Motoristas de vans fazem carreata e protestam contra precariedade de estrada no município de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Motoristas de vans fazem buzinaço na cidade. Foto: Blog Marcos Frahm

Motoristas de vans, insatisfeitos com a situação de uma estrada vicinal que liga a BA-545, que interliga a sede do Município de Jaguaquara ao povoado de Itiúba, na área rural, saíram as ruas da cidade em carreata, na manhã desta sexta-feira (18/10), protestando contra a precariedade da via pública.

Os manifestantes atuam no transporte alternativo de passageiros e cobram melhorias na infreatrutura da estada. Fazendo buzinaço, eles percorreram as principais vias centrais e pediram atenção do prefeito Giuliano Martinelli: ”Um pedaço de estrada, de Lero Andrade até a Itiubá, que está abandonado pelo senhor prefeito”, bradou um dos denunciantes.

Depois de informados de que o chefe do Executivo participava de um evento no Auditório do Colégio Taylor Egídio, no bairro Muritiba, os motoristas foram ao local e fizeram uma concentração, conseguindo dialogar com o gestor, que prometeu providência após o vexame.

Flavinho confirma pré-candidatura a prefeito de Jaguaquara, mas não decidiu por qual partido

/ Jaguaquara

Flavinho Souza diz que é o novo. Foto: Blog Marcos Frahm

O promotor de eventos, Flávio Souza, já está em campo em busca da viabilização da candidatura dele para prefeito de Jaguaquara nas eleições de 2020. Depois de sofrer um duro revés, ao perder o PSD, partido que comandava na cidade com as bênçãos do senador Otto Alencar, ele deve anunciar seu novo partido em breve. Com anuência do deputado federal Antônio Brito, a direção do partido foi transferida para o presidente da Câmara, Raimundo Louzado. Quanto a sua postulação, já deixou claro que é pré-candidato.

Em entrevista a Rádio Jaguar FM, frisou que este é um momento ímpar para as mudanças de que a população tanto almeja, ou seja, encontrar um nome novo para governar a capital do Vale do Jiquiriçá e demonstra muita disposição para o enfrentamento do processo eleitoral. ”Sou um pré-candidato sim, eu digo que dou um boi para não entrar e uma boiada para não sair. O único novo sou eu, porque não tenho histórico político, nunca fui candidato a nada e o Brasil tá clamando por isso”, destacou, conforme acompanhou o Blog Marcos Frahm em seu pronunciamento.

Em relação a sigla partidária, Flavinho, como é carinhosamente conhecido, disse que ainda não teve tempo de organizar tudo, mas tem conversado sobre o assunto e que na época oportuna anunciará. Embora esteja em Salvador, onde trabalha com eventos, inclusive promovendo shows musicais, afirma que tem estado bastante presente na cidade. ”Tenho um filho de quatro anos, uma esposa que é médica, e eu fico entre Salvador e Jaguaquara, não estou ausente. Estou tendo reuniões, pensando em Jaguaquara, e a partir de janeiro eu me mudo de uma vez por todas”, assegura.

Sobre sua relação com o senador Otto, disse não ter se chateado e que não tem mágoa com Otto e muito menos com Raimundo Louzado, que também se apresenta como pré-candidato à Prefeitura.

Radicado na capital baiana, Flávio, natural de Jaguaquara, filho do saudoso empresário Antônio Souza, diz se sentir estimulado por muitas pessoas a sair candidato a prefeito de Jaguaquara em 2020. ”Não volto a Jaguaquara com pretensões políticas, mas as pessoas têm nos incentivado a participar das eleições por acreditarem no meu potencial”, comenda.

Após fechar academias, presidente do CREF visita Jaguaquara, se reúne com prefeito e profissionais

/ Jaguaquara

Encontro discute regularizarão de academias. Foto: Flávio Silva

Após o fechamento de academias de musculação na cidade, um encontro entre  profissionais da área de Educação Física, proprietários de academias, representantes da Vigilância Sanitária, da Câmara Municipal e de diversos setores da sociedade civil foi realizado na manhã desta sexta-feira (18/10), no Auditório do Colégio Taylor Egídio, no bairro Muritiba, em Jaguaquara, para debater o assunto.

O evento contou com a presenta do presidente do Conselho Regional de Educação Física da Bahia (CREF13/BA), Rogério Moura, que segundo o assessor de comunicação da Prefeitura Flávio Silva veio a cidade a convite do prefeito Giuliano Martinelli e trouxe ao município propostas para que todos da área possam atuar de forma regular, valorizando seus profissionais e primando pela saúde de cada cliente dos estabelecimentos esportivos, e/ou ligados a qualquer  tipo de atividade física.

O encontro serviu para esclarecer  dúvidas e segundo a Prefeitura parcerias serão firmadas para que todos possam exercer suas funções de maneira organizada. Academias de Jaguaquara, Maracás e Planaltino foram fechadas após operação de fiscalização feita em conjunto entre o CREF13/BA, a Vigilância Sanitária e o Núcleo Regional de Saúde, no período de 23 a 27 de setembro. A  fiscalização ainda flagrou quatro pessoas em exercício ilegal da profissão.

De acordo com o CREF13, os principais problemas identificados pelos agentes foram a ausência de supervisão de um Profissional de Educação Física nos estabelecimentos esportivos, a falta de registro das academias no CREF, além de estagiários sem contrato e profissionais em desvio de área. Jaguaquara foi a cidade com o maior número de estabelecimentos fechados com um total de seis academias e um estabelecimento de Cross Training.

Polícia Militar apreende farta quantidade de munição no Entroncamento de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Munições foram apreendidas em uma residência. Foto: Polícia Militar

A Polícia Militar de Jaguaquara apreendeu, nesta quinta-feira (17/10), farta quantidade de munição. De acordo com informações divulgadas nesta tarde pela PM, através da 3ª Cia do 19º BPM, a apreensão ocorreu na Rua Nova, no distrito Stela Dubois, após operação deflagrada para averiguar na localidade uma denúncia sobre o comércio ilegal de munições.

Ainda segundo a PM, ao chegar ao local indicado, o suspeito denunciado por meio do Disk Denúncia da instituição militar encontrava-se na porta do imóvel e teria autorizado, depois de ser informado sobre a operação, a entrada de policiais na casa, onde foram realizadas buscas no interior da residência, tendo os militares encontrado  munições sob a responsabilidade do senhor Francisco Gurunga da Silva.

O material apreendido: 50 embalagens contendo pólvora;  48 estojos de calibre 32; 10 munições de calibre 12; 25 munições de calibre 20; 37 munições de calibre 32; 19 estojos de calibre 28; 05 estojos de calibre 12; 20 caixas contendo espoleta; 13 munições de calibre 36;  112 munições de calibre .22;  05 Kg de balins; e 01 aparelho celular de marca BLU. Todo o material apreendido foi apresentado na Delegacia com o suspeito para adoção das medidas cabíveis.

Jaguaquara: Câmara levará sessão itinerante para o distrito Stela Dubois na noite desta quinta-feira

/ Jaguaquara

Sessão será presidida por Raimundo Louzado. Foto: Blog Marcos Frahm

A Câmara Municipal de Jaguaquara levará sua sessão desta quinta-feira (17/10) ao distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara. Segundo informações da Casa Legislativa, a sessão itinerante ocorrerá às 20h, no espaço do salão da Igreja Católica Sagrado Coração de Jesus.

O presidente da Câmara, Raimundo Louzado, disse que pretende fortalecer a prática da política participativa no município e levar as sessões da Câmara para as localidades distante da sede.

Segundo Raimundo, o projeto ”Sessão itinerante” irá promover o encontro dos parlamentares com a população fora da Câmara e fará parte de um conceito de governabilidade transparente inserido pela nova legislatura.

”Levar a sessão as localidades é para que nós possamos ouvir as reivindicações dos moradores e cobrar do executivo uma atenção melhor as comunidades”. O presidente disse não ter dúvidas de que irá contar com total apoio dos colegas vereadores para promover as sessões fora da Casa. ”Vamos nos esforçar, juntamente com todos os colegas vereadores para continuar o projeto, após a sessão de hoje”, concluiu. No primeiro semestre, os edis se reuniram na comunidade de Itiúba, na área rural do município.

Finalmente, Prefeitura de Jaguaquara retoma obra de requalificação em avenida na entrada da cidade

/ Jaguaquara

Obra é retomada na Avenida Bendengó. Foto: Blog Marcos Frahm

Finalmente, a Prefeitura de Jaguaquara retomou a obra de requalificação da Avenida Bendengó, via que liga a BR-420, na entrada da cidade, ao bairro Muritiba.

Os serviços haviam foram anunciados pela Prefeitura, ainda em 2018, com apoio financeiro da Câmara Municipal, que repassou ao Município a quantia de R$ 120 mil, conforme revelou o o presidente à época, Élio Boa Sorte, dando prazo de conclusão para dezembro daquele ano, porém, não houve a conclusão no prazo estabelecido.

A via é um dos principais acessos a Jaguaquara e encontra-se esburacada, dificultando a trafegabilidade de veículos no local. A Prefeitura teria contratado uma empresa para tocar os serviços, mas segundo formações o contrato foi rescindido em razão de denúncias de envolvimento da empreiteira em possíveis irregularidades em outros municípios.

Recentemente, o deputado estadual Zé Cocá, anunciou, por meio de sua assessoria, um pedido do prefeito Giuliano Martinelli para intervenção do parlamentar junto ao Governo do Estado, solicitando da Secretaria de Infraestutura apoio para conclusão da obra que, agora, está sendo executada, inclusive interdição da via, exigindo atenção redobrada de quem chega a Jaguaquara.

Servidor da Prefeitura de Jaguaquara é detido após ameaçar publicar foto íntima de adolescente

/ Jaguaquara

Servidor foi detido pela Polícia Civil. Foto: Blog Marcos Frahm

Um homem de 23 anos foi detido na tarde desta terça-feira (15/10), pela Polícia Civil de Jaguaquara, após ameaçar divulgar foto íntima de uma adolescente de 14 anos. A informação é da Delegacia Territorial local, que confirmou o caso depois de receber denúncia da menor.

Lucas Santos Cirino, servidor da Prefeitura de Jaguaquara, estaria com uma foto de cunho íntimo, proferindo ameaças na divulgação, acaso a menor não enviasse fotografias despida.

Segundo o delegado Chardison Castro de Oliveira, os policiais efetuaram a abordagem do suspeito, no Centro da cidade, tendo constatado a veracidade da denúncia ao verificar o aparelho celular utilizado por Lucas, suspeito de cometer o delito tipificado no Art. 241 B do ECA. O mesmo foi apresentado na Delegacia para a formalização do APF.

Jaguaquara: Aparições do prefeito ao lado de secretária deixam clara sua opção para 2020

/ Jaguaquara

Giuliano e a secretária Edione. Foto: Facebook da Prefeitura

Pelo andar da carruagem, o prefeito de Jaguaquara, Giuliano Martinelli (PP) não trabalha mesmo com plano B para a sucessão municipal 2020.

Aparições públicas acompanhado da secretária municipal de Desenvolvimento Social, Edione Agostinone, deixam claro quanto a sua escolha, que, a rigor, já não é ”nenhuma novidade” para ninguém, muito menos para os aliados que sonhavam contar com o seu apoio para a disputa da Prefeitura mais cobiçada do Vale do Jiquiriçá.

Pelo entusiasmo que demonstrava durante o evento público alusivo ao Dia das Crianças, realizado na Praça Guilherme Silva, no Centro, neste domingo (13/10), Martinelli espera, tão somente, o calendário eleitoral permitir o registro das candidaturas para as eleições municipais para sacramentar seu desejo de ter uma mulher à frente dos destinos da cidade.

Em março deste ano, durante entrevista em programa de rádio o prefeito quebrou o silêncio e revelou que sua candidata será Edione. A secretária integra a gestão municipal desde o primeiro mandato do chefe do Executivo, que assumiu o poder em janeiro de 2013.

 

Jaguaquara sofre goleada histórica para Itamaraju e é eliminada do Intermunicipal 2019; 7 a 0

/ Jaguaquara

Jaguaquara já havia perdido em casa. Foto: Blog Marcos Frahm

Daqui a 10, 20, 30 anos, dirão aos jaguaquarenses que a Seleção de Jaguaquara, lá atrás em 2019, perdeu a classificação no Campeonato Intermunicipal, por 7 a 0. A equipe da Toca da Onça foi eliminada ao sofrer uma goleada histórica para Itamaraju, uma das seleções de maior potencial da competição, e é, inclusive, a última campeã do Intermunicipal. Jaguaquara já havia sido derrotada em casa, pelo placar de 1 a 0.

Jogando em Iramaraju, neste domingo ((13/10), acabou sendo eliminada. Para muitos, faltou mais apoio do poder público municipal ao selecionado jaguaquarense, desde a sua inscrição a estreia do time na competição. E a disputa pelo título 2019 está cada vez mais próxima de sua reta final. Neste domingo foram definidas as 16 equipes classificadas para as oitavas do campeonato. As equipes são as seguintes: Iramaraju, Madre de Deus, Valença, Itapetinga, Quijingue, Santo Amaro, Conceição do Coité, Santaluz, Porto Seguro, Itajuípe, Saubara, Conceição da Feira, Serra Preta, Uruçuca, Itambé e Valente.

Duas partidas foram definidas na disputa dos pênaltis. Em Cachoeira, o time da cidade e Madre de Deus empataram em 1 a 1. Como o primeiro jogo também terminou empatado, a marca da cal foi decisiva no 4 a 2 a favor de Madre de Deus. Dentro de casa, Pojuca até conseguiu reverter o resultado do primeiro jogo com um 2 a 0 sobre Itajuípe. Mas nos pênaltis, 5 a 3 a favor de Itajuípe.

Porto Seguro e Itamaraju se destacaram na rodada. As duas seleções golearam Vitória da Conquista e Jaguaquara, respectivamente, por 7 a 0. Os duelos das oitavas de final vão ser divulgados pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) ainda nesta segunda-feira (14).

 

Jaguaquara: Em depoimento, jovem que matou catador disse que estava bêbado na hora do crime

/ Jaguaquara

Jurandir confessou o crime. Foto: PM

Após ter confessado que matou o catador de material reciclável, na noite de terça-feira (08/10), o jovem Jurandir dos Santos Silva, de 27 anos, prestou depoimento à Polícia Civil de Jaguaquara, nesta quarta-feira (09).

De acordo com o delegado Chardison Castro ao Blog Marcos Frahm, Jurandir, em depoimento, alegou que estava ingerindo álcool no momento do cometimento do crime e disse que, a vítima, Evanildo Dias Santos, que era seu vizinho, teria tentado lhe agredir e que matou o amigo em legítima defesa.

O corpo do homem foi encontrado caído ao solo, na Rua Santa Luzia, no bairro Lagoa, por volta das 23h30. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionada para socorrê-lo, mas quando chegou ao local o catador já estava sem sinais vitais.

Ainda segundo a autoridade policial, Jurandir, que foi preso pela PM momentos após o crime, quando caminhava em direção à Delegacia com a faca utilizada nas mãos, revelou que havia consumido 02 litros de cachaça. Evanildo, que era apelidado de Dadinho foi sepultado na tarde desta quarta. O autor segue preso, a disposição da Justiça.

Jaguaquara: Catador de material reciclável é morto a golpe de faca e autor acaba preso pela PM

/ Jaguaquara

Vítima morreu em via pública, no bairro Lagoa. Fotos: Blog Marcos Frahm

Um homem de 41 anos foi morto a golpe de faca, na noite desta terça-feira (08/10), em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá. O crime ocorreu por volta das 23h30, na Rua Santa Luzia, no bairro Lagoa, quando a vítima, Evanildo Dias Santos, que trabalhava como catador de material reciclável teria entrado em discussão seguida de luta corporal com Jurandir dos Santos Silva, 27 anos, com quem mantinha relação estreita de amizade.

Segundo informações colhidas no local pelo Blog Marcos Frahm, junto à Polícia Militar, ambos teriam consumido bebida alcoólica e Evanildo teria ido até uma casa vizinha, onde estava Jurandir, que se apoderou de uma arma branca (faca) e golpeou a vítima no tórax, quando discutiam no meio da via pública.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência chegou a ser acionada, mas a vítima já estava sem sinais vitais. Após o cometimento do crime, Jurandir, que fazia visitas frequentes a casa de Evanildo evadiu com a faca nas mãos, sendo encontrado nas imediações da Rua Durval Campos, no Centro da cidade, tendo confessado a autoria e apresentado pelos policiais na Delegacia Territorial de Jaguaquara, ficando a disposição da Justiça.

Polícia Militar prende em flagrante o autor do crime de homicídio

Vale salientar que, na mesma Rua Santa Luzia, a PM teria feito apreensão de drogas encontradas com um jovem de 18 anos, horas antes do fato. Peritos do Departamento de Polícia Técnica de Jequié estiveram no local e fizeram a remoção do corpo na madrugada desta quarta, encaminhando o cadáver ao Instituto Médico Legal – IML para os procedimentos legais.

Em Jaguaquara, PM mantém polícias nas ruas e apreende droga com jovem após denúncia

/ Jaguaquara

Droga foi apreendida com Eric Souza Durval, no bairro Lagoa

A Polícia Militar de Jaguaquara, através da ª Cia da PM, que anunciou a manutenção do serviço de segurança pública na cidade, com a tropa nas ruas, recebeu denúncia de movimentação suspeita que caracterizava comercialização de drogas na Rua Santa Luzia, no bairro Lagoa e deteve um jovem, de 18 anos, na noite esta terça-feira (08/10).

Segundo a PM, a guarnição se deslocou ao local informado, para averiguar a denúncia, tendo percebido o jovem Eric Souza Durval em atitude suspeita. Conforme a polícia, ao notar a presença dos policiais o jovem dispensou um objeto ao chão, que ao ser localizado pelos policiais foi constatado que se tratava de material ilícito, análogo à maconha.

Ao ser questionado, o mesmo informou que entregaria o material para uma pessoa não identificada naquele local, bairro Lagoa, pelo valor de R$ 25,00. Ainda sob questionamentos, o detido informou que em uma construção abandonada, acima do Mercado Pais e Filhos, na Rua Santa Luzia, existia uma maior quantidade de entorpecente, fato confirmado após continuação das diligências.

”Salienta-se que o produto apreendido fora enviado por determinação de um indivíduo de alcunha ”Berguinho”, interno do Conjunto Penal de Jequié, fato confirmado por Eric, que é conhecido vulgarmente como Baba”, diz a PM em nota pública. Todo material, assim como o Eric foi encaminhado à Delegacia Territorial de Jaguaquara, para adoção das medidas cabíveis.

Divulgada lista dos candidatos eleitos para representar o Conselho Tutelar de Jaguaquara; confira

/ Jaguaquara

Colégio Luzia Silva foi local de votação. Foto: Blog Marcos Frahm

A lista com os 05 candidatos eleitos para o Conselho Tutelar de Jaguaquara foi divulgada no fim da tarde desta segunda-feira (07/10). A eleição foi realizada no domingo (06), com urnas espalhadas no distrito Stela Dubois, zona rural e na sede, onde o Colégio Luzia Silva foi utilizado como local de votação, na Praça JJ – Seabra e registrou um grande número de eleitores. Entre os eleitos, três candidatos já integravam o Conselho Tutelar e foram reconduzidos.

Classificados

1º Sônia: [reeleita] 1.898 votos; 2º Webister [reeleito] 1.654 votos; 3º Emerson 1.499 votos; 4º Ariosmar 1.485 votos; Daniela 1.277 votos [reeleita].

Foram 17 candidatos que disputaram as 05 vagas em Jaguaquara, maior cidade do Vale do Jiquiriçá. Os classificados serão empossados e vão assumir tarefas importantes, que inclui atender as crianças e adolescentes, atender e aconselhar os pais ou responsáveis e requisitar serviços públicos nas áreas de saúde, educação, serviço social, previdência, trabalho e segurança.

Jaguaquara: Presidente da Câmara condena a forma como houve o fechamento de academias

/ Jaguaquara

Raimudo critica a ausência do prefeito. Foto: Blog Marcos Frahm

A punição imposta a academias da cidade de Jaguaquara com o argumento de que as mesmas apresentavam irregularidades em seus quadros funcionais, voltou a ser abordada, desta vez, na sessão ordinária da Câmara Municipal, na quinta-feira (04/10), pelo presidente da Casa, Raimundo Louzado, para quem o radicalismo não soma, pelo contrário, cria dificuldades para o desenvolvimento do Município. O vereador condena a forma como houve o fechamento de várias academias sem levar em consideração o apelo de seus proprietários no sentido de abrir prazo para as adequações de suas atividades exigidas pela fiscalização.

Louzado, que havia atendido empresários em seu gabinete, entende que medidas como estas somente devem ser tomadas quando esgotados todos os canais de conversações e atribui este e outros muitos problemas a ausência do gestor municipal. ”O mandato bom é mandato a serviço da cidade, da população, mas o que observamos é um prefeito ausente, e quando o gestor não acompanha de perto as necessidades do povo, acontecem fatos dessa natureza, isto é, punições poderiam ser evitadas até que as correções exigidas pela fiscalização fossem atendidas”, disparou.

Esta não é a primeira vez que o prefeito Giuliano Martinelli é criticado pela sua ausência, o que, para Raimundo Louzado, não contribui para o desenvolvimento da cidade se afastar das pessoas. ”Jaguaquara sente falta de um gestor que acompanha o dia-a-dia de sua população, ouvindo seus anseios, o que facilita o atendimento de suas reivindicações”, concluiu.