Tradicional Vaquejada de Serrinha cancela edição de 2022 por avanço da Covid no Município

/ Bahia

Após dois anos sem a realização da Vaquejada de Serrinha, tradicional evento da cidade, não será em 2022 que a festa será retomada. A organização do evento divulgou nesta quarta-feira (14), que o festejo não será realizado neste ano por conta do avanço da Covid-19.

”Num ambiente de grandes incertezas, decorrentes da própria pandemia, restou bastante dificultada a programação do evento, que, em razão da sua grandiosidade e história, exige meses de dedicação, a fim de oferecer ao nosso público sempre a maior e melhor vaquejada do Brasil. Se não bastasse, o inegável avanço da Covid-19 nas últimas semanas, aliada a uma expectativa negativa no que tange ao estado de saúde pública para os próximos meses, terminam por tornar todo esse contexto ainda mais incerto”, apontou em nota.

Os organizadores indicaram que ”os clientes que possuem ingressos do evento programado para 2020 poderão nos procurar, a fim de que seja procedida a devolução do dinheiro”.

Os interessados podem encaminhar email para: [email protected] com nome completo, CPF, e-mail cadastrado, data da compra, comprovante de pagamento, valor pago, dados bancários do titular da compra e telefone de contato. A Vaquejada de Serrinha já tem nova data firmada para 2023 e deve ter os festejos realizados entre 06 a 10 de setembro.

São João deve aquecer comércio baiano com aumento de 5,2% nas vendas, espera Fecomércio

/ Bahia

Imagem da área central de Jaguaquara. Foto: BBlog Marcos Frahm

Após dois anos sem os festejos oficiais de São João, a data trará ganhos importantes para a cadeia da economia de serviços e comércio na Bahia. A avaliação é da Fecomércio-Ba, que prevê um aumento de 5,2% nos dois setores que mais se beneficiam com a data: supermercados e vestuário.

O dado não é específico do movimento financeiro do período comemorativo, mas, segundo a entidade, ajuda, pelo menos, a captar a tendência do mês, que será positiva e receberá grande influência dos festejos juninos.

”O faturamento no mês desses dois setores, no estado da Bahia, deve ficar próximo a R$ 2 bilhões, quase R$ 100 milhões a mais do que junho de 2021. O setor supermercadista tende a crescer 5,3% na comparação anual com faturamento de 1,5 bilhão, e as lojas de vestuário, tecidos e calçados devem faturar R$ 510 milhões, aumento de 4,4% no contraponto anual”, destacou o consultor econômico da Fecomércio-BA, Guilherme Dietze.

Para o consultor, esse impacto dos festejos irá ocorrer ”tanto por parte dos consumidores que irão aos supermercados para montar os encontros em casa, quanto dos organizadores de eventos, donos de hotéis e pousadas, que precisam abastecer os locais para atender ao público”.

O estudo da entidade revelou também que os consumidores precisarão gastar mais para comprar os mesmos produtos do ano passado. A inflação geral na Região Metropolitana de Salvador foi de 13,24% em 12 meses até meados de maio. Porém, os itens relacionados à data comemorativa estão mais caros. O valor da farinha de trigo, por exemplo, cresceu 27,40%, já o vestuário teve um crescimento de 24,56%. Milho-verde em conserva (22,33%) e mandioca (19%) seguem na lista dos que mais sofreram com a inflação.

”De forma geral, junho tende a ser um mês positivo nos setores do comércio que são influenciados pela festa de São João, apesar do aumento de preços acima da inflação geral. A volta do evento presencial e com grande expectativa da população da região trará grandes benefícios para a economia, além do impulso nas vendas, muitas oportunidades de emprego”, esclarece o economista.

 

Bahia registra 3.416 casos ativos de Covid-19 e mais 1 óbito, diz boletim epidemiológico

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.048 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,07%) e 571 recuperados (+0,04%). Dos 1.556.741 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.523.363 já são considerados recuperados, 3.416 encontram-se ativos e 29.962 tiveram óbito confirmado. Nas últimas 24h, o estado registrou 1 óbito.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira (15) contabiliza ainda 1.899.277 casos descartados e 337.823 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia, 63.784 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.605.506 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.701.927 com a segunda dose ou dose única, 6.098.345 com a dose de reforço e 429.673 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 958.548 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 534.626 já tomaram também a segunda dose.

”Ele matou minha filha e precisa pagar por isso”, diz mãe de dentista atropelada em Ilhéus

/ Bahia

A dentista Ranitla Bonella, de 23, morre atropelada. Foto: Rede social

Familiares e amigos da dentista Ranitla Bonella, de 23 anos, protestaram nesta quarta-feira (15) na BA-001 pedindo justiça após a morte de jovem, que foi atropelada no sábado (11), no trecho urbano da cidade de Ilhéus, no sul da Bahia. O motorista fugiu depois do atropelamento.

”A cada relato a gente vê que o que aconteceu com minha filha não foi um acidente. Ele foi assassinada brutalmente, tiraram a vida da minha filha, esse monstro…”, disse a mãe da jovem, Romênia, à TV Bahia. ‘Quantas vezes ela fez esse percurso e te garanto, ela fez da forma correta, como dá para ver, ela estava na faixa de pedestre quando esse bandido, assassino, atingiu a minha filha, tirou a vida da minha filha, olhou pro corpo da minha filhinha jogado no chão e foi olhar se o carro dele tinha amassado”, afirmou, em meio a lágrimas. “Ele matou a minha filha e precisa pagar por isso”.

O empresário Tharcísio Aguiarse, que atropelou a dentista, se apresentou à delegacia na segunda, foi ouvido e liberado. Ele alegou que teve medo de ser agredido depois do atropelamento e por isso não ficou no local. O prazo para conclusão do inquérito é de 30 dias. O motorista vai responder em liberdade.

Geraldo Jr. diz que a mudanças no Carnaval precisam passar pela Câmara; ”não chegou à nossa Casa”

/ Bahia

Geraldo Jr. fala sobre mudanças no Carnaval. Foto: CMS

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr. (MDB), comentou sobre as recentes discussões quanto a substituição do circuito Barra-Ondina no Carnaval de Salvador (confira aqui e aqui).

De acordo com Geraldo, o assunto ainda não foi debatido na Câmara. ”Temos o dever de ordem de todo assunto da cidade de Salvador e do cidadão soteropolitano. [O projeto] Tem que passar pela Câmara Municipal da cidade. Nós temos uma comissão do carnaval na Câmara criada tempestivamente para que assuntos relacionados ao carnaval sejam orientados, debatidos e analisados pela Casa e essa matéria ainda não chegou à nossa Casa”, disse o presidente em entrevista coletiva.

Geraldo ainda garantiu que as mudanças não serão feitas sem antes serem discutidas na Câmara Municipal. ”Nós entendemos que essa matéria não deve prosperar e os avanços não devem ser feitos se não forem debatidos, analisados e discutidos pela Câmara Municipal de Salvador”.

O presidente ainda informou que lançará uma nota pública informando que não será feita nenhuma mudança nos circuitos sem a participação da Câmara. Com informações do site Bahia Notícias

Cruz das Almas: Garoto atingido por ”espada” perde 11 dentes devido a ferimentos e segue internado

/ Bahia

A criança de 11 anos atingida por uma espada em Cruz das Almas, no Recôncavo, perdeu 11 dentes. O menor segue internado nesta quarta-feira (15) no Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana. Segundo a TV Subaé, o garoto ainda passou por duas cirurgias. O menino Alex Ribeiro Costa foi ferido gravemente após ser atingido por uma espada na noite desta segunda-feira (13) (ver aqui).

O padrasto dele, Josenildo Oliveira da Silva, disse que o menino não tem hábito de soltar espadas, mas no dia do ocorrido foi ver a disputa pela primeira vez. Depois de ser atingido, o garoto foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

Por conta da gravidade, foi necessário leva-lo para o Hospital Estadual da Criança. A secretaria de saúde de Cruz das Almas informou que o estado de saúde do menino é estável. O Conselho Tutelar municipal segue dando suporte à vítima, porque a família do garoto vive em situação de vulnerabilidade social.

Desde 2011, as guerras de espadas estão proibidas, com base no Estatuto do Desarmamento, instituído em 2003, por causa do risco à vida. Com informações do site Bahia Notícias

Bahia registra 2.940 casos ativos de Covid-19 e mais 2 óbitos, diz boletim epidemiológico

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 952 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,06%) e 579 recuperados (+0,04%). Dos 1.555.693 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.522.792 já são considerados recuperados, 2.940 encontram-se ativos e 29.961 tiveram óbito confirmado. Nas últimas 24h, o estado registrou 2 óbitos.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico desta terça-feira (14) contabiliza ainda 1.897.629 casos descartados e 337.440 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta terça-feira. Na Bahia, 63.735 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.602.728 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.698.645 com a segunda dose ou dose única, 6.065.579 com a dose de reforço e 396.055 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 957.104 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 529.127 já tomaram também a segunda dose.

Prefeito Zé Bahia, do Podemos, anuncia apoio a pré-candidatura de Jerônimo durante encontro com Rui

/ Bahia

Prefeito sela apoio em encontro com Rui Costa. Foto: assessoria

O prefeito de Tremedal, Zé Bahia, anunciou nesta terça-feira (14) que apoiará à candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT) na disputa pelo governo da Bahia neste ano. O Anúncio foi feito em visita ao governador Rui Costa na noite desta terça-feira (14).

Zé Bahia é filiado do Podemos, e justificou sua decisão como ”reconhecimento do trabalho que o governador vem realizando em todas as regiões do Estado sem discriminação partidária”.

Padrinho é preso acusado de abuso sexual contra afilhada; criança revelou após assistir palestra

/ Bahia

O caso aconteceu em Jaborandi/BA. Foto:divulgação/SSP
Um homem acusado de abusar sexualmente de sua afilhada de 9 anos foi preso nesta terça-feira (14), por policiais da Delegacia Territorial de Jaborandi, na Bacia do Rio Corrente, no extremo Oeste baiano, com apoio do Serviço de Inteligência da 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Santa Maria da Vitória.
A menor, após assistir uma palestra na escola sobre abuso sexual, confidenciou à mãe que desde os cinco anos era violentada pelo seu padrinho. De posse dessas informações, a genitora registrou uma ocorrência, a vítima passou por exame sexológico e foi solicitado o mandado de prisão preventiva do autor.
No cumprimento da ordem judicial, o celular do homem foi apreendido com imagens da criança despida. Ele foi encaminhado para a delegacia, onde segue custodiado à disposição do Poder Judiciário. A menina está sendo assistida pelo Conselho Tutelar municipal.

PF deflagra operação na Bahia contra o tráfico internacional de drogas; PMs são investigados

/ Bahia

PF cumpre mandados em operação contra tráfico. Foto: TV Bahia

Cerca de 60 policiais federais e 30 policiais militares da Bahia e de São Paulo cumprem 11 mandados de busca e apreensão nos estados da Bahia, São Paulo e Goiás, na manhã desta terça-feira (14).

Um dos mandados na capital baiana está sendo cumprido no bairro de Alphaville, no condomínio Alpha Park. A ação faz parte da terceira fase da Operação Olossá, deflagrada pela Polícia Federal, que tem com o objetivo de desarticular organização criminosa especializada no tráfico internacional de cocaína, de haxixe e de drogas sintéticas.

Existe a suspeita de envolvimento de PMs baianos no esquema criminoso. Em razão disso, a Corregedoria Geral da Segurança Pública da Bahia, através da Força Tarefa, acompanha a operação.

De acordo com a PF, a organização criminosa é investigada em razão da remessa de cocaína para Europa por meio de fundo falsos preparados em malas de viagens despachadas em voos internacionais com destino a Europa e Ásia.

Durante as investigações foi identificado que os líderes da organização contratavam pessoas exclusivamente para viajar para a Europa e Ásia transportando o entorpecente em voos que partiam dos Aeroportos de Salvador, Guarulhos, Rio de Janeiro, Recife e Curitiba. A mesma Organização Criminosa era responsável pela comercialização, no Brasil, de drogas sintéticas advindas do exterior e pela produção de haxixe em imóveis improvisados no interior de São Paulo.

Os mandados judiciais foram expedidos pela 2ª Vara Federal de Salvador que também decretou o sequestro de imóveis e bloqueios de valores em contas bancárias usadas pelos investigados. Com informações do site Bahia Notícias

MP e Tribunais de Contas definem ações conjuntas de fiscalização dos gastos públicos com festas juninas

/ Bahia

Ações conjuntas de fiscalização são discutidas. Foto: MP

Ações conjuntas de fiscalização e de orientação dos gestores públicos sobre gastos realizados com os festejos juninos foram debatidas pelo Ministério Público estadual e Tribunais de Contas do Estado (TCE) e dos Municípios ontem (13).

Durante a reunião, o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção à Moralidade Administrativa (Caopam), promotor de Justiça Frank Ferrari, e os presidentes do TCE e TCM, respectivamente, Marcus Presidio e Plínio Carneiro, definiram que as atividades de fiscalização terão o propósito de assegurar a melhor preservação dos recursos públicos e o cumprimento das normas orçamentárias e de responsabilidade fiscal.

Isso deve ser feito sem perder de vista que a preservação do interesse público inclui a priorização de medidas que privilegiem a manutenção dos festejos e de seus benefícios para a economia e o lazer, assim como atenda a legítima expectativa da comunidade na preservação de sua cultura e tradição, frisam eles.

Os órgãos também decidiram que, para melhor eficiência do trabalho de fiscalização, as ações serão concentradas nos municípios que empreguem maior volume de seus recursos na realização das festividades, e, mais especialmente, naqueles que tiveram emergência/calamidade decretada e foram beneficiários de aportes de recursos federais e/ou estaduais de transferências decorrentes dessas situações.

Além disso, serão foco da fiscalização os municípios que não aplicaram recursos vinculados previstos, especialmente na área da saúde, e detenham elevadas dívidas previdenciárias, entre outras. Essa fiscalização, explica o promotor de Justiça Frank Ferrari, deve ser realizada com a devida cautela, pautada pela análise de custos e benefícios com vistas à mais efetiva proteção do interesse público.

Para ele, dentre as várias formas de abordar e tratar os problemas relacionados à defesa do patrimônio público, ”não há dúvidas de que a atuação preventiva de danos ao erário e de outros ilícitos é a abordagem mais econômica, possuindo menores custos sistêmicos com potencial de produção de maiores e melhores benefícios, de modo que deve ser preferida às intervenções reativas, sobretudo aquelas de natureza repressiva e sancionatória, muito mais caras para todos e em todos os sentidos possíveis”.

O promotor de Justiça alerta, entretanto, que a prevenção será priorizada sem prejuízo da eventual adoção de medidas mais duras em face de casos mais graves, ”o que esperamos seja desnecessário”.

O presidente do TCE, Marcus Presídio, registrou que as instituições estão buscando ”a melhor forma de preservar o interesse público, de forma a preservar os recursos financeiros sem perder de vista os interesses econômicos e culturais legítimos da população. Buscaremos, sobretudo, orientar os gestores para prevenir novas ocorrências de irregularidades no futuro, aproveitando para preparar o controle externo para nos apoiar na prevenção das situações indesejadas”.

Ainda segundo o MP e os Tribunais de Contas, será promovida a verificação do conteúdo das decisões que fundamentaram a realização dos eventos e os valores despendidos, com a exposição clara e detalhada dos motivos, bem como as justificativas para os dispêndios com a contratação de artistas, estruturas e outros gastos relacionados.

O promotor de Justiça e os presidentes dos Tribunais destacam que os esforços buscarão soluções que previnam que o problema volte a ocorrer futuramente, com o estabelecimento de orientações para os gestores públicos que melhor assegurem a prevenção de danos e ilícitos para os próximos anos e garantam o estabelecimento de parâmetros de razoabilidade e proporcionalidade para realização desses gastos, e com a orientação da população sobre a importância de sua participação no controle social.

No entendimento do presidente do TCM, Plínio Carneiro, prevenção e orientação são as palavras-chave quando o assunto é a fiscalização dos recursos públicos. ”Em grande parte das vezes o político não está suficientemente preparado para ser gestor. E ainda há a questão da rotatividade da gestão pública, que é um processo natural da democracia. É aí que entra o nosso papel, de orientar e capacitar os gestores para que façam o controle dos gastos de forma correta. Eu vejo esta reunião como um grande avanço, principalmente no que diz respeito à orientação aos gestores”, concluiu ele.

Ascom MP

Prefeito de cidade baiana teve carro roubado enquanto visitava plantação de milho na zona rural

/ Bahia

O prefeito de Adustina, cidade do nordeste da Bahia, Paulo Sérgio, teve o carro em que estava roubado, no domingo (12), quando ia visitar uma plantação de milho, no povoado de Tuazeiro, na zona rural de Sítio do Quinto, a cerca de 360 km de Salvador.

Ao site g1, o prefeito contou que estava com quatro amigos, quando foi abordado por três homens armados. O trio roubou celulares, carteiras e o carro, que é de uma empresa, que presta serviço para a prefeitura.

”As pessoas que vão visitar plantações de milho na zona rural não levam dinheiro. Acredito que eles queriam o carro para fugir de alguém”, afirmou.

Durante o assalto, Paulo Sérgio informou que um dos suspeitos apontou a arma duas vezes para a cabeça dele. ”Eles estavam bem agressivos, apontaram a arma duas vezes na minha cabeça. Depois que roubaram todo mundo, foram embora”, contou o prefeito.

O gestor municipal disse que não sofreu ameaças e que acredita que o crime não tem ligação política.

A Polícia Civil informou que o caso é investigado pela Delegacia Territorial (DT) de Adustina. Ao todo, os suspeitos roubaram três celulares, R$ 600 e o veículo. As vítimas passaram por exames de corpo de delito.

A Polícia Civil afirmou ainda que qualquer informação sobre o veículo pode ser denunciada através do Disque Denúncia da SSP, no número 181.

Bahia registra 92 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 92 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,01%) e 135 recuperados (+0,01%). Dos 1.554.741 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.522.213 já são considerados recuperados, 2.569 encontram-se ativos e 29.959 tiveram óbito confirmado. Nas últimas 24h, o estado registrou 3 óbitos.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico desta segunda-feira (13) contabiliza ainda 1.896.317 casos descartados e 337.019 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia, 63.686 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.602.728 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.698.558 com a segunda dose ou dose única, 6.063.122 com a dose de reforço e 389.920 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 956.540 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 528.340 já tomaram também a segunda dose.

Rui Costa diz que aumento no número de casos de Covid não afeta realização do São João

/ Bahia

Rui comenta números da Covid. Foto: Romulo Faro/bahia.ba

O governador Rui Costa (PT) afirmou que o aumento no número de casos de Covid-19 no estado não irá afetar a realização dos festejos de São João. Segundo o petista, embora tenha havido um crescimento de registros de infectados, não houve alteração no número de internados em UTIs e de casos de mortes pela doença. O governador atribuiu o ‘cenário positivo’ à vacinação.

”[O aumento no número de casos de Covid-19] não vai colocar em risco o São João. Nós estamos monitorando constantemente a situação”, disse o governador durante inauguração da policlínica de saúde em Narandiba, em Salvador, na manhã desta segunda-feira (13).

”Há 60 dias atrás, nós tínhamos 180 casos ativos. Nós estamos agora com 2600 [casos]. O número subiu muito. Mas a gente não olha só pra este número de contaminados, a gente olha para outros dados. A gente olha se essa elevação de casos está resultando em aumento do número de internamentos. Não está. A gente olha se essa elevação de casos está aumentando o número nas UTIs. Não está. Se essa elevação de casos está elevando o número de mortes. Não está. E por que isso está acontecendo? Por conta da vacina.”, declarou Rui Costa, segundo informações do site Bahia.ba

Rui Costa voltou a cobrar a vacinação da parcela da população que ainda não se imunizou. Segundo o petista, com as aglomerações dos festejos juninos, a tendência é que o número de casos ativos da doença aumente. No entanto, se a população estiver vacinada, segundo o governador, o número de internados e mortes serão combatidos.

”O São João vai aglomerar muita gente e o São Pedro também. Se todo mundo estiver vacinado, a gente pode até crescer o número de casos mas isso não vai se reverter em aumento internamento, de UTI ou de mortes.”, afirmou.