Anvisa autoriza importação da Sputnik V pelos estados nordestinos e Vilas-Boas comemora

/ Bahia

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou nesta sexta-feira (4) a importação de 37 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 Sputnik V. Após a confirmação do novo posicionamento pelo órgão federal, o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, comentou a notícia, via postagem no Twitter.
”Vitória do Gov @costa_rui e do povo nordestino”, escreveu.

Do lote negociado pelo Consórcio Nordeste, a Bahia vai ficar com 9,7 milhões de vacinas.

blockquote class=”twitter-tweet”>

A @anvisa_oficial acaba de autorizar, finalmente, a importação excepcional e temporária da vacina #SputnikV, ainda que milhares de mortes evitáveis tivessem que ocorrer para tanto. Vitória do Gov @costa_rui e do povo nordestino. pic.twitter.com/DdXjOsQgF0

— Fábio Vilas-Boas (@fabiovboas) June 4, 2021

Sem estoque de seringa, Secretaria de Saúde de Feira de Santana suspende vacina BCG no município

/ Bahia

A Secretaria de Saúde do município de Feira de Santana informou, nesta quarta-feira (2), a falta de seringas utilizadas na aplicação da vacina BCG, indicada para as crianças no primeiro mês de vida. Por conta disso, a imunização dos recém-nascidos está suspensa na cidade.

De acordo com o secretário de Saúde de Feira, Marcelo Britto, a demanda pela seringa aumentou porque ela é a mesma utilizada para a vacina da Pfizer, que foi priorizada. “Com a vinda da vacina da Pfizer, todo mundo comprou essas seringas para usar na vacina da Pfizer e esquecemos que tem necessidade de fazer a BCG”, revela.

Britto explica que a seringa específica é a única que garante a segurança na aplicação da vacina nos bebês, por isso ela é necessária para a ação. “A vacina BCG, muito parecida com a vacina da Pfizer, tem uma quantidade pequena de dosagem. Para vocês terem uma noção, é de 0,5 ml, o que é aplicado. Não pode correr o risco de aplicar mais, senão corre o risco de acontecer o que se chama ultra dosagem e a criança pode ter algum problema por causa da utilização indevida”, diz.

Ainda segundo chefe da pasta municipal, a seringa era entregue, junto com a vacina, pelo Núcleo Regional de Saúde (NRS), da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que não consegue abastecer o material, em falta no mercado. “A Sesab nos avisou que ela está também com dificuldade […] de entrega dessas vacinas porque não acha para comprar”, diz o secretário, reforçando que o estado também não tem culpa.

”Nós estamos buscando comprar [as seringas], tanto na Bahia, quanto fora da Bahia, buscando até no exterior, para ver se a gente encontra uma seringa dessas para trazer, mas estamos com muita dificuldade de encontrar essa seringa. Nós utilizamos todas as seringas disponíveis para utilizar na vacina da Pfizer, para o coronavírus, e não tem seringa para aplicar a BCG, mas estamos buscando soluções”, informa Britto.

Apesar do problema, o secretário indica que a situação não é grave. ”Fica o alerta para os pais dessas crianças: que não tem risco. Nós não estamos enfrentando nenhuma pandemia, endemia, crise ou surto de BCG. Portanto, não há problemas em nós adiarmos um pouco a vacinação da BCG. Assim que tivermos as seringas compradas, poderemos regularizar essa vacinação”, esclarece.

O imunizante BCG protege contra as formas graves da tuberculose, como a meningite tuberculosa e a tuberculose miliar.

Governador Rui Costa entrega requalificação de mais de 24 quilômetros da BA-142

/ Bahia

Governo entrega obra no Sudoeste. Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O governador Rui Costa esteve na região da Chapada Diamantina, nesta sexta-feira (4), onde cumpriu agenda de entregas nos municípios de Tanhaçu e Ituaçu. Primeiro em Tanhaçu, o chefe do executivo baiano entregou a requalificação de mais de 24 quilômetros da BA-142 entre as duas cidades.

O investimento de R$ 10 milhões beneficia 235 mil habitantes que vivem nos municípios de Andaraí, Mucugê, Barra da Estiva, Ibicoara, Ituaçu, Tanhaçu, Itaberaba, Iaçu, Marcionílio Souza e Itaetê. A estimativa é de que 1.900 veículos circulem diariamente pela via.

”Hoje estamos entregando mais um trecho de uma grande obra, que é um sistema viário de toda a região da Chapada”, explicou o governador.

Ainda em Tanhaçu, o governador Rui Costa visitou a Escola Estadual Antônio Carlos Magalhães e esteve acompanhado pelo secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues. “Durante visita ao município, recebemos demandas de outras obras. Por isso, anunciei a ampliação e modernização do colégio e o início da obra de uma adutora que vai trazer água da Barragem de Cristalândia para resolver, definitivamente, o abastecimento de Tanhaçu e das comunidades do entorno da sede da cidade. O investimento para a obra da adutora será de R$ 24 milhões”, revelou o governador.

Ituaçu

Já em Ituaçu, o governador entregou o novo Sistema Integrado de Abastecimento de Água que vai atender as localidades de Baraúnas, Várzea da Pedra, Jurema, Abóbora, Lagoa dos Patos, Várzea Comprida, Olhos D`Água do Meio, Pé da Ladeira, Lagoa da Laje e Tróia.

A ação contou com investimento de R$ 7 milhões e o trabalho foi coordenado pela Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (Cerb), vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado (SIHS).

A agenda no município também contemplou a entrega da pavimentação em paralelepípedo com drenagem superficial das ruas João Pereira da Cruz, Rita de Cássia dos Santos Pereira, Artur Oscar Santos, João Honório dos Santos, Anísio da Silva Pirese Avenida Gonçalo Santos Pereira. A obra, que contou com um investimento de mais de R$ 600 mil, foi executada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), em parceria com a Prefeitura.

Ordem de serviço

Rui Costa ainda assinou ordem de serviço para a Secretaria da Educação do Estado construir uma unidade escolar, com dez salas de aula, que irá sediar o Colégio Estadual Frei Pedro Tomas Margallo.

Bahia registra 4.620 novos casos e mais 90 óbitos por coronavírus, diz boletim da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.620 casos de Covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico desta quinta-feira (3) divulgado pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). O boletim também traz o registro de 90 novos óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro só foram realizados hoje.

Segundo a Sesab, dos 1.025.987 casos confirmados desde o início da pandemia, 988.790 já são considerados recuperados, 15.685 encontram-se ativos e 21.512 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 2,10%.

A pasta reitera que a existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Situação da regulação de Covid-19
Às 12h desta quinta-feira, 159 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 108 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

Bahia recebe nova remessa com mais de 37 mil doses de vacinas contra Covid-19

/ Bahia

Uma nova remessa com 37.440 doses de vacinas contra Covid-19 foi recebida nesta quinta, na Bahia. Os imunizantes foram produzidos pela Pfizer/BioNTech.

O voo comercial trazendo a carga pousou no aeroporto de Salvador por volta das 15h. As vacinas serão distribuídas para os municípios baianos, onde serão destinadas para a primeira aplicação.

As vacinas serão conferidas pela equipe da coordenação de imunização do Estados e devem começar a ser distribuídas nesta sexta-feira (04).

Com a chegada desta carga, a Bahia têm, no total, 6.813.150 doses de vacinas recebidas, sendo 3.035.800 da Coronavac, 3.566.750 da AstraZeneca/Oxford e 210.600 da Pfizer/BioNTech.

Bahia recebe mais uma remessa com 366 mil doses de vacinas contra Covid-19

/ Bahia

A Bahia recebeu mais uma remessa de vacinas contra a Covid-19, nesta quarta-feira (2). São 366.000 doses de imunizantes da Astrazeneca/Oxford.

O voo comercial trazendo a carga pousou no aeroporto de Salvador por volta das 9h30. As vacinas serão destinadas para a primeira aplicação. Além do quantitativo recebido hoje, está prevista a chegada de mais 37.440 doses de vacinas produzidas pela Pfizer/BioNTech na tarde desta quinta-feira (3).

Vilas-Boas prevê que junho e julho serão ”muito piores” que maio e abril na pandemia

/ Bahia

Secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas. Foto: Divulgação/Sesab

O Secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, fez uma projeção nesta quarta-feira (2) de que os meses de junho e julho, devido ao período do São João e a possibilidade de haver viagens para as cidades do interior do estado, mesmo com o feriado cancelado, serão ”muito piores” do que foram maio e abril na pandemia da Covid-19, correndo o risco de um pico de aumento de casos 20 dias após os festejos juninos.

‘Acho que os meses de junho e julho serão muito piores do que foram maio e abril. Sabemos que haverá uma migração de pessoas para a zona rural, mesmo com o feriado cancelado, e é provável que tenhamos um pico 20 dias depois do São João e do São Pedro”, escreveu eu seu perfil no Twitter, ao compartilhar trecho de uma entrevista ao jornal A Tarde.

Vilas-Boas disse ainda que o que o Estado pode fazer é usar as forças de segurança do para coibir festas e aglomerações. ”O que podemos fazer nós já fizemos. Daqui para frente é usar as forças de segurança do estado para coibir festas e aglomerações”, completou o secretário.

 

Morre ex-presidente da OAB- Seção Bahia, Saul Quadros, vítima do Coronavírus

/ Bahia

Saul estava Internado no Hospital Aliança. Foto: Reprodução

O ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia, Saul Quadros, faleceu por volta de 1h da madrugada desta quarta-feira (2). Ele estava internado em estado grave no Hospital Aliança, acometido pela Covid-19.

A informação foi confirmada ao Bahia Notícias pelo atual presidente da OAB-BA, Fabrício Castro. Em nota, ele disse que o óbito foi ”uma grande perda para a classe, que se despede de um advogado, um ex-presidente com relevantes serviços prestados à Ordem”. A instituição decretou três dias de luto oficial pela morte.

Quadros estava internado desde abril e chegou até a fazer uso de ECMO (Oxigenação Membrana Extracorpórea), mas não resistiu à doença. De acordo com a OAB-BA, o advogado deixa esposa, a advogada e desembargadora do trabalho aposentada Ismenia Quadros, e três filhos, todos advogados, Daniela, Ludmila e Saul Neto, que é presidente da Comissão de Direito Condominial da OAB-BA. O velório será realizado ainda nesta quarta, às 16h, no Cemitério Jardim da Saudade.

CARREIRA

Saul Quadros se formou Bacharel em Direito em 1966 pela Universidade Federal da Bahia. Ao longo da vida acadêmica, ele foi líder estudantil e presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

Depois disso, ele foi procurador-geral do Município de Salvador e advogado militante nas áreas de direito público, cível, empresarial e trabalhista. Ele assumiu a presidência da Ordem em dois triênios: 2007-2009 e 2010-2012.

Além disso, outros cargos assumidos por Quadros foram o de presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAAB), conselheiro federal da OAB e vice-presidente da Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas (Abrat), membro do Instituto Brasileiro dos Advogados (IAB), da Associação Brasileira de Direito Constitucional (ABDC), da Associação Ibero Americana de Direito do Trabalho e da Associação Baiana de Advogados Trabalhistas. Como pós-graduado em Didática do Ensino Superior, foi ainda professor de Direito Constitucional e Direito do Trabalho. Com informações do site Bahia Notícias

Suspensão de transporte intermunicipal na BA vai ocorrer entre os dias 20 e 27 de junho

/ Bahia

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta terça-feira (1°), que os ônibus do transporte intermunicipal terão circulação suspensa entre os dias 20 e 27 de junho, para evitar que as pessoas viajem nas datas festivas e façam aglomerações. A informação foi divulgada no Papo Correria, programa do gestor nas redes sociais.

No dia 17 de maio, Rui Costa já tinha anunciado que o transporte intermunicipal será suspenso pelo segundo ano consecutivo no período do São João a São Pedro, mas não tinha detalhado quando seria.

Na oportunidade, o governador também adiantou que nenhuma festa junina será permitida na Bahia, independentemente do número de público. As medidas são adotadas para evitar a disseminação do coronavírus no estado.

Bebê de Feira de Santana testa positivo para anticorpos contra a Covid; mãe recebeu vacina

/ Bahia

Enzo é filho da enfermeira Gabriele Moraes. Foto: Divulgação/HEC

Um novo caso de bebê que apresentou anticorpos contra a Covid-19 na Bahia foi identificado na cidade de Feira de Santana. A informação foi divulgada nesta terça-feira (1º) pela assessoria do Hospital Estadual da Criança (HEC).

De acordo com o HEC, a mãe do pequeno Enzo, a enfermeira Gabriele de Carvalho Moraes, que atua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica do hospital, estava com 30 semanas de gestação quando tomou a primeira dose da CoronaVac, por indicação da médica obstetra.

Ainda de acordo com o HEC, com cerca de 34 semanas, Gabriele de Carvalho Moraes tomou a segunda dose. Dessa, forma, já havia esperança de que Enzo nascesse imune.

Ao HEC, a mãe do pequeno disse que sentiu uma sensação de alívio ao receber a notícia de que Enzo apresentou anticorpos contra o novo coronavírus.

O HEC ainda informou que o pequeno Enzo é o primeiro bebê feirense a nascer com anticorpos para a Covid-19. Ele nasceu no dia 24 de maio e recebeu alta hospitalar na última quinta-feira (27). Na sexta-feira (28), foram realizados os exames de sangue que constataram os anticorpos IgG contra SARS-CoV-2.

Falha técnica persiste e Sesab novamente não divulga casos de Covid no Estado da Bahia

/ Bahia

A Secretaria de Saúde da Bahia divulgou boletim epidemiológico nesta segunda-feira (31), após pausa no domingo por causa de falhas técnicas. No entanto, o número de casos da Covid nas últimas 24 horas não pôde ser registrado.

”Por conta de uma falha pontual no sistema de leitura e processamento das bases de dados da Covid-19, dos governos federal, estadual e municipais, identificada pela Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb) neste domingo (30), não foi possível consolidar os dados das últimas 24 horas e, consequentemente, ter as informações comparativas com as 24 horas anteriores. Nesta terça-feira (01), todos os dados voltarão a ser divulgados”, informa.

A quantidade de óbitos nas últimas 24 horas foi divulgada: 81. E, desde o início da pandemia foram registrados 1.012.200 casos confirmados da doença, dos quais 975.260 já são considerados recuperados, 15.699 encontram-se ativos e 21.241 tiveram óbito confirmado.

Governo prorroga toque de recolher e proíbe venda de bebida alcoólica no fim de semana

/ Bahia

O Governo do Estado decidiu prorrogar a restrição da locomoção noturna de pessoas das 21h às 5h, em toda a Bahia, até 8 de junho. Nos municípios localizados nas regiões da Chapada Diamantina, Oeste, Irecê, Jacobina, Sudoeste e Extremo-Sul, o toque de recolher vale das 20h às 5h. A prorrogação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (1º).

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres, localizados nessas seis regiões, deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção noturna será válida das 22h às 5h.

Fica vedada, em todo o território baiano, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), no período das 18h de 4 de junho até as 5h de 7 de junho.

A comercialização de bebida alcoólica no fim de semana será liberada somente em municípios integrantes de regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos.

Região Metropolitana de Salvador

Em Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz, a restrição de locomoção noturna ocorrerá das 20h às 5h, entre os dias 3 e 7 de junho. No dias 1º e 2, o toque de recolher será das 22h às 5h.

Ainda nesses municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS), a venda de bebida alcoólica fica proibida em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 20h de 4 de junho até as 5h de 7 de junho.

A circulação dos ferry boats será suspensa das 22h30 às 5h, no período de 1º de junho a 8 de junho, ficando vedado o funcionamento nos dias 5 e 6 de junho. As lanchinhas não devem circular das 22h30 às 5h, até 8 de junho, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação nos dias 5 e 6 de junho.

De 4 de junho a 6 de junho, a circulação dos meios de transporte metropolitanos será suspensa das 20h30 às 5h. Também de 4 de junho a 6 de junho, os ferry boats e as lanchinhas não devem circular das 20h30 às 5h.

Aulas

As unidades de ensino públicas e particulares podem manter as atividades de forma semipresencial. Para que isso ocorra, é necessário que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid esteja abaixo de 75%, por cinco dias consecutivos, nas regiões de saúde.

Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.

Eventos e shows

Os eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas continuam proibidos até 8 de junho, em todo o território baiano, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados. Segue suspensa ainda, até 8 de junho, a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e afins, independentemente do número de participantes, além de atividades esportivas amadoras em todos os municípios baianos.

Os eventos exclusivamente científicos e profissionais podem ocorrer com público limitado a 50 pessoas. Já os atos religiosos litúrgicos ficam permitidos mediante a ocupação máxima de 25% da capacidade do local. O funcionamento das academias também permanece autorizado mediante a ocupação máxima de 50%.

Estádios não abrigarão jogos, diz governador ao rejeitar partidas da Copa América na Bahia

/ Bahia

Rui Costa fez pronunciamento nesta segunda. Foto: Secom

O governador Rui Costa (PT) afirmou na noite desta segunda-feira (31) que não autorizará jogos da Copa América em estádios da Bahia, dentre os quais a Arena Fonte Nova, onde funciona um hospital de campanha exclusivo para pacientes com Covid-19. Após Colômbia e Argentina decidirem não abrigar a competição, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) anunciou o Brasil como novo local de disputa do torneio, marcado para começar em 13 de junho.

”A prioridade que queremos é vacina. Vacina para salvar vidas humanas. Vacina para retomar o emprego, a renda, a economia. Esperamos que o governo federal tenha empenho, dedicação e trabalho para a chegada de mais vacinas rapidamente. Aqui na Bahia, a prioridade é salvar vidas humanas, continuar trabalhando e gerar renda para a população”, disse o governador em um pronunciamento em vídeo divulgado por sua assessoria.

”O estádio [a Arena Fonte Nova] está provisoriamente ocupado com leitos de UTI. Portanto, aqui na Bahia não poderão ocorrer jogos, de qualquer copa, em função do uso do estádio para salvar vidas humanas”, acrescentou o chefe do Executivo estadual.

Pela manhã, Rui Costa havia se manifestado favorável à realização de partidas da competição em solo baiano, desde que, segundo ele, não houvesse público nas arquibancadas.

Horas mais tarde, ele, no entanto, usou as redes sociais para defender a compra de vacinas contra o coronavírus e rechaçar, de forma enfática, a possibilidade de o país sediar um evento esportivo diante da marca de quase 500 mil mortes provocadas pela doença.

Nas últimas 24 horas, o país registrou 874 novos óbitos por Covid-19 e passou a acumular o total de 462.966 vidas perdidas desde o início da pandemia. No mesmo período, a Bahia contabilizou mais 81 mortes e o total de 21.241 óbitos dede o início da pandemia.

”O Brasil precisa de mais vacinas e não de Copa América. Não é responsável termos mais uma competição quando nos aproximamos da marca de 500 mil mortes pela Covid-19. A agilidade que o Governo Federal teve para dizer sim à Copa América precisa ser aplicada à compra de vacinas”, escreveu o governador.

Com investimento de R$ 41 milhões, governo entrega maternidade no Subúrbio Ferroviário

/ Bahia

O governador Rui Costa entregou a nova maternidade Maria Conceição de Jesus, localizada no bairro de Coutos, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, nesta segunda-feira (31). O Governo do Estado investiu R$ 41 milhões para a reforma e readequação do espaço onde antes funcionou o Hospital João Batista Caribé. O nome da maternidade foi escolhido em homenagem à enfermeira Maria Conceição de Jesus, que faleceu em julho do ano passado em decorrência da Covid-19. A unidade começa a receber pacientes nesta terça-feira (1º).

De acordo com o governador, a unidade inaugurada nesta segunda-feira (31) faz parte de um pacote de seis novas maternidades garantidas pelo Governo do Estado. ”Nós já fizemos a intervenção no Hospital da Criança, acrescentando um andar inteiro com 100 leitos para a maternidade. Assim que conseguirmos reverter o uso do Hospital Metropolitano, que atualmente está dedicado ao atendimento da Covid-19, nós iremos transferir o hospital que hoje funciona no Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, para o Hospital Metropolitano, e o Menandro se transformará numa unidade materno-infantil com um padrão alto de qualidade” explicou.

Rui ainda revelou que, em junho, será inaugurada uma maternidade de alta complexidade para a região sul da Bahia, localizada em Ilhéus. ”Também em breve, entregaremos uma nova maternidade na cidade de Seabra, que irá atender a população de toda a região da Chapada Diamantina. Além disso, realizaremos intervenção numa unidade situada em Camaçari. Com o funcionamento pleno dessas unidades iremos garantir que as pessoas não tenham que se deslocar até a capital em busca de um atendimento”, destacou.

Atendimento

A maternidade Maria Conceição de Jesus tem capacidade para realizar 480 partos mensalmente e com capacidade para expansão do atendimento. A nova estrutura possui três andares onde foram instalados 90 leitos. Os leitos estão distribuídos entre 10 de UTI Neonatal, 15 de cuidados intermediários, 10 de Gestação de Alto Risco, 25 de Obstetrícia Clínica, 25 de Obstetrícia Cirúrgica. As obras foram realizadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur).

A unidade também conta com cinco leitos no Centro de Parto Normal Peri-hospitalar, novo serviço que será oferecido às gestantes destinado a garantir a condução da assistência ao parto de baixo risco, puerpério fisiológico e cuidados com recém-nascido sadio, da admissão à alta, por obstetriz ou enfermeiro obstétrico. A maternidade terá também um banco de leite humano.

”Esse é mais um passo para garantir a excelência na qualidade e assistência ao parto e ao recém nascido em toda a Bahia. Um projeto implantado pelo Governo do Estado desde 2015 para garantir a redução da mortalidade materna e neo natal”, ressaltou o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

Outros serviços​

Os serviços oferecidos são urgência e emergência, sendo referência para as situações de maior complexidade obstétrica; internação obstétrica destinada ao atendimento do parto de risco habitual, tratamento das intercorrências clínicas da gestação e do puerpério; serviço de referência à gestação de alto risco, constituído por ambulatório especializado em pré-natal de alto risco, consultas especializadas em obstetrícia, cardiologia, enfermagem, nutrição e psicologia; e serviço de apoio diagnóstico e terapêutica, organizado para ofertar ações em regime ambulatorial e de internação hospitalar, em patologia clínica, anatomia patológica, eletrocardiografia, radiologia convencional, ultrassonografia obstétrica com doppler, ecocardiograma adulto e neonatal e tococardiografia.

Sobre a Homenagem​

Maria da Conceição Santos de Jesus foi uma enfermeira obstétrica, tendo se dedicado por 30 anos à assistência ao parto na rede estadual de saúde. Mesmo já idosa, não se afastou das suas atividades, culminando por vitimar-se pela Covid-19 em julho de 2020. Formou-se em Ciências Biológicas no ano de 1972 e Enfermagem pela Universidade Federal da Bahia, em 1984, profissão com a qual se encantou.

Ao concluir a graduação de enfermagem, realizou um dos seus sonhos, tornando-se servidora pública do Governo do Estado da Bahia, na Secretaria da Saúde (Sesab). Ao todo, foram 30 anos de dedicação exclusiva ao serviço público, sendo 26 destes na Maternidade Albert Sabin, localizada em Cajazeiras, onde ocupava o cargo de diretora. Uma mulher apaixonada pela profissão, apoiadora na defesa do SUS, deixou um legado de comprometimento e empenho no cuidado com as vidas baianas, principalmente na atenção à saúde da mulher e ao recém-nascido.