”Prefeito mais perdido do país”, diz Bocão sobre Bruno Reis após aglomeração em Salvador

/ Imprensa

Zé Eduardo dispara contra Bruno. Foto: Reprodução Record TV/Secom

Chefe do Palácio Thomé de Souza, Bruno Reis (DEM) foi alvo de críticas do apresentador Zé Eduardo, que o definiu como ”o prefeito mais perdido do país”. O âncora do Balanço Geral Bahia (Record TV) partiu para o ataque após mais cenas de aglomeração serem registradas no Porto da Barra.

”O prefeito mais perdido do país deixa que a situação chegue a esse ponto. Porto da Barra mostrando como se faz um evento teste sem protocolo algum. Alguém aí dúvida que vai dar ruim?”, disse Zé Eduardo em publicação nas redes sociais, na noite de terça-feira (7).

Em seguida, o apresentador cobrou explicações da Prefeitura de Salvador sobre as imagens do noticiário local mostrando a faixa de areia da praia do Porto completamente lotada durante a noite.

Ao longo do dia, mesmo com a presença da Guarda Municipal, algumas pessoas pularam a balaustrada para furar o bloqueio e ter acesso à praia.

O adeus a Duda Mendonça

/ Imprensa

De repente fico chorando à toa sem saber por quê

E vem a vontade de sonhar, de novo te encontrar

Foi tudo tão de repente

Eu não consigo esquecer

Permita-me velho amigo recorrer a você mesmo, a uma daquelas peças geniais que nos marcaram por toda a vida,com um breve ajuste, para traduzir este momento.

Não dá para rir à toa, quando só as lágrimas nos vêm aos olhos.

Que saudade, amigo. Foi tudo tão de repente, você mal partiu e a ela toca tão forte na gente

Você, genio em tudo na vida, na publicidade, nos negócios, na música, como pai, padrasto, na arte de fazer amigos.

Ah, pai! que exemplo com aquela publicidade onde você nos ensinou o que é ser um pai companheiro,

Que não basta ser pai, tem de participar

Não basta ser remédio, tem de ser gelol

Pai/mãe, pouco importa, gênio sempre, até com seu silêncio na campanha da valisere, aquela do primeiro sutiã a gente nunca esquece

Ah, você que conquistou o Brasil e o mundo com tantos prêmios internacionais

Que abriu as portas da publicidade nacional para tantos publicitários baianos como João Santana, Sergio Amado, Geraldão, Nizan e tantos outros, brilhantes profissionais

Você meu caro, tão bem definido como num auto-retratado na publicidade das Óticas Ernesto

Um baiano da gema, um baiano do bom, Felicidade!

Como diz Caetano, que transa todas sem perder o tom

Gostava de uma lambreta do armazém popular.

Mas também gostava da noite, de festa bonita, champagne, caviar

E não era à toa que esse irmãozinho ai

vira e mexe aparecesse na coluna de July

Mas nada disso lhe prendia nem subia a cabeça por que

Porque domingo tinha Fonte Nova para que esquentar

Tomando uma cervejinha ele gostava de ver seu Bahia jogar

Agora eu me despeço, vou me embora, eu quero é mais

Você quer saber meu nome

Meu nome é Duda,

Duda Mendonça, meu rapaz!

Duda Mendonça, o publicitário mais querido da Bahia!

*por Paulo Roberto Sampaio, diretor de Redação da Tribuna

Apresentadora da TV Bahia, se posiciona contra retomada de aulas presenciais no Estado

/ Imprensa

Jessica segue afastada das atividades

Afastada da TV Bahia desde o início de junho após um princípio de burnout, síndrome causada pela exaustão extrema relacionada ao trabalho, Jessica Senra aproveita o período de folga na Espanha, mas não se afastou dos debates nas redes sociais.

Nesta quinta-feira (15), a jornalista criticou a decisão do governador Rui Costa (PT) de retomar as aulas presenciais.

No desabafo, a apresentadora do Bahia Meio Dia usou a sua situação como exemplo e afirmou que mesmo com os professores vacinados, não se sente segura de retornar para as aulas do mestrado.

”E, além da professora, quem se preocupa com alunos e alunas? Faço mestrado e, ainda que professores estejam vacinados, colegas não estão… eu não me sinto segura pra voltar às aulas presenciais. Um ano e meio de pandemia e não viabilizaram educação online inclusiva…”.

No Instagram, a jornalista compartilhou com os fãs que está se dedicando aos cuidados com a saúde mental mesmo a distância, fazendo aulas de Karate.

Os treinos foram retomados neste ano e segundo ela, o esporte estava auxiliando a aliviar a rotina estressante de trabalho, mestrado e redes sociais.

Ministério Público Federal entra com ação contra RedeTV! e Sikêra Jr. por homofobia

/ Imprensa

Sikêra Jr. ficou conhecido pelo discurso a favor de Jair. Foto: Rede TV

O Ministério Público Federal ajuizou no Rio Grande do Sul ação civil pública contra a Rede TV! e o apresentador Sikêra Jr. por conta de falas discriminatórias e preconceituosas contra a população LGBTQIA+ que foram ao ar na sexta (25) no programa Alerta Nacional, veiculado na emissora.

Na ocasião, ao criticar a propaganda que a rede de fast food Burger King criou para o Dia do Orgulho LGBTQIA+, celebrado na segunda (28), Sikêra Jr chamou gays de ”raça desgraçada”. ”A gente está calado, engolindo, engolindo essa raça desgraçada que quer que a gente aceite que a criança… deixe as crianças, rapaz!”, afirmou o apresentador.

Criada pela agência David e veiculada na internet, a campanha do Burger King chamada ”Como Explicar” mostra filhos de casais homoafetivos contando como são suas famílias. As respostas são espontâneas.

​Sikêra Jr. é reincidente e já tinha se manifestado de forma homofóbica em outras oportunidades. O MPF assina a ação em conjunto com a associação Nuances – Grupo Pela Livre Expressão Sexual, que atua na defesa dos direitos humanos da população LGBTQIA+.

Na ação, é pedido também que Rede TV! e Sikêra Jr sejam condenados a pagar R$ 10 milhões por danos morais coletivos —valor a ser destinado à estruturação de centros de cidadania LGBTQIA+.

Além disso, a ação civil pública também solicita a exclusão da íntegra do programa Alerta Nacional de sexta (25) dos sites e redes sociais, e que tanto a emissora como seu apresentador sejam obrigados a publicar retratação pelos mesmos meios e mesmo tempo e em idêntico horário, especificando tratar-se de condenação judicial imposta nos autos da ação, devendo a referida postagem permanecer nos sites da empresa ré pelo prazo mínimo de um ano.

Procurados, Rede TV! e Sikêra Jr. não se manifestaram até a conclusão deste texto.

*por Folhapress

Locutor Carlito Filho confirma desligamento da Rádio Povo de Jaguaquara, emissora do Sistema Pazzi

/ Imprensa

Carlito foi desligado da Rádio Povo

O radialista Carlito Filho, confirmou, em postagem na sua página no Facebook que foi desligado da Rádio Povo FM de Jaguaquara, emissora que integra o Sistema Pazzi de Comunicação, onde permaneceu durante seis anos, atuando em toda a programação da rádio, com destaque inclusive no jornalismo, com seus posicionamentos, conquistando um grande público – ouvinte.

Em 2020, Carlito chegou a se afastar dos microfones da empresa para se candidatar a vereador, não tendo sido eleito e retornou posteriormente com anuência do proprietário da rádio, José Roberto Pazzi.

Na publicação, após sua saída, o comunicador revelou que foi informado que seria dispensado no dia (1º) de junho e que resolveu revelar a demissão no último dia (25): ”Ebenézer, até aqui nos ajudou o Senhor. Venho através desse post, informar a todos os meus ouvintes que acompanharam o meu trabalho na Rádio Povo ao longo desses seis anos, que estou sendo desligado da empresa. Fui informado no dia primeiro deste mês, mas entendi melhor informar hoje no meu último dia de trabalho. Eu sempre oro a Deus para que Ele faça o melhor por mim, e não existem motivos para reclamar ou entristecer”, escreveu Carlito Filho, mais um talentoso dispensado pelo Sistema Pazzi, depois de contribuir para o crescimento da empresa.

Após avaliação médica, apresentadora Jessica Senra adia retorno à TV: ”Se recolher é necessário”

/ Imprensa

Jéssica revelou lutar contra a síndrome de Burnout. Foto: Rede social

Jéssica Senra ficará por mais um tempo afastada da televisão. Após anunciar que faria seu retorno nesta segunda-feira (28), a jornalista informou aos seguidores que daria um tempo do comando do Bahia Meio Dia por mais alguns dias.

Segundo a apresentadora, está tudo bem com ela, mas os médicos que a avaliaram viram a necessidade de mais alguns dias de repouso.

”Oi, minha gente! Tudo bem? Passando pra dar uma atualizada nas informações. Apesar da minha expectativa, ainda não retorno hoje à TV. As médicas que me acompanham avaliaram que preciso ficar mais um tempinho afastada. Mas está tudo caminhando bem. Em breve voltaremos a nos encontrar!”, escreveu.

A jornalista, que na última semana revelou lutar contra a síndrome de Burnout, agradeceu o carinho dos seguidores e do público ao longo do seu tempo afastada.

”Obrigada por tantas mensagens de carinho e força!! Se recolher às vezes é necessário pra que possamos maturar os sentimentos e ressurgir fortalecidas! Já já estou de volta! Se cuidem. Cuidem de quem está ao redor. Cultivem o amor. Saudades”.

Ao site Bahia Notícias, a assessoria da TV Bahia havia deixado em aberto o retorno da apresentadora ao telejornal. Jessica está fora do comando do BMD desde o dia 10 de junho.

 

”Princípio de burnout”, afasta Jéssica Senra da TV Bahia, que lamenta ataques a jornalistas

/ Imprensa

“Segunda (dia 28) devo voltar à TV”, diz Jéssica. Foto: Reprodução

A jornalista Jéssica Senra usou seu perfil no Instagram na tarde desta terça-feira (22) para atualizar os telespectadores da TV Bahia sobre seu afastamento da emissora. Ela está de licença desde o dia 10 último, e tem sido substituída no Bahia Meio Dia pela colega Camila Marinho.

Senra escreveu que ‘qualquer pessoa com o mínimo de empatia está sentindo profundamente este momento”, se referindo à marca de 500 mil mortos por Covid-19 no Brasil.

”Cada um tem vivenciado suas próprias questões pessoais e profissionais. No caso dos jornalistas, a pandemia trouxe uma carga de informação enorme, muito trabalho e mais um monte de angústias, preocupações, medos, tristezas… além de ataques gratuitos de pessoas ignorantes que canalizaram suas próprias frustrações para nós. Tive um princípio de burnout, mas estou acompanhada e tá tudo certo. Segunda devo voltar à TV, pra alegria de uns e desespero de outros! Cuidem de vocês. Cuidem dos seus. Cuidem da saúde física e mental”, escreveu Senra.

A síndrome de burnout é um distúrbio psíquico causado pela exaustão extrema, sempre relacionada ao trabalho de um indivíduo.

Sindicato solicita do Secretário de Saúde ampliação de faixa etária para vacinação de jornalistas

/ Imprensa

O Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) enviou, nesta terça-feira (15), ofício ao Secretário Estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e a presidente do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde, Stela Souza, em que solicita a ampliação da faixa etária dos profissionais de imprensa a serem vacinados contra a Covid-19.

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB) autorizou no último dia  18 de maio, a vacinação dos profissionais de imprensa que atuam na linha de frente e possuem mais de 40 anos no último dia . Alvo de disputa judicial, a decisão foi questionada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, mas o mandado de segurança teve seu pedido liminar negado pelo Tribunal de Justiça da Bahia no dia 2 de junho. Logo após, os municípios baianos que ainda não haviam iniciado a imunização da categoria em razão do processo judicial começaram a vacinar os jornalistas.

Agora, com o processo de imunização em curso tanto na capital quanto no interior, o Sinjorba solicitou que a CIB analise a redução da idade dos profissionais de imprensa, visto a grande quantidade de jovens vitimados pelas novas cepas da Covid-19.

Para o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, é fundamental ampliar a idade do público vacinado. ”A maior parte dos profissionais de imprensa que está em serviço presencial nas redações de rádio, TV, jornais, sites e assessorias encontra-se na faixa etária abaixo dos 40 anos. Para cada trabalhador vacinado pela resolução 085/2021 da CIB, outros dois ficaram de fora do direito e continuam arriscando suas vidas no trabalho cotidiano”, explicou Neves.

Vítima da Covid, morre o comunicador Leon Leal, que teve passagem de sucesso pela Rádio 93 FM de Jequié

/ Imprensa

Leon lutava pela vida e não resistiu. Foto: Arquivo pessoal

Vítima da Covid-19 morreu na nesta terça-feira (15) em Natal, no Rio de Grande do Norte, onde estava internado em UTI, o ex-radialista Leon Trindade Leal, que atualmente atuava como bancário em agência do Bradesco e na condição de comunicador teve uma passagem de sucesso, há anos atrás, pela Rádio 93 FM de Jequié, tendo conquistado um grande público – ouvinte, sendo fonte de inspiração para profissionais da comunicação da Cidade Sol.

Leon deixa familiares em Jequié, era filho do também radialista Roque Legal e sua morte precoce é lamentada nas redes sociais pelos colegas jequieenses. A direção da Rádio 93 FM expressou suas condolências e desejou força aos familiares de Leon.

Com Faustão internado, apresentador Tiago Leifert assume comando do ”Domingão”

/ Imprensa

Tiago vai substituir Fausto Silva. Reprodução: TV Globo

O apresentador Tiago Leifert irá passar por uma verdadeira prova de fogo no domingo (13). Com a internação de Fausto Silva, o comandante do Big Brother Brasil será o responsável por assumir a apresentação do quadro Super Dança dos Famosos, no Domingão do Faustão.

Por meio de um comunicado, a TV Globo anunciou a substituição:

Nesta semana, Tiago Leifert apresenta o ‘Domingão do Faustão’, substituindo Fausto Silva, que se recupera de uma infecção urinária. Neste domingo, dia 13, irá ao ar uma disputa inédita no mata-mata da ‘Super Dança dos Famosos.

Dançando os ritmos forró e rock, três competidores mostram, no palco do programa, tudo que ensaiaram para garantir uma das vagas da semifinal: o ex-atleta Robson Caetano, vencedor da ‘Dança dos Famosos’ de 2006, e as atrizes Sophia Abrahão e Dandara Mariana; as duas ficaram em segundo lugar nos anos de 2016 e 2019, respectivamente.

A semifinal do quadro já conta com Maria Joana, Marcello Melo Jr, Paolla Oliveira e Lucy Ramos. Enquanto isso, Mariana Santos, Claudia Ohana, Rodrigo Simas, Juliana Didone, Arthur Aguiar, Viviane Araújo, Carmo Dalla Vecchia e Nelson Freitas aguardam a repescagem para tentar a chance de voltar à disputa.”

Internação de Fausto Silva
Fausto foi internado nesta quinta-feira (10), após se sentir mal e exames preliminares indicaram que o comunicador foi diagnosticado com infecção urinária.

Sindicato dos Jornalistas do Estado da Bahia convoca protesto por vacinas contra Covid-19

/ Imprensa

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Bahia (Sinjorba) está convocando os jornalistas e radialistas do estado para promoverem um protesto pela vacinação contra a Covid-19 da categoria. A ideia é que seja promovido um ”apagão” presencial da imprensa nesta quarta-feira (2).

De acordo com o texto da convocação, o movimento consiste em suspender a cobertura externa durante todo o dia, fazendo o trabalho apenas de maneira remota. Além disso, recomenda que sejam apuradas e publicadas apenas as notícias de utilidade pública.

O presidente do Sinjorba, Moacy Neves, explica que o protesto tem o objetivo de mostrar os impactos da não realização do trabalho presencial da imprensa e criticou a recomendação do Ministério Público Federal (MPF), que impediu a imunização do grupo, anteriormente liberada pela Comissão dos Intergestores Bipartite (CIB).

Segundo Neves, na Bahia, 26 jornalistas e radialistas perderam a vida pela doença e mais de 400 foram contaminados. Ele também informou que, desde a recomendação do MPF, cinco profissionais da imprensa morreram com o coronavírus nas cidades de Feira de Santana, Juazeiro, Xique-Xique, Itamaraju e Santo Antonio de Jesus.

Nesta terça-feira (1º), mesmo com recomendação contrária do MPF, o município de Lauro de Freitas iniciou vacinação de jornalistas. Já em Salvador, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) afirma que seguirá orientação que impede a imunização da categoria.

Narrador Luís Roberto se revolta com Copa América no Brasil: ”Porcaria de competição”

/ Imprensa

Luís Roberto ainda citou o presidente Bolsonaro. Foto: Reprodução

O narrador Luís Roberto se irritou com a realização da Copa América no Brasil em plena pandemia do coronavírus, com mais de 450 mil mortes no país.

Durante sua participação no programa ‘Seleção SporTV’, o narrador afirmou que o anúncio feito pela Conmebol nesta segunda-feira (31) é um tapa na cara dos brasileiros.

O desabafo do veterano viralizou nas redes sociais com repercussão positiva para o global, que conta com o apoio de torcedores por sua indignação.

”Isso é uma vergonha. O boladão hoje vai chegar com tudo. Essa Copa América fora de hora, que já não deveria ser realizada. Claro, a pandemia interrompeu várias competições muito a fora, e obviamente que neste momento, com o calendário todo estrangulado no Brasil, a Copa América é só mais um torneio caça-níquel, sem nenhuma expressão nesse momento”, disse.

Luís Roberto ainda citou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seu descaso com as vacinas para o Brasil.

”No país que tem a pandemia descontrolada, que levou nove meses para responder à carta da Pfizer, respondeu em dez minutos que ‘vamos fazer a Copa América’. Abertura em Brasília, jogos em Natal, Pernambuco, final com público. É inaceitável! A sociedade brasileira, a coletividade do futebol e do esporte, nós não podemos aceitar essa decisão. Que se realize, que faça o que bem entenderem, que os negacionistas façam caravanas à Brasília, para ter público na grande final. Momento apoteótico d1essa porcaria dessa competição! É uma vergonha! É um tapa na cara dos brasileiros!”.

Equipe de reportagem da CNN Brasil é hostilizada e expulsa de ato bolsonarista no Rio

/ Imprensa

O repórter Pedro Duran foi hostilizado. Foto: Reprodução

Uma equipe de reportagem da emissora CNN Brasil foi hostilizada e expulsa do ato bolsonarista deste domingo (23), por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Sem máscaras, os manifestantes que promoveram aglomeração no Aterro do Flamengo, zona sul da cidade, fizeram com que o repórter do canal televisivo tivesse que ser levado para uma viatura da Polícia Militar.

Enquanto era conduzido por um agente para receber a proteção, o repórter Pedro Duran ouviu gritos de ”lixo”, ”bandido” e ”comunista”, por exemplo. Alguns dos manifestantes avessos ao trabalho da imprensa também cercaram o profissional e colocaram bandeiras e celulares diante de seu rosto.

A CNN repudiou ”todo tipo de agressão” e defendeu a liberdade de imprensa como um dos pilares da democracia. “Os jornalistas têm direito constitucional de exercer sua profissão de forma segura, para noticiarem fatos, dentro dos princípios do apartidarismo e da independência”, disse a emissora.

Apesar de ter sido o único que precisou ser levado pela polícia, o repórter da CNN não foi o único a ser hostilizado pelos bolsonaristas. Os profissionais que ficaram no espaço reservado a jornalistas ouviram a todo momento xingamentos de quem passava por lá.

Acompanhado pelo ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e por pelo menos mais dez aliados – todos sem máscaras e sobre um carro de som apertado -, Bolsonaro discursou no fim da manhã deste domingo para milhares de pessoas no Aterro, após a carreata de moto que saiu da Barra da Tijuca, na zona oeste.

O presidente voltou a criticar prefeitos e governadores que decretaram confinamento durante a pandemia e afirmou que jamais colocará o Exército, que chamou de seu, nas ruas para fazer lockdown. “Eu lamento cada morte no Brasil, não importa a motivação da mesma. Mas nós temos que ser fortes, temos que viver e sobreviver”, disse Bolsonaro, antes de criticar medidas de distanciamento social.

Abraji condena os ataques

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) disse que a intimidação a repórteres tem como objetivo impedir a cobertura de fatos de interesse público e é uma violação à liberdade de imprensa. “Tal comportamento é incentivado pelo presidente da República, que frequentemente propaga teorias conspiratórias, ofensas e discursos estigmatizantes contra jornalistas”, diz a nota.

A Abraji destacou que todos os jornalistas presentes na manifestação foram vítimas das hostilidades, mas o repórter Pedro Duran foi filmado e passou a ser vítima de assédio virtual. O vereador de Niterói Douglas Gomes (PTC) compartilhou o vídeo e xingou a emissora.

A associação lembrou que outro jornalista da emissora já havia sido atacado pelo presidente Bolsonaro neste mês ao criticar ação policial na favela de Jacarezinho, no Rio. ”A obstrução do trabalho da imprensa é antidemocrática e se espera dos poderes Legislativo e Judiciário uma posição firme em defesa dos direitos humanos e da civilidade na convivência entre cidadãos de diferentes opiniões”, termina a nota.

*Estadão Conteúdo

Comando 19° Batalhão de Polícia Militar de Jequié promove café da manhã com a imprensa

/ Imprensa

Ten Cel PM Elbert Vinhático recebeu imprensa. Foto: Divulgação

Na manhã de quinta-feira (20), o Ten Cel PM Elbert Vinhático, comandante do 19° Batalhão de Polícia Militar, recebeu na sede da Unidade, jornalistas e repórteres representantes de rádios de Jequié, para um café da manhã.

Além da imprensa local, o evento contou com a participação do Deputado Estadual Euclides Fernandes, que em Jequié apresenta o programa ”A Semana em Revista”.

O encontro teve como pauta a atualização das diretrizes institucionais da Assessoria de Comunicação do 19°BPM, além de dirimir as dúvidas com relação ao fluxo de informações entre Polícia Militar e comunidade, que se dá através dos veículos de imprensa.

O comandante, muito receptivo, estabeleceu um diálogo muito proveitoso, onde ressaltou o papel da comunicação social e a importância dos órgãos de Comunicação para a segurança pública. ”O jornalista tem a missão de levar todos os acontecimentos ao conhecimento do povo, e o que nós pretendemos é facilitar esse serviço, por entender a importância dessa missão.”

Na oportunidade, os convidados deram boas vindas ao comandante e agradeceram pela iniciativa de possibilitar este encontro.

Fonte: ASCOM/19°BPM