Boletim da Fiocruz recomenda a adoção do passaporte da vacina para todo o Brasil

/ Saúde

Boletim da Fiocruz recomenda passaporte. Foto: Agência Brasil

Nesta sexta-feira (1), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou um boletim em que recomenda a adoção do passaporte da vacina para todo o Brasil. A fundação afirma que a adoção do passaporte é uma medida de saúde pública e estratégia de incentivo à imunização contra a Covid-19 em nível nacional.

O passaporte seria como um comprovante individual, que informa se a pessoa está ou não vacinada contra a doença.

”Esta estratégia é central na tentativa de controle de circulação de pessoas não vacinadas em espaços fechados e com maior concentração de pessoas, para reduzir a transmissão da Covid-19, principalmente entre indivíduos que não possuem sintomas”, afirma o boletim.

Os pesquisadores do Observatório Covid-19 da Fiocruz, responsáveis pela elaboração do boletim, alegam que o desenvolvimento dessas diretrizes a nível nacional faz parte dos pilares de universalidade e integralidade do Sistema Único de Saúde (SUS). A aplicação do passaporte em todo o país evitaria a judicialização do tema e montar um cenário estável.

”A redução do impacto da pandemia de modo mais duradouro somente será alcançada com a intensificação da campanha de vacinação, a adequação das práticas de vigilância em saúde, reforço da atenção primária à saúde, além do amplo emprego de medidas de proteção individual, como o uso de máscaras e o distanciamento social”, dizem os pesquisadores da Fiocruz.

Os comentários estão fechados.