Bahia registra 2.336 casos de H3N2 com 113 óbitos pela doença, diz Secretaria da Saúde

/ Bahia

De 1º de novembro de 2021 até 1º de fevereiro deste ano, a Bahia registrou 2.336 casos de Influenza A, do tipo H3N2, distribuídos em 220 municípios. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 1º, pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que também divulgou a notificação de 28 casos de flurona, infecção simultânea dos vírus da Influenza e Covid-19.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia, do total de casos registrados, 486 evoluíram para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e necessitaram de internação, com 113 pacientes vindo a óbito. Houve ainda um óbito que após revisão das informações epidemiológicas foi classificado como descartado para influenza.

A capital baiana concentrou o maior número de ocorrências, com quase metade dos casos (47,3%). Ao todo, 1.083 pacientes são residentes em Salvador. A Sesab, no entanto, destacou que o número é uma amostragem de casos de Síndrome Gripal (SG), pois nem todas as amostras coletadas são testadas para Influenza. Informações do A Tarde

Os comentários estão fechados.