Em novo boletim, Jaguaquara confirma 05 novos casos de Covid-19, perfazendo um total de 30 confirmados

/ Jaguaquara

Distrito Stela Dubois tem novos casos de Covid. Foto: Flávio Silva

Depois de um final de semana sem casos de Covid-19, nesta segunda-feira (1º), a Secretaria de Saúde de Jaguaqura informou, através de um card [arte gráfica] em rede social, que foram confirmados mais 05 novos casos do coronavírus no município, num curto período de 24 horas.

O boletim em card trouxe os casos distribuídos por bairros, perfazendo agora um total de 30 confirmados: bairro Cruzeiro (06), Popular (04), Palmeira (04), Muitiba (04), São Jorge (01), Malvina I (01), Casca (01) e o distrito Stela Dubois, localidade margeada pela BR-116, com (07) casos do doença.

Segundo a prefeitura, 14 casos já foram recuperados. O isolamento social é a recomendação da Organização Mundial da Saúde – OMS para evitar o contágio. Cada um precisa fazer sua parte. Quem puder ficar em casa.

Jequié: Número de casos entrou de vez em um crescimento exponencial, agora com 401

/ Jequié

Comércio segue parcialmente fechado. Foto: Blog Marcos Frahm

A situação do coronavírus em Jequié piora a cada boletim epidemiológico emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, revelando que o número de casos entrou de vez em um crescimento exponencial. Agora, conforme dados divulgados pela Prefeitura, na noite deste segunda-feira (1º), Jequié já tem 401 casos positivos de Covid-19, com o registro de mais 04 casos hoje.

Destes, 205 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 148 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1672 pessoas.

Estes são os dados atualizados desta segunda:

– 401 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19), destes, 148 casos foram recuperados;

– 26 óbitos (sendo 13 por residência; e 13 por ocorrência);

– 1044 casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19);

– 613 casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19;

– 30 casos aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado);

– 1672 casos em (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de covid-19/casos confirmados de covid-19).

Ipiaú confirma 7º óbito pelo novo coronavírus; número de infectados no município chega a 241

Ipiaú recebeu nova ambulância do Estado. Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Ipiaú confirmou em seu boletim, divulgado na noite dessa segunda-feira (1º), o 7º óbito de paciente infectado com a covid-19. Conforme as informações do site Giro em Ipiaú, a vítima era um homem de 82 anos, interno da Fundação Dona Deraldina (Abrigo dos Idosos).

Ele foi hospitalizado no centro de triagem no dia 08 de maio e encaminhado no dia seguinte para o Hospital Geral de Vitória da Conquista. O idoso apresentava os sintomas de tosse e dificuldade em respirar. O falecimento ocorreu nesta segunda-feira 01/06, na unidade de saúde da rede pública.

Além do óbito, a Secretaria registrou mais 12 novos casos de covid-19. Dessa forma, até a presente data o município de Ipiaú tem um total de 920 casos registrados como suspeitos para Covid-19, sendo 241 casos confirmados, dentre estes, 159 pessoas que testaram positivos para o vírus já estão recuperadas, 71 estão em isolamento social, 04 casos estão internados e 07 pessoas foram a óbito. 377 casos foram descartados e 302 pessoas aguardam resultados de exames. No momento, há 75 casos ativos de coronavírus no município.

Brasil tem 526.447 casos confirmados do coronavírus e 29.937 mortes, diz Ministério da Saúde

/ Brasil

O Ministério da Saúde divulgou hoje (1º) o balanço com dados sobre a Covid-19 no Brasil, o número de pessoas diagnosticadas com a doença subiu para 526.447 e o total de mortes chega a 29.937. Foram registrados 12.247 novos casos nas últimas 24 horas, além de 623 óbitos, dos quais 220 ocorreram nos últimos 3 dias. Há ainda 4.412 mortes em investigação.

No último balanço do governo, ontem (31), o total de infectados chegava a 514.849 e 29.937 mortes confirmadas.

São Paulo continua como o estado com mais casos da doença: são 111.296 até o momento. Em seguida vem Rio de Janeiro (54.530) e Ceará, que ultrapassou a marca de 50 mil casos nesta segunda, chegando a 50.504. Depois vem Amazonas (41.774) e Pará (38.046).

A Bahia registrou hoje (1º) 701 mortes por Covid-19 e 18.898 casos confirmados da doença em todo o estado, segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab)

Jaguaquara: Prefeito confirma que Edione será candidata e explica nomeação da primeira-dama

/ Jaguaquara

Martinelli explica mudanças em secretarias. Foto: Flávio Silva

Mesmo com todos os sinais claros que indicam o desejo do prefeito de Jaguaquara de ter a ex-secretária de Desenvolvimento Social como candidata à prefeitura para lhe suceder nas eleições 2020, havia grande expectativa no grupo político liderado por Giuliano Martinelli (PP), sobre quem ele iria escolher, de fato,  para disputar o cargo, já que outros nomes da base aliada eram cogitados, como por exemplos o do médico e vereador Élio Boa Sorte (PP), e o nome do vereador Francisnei Santos (PP).

Nesta segunda-feira (1º), o suspense acabou. Ao ser questionado por comunicadores das duas emissoras de rádio da cidade em coletiva de imprensa sobre o coronavírus, Martinelli respondeu a perguntas relacionadas à exoneração de Edione e nomeação de sua esposa, a primeira-dama Geisa Martinelli, que assumirá a pasta do Social [veja aqui], mas também permanecerá como secretária de Governo.  ”Vivemos, infelizmente, um momento político em Jaguaquara. Na realidade, Edione, caso a eleição ocorra esse ano, ela será candidata a prefeita. Já que ela tinha que se afastar, pelo prazo estipulado pelo TRE, assume Geisa uma pasta que ela já assumiu antes, foi secretária de Desenvolvimento Social por quatro anos e ela assume duas secretarias com um único salário. Tentaram distorcer os fatos, passar para a população, através das redes sociais, que ela estaria recebendo dois salários”, bradou.

Martinelli demonstrou insatisfação com os comentários negativos sobre a nomeação da primeira-dama, tendo enumerado qualidades da esposa no cargo, o que já havia ocupado por quatro anos em seu primeiro mandato.  ”As pessoas falam em contenção de despesas, e eu não entendi, nesse momento, a necessidade de nomear outra pessoa, sabendo que a minha esposa trabalhará em duas secretarias, recebendo salário de uma delas. Geisa tem contato diário com o povo, tem conhecimento da necessidade da população carente do município e volta a assumir uma pasta que Edione soube trabalhar, se dedicou ao extremo e esse reconhecimento virá. Tenho certeza que Geisa dará conta de duas secretarias, embora ela receba um único”, disse o gestor, que não hesitou em dizer que também levou em consideração a importância de conter despesas no âmbito da prefeitura.

Novo decreto do prefeito estende fechamento do comércio até o dia 8 de junho em Jequié

/ Jequié

Gameleira prorroga o fechamento do comércio. Foto: Rildo Jr.

Em mais um decreto municipal referente o combate à Covid-19 em Jequié, a prefeitura manteve a suspensão de atividades comerciais formais e informais no município, incluindo os setores de serviços, varejista ou atacadista.

Segundo publicação do site Jequié Repórter, a medida também inclui ambulantes e feirantes, mantendo apenas o funcionamento daqueles serviços considerados essenciais, como: farmácias, supermercados, bancos, hospitais, laboratórios, restaurantes e lanchonetes (apenas via develivery), óticas, pet-shops (exclusivamente delivery), dentre outros estabelecimentos.

Além da medida relacionada ao comércio, o novo decreto endossa o Decreto Estadual que estabeleceu o toque de recolher das 17h às 5h em Jequié, ficando proibido a permanência e o trânsito nas ruas da cidade. Para conferir o decreto completo e a lista dos setores dos estabelecimentos permitidos de funcionarem clique aqui.

Governador Rui Costa prorroga até 21 de junho medidas de enfrentamento à pandemia

/ Bahia

O governador Rui Costa anunciou nesta segunda-feira (1º) que vai prorrogar até 21 de junho as medidas de enfrentamento ao novo coronavírus. As ações incluem a suspensão das aulas e a circulação dos ônibus intermunicipais, para evitar a contaminação de outras cidades.

”Estamos conseguindo diminuir a taxa de crescimento. Antes da decretação de ações mais fortes, estávamos crescendo 5% na curva e na necessidade de leitos por dia. Hoje, reduzimos a necessidade pra 2% por dia, e média de crescimento caímos pra 4,6%”, comemorou o governador.

Rui se referia à antecipação dos feriados de São João e Independência da Bahia, na semana passada. Na avaliação do petista, é o momento de conter os focos que forem aparecendo no estado, para seguir na redução das taxas de incidência.

Durante videotransmissão, o governador demonstrou preocupação com o município de Senhor do Bonfim, que apresenta média de crescimento diário de 82%. Jequié também chama a atenção, com taxa de contaminação ainda em torno de 5%.

Com 960 casos e 36 óbitos, prefeito de Itabuna prorroga por mais 10 dias o toque de recolher

/ Bahia

Fernando prorroga toque de recolher

O prefeito Fernando Gomes, de Itabuna, no Sul da Bahia, decidiu prorrogar por mais 10 dias o toque de recolher, agora das 18h às 5h. O município está sob restrição de mobilidade no período noturno desde o último dia 12 de maio. Nos 20 primeiros dias, o toque de recolher ocorria das 20h às 5h.

A decisão de prorrogar o toque de recolher se dá por causa do avanço da covid-19 no município. Nesta segunda-feira (1), o município alcançou 960 casos do novo coronavírus, desde o início da pandemia, com 36 óbitos.

Durante o toque de recolher, somente podem funcionar as farmácias 24 horas, delivery de alimentação e de medicamentos e estabelecimentos de enfrentamento à Covid-19, além de serviços de segurança pública e patrimonial.

”Após adotar inúmeras medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, restringindo e regulando comércio e demais atividades, a Prefeitura de Itabuna intensifica suas ações visando reduzir a curva de contágio, que continua acentuada”, reforçou o município, em nota, segundo o Pimenta Blog.

Boletim epidemiológico: Estado da Bahia tem 18.898 casos confirmados do novo coronavírus

/ Bahia

A Bahia registra 18.898 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 16,07% do total de notificações no estado. Os 34 óbitos contabilizados no boletim epidemiológico desta segunda (1º) referem-se a um período de 28 dias, conforme observado nos perfis detalhados. Ou seja, não ocorreram em 24 horas. Estas notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Considerando o número de 18.898 casos confirmados, 6.701 recuperados e 701 óbitos, 11.496 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.764 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Os casos confirmados ocorreram em 302 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (61,32%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (5.653,30), Ipiaú (4.294,47), Itabuna (4.192,79), Salvador (3.979,67) e Itajuípe (3.855,35).

O boletim epidemiológico registra 41.442 casos descartados e 117.625 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda (1º).

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 1.803 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.017 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 56%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 791 leitos exclusivos para o coronavírus, 534 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 68%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou

682º óbito – homem, 98 anos, residente em Itabuna, sem informação acerca de comorbidades. Internado dia 22/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

683º óbito – homem, 44 anos, residente em Santa Cruz da Vitória, sem comorbidades. Internado dia 23/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede pública, em Ilhéus;

684º óbito – homem, 88 anos, residente em Itabuna, portador de neoplasia. Internado dia 15/05, veio a óbito dia 20/05, em hospital filantrópico, em Itabuna;

685º óbito – homem, 77 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Internado dia 26/05, veio a óbito no mesmo dia (26/05), em hospital da rede pública, em Salvador;

686º óbito – homem, 90 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, doença do sistema nervoso e doença respiratória crônica. Internado dia 17/05, veio a óbito dia 21/05, em hospital filantrópico, em Salvador;

687º óbito – homem, 73 anos, residente em Salvador, sem comorbidades, data de internação não informada, veio a óbito dia 19/05, em domicílio, em Salvador;

688º óbito – mulher, 80 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 17/05 e veio a óbito dia 20/05, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

689º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, doença cardiovascular e obesidade, foi internado dia 18/05 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

690º óbito – homem, 55 anos, residente em Valença, portador de diabetes, data de internação não informada, veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede pública, em Ilhéus;

691º óbito – mulher, 68 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes, doença cardiovascular doença renal crônica e hipertensão, foi internada no dia 15/05 e veio a óbito dia 22/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

692º óbito – mulher, 52 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 03/05 e veio a óbito dia 04/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

693º óbito – mulher, 85 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença cardiovascular, foi internada dia 17/05 e veio a óbito dia 30/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

694º óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, portadora de doença do sistema nervoso, hipertensão arterial e doença renal crônica, data de internação não informada, veio a óbito dia 24/05, em unidade da rede privada;

695º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de diabetes e doença renal crônica, foi internada dia 24/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

696º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de demências, incluindo Alzheimer, diabetes e hipertensão arterial, foi internada dia 21/05 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

697º óbito – mulher, 67 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 19/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

698º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de doença cardiovascular e obesidade, foi internada dia 16/05 e veio a óbito dia 23/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

699º óbito – mulher, 81 anos, residente em Aporá, portadora de doença cardiovascular, doença respiratória crônica, neoplasias e obesidade, foi internada dia 19/05 e veio a óbito dia 25/05, em unidade da rede privada, em Salvador;

700º óbito – homem, 82 anos, residente em Ipiaú, sem comorbidades, foi internado dia 08/05 e veio a óbito dia 31/05, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

701º óbito – mulher, 94 anos, residente em Salvador, portadora de doenças autoimunes, foi internada dia 03/05 e veio a óbito dia 26/05, em unidade da rede privada, em Salvador.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 53,10% foram do sexo feminino, 44,08% do sexo masculino e 2,82% sem informação. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 19,86% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos ou mais (1.969,97/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (1.636,36/1.000.000 habitantes).

Filantrópicas da Bahia receberão R$ 97 milhões para o combate a Covid-19, diz Antonio Brito

/ Saúde

Antonio Brito, presidente da Frente Parlamentar. Foto: Divulgação

O presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas, deputado federal Antonio Brito (PSD/BA), celebrou a autorização, pelo governo federal, por meio da Portaria nº 1.448, do repasse da segunda e última parcela, de R$1,66 bilhão, do auxílio financeiro emergencial às santas casas e aos hospitais filantrópicos para ações de controle do avanço da pandemia de Covid-19.

A primeira parcela, no valor de R$ 340 milhões, já havia sido autorizada no dia 22 de maio, atendendo a Lei 13.995, de autoria do senador José Serra, que determina o repasse de R$ 2 bilhões para estas entidades.

Na Bahia, ao todo, 87 entidades serão contempladas, recebendo um total de R$ 97.991.620,23. ”Este socorro emergencial será fundamental para a sobrevivência das santas casas, que vêm sofrendo neste momento com o aumento de seus custos com aquisição de EPIs, insumos, dentre outras despesas”, disse Antonio Brito.

”Venho informar que, infelizmente, testei positivo à Covid-19”, diz prefeita de Porto Seguro

/ Bahia

Claudia Oliveira testou positivo para coronavírus. Foto: Divulgação

A prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira (PSD), está infectada com o novo coronavírus. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da prefeitura, na noite desta segunda-feira (1).

”Venho informar que, infelizmente, testei positivo à Covid-19 nesta segunda-feira (01/06). Como é de conhecimento de todos, desde o início da pandemia venho trabalhando incansavelmente para que nossa cidade possa superar essa crise com o mínimo de perdas possíveis. Estive na linha de frente desde o início, não me omitindo em nenhum momento, tendo sempre muito cuidado, determinação, força e coragem para lutar pela proteção de todos os Porto Segurenses. Não pude parar de atender e deliberar sobre os destinos de nossa cidade neste momento de pandemia. E mesmo sabendo que estava me colocando em risco, assim como a minha família, minha responsabilidade com Porto Seguro e toda a nossa população sempre será uma prioridade”, disse a prefeita em nota.

Cláudia afirmou que apresentou os sintomas da Covid-19, fez o teste e se isolou. Ela confirmou o resultado positivo nesta segunda.

”Mesmo tomando todas as medidas de segurança e higiene necessárias, na última semana apresentei sintomas característicos da doença e me isolei imediatamente para proteger a todos da minha família e que estão comigo nessa luta a trabalho. Busquei atendimento médico e realizei o teste, que confirmou meu diagnóstico”, ressaltou.

”Estou cumprindo todas as determinações dos órgãos de saúde, e meu quadro clínico é estável. Todas as medidas de isolamento foram adotadas com todos que tiveram contato comigo, graças a Deus ninguém mais apresenta sintomas, mas se mantém em monitoramento. Quero pedir a todos que orem por mim, para que em breve esteja curada e de volta às atividades, e por todos que enfrentam essa situação tão difícil, para que Deus possa nos honrar com uma rápida recuperação”, acrescentou.

BN/ Paraná Pesquisas: Administração de Rui Costa é bem avaliada por 84,4% dos baianos

/ Bahia

Gestão de Rui é bem avaliada pelos baianos. Foto: Fernando Vivas

O levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, em parceria com o Bahia Notícias, pesquisou não apenas a atuação do governador Rui Costa na crise do novo coronavírus, mas também a percepção dos baianos sobre o governo dele. Para 84,4% dos entrevistados, a administração do petista é bem avaliada.

O percentual equivale a soma das avaliações ótima (25,1%), boa (30,8%) e regular (28,5%). Já ruim e péssimo somados equivalem a 13,2% dos pesquisados. Apenas 2,4% não souberam ou não opinaram.

A pesquisa questionou ainda se os baianos aprovam ou não a gestão de Rui à frente do Palácio de Ondina. São 74,2% aprovando, enquanto que 20,4% desaprovam a administração do governador. O número de não souberam ou não opinaram é ligeiramente maior: 5,4%.

O levantamento ouviu, por telefone, 2.016 habitantes em 184 municípios entre os dias 25 e 28 de maio. Com intervalo de confiança de 95%, a pesquisa tem margem de erro de 2% para mais ou para menos.

”Brasil ainda não chegou ao pior da pandemia”, afirma o diretor-executivo da OMS

/ Saúde

Diretor-executivo da OMS, Michael Ryan. Foto: Reprodução

O pior da pandemia ainda não chegou para o Brasil, afirmou nesta segunda (1ª) o diretor-executivo da OMS (Organização Mundial da Saúde), Michael Ryan.

Segundo ele, o Brasil —entre outros países da América Central e do Sul— está entre os que têm registrado os maiores aumentos diários de casos da doença, com transmissão ainda fora de controle.

”Claramente a situação em alguns países sul-americanos está longe da estabilidade. Houve um crescimento rápido dos casos e os sistemas de saúde estão sob pressão”, disse Ryan. Segundo ele, o pico do contágio ainda não chegou, ”e no momento não é possível prever quando chegará”.

Até domingo (31), o Brasil tinha 514.849 casos confirmados de coronavírus e 29.314 mortes, com 480 novos mortos nas 24 horas anteriores. É o segundo país com maior número de casos no mundo, depois dos EUA, e o quarto em número de mortes, atrás de EUA, Reino Unido e Itália.

Em relação à população, o Brasil era no domingo o 13º no mundo, com 13,8 mortes por 100 mil habitantes. Nos cálculos semanais feitos pelo Imperial College de Londres, a taxa de contágio brasileira está há pelo menos cinco semanas acima de 1 —o que significa que a transmissão está se acelerando.

O diretor-executivo da OMS afirmou que a densidade urbana e o grande número de pessoas mais pobres na cidade são fatores que dificultam o risco da doença, mas que políticas públicas implantadas no sul da Ásia e na África conseguiram estabilizar a gravidade da doença, enquanto no Brasil e em outros países latino-americanos ela ainda cresce com velocidade progressiva e ameaça os sistemas de saúde.

Segundo ele, nas Américas, ”houve respostas diferentes entre os países, e há bons exemplos de governos que adotaram abordagens científicas, enquanto em outros países vemos uma ausência ou uma fraqueza nisso”.

”O que precisamos agora é mostrar nossa solidariedade e trabalhar com esses países para que eles consigam controlar a epidemia”, disse Ryan.

Os especialistas da OMS voltaram a dizer que decisões de desconfinamento devem ser acompanhadas de um sistema para testar casos suspeitos, rastrear contatos, tratar doentes e isolar os que possam ter o coronavírus para impedir que contagiem outras pessoas. Com informações da Folha

Ilhéus: Com suspeita de aglomeração em enterro de índio, secretaria vai testar aldeias

/ Bahia

Pessoas que estiveram no enterro do indígena morto em Ilhéus, no Sul baiano, por covid-19 devem ser procurados para fazer testes de diagnóstico da doença. Contatado pelo Bahia Notícias nesta segunda-feira (1°), o secretário de saúde municipal, Geraldo Magela, disse que já pediu a lista das pessoas à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), órgão federal responsável pela política de saúde para os povos indígenas.

Conforme o secretário, há informações de que um número grande de pessoas participou do ato ocorrido na localidade de Olivença, terra onde o índio tupinambá morava. ”A gente ficou sabendo de que o enterro teve uma concentração excessiva de pessoas, mas só ficamos sabendo depois. Por isso, a gente tá pedindo a lista para testar todo mundo”, disse ao site Bahia Notícias.

Magela declarou que cerca de 200 testes devem feitos nas aldeias indígenas do município – sendo que cerca de 100 já teriam sido realizados. O índio veio a óbito depois de dar entrada com AVC [Acidente Vascular Cerebral, conhecido como derrame] no Hospital Costa do Cacau. Em torno de 14 pessoas que estiveram com o homem nos últimos dias testaram positivo para o novo coronavírus.