”Temos que estar juntos para vencer o coronavírus”, diz Rui em reunião com prefeitos de Jaguaquara e outras cidades

/ Bahia

Rui Costa fez reunião virtual com prefeitos. Foto: Carol Garcia

O governador Rui Costa participou nesta quarta-feira (8), de duas rodadas de reuniões com 31 prefeitos e prefeitas de municípios baianos que apresentaram, nos últimos dias, altas taxas de contaminação pelo novo coronavírus, com o objetivo de intensificar o combate à pandemia no estado. A princípio, a meta do governador é discutir soluções com 90 gestores, ao todo. ”A parceria entre Estado e municípios é fundamental para que possamos, juntos, vencer o coronavírus na Bahia”, disse Rui.

O primeiro encontro virtual ocorreu no início do dia e contou com a participação de 14 gestores municipais. À noite, outros 17 prefeitos se reuniram com o governador, por meio da internet. Ao todo, foram cerca de cinco horas de discussão durante as duas conferências.

“O momento deve ser de trabalho intenso para conter o avanço da doença no interior. Temos que estar juntos: governador, prefeitos e a população. Aqui, não está em jogo o partido de cada prefeito. O nosso interesse é cuidar das pessoas e salvar vidas”, afirmou o governador.

Os prefeitos falaram sobre a evolução da Covid-19 em seus municípios e apresentaram demandas e proposta para fortalecer a relação com o Governo do Estado. Apesar da preocupação com o aumento do número de casos no interior após o São João, mesmo com a antecipação do feriado, Rui afirmou que não adianta lamentar e se deixar abater, encorajando os prefeitos: “o momento é de trabalhar, e vamos fazer isso juntos, sem medir esforços para vencer esta guerra”.

Participaram das reuniões desta quarta representantes das cidades de Jaguaquara, Capim Grosso, Luís Eduardo Magalhães, Camamu, Presidente Tancredo Neves, Una, Ubaitaba, Buerarema, Santo Amaro, Cruz das Almas, Nova Soure, Ribeira do Pombal, Caravelas, Nazaré, Campo Formoso, Souto Soares, Belmonte, Medeiros Neto, Gentio do Ouro, Presidente Dutra, América Dourada, Paulo Afonso, Macururé, Ubatã, Conceição da Feira, Conceição do Coité, Queimadas, Barra do Choça, Ibotirama, Nilo Peçanha e Aurelino Leal.

Após dizer que abriria ”morra quem morrer”, prefeito de Itabuna publica decreto reabrindo comércio

/ Bahia

Comércio de Itabua está fechado há mais de 100 dias. Foto: Prefeitura

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (PTC), cumpriu o que prometeu e autorizou, por meio de decreto publicado no Diário Oficial do município a reabertura do comércio local a partir desta quinta-feira (9).

Gomes ganhou repercussão nacional de forma negativa semana passada após anunciar que reabriria o comércio de Itabuna no dia 9, como fará, ”morra quem morrer”.

”Mandei fazer um decreto e no dia nove abre [o comércio], morra quem morrer”, disse, na ocasião. Nesta fase do plano, após mais de 100 dias de suspensão por causa das ações de combate à pandemia da covid-19, uma série de atividades não essenciais serão retomadas.

De acordo com o decreto, o comércio estará liberado de segunda à sexta-feira, das 09 às 15h. Dentre as atividades liberadas estão: lojas de vestuário, cama, mesa e banho, artigos esportivos e utilidades do lar, calçados, bolsas e demais acessórios, tecidos, armarinhos, lojas de cosméticos e perfumarias, joalherias, relojoarias e bijuterias, lojas de eletrodomésticos e eletrônicos, lojas de informática, móveis, artigos para escritório, estúdios de revelação e impressão fotográficas, gráficas, papelarias e livrarias, lojas de colchões, artigos para festas, chocolates e bombonieres.

Nessa fase estão autorizados ainda o funcionamento de lava-jatos, concessionárias, indústria não essencial, bancas de jornal e revista, floricultura e do shopping popular. Sábado e domingo todas as lojas estarão fechadas, liberadas igrejas, templos religiosos, e feiras livres, conforme diretrizes estabelecidas pela secretaria de sustentabilidade econômica e meio ambiente.

Por meio de nota, a assessoria da prefeitura afirmou que a reabertura do comércio foi possível a partir da ampliação de leitos clínicos e intensivos no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães. Na última terça-feira, o município recebeu 15 respiradores do Ministério da Saúde, que serão destinados aos pacientes com a covid-19.

”A partir desta quinta-feira, o comércio e os serviços de Itabuna entram em um processo gradual de liberação das atividades econômicas, seguindo protocolos sanitários e de segurança”, afirmou o prefeito, frisando que a reabertura está condicionada a obrigatoriedade dos comerciantes seguirem todas as recomendações do plano.

Além de permitir o funcionamento do comércio, o decreto estabelece um protocolo sanitário, no qual os comerciantes precisarão seguir recomendações para preservar a saúde de funcionários e clientes, como: redução do número de pessoas no interior das lojas, de modo a respeitar o distanciamento, a obrigatoriedade de máscaras para funcionários e clientes, e disponibilização de álcool em gel nas entradas dos estabelecimentos, dentre outras medidas para prevenir a transmissão do coronavírus. Com informações do BNews

Bahia registra 3.582 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, diz boletim epidemiológico da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.582 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + 3,9%), 61 óbitos (+2,8%) e 3.343 curados (+5,3%). Dos 95.536 casos confirmados desde o início da pandemia, 66.550 já são considerados curados, 26.609 encontram-se ativos e 2.277 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 393 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (43,66%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.305, 34), Itajuípe (2.235,13), Ipiaú (1.867,68), Lauro de Freitas (1.531,45) Uruçuca (1.525,42).

O boletim epidemiológico contabiliza 95.536 casos confirmados, 190.364 casos descartados e 94.539 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (08).

Na Bahia, 10.561 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.335 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.479 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 63%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 890 leitos exclusivos para o coronavírus, 713 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 80%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.277 mortes pelo novo coronavírus.

2217º óbito – homem, 43 anos, residente em Juazeiro, sem informações acerca de comorbidades. Internado dia 26/06, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Juazeiro;

2218º óbito – homem, 59 anos, residente em Juazeiro, portador de doença cardiovascular. Internado dia 14/05, foi a óbito dia 02/07, em hospital da rede pública, em Juazeiro;

2219º óbito – homem, 29 anos, residente em Salvador, portador de neoplasias. Internado dia 27/06, foi a óbito no mesmo dia (27/06), em hospital da rede pública, em Salvador;

2220º óbito – mulher, 71 anos, residente em Porto Seguro, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 26/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2221º óbito – homem, 73 anos, residente em Jequié, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 22/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Jequié;

2222º óbito – homem, 62 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 29/05, foi a óbito dia 21/06, em hospital filantrópico, em Salvador;

2223º óbito – homem, 73 anos, residente em Jaguaripe, Portador de hipertensão arterial e doença renal crônica. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 01/07, em hospital filantrópico, em Valença;

2224º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2225º óbito – mulher, 65 anos, residente em Serrinha, portadora de imunodeficiência. Internada dia 19/06, foi a óbito dia 24/06, em hospital da rede privada, em Salvador;

2226º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 26/06, foi a óbito dia 06/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2227º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 15/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2228º óbito – mulher, 105 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular. Internada dia 20/06, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2229º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 03/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2230º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 08/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2231º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 05/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2232º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 03/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2233º óbito – mulher, 84 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internada dia 28/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2234º óbito – homem, 74 anos, residente em Simões Filho, portador de diabetes mellitus. Internado dia 17/06, foi a óbito dia 25/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2235º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internada dia 17/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital filantrópico, em Salvador;

2236º óbito – mulher, 73 anos, residente em Vitória da Conquista, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 03/07, foi a óbito dia 06/07, em hospital filantrópico, em Vitória da Conquista;

2237º óbito – homem, 80 anos, residente em Simões Filho, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 24/06, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Simões Filho;

2238º óbito – homem, 68 anos, residente em Santa Cruz de Cabrália, portador de doença cardiovascular. Internado dia 24/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2239º óbito – homem, 82 anos, residente em Barreiras, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Barreiras;

2240º óbito – homem, 35 anos, residente em Seabra, sem comorbidades. Internado dia 02/06, foi a óbito dia 01/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2241º óbito – homem, 62 anos, residente em Eunápolis, sem comorbidades. Internado dia 23/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede pública, em Porto Seguro;

2242º óbito – homem, 47 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de diabetes mellitus. Internado dia 27/06, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2243º óbito – mulher, 31 anos, residente em Ilhéus, portadora de doenças hematológicas. Internada dia 14/06, foi a óbito dia 15/06, em hospital da rede pública, em Ilhéus;

2244º óbito – mulher, 77 anos, residente em Maragogipe, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 01/07, foi a óbito dia 02/07, em unidade pública, em Maragogipe;

2245º óbito – homem, 64 anos, residente em Guanambi, portador de hipertensão arterial, doença cardiovascular e doença do sistema nervoso. Internado dia 29/06, foi a óbito dia 07/07, em hospital da rede privada, em Vitória da Conquista;

2246º óbito – mulher, 97 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 08/06, em hospital da rede privada, em Salvador;

2247º óbito – homem, 73 anos, residente em Conceição da Feira, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 25\06 e foi a óbito na mesma data (25\06), em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

2248º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença renal crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29\05, em unidade da rede pública, em Salvador;

2249º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 30\06 e foi a óbito dia 01\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2250º óbito – mulher, 88 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29\06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2251º óbito – mulher, 78 anos, residente em Itabuna, sem comorbidades, foi internada dia 06\06 e foi a óbito dia 03\07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2252º óbito – mulher, 75 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04\07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2253º óbito – mulher, 57 anos, residente em Ibirapitanga, portadora de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 30\06, em unidade da rede pública, em Ibirapitanga;

2254º óbito – homem, 69 anos, residente em Ituberá, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27\06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2255º óbito – mulher, 69 anos, residente em Pau Brasil, sem informação de comorbidades, foi internada dia 10\06 e foi a óbito dia 11\06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2256º óbito – mulher, 76 anos, residente em Jequié, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 28\06, em unidade da rede pública, em Jequié;

2257º óbito – mulher, 72 anos, residente em Barra do Choça, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi a óbito dia 01\07, em domicílio;

2258º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 15\06 e foi a óbito dia 25\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2259º óbito – mulher, 75 anos, residente em Santa Luz, portadora de hipertensão arterial e demências, incluindo Alzheimer, data de admissão não informada, foi a óbito dia 17\06, em unidade da rede pública, em Santa Luz;

2260º óbito – homem, 82 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 09\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2261º óbito – mulher, 74 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internada dia 20\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2262º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internada dia 12\05 e foi a óbito dia 29\05, em unidade da rede pública, em Salvador;

2263º óbito – mulher, 97 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 18\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2264º óbito – homem, 51 anos, residente em Amargosa, portador de diabetes e obesidade, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06\07, em unidade da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2265º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, portador de tabagismo, foi internado dia 20\06 e foi a óbito dia 23\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2266º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 18\06 e foi a óbito dia 04\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2267º óbito – mulher, 81 anos, residente em Amargosa, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 06\07, em unidade da rede pública, em Amargosa;

2268º óbito – mulher, 72 anos, residente em Jequié, portadora de obesidade, foi internada dia 29\06 e foi a óbito na mesma data (29\06), em unidade da rede pública, em Jequié;

2269º óbito – mulher, 81 anos, residente em Ilhéus, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 18\06 e foi a óbito dia 23\06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2270º óbito – mulher, 88 anos, residente em Juazeiro, portadora de demências, incluindo Alzheimer, data de admissão não informada, foi a óbito dia 19\06, em unidade da rede privada, em Petrolina, Pernambuco;

2271º óbito – mulher, 74 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 15\06 e foi a óbito dia 30\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2272º óbito – homem, 64 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 17\06 e foi a óbito dia 24\06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2273º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 18\06 e foi a óbito dia 03\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2274º óbito – homem, 92 anos, residente em Campo Alegre de Lourdes, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 04\06 e foi a óbito dia 23\06, em unidade da rede privada, em Remando;

2275º óbito – mulher, 45 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 06\06 e foi a óbito dia 07\07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2276º óbito – mulher, 48 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internada dia 20\06 e foi a óbito dia 02\07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2277º óbito – homem, 74 anos, residente em Ilhéus, portador de hipertensão arterial, diabetes e doença cardiovascular, foi internado dia 01\06 e foi a óbito dia 27\06, em unidade da rede pública, em Ilhéus.

”Ou vamos conter esse crescimento ou a situação vai piorar muito”, diz Rui sobre o interior

/ Bahia

Rui fala sobre avanço de casos no interior. Fotos: Paula Fróes

O crescimento dos últimos cinco dias, nos casos de coronavírus no interior da Bahia tem trazido preocupação ao governador Rui Costa e aos prefeitos. Durante transmissão nas redes sociais nesta terça-feira (7), o gestor ressaltou que mesmo com a antecipação de feriados, houve grande deslocamento para cidades do interior, no período dos festejos juninos, o que acabou elevando os índices. Rui anunciou que fará reuniões com 90 prefeitos, 30 a cada dia para definir medidas de contenção do vírus.

”Quarta, quinta e sexta, eu e o secretário da Saúde, Fábio Vilas Boas, iremos nos reunir com os prefeitos dos municípios com as piores situações, que estão crescendo mais rápido, para discutir e combinar medidas para barrar esse crescimento. Precisamos também garantir que quem está positivado fique isolado, até dos seus familiares, para segurarmos a taxa de contaminação. Agora há pouco falei com os prefeitos de Ribeira do Pombal, de Tancredo Neves. Ontem falei com o prefeito de Camamu. E uma das principais razões para o aumento de notificações foram as reuniões familiares em junho, nas datas do São João e São Pedro”, alertou.

De acordo com o chefe do Executivo estadual, mais de 30 cidades baianas estão com 100% de crescimento nos últimos 10 dias, contrariando as expectativas de queda da curva de contaminação.

”u estava contando os dias que a taxa iria cair. Infelizmente, mesmo antecipando os feriados de São João e do 2 de Julho. Com os apelos para as que as pessoas não viajassem, nem fizessem aglomeração. Se juntarmos 100 pessoas em uma festa, o vírus vai avançar. Foi o que aconteceu e nos preocupa a taxa de crescimento no interior do estado, em diversas regiões. Esse é um número absurdo, pois quando se passa de 50 casos ativos com uma velocidade dessas, vira contaminação comunitária e não se consegue mais controlar”, pontuou o governador.

Testes

Ainda segundo o governador, a Bahia é o segundo estado no Brasil que mais realizou testes PCR, mais de 100 mil. Rui revelou que irá aumentar ainda mais o número de testes, buscando chegar à meta de de 3 mil testes diários.

”Iremos trabalhar com o número máximo de testes e devemos processar 3 mil testes de RT-PCR todos os dias. A Bahia inclusive é o segundo estado no país em número de realização desse tipo de teste que é o mais seguro para detecção da doença. Já fizemos mais de 100 mil testes na Bahia e vamos seguir ampliando a testagem”, afirmou Rui Costa.

Com aumento de casos, Gandu tem maior incidência da Covid-19 na Bahia e prefeito prorroga lockdown

/ Bahia

Leonardo Cardoso prorrogou o ”lockdown”. Foto: Prefeitura

O município de Gandu, no sul da Bahia, registra grande crescimento de casos da Covid-19 nos últimos dias. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), nesta terça-feira (7), a cidade tem o maior coeficiente de incidência de casos da doença por 100 mil habitantes em toda Bahia.

Inclusive nesta terça, o prefeito da cidade, Leonardo Cardoso, prorrogou o ”lockdown”, que significa a proibição das atividades não essenciais e circulação de pessoas e veículos. A medida está em vigor desde o dia 2 deste mês e vale até o sábado (11), conforme publicação do G1.

Na última segunda-feira (6), Gandu contabilizou 54 casos novos do coronavírus. No total, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura da cidade, foram contabilizadas 773 pessoas contaminadas pela Covid-19, com 456 curadas e 14 mortes. O município ainda tem 303 casos ativos, que são pacientes infectados que ainda podem transmitir o vírus para outra pessoa.

”A gente tem a curva de contaminação que ainda é uma crescente. Isso é reflexo de duas semanas atrás, talvez a semana do São João. A janela imunológica, o aparecimento dos sintomas, leva de sete a 15 dias. O efeito de ontem, que ultrapassou 50 casos, foram coletas de pessoas que tiveram contaminação há duas semanas. Agora, o lockdown, a medida que está sendo abraçada, vai ter efeito daqui a uma ou duas semanas”, explicou o prefeito Leonardo Cardoso durante transmissão na internet nesta terça-feira.

Durante o ”lockdown” em Gandu, os únicos estabelecimentos com funcionamento permitido são farmácias, clínicas médicas, laboratórios, postos de combustíveis e serviços de delivery. Carros oficiais e de urgência e emergência também têm liberação para circulação.

”A medida está dando certo, está fluindo, dando efeito. É necessário se aproveitar esses três dias a mais, completar dez dias, e ter mais efeitos positivos lá na frente e derrubarmos com mais velocidade a curva de contaminação. […] Gandu tem tido contaminação frequente e acelerada. Ainda temos número grande de atendimento diário. Lockdown é para barrar velocidade de contaminação e que a gente não tenha muitas pessoas doentes. Graças a Deus a comunidade tem abraçado essa medida”, disse o prefeito.

A cidade também segue com o toque de recolher, em vigor desde o dia 4 de junho. A medida proíbe, das 19h às 5h, a circulação de pessoas e veículos nas ruas, exceto quem esteja a serviço e em casos de emergência.

Retomada da economia

O prefeito de Gandu também anunciou que, com o encerramento do lockdown, no sábado, a cidade vai retomar, gradualmente, a reabertura da economia.

Bahia registra 3.675 casos novos de Covid-19 e 48 óbitos nas últimas 24 horas, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.675 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +4,2%), 48 óbitos (+2,2%) e 3.428 curados (+5,7%). Dos 91.954 casos confirmados desde o início da pandemia, 63.207 já são considerados curados, 26.531 encontram-se ativos e 2.216 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 394 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (44,25%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.293,00), Itajuípe (2.152,16), Ipiaú (1.796,26), Uruçuca (1.520,54) e Itabuna (1.496,56).

O boletim epidemiológico contabiliza 91.957 casos confirmados, 186.383 casos descartados e 90.571 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (7).

Na Bahia, 10.222 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.312 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.486 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 64%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 887 leitos exclusivos para o coronavírus, 717 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 81%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.216 mortes pelo novo coronavírus.

2169º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 26/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2170º óbito – homem, 60 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão arterial e obesidade, foi internado dia 22/06 e foi a óbito na mesma data (22/06), em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

2171º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 23/05 e foi a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2172º óbito – mulher, 72 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede privada;

2173º óbito – homem, 61 anos, residente em Salvador, portador de imunodeficiências, foi internado dia 08/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2174º óbito – mulher, 52 anos, residente em Camaçari, sem comorbidades, foi internada dia 31/05 e foi a óbito na mesma data (31/05), em unidade da rede privada, em Salvador;

2175º óbito – homem, 83 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 04/06 e foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2176º óbito – mulher, 86 anos, residente em Salvador, portadora de doenças endócrinas e nutricionais, foi internada dia 13/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2177º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2178º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de doença respiratória crônica, diabetes, doença cardiovascular e obesidade, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2179º óbito – homem, 38 anos, residente em Feira de Santana, sem comorbidades, foi internado dia 17/06 e foi a óbito dia 06/07, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

2180º óbito – homem, 93 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 02/06 e foi a óbito dia 8/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2181º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2182º óbito – mulher, 97 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes, doenças endócrinas e nutricionais, foi internada dia 02/06 e foi a óbito dia 06/06, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

2183º óbito – homem, 69 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, foi internado dia 04/06 e foi a óbito dia 14/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2184º óbito – homem, 54anos, residente em Eunápolis, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede pública, em Eunápolis;

2185º óbito – homem, 67 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 29/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

2186º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 18/05 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2187º óbito – mulher, 96 anos, residente em Itaparica, portadora de doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Lauro de Freitas;

2188º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de diabetes e neoplasias, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

2189º óbito – mulher, 57 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e obesidade, foi internada dia 08/06 e foi a óbito dia 18/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2190º óbito – mulher, 43 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória infecciosa e obesidade, foi internada dia 08/06 e foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2191º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2192º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, portador de doenças do sistema nervoso, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 08/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2193º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 08/06 e foi a óbito dia 14/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2194º óbito – mulher, 58 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 16/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2195º óbito – mulher, 85 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 07/06 e foi a óbito dia 12/06, em unidade da privada, em Salvador;

2196º óbito – mulher, 92 anos, residente em Cairú, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 03/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

2197º óbito – homem, 74 anos, residente em Itabuna, portador de doenças do sistema nervoso, foi internado dia 09/06 e foi a óbito dia 26/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2198º óbito – mulher, 67 anos, residente em Crisópolis, sem comorbidades, foi internada dia 27/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede pública, em Alagoinhas;

2199º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2200º óbito – mulher, 91 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença real crônica, foi internada dia 11/06 e foi a óbito dia 22/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2201º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2202º óbito – homem, 74 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, doença cardiovascular e doença respiratória crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2203º óbito – mulher, 89 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, foi internada dia 20/06 e foi a óbito dia 03/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2204º óbito – mulher, 35 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 19/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2205º óbito – mulher, 51 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 23/06 e foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2206º óbito – mulher, 47 anos, residente em Feira de Santana, sem informação de comorbidades, foi internada dia 09/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Feira de Santana;

2207º óbito – homem, 80 anos, residente em Alagoinhas, portador de diabetes, doença cardiovascular e doença respiratória crônica, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2208º óbito – homem, 67 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão arterial, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

2209º óbito – mulher, 69 anos, residente em Feira de Santana, portadora de hipertensão arterial e neoplasias, foi internada dia 30/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede privada, em Feira de Santana;

2210º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internado dia 06/06 e foi a óbito dia 13/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2211º óbito – homem, 90 anos, residente em Teixeira de Freitas, sem informação de comorbidades, foi internado dia 28/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

2212º óbito – homem, 81 anos, residente em Teixeira de Freitas, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

2213º óbito – homem, 67 anos, residente em Juazeiro, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 11/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede pública, em Juazeiro;

2214º óbito – homem, 56 anos, residente em Petrolina (Pernambuco), sem informação de comorbidades, foi internado dia 24/06 e foi a óbito dia 25/06, em unidade da rede pública, em Juazeiro;

2215º óbito – mulher, 61 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e obesidade, foi internada dia 12/06e foi a óbito dia 27/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2216º óbito – homem, 86 anos, residente em Juazeiro, sem informação de comorbidades, foi internado dia 26/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Juazeiro.

Prefeitura de Eunápolis, no extremo sul, vai multar quem não estiver de máscara; pena chega a R$ 500

/ Bahia

Prefeitura faz distribuição de máscaras. Foto: Divulgação

Quem for pego nas ruas de Eunápolis, na Costa do Descobrimento, sem máscaras de proteção vai sofrer no bolso. É que um decreto da prefeitura publicado nesta segunda-feira (6) estabeleceu multa de R$ 100 os desobedientes. No caso de empresas que se descuidem de obrigar o procedimento, a multa sobe para R$ 500.

As medidas são parte das ações de controle contra o novo coronavírus. No mesmo decreto, a prefeitura manteve o toque de recolher entre as 20h e 5h e a proibição de estacionar veículos nas ruas e avenidas do Centro.

ACADEMIAS RETORNAM

O decreto também flexibilizou atividades. As academias, por exemplo, vão poder retomar o serviço desde que não ultrapassem o máximo de 20 pessoas no ambiente. Nesses locais não será permitido o ingresso de maiores de 60 anos nem pessoas com doenças cardíacas, respiratórias ou outras doenças crônicas.

No boletim divulgado pela prefeitura nesta segunda, Eunápolis tinha 812 casos de novo coronavírus com 20 óbitos decorrentes da enfermidade. Com informações do Bahia Notícias

Bahia registra 1.231 casos novos de Covid-19 e 61 óbitos em 24 horas, diz boletim epidemiológico

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.231 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,4%), 61 óbitos (+2,9%) e 1.130 curados (+1,9%). Dos 88.279 casos confirmados desde o início da pandemia, 59.779 já são considerados curados, 26.332 encontram-se ativos e 2.168 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 392 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (44,17%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.184,98), Itajuípe (2.132,64), Ipiaú (1.774,46), Uruçuca (1.505,92) e Itabuna (1.471,23).

O boletim epidemiológico contabiliza 88.279 casos confirmados, 182.551 casos descartados e 87.239 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (6).

Na Bahia, 9.983 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.293 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.485 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 882 leitos exclusivos para o coronavírus, 715 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 81%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 2.168 mortes pelo novo coronavírus.

2108º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2109º óbito – homem, 70 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internado dia 28/06 e foi a óbito na mesma data (28/06), em unidade da rede pública, em Salvador;

2110º óbito – mulher, 84 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 28/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2111º óbito – mulher, 69 anos, residente em Vitória de Conquista, sem informação de comorbidades, foi internada dia 24/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2112º óbito – homem, 59 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 10/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2113º óbito – mulher, 39 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2114º óbito – homem, 87 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes, obesidade e demências, incluindo Alzheimer, foi internado dia 23/05 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Lauro de Freitas;

2115º óbito – mulher, 49 anos, residente em Araci, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2116º óbito – homem, 63 anos, residente em Wenceslau Guimarães, portador de diabetes, foi internado dia 01/07 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2117º óbito – mulher, 70 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 11/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2118º óbito – mulher, 93 anos, residente em Salvador, portadora de doença respiratória crônica, foi internada dia 13/06e foi a óbito dia 18/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2119º óbito – homem, 84 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 23/06 e foi a óbito dia 28/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2120º óbito – mulher, 25 anos, residente em Una, portadora de doença renal crônica e doenças hematológicas, data de admissão não informada, foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2121º óbito – mulher, 34 anos, residente em Salvador, portadora de neoplasias, foi internada dia 12/06 e foi a óbito dia 02/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2122º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, foi internada dia 27/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2123º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, foi internada dia 18/06 e foi a óbito dia 01/07, em unidade da rede pública, em Salvador;

2124º óbito – mulher, 92 anos, residente em Salvador, portadora de doenças autoimunes, foi internada dia 25/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2125º óbito – homem, 78 anos, residente em Presidente Jânio Quadros, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 25/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

2126º óbito – mulher, 94 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e neoplasias, foi internada dia 22/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2127º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 19/06 e foi a óbito dia 30/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2128º óbito – mulher, 57 anos, residente em Jequié, portadora de diabetes e doença renal crônica, data de admissão não informada, foi a óbito dia 24/06, em unidade da rede pública, em Jequié;

2129º óbito – homem, 64 anos, residente em Ilhéus, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 12/05 e foi a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

2130º óbito – homem, 72 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 29/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

2131º óbito – homem, 79 anos, residente em Jequié, portador de doença cardiovascular, foi a óbito dia 22/06, em domicílio;

2132º óbito – mulher, 54 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 25/05 e foi a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

2133º óbito – mulher, 69 anos, residente em Jequié, portadora de doença cardiovascular, data de admissão não informada, foi a óbito dia 12/06, em unidade da rede privada, Jequié;

2134º óbito – mulher, 64 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 06/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2135º óbito – mulher, 62 anos, residente em Salvador, sem informação de comorbidades, foi internada dia 15/06 e foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede privada, em Salvador;

2136º óbito – homem, 74 anos, residente em Serra Preta, sem informação de comorbidades, foi internado dia 18/06 e foi a óbito dia 04/07, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

2137º óbito – homem, 63 anos, residente em Ibicaraí, portador de hipertensão arterial e diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Ibicaraí;

2138º óbito – homem, 77 anos, residente em Buerarema, portador de diabetes, data de admissão não informada, foi a óbito dia 05/07, em unidade da rede pública, em Itabuna;

2139º óbito – mulher, 78 anos, residente em Jequié, portadora de hipertensão arterial. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Salvador;

2140º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internado dia 12/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2141º óbito – homem, 97 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular. Internado dia 22/06, foi a óbito dia 05/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2142º óbito – mulher, 91 anos, residente em Salvador, portadora de doenças do sistema nervoso. Internada dia 10/06, foi a óbito dia 19/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2143º óbito – homem, 46 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença renal crônica. Internado dia 25/06, foi a óbito dia 02/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2144º óbito – mulher, 86 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 08/06, foi a óbito dia 29/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2145º óbito – homem, 78 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão artéria e diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 03/07, em hospital da rede particular, em Salvador;

2146º óbito – mulher, 64 anos, residente em Barro Preto, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 20/06, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede particular, em Ilhéus;

2147º óbito – homem, 81 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus, doença renal crônica, demências, incluindo Alzheimer. Internado dia 02/12, foi a óbito dia 03/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2148º óbito – mulher, 81 anos, residente em Itamaraju, portadora de doença cardiovascular. Internada dia 16/06, foi a óbito dia 20/06, em hospital da rede pública, em Itamaraju;

2149º óbito – mulher, 83 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes mellitus, hipertensão arterial e doença do sistema nervoso. Internada dia 22/06, foi a óbito dia 29/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2150º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 01/06, foi a óbito dia 26/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2151º óbito – mulher, 36 anos, residente em Jequié, portadora de diabetes mellitus, hipertensão arterial e obesidade. Sem informações acerca da data de internação, foi a óbito dia 04/07, em hospital da rede pública, em Jequié;

2152º óbito – mulher, 61 anos, residente em Alagoinhas, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular, Internada dia 29/06, foi a óbito dia 01/07, em hospital da rede pública, em Alagoinhas;

2153º óbito – mulher, 74 anos, residente em Presidente Tancredo Neves, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 01/07, foi a óbito no mesmo dia (01/07), em hospital da rede pública, em Santo Antônio de Jesus;

2154º óbito – homem, 71 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 30/05, foi a óbito no mesmo dia (30/05), em hospital da rede pública, em Salvador;

2155º óbito – mulher, 78 anos, residente em Alagoinhas, portadora de hipertensão e diabetes mellitus. Internada dia 20/06, foi a óbito dia 24/06, em hospital da rede pública, em Alagoinhas;

2156º óbito – homem, 85 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Internado dia 19/05, foi a óbito dia 18/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2157º óbito – mulher, 83 anos, residente em Alagoinhas, portadora de diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 19/6, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Alagoinhas;

2158º óbito – homem, 76 anos, residente em Maracás, portador de doença cardiovascular. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 30/06, em hospital da rede pública, em Maracás;

2159º óbito – homem, 47 anos, residente em Camaçari, portador de hipertensão arterial e obesidade. Internado dia 16/05, foi a óbito dia 18/05, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2160º óbito – homem, 79 anos, residente em salvador, portador de diabetes mellitus, doença cardiovascular, obesidade e doença renal crônica. Internado dia 21/06, foi a óbito dia 29/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2161º óbito – homem, 76 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial. Internado dia 08/06, foi a óbito dia 12/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

2162º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internada dia 01/06, foi a óbito dia 20/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2163º óbito – mulher, 60 anos, residente em Buerarema, portadora de doença cardiovascular. Sem informação acerca da data de internação, foi a óbito dia 05/07, em hospital da rede pública, em Itabuna;

2164º óbito – homem, 53 anos, residente em Camaçari, portador de hipertensão arterial. Internado dia 14/05, foi a óbito dia 18/05, em unidade da rede pública, em Camaçari;

2165º óbito – mulher, 69 anos, residente em Alagoinhas, portadora de diabetes mellitus. Internada dia 10/06, foi a óbito dias 24/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

2166º óbito, homem, 66 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 24/05, foi a óbito dia 30/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

2167º óbito – mulher, 73 anos, residente em Salvador, sem informações acerca de comorbidades. Também sem informações sobre a data de internação, foi a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

2168º óbito – mulher, 69 anos, residente em Santo Antônio de Jesus, sem comorbidades. Internada dia 11/06, foi a óbito dia 16/06, em hospital da rede pública, em Salvador.

MP-BA ingressa com ação para que 15 faculdades em Salvador reduzam mensalidades em 30%

/ Bahia

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) ingressou com uma ação civil pública solicitando à Justiça que determine redução de 30% do valor das mensalidades de todos os cursos [graduação e pós-graduação] de 15 Instituições de Ensino Superior (IES) de Salvador, enquanto vigorar o isolamento social.

“O percentual de redução de 30% deverá ser aplicado independentemente da condição financeira do aluno e da exigência de qualquer documento sobre este fator, bem como deste ser beneficiário de bolsa auxílio”, afirmou a promotora do caso, Joseane Suzart.

O Ministério Público pediu ainda que as instituições suspendam de forma integral a cobrança de atividades extracurriculares realizadas somente de forma presencial, que possibilitem que os alunos tranquem o curso de graduação, caso queiram, e que isso não seja considerado inadimplemento contratual; e, na hipótese de inadimplência dos estudantes durante a pandemia do novo coronavírus, as acionadas isentarão os consumidores quanto ao pagamento de multas de mora e juros incidentes, abstendo-se de incluí-los eventualmente em cadastros restritivos de crédito.

Segundo o Bnews, a promotora afirma que as faculdades devem suspender as aulas na modalidade de Ensino a Distância (EAD), durante 15 dias, para realizar uma pesquisa acerca da realização das atividades curriculares no meio digital. Ela defende que só possam retomar o EAD, se a pesquisa apontar que mais da metade dos alunos concordam e podem participar. As universidades ainda devem manter as aulas gravadas para os alunos que não tenham possibilidade de assistir ao vivo. As informações são do Metro1

Confira a lista das IES acionadas pelo MP-BA:

  • 1- Faculdade Santo Agostinho (Facsa)
  • 2- Faculdade Batista Brasileira (FBB)
  • 3- Sistema de Educação Superior Sociedade LTDa (Pitágoras)
  • 4- Universidade Pitágoras (Unopar)
  • 5- Universidade Católica do Salvador (Ucsal)
  • 6- Centro Universitário Maurício de Nassau de Salvador – Uninassau Salvador
  • 7- Faculdade Estácio FIB
  • 8- Centro Universitário Ruy Barbosa de Salvador
  • 9- Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC)
  • 10- Universidade do Salvador (Unifacs)
  • 11- Faculdades Jorge Amado (Unijorge)
  • 12- Centro Universitario Dom Pedro II
  • 13- Faculdade Olga Mettig (Famettig)
  • 14- Centro Universitário de Salvador (Uniceusa)
  • 15- Faculdade São Salvador

Cipe Caatinga incinera mais de 16 mil pés de maconha em roça no norte da Bahia

/ Bahia

Cipe encontra plantação de maconha em Jaguarari. Foto: SSP

A Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Caatinga incinerou, neste domingo (5), mais de 16 mil pés de maconha em uma roça encontrada no distrito de Pilar, município de Jaguarari, no norte de Bahia. As informações são da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

A roça estava dividida em quatro cultivos, com mudas de diferentes tamanhos, em uma região de difícil acesso. Segundo a SSP, esta foi a terceira plantação da erva destruída em menos de 48 horas no estado.

De acordo com o subcomandante da Cipe Caatinga, capitão Mário Baeta, os criminosos usavam baldes para irrigar o cultivo. ”Também desmontamos um rancho utilizado como acampamento e apreendemos pás e enxadas no local”, falou.

Na operação, também foram apreendidos 15 kg de maconha seca, dois litros de sementes e mudas frescas da erva. Todo o material foi encaminhado para a Delegacia Territorial (DT) de Senhor do Bonfim, onde o caso foi registrado.

Aulas, eventos e transporte intermunicipal estão suspensos na Bahia até 12 de julho

/ Bahia

Estão suspensas em todo território baiano até o dia 12 de julho as aulas nas redes pública e privada e as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como eventos desportivos, religiosos, shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, aulas em academias de dança e ginástica, além da abertura e do funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.

A decisão foi tomada pelo governador Rui Costa na última sexta-feira (3) e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do sábado, dia 4 de julho. Todas essas restrições estão estabelecidas no decreto n° 19.586, que tinha validade até esta segunda-feira, dia 6 de julho.

A prorrogação do decreto também inclui a suspensão do transporte intermunicipal em diversas cidades baianas. Atualmente, a medida está válida em 356 municípios, onde há registros de pacientes ativos com a Covid-19. Todas as restrições estabelecidas pelo Governo do Estado têm como objetivo conter o avanço da disseminação do novo coronavírus na Bahia.

 

Entregue pelo governador Rui Costa obra de recuperação da BA-490 em Rafael Jambeiro

/ Bahia

Rui Costa entre obra em Rafael Jambeiro. Foto: Paula Fróes

O trecho de pouco mais de 20 quilômetros da rodovia BA-490, em Rafael Jambeiro, foi entregue pelo governador Rui Costa totalmente recuperado nesta segunda-feira (6). O Governo do Estado investiu R$ 8,6 milhões na restauração e pavimentação da via.

”Mesmo neste período de pandemia, não paralisamos as obras em estradas na Bahia. Nos próximos dias, estarei em outros municípios para a entrega de outras rodovias concluídas. O Governo do Estado dedica forte investimento na infraestrutura das nossas rodovias, por entender que estradas em boas condições garantem, em primeiro lugar, a segurança das pessoas, além de favorecer o desenvolvimento, a acessibilidade e a geração de empregos”, destacou o governador.

A obra em Rafael Jambeiro beneficia os 62 mil habitantes da região e fortalece o setor econômico local, formado, basicamente, por pequenos agricultores familiares.

O secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, falou sobre os benefícios da obra para o escoamento da produção agrícola, principal atividade da região. ”São mais de 20 quilômetros de rodovia ligando Rafael Jambeiro à BR-242, que é uma ligação que corta a Bahia no sentido leste a oeste. Rafael Jambeiro é um município de pequenos produtores, uma região onde a agriculta familiar é muito forte, com terras muito férteis. A recuperação desta rodovia vai permitir um deslocamento mais seguro para as pessoas e facilitar o escoamento da produção”.

Morre aos 87 anos, no Rio de Janeiro, a baiana Martha Rocha, primeira Miss Brasil

/ Bahia

Morreu aos 87 anos , no sábado (4),  em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, a baiana Maria Martha Hacker Rocha – primeira Miss Brasil.

A soteropolitana venceu o concurso em junho de 1954, na cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro. A primeira Miss Brasil foi sepultada na tarde deste domingo, 5, no Cemitério do Santíssimo Sacramento.

De acordo com a família, a causa da morte foi insuficiência respiratória seguida de infarto. As informações são do A Tarde

Prefeitura de Feira de Santana fecha novamente comércio após aumento de casos do vírus

/ Bahia

A prefeitura de Feira de Santana decidiu restringir novamente o funcionamento das atividades comerciais na cidade por causa do crescimento de casos de coronavírus.

A partir de terça-feira (7), só irão funcionar as atividades essenciais. De acordo com o Executivo municipal, a medida dura tem como objetivo ampliar as taxas de isolamento social, principal medida no enfrentamento da covid-19.