Bolsa Família perde R$ 15 bilhões

/ Artigos

Mário Negromonte Júnior (PP), presidente da Comissão de Orçamento da Câmara dos Deputados, o homem que comanda as discussões das propostas orçamentárias que vão valer em 2018, pontua alguns fatos curiosos. Os dois principais:

1 – Há um corte de 46,5% do Sistema Único de Assistência Social (Suas), que engloba os Creas e Cras, além do Bolsa Família:

”Só no Bolsa Família a pancada é de R$ 15 bilhões, o que significa dizer algo em torno de sete milhões de beneficiários excluídos. Outros R$ 30 bilhões serão cortados do benefício de prestação continuada (BPC), o que prejudicaria 2,3 milhões de pessoas. Essa é a nossa maior preocupação.

2 ”Nem Bolsonaro nem ninguém da equipe de transição procurou a Comissão de Orçamento para conversar qualquer coisa sobre a proposta enviada por Temer”.

Na espera

Negromonte diz que a pretensão da Câmara é votar o orçamento no máximo até 20 de dezembro. E mudanças a esta altura da tramitação seriam bastante complicadas. ”Estamos aguardando que o governo sinalize para a manutenção de R$ 1 bilhão para o Minha Casa, Minha Vida e mais R$ 1,6 bilhão para a Educação. Já externamos nossa preocupação e estamos aguardando”. Detalhe é que até agora Bolsonaro não conversou com o Congresso. Sobre nada.

*Por Levi Vasconcelos

Os comentários estão fechados.