Caixa Econômica Federal anuncia R$ 5,7 bi em empréstimos para micro e pequenas empresas

/ Economia

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (23) que seus empréstimos da nova fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) chegaram a R$ 5,7 bilhões. Ao todo, a Caixa atendeu a 58,6 mil contratos de empréstimo na linha com juros mais baixos foram assinados por micro e pequenos empresários.

Nessa nova fase, o programa ainda permitiu a liberação de crédito para Microempreendedores Individuais (MEI), o que ajudou a impulsionar os números. A mudança não somente incluiu o grupo como expandiu o volume de recursos destinados ao Pronampe. A medida garante empréstimos para MEIs com faturamento de até R$ 86 mil.

Ao todo, o banco pode operacionalizar R$ 19,8 bilhões por meio desta linha de crédito e informou que tem cadastro pré-aprovado de outros 29,2 mil clientes. O potencial de ganho para a carteira de crédito com essas novas entradas seria de R$ 2,7 bilhões.

O prazo máximo para o pagamento é de 48 meses, sendo o máximo de carência de 11 meses e mais 37 parcelas para o empréstimo. A taxa de juros máxima que será cobrada dos empreendedores no programa será igual à taxa Selic (táxa básica de juros) — atualmente em 13,25% ao ano, acrescida de 6%, isto é, aproximadamente 19,25% ao ano.

O Pronampe é um programa que disponibiliza empréstimos para pequenas empresas com juros mais baixos e prazo maior para começar a pagar. Ele foi criado para ajudar empresários a enfrentar a crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus.

Os comentários estão fechados.