Efeito coronavírus: Prefeito do município de Mata de São João cancela festejos juninos

/ Bahia

Em virtude da pandemia do Coronavírus, o prefeito Marcelo Oliveira anunciou o cancelamento dos festejos juninos em Mata de São João . O gestor já havia cancelado todas as festas de padroeiro do município do primeiro semestre, além as comemorações do Aniversário da Cidade (que seriam realizadas na primeira quinzena de abril).

A gestão municipal entende que no momento difícil de uma grave crise de saúde mundial não há espaços para festa e que as pessoas precisam ficar em casa para se protegerem. Mata de São João está concentrando todos os esforços na prevenção e no planejamento de combate à doença.

”Reconhecemos a importância cultural e econômica do nosso São João, mas infelizmente Mata, a Bahia e o Brasil passam por um dos momentos mais delicados de suas histórias. Embora em nosso município não tenha registro nenhum caso do COVID-19, estamos tomando todas as medidas de proteção, para as pessoas não se infectarem e o vírus não se espalhar”, explica o prefeito.

O São João de Mata é um dos principais eventos do calendário cultural local. A tradicional festa, que acontece na Sede, em Praia do Forte em Imbassaí e em Malhadas, sempre conta com atrações de destaques nacionais e atrai cerca de 60 mil pessoas durante cinco dias de festejos.

”Não há clima para festa. As pessoas precisam se proteger e todos os esforços da Prefeitura hoje são nesse sentido. De evitar que as pessoas saiam de casa e se aglomerem. Estamos preparando todo o sistema de saúde, investindo em em estruturas, equipamentos e profissionais, para atender as pessoas, caso a pandemia chegue ao município. Portanto, nossa prioridade hoje é proteger a vida e a saúde das pessoas”, afirma Oliveira.

De 163 bairros da capital baiana, 71 estão com casos confirmados do novo coronavírus

/ Bahia

Uma tabela apresentada nesta quarta-feira (8) pelo secretário municipal de Saúde, Leo Prates, mostrou que, dos 163 bairros de Salvador, pelo menos 71 estão com casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19).

O levantamento mostra que a região mais afetada continua sendo a Pituba, com 27 diagnósticos positivos. Na sequência aparecem Horto Florestal (13), Graça (10) e Engenho Velho de Brotas (10).

Itaigara, Federação e Brotas estão com nove casos cada. E Itapuã, Cabula e Rio Vermelho com sete casos cada. No total, Salvador possui 316 pessoas infectadas pela doença.

Os dados foram apresentados por Prates por meio de publicação no Twitter. A postagem revela ainda que a população feminina é a mais afetada. São 159 casos do novo coronavírus confirmados em mulheres e 157 em homens.

Entre as pessoas diagnosticadas em Salvador prevaleceram os sintomas de febre, tosse, odinofagia, dificuldade de respirar, cefaleia, coriza, fraqueza, dispneia, mialgia e baixa sensibilidade olfativa e gustativa.

Feira de Santana: prefeitura contraria o próprio decreto e retira ambulantes de feira livre

/ Bahia

A prefeitura de Feira de Santana, com o apoio da Guarda Municipal, contrariou o próprio decreto e removeu ambulantes que trabalhavam no centro comercial, nesta terça-feira (07), conforme noticiou o site local Acorda Cidade. Uma comerciante relatou à publicação que havia retornado ao trabalho após o prefeito Colbert Martins (MDB) ter dito que as feiras livres estavam fora das  medidas restritivas para barrar a disseminação do coronavírus.

De acordo com o decreto publicado em edição extra do Diário Oficial, no último domingo (05), serviços essenciais, incluindo as feiras livres, poderiam continuar em funcionamento. O texto prorroga o fechamento  do “comércio, dos bares e restaurantes, no âmbito do Município de Feira de Santana, durante o período dos dias 06/04/2020 a 13/04/2020”, mas faz exceções.

O site Política Livre informou que procurou a prefeitura, mas não obteve resposta até a publicação desta notícia. O espaço está aberto a manifestações.

Feira de Santana já tem casos de transmissão comunitária do coronavírus. Até ontem, o município havia registrado um total de 33 contaminações. Na manhã desta quarta-feira (08), Colbert publicou um vídeo em seu perfil no Instagram em que pede colaboração da população, pois nesta semana o número de casos deve aumentar exponencialmente. ”Como já havíamos informado aqui, esses próximos dias teremos um grande aumento nos casos de coronavírus em todo mundo. Hoje confirmamos 6 novos casos, totalizando 33 pacientes infectados com coronavírus, o maior aumento proporcional até aqui. Isso nos traz um alerta ainda maior, mais que nunca é preciso que fiquemos em casa e tenhamos o máximo de cuidado com hábitos de higiene pessoal e etiqueta. Por isso eu peço, se puder, fique em casa. Conto com todos vocês”, disse.

Serrinha tem primeiro caso do novo coronavírus confirmado pela prefeitura; paciente tem 33 anos

/ Bahia

A cidade de Serrinha teve o primeiro caso do novo coronavírus confirmado nesta terça-feira (7). O paciente é um homem de 33 anos, natural de Serrinha, que esteve em viagem ao exterior. Assim que chegou em Serrinha ele entrou em contato com a Vigilância Epidemiológica para fazer o teste e ficou em isolamento aguardando o resultado que deu positivo, segundo a prefeitura.

Segundo o prefeito Adriano Lima (MDB), o paciente apresentou sintomas leves, não tem doenças associadas e, até o momento, está bem, em isolamento, e sendo acompanhado pela equipe da Secretaria de Saúde do município.

”O paciente confirmado em Serrinha não tem nenhuma relação com o comunicado feito pela Prefeitura de Monte Santo. Neste último caso, uma enfermeira esteve em Serrinha para visitar a família e ao retornar a Salvador apresentou sintomas da doença e teve a confirmação de que estava com a COVID-19”, esclarece ainda o prefeito.

A Secretaria de Saúde revelou que entrou em contato com a família e está monitorando todas as pessoas que também estiveram em contato com essa profissional. A cidade ainda registra 3 casos suspeitos e 28 casos descartados. As informações são do Bahia Notícias

Bahia registra mais duas mortes de pacientes com coronavírus; uma das vítimas tinha 26 anos

/ Bahia

A Bahia registrou, na tarde desta terça-feira (7), mais duas mortes de pacientes com coronavírus. A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Com esses dois casos, o estado já registra 13 mortes pela doença.

De acordo com a Sesab, os pacientes eram homens com 26 e 53 anos, ambos com doenças preexistentes e que estavam internados em estado grave em um hospital público da capital baiana.

Segundo o órgão, o paciente de 26 anos foi internado em 2 de abril e faleceu nesta terça. O homem, que é o paciente mais novo a vir a óbito no estado, era hipertenso, obeso e residente no município de Adustina. Já o paciente de 53 anos era residente em Lauro de Freitas, com histórico de tabagismo e etilista.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia confirmou, ainda na tarde desta terça, mais 19 casos de contaminação pelo novo coronavírus no estado, totalizando 459 pacientes infectados. O órgão também já tinha confirmado a décima primeira morte por Covid-19 durante a manhã.

Ainda de acordo com a Sesab, este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 12 horas desta terça-feira. Ao todo, 106 pessoas estão recuperadas e 51 encontram-se internadas, sendo 29 em UTI. Até o momento, 2.510 casos foram descartados. Um novo boletim será divulgado no fim da tarde, com a lista das cidades onde o foram registrados os novos casos.

Estado da Bahia já tem 62 cidades com transporte suspenso, incluindo Itagibá, Ipiaú e Gandu

/ Bahia

”As medidas de proteção social não podem ser antecipadas demasiadamente, nem podem ser tomadas tardiamente. Temos que ir gradativamente tomando decisões, e é assim que vamos continuar fazendo em relação à suspensão do transporte intermunicipal”. A declaração foi dada pelo governador Rui Costa durante conversa ao vivo com internautas pelas redes sociais no início da tarde desta terça-feira (7). No Diário Oficial do Estado de hoje, 13 novas cidades foram incluídos no decreto que determina a suspensão dos ônibus intermunicipais: Adustina, Cachoeira, São Félix, Gandu, Ibirataia, Itarantim, Palmeiras, Piripá, Barra do Choça, Campo Formoso, Catu, Ibotirama e São Francisco do Conde. Nestas cidades, a medida tem validade a partir de quarta-feira (8).

Já são 62 municípios contemplados pelo decreto, que teve sua primeira versão em 27 de março e, inicialmente, tinha validade até 5 de abril. No entanto, no último sábado (4), o governador determinou a prorrogação da suspensão até o dia 15 de abril. Também foi estendido até 15 de abril a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais, em todo território do Estado da Bahia. ”Por conta dessas medidas restritivas que já adotamos, a Bahia tem indicadores inferiores à media nacional e vamos trabalhar para continuar assim”, afirmou o governador.

As cidades com transporte intermunicipal suspensas são: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias D’Ávila, Alagoinhas, Barra, Candeias, Coaraci, Itajuípe, Medeiros Neto, Santa Cruz Cabrália, Barra do Rocha, Eunápolis, Belmonte, Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité, Utinga, Adustina, Cachoeira, São Félix, Gandu, Ibirataia, Itarantim, Palmeiras, Piripá, Barra do Choça, Campo Formoso, Catu, Ibotirama e São Francisco do Conde.

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Em algumas cidades sem casos de coronavírus, o sistema de transporte intermunicipal foi suspenso porque está integrado ao de municípios com registros da doença.

Rui reitera necessidade de manter fechado comércio em cidades com casos positivos

/ Bahia

Fábio Vilas-Boas e Rui Costa no Papo Correria. Foto: Paula Fróes

Diante do surto do novo coronavírus, o governador Rui Costa (PT) voltou a destacar a necessidade de manter fechado o comércio não essencial nas cidades do interior com casos confirmados da doença. A declaração foi dada durante uma transmissão online no início da tarde desta terça (7).

”A Bahia se diferenciou entre os outros estados. Fomos tomando medidas gradativas. Ao nosso entender, em cidades com casos positivos, a recomendação do Governo do Estado é de manter o comércio não essencial fechado”, disse o chefe do Palácio de Ondina.

Mais cedo, o petista criticou o Governo Federal por não permitir que os médicos cubanos que permaneceram no país ajudem na contenção da Covid-19.

A Secretaria de Saúde (Sesab) registrou 456 casos confirmados do coronavírus no estado. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até o início da tarde de hoje.

”Prematuro pensar nisso agora”, diz presidente da Câmara de Salvador sobre adiamento das eleições

/ Bahia

Presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior. Foto: Reprodução

O presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Geraldo Júnior (MDB), acha que é prematuro pensar na possibilidade de adiamento das eleições deste ano diante do surto do coronavírus.

”Eu confesso que não tenho pensado nisso. É muito cedo. É muito prematuro pensar nisso agora”, disse o legislador, durante o seu programa na rádio Metrópole na manhã desta terça-feira (7).

Vitória da Conquista: Prefeito volta atrás após críticas, revoga decreto e cancela reabertura do comércio

/ Bahia

Herzem Gusmão Pereira volta atrás e revoga decreto. Foto: PMVC

A prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, decidiu, na tarde desta segunda-feira (6), revogar o decreto que autorizava a reabertura do comércio no município.

A gestão de Herzem Gusmão Pereira (MDB) sofreu críticas fortes pela decisão de reabrir estabelecimentos comerciais, visto que a cidade já tem seis casos confirmados do novo coronavírus, além de 78 aguardando resultado de exame e 25 esperando coleta.

A informação foi publicada no site Bahia Notícias, que disse ter sido informado pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Vitória da Conquista.

Sancionado PL que isenta inscritos na Tarifa Social de pagar conta de água por três meses

/ Bahia

Governador sancionou projeto de lei. Foto: Mateus Pereira
O governador Rui Costa sancionou, nesta segunda-feira (6), o projeto de lei nº 23.812/2020, que isenta da conta de água, por três meses, famílias inscritas na Tarifa Social da Embasa com consumo mensal inferior a 25 metros cúbicos (m3) de água. A medida entra em vigor a partir da publicação do Diário Oficial do Estado (DOE), prevista para esta terça (7).
Mais de 233 mil famílias de baixa renda, em diversos municípios baianos, terão suas contas de água pagas pelo Governo do Estado pelos próximos 90 dias, conforme o texto do projeto. Cerca de 860 mil pessoas devem ser beneficiadas pela isenção temporária da conta de água, proporcionando uma transferência imediata de renda à parcela economicamente mais vulnerável da população baiana.

O projeto já havia passado pela validação da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), onde foi aprovado por unanimidade em sessão virtual realizada no último sábado (4). A medida visa socorrer a parcela mais carente da população dos efeitos econômicos provocados pela pandemia de coronavírus.

Dispensa de licitação 

Também nesta segunda-feira (6), o governador sancionou lei que dispõe sobre procedimentos complementares para enfrentamento ao coronavírus na Bahia. Conforme o documento, as contratações públicas destinadas ao atendimento de demandas relacionadas ao combate do coronavírus poderão ser realizadas por dispensa de licitação, na forma da lei federal nº 13.979. Os contratos terão prazo de duração de até 180 dias, prorrogáveis por períodos sucessivos, enquanto perdurar a situação de emergência.

Boletim epidemiológico: Estado da Bahia registra 437 casos da doença; 83 pessoas estão curadas

/ Bahia

A Bahia registra 437 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 6,7% do total de casos notificados. Até o momento, 2.511 casos foram descartados e houve dez óbitos, sendo 08 no município de Salvador (05 idosos do sexo masculino, 01 idosa do sexo feminino, 01 pessoa do sexo masculino de 55 anos e 01 pessoa de 41 anos do sexo feminino), 01 óbito no município de Utinga (sexo masculino, 80 anos) e 01 no município de Itapetinga (sexo feminino, 28 anos). A letalidade foi de 2,28%.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (6). Ao todo, 83 pessoas estão recuperadas e 46 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,77% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (5,92/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.

Os casos confirmados estão distribuídos em 51 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (59,95%).

AL-BA antecipa sessão que vai votar novos pedidos de calamidade dos municípios baianos

/ Bahia

Assembleia Legislativa da Bahia faz sessão virtual. Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) antecipou para esta quarta-feira (8) a votação dos novos pedidos de calamidade pública feitos por municípios baianos, em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus.

A sessão estava marcada para esta quinta (9) e a alteração da data foi confirmada pelo presidente da Casa, deputado Nelson Leal, em publicação do Diário Oficial deste domingo (5).

O estado de calamidade píblica tem como consequência a flexibilização da execução orçamentária dos municípios, inclusive isentando do cumprimento de metas fiscais.

O decreto tem validade até o dia 31 de dezembro deste ano para os municípios com mais de 100 mil habitantes. Já nas cidades com menos de 100 mil moradores, a validade será de 90 dias, podendo ser prorrogados por igual período.

Em sessão anterior, ocorrida em 1º de abril, a Casa Legislativa aprovou 22 pedidos de calamidade pública. Até o momento, tiveram aprovados os pedidos feitos pelos municípios de Feira de Santana, Camaçari, Lauro de Freitas, Canarana, Jequié, Prado, São Domingos e Conde, as cidades de Amélia Rodrigues, Itaetê, Irecê, Uibaí, Casa Nova, Curaçá, Monte Santo, Filadélfia, Lapão, Abaíra, Quijingue, Itanhém, Macaúbas e Jitaúna. As informações do BNews

IF Baiano produz e entrega álcool 70° a serviços de saúde no sudoeste da Bahia

/ Bahia

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) entregou, na última semana, 130 litros de álcool etílico líquido 70° INPM Glicerinado a serviços de saúde dos municípios de Guanambi e Pindaí, localizados na região sudoeste da Bahia. O álcool está sendo produzido por alunos e servidores nos laboratórios do Campus Guanambi do IF Baiano.

A iniciativa conta com o apoio das prefeituras dos municípios, através de uma parceria firmada pela direção do campus, visando o enfrentamento da pandemia do coronavírus. ”Entregamos 100 litros para a prefeitura de Guanambi e 30 litros para a prefeitura de Pindaí”, informou o coordenador da produção, Ricardo Brandão, técnico de laboratório do instituto.

A ideia de produzir e entregar álcool para os profissionais de saúde surgiu dos estudantes do curso de Licenciatura em Química, em meados de março. Hoje, são 10 pessoas colaborando na produção, dentre elas, professores, técnicos e sete alunos do curso.

O álcool etílico líquido 70° INPM Glicerinado que está sendo produzido é equivalente ao álcool 77° GL, também chamado de álcool 70%, que é a concentração mínima considerada eficaz no combate ao coronavírus. Segundo Brandão, o processo de produção baseia-se na concentração em massa do álcool etílico, com a utilização do álcool 92,8º INPM ou 99,5° INPM. ”O processo é rigorosamente executado sob temperatura de 20°C e aferido com o aparelho alcoômetro”, explica o servidor.

A pretensão é dar continuidade aos trabalhos e produzir mais 120 litros de álcool nesta terça-feira, 07. ”Já temos a matéria-prima e estamos aguardando a chegada de mais insumos para aumentar a produção”, concluiu.

Prefeito escalona comércio em turnos e diz que aglomeração ocorre em bancos de Conquista

/ Bahia

Prefeito Herzem Gusmão flexibiliza o comércio. Foto: Divulgação

A prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste, publicou novo decreto em que permite a reabertura de lojas do comércio com período escalonado. Segundo informou na manhã desta segunda-feira (6) ao site Bahia Notícias, o prefeito Herzem Gusmão, a determinação é que enquanto alguns setores do comércio abrem pela manhã, outros atuam pela tarde.

”Pegamos o setor de lojas atacadista e varejista de lojas e fizemos dois turnos, com seguimentos. Um seguimento funciona de 8h até 13, e o outro seguimento funciona de 13h até 18h. Por exemplo, se calçados e confecções funcionam pela manhã, não vão funcionar pela tarde. Vão abrir livraria, papelaria, eletrodomésticos”, detalhou.

AGLOMERAÇÃO

Segundo o prefeito, o problema de aglomeração não é do comércio de pequeno e médio porte e, sim, de estabelecimentos maiores, como bancos. Herzem disse que ele mesmo flagrou na manhã desta segunda uma aglomeração. ”Onde eu vi aglomeração foi na Caixa Econômica Federal. Parecia que ia ter uma festa ou jogo de futebol na Fonte Nova entre Bahia e Vitória”, disse Gusmão.

Para o prefeito, o caso é diferente no comércio de porte menor, principalmente o situado no centro histórico da cidade, com lojas de roupas, calçados, óticas, entre outros. O novo decreto que escalona o comércio da cidade tem validade por uma semana, podendo ser prorrogado ou revogado. Uma avaliação, segundo o prefeito, será feita para decidir o novo decreto.