Rui anuncia novo concurso com 2 mil vagas e compra de mil fuzis para a Polícia Militar

/ Bahia

Mais 2 mil policiais militares vão reforçar o efetivo da corporação, a partir do próximo ano. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, na segunda-feira (9), durante a cerimônia de formatura de 917 novos soldados, na Vila Militar dos Dendezeiros, em Salvador.

Esses investimentos incluem outros dois concursos. Um deles oferece mil vagas para a Polícia Civil, e as inscrições começaram nesta segunda-feira (9). São 150 para o cargo de delegado, 150 para escrivão e 700 para investigador. Com validade de um ano, prorrogável por igual período, o certame é organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), em parceria com a Secretaria da Administração (Saeb) e Polícia Civil.

As inscrições são realizadas pelo endereço www.ibfc.org.br, até 7 de junho. O outro concurso já autorizado oferecerá 456 vagas para peritos em diversas áreas da Polícia Técnica.

Bahia registra 306 novos casos de Covid-19 e nove mortes pela doença nas últimas 24h, diz boletim

/ Bahia

A Bahia registrou 306 novos casos de Covid-19 e nove mortes pela doença nas últimas 24h, segundo o boletim epidemiológico desta terça-feira (10), divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O número de casos ativos de Covid no estado está em 253 .

Desde o início da pandemia, 1.544.882 casos foram confirmados e 29.885 pessoas morreram por causa da doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 20%, ou seja, 41 dos 210 estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com 18 dos 23 leitos ocupados, o que corresponde a 78% de ocupação.

Vacinação

Até o momento, a Bahia tem 11.593.330 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.640.295 com a segunda dose ou dose única, 5.604.777 com a dose de reforço e 86.129 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 907.226 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 409.517 já tomaram também a segunda dose.

OAB-BA divulga nota de pesar e afirma preocupação com morte de policiais militares

/ Bahia

A Ordem dos Advogados do Brasil Seção Bahia e suas comissões de Direitos Humanos e de Direito Militar divulgaram nota de pesar, nesta segunda-feira (9), diante do assassinato dos policiais Soldado Victor Vieira Ferreira Cruz, Soldado Shanderson Lopes Ferreira e Soldado Alexandre José Ferreira Menezes Silva, ocorridos neste final de semana.

”Consternada por essas perdas, a OAB-BA e suas comissões se solidarizam à Polícia Militar e às famílias dos policiais mortos, comprometendo-se em acompanhar as investigações, inclusive cobrando celeridade, para que os acusados sejam apresentados à Justiça o mais rápido possível”, diz entidade em nota.

Ainda segundo o documento, as circunstâncias das mortes atraem forte comoção e preocupação da OAB da Bahia, bem como das referidas comissões, frente à crescente violência. A entidade afirma que é imprescindível a atenção e cuidado com a segurança dos profissionais da segurança pública, sob pena de grave violação aos Direitos Humanos que atinge a sociedade como um todo.

Com emenda de Euclides Fernandes, governador autoriza Complexo Esportivo para Maracás

/ Bahia

Prefeito Soya Novaes assina convênio com Rui. Foto: Fernando Vivas

O governador Rui Costa assinou, nesta segunda-feira (9), durante evento com prefeitos em Salvador, convênios firmados entre municípios e Governo do Estado para construção de importantes obras em 110 cidades, cujo investimento é de R$ 170 milhões. Entre os municípios contemplados está Maracás, que receberá um Complexo Esportivo Educacional, através de emenda parlamentar do deputado estadual Euclides Fernandes.

O equipamento contará com campo de futebol society, quadra de vôlei de areia, pista de salto, vestiário, área de urbanização, academia de saúde e piscina. ”As intervenções serão iniciadas em breve e, em nome da população de Maracás, agradecemos ao deputado Euclides e governador Rui Costa”, comentou o prefeito Soya Novaes, que marcou presença no ato de assinatura, na capital baiana.

Governo do Estado investe mais de R$ 170 milhões em convênios nas áreas de saúde, educação e esporte

/ Bahia

Prefeito de Irajuba assina convênio com Rui. Foto: Fernando Vivas

Mais de R$ 170 milhões estão sendo investidos pelo Governo do Estado na construção de casas para vítimas das enchentes do final do ano passado, equipamentos para postos de saúde e hospitais e na construção e recuperação de equipamentos esportivos. O governador Rui Costa assinou 128 autorizações, entre convênios e ordens de serviço, que beneficiam 110 municípios baianos. A solenidade, realizada na tarde desta segunda-feira (9), reuniu prefeitos e autoridades no auditório da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia.

”Ainda iremos assinar mais alguns essa semana, mas temos que licitar e iniciar as obras desses convênios que estamos autorizando agora até o dia primeiro de julho, por causa do calendário eleitoral. Então eu peço aos prefeitos e prefeitas que atentem ao prazo, porque é preciso publicar a licitação, fazer a licitação e iniciar as obras até o dia primeiro de julho, um prazo que vai ficando cada dia mais curto e mais apertado”, enfatizou o governador.

Rui comentou a diversidade de ações. ”Os convênios são diversos, desde a construção de casas, para aqueles municípios que tiveram chuvas muito fortes e destruíram as residências, até outros que não tiveram, mas temos convênios diversos de saúde e equipamentos de educação”.

Para o prefeito de Dário Meira, William Sena, a parceria é fundamental para a recuperação da educação no município. ”Não tinha condição, nosso município é pequeno. O governador, entendendo a necessidade real da nossa população, principalmente na área da educação, está celebrando hoje um convênio de quase R$ 2 milhões para a compra de cadeiras, carteiras, fogões, liquidificadores, todo tipo de equipamentos que foram perdidos. Vamos poder mobiliar nossa escola e voltar às aulas porque educação é a salvação do país. Quero dizer que Dário Meira fica feliz com essa celebração hoje”.

Saúde

A Secretaria da Saúde foi autorizada a celebrar mais de R$ 80 milhões em convênios. A titular da pasta, Adélia Pinheiro, explica que são contratos para reforma de unidades de saúde, aquisição de equipamentos mobiliários e cessão de equipamentos mobiliários. ”A atenção básica, de responsabilidade dos municípios, é o pilar do Sistema Único de Saúde. Quando temos qualidade em atenção básica para todos os baianos e baianas,  nós estamos fazendo a promoção da saúde, prevenção de agravos e acolhendo as necessidades com resolutividade. Assim, nós diminuímos o número de demandas para a média e alta complexidade”.

Educação e esportes 

Outros R$ 37 milhões serão destinados às prefeituras via Secretaria Estadual da Educação (SEC). O secretário da pasta, Danilo de Melo Souza, afirmou que este é um trabalho que vem sendo feito nos últimos 16 anos.  ”Esses convênios, somados às diversas ações de municipalização que têm sido realizadas, têm dado aos municípios as condições de fazer os investimentos necessários para ampliar a matrícula de crianças e jovens e de cumprir o que está determinado no plano nacional de educação”.

Os investimentos autorizados entre as prefeituras  e a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) superam os R$ 50 milhões. São convênios e ordens de serviço que beneficiam amadores e atletas. ”Com isso, estamos somando o maior investimento da história da Bahia em equipamentos esportivos. É esporte por toda parte, é um legado e é fundamental. Não tem como praticar esporte se não tiver onde. Então, além dos programas sociais que nós desenvolvemos, de inclusão do esporte de alto rendimento, uma outra ação fundamental é exatamente investir nos equipamentos esportivos”, ressalta o titular da Setre, Davidson Magalhães.

Veja a lista dos municípios beneficiados: 

Convênios com a Secretaria da Educação (SEC):

Acajutiba, Aporá, Banzaê, Canudos, Cipó, Dário Meira, Esplanada, Irajuba, Iuiú, Jacaraci, Medeiros Neto, Nova Itarana, Novo Triunfo e Teolândia.

Convênios com Setre e Sudesb:

Apuarema, Bom Jesus da Serra, Contendas do Sincorá, Cotegipe, Irecê, Itapebi, Itororó, Lafaiete Coutinho, Maracás, Miguel Calmon, Nordestina, Ouriçangas, Santa Inês, Santanópolis, São Domingos, Sebastião Laranjeiras, Tanquinho , América Dourada, Anagé, Barra da Estiva, Cachoeira, Camamu, Catu, Coaraci, Conceição do Jacuípe, Dias D’Ávila, Elísio Medrado, Gavião, Ibotirama, Itaberaba, Itagibá, Itajuípe, Itaparica, Laje Maraú, Mascote, Mirangaba, Mulungu do Morro, Piripá, Santa Maria da Vitória, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, Taperoá, Uibaí, Remanso, Sento Sé, Lauro de Freitas e Camaçari.

Convênios com a Secretaria da Saúde (Sesab):

Alagoinhas, América Dourada, Anagé, Anguera, Barra do Choça, Brumado, Caculé, Carinhanha, Central, Cícero Dantas, Cocos, Conceição da Feira, Coração de Maria, Dom Basílio, Elísio Medrado, Fátima, Ibitiara, Ibotirama, Ilhéus, Ipecaetá, Irajuba, Irará, Itagibá, Itaparica, Itapicuru, Itapitanga, Itiruçu, Ituaçu, Jacaraci, Jiquiriçá, Juazeiro, Lauro de Freitas, Lençóis, Malhada, Miguel Calmon, Mirangaba, Mortugaba, Mulungu do Morro, Nova Soure, Paramirim, Paratinga, Pindaí, Pindobaçu, Planalto, Poções, Pojuca, Remanso, Ruy Barbosa, Santa Brígida, Santa Inês, Santa Rita de Cássia, Santo Amaro, São Domingos, Sátiro Dias, Saúde, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Sitio do Mato, Sitio do Quinto, Sobradinho, Tabocas do Brejo Velho, Uauá, Ubaitaba, Várzea do Poço e Wanderley.

Repórter: Raul Rodrigues 

Rui considera que adversários tentam se aproveitar da morte dos policiais; ”utilizar mortes para destacar”

/ Bahia

Rui Costa comenta morte de policiais. Foto: Matheus Morais/bahia.ba

Em entrevista ao site bahia.ba na tarde desta segunda-feira (9), o governador Rui Costa falou a respeito da morte de três policiais militares neste fim de semana em Salvador e a utilização deste fato pelos adversários políticos. Segundo Rui, ”o povo conhece essa forma eleitoreira dos adversários de utilizar a morte de um trabalhador para tentar se destacar no período pré-eleitoral”. ”Não perco muito tempo com isso”, minimizou o governador.

O chefe do Executivo baiano disse ainda que ”essa falta de segurança é fruto da política armamentista estabelecida pelo governo federal.”

”Mas eu reitero que isso é fruto também desse desgoverno e, às vezes, eu fico imaginando esses que fazem oposição a mim e que abraçaram o presidente da República, aprovaram essa legislação que favorece ‘encharcar’ e distribuir armas pesadas, armas de toda sorte para, em geral, a entrada no País, e que acaba chegando na mão de criminosos ou de pessoas que não têm equilíbrio necessário, emocional. A gente tem visto, infelizmente, o aumento no número de mortes em discussões… E essas mesmas pessoas que abraçaram Bolsonaro, que apoiaram ele a fazer isso, são os primeiros a fazer demagogia num momento desse.”

2 suspeitos de participação no assassinato de PM são mortos em confronto com a polícia, diz Coronel

/ Bahia

Comandante-geral da PM, coronel Paulo Coutinho. Foto; SSP/BA

Dois suspeitos de participação no assassinato do policial militar Alexandre Menezes, de 30 anos de idade, no último final de semana, na região de Cajazeiras, foram mortos e outros dois ficaram feridos em confronto com a polícia nesta segunda-feira (9).

A notícia foi dada pelo comandante-geral da PM baiana, coronel Paulo Coutinho, em entrevista coletiva no início da tarde de hoje. ”Foram quatro resistentes, dois foram socorridos e algumas prisões estão em andamento”, afirmou o militar.

Em conversa com a imprensa pela manhã, o governador Rui Costa afirmou que autorizou o uso de força máxima das unidades especializadas da segurança pública e citou o sistema judicial ao pedir que a legislação ”não facilite a soltura” de marginais (veja aqui).

Na noite do último sábado (7), Alexandre foi assassinado enquanto fazia rondas no bairro de Águas Claras, na periferia de Salvador, pelo Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM Cajazeiras) (leia mais aqui).

Já na noite de domingo (8), na localidade conhecida como Invasão da Independência, na região de Cajazeiras, em Salvador, dois policiais militares também da 3ªCIPM foram mortos a tiros. Os militares voltavam do velório do colega, soldado Menezes, morto um dia antes em Águas Claras. Com informações do site Bahia Notícias

”Governo precisa assumir sua responsabilidade”, diz João Roma sobre violência na Bahia

/ Bahia

Ex-ministro da Cidadania, João Roma. Foto: Divulgação/Assessoria

O deputado federal e pré-candidato ao governo baiano, João Roma (PL-BA) comentou, nesta segunda-feira (9), sobre, segundo ele, o governador Rui Costa (PT) ter falado que a culpa da violência na Bahia era do presidente Jair Bolsonaro (PL).

”A Bahia acumula mais de 75 mil homicídios em 16 anos de governos petistas e o governador Rui Costa agora quer botar a culpa no presidente Bolsonaro pela desenfreada violência em nosso estado”, declarou.

O pré-candidato bolsonarista citou que é obrigação constitucional dos estados garantir a segurança pública e o governo federal já destinou mais de R$ 100 milhões a Bahia para esse fim desde 2019. ”O governador Rui Costa, por sua vez, não executou nem 20% desse montante em capacitação e equipamentos para as polícias Militar e Civil.”

Segundo Roma, o pior dos pecados é não assumir a própria responsabilidade e transferi-las a terceiros. ”Esse comportamento covarde não cabe a um governante”, disse, ratificando a necessidade de ser adotada uma nova postura no governo da Bahia.

Jornalista é agredida por servidor público em sessão na Câmara Municipal de Eunápolis

/ Bahia

Equipamento da jornalista foi danificado. Foto: reprodução redes sociais

A Jornalista Alinne Werneck, da emissora Ativa FM, foi agredida verbalmente e teve seu equipamento de trabalho danificado durante em sessão na Câmara Municipal de Eunápolis na quinta-feira (5).

Ao registrar imagens da sessão, a repórter foi cercada e chamada de ”palhaça” e ”vagabunda” por um funcionário público e apoiadores da prefeitura. De acordo com pessoas que estavam no local, a confusão começou após a jornalista responder aos questionamentos sobre sua presença na Câmara. Ela teria respondido que estava ”apenas trabalhando”.

”Não precisa dessa agressão, eu não agredi você em momento nenhum. Eu estou aqui trabalhando. Eu não tenho problema em dizer meu nome, eu me chamo Alinne. Estou aqui a trabalho, não estou aqui brincando com ninguém”, afirmou a jornalista.

Em nota, a emissora Ativa FM lamentou o caso. ”Infelizmente, nossa jornalista do ‘Voz ATIVA’, Alinne Werneck, que tantas vezes denunciou os casos de violência contra a mulher, foi vítima de agressão na sessão da câmara (05/05) por um funcionário público da prefeitura de Eunápolis. A Ativa FM recebeu a notícia com profunda indignação e esclarece que presta todo apoio necessário à profissional neste momento tão delicado.”

A rádio reiterou ainda que ”tais violações têm como objetivo intimidar e constranger os profissionais que realizam seu trabalho de levar informações à população, a fim de obstruir o trabalho da imprensa. Portanto, configuram flagrante violação a um pilar da democracia, a liberdade de imprensa. O ARTIGO 19 repudia veementemente as agressões ocorridas no ato de quinta-feira e espera que os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário sejam firmes em casos como esse, explicitando a defesa da liberdade de imprensa, da democracia e da pluralidade de visões e opiniões.”

A prefeitura ainda não se pronunciou sobre o caso. As investigações estão realizadas pela Polícia Civil.

Bahia registra 23 novos casos de Covid-19 e cinco mortes pela doença nas últimas 24h

/ Bahia

A Bahia registrou 23 novos casos de Covid-19 e cinco mortes pela doença nas últimas 24h, segundo o boletim epidemiológico desta segunda-feira (9), divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O número de casos ativos de Covid no estado está em 254.

Desde o início da pandemia, 1.544.576 casos foram confirmados e 29.876 pessoas morreram por causa da doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 19%, ou seja, 40 dos 210 estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com 18 dos 23 leitos ocupados, o que corresponde a 78% de ocupação.

Vacinação

Até o momento, a Bahia tem 11.592.342 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.639.928 com a segunda dose ou dose única, 5.594.092 com a dose de reforço e 51.438 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 907.881 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 403.521 já tomaram também a segunda dose.

Criticado por vigilantes e ANS, plano de Saúde pode ter contrato rompido com governo do Estado

/ Bahia

A gerente de acompanhamento regulatório de redes sociais da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Andreia Ribeiro informou, na última quinta-feira (5), durante participação em audiência pública realizada pela Comissão de Defesa do Consumidor e Relações do Trabalho da Assembleia Legislativa, que a operadora de planos de saúde MedVida, no ano de 2021, permaneceu na faixa 3 de avaliação pela agência, considerada a mais ‘gravosa’, quando apresentou o número de reclamações muito superior à média das outras operadoras de igual porte e segmentação.

A gerente da ANS explicou que, em decorrência do problema, a agência adotou providências administrativas e, no caso da Medvida, decretou um regime especial de direção técnica da operadora. ”A ANS colocou um agente público dentro da empresa para investigar mais a fundo o motivo de tantas queixas, mas, como está em fase de apuração, ainda não se sabe qual será o desfecho, se poderá continuar operando ou será descredenciada”. A audiência pública realizada na Assembleia foi solicitada pelo Sindicato dos Empregados de Segurança e Vigilância (Sindvigilantes-BA) aos deputados estaduais Maria Del Carmem e Jacó, ambos do PT.

”Toda e qualquer operadora que for contratada é obrigada a formar uma rede de prestadores, que terá de fornecer o atendimento integral das coberturas contratadas”, disse ainda a gerente da ANS. Durante a sessão, foi aprovada a emissão de uma carta de repúdio e um pedido ao governo da Bahia para que suspenda o repasse às empresas de vigilância dos valores do plano enquanto não for regularizado o atendimento à categoria. A vereadora Marta Rodrigues, também presente na audiência, comprometeu-se a levar o assunto também à Câmara Municipal de Salvador.

O Sindvigilantes/BA, o Sindmetropolitano e o Sindvigilantes/Feira, além de vigilantes presentes, denunciaram outras empresas por contratarem o plano de saúde que, segundo eles, ”não funciona, maltrata os vigilantes e (…) é o pior do país”. A audiência foi realizada após abaixo-assinado que denunciada a MedVida, subscrito por mais de 1.100 vigilantes ainda no final do ano passado.

Maria Del Carmem e Jacó também anunciaram uma reunião para os próximos dias com a secretaria de Administração do Estado (Saeb) para que os sindicatos cobrem do governo do Estado as providencias que lhe cabem, uma vez que este é o maior usuário dos serviços dos 10 mil vigilantes vinculados ao plano. A ANS e o Procon cobraram dos vigilantes que denunciem as irregularidades. Até o momento do fechamento desta edição, nesta segunda, a MedVida não havia retornado as ligações do site Política Livre, que diz manter o espaço aberto para sua manifestação.

Bahia registra 257 novos casos de Covid-19 e duas mortes pela doença nas últimas 24h

/ Bahia

A Bahia registrou 257 novos casos de Covid-19 e duas mortes pela doença nas últimas 24h, segundo o boletim epidemiológico desta sábado (7), divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O número de casos ativos de Covid no estado está em 286.

Desde o início da pandemia, 1.544.552 casos foram confirmados e 29.871 pessoas morreram por causa da doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 20%, ou seja, 43 dos 210 estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com 19 dos 23 leitos ocupados, o que corresponde a 83% de ocupação.

Vacinação – Até o momento temos 11.588.939 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.633.431 com a segunda dose ou dose única, 5.566.539 com a dose de reforço e 51.417 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 904.037 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 391.947 já tomaram também a segunda dose.

Levantamento da SEI indica que 180 mil mulheres se tornaram mães em 2021 na Bahia

/ Bahia

Mais de 180 mil mulheres se tornaram mães em 2021 na Bahia, segundo um levantamento divulgado nesta sexta-feira (6) pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais (SEI-BA). Entre estas, 1,5 mil eram crianças ou adolescentes com menos de 14 anos.

O perfil das mães indica que a grande maioria era jovem (20 a 29 anos) ou adulta (30 anos ou mais). Esses grupos etários respondiam por, respectivamente, 48,1% e 35,6% das mulheres que se tornaram mães na Bahia em 2021. Já entre a população feminina adolescente na Bahia, de 10 a 19 anos, 2,56% tiveram filho(s) em 2021.

Entre os filhos nascidos vivos, a maioria foi do sexo masculino, o que equivalia uma razão dos sexos de 104, ou seja, para cada 100 meninas nascidas vivas na Bahia em 2021, nasceram 104 meninos.

No ano passado, 164 mulheres morreram por causas maternas. Isso significa que houve 8,9 óbitos maternos a cada 100 mil nascidos vivos. Metade dos óbitos ocorreu durante o puérperio. As principais causas foram: eclampsia (10,4%); hipertensão gestacional (5,5%) e; hemorragia pós-parto (5,5%).

Restos mortais de Waldick Soriano são enterrados em cemitério de Caetité: ”Emocionante”

/ Bahia

Waldick recebeu carinho dos fãs em Caetité. Foto: Reprodução

No sereno da madrugada desta sexta-feira, onde boêmios possuem a lua e a bebida como heranças, os restos mortais do cantor apaixonado Waldick Soriano chegavam na cidade baiana de Caetité, a 645 km de Salvador. A última serenata do cantor baiano terminou diferente de suas músicas sofridas e de corações partidos: com final feliz. Os restos mortais do cantor, sem o devido cuidado no túmulo número 53817, no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro, agora descansam na boemia eterna do cemitério de sua cidade natal. Agora com lápides de granito, flores regadas e justas homenagens, Waldick recebeu carinho dos fãs e de familiares que moram em Caetité. Seu mais novo túmulo promete ser um local de frequente visita de diversos fãs da região.

”Preferimos algo mais familiar e decidimos não avisar sobre a chegada dos restos mortais de Waldick, do meu pai e avô. Mesmo assim, vazou sua chegada e teve muita gente da região e até de outras cidades acompanhando o enterro. Foi muito gratificante e emocionante. Teve um fã de Brumado que soube ontem de noite e acordou cedo para chegar a tempo para a  missa e o sepultamento”, disse o advogado João Soriano, sobrinho de Waldick. Seu pai e xará também estava enterrado no mesmo túmulo do Rio de Janeiro, assim como o pai de Waldick, Manoel Sebastião Soriano. Os três foram enterrados juntos novamente.

”É uma forma de reconhecer o artista da terra. Tivemos o apoio de muita gente quando decidimos trazer os restos mortais de nossos familiares para Caetité. A família, amigos e fãs agora poderão prestar suas homenagens ao cantor da terra, que agora descansa com o devido merecimento”, completa João. Segundo o advogado, filhos do cantor foram consultados, mas ninguém se mostrou interessado em fazer algo pelos restos mortais de Waldick. Foi aí que começou a missão de trazê-lo para a cidade baiana.

Outra parente do artista teve um papel decisivo na transferência. Sobrinha de Waldick, Waldelita Soriano, carinhosamente conhecida como Dona Litinha, morava no Rio de Janeiro e convivia diariamente com o rei do brega, até sua morte, em 2008, em decorrência de um câncer de próstata, aos 75 anos.

”Ele vivia lá em casa, convivemos e crescemos juntos. Ele era 11 anos mais velho que eu. Eu também morava no Rio de Janeiro e comprei uma lápide para meu avô. Waldick morreu e foi enterrado lá também. Enquanto estava lá, cuidava do túmulo, que nunca esteve mal cuidado, era apenas rústico. Quando retornei a Caetité, não pude mais cuidar e ficou lá. A família dele nunca cuidou. A mulher [viúva] dele não cuidou. Quem recebe todos os direitos autorais é ela, mas nunca cuidou do túmulo dele e nunca visitava o túmulo. Então foi isso. Os familiares dele daqui o trouxeram de volta para Caetité. Missão cumprida”, disse Waldelita, que providenciou toda burocracia para a transferência. Waldick deixou cerca de 800 músicas compostas e 80 discos gravados.

Como é proprietária do túmulo no Rio, além de providenciar as papeladas, Litinha foi até o Rio acompanhar a exumação do boêmio e conseguir o translado da capital fluminense até Caetité. Apesar da oferta de ajuda financeira da prefeitura de Caetité, de amigos e políticos da região, Litinha não aceitou e preferiu arcar com todos os gastos. Mesmo assim, alguns moradores de Caetité não pretendem parar por aí.

”Era um desejo antigo de todos aqui na cidade. Vamos agora providenciar um busto de Waldick Soriano na praça, com direito a chapéu e óculos tradicionais. Caetité precisa valorizar seus filhos ilustres que levavam nosso nome pelo país. Eu mesmo já tomei uma pinga com Waldick e guardo isso com muito orgulho. Não aguentei acompanhá-lo, era novo na época e nosso cantor já tinha bastante experiente na boemia, né?”, lembra o prefeito de Caetité, Valtécio Aguiar. ”Agora demos um lugar digno para este grande ícone da história da música brasileira”, completa.

O dia de homenagens neste segundo velório e sepultamento foi mais comedido. Primeiro, uma missa apenas para familiares, políticos e alguns fãs que souberam da chegada dos restos mortais. O monsenhor Adhemar Cardoso, de 93 anos, celebrou a missa.  A celebração terminou com o sepultamento e uma salva de palmas. Agora, a homenagem fica a cargo de cada boêmio caetiteense, em cada brinde no bar ou no lamento do amor perdido. ”Embriagado, passo as noites pelas ruas! Só tenho a lua e a bebida como herança / E hoje dela só me resta uma lembrança / A torturar a minha alma de boêmio”. Sextô, Waldick! Com informações do Correio