Jaguaquara: Disputa pela presidência da Câmara continua sendo uma grande ”incógnita”

/ Jaguaquara

Prefeito se ausenta e edis se movimentam. Foto: Blog Marcos Frahm

Embora ainda faltem poucos dias para a eleição de presidente da Câmara Municipal de Jaguaquara, os vereadores não sabem dizer quem comandará o Poder Legislativo no período 2019/2020. Mesmo com duas virtuais candidaturas anunciadas, a do ex-presidente Raimundo Louzado (PR), que saiu na dianteira com o anúncio do seu nome faz tempo, e Cristiane Pinheiro (PP), que apesar de não revelar publicamente passou a pedir votos aos colegas na semana passada a disputa pela presidência continua sendo uma grande incógnita. Os candidatos são integrantes da base de sustentação do prefeito Giuliano Martinelli (PP), a quem caberá a palavra final, conforme os próprios presidenciáveis afirmam. No entanto, o prefeito não demonstra interesse em interferir no processo, que ocorrerá às 10h de quinta-feira (20), no plenário da Casa. Quando indagado, Martinelli diz que vem deixando seus aliados à vontade em busca de apoio entre seus pares. Talvez, por estar consciente de que precisará dos aliados para aprovação de suas contas, reprovadas pelo Tribunal. De fato, ambos vêm se movimentando para pegar musculatura, embora isso pareça pouco relevante, já que, para muitos, Martinelli já decidiu, nas entrelinhas, após o surgimento da candidatura de Cristiane, sua prima e ex-secretária de Governo da Prefeitura em seu primeiro mandato. Contudo, pessoas próximas do prefeito dizem não proceder à informação de preferência do alcaide pela candidatura da prima. A bancada governista demonstra-se inconformada com a situação. As últimas informações são de que Martinelli sequer atende as ligações efetuadas por vereadores ao seu celular e que o político teria se ausentado da cidade para tratar de obras para o município em Brasília. Inclusive, a insatisfação com o afastamento de Giuliano é tamanha que, a essa altura, mais dois edis decidiram fazer ventilar seus nomes na Casa para testar a viabilidade de novas candidaturas. Um deles é o vereador Nildo Pirôpo (PSB), antes oposicionista, hoje governista e que seria o candidato apoiado por Giuliano, mas como Martinelli não bateu na mesa, ele viu seu projeto enfraquecer e agora tenta reacender a chama, mantendo viva a esperança de ter o apoio do prefeito. O outro é Edmilson Barbosa – Dema (PSD), que chegou a negar pretensão pela presidência  [relembre aqui]. Há, entretanto, quem enxergue nas movimentações de Pirôpo e Dema somente um ”balão de ensaio” para, mais tarde, se não conseguir viabilizar candidatura para o comando da Casa, ao menos valorizar o passe, assegurando vaga na Mesa-Diretora, ou desestabilizar um dos postulantes. Relatos ouvidos pelo Blog Marcos Frahm dizem que, se o prefeito mantiver a palavra ”neutralidade”, Raimundo ganharia musculatura. Ele é considerado pelos próprios colegas um dos mais hábeis articuladores políticos com simpatia na Câmara. Apesar do bom trânsito com os pares, o ex-presidente não é unanimidade. Depois de lançar seu nome, passou a sofrer oposição de parlamentares mais ligados ao prefeito e ao atual presidente, Élio Boa Sorte (PP), que não obteve o voto de Louzado quando tentou, e não conseguiu, emplacar um projeto de Emenda à Lei Orgânica que voltaria a admitir a reeleição da Mesa – o  que permitiria sua candidatura para um terceiro mandato de presidente. A base governista conta com 13 dos 15 representantes da Legislatura.

Jaguaquara: Trabalhador rural é esfaqueado no bairro Cruzeiro e autor foge após facada

/ Jaguaquara

Vítima é transferida para o HGPV. Foto: Blog Marcos Frahm

Um homem de 30 anos foi vítima de esfaqueamento na noite desta quinta-feira (13), na cidade de Jaguaquara. Romelito de Jesus Santos foi golpeado com uma facada na região do abdômen, em frente a uma residência na Rua Nivaldo Santos Souza, no bairro Cruzeiro.  Segundo relatos da companheira da vítima, Daniela, em contato com o Blog Marcos Frahm, a tentativa de homicídio ocorreu por volta das 21h e Romelito foi socorrido por um moto-táxi ao Hospital Municipal de Jaguaquara – HMJ, de onde foi transferido às 22h15 para o Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié. Romelito, aparentemente, não corre risco de morte. A vítima e o autor, segundo a mulher, são oriundos da zona rural. A companheira afirmou que o marido é trabalhador rural e disse não entender a atitude do agressor, que apesar de identificado por ela, não teve o nome revelado.

Fim do mistério na Câmara de Jaguaquara; governistas vão disputar à presidência no dia 20

/ Jaguaquara

Raimundo e Cristiane irão ao bate-chapa. Foto: Blog Marcos Frahm

Fim do mistério que cercava a eleição para escolha do próximo presidente da Câmara Municipal de Jaguaquara. Depois de um longo período de silencio absoluto e incertezas quanto ao nome a ser escolhido, ficou acertado que não haverá referendo no dia (20) de dezembro, às 10 horas – data da eleição. Sem consenso, ficou acertado que haverá disputa entre dois governistas: Raimundo Louzado (PR) e Cristiane Pinheiro (PP). A escolha entre um ou outro não trará nenhum embaraço as pretensões do prefeito Giuliano Martinelli (PP) de manter o grupo governista unido. Contudo, embora tenta manter neutralidade no processo, há quem diga que, Martinelli, prefere um nome do que outro, entre ambos. Além de ligados ao prefeito, os pré-candidatos são amigos e prometem uma disputa civilizada. Na sessão desta quarta-feira (12),  Raimundo Louzado foi à tribuna, em ritmo de campanha, tendo relembrado seus feitos no período que presidiu a Câmara e pediu apoio dos colegas. Cristiane, por sua vez, foi mais comedida, sequer declarou sua candidatura, mas, nos corredores, já pede voto, conforme alguns parlamentares confidenciaram ao Blog Marcos Frahm. Ela que está no seu primeiro mandato, já foi secretária municipal, é prima do prefeito e, assim como Raimundo, tem trânsito livre e boa relação com os pares. A postulação de Louzado foi posta faz tempo, diferente da de Cristiane, que surge após o nome de Nildo Pirôpo (PSB), que seria o preferido de Martinelli, não ter avançado.  Atualmente, a Câmara de Jaguaquara, com 13 governistas e 2 oposicionistas tem como presidente o vereador Élio Boa Sorte Fernandes (PP), também aliadíssimo do chefe do Executivo e que se manterá no cargo até (31) de dezembro.

Jaguaquara: Caminhão sai da pista, tomba e motorista morre na BR-116, Serra do Mutum

/ Jaguaquara

Caminhão carregado saiu da pista e precipitou-se em uma ribanceira

Depois de um longo período, a Serra do Mutum na BR-116, com mais de 10 KM de extensão, no perímetro do município de Jaguaquara voltou a fazer vítima. Um acidente tipo saída de pista, registrado na tarde desta sexta-feira (7), no KM 643, deixou morto o condutor de um caminhão de placa EJZ – 0888, que saiu da pista e precipitou-se uma ribanceira.

Motorista do caminhão não resistiu e foi a óbito no local do desastre

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que registrou o por volta das 14h, à vítima foi identificada como Hermes Fernando Pereira Santos, que foi a óbito no local. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica de Jequié foi acionada para os serviços de perícia e providenciou o encaminhamento do corpo ao Instituto Médico Legal. O veículo transportava um carregamento de lixas, que ficou sob a guarda da seguradora. Não houve interdição da via.

Jaguaquara: Mototaxista vítima de disparos de arma de fogo na BA-250 morre no hospital

/ Jaguaquara

Moto da vítima foi abandonada por criminosos. Foto: Divulgação/Polícia

O motociclista vítima de disparos de arma de fogo na última sexta-feira (30), na Rodovia BA-250, morreu no final da tarde desta quinta-feira (6). Erisvaldo dos Santos Fontes, de 25 anos, estava internado na UTI do Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, para onde foi socorrido por uma ambulância após o crime. A informação da morte foi repassada ao Blog Marcos Frahm e confirmada pelo Instituto Médico Legal de Jequié. Erisvaldo era morador de Jaguaquara, atuava como mototaxista e retornava de Itiruçu quando teria sido perseguido por dois indivíduos a bordo de um carro preto, que lhe interceptaram e o brigaram a entregar-lhes a moto. Um dos criminosos, conforme relatos de populares, sacou uma arma e deflagrou tiros contra a vítima, que foi atingida na cabeça.  A moto foi levada e abandonada numa estrada vicinal, próximo ao local do crime. A Polícia Militar, por meio do 19º BPM emitiu nota informando a motivação da morte de Erisvaldo [relembre aqui]. O mototaxista deixa um filho, e a sua companheira está grávida.

Jaguaquara e outros municípios do Vale do Jiquiriçá seguem em estado de atenção após fortes chuvas

/ Jaguaquara

Jaguaquara registrou fortes chuvas. Foto: Blog Marcos Frahm

O Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia, através da Sala de Situação, soltou um boletim informando que municípios baianos têm condições atmosféricas favoráveis à ocorrência de chuvas. Dos 417 municípios, são 53 em estado de alerta e 93 em estado de atenção.  O indicativo de atenção é direcionado àqueles municípios em que são esperadas chuvas de moderada a forte, que pode vim acompanhada de descargas elétricas, os raios. Já o de alerta, aos que já tiveram um alto volume de chuvas registrados nos últimos dias, estes estão localizados próximos as divisas dos estados de Goiás e Minas Gerais. No Vale do Jiquiriçá, vários municípios estão em estado de atenção. Na cidade de Milagres, uma das mais atingidas pelas chuvas, a Prefeitura decretou situação de emergência e revela um grande número de ruas intransitáveis e moradores desalojados. Em Jaguaquara, maior cidade do território, até esta quarta-feira (5) não havia informação sobre desabamento ou desalojados, mas a Defesa Civil segue em estado de atenção, com rondas em pontos considerados vulneráveis a qualquer ocorrência. Nos bairros sem pavimentação, moradores sentem os reflexos das chuvas.

Jaguaquara: Prefeito recorre ao Estado para discutir apoio ao Colégio Luzia Silva e SEC garante até 2019

/ Jaguaquara

Audiência na SEC discute situação do Luzia Silva. Foto: Divulgação

A decisão da Secretaria Estadual da Educação de excluir as matrículas do 6º Ano do Ensino Fundamental do Colégio Luzia Silva, em Jaguaquara, voltou a ser assunto de discussão, nesta segunda-feira (3), durante audiência solicitada pelo prefeito Giuliano Martinelli (PP) na sede da SEC, em Salvador, mesmo após o Governo já ter confirmado, na semana passada, que manteria o apoio ao colégio que pertence à instituição católica Irmãs Ursulinas e funciona com convênios entre Estado e Município. O encontro contou com a presença do chefe do Executivo de Jaguaquara, acompanhado do deputado eleito Zé Cocá (PP), da secretária municipal de Educação, Jurema Bonfim e do diretor do Luzia, o professor André Dias. A comissão de Jaguaquara foi recebida pela secretária do secretário Walter Pinheiro, Isabela Paim. No entanto, a representante da SEC confirmou o apoio, que irá perdurar apenas no ano de 2019, sob alegação de que a responsabilidade do Estado é com o Ensino Médio, com base na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Um dos desejos da direção é a implantação do Ensino Médio na instituição, que oferece os ensinos Fundamental I e II. Apesar de o Estado garantir o apoio financeiro por mais um ano, apenas, o prefeito emitiu nota pública comemorando o resultado da reunião. Leia abaixo

”Lutaremos por dias melhores sempre! Essa é nossa missão enquanto responsáveis pelo município de Jaguaquara. Estávamos há mais de 15 dias discutindo junto ao governo do estado  a mudança de decisão referente à extinção das turmas do ensino Fundamemtal do Colégio Luzia Silva, a começar pelo sexto ano. Juntamente com o nosso Deputado eleito Zé Cocá buscávamos com o apoio da equipe diretiva do Luzia  novos rumos para essa instituição. Jaguaquara se uniu a nós e demonstrou frente ao governo do estado a maior mobilização em prol da permanência e manutenção do ensino fundamental na unidade. De maneira incisiva e respaldada pela coerência e respeito ao governo do estado, buscamos contribuir com essa agitação educacional promovida pela comunidade estudantil e sociedade Jaguaquarense como um todo. Embora sendo lei, não podíamos nos esquivar de tentarmos manter o que de fato apresenta-se inviável para a rede pública municipal, aos cuidados do Estado. A decisão inicial do governo do estado foi reformulada e teremos agora a possibilidade de novas modalidades educacionais para esta unidade estudantil’, comenta Giuliano. O deputado eleito Zé Cocá, também comentou a audiência. ”Mais uma conquista para a comunidade. Valeu o esforço de cada um de nós que assinou o abaixo assinado, que saiu nas ruas que trocou seus perfis nas redes sociais que bradou o grito de pertença do Luzia Silva. Conseguimos mostrar nossa força junto ao governo do estado e como representante que já sou dessa querida cidade, coloco-me a disposição para continuar atuando em prol dos interesses desse povo querido. Dia melhores com certeza estão por vir”, Conclui Zé Cocá

 

Jaguaquara: Jovem pega carro de cliente em lava jato, vai com amigos para a BR-16, bate e um morre

/ Jaguaquara

Automóvel bateu com carreta na BR-116. Foto: Blog Marcos Frahm

Um jovem é suspeito de pegar o carro de um cliente de um lava jato e provocar um acidente com vítima fatal na BR-116, em Jaguaquara. Segundo informações, o jovem, de identidade ainda não revelada, pegou o carro Fiat Pálio de placa FAJ-2934, de propriedade de um comerciante da cidade e seguiu, no sábado (1º), na companhia de dois amigos, para a Rodovia BR-116, tentando uma ultrapassagem no trecho do povoado do Tatu, próximo ao Entroncamento de Jaguaquara, colidindo com uma carreta que seguia no sentido contrário da pista. Com o impacto da batida, um dos ocupantes do carro, o carona Adilson dos Anjos Almeida, que completaria 35 anos no próximo dia (12) de dezembro foi a óbito no local do acidente. O condutor e o outro colega que estava no carro foram socorridos com ferimentos ao hospital, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Ainda conforme a polícia, os mesmos não faziam uso do cinto de segurança. Todos são moradores do bairro Casca, em Jaguaquara. O corpo de Adilson foi sepultado neste domingo. O comerciante, que teria comprado o veículo recentemente, Valdemar de Almeida Borges, é quem revela a versão de que o carro foi deixado num lava jato, pelo dono anterior, e que o jovem atuava no local e diz que vai cobrar apuração por parte da polícia judiciária. Há também a informação de que o Fiat não foi deixado no posto, e sim em frente ao estabelecimento, com um suspeito que dizia ser funcionário.

Mototaxista baleado segue internado; presidiário mandante do crime é transferido, diz polícia

/ Jaguaquara

Erisvaldo foi baleado e o mandate seria Ademilton Mercês, diz polícia

A tentativa de homicídio sofrida na sexta-feira (30) pelo mototaxista Erisvaldo dos Santos Fontes, de 25 anos, cujo crime foi registrado na Rodovia BA-250 pode estar relacionada ao envolvimento da vítima com líderes do tráfico de entorpecente na região, conforme informações policiais. Erisvaldo foi interceptado por dois criminosos a bordo de um carro preto, por volta das 12h30, quando retornava de Itiruçu para Jaguaquara, onde atuava como mototaxista e teria sido obrigado pelo carona do carro a entregar a sua moto, que foi levada pelos autores após a vítima receber disparos de arma de fogo. Erisvaldo foi encontrado agonizando por populares, na margem da estrada, próximo ao distrito Stela Dubois e socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, onde segue internado em estado grave. Ele foi atingido no crânio durante o cometimento do crime. Em nota, o Comando do 19º Batalhão de Polícia Militar de Jequié, informou que, um detendo do Conjunto Penal de Jequié, também oriundo de Jaguaquara, Ademilton Mercês Alves, Mirtão, que cumpre pena por tráfico, foi transferido na sexta para o Presídio de Serrinha/BA para estabilizar a região, já que o detendo tem ligação com uma facção criminosa e estaria determinando crimes em Jaguaquara, inclusive, sendo o mandante do crime contra Erisvaldo. Ainda conforme informações da PM repassadas pelo Comandante, o Tenente Coronel Itamar Gondim Bandeira, um dos coordenadores das ações criminosas determinadas por Mirtão, Neguinho, teria sido preso pela 3º Cia da PM, em outubro, por homicídio – o que gerou a ordem da tentativa contra Erisvaldo, uma vez que o mesmo, conforme a polícia, seria testemunha do assassinato praticado.

Jaguaquara: Alunos da Rede Municipal recebem óculos gratuitos por meio do Programa Saúde na Escola

/ Jaguaquara

Secretária Renata Rose de Saúde, entrega óculos. Foto: Flávio Silva

Com o objetivo de contribuir para a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde, com vistas ao enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino, a Prefeitura de Jaguaquara, através do Programa Saúde na Escola, gerido Secretaria Municipal de Saúde, distribuiu nesta sexta-feira (30) óculos gratuitos a centenas de alunos da Rede Municipal de ensino. A solenidade de entrega dos óculos foi realizada na Academia de Saúde, no bairro São Jorge, presidida pela secretária de Saúde, Renata Rose, que coordena o Projeto Olhar Jaguaquara. A triagem foi realizada nas escolas do município, com teste de Snellen.

Mototaxista de Jaguaquara é perseguido e atingido a tiros na BA-250, quando retornava de Itiruçu

/ Jaguaquara

Vítima caiu agonizando na BA-250. Foto: Leitor BMF/WhatsApp

Um mototaxista morador da cidade de Jaguaquara foi vítima de uma tentativa de latrocínio nesta sexta-feira (30), na Rodovia BA-250. Erisvaldo dos Santos Fontes, de 25 anos, foi atingido com disparo de arma de fogo a cabeça, deflagrado por um carona de um carro preto que perseguia o condutor da moto quando retornava de Itiruçu para Jaguaquara. As informações preliminares revelam que o crime ocorreu por volta das 12h30, e que Erisvaldo teria sido interceptado por dois indivíduos a bordo do carro preto, tendo um dos ocupantes, o carona, descido do automóvel e obrigando o mototaxista a entregar-lhe a moto, deflagrando um tiro na cabeça do rapaz, que foi visto por populares agonizando as margens da estrada. Ele foi socorrido por uma ambulância do Hospital de Itiruçu, posteriormente encaminhado ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié. Conforme relatos de populares, os criminosos fugiram em direção a BR-116 – Entroncamento de Jaguaquara e levaram a moto.

Após audiência com o governador, Euclides diz que Rui sensibilizou-se com a história do Luzia Silva

/ Jaguaquara

Rui recebe Euclides para tratar sobre o Luzia Silva. Foto: Divulgação

O deputado estadual Euclides Fernandes, integrante da Comissão de Educação na Assembleia Legislativa da Bahia recorreu ao governador Rui Costa, para tratar com o chefe do Executivo baiano sobre o plano de reestruturação da Secretaria da Educação, que incluía o Colégio Luzia Silva, do município de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, onde a comunidade escolar se manifestou nos últimos dias contra a exclusão de matrículas para alunos do 6º Ano do Ensino Fundamental da cota do Estado. O deputado apresentou ao governador o prefácio da história do Luzia Silva, unidade pertencente à instituição católica Irmãs Ursulinas e pediu sensibilidade por parte de Rui, para manutenção do apoio ao colégio no Ensino Fundamental. ”A Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) é clara, no que diz respeito à educação brasileira, que é compartilhada e o ensino fundamental deve ser garantido ao estudante a partir da colaboração dos municípios. A responsabilidade essencial do estado é para com o ensino médio. O governador tem tomado medidas para buscar o equilíbrio financeiro da máquina pública nesse período de crise que o país enfrenta e tem buscado reestruturar a rede estadual para oferecer uma educação de melhor qualidade a partir do seu segundo mandato, mas nós o informamos da importância do Luzia Silva em Jaguaquara, uma cidade escola. Rui sensibilizou-se com a situação, garantindo o apoio. A juventude é base da sociedade e esta instituição tem sido importante para educar os jovens e ajudá-los a participar da vida política, econômica e social da sociedade em que vive”, afirmou o deputado. A direção da escola já recebeu da SEC a confirmação de manutenção das turmas.

Jaguaquara: Secretaria da Educação volta atrás e mantém apoio ao Colégio Luzia Silva

/ Jaguaquara

Turma do 6º ano, do Colégio Luzia Silva. Foto: Blog Marcos Frahm

Após determinar a exclusão de matrículas da turma do 6º Ano do Ensino Fundamental no Colégio Luzia Silva de Jaguaquara, instituição que oferta os ensinos Fundamental I e II em convênios com Prefeitura e Estado, a Secretaria de Educação da Bahia voltou atrás e reconsiderou a decisão. Nas redes sociais, a direção do Luzia Silva, que pertence à instituição católica Irmas Ursulinas, comemora a decisão de manutenção, por parte do Estado, das turmas do Ensino Fundamental, de responsabilidade do município. Os últimos dias em Jaguaquara foram marcados por atos de protesto contra o Governo e autoridades políticas locais. Alunos e pais de alunos saíram às ruas em forma de protesto pela continuidade do convênio. O Luzia Silva  está entre as principais instituições públicas de ensino do município, com grande procura por vagas de ensino e já figurou entre as melhores escolas do Fundamental no interior baiano.

Jaguaquara: Exclusão de turma em colégio sobra até para vereadores, que são alvo de protesto

/ Jaguaquara

Manifestantes bradam em frente à Câmara. Foto: Blog Marcos Frahm

A decisão da Secretaria Estadual da Educação, de exclusão de matrículas para o 6º ano do Ensino Fundamental no Colégio Luzia Silva, unidade escolar católica que funciona em convênios com Prefeitura e Estado sobrou até para os vereadores de Jaguaquara. Num ato de protesto contra o Governo, realizado na noite desta quarta-feira (28), alunos, pais de alunos e populares que decidiram participar da manifestação caminharam até o prédio-sede da Câmara Municipal, na Rua Ilmar Galvão, concentrando-se em frente à Casa Legislativa com críticas aos parlamentares. Alguns cobravam apoio dos vereadores, para interferência junto ao Estado, e outros bradavam contra os edis, seguindo o discurso de um locutor de carro de som, que aplicava duras críticas as lideranças políticas locais e ao governador Rui Costa.