Secretaria de Saúde nega falta e garante ”kit intubação” para hospitais estaduais

/ Bahia

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) garante que, no momento, os hospitais estaduais não correm o risco de ficar sem os remédios necessários à intubação de pacientes com Covid-19. De acordo com a assessoria da pasta, o governo do estado fez uma aquisição de medicamentos grande o suficiente para criar um estoque, que pode durar até 15 dias caso o ”kit intubação” se esgote nas unidades de saúde.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, chegou a cobrar nesta quinta-feira (15) que “grandes estados” do Brasil assumam protagonismo na compra de medicamentos, que são analgésicos, sedativos e reguladores da função cardíaca e pulmonar usados para manter pacientes em leitos de UTI com respiração artificial.

Em entrevista coletiva realizada ontem (15), o prefeito Bruno Reis afirmou que a gestão municipal também está em processo de aquisição dos insumos para intubação. Com informações do Metro1

Sesab faz aquisição de 400 capacetes para ventilação mecânica não-invasiva de pacientes

/ Bahia

Equipamento é para tratar o novo Coronavírus. Foto: Divulgação/Sesab

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) adquiriu 400 unidades de capacetes do tipo Helmet – um equipamento de ventilação mecânica não-invasiva (VNI) que pode ser utilizado associado a um ventilador mecânico, de forma que não haja necessidade de intubar o paciente com diagnóstico de Covid-19. Até o momento, 270 unidades estão sendo encaminhadas para 13 hospitais da rede referenciada para o tratamento da doença em toda a Bahia.

A utilização do capacete tipo Helmet pode reduzir de forma significativa tanto a inflamação pulmonar quanto o esforço do paciente para respirar, prevenindo a intubação e evitando a ventilação mecânica invasiva com alto risco. Por se tratar de um dispositivo vedado, o capacete pode diminuir drasticamente as chances de contaminação dos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

A Sesab está distribuindo 150 unidades de tamanho G e 120 de tamanho M para os seguintes hospitais: Espanhol, Metropolitano e Arena Fonte Nova, em Salvador; Hospital Regional da Chapada, em Seabra; Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana; Hospital do Oeste, em Barreiras; Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus; Hospital Regional Deputado Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro; Hospital Regional de Jequié; Hospital Regional Prado Valadares, em Jequié; Hospital de Caetité; e Costa do Cacau, em Ilhéus.

A estrutura do capacete permite a formação de um ambiente com pressão positiva e enriquecido com oxigênio. A maior parte do material é feita com PVC atóxico, sendo a membrana de vedação do pescoço produzida com látex ou silicone, o que garante conforto e facilidade de ajuste para cada paciente.

Em Vitória da Conquista, o equipamento já está em uso no Hospital Geral, que recebeu 50 unidades. ”Com este novo recurso, poderemos dar maior suporte ventilatório ao paciente com diagnóstico de Covid-19 durante a fase aguda da doença, sem que tenhamos que submetê-lo a intubação e aumentando expressivamente o índice de sucesso”, afirma a coordenadora geral de Fisioterapia do HGVC, que atua na UTI Covid-19 da Unidade.

Adolescente cai e passa a noite em poço com cerca de 22 metros de profundidade na Bahia

/ Bahia

Um soldado entrou no poço para o resgate. Foto: Corpo de Bombeiros

Um adolescente de 16 anos caiu em um poço de aproximadamente 22 metros de profundidade e foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros, nesta quinta (15), na zona rural de Irará, cidade a cerca de 130 km de Salvador.

De acordo com os bombeiros, ele passou a noite no poço já que a queda ocorreu na noite de quarta-feira (14) e a retirada foi realizada na manhã desta quinta. A operação de resgate durou cerca de 1h30. No entanto, não há detalhes da hora exata da queda, nem quando familiares do adolescente perceberam a situação e acionaram os bombeiros.

Após o resgate, que contou com uma guarnição do 2º Grupamento de Bombeiros Militar (2ºGBM/Feira de Santana), a vítima foi deixava sob os cuidados da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para ser avaliada.

Para o resgate, um soldado desceu no poço (rappel) para que o adolescente pudesse ser retirado com segurança. Durante o processo, os militares conversavam com a vítima para que ela se mantivesse calma.

O adolescente retornou a superfície sendo içado, junto com o bombeiro, por outros militares que estavam do lado de fora do poço.

Além dos bombeiros e Samu, equipes da Polícia Militar da Bahia (PMBA) também estavam dando apoio na ocorrência. G1

Bahia registra 3.831 casos de Covid-19 e 141 óbitos pela doença em 24 horas, diz boletim

/ Bahia

Em 24 horas, a Bahia registrou 3.547 casos de Covid-19 e mais 141 óbitos pela doença, segundo dados divulgados hoje (15) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizados hoje.

Dos 852.458 casos confirmados desde o início da pandemia, 819.319 já são considerados recuperados, 16.139 encontram-se ativos e 17.000 tiveram óbito confirmado. O estado registra 83% de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com coronavírus.

Duas pessoas morrem após explosão de casa de venda de fogos de artifício no município de Crisópolis

/ Bahia

Duas pessoa morreram na explosão no imóvel onde eram vendidos fogos de artifício em Crisópolis (a 225 km de Salvador), no fim da tarde desta quarta-feira (14). As vítimas foram resgatadas do escombros pelas equipes Corpo de Bombeiros e identificadas como Ebervan Souza Reis, de 49 anos, e Fernanda Santana Batista,  35.

De acordo com a titular da Delegacia Territorial (DT) do municípios, Débora Vânia Cruz Ferro, o estabelecimento comercial de fogos de artifício atuava de forma clandestina. Um dos proprietários do local foi preso e autuado por posse e fabricação de artefato explosivo sem autorização. Ele já se encontra à disposição da Justiça.

O imóvel, que revendia os fogos, estava localizado na avenida Nelson Santiago, uma das principais da cidade. Segundo informações iniciais da Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec), quatro residências localizadas ao lado da casa foram destruídas pelo impacto. Outros cinco imóveis tiveram a estrutura comprometida e serão avaliados pelo órgão.

Além dos dois óbitos, os bombeiros informaram que outras três pessoas foram resgatadas com vida. Uma adolescente de 13 anos teve ferimentos mais graves e precisou ser encaminhada para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador. *A Tarde

Bahia registra 3.547 casos de Covid-19 e 146 óbitos pela doença em 24 horas, diz boletim

/ Bahia

Em 24 horas, a Bahia registrou 3.547 casos de Covid-19 e mais 146 óbitos pela doença, segundo dados divulgados hoje (14) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizados hoje.

Dos 848.627 casos confirmados desde o início da pandemia, 816.077 já são considerados recuperados, 15.691 encontram-se ativos e 16.859 tiveram óbito confirmado. O estado registra 82% de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com coronavírus.

Bahia zera fila de regulação de pacientes intubados com Covid-19 em UPAs, diz secretário

/ Bahia

A Bahia zerou a fila de pacientes com diagnóstico da Covid-19 que estavam intubados e aguardavam transferência em unidades de emergência e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) nesta terça-feira (13). A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

De acordo com o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, essa foi uma pequena vitória que deve ser comemorada.

A Sesab informou que tem aberto novos leitos clínicos e de terapia intensiva diariamente, a fim de ampliar a assistência à saúde.

Entre janeiro e março deste ano, foram abertos novos leitos nos municípios de Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, Santo Antônio de Jesus, Feira de Santana, Seabra, Alagoinhas, Guanambi, Caetité, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Senhor do Bonfim, Jacobina, Barreiras, Barra, Bom Jesus da Lapa, Jequié e Porto Seguro.

A secretaria também informou que atualmente, a Bahia ter mais de 3,4 mil leitos ativos. A localização e ocupação deles estão detalhadas na plataforma do órgão estadual.

No dia 18 de março, a Bahia contava com mais de 400 pessoas com Covid-19 à espera de UTI, segundo informações da subsecretária de Saúde da Bahia, Tereza Paim. A situação foi denominada por ela como um ”rolo compressor”.

De acordo com Tereza Paim, os pacientes esperavam entre 12 e 18 horas por regulação na primeira onda. No entanto, a espera triplicou, e tiveram casos onde pacientes tiveram que aguardar entre 36 e 48 horas por atendimento no mês de março.

No dia anterior, em 17 de março, o governador da Bahia, Rui Costa, já havia dito que o sistema de saúde do estado estava em colapso por causa do número alto de pacientes com Covid-19 que precisavam de leitos de UTI e da demora na regulação.

No início do mês, em 2 de março, mais de 300 pessoas esperavam regulação para leitos de UTI em todo o estado. A taxa de ocupação dessas unidades estava em 83% na Bahia. G1

Liminar suspende processo seletivo em Itagibá; denúncia foi formulada pelo Tribunal de Contas

/ Bahia

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios ratificaram, na sessão realizada por meio eletrônico desta terça-feira (13/04), liminar concedida de forma monocrática pelo conselheiro Fernando Vita, relator do processo, que determinou ao prefeito de Itagibá, Marcos Valério Barreto, a sustação imediata de processo seletivo simplificado para a contratação de pessoal por tempo determinado, visando, de acordo com o edital, o atendimento de necessidade temporária de excepcional interesse público. Essa determinação, segundo decisão, será mantida até julgamento do mérito da denúncia.

A denúncia, com pedido liminar, foi formulada pela Diretoria de Controle de Atos de Pessoal do TCM, que se insurgiu contra o que caracterizou como ”fragilidade e possível violação da isonomia no certame”, diante da multiplicidade de critérios de avaliação de títulos e a subjetividade dos critérios de avaliação da etapa de entrevistas. Esses profissionais seriam destinados ao atendimento de programas do Governo Federal, a exemplo do Programa Saúde da Família, Programa Criança Feliz, Programa Bolsa Família, Programa de Manutenção da Educação Básica e à ”manutenção de estradas e manutenção geral”

De acordo com a DAP/TCM, os critérios informados no edital da seleção, como ”Capacidade de liderança, interação e comunicação”, ”Capacidade de flexibilização, cooperação e pró atividade” e ”Capacidade de resolver conflitos e crises”, são evidentemente subjetivos, o que impede o exercício do direito de defesa pelos candidatos que se sintam prejudicados.

Sustentou, ainda, que esses critérios não guardam relação com a maioria dos cargos relacionados no certame objeto da seleção. Por fim, defendeu a existência de elementos suficientes para a concessão de medida liminar como forma de evitar, na sua análise, ”a ocorrência de dano, atual e iminente, ao interesse público, à moralidade administrativa e aos interesses dos candidatos inscritos no referido certame”.

Os conselheiros entenderam que estavam presentes no pedido o ”fumus boni juris” e o ”periculum in mora”, diante das evidências de forte subjetividade nos critérios de seleção, de modo a violar a impessoalidade e isonomia exigidas no certame. O conselheiro Fernando Vita, em seu voto, destacou que os processos seletivos para contratação temporária não podem se basear em avaliação subjetiva de currículos e de entrevistas, sem critérios claros e objetivos de pontuação.

Rui reage ao após prefeitura de Conquista alterar decreto: ”Precisa de 200% de lotação de UTI?”

/ Bahia

Governador criticou a decisão da prefeita. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa (PT) criticou a decisão da prefeitura de Vitória da Conquista em ignorar o decreto estadual e reduzir o horário do toque de recolher para iniciar às 22h, ao invés de 20h, como determina o Estado. Em live na noite desta terça-feira (13), o petista chamou a atenção para a ocupação nos leitos de UTI da cidade que está, segundo ele, em 94%.

”Não dá para entender. Em Conquista os hospitais estão com mais de 90% de ocupação. A gente está adotando uma medida simples, [restrição] das 20h às 5h. Vale a pena uma hora a mais de funcionamento de bar? 94% de ocupação de UTI não é bom não? Precisa de 100%? Precisa de 200% de lotação? Então, enquanto a lei permitir eu vou manter o decreto estadual. Não é possível. Eu fico realmente indignado”, comentou.

Nesta terça, a gestão municipal anunciou a mudança no toque de recolher que vai passar a ser das 22h às 5h. A decisão é válida até 26 de abril. Além disso, a prefeitura alterou os horários para funcionamento do comércio, serviços, transporte coletivo e atividades religiosas. Já no final de semana fica terminantemente proibido o consumo de bebidas alcoólicas em vias, praças e locais públicos.

Presidente da UPB, Zé Cocá quer que Congresso Nacional destrave reforma tributária

/ Bahia

Cocá apoia documento lançado nacionalmente. Foto: Divulgação/UPB

Lançada na semana passada, a carta do movimento municipalista nacional defendendo uma reforma tributária ampla recebeu o apoio do presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Zé Cocá. O também prefeito de Jequié defende que o Congresso Nacional destrave o debate sobre o tema sem a discussão por etapas, como prega o executivo federal, por meio do Ministério da Economia.

”Essa é uma pauta essencial. Hoje, a União concentra praticamente todas as receitas do recolhimento de impostos no Brasil e repassa aos municípios apenas uma pequena parcela em transferências obrigatórias”, reclama o presidente da UPB. Para Zé Cocá, ”é necessário que a reforma tributária, assim como o novo Pacto Federativo, dê aos municípios maior independência financeira para realizar investimentos locais e prestar um serviço de qualidade à população”.

Na Carta, além da CNM, o Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz), o Centro de Cidadania Fiscal (CCIF), a Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite) e o Movimento Destrava Brasil defendem a reforma, também, como superação das desigualdades socioeconômicas regionais e criticam ”disputas federativas autofágicas em torno do ICMS e ISS”.

Prefeita de Vitória da Conquista ignora decreto estadual e flexibiliza medidas restritivas

/ Bahia

A partir desta terça-feira (13), até o dia 26 de abril de 2021, Vitória da Conquista tem novos horários para funcionamento do comércio, serviços, transporte coletivo e atividades religiosas, de acordo com decreto assinado pela prefeita Sheila Lemos, ignorando os decretos estaduais.

O funcionamento do comércio de rua vai até 19 horas e de bares e restaurantes e congêneres até 21 horas, obedecendo o máximo de quatro pessoas por mesa, além do distanciamento necessário entre mesas e cadeiras, conforme protocolo específico da categoria. Esse horário vai contra o determinado pelo governo do Estado, que permite bares e restaurantes a abrirem até 19h e o toque de recolher a partir das 20h.

Nos finais de semana fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas em vias, praças e locais públicos.

O secretário municipal de Administração e coordenador do Comitê de Gestão de Crise da Pandemia do Coronavírus, Kairan Rocha Figueiredo, explicou que no entendimento da gestão municipal as medidas determinas pelo governo do estado geravam uma maior aglomeração na cidade.

“A gente sempre colocou que o toque de recolher traria maiores aglomerações. A gente vem tentado o diálogo com o governo desde março, nós sempre tentamos e sugerimos essa organização do escalonamento. A gente pede que a população siga o decreto municipal, a gente entende que é o mais efetivo”, afirmou Figueiredo. As informações são do BNEws

Vale lembrar que a taxa de ocupação de leitos de UTI na cidade é de 95,7%.

Veja como ficaram os novos horários:

transporte público coletivo – 05h às 22h;
prestação de serviços – 08h às 18h;
academias, com exceção de aulas coletivas – 06h às 21h;
comércio de rua – 09h às 19h (segunda a sexta-feira) e 08h às 12h (sábado);
bares, restaurantes e congêneres – até às 21h;
shopping centers – 10h às 20h;
serviços de delivery – até à 00h;
atos religiosos litúrgicos, com capacidade máxima de lotação de 30% – até às 22h.

Promotoria de Justiça pede ação conjunta de prefeituras do Nordeste baiano para frear Covid

/ Bahia

As prefeituras de Jeremoabo, Sítio do Quinto, Pedro Alexandre e Coronel João Sá, na região Nordeste baiana, receberam uma recomendação do Ministério Público do Estado (MP-BA) para que as gestões façam cumprir os decretos de restrição em vigor na Bahia, como o toque de recolher, previsto até a próxima segunda-feira (19), das 20h às 5h. Em pedido desta segunda-feira (12), a 1ª Promotoria de Jeremoabo cobrou ações para frear a contaminação pelo novo coronavírus.

A Promotoria tomou como base no pedido o coeficiente de incidência na região, que estava maior do que 1 no começo deste mês, ”o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes maior que 1 significa que a curva de infecção é crescente com aumento absoluto e relativo do número de infectados, o que se traduz na necessidade de medidas urgentes de contenção da infecção comunitária”, diz trecho da solicitação.

O recado também foi endereçado à Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) das cidades, aos gerentes das agências bancárias, às emissoras de rádios da região e aos moradores dos municípios citados. A Promotoria pediu a colaboração de todos. Com informações do site Bahia Notícias

Em novo decreto, Governo do Estado volta a permitir eventos com até 50 pessoas na Bahia

/ Bahia

Rui Costa assinou novo decreto. Foto: Matheus Morais/bahia.ba

O governo da Bahia autorizou nesta terça-feira (13) a realização de eventos com até 50 pessoas no estado. O decreto está publicado na edição desta terça-feira (13) no Diário Oficial do Estado.

Ainda de acordo com o decreto, os eventos com mais de 50 pessoas, mesmo que previamente autorizados, permanecem proibidos. Entre eles estão: eventos desportivos, religiosos, cerimônias de casamento, feiras, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica.

Permanece proibida a venda de bebidas alcoólicas no estado durante os finais de semana, começando às 18h de sexta-feira.

Bahia registra 1.581 casos de Covid-19 e 95 óbitos pela doença em 24 horas, diz boletim

/ Bahia

Em 24 horas, a Bahia registrou 1.581 casos de Covid-19 e mais 95 óbitos pela doença, segundo dados divulgados hoje (12) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizados hoje.

Dos 840.976 casos confirmados desde o início da pandemia, 809.771 já são considerados recuperados, 14.594 encontram-se ativos e 16.611 tiveram óbito confirmado. O estado registra 84% de ocupação de leitos de UTI adulto para pacientes com coronavírus.