Jaguaquara é preso pela Civil na cidade de Itapé/Ba

/ Jaguaquara

Jonatas Brito dos Santos teria matado o menor. Foto: Polícia Civil

A Delegacia Territorial de Jaguaquara informou ter elucidado um crime de homicídio ocorrido em (14/07/18) contra um adolescente de 17 anos, Flávio Silva dos Santos, que teria sido morto a tiros enquanto transitava à noite pela Avenida Durval Campos, no bairro São João Batista [relembre aqui]. De acordo com a Polícia Civil, foram presos nesta quarta-feira (7) os suspeitos: Jonatas Brito dos Santos, o vulgo Jamanta, que teria praticado o crime, conforme a polícia, na companhia de outro menor, J.A.S. Jamanta foi localizado pela Polícia Civil do município de Itapé-BA, de onde foi transferido para o Conjunto Penal de Jequié, unidade prisional onde está preso o suposto mandante do crime, Ademilnto Mercês Alves, o Mitão, segundo informações policiais. Na ocasião, o adolescente Flávio, que era estudante do CEEP Pio XII retornava para casa, no mesmo bairro, quando foi atingido por disparo de arma de fogo deflagrados por dois indivíduos a bordo de uma moto, que fugiram após o cometimento do homicídio. Ainda de acordo com a Delegacia de Jaguaquara, o crime está relacionando ao tráfico de drogas. Não há informações sobre o paradeiro do outro menor envolvido.

Empresa CSG Engenharia vence licitação para construção de campus do IFBA em Jaguaquara

/ Jaguaquara

Projeto do IFBA de Jaguaquara avança. Foto: Blog Marcos Frahm

Foi publicado no Diário Oficial do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia – IFBA o resultado do processo licitatório para construção do campus do IFBA de Jaguaquara. A empresa responsável pela execução da obra será a CSG Engenharia, que tornou-se vencedora da licitação, tendo apresentado proposta no valor de R$ 10.554, 826, 56 [dez milhões, quinhentos e cinquenta e quatro mil, oitocentos e vinte e seis reais e cinquenta e seis centavos], conforme apurou o Blog Marcos Frahm, cuja publicação é datada de [05/11/18]. Previsto para ter início ainda neste ano, o projeto do IFBA para Jaguaquara prevê a construção de uma unidade num terreno doado pela Prefeitura às margens da Rodovia BR-420, na entrada da cidade, com recursos da ordem de R$ 15 milhões, destinados pelo Ministério da Educação. A obra é um anseio de jovens e de profissionais da área educacional de Jaguaquara e tem como padrinho político o deputado federal Cacá Leão, que atuou como Relator do Orçamento da União e que empunhou a bandeira do IFBA no Congresso Nacional em 2018.

Jaguaquara: Motorista perde controle de automóvel e bate em casa no bairro São João Batista

/ Jaguaquara

Acidente levou susto aos moradores do bairro São João Batista

O condutor de um veículo de passeio perdeu o controle da direção e colidiu o automóvel contra uma residência, no bairro São João Batista, em Jaguaquara, no fim da tarde desta segunda-feira (5). Apesar da gravidade do acidente, segundo moradores, houve apenas danos materiais e ninguém ficou ferido. Com o impacto da colisão, a casa teve a parte frontal parcialmente destruída.

Jaguaquara: Praça pública é alvo de vandalismo no bairro Cruzeiro e moradores se indignam

/ Jaguaquara

Vasos foram danificados e plantas arrancadas na Praça do Cruzeiro

A Praça do bairro Cruzeiro, construída e inaugurada pela Prefeitura de Jaguaquara há 1 ano, foi alvo de vandalismo na noite de sexta-feira (2). O espaço público, que além de melhorar o aspecto urbanístico no bairro gera entretenimento aos moradores teve vasos de plantas destruídos e suas plantas arrancadas por vândalos, que tomaram rumo ignorado após praticarem o ato. As imagens da praça danificada passaram a circular na rede social com os jaguaquarenses demonstrando indignação em seus comentários.

Se Eures cair na UPB, prefeito de Jaguaquara pode assumir presidência da instituição

/ Jaguaquara

Martinelli poderá comandar a UPB. Foto: Blog Marcos Frahm

Um período de incerteza se aproxima da União dos Municípios da Bahia – UPB. Com a luz das novas evidências reveladas nesta sexta-feira (2), pelo Ministério Público Federal – MPF, que aponta o atual presidente da entidade representativa como líder de um esquema de fraude a licitações que teria desviado mais de R$ 12 milhões nos municípios de Bom Jesus da Lapa, São Félix, Serra do Ramalho e Coribe, o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), o chefe do Executivo de Jaguaquara, Giuliano Martinelli (PP), aparece como provável substituto de Eures, já que o MPF pede o afastamento imediato e o bloqueio de bens do prefeito da Lapa. Giuliano foi eleito na chapa de Eures como primeiro vice-presidente da UPB, que tem o gestor de Araci, Antônio Carvalho, como vice-presidente administrativo. Conforme apurado pelo Blog Marcos Frahm, a sucessão é simples. De acordo com fonte do BMF, em caso de deposição do presidente, assume o primeiro vice-presidente. Com uma eventual saída de Eures, Martinelli passaria a ter tinta na caneta na UPB, já que os rumores são de que o prefeito de Jaguaquara não goza da liberdade que esperava ter na instituição que representa os 417 municípios baianos. Também seria voo alto na carreira de Giuliano, que exerce o segundo mandato de prefeito e, segundo um guru político, teria pretensão de disputar vaga de deputado estadual em 2022.

Cemitério de Jaguaquara sem espaço para sepulturas; Prefeitura diz que começou a construir um novo

/ Jaguaquara

Cemitério está em péssimas condições. Foto: Blog Marcos Frahm

O município de Jaguaquara possui, na sede, apenas um cemitério, que enterra ultimamente praticamente corpos de pessoas que já sejam proprietárias de covas. O restante da população passa por  maus bocados tentando encontrar um espaço para sepultar seus entes queridos. Construído em 1923, na gestão do então prefeito Guilherme Martins do Eirado Silva, o cemitério público municipal, localizado no bairro Palmeira, foi esquecido pelas últimas administrações e pela atual, e está defasado, com a sua estrutura física comprometida. Nesta sexta-feira (2), Dia de Finados, a reportagem do Blog Marcos Frahm, durante visita ao órgão, voltou a receber informações de que os coveiros estavam enterrando os corpos em covas rasas, e que agora a situação se complica, com a falta de espaço para sepultamento. Foram construídas gavetas, cujo número não atende a demanda. As pessoas que circulavam no interior do cemitério para prestar homenagem aos mortos lamentavam a falta de espaço para sepultura e a deteriorização do local.

Novo Cemitério

Procurada, a Prefeitura de Jaguaquara informou que o problema está prestes a chegar ao fim, com a entrega de um novo cemitério, que está com sua construção em fase avançada no loteamento Arco – Íris, bairro Casca e que de acordo com a administração municipal deverá ser inaugurado em 2019. A Prefeitura informou ainda ter encontrado dificuldades na viabilização de uma área para construir um novo cemitério, com resistência de populares de alguns bairros, mas que, de fato, a problemática será solucionada.

Rumores de novo candidato à presidência da Câmara de Jaguaquara; Dema nega candidatura

/ Jaguaquara

Dema nega que seja ele o candidato. Foto: Blog Marcos Frahm

Rumores passaram a circular nos meios políticos de Jaguaquara de que o vereador e presidente local do PSD, Edmilson Barbosa – Dema estaria engrossando a fileira para a disputa da presidência da Câmara Municipal, cuja eleição ocorrerá a partir do dia (20) de dezembro. Contudo, o parlamentar negou, em contato com o Blog Marcos Frahm, que seja candidato à presidência do Poder Legislativo. ”Não procede isso, eu só tenho o meu voto. Votarei no candidato que o prefeito indicar, mas não serei candidato”. Numa disputa cercada de mistérios, dois virtuais candidatos estarão no páreo: Raimundo Louzado (PR) e Nildo Pirôpo (PSB), ambos integrantes da base de sustentação do prefeito Giuliano Martinelli (PP), que detém a maioria, 12 dos 15 representantes da atual Legislatura. Apesar do pleno domínio na Casa, o prefeito prefere adotar a lei do silêncio em ralação ao processo de eleição da Câmara, que emerge a necessidade de ter um presidente que seja mais presente, em face do atual chefe, o médico Hélio Boa Sorte Fernandes (PP), dedicar-se mais a sua profissão do que à política. Quanto a terceira candidatura, prevalece a máxima: onde há fumaça, há fogo.

Jaguaquara: Unidade móvel da Defensoria Pública atenderá moradores nos dias 12 e 13 de novembro

/ Jaguaquara

Unidade atenderá na Avenida 2 de Julho. Foto: Divulgação

A Unidade Móvel de Atendimento da Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA à Jaguaquara, e atenderá aos moradores nos dias 12 e 13 de novembro, na Avenida 2 de julho, próximo à Igreja Matriz, das 8 às 12h e das 13h30 às 16h. Durante a visita, serão oferecidos os serviços de exames gratuitos de DNA, para investigação e reconhecimento de paternidade, orientação jurídica e resolução extrajudicial dos mais diversos tipos de conflitos apresentados pelos moradores. A proposta da Unidade Móvel é ampliar o atendimento da Defensoria Pública e fazê-la chegar à população das comarcas que ainda não têm defensor público. Durante todo o dia, os defensores públicos estarão à disposição da população oferecendo diversos serviços. ”Procuramos garantir os direitos da população através da resolução extrajudicial de casos como alimentos, inventário, divórcio consensual, retificações de registros de nascimento e casamento, regulamentação de visitas e guardas dos filhos, partilha de bens, medidas relacionadas à saúde e muito mais”, explica o defensor público que coordena a Unidade Móvel, Marcus Vinícius Lopes de Almeida. Além de todos estes serviços, a Defensoria oferece exames de DNA gratuitos, que fazem parte da Ação Cidadã Sou Pai Responsável e são voltados para aqueles filhos que ainda não têm o nome do pai no registro de nascimento. Entre os documentos básicos que precisam ser apresentados no atendimento estão RG, CPF, comprovante de residência, certidão de nascimento dos filhos (se tiver) e todos os documentos necessários para a resolução da demanda. Inaugurada em 2016, a Unidade Móvel de Atendimento leva a Defensoria Pública para mais perto de quem precisa, facilita o acesso à justiça e oferece toda a orientação necessária para que os cidadãos em situação de vulnerabilidade possam ter seus direitos garantidos. Além de alguns bairros de Salvador, a Unidade Móvel percorre, principalmente, o interior do estado e em um ano e meio de atividades já visitou mais de 50 cidades e atendeu a mais de 20 mil pessoas.

 

Chega a 4 número de mortos em ataque no Entroncamento de Jaguaquara; 1 sobrevive

/ Jaguaquara

Dois jovens foram a óbito no local. Foto: Blog Marcos Frahm

Chegou a 4 o número de mortos no ataque criminoso registrado na noite de ontem, quarta-feira (24), no distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara. Conforme nota anterior publicada com exclusividade pelo Blog Marcos Frahm, o primeiro crime ocorreu por volta das 23h às margens da BR-116, quando o adolescente Iury Gabriel Santos Almeida tombou morto ao lado de uma placa de outdoor após atravessar a pista na tentativa de fugir dos criminosos. Do outro lado da rodovia, morreu Joanderson Santos Silva, de 23 anos. Já o segundo crime aconteceu na Rua Nova, também no distrito, tendo como vítimas: Nelson Jhon Santos de Oliveira, 19 anos, e Edvan Araújo dos Reis, 21, que foram socorridos ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, e faleceram na unidade hospitalar nesta quinta-feira. Outro jovem levou um tiro na perna e, de acordo com a polícia, não corre risco de morte. Todos eram moradores do Entroncamento de Jaguaquara. A Polícia Militar faz diligências na região, mas até o fechamento desta matéria nenhum dos autores foi identificado. Populares chegaram a relatar que viram os atiradores fugindo a bordo de um automóvel de cor prata. A polícia acredita que o ataque esteja relacionando à disputa pelo controle do tráfico de drogas na região.

Dois mortos e outros dois baleados às margens da BR-116, no Entroncamento de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Adolescente tombou ao lado de outdoor. Fotos: Blog Marcos Frahm

Dois suspeitos morreram e outros dois foram baleados por indivíduos desconhecidos na noite desta quarta-feira (24), às margens da Rodovia Santos Dumont – BR-116, no perímetro urbano do distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara. Informações preliminares colhidas pelo Blog Marcos Frahm, único veículo de imprensa no local dão conta de que o crime aconteceu por volta das 23h na Avenida Presidente Médice, nas proximidades de um posto de combustível, quando homens a bordo de um carro de cor prata teriam efetuado os disparos, fugindo em seguida. Entre as vítimas, está um adolescente de 15 anos, Iury Gabriel Santos Almeida, que foi abatido com tiros na cabeça e tombou ao lado de uma placa de outdoor, após atravessar a pista tentando fugir dos atiradores. A mãe de Iury, moradora do distrito, estava aos prantos ao lado do corpo.

Tio ajuda peritos a remover corpo de sobrinho assassinado a tiros

Também tombou morto, do outro lado da rodovia, Joanderson Santos Silva, natural de Feira de Santana, 23 anos, completados na última segunda-feira (23). De acordo com a polícia, com Joanderson, peritos teriam encontrado entorpecente na boca. Os corpos foram removidos no início da madrugada desta quinta, por prepostos do Departamento de Polícia Técnica e encaminhados ao Instituto Médico Legal de Jequié. A Polícia Militar também esteve no local, tendo informado que outros dois jovens foram baleados e socorridos com vida ao Hospital Municipal de Jaguaquara – HMJ.

Prefeito de Jaguaquara se mantém calado em relação à presidência da Câmara de Vereadores

/ Jaguaquara

Raimundo e Pirôpo levados no banho-maria por Martinelli. Foto: BMF

Tem causado estranheza, especialmente no meio político, o silêncio do prefeito de Jaguaquara, Giuliano Martinelli (PP), em relação à sucessão da mesa-diretora da Câmara Municipal. Enquanto na eleição anterior fez questão de se posicionar, à época favorável à candidatura do hoje presidente Élio Boa Sorte (PP), que tentou emplacar projeto de emenda à Lei Orgânica para continuar na presidência e foi derrotado, neste ano, Martinelli optou por ficar em cima do muro entre os dois postulantes, ambos de sua base de sustentação: Nildo Piropo (PSB) e Raimundo Louzado (PR). Quando provocado, o prefeito prefere despistar sobre o assunto, o que muitos consideram um equívoco pela importância do Poder Legislativo. Tal situação vem gerando especulações. Não falta quem diga, inclusive, que Giuliano já decidiu por um dos nomes, mas prefere tratar a questão em banho-maria, o que suscita incertezas na base. A eleição para escolha da mesa-diretora para o Biênio 2019/2020 ocorre no dia (22) de dezembro. Até lá, não se sabe se o prefeito vai ”falar”.

Jaguaquara: Homem é condenado a 27 anos de prisão por matar ex-mulher a pedrada

/ Jaguaquara

José Carlos Santos de Jesus é condenado. Foto: Blog Marcos Frahm

Foi julgado pelo Tribunal do Júri da Comarca de Jaguaquara, nesta quinta-feira (18), um homem acusado de ter matado a ex-companheira a pedrada, cujo crime ocorreu na casa da vítima, no Loteamento Jatobá, em (09/02/18) –  relembre. Na ocasião, conforme registro da Delegacia Territorial de Jaguaquara, José Carlos Santos de Jesus, de 43 anos, havia chegado de Goiás e teria invadido a casa de Verônica Teófilo da Silva, de 37 anos, com quem ele teve três filhos: uma adolescente de 17 anos, uma menina de 7 e um menino de 8 anos e teria entrado em discussão com a sua ex-mulher, que foi atingida com uma pedra e não resistiu aos ferimentos, indo a óbito no local. O acusado após deixar o local do crime fugiu na garupa de uma mototáxi e resolveu procurar a Polícia Militar para se entregar, tendo confessado a autoria do crime, sob alegação de que, na casa de Verônica, havia um homem e que, ambos, a ex-companheira e um terceiro envolvido, que não foi encontrado pela polícia, teriam tentando lhe agredir durante a discussão – relembre. José Carlos, que é pai 11 filhos, estava detido no Conjunto Penal de Jequié e foi levado a Júri Popular nesta quinta, sendo condenado a 27 anos de prisão em regime fechado, pela morte de Verônica. Atuou na acusação a promotora Verena Aguiar Silveira Dunham, na defesa o advogado Nilton de Senna Oliveira e a juíza Andrea Padilha Sodré Leal Palmarella presidiu a sessão de julgamento, que foi encerrada às 17h no plenário da Câmara Municipal de Jaguaquara. Familiares da vítima, que acompanharam o julgamento, comemoram a condenação vestindo camisas com a imagem da mulher em forma de homenagem a Verônica.