Capital baiana: Governo do Estado inaugura o último viaduto complementar das obras do metrô

/ Bahia

Rui Costa entrega último viaduto complementar. Foto: Manu Dias

O trânsito entre a região da Avenida Paralela e o bairro de Stella Maris, em Salvador, já pode ser feito pelo novo elevado entregue pelo governador Rui Costa, nesta quarta-feira (8). O viaduto de Stella Maris, previsto no pacote de obras complementares do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, garante o acesso direto de quem vem da Alameda das Praias – em Stella Maris – para pegar a Avenida Paralela, no sentido Rodoviária, e permite o avanço das obras do trecho que liga a Estação Mussurunga à Estação Aeroporto do metrô. No momento, para fazer o mesmo trajeto, os motoristas precisam atravessar a avenida no sentido aeroporto. ”Este viaduto faz parte de um grande programa de mobilidade para quem mora ou visita Salvador. Ao todo, nesses três viadutos, foram investidos R$ 61 milhões. Isso melhora o trânsito, segurança da população e, com certeza, a mobilidade urbana de Salvador. Isso vai acelerar também as obras do metrô, que logo no início do ano que vem [2018] teremos o metrô chegando até a Lauro Freitas, chegando ao aeroporto, o que vai tornar a nossa capital, nosso estado, referência nacional em mobilidade urbana, em segurança no trânsito, e graças a Deus, nós estaremos entre as principais capitais do Brasil em termos de mobilidade. Hoje é o maior investimento do Brasil, que são as obras o metrô, e, junto elas, essas obras complementares”, disse o governador Rui Costa. Segundo Rui, a Bahia terá a terceira maior extensão de metrô do Brasil, com 42 quilômetros de trilhos. ”Estamos trabalhando muito para garantir investimento, geração de emprego. Agora, nós vamos iniciar mais uma etapa, que são cinco quilômetros de Pirajá até Águas Claras. São duas novas estações, na chamada região da Brasilgás. Vai ter uma estação e lá, em Águas Claras, mais outra estação. Com isso, nós vamos atender mais pessoas dentro do metrô e vamos melhorar a infraestrutura para aquele lado da cidade”.

Os comentários estão fechados.