Ceasa de Jaguaquara reduz horário de funcionamento como medida de prevenção ao coronavírus, diz direção

/ Jaguaquara

Horário de funcionamento da Ceasa de Jaguaquara foi reduzido

O Mercado do Produtor (Ceasa) de Jaguaquara informou, nesta segunda-feira (13), em comunicado enviado ao Blog Marcos Fram,  que adotará nova medidas contra o avanço do coronavírus no município.

Entre elas, estão a redução no horário de funcionamento, fechamento da unidade aos sábados, além de manter a exigência do uso de máscaras, de álcool em gel e a recomendação aos motoristas e carregadores para higienização.

Em relação ao funcionamento, a Ceasa funcionará com redução de 34 horas semanais: domingo, segunda, terça, quarta e quinta, das 06h às 20h. Na sexta-feira, das 06h às 12h e no sábado o órgão estará fechado.

Jaguaquara chega a 559 casos do coronavírus, mas nº de recuperados supera o de ativos

/ Jaguaquara

Jaguaquara tem 245 ativos, 314 recuperados. Foto: Blog Marcos Frahm

Jaguaquara não atualizava o boletim epidemiológico do coronavírus desde a última sexta-feira (10). Mas nesta segunda-feira (13), o novo boletim trouxe um aumento de casos, de 511 para 559 casos confirmados e 03 óbitos.

Contudo, o boletim da Secretaria Municipal de Saúde traz também uma boa notícia, diante de um cenário inusitado vivenciado pelos jaguaquarenses, que foram submetidos a isolamento social e toque de recolher nas ruas. É que o número de casos recuperados supera o de ativos no município.

De acordo com a última atualização do órgão, hoje Jaguaquara tem 245 casos ativos, contra 314 recuperados da Covid-19. Apesar dessa novidade satisfatória, Jaguaquara tem pacientes internados em UTIs de hospitais estaduais espalhados em diversas regiões do estado infectados pelo vírus.

Jaguaquara: 3ª Cia/PM intensifica o policiamento nas ruas para fazer cumprir o toque de recolher

/ Jaguaquara

Polícia exige cumprimento de decreto. Foto: Blog Marcos Frahm

Diante da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Jaguaquara voltou a decretar a restrição da circulação de pessoas nas vias da cidade, das 19h às 05h, além de outras medidas duras, como fechamento de estabelecimentos comerciais.

O município contabiliza 511 casos do vírus e 03 óbitos causados pela doença, conforme informou a Secretaria Municipal de Saúde. E para fazer cumprir o decreto municipal, neste domingo (12), a Polícia Militar reforçou o policiamento em pontos diversos, exigindo que as pessoas se recolham as suas casas como forma de prevenção ao coronavírus.

Jaguaquara está na relação de municípios baianos que terão medidas mais restritivas por meio de determinação do Governo do Estado.

Homem de 57 anos é a terceira vítima da Covid-19 no município de Jaguaquara, diz secretaria de saúde

/ Jaguaquara

Jaguaquara já ultrapassou os 500 casos. Foto: Blog Marcos Frahm

A Secretaria de Saúde de Jaguaquara confirmou o 3º óbito por Covid-19 no município. Em comunicado neste domingo (12), a Secretaria revelou que, um homem, de 57 anos, morador do bairro São José, no distrito Stela Dubois, teria testado positivo para o vírus após transferência ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié e não resistiu, indo a óbito neste domingo.

Ainda conforme o comunicado, o paciente era portador de comorbidades. Até a última sexta-feira, quando foi atualizado o boletim epidemiológico do coronavírus Jaguaquara contabilizava 511 casos da doença, com 239 pacientes recuperados.

Jaguaquara: Em final de semana movimentado, PM apreende drogas, armas, carro e prende suspeitos

/ Jaguaquara

Após denúncias que em uma residência na Rua da Lagoa existia comercialização de drogas e arma de fogo, a guarnição da Polícia Militar de Jaguaquara foi ao local indicado, no sábado (11), a fim de constatar a veracidade da informação.

Chegando ao local foi realizado o cerco perimetral e buscas no imóvel e pessoas presentes, momento em que foi localizado todo material, que acabou sendo apreendido, inclusive, um revólver calibre .38.

Todos os envolvidos, assim como o material apreendido foram apresentados na Delegacia Territorial de Jaguaquara para adoção das medidas cabíveis.

Em continuação ao flagrante realizado na Rua da Lagoa, os policiais de serviço receberam outra informação sobre uma residência no Bairro Malvina II, que possivelmente guardava entorpecentes e arma de fogo. Os militares foram ao lugar da denúncia, apreendendo mais porções de entorpecentes e mais um revólver, desta feita calibre .22. Os envolvidos foram detidos.

Ainda no final de semana, na Bela Vista, a PM visualizou um veículo Celta de placa JSA-9763, cor prata, momento em que o condutor ao notar a presença da viatura empreendeu fuga, em alta velocidade, sendo interceptado no bairro da Muritiba. Segundo a PM, foi realizada abordagem ao motorista e busca no interior do veículo, onde foram encontradas 10 porções de substância análoga à maconha, pronta para comercialização.

O suspeito confessou que em sua residência existiam mais entorpecentes, que foram localizados após buscas. O indivíduo, assim como todo material apreendido, foram apresentado à autoridade competente para adoção das medidas cabíveis. As informações são da 3 Cia da Polícia Militar

Jequié registra novo recorde, com mais 95 casos de Covid-19 em 24 horas, chegando a 1.590

/ Jaguaquara

Jequié bate recorde de caos do coronavírus. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou o boletim epidemiológico do coronavírus desta sexta-feira (10), atualizado às 19h, que registrou mais um grande número de casos positivos, estabelecendo mais um recorde de pessoas confirmadas com a doença, de um dia para o outro, com 95 novos casos, perfazendo um total de 1.590, até agora.

Destes, 546 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 807 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 3620 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 100%.

Jaguaquara registrou 2 óbitos por Covid nas últimas 24 horas; dois homens, com comorbidades

/ Jaguaquara

Jaguaquara tem 2 óbitos por Covid, diz prefeitura. Foto: Blog Marcos Frahm

O município de Jaguaquara confirmou, num curto período de 24 horas, 2 óbitos por Covid-19, conforme anúncio da Prefeitura. O primeiro paciente, de 68 anos, portador de hipertensão e diabete, morador do bairro Arco-Íris, faleceu no fim da tarde de ontem no Hospital de Base de Itabuna, no Sul do Estado, para onde teria sido transferido após ter contraído o vírus.

Na manhã de hoje, o segundo paciente, de 69 anos, inclusive da  mesma rua [Nelson Gonçalves] e bairro, também portador de comorbidades, faleceu na manhã desta sexta-feira (10), no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, onde estava internado desde o dia (28) de Junho e teria testado positivo para o coronavírus.

Outros pacientes oriundos de Jaguaquara, que contraíram a Covid-19 encontram-se internados em UTIs de unidades de Jequié, Vitória da Conquista e Salvador.

Após denúncia, Polícia Militar de Jaguaquara intercepta e apreende caminhão roubado

/ Jaguaquara

A Polícia Militar de Jaguaquara, através de nota pública nesta sexta-feira (10) informou ter apreendido, na quinta-feira (9), um caminhão VW/24.250 CNC 6X2 de cor prata eu teria sido produto de furto.

O veículo de placa NTS-93382 foi interceptado no bairro Popular, em Jaguaquara após denúncia de que o caminhão, que trafegava no Entroncamento de Jaguaquara, seguia em direção a sede do município. O veículo e o condutor foram encaminhados à Delegacia Territorial local.

Jaguaquara: Raimundo se solidariza com comerciantes e diz que prefeito não preparou o sistema de saúde

/ Jaguaquara

Raimundo conduz sessão extraordinária na Câmara. Foto: BMFrahm

Após aprovação do projeto de Lei que versa sobre a cessão de uso da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas, aprovado por unanimidade para colocar a unidade de saúde localizada no distrito Stela Dubois em funcionamento através do Consórcio de Saúde da região para o enfrentamento ao coronavírus no Vale do Jiquiriçá, o presidente da Câmara de Jaguaquara, que convocou uma extraordinária para votar o projeto encaminhado ao Legislativo pelo Poder Executivo, disse que a Casa fez a sua parte, classificando a aprovação em período de recesso como colaboração para o combate ao vírus no município.

Contudo, Raimundo Louzado (PSD) não perdeu a oportunidade de mandar recado ao prefeito Giuliano Martinelli (PP) e se solidarizou com os comerciantes que estão com seus estabelecimentos fechados por meio de decreto municipal como forma de prevenção ao coronavírus. ”É um momento importante e precisamos dar as mãos, deixar as discussões políticas da porta pra fora para que juntos possamos minimizar o sofrimento das pessoas. Hoje nós tivemos o primeiro óbito por covid-19. Falei da questão da demora na agilidade para atender as pessoas e para preparar o sistema público de saúde para atender as pessoas nessa pandemia. O que nós cobramos do poder público é que possa também fazer a sua parte e preparar o setor público para atender os munícipes. Aproveito para agradecer ao secretário de Saúde e ao governador Rui Costa, pois se não fosse à interferência do governador essa UPA não funcionaria. Infelizmente ainda nada foi feito pelo município para atender a população. Me solidarizo com os comerciantes, que estão com o seus estabelecimentos fechados”, disse Louzado ao presidir a sessão.

Jaguaquara: Vereador diz que opositores do prefeito aproveitam pandemia para fazer politicagem

/ Jaguaquara

Pirôpo manda recado para opositores de Martinelli. Foto: BMFrahm

Enquanto discutiam o projeto de Lei que versa sobre a cessão de uso da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas, aprovado por unanimidade para colocar a UPA em funcionamento através do Consórcio de Saúde da região para o enfrentamento ao coronavírus no Vale do Jiquiriçá, vereadores trocaram farpas diretas em sessão extraordinária na noite desta quinta-feira (9), na Câmara de Jaguaquara.

Líder do prefeito Giulino Martinelli (PP), o vereador Nildo Pirôpo (PP),  saiu na defesa do chefe do Executivo ao rebater críticas sofridas pelo alcaide nas redes sociais e na sessão por seus opositores. Conforme o discurso do vereador, Jaguaquara, contemplada com mais de R$ 4 milhões pelo Governo Federal com a ajuda a estados e municípios, recebeu, antes do socorro financeiro aprovado pelo Congresso, pouco mais de R$ 300 mil para ações voltadas ao vírus e posteriormente à primeira parcela do socorro, de mais de R$ 1 milhão.

Ele reforça que o auxílio é para compensar a perda de arrecadação e garantir ações de saúde e assistência social por conta da pandemia. ”Opositores e até vereadores aproveitando o momento para fazer politicagem nas redes socais. Falam até que a prefeitura ganha por cada caso registrado e isso é uma inverdade. Já que é assim, porque que os prefeitos de Itaquaara, Santa Inês e outros municípios com poucos não se preocupam para aumentar o número de casos?”, questionou. O vereador concluiu dizendo que o prefeito de Jaguaquara trabalha para identificar os suspeitos de propagar fake news contra a gestão municipal.

Câmara de Jaguquara aprova texto que modifica cessão de uso da UPA para o consórcio de saúde

/ Jaguaquara

Votação foi conduzida pelo presidente Raimundo. Fotos: BMFrahm

A Câmara Municipal de Jaguaquara aprovou, em sessão extraordinária e presencial, na noite desta quinta-feira (9), conduzida pelo presidente Raimundo Louzado (PSD) um texto do projeto de Lei nº 007, que modifica a Emenda e Dispositivo da Lei Municipal º 1.019 de 20/06/2020, que autoriza o Chefe do Executivo a outorgar a cessão de uso da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas, ao Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Jequié, para o enfrentamento a Covid-19 no território Vale do Jiquiriçá.

Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares

Com o parecer favorável das comissões de Justiça e Saúde, a Câmara aprovou o projeto encaminhado a Casa pelo Executivo, por unanimidade. Os vereadores Sara Helem e Valdir Souza fizeram ressalvas: os parlamentares solicitaram que o equipamento esteja em funcionamento permanente e não apelas pelo período de seis meses como prevê o projeto.

A UPA tipo I, de responsabilidade da Prefeitura, foi construída, em convênio com o Governo Federal, às margens das BRs 116 e 420 no distrito Stela Dubois, mas encontra-se fechada, apesar de equipada. Com a aprovação do projeto a unidade irá funcionar através do Consórcio de Saúde, com a SESAB, ou seja, Governo do Estado, arcando com 100% com todos os gastos necessários, não onerando os cofres públicos municipais durante o período de enfrentamento ao coronavírus.

Vereadores da oposição, Sara e Valdir, votaram com ressalvas

A UPA será colocada em funcionamento com o objetivo de atender os pacientes do Vale do Jiquiriçá, com quadro de agravamento clínico provocado pelo novo coronavírus.

No território, já são 851 casos confirmados da doença, atingindo 19 dos 20 municípios do território, incluindo Jaguaquara, que lidera com um crescimento exponencial de casos da Covid-19 – 478 e 1 óbito.

Homem de Jaguaquara, com comorbidades, morre em Itabuna após contrair o coronavírus

/ Jaguaquara

Paciente faleceu nesta quinta em Itabuna. Foto: Reprodução

Jaguaquara confirmou, nesta quinta-feira (9), o seu primeiro óbito por residência do novo coronavírus. Trata-se de um paciente de 68 anos, portador de hipertensão arterial, diabete e que estava internado no Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, em Itabuna.

Lourival Barreto Sena era morador do bairro Arco-Íris, em Jaguaquara e teria contraído a Covid-19, sendo transferido a Itabuna no último dia (2) de Julho, indo a óbito hoje. Outra informação colhida pela redação do BMFrahm é de que a esposa da vítima da Covid também teria testado positivo, estando a paciente em uma unidade de saúde de Jaguaquara, sob cuidados médicos.

O município contabiliza agora, conforme dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, 478 casos positivos do vírus. Destes, 270 são considerados ativos  e 208 recuperados.

Vale do Jiquiriçá ultrapassa a marca de 800 casos do coronavírus e Jaguaquara lidera com 444

/ Jaguaquara

Jaguaquara confirma 444 casos do vírus. Foto: Blog Marcos Frahm

O Vale do Jiquiriçá ultrapassou a marca de 800 casos do novo coronavírus, nesta quarta-feira (8). Conforme apurou o Blog Marcos Frahm, junto às secretarias municipais de Saúde, já são 812 casos confirmados da doença, desde o início da pandemia.

Esse total atinge 19 dos 20 municípios que integram o Território de Identidade. O município mais populoso, Jaguaquara, chegou a (444) casos, seguido de Amargosa (72), Maracás (65), Milagres (53), Mutuípe (33), Laje (26), Lagedo do Tabocal (23), Lafaiete Coutinho (12), Brejões (11), Ubaíra (11), Nova Itarana (10), Itaquara (8), Santa Inês (8), Irajuba (7), Elísio Medrado (6), São Miguel das Matas (5), Cravolândia (5), Jiquiriçá (3) e Planaltino permanece como o único município que ainda não confirmou casos da Covid-19, segundo a Secretaria de Saúde local. Dos 812 infectados no Vale, 387 são considerados recuperados. Na região, foram confirmados 09 óbitos.

A expectativa dos munícipes é de que o Governo do Estado assuma a Unidade de Pronto Atendimento –UPA 24h, que foi construída pelo Governo Federal em convênio com a Prefeitura de Jaguaquara e encontra-se fechada às margens da BR-116, no distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara. O governador Rui Costa, em declaração nesta semana garantiu que a SESAB irá arcar com as despesas para a abertura da UPA, que irá funcionar como Centro Regional de Combate ao coronavírus.

Um projeto de cessão de uso da UPA já foi aprovado pela Câmara de Vereadores de Jaguaquara, mas a pedido do Estado a matéria voltará a Casa Legislativa para alteração, nesta quinta-feira, cujo equipamento ficará sob a responsabilidade do Consórcio de Saúde da região, com o custeio do Governo.

Jaguaquara impõe toque de recolher; cassação de alvará para o comércio que descumprir regras

/ Jaguaquara

Comércio de Jaguaquara fechou as portas. Foto: Blog Marcos Frahm

Após a determinação de fechamento do comércio local, como uma das ações de enfrentamento à Covid-19, a Prefeitura de Jaguaquara, sob a justificativa do aumento de casos do coronavírus no município, 371 casos, também voltou a restringir a circulação de pessoas nas vias da cidade, por meio de decreto que impõe o toque de recolher, das 19h às 06h, pelos próximos 15 dias, a partir desta terça-feira (7).

O decreto pede que a população permaneça em casa, exceto quem estiver atuando em serviço de delivery ou em deslocamento de trabalho, cuja jornada esteja compreendida no horário estabelecido.

A Prefeitura endureceu as regras impostas aos comerciantes, inclusive aos que representam estabelecimentos  classificados  como serviços não essenciais, que estão proibidos de funcionamento, até em regime de delivery ou retirada de produtos no local.

O setor supermercadista está autorizado a funcionar das 08h às 16h e no sábado até as 14h. Bares, academias e templos religiosos estão impedidos pelo novo decreto municipal. Restaurantes, lanchonetes, pizzarias e outros apenas com delivery. Nenhum estabelecimento comercial está autorizado aos domingos, exceto farmácias e postos de combustíveis.

A gestão municipal tem enfrentando, nas redes sociais, uma enxurrada de críticas de comerciantes que discordam de tais medidas, mas o argumento do poder público é de que o momento exige prioridade na prevenção ao coronavírus e o fechamento do comércio reforça o isolamento social para contenção da disseminação do vírus.

Conforme o decreto, o descumprimento prevê interdição imediata do estabelecimento infrator e até cassação do alvará, além de processo administrativo.