Capital baiana: Nova sede do Neojiba é inaugurada pelo Governo com apresentações musicais

/ Bahia

Rui Costa entrega nova sede do Neojiba. Foto: Manu Dias

A música tomou conta da Parque do Queimado, no bairro da Liberdade, na manhã desta terça-feira (9), durante a inauguração da nova sede do Programa Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba). O equipamento foi inaugurado pelo governador Rui Costa, e a sala de concerto da nova sede recebeu as apresentações dos cantores compositores baianos Elomar e Mateus Aleluia, que foi acompanhado pelo maestro Ricardo Castro ao piano, além de alunos e professores do programa na apresentação.

”O Neojiba é, antes de tudo, um projeto de inclusão social, inclusão cultural. O que estrutura a vida do ser humano, a nossa existência aqui na terra é a cultura, a arte, a educação. É isso que preenche e dá brilho ao ser humano. E essa sede é um símbolo, com certeza muitos eventos culturais ocorrerão aqui e eu espero que a gente irradie por todo o estado da Bahia”, afirmou o governador Rui Costa.

O novo equipamento já é considerado como um dos mais completos e modernos espaços de formação musical do Brasil. O espaço deve receber mil crianças, adolescentes e jovens entre 06 e 29 anos.

”Essa é uma construção que vai dar mais força ao impacto do Neojiba em todo o estado. A acústica deste espaço é o que há de mais moderno, não tem precedente no Brasil uma acústica com essa qualidade, e as nossas crianças agora têm acesso às mesmas ferramentas que os jovens de outros países. O Neojiba segue como uma política estadual de desenvolvimento social através da prática musical coletiva. Nossos núcleos por toda a Bahia vão continuar funcionando e vão ser fortificados pelas ações que a gente vai empreender aqui no núcleo central, no Parque do Queimado”, contou o maestro, Diretor Geral e Fundador do Neojiba, Ricardo Castro.

A nova sede tem investimento de R$ 12,3 milhões oriundos de recursos do Governo do Estado e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). As aulas de música do programa passam a ser realizadas em um complexo de quatro prédios históricos do Parque do Queimado. A edificação do século XIX é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e foi restaurada e adaptada para receber as atividades do Neojiba.

Deixar uma Resposta