Vereador de Anagé testa cavalo em montaria e cai de animal após bater contra muro; vítima está internada

/ Bahia

O vereador Igor Leonardo Oliveira Macário (PSL), de 38 anos, da cidade de Anagé, sudoeste da Bahia, caiu de um cavalo após bater contra um muro em uma pista de montaria. Ele estava testando o cavalo que havia comprado. O vereador foi internado no Hospital Geral, em Vitória da Conquista, após o acidente, que ocorreu na tarde de domingo (25). Nesta segunda-feira (26), o estado de saúde dele é estável. De acordo com a Câmara de Vereadores, Igor Macário sofreu o acidente na zona rural do distrito de Boa Nova. Ele estava em uma pista de montaria testando um cavalo que havia comprado. Durante o teste, o vereador perdeu o controle do animal e bateu de frente com um muro. Ele teve lesões na cabeça em dois lugares. Não há informações sobre a gravidade das lesões. Segundo o presidente da Câmara de Vereadores de Anagé, Rogério Bomfim, Igor passou por exames na cabeça, durante a manhã desta segunda, para saber que tipo de tratamento irá passar. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do animal que estava com o vereador. Igor Macário é natural de Vitória da Conquista, também no sudoeste, mas atua como parlamentar na cidade de Anagé.

Bahia terá planos regionais de Saneamento Básico, com base em modelo dos consórcios públicos

/ Bahia

Prefeitos assinam convênio de saneamento. Foto: Renan Calixto

O modelo dos consórcios públicos municipais para elaboração dos planos de saneamento Básico de cidades baianas será ampliado. A estratégia, criada pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) e coordenada pela Agência Reguladora de Saneamento (Agersa), que serviu de referência para cerca de 100 municípios do interior, agora será conduzida pela Empresa Baiana de Saneamento e Águas (Embasa) no âmbito regional. O objetivo é impulsionar o desenvolvimento sustentável através da gestão associada de serviços públicos que promovam o saneamento. Com este intuito, o Consórcio Portal do Sertão assinou na manhã desta sexta-feira (23), no Gabinete da Sihs, o convênio de cooperação técnica para elaboração do Plano Regional de Saneamento Básico do Território Portal do Sertão no valor de R$ 99 mil. Ao todo, 16 municípios serão beneficiados: São Gonçalo dos Campos, Terra Nova, Santo Estevão, Coração de Maria, Anguera, Água Fria, Antônio Cardoso, Irará, Ipecaetá, Santa Bárbara, Santanópolis, Conceição da Feira, Teodoro Sampaio, Amélia Rodrigues, Conceição do Jacuípe e Tanquinho. ”O saneamento é uma política pública de extrema importância para a Bahia e as ações efetivas neste aspecto trazem impactos positivos relevantes para a população”, salientou o secretário Cássio Peixoto. Para ele, o instrumento da gestão associada regional vai permitir o enfrentamento dos problemas de forma a solucionar questões comuns numa mesma região. “Isso favorece a qualidade de vida, desenvolve a economia e melhora o aspecto social dos municípios”, enfatizou Peixoto, lembrando que todas as cidades conveniadas já possuem seus planos municipais de saneamento básico.

Ilhéus: Sesab confirma dois casos de sarampo; últimos casos na Bahia ocorreram em 1999

/ Bahia

Duas pessoas foram diagnosticada com sarampo em Ilhéus, no sul baiano. Segundo a Secretária da Saúde (Sesab),  os pacientes estão contaminados com o tipo selvagem da enfermidade. A suspeita é que os dois tenham contraído a doença em contato indireto com um amazonense, diagnosticado com o vírus em setembro passado. O caso dele é considerado importado. Conforme a Sesab, o homem veio à Bahia a trabalho e já chegou ao estado doente. De acordo com o G1, a suspeita inicial era de que o vírus dos dois pacientes pudesse ser vacinal. Os dois haviam sido vacinados recentemente. No entanto, um exame realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) comprovou que o vírus tem mesmo genótipo da doença do paciente do Amazonas. A Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau) informou que ainda não foi notificada pela Sesab, mas que os casos são apurados. Ainda segundo a Sesab, o último registro de sarampo no estado ocorreu em 1999.

Bebê de 7 meses se engasga com leite ne é salvo de asfixia com ajuda de bombeiro por telefone

/ Bahia

Um bebê de 7 meses foi salvo de asfixia com ajuda de um bombeiro, através do telefone, após se engasgar com leite, na cidade de Porto Seguro, sul da Bahia. A manobra de salvamento foi feita pela mãe, que seguiu as instruções do bombeiro. O caso aconteceu no final da noite de quinta-feira (22), por volta das 22h30. A Secretaria de Segunça Pública da Bahia (SSP-BA) informou nesta sexta (23) que a criança passa bem. Depois de tentar contato com vários familiares, Juliana Aguiar dos Reis, de 26 anos, ligou para a polícia pedindo ajuda para o pequeno Kalel, que não conseguia respirar. A ligação foi direcionada para o Corpo de Bombeiros. O sargento Adilson Francisco Santana instruiu Juliana a aplicar a Manobra de Heimlich – manobra de desobstrução das vias aéreas superiores que induz uma tosse artificial que deve expelir o objeto da traqueia da vítima. Em seguida, a mãe de Kalel foi orientada a fazer sucção nasal, o que desobstruiu as vias respiratórias do bebê.

Salvador: Entregue trecho da Avenida 29 de Março que liga Paralela à Estrada Velha do Aeroporto

/ Bahia

Governador entrega obra na capital baiana. Foto: Mateus Pereira

O Governo do Estado entregou mais uma obra de mobilidade na capital baiana, na manhã desta sexta-feira (23). O ato de abertura da via que faz parte da Linha Vermelha foi realizado pelo governador Rui Costa. O trecho compreende a implantação da Avenida 29 de Março, na parte que liga a Avenida Paralela à Aliomar Baleeiro, mais conhecida como Estrada Velha do Aeroporto. Somente nesta parte da obra foram investidos mais de R$ 78 milhões. ”Essa etapa oferece acessibilidade a todas as comunidades aqui do entorno, como Boca da Mata, Fazenda Grande, Cajazeiras, entre outras. Em março, vamos entregar a próxima etapa, que é a conexão com a Via Regional, que vai possibilitar a trafegabilidade de pessoas entre a BR-324 e a Paralela, e vice-versa”, explicou o governador. Ainda de acordo com Rui Costa, esta é a primeira vez, na história de Salvador, que se corta, transversalmente, a cidade. ”O que o Governo planejou para a capital transforma a mobilidade da cidade. Além do metrô, essas duas vias estruturantes, batizadas de Linha Azul e Linha Vermelha, que garantem o acesso da Orla até o Subúrbio, figuram como um grande avanço para os baianos”, destacou. Segundo o diretor de obras estruturantes da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), Sérgio Silva, nesta sexta-feira estão sendo entregues quatro quilômetros de obras viárias. ”Hoje entregamos a ligação da Avenida Paralela com a Estrada Velha do Aeroporto, composta por três pontilhões, um viaduto e totalmente iluminada com tecnologia LED. Essa é mais uma ação do Governo do Estado que dá continuidade ao trabalho para fazer as via alimentadoras do metrô”. A Avenida 29 de Março integra a Linha Vermelha, que foi projetada para ligar a orla de Salvador à BR-324, no trecho próximo a Águas Claras, com um investimento total de R$ 581,5 milhões. O trecho da via entregue conta com pista dupla, sendo três faixas de tráfego por sentido e uma delas com capacidade para operar o sistema BRT. Também foram instalados passeio com acessibilidade, ciclovia, iluminação em LED, sinalização horizontal e vertical e paisagismo em toda a extensão da via. Outros serviços complementares, como a macrodrenagem do Rio Jaguaribe, também foram realizados.

Operação Lava Jato: Ex-secretário de Wagner e ex-presidente da OAS são presos em Salvador

/ Bahia

O ex-secretário de Desenvolvimento Urbano no governo de Jaques Wagner (PT) e ex-diretor da OAS na Bahia Manuel Ribeiro e o ex-presidente da OAS Elmar Varjão foram presos na operação da Polícia Federal na Bahia, deflagrada para apurar suposto superfaturamento na construção da sede da Petrobras em Salvador, conforme apurou o site Bahia Notícias. Além de Ribeiro e Varjão, o empresário Mario Cesar também foi preso preventivamente na capital baiana. O ex-presidente da OAS já havia sido preso em 2015, na operação Vidas Secas, que investigou suspeita de desvio de R$ 200 milhões nas obras de Transposição do Rio São Francisco. Marice Correa, cunhada do ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, também foi presa temporariamente em outro estado.

Operação ”Lava Jato” apura desvios na construção da sede da Petrobras, na Bahia

/ Bahia

A 56ª Fase da Lava Jato, chamada de Operação Sem Fundos, deflagrada hoje (23) pela Polícia Federal (PF), tem como alvo ações criminosas em todo o processo de construção da sede da Petrobras, em Salvador. Segundo a PF, as investigações indicam a ocorrência de superfaturamento nos contratos de gerenciamento da construção, de elaboração de projetos de arquitetura e de engenharia. As investigações apontam ainda esse superfaturamento foi direcionado para ”viabilizar o pagamento de vantagens indevidas para agentes públicos da Petrobras e dirigentes da Petros, além de terceiros com eles mancomunados. Tudo isso em prejuízo à estatal e ao fundo de pensão investidor, este mantido mediante patrocínio da própria Petrobras e das contribuições de seus empregados”, diz nota da PF. Os policiais federais cumprem desde as primeiras horas da manhã de hoje 68 mandados de busca e apreensão, oito de prisão preventiva e 14 de prisão temporária, em endereços em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia, para reprimir ”a prática de crimes de corrupção ativa e passiva, gestão fraudulenta de fundo de pensão, lavagem de dinheiro e organização criminosa”.

Suspeita de bomba tumultua aeroporto de Salvador e atrasa desembarque de passageiros

/ Bahia

Clima foi de tensão no aeroporto. Foto: Reprodução/bahia.ba

O voo UX083 da companhia AirEuropa que saiu de Madri, na Espanha, por volta de 15h desta quinta-feira (22), com destino a Salvador, chegou à capital no horário previsto, às 20h50. Ao pousar no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, no entanto, o avião não pôde se aproximar da área de desembarque por orientação da Polícia Federal (PF) que, de acordo com o piloto do voo, estava apurando uma suspeita de bomba no terminal aéreo. O condutor avisou aos passageiros que eles deveriam aguardar a autorização de desembarque. Em contato com o Jornal Correio, a jornalista Aline Barnabé, que estava no voo, relatou que só conseguiu sair da aeronave às 22h, quase uma hora depois de chegar em Salvador. Embora, de acordo com Aline, não tenha havido pânico, muitos passageiros ficaram apreensivos, com medo de perder outros voos. ”O piloto não deixou ninguém sair, pediu para que todo mundo voltasse para seus lugares e sentasse, porque a polícia estava apurando uma suspeita de bomba no aeroporto. Então, o avião não se aproximou do local do desembarque. Só saímos depois que a PF liberou, porque só tinha sido uma ameaça. Pelo que entendi, alguém esqueceu uma mala ou sacola e eles suspeitaram”, contou. Em nota, a concessionária Vinci, que administra o aeroporto, informou que ”durante a inspeção de rotina da bagagem dos passageiros [em um voo que estava prestes a embarcar], foi identificada uma suspeita de artefato explosivo” e que, para obedecer protocolos de segurança, a bagagem contendo o objeto foi retirada e levada para um local que não oferecesse risco aos passageiros e demais usuários do Aeroporto”. O Correio informou que procurou a assessoria da Polícia Federal para entender o que motivou a ação do que foi informado aos passageiros como ”protocolo de segurança”, mas não obteve retorno. Ainda segundo a Vinci, os atrasos foram ocasionados para “garantir a segurança de todos”. Não houve impacto em pousos e decolagens. O Aeroporto de Salvador informou ainda que obedece a todas as regulamentações cabíveis de segurança e tomou as medidas recomendadas em situações excepcionais. ”A administração está trabalhando em conjunto com as autoridades para esclarecer o ocorrido”, concluiu a concessionária.

Um dos presos em operação contra esquema de sonegação na Bahia é o dono da empresa investigada

/ Bahia

Empresário foi preso em casa, em Camaçari — Foto: Alberto Maraux

Um dos três presos na operação deflagrada na manhã desta quinta-feira (22), em Salvador e Camçari, e que desarticulou um esquema de sonegação de R$ 18 milhões em Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na Bahia, é o proprietário de uma empresa varejista de pedras naturais. A companhia era o principal alvo da operação. Marcos Antônio Oliveira dos Santos foi preso em casa, no Condomínio Busca Vida, cidade de Camaçari, e é apontado pela polícia como o articulador do esquema que não repassava aos cofres públicos o valor do ICMS cobrado de clientes e declarado ao fisco. Os outros dois presos na Operação Mosaico foram o contador José Wildson Moreira dos Santos, considerado o responsável por orientar as estratégias contábeis de fraude ao fisco, e Romário da Silva Romero, funcionário da empresa e utilizado como laranja. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), na casa de Marcos Antônio foram apreendidos documentos, celulares, computadores, chips, pen drives, joias, dinheiro e uma pistola calibre 380 com documentação atrasada. Conforme apontam as investigações, segundo a SSP-BA, o esquema de sonegação da empresa envolvia a criação de outras empresas no mesmo ramo de atividade, que funcionavam por curtos períodos de tempo, assim como a utilização de sócios laranjas, para que o débito fosse direcionado para pessoas de baixa renda, na maioria das vezes empregados ou ex-empregados das empresas constituída

Quatro presos em operação de combate a assaltos a carros-fortes na Bahia são apresentados

/ Bahia

Quatro são foram apresentados  Foto: Phael Fernandes/G1 Bahia

Quatro das 12 pessoas que tiveram mandados de prisão cumpridos nesta quarta-feira (21), em Salvador e Lauro de Freitas, na região metropolitana, durante operação da Polícia Federal para combater quadrilhas especializadas em assaltos a carros-fortes na Bahia, foram apresentados à imprensa, em coletiva realizada pela tarde, na sede da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (Draco), no bairro da Pituba, na capital baiana. Os suspeitos foram identificadas como Altalice Santos de Jesus, 48 anos; Wenderson Rodrigues Ramos, 34 anos; Emanuel Amorim, 43 anos; e Carlos Alberto, 64 anos. De acordo com a polícia, eles davam suporte às quadrilhas durante as ações criminosas, entretanto não detalhou como era a atuação deles. Os suspeitos presos fazem parte de três quadrilhas envolvidas com assaltos a carros-fortes. Na coletiva, a polícia ainda destacou que a Operação Yasaí começou em julho deste ano, quando Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar começaram a investigar crimes do tipo ”calçada”, que é quando o dinheiro é subtraído das mãos dos vigilantes no momento em que eles estão recolhendo os valores junto aos clientes, ou fazendo a entrega dos valores. Durante o período da operação, segundo a polícia, dois homens morreram em confronto com a polícia. O primeiro caso foi em outubro, quando Delcimar Alves, que se passava por cadeirante para informar a movimentação das lotéricas, foi morto em tiroteio com policiais. O segundo caso ocorreu na manhã desta quarta, quando um suspeito de prenome Fabiano também morreu em confronto com PMs, no bairro de Cajazeiras, na capital baiana. Com informações do G1

Fabrício Castro foi eleito o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil , OAB-Bahia

/ Bahia

Fabrício e aliados comemoram vitória. Foto: Marcus Murillo/bahia.ba

O advogado Fabrício Castro foi eleito o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) nesta quarta-feira (21). Ele e a vice, Ana Patrícia Dantas, ficarão no comando pelos próximos três anos. Apoiado pelo atual presidente da Ordem, Luiz Viana Queiroz, Fabrício concorria pela chapa “Avança OAB”, contra Gamil Foppel, da chapa ”Renova OAB”, com a advogada Larissa Camandaroba como vice.  Após a confirmação matemática de sua eleição – que não foi confirmada oficialmente pela assessoria de imprensa da OAB-BA – Fabrício Castro afirmou que sua prioridade será garantir melhores condições para a advocacia baiana. ”Nós temos muitas dificuldades e vamos propor soluções para esses problemas. A OAB pode, junto com o TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia) e os poderes públicos fazer esforços para isso, que auxilia também a sociedade baiana”, disse o presidente eleito, segundo publicação do Jornal Correio. O advogado negou que o diálogo com o TJ-BA seja um desafio. ”Temos uma capacidade de diálogo grande. Assim como a OAB-BA, o TJ-BA também tem. Enfrentamentos acontecem mas isso não significa ausência de diálogo.Teremos uma postura proativa”, disse. Fabrício ainda prometeu que a ”advocacia irá crescer muito” durante sua gestão, de três anos, e que a Escola Superior de Advocacia Orlando Gomes (ESA/BA) será regionalizada ”para que fique mais próxima dos advogados”. ”Temos as propostas de mais cursos online, anuidade zero e muitos outros projetos”, finalizou.

Prefeito de cidade baiana extrapola gastos com pessoal e tem contas rejeitadas pelo TCM

/ Bahia

Dival é prefeito da cidade de Lamarão. Portal Clériston Silva

As contas da Prefeitura de Lamarão referentes ao ano passado, cuja responsabilidade é do prefeito reeleito Dival Medeiros Pinheiro foi rejeitada nesta quarta-feira (21) pelo Tribunal de Contas dos Municípios. O gestor extrapolou nos gastos com pessoal, o que comprometeu o mérito das contas. Por quatro votos a três, o prefeito foi multado em R$54 mil, que corresponde a 30% dos seus subsídios anuais, pela não recondução da despesa com pessoal ao limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Também foi imputada multa de R$4 mil pelas demais irregularidades identificadas nessas contas. Ainda cabe recurso à decisão. A despesa total com pessoal correspondeu a 60,22% da receita corrente líquida do município no exercício, superior, portanto, ao limite de 54% estabelecido na LRF. O gestor, em seu segundo mandato, extrapolou esse percentual em todos os quadrimestres. O relator do parecer, conselheiro substituto Antônio Emanuel de Souza, ressaltou que a continuidade da extrapolação do limite das despesas do pessoal, configura-se uma irregularidade gravíssima, sendo um dos principais motivos de rejeição de contas. A receita arrecadada pelo município de Lamarão alcançou o montante de R$18.672.314,53 e as despesas realizadas foram na ordem de R$18.887.963,20, o que indica um déficit orçamentário de R$215.648,67. Os recursos deixados em caixa foram suficientes para cobrir as despesas com restos a pagar, revelando um equilíbrio nas contas públicas. O relatório técnico também registrou a existência de falhas em 33 processos de pagamento, bem como a reincidência na omissão na cobrança de multas e ressarcimentos imputados a agentes políticos e na ínfima cobrança da dívida ativa.

Mais de 120 cabeças de gado morrem misteriosamente em fazenda no município de Tanhaçu

/ Bahia

Caso aconteceu na Fazenda ”Pica-Pau”. Foto: Informe Tanhaçu

Mais de 120 bois e vacas morreram misteriosamente nos últimos quatro dias na Fazenda Pica-Pau, localizada na cidade de Tanhaçu, centro-sul da Bahia. Segundo informações do site Informe Tanhaçu, um especialista da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), acredita que as mortes possam ter sido causadas por uma infecção alimentar. De acordo com a publicação, o proprietário da fazenda teria manipulado a ração dos animais de forma errada. O alimento, composto por milho e caroço de algodão em grande quantidade, não teria recebido o acréscimo de fibras a base de capim verde e palma, que seriam essenciais à digestão. Com isso, os animais sofreram timpanismo, doença que prejudica a eliminação de gases e consequentemente, morreram. Foram retiradas amostras dos animais e encaminhadas, com parte da ração, para análise laboratorial. A análise foi feita pelo gerente do escritório regional da ADAB de Brumado, o agrônomo Alexsandro Barreto, com o veterinário Clemente Fernandes.

Cratera em Vera Cruz cresce e chega a 86m de comprimento; causa ainda é desconhecida

/ Bahia

Cratera gigante misteriosa com quase 50 metros. Foto: TV Bahia

O comprimento e largura da cratera que se abriu perto da vila de Matarandiba, na cidade de Vera Cruz, Ilha de Itaparica, na Bahia, cresceram cerca de 2 metros nos últimos dois meses. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (19) pela Agência Nacional de Mineração (ANM), durante reunião realizada com os moradores da comunidade. De acordo com o órgão, atualmente, o buraco tem 86 metros de comprimento e 36 de largura. Apenas a profundidade diminuiu para 40 metros, devido ao acumulo dos detritos que caem com o crescimento do buraco. Em setembro, a erosão tinha 83,5 metros de comprimento, 34,4 de largura e 41,2 de profundidade. Ainda segundo a ANM, a causa do surgimentro da cratera ainda não foi descoberta, mas o risco para a vila está descartado. Contudo, a Defesa civil está montando um plano de contingência, em caso de emergência. Estudos seguem sendo realizados no local.A erosão foi descoberta pela Dow Química, que atua na área onde o buraco surgiu, no final de junho deste ano, durante um trabalho de rotina, e tinha 69 metros de comprimento. A cratera fica no meio de uma mata nativa na localidade de Matarandiba e está a cerca de 1 km do local onde vivem os moradores, que temem. Representantes da empresa também estavam na reunião realizada nesta segunda-feira.

O acesso à area onde o buraco se formou é difícil por conta da mata fechada, mas, ainda assim, toda a área está isolada e passou a ser vigiada para evitar a presença de curiosos. A Dow utiliza a região para extração de salmora, uma mistura de água e sal usada na fabricação de produtos químicos – a salmora é retirada em seis poços a uma profundidade de 1,2 mil metros. A atividade da empresa pode estar ligada ao surgimento da cratera. A situação está sob investigação. Em setembro, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) instaurou inquérito para apurar as causas da abertura da cratera. O processo foi instaurado pelas promotores de Justiça Eduvirges Tavares e Ubirajara Fadigas, que atuam na área do Meio Ambiente. O MP informou também que o objetivo da ação é preservar as vidas das pessoas e proteger o meio ambiente.