Alan Sanches avalia que acesso à informação ajuda a impedir avanço do coronavírus

/ Saúde

Deputado estadual Alan Sanches. Foto: Divulgação/AL-BA

Com o avanço do novo coronavírus pelo mundo, o vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado estadual Alan Sanches (DEM), avaliou, em entrevista ao site Política Livre nesta sexta-feira (13), que o acesso da população à informação a respeito da doença é um dos mais importantes passos para coibir o surto.

À reportagem, o democrata ressaltou que campanhas informativas sobre o Covid-19 são necessárias ”para tentar se prevenir ou até mesmo se cuidar”. ”Eu acho que o mais importante de tudo é o acesso à informação sobre o novo coronavírus. O Ministério da Saúde, logo no primeiro momento, quando o primeiro caso a confirmar aqui no Brasil ocorreu, iniciou as tratativas, levando informação para a população”, lembrou Sanches.

”Eu acho que essa campanha de informação é extremamente importante para que as pessoas tenham conhecimento dessa virose, também para tentar se prevenir ou até mesmo se cuidar. A gente só não pode entrar em pânico. As medidas que nós estamos tomando junto com as secretarias tanto do município quanto do estado estão no sentido de tentar controlar e coibir que um maior número de pessoas tenham essa virose”, salientou.

”Então, eu acho que, por enquanto, o mais importante é o acesso à informação e os cuidados gerais, de higiene pessoal. São esses cuidados que nós temos que ter para coibir que um maior número de pessoas seja infectado, mas a possibilidade de que haja uma contaminação de um grande número de pessoas aqui no Brasil isso há, sim. Isso sem dúvidas nenhuma. A expectativa é essa”, reforçou.

O parlamentar fez questão de considerar a importância de ”observar qual o comportamento desse vírus em um país tropical’. ”Nós ainda não sabemos qual é o comportamento desses vírus em uma cidade mais quente, como temos aqui na região do Nordeste. Só a partir de estudos que nós vamos ter um número maior de informações”, concluiu.

Presidente Bolsonaro comemora resultado negativo do coronavírus em post no Facebook

/ Saúde

Bolsonaro comemora o resultado negativo do teste. Foto: Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comemorou, nesta sexta-feira (13), o resultado negativo para o teste do coronavírus. No Facebook oficial de Bolsonaro, foi postado uma imagem na qual o presidente aparece dando ”banana” e na legenda está escrito: ”HFA/SABIN atestam negativo para o COVID-19 o Sr. Pres. da República Jair Bolsonaro”.

O atual estado de saúde do presidente foi alvo de especulações após o secretário Secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten ter testado positivo para o vírus.

Wajngarten integrou a comitiva brasileira que acompanhou Bolsonaro, nesta semana, em viagem à Flórida (EUA). O secretário posou para fotos ao lado do presidente norte-americano, Donald Trump.

Bolsonaro questionou ainda a atuação da mídia na cobertura do caso. Em postagem no seu Twitter, o presidente pediu para que as pessoas ”não acreditem na mídia fake news” e afirmou que ”são eles que precisam de vocês”.

Presídio de Jequié barra acesso de pessoas gripadas e adota medidas de prevenção ao coronavírus

/ Jequié

O Conjunto Penal de Jequié passa a adotar medidas contidas no Procedimento Operacional Padrão do Departamento Penitenciário Nacional para controle e prevenção do novo coronavírus.

A Unidade prisional passa a adotar a quarentena de 15 dias na triagem para os presos recebidos e a triagem na portaria para todas as pessoas que adentram à unidade. Foi determinado o impedimento de entrada de visitantes com os sintomas do Coronavírus e características estabelecida pelo Ministério da Saúde.

Além das medidas estabelecidas para a entrada e saída de pessoas no Presídio foram estabelecidas pela Direção outras medidas de prevenção para todos os funcionários da unidade:

– Instruir todas as pessoas que durante a tosse ou espirro cubram o nariz e a boca com o cotovelo flexionado ou utilize tecido ou lenço de papel, descartando-os após o uso;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão no momento, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Orientar sobre os sinais e sintomas do novo coronavírus que acionam o fluxo de atendimento para casos suspeitos da doença;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência;

– Manter os ambientes bem ventilados.

– Os servidores envolvidos em escoltas deverão utilizar máscara cirúrgica durante o contato com interno com suspeita de infecção;

– Além disso, é de suma importância a higienização das mãos.

Enviado pela SESAB, carro fumacê chega para ajudar no combate ao Aedes aegypti em Jaguaquara

/ Jaguaquara

Carro fumacê já circula nas ruas da cidade. Foto: Flávio Silva

A Prefeitura de Jaguaquara passou a adotar medidas, ou seja, ações para prevenir Dengue, Zika e Chikungunya no município depois de a Secretaria Municipal de Saúde revelar casos suspeitos de Dengue na cidade e ouvir cobranças dos moradores para ações eficazes.

Segundo a Prefeitura, a realização de mutirões comunitários envolvendo agentes de saúde e outros servidores públicos está entre as ações desenvolvidas, inclusive nos bairros: Malvinas, Lagoa e Palmeira, áreas que supostamente estariam com os maiores índices de infestação do Aedes aegypti.

Uma das ações é a circulação do carro fumacê, solicitado pelo Município à Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB). Destinado a Jaguaquara, um veículo, equipado com uma bomba pulverizadora de veneno, passou a percorrer, nos últimos dois dias, as vias da cidade com o trabalho de borrifação.

O carro borrifa as gotículas de um líquido composto por pequenas quantidades de um inseticida capaz de eliminar os mosquitos que estiverem voando no local no momento da aplicação.

O fumacê, que segue as diretrizes do Ministério da Saúde (MS), tem como função específica eliminar as fêmeas do mosquito Aedes aegypti e deve ser utilizado somente para bloqueio de transmissão e para controle de surtos ou epidemias.

E as informações são de que o número de casos suspeitos e alguns registrados em Jaguaquara exige atenção redobrada da população e das autoridades, deixando a maior cidade do Vale do Jiquiriçá em sinal de alerta. *Nota original do Blog Marcos Frahm

Morre em hospital a terceira vítima de acidente com ônibus da Viação Itapemirim na BR-101

/ Trânsito

Acidente ocorreu entre Itamaraju e Teixeira de Freitas. Foto: PRF

Morreu no fim da tarde de quinta-feira (12), no Hospital Municipal de Itamaraju, no Extremo Sul, a terceira vítima do acidente com um ônibus da Itapemirim, ocorrido na manhã de ontem. O corpo de uma idosa vai passar por perícia no Instituto Médico Legal.

Outra idosa e um menino de quatro anos morreram no momento do capotamento, que ocorreu por volta das 4h da madrugada, na BR-101, entre Itamaraju e Teixeira de Freitas. Segundo o hospital, oito pessoas já foram liberadas e estão acomodadas em hotéis da cidade.

Dezessete seguem internadas. O estado de saúde de três passageiros é considerado grave. A Policia Rodoviária Federal informou que, após capotar, o veículo saiu da pista e caiu em uma ribanceira. *Com informações do Radar 64

Sete estados nordestinos questionam no STF redução e não alocação de recursos do Programa Bolsa Família

/ Nordeste

O Governo do Estado da Bahia e dos Estados do Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte moveram, junto ao Supremo Tribunal Federal,  uma ação judicial, contra a União Federal, para sanar as inconstitucionalidades e ilegalidades decorrentes da redução e não alocação de recursos do Programa Bolsa Família.

No último mês de janeiro, o Governo Federal destinou apenas 3% dos novos benefícios do Bolsa Família ao Nordeste, região que concentra 36,8% das famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. Já as regiões Sul e Sudeste receberam 75% das novas concessões do programa. O somatório das novas concessões realizadas para todos os estados do nordeste é de apenas 3.035 famílias.

Desse total, a Bahia foi contemplada com apenas 1.123 novas concessões e 59.484 famílias tiveram seus benefícios cancelados, de janeiro 2019 a janeiro 2020.

Segundo o Procurador Geral do Estado da Bahia  Paulo Moreno, ”na ação cível originária, com pedido de tutela provisória, as Procuradorias Gerais dos Estados alegaram que o Programa Bolsa Família deve observar as balizas constitucionais de modo a contribuir também com a redução das desigualdades regionais e não criar distinções entre brasileiros”, informou.

”O Programa Bolsa Família possui relevância social e econômica principalmente nos estados autores da ação, e o represamento da concessão de novos benefícios àquelas famílias já inscritas – de maneira tão díspar em relação às demais regiões do país – implica em um aumento significativo da demanda social destes estados, sem uma justificativa plausível da União para os dados até então divulgados”, explicaram os procuradores na peça processual.

As PGE’s informaram ainda que essas desproteções concentradas na região nordeste comprometem outros serviços e fazem com que aumente o número de pessoas em situação de rua, o número de pedidos de cesta básica para superar a fome, especialmente aos municípios, causando desequilíbrio social e, claro, financeiro nas já combalidas finanças estaduais e municipais.

Dados

Em todo o Brasil a redução de benefícios do Bolsa Família, de maio a dezembro de 2019, chega a 1.111.043 famílias. Na região Nordeste, onde estão cerca de 50% dos vinculados ao programa, 428.565 pessoas deixaram de receber o benefício, o que corresponde a uma redução de 6%.

No Nordeste, em dezembro de 2019, eram 939.594 famílias em situação de pobreza extrema sem o benefício. Apesar desse número, apenas 3.035 benefícios foram concedidos em janeiro de 2020 para toda a Região. Ou seja, apenas 0,32% da demanda. Na Região Sul, 186.724 famílias estavam em situação de extrema pobreza sem o Bolsa Família, e foram concedidos 29.308 benefícios (15,7% da demanda). Tais números mostram uma redução que não se justifica legal e constitucionalmente mesmo em um cenário de cortes no Orçamento da Assistência Social.

Inscrições de médicos para combater coronavírus começam na próxima segunda-feira

/ Saúde

Inscrições serão feitas por meio do Mais Médicos. Foto: Reprodução

Iniciam na segunda-feira (16) as inscrições de médicos, com CRM Brasil, que desejem trabalhar no combate ao novo coronavírus (Covid-19) nas capitais e grandes centros, além dos municípios mais carentes e aldeias indígenas. A convocação está sendo feita pelo Ministério da Saúde, por meio do Programa Mais Médicos, para mais de 5 mil profissionais. A remuneração será de R$ 12 mil e o contrato terá duração de 1 ano.

De acordo com a pasta, de forma emergencial, os profissionais serão distribuídos em 1.864 municípios de todo o país, além de 19 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dsei). Capitais e grandes centros urbanos voltam a fazer parte do programa, que vinha priorizando municípios mais carentes.

A mudança ocorre porque grandes cidades, com maior concentração de pessoas, são locais mais propensos à circulação do coronavírus. O edital foi publicado, em edição extra do Diário Oficial da União na quarta (11). A expectativa é que os médicos já comecem a atuar nos municípios no início de abril.

“O Mais Médicos é um programa de provisão emergencial de médicos e pode ser usado em emergências de saúde como a que estamos passando com o coronavírus”, disse o secretário de Atenção Primária à Saúde, Erno Harzheim. Para garantir a contratação de todos os médicos, o ministério vai investir R$ 1,2 bilhão.

Junto com o edital para chamamento dos médicos, a pasta publicou outro edital para que os municípios que já participavam do Programa Mais Médicos manifestem a intenção de renovar as vagas para os novos profissionais. Também a partir de segunda-feira, os secretários municipais de Saúde já podem indicar o interesse em receber os médicos.

 

 

Prefeito de Salvador suspende realização do Festival da Cidade; evento pode acontecer em nova data

/ Entrevista

Por Coronavírus, ACM cancela festa. Foto: Vagner Souza/ BNews

O Festival da Cidade de 2020 – com os eventos musicais, culturais e esportivos -, tradicionalmente realizado em março na capital baiana, está suspenso. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (13) pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), durante coletiva à imprensa.

”Nós não vamos fazer o Festival da Cidade no mês de março. Quando eu digo suspenso quero dizer que o desejo da prefeitura é que possamos realizá-lo depois”, explicou. Ainda não há uma estimativa de qual seria a nova data do evento.

Neto acrescentou que a medida foi tomada por entender que este não é um momento de comemoração, com a Organização Mundial de Saúde (OMS) classificando o coronavírus como uma pandemia.

”Com todo o rebatimento que ela tem no Brasil, não cabe, não há qualquer sentido a gente fazer uma festa que obviamente está relacionada a alegria em um momento como esse”, continuou.

Por hora, a recomendação é que nenhum evento seja realizado na cidade. A sugestão, segundo o prefeito, pode virar uma proibição. Isso deve ser medido ao longo do tempo.

Três das principais atrações previstas – Wesley Safadão, Psirico e Alok – entraram na grade do evento em função de transtornos provocados pela chuva em um dos dias do Festival Virada Salvador, no último mês de dezembro – na madrugada de 30 para 31 de dezembro.

Desde 2014 o Festival da Ccidade é realizado tradicionalmente no dia 29 de março – dias antes, dias depois -, para celebrar o aniversário de Salvador. Normalmente, além do evento, a prefeitura costuma entregar uma série de obras, investimentos e realizações no período. Neto garante que essa agenda de ações da administração segue mantida.

”Todo o nosso trabalho, nosso foco, em relação às obras que contemplam novos editais de licitação, novas ordens de serviço e inaugurações. Tudo isso – que será o maior investimento anunciado na história de Salvador – será em 2020 pela oportunidade da comemoração dos 461 anos da cidade e está mantido”, disse durante coletiva.

Feira de Santana: Coronavírus leva o prefeito Colbert a anunciar cancelamento da micareta

/ Saúde

Gestor de Feira, Colbert Martins. Foto: Blog Marcos Frahm

Após recomendações da Polícia Militar, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e de outras entidades, a Prefeitura de Feira de Santana decidiu adiar a tradicional Micareta de Feira. A festa estava prevista para ocorrer de 23 a 26 de abril deste ano, período estimado como provável pico do coronavírus no Brasil.

O anúncio da gestão municipal foi feito na manhã desta sexta-feira (13) pelo prefeito Colbert Martins (MDB) em coletiva de imprensa. ”Estamos decretando uma situação excepcional em Feira de Santana com relação aos eventos festivos na cidade e eventos de massa. Faltam 40 dias e estamos adiando a micareta. Estamos tratando de transmissão de vírus em eventos. É um decreto emergencial que afetará nossa cidade em todos os segmentos (…) Várias unidades estão suspendendo cirurgias eletivas”, afirmou Martins em coletiva de imprensa, segundo o portal Acorda Cidade, que cobre as notícias da região.

No Brasil, o Covid-19 já infectou 77 pessoas, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde na tarde de quinta (12). Porém, levantamento informais, com base em dados divulgados pelas unidades de saúde, indicam que esse número já passa de 100. Na Bahia, há três casos de coronavírus, todos em Feira de Santana.

Por conta disso, a PM se pronunciou, pedindo o adiamento da festa e a Sesab agiu em seguida, reforçando essa posição.

Coronavírus: Ufba cancela eventos e suspende funcionamento do restaurante universitário

/ Educação

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) começou a adotar medidas para conter a disseminação do coronavírus. Em nota divulgada na manhã desta sexta-feira (13), a instituição informou que as aulas estão mantidas, mas suspendeu eventos que concentram grande número de pessoas, como congressos, eventos de formatura e palestras, e viagens nacionais e internacionais. O funcionamento do restaurante universitário e dos museus também foi temporariamente interrompido.

A Ufba recomenda ainda que auditórios que não possuam janelas não sejam utilizados pela comunidade acadêmica, e pede que estudantes e funcionários que eventualmente apresentarem sintomas não compareçam ao campus.

Confira a nota na íntegra:

”A Universidade Federal da Bahia, seguindo as orientações de contenção à disseminação do novo coronavírus apresentadas pelo ministro da Saúde em audiência na Câmara dos Deputados e o conjunto de medidas preventivas sugeridas pelas secretarias de Estado da Saúde e da Educação, e em face à decretação de pandemia da doença pela Organização Mundial da Saúde, anuncia à comunidade universitária um conjunto de ações e recomendações visando ao esclarecimento e à prevenção da disseminação do coronavírus.

As aulas dos cursos de graduação e pós-graduação estão mantidas, uma vez que não há indício de circulação sustentada do vírus na Bahia (ou seja, não há registro de casos sem contato ou histórico conhecido de exposição de pessoas à doença) e, por ora, o estado tem um pequeno número de casos confirmados. Não há, portanto, até o momento, indicação, por parte das autoridades sanitárias, de que a suspensão das aulas possa ter eficácia, do ponto de vista epidemiológico, na contenção da disseminação do vírus.

A Reitoria da UFBA, contudo, proporá às autoridades sanitárias estaduais e municipais a realização de reunião com gestores e especialistas em saúde pública e em educação para discutir, juntamente com todas as universidades e institutos de nosso estado, a necessidade e a viabilidade de medidas mais abrangentes, que possam ser adotadas proximamente, de maneira isolada ou solidária, com o objetivo de conter a propagação do coronavírus em nosso meio.

A Universidade reitera à comunidade universitária que, no cenário atual, qualquer caso de síndrome gripal (ou seja, febre e mais um sintoma de gripe, como dor no corpo ou tosse) é potencialmente suspeito de ser coronavírus. Por isso, a UFBA recomenda enfaticamente que estudantes e trabalhadores com esses sintomas não compareçam às suas atividades nos espaços da Universidade, e que procurem os serviços de saúde pública para receber orientação e atendimento adequados. Uma autodeclaração enviada por meio eletrônico servirá, inicialmente, como justificativa para o afastamento, recomendando-se aos que necessitem permanecer afastados por período superior à duração média de um resfriado comum que procurem atendimento médico adequado. Idosos e pessoas com doenças crônicas, mais suscetíveis às consequências do coronavírus, deverão receber atenção especial e tomar cuidado redobrado, evitando ao máximo a exposição a aglomerações.

Também devem procurar os serviços de saúde pública, para notificação e obtenção de orientações, membros da comunidade universitária e visitantes que tenham chegado de viagem recente a algum dos países com registro de transmissão do novo coronavírus, e que estejam apresentando sintomas de síndrome gripal ou, ainda, tenham tido contato direto com pessoas com esses sintomas. Reitera-se, também, a recomendação de maior frequência de higienização das mãos, com água e sabão ou álcool gel, e de que se evite tossir sem cobrir devidamente a boca.

A Universidade seguirá a recomendação do Ministério da Saúde no que diz respeito à suspensão de eventos que promovam grandes aglomerações. Assim, atividades extracurriculares – a exemplo de congressos, simpósios, cerimônias de formatura, posse e entrega de títulos honoríficos, eventos comemorativos, científicos, artísticos, culturais e esportivos – estão suspensas e não deverão ser reprogramadas até que se restabeleça a normalidade. O Centro de Esportes deverá ser utilizado exclusivamente para atividades curriculares obrigatórias; será suspenso o funcionamento do Restaurante Universitário e dos Pontos de Distribuição – mantendo-se a distribuição de alimentos conforme regulamentação a ser emitida pela Pró-reitoria de Ações Afirmativas e Assistência Estudantil; e os museus da UFBA estão temporariamente fechados à visitação do público.

Também estão suspensas as viagens nacionais e internacionais de qualquer natureza, que deverão ser reavaliadas e remarcadas – a menos que haja justificativa incontornável em contrário. Recomenda-se também que reuniões e bancas de conclusão de curso se realizem, sempre que possível, com a utilização de ferramentas digitais de comunicação.

A Universidade irá requalificar e intensificar seus serviços de limpeza, visando a maximizar a eficácia da desinfecção de banheiros e superfícies – como mesas, bancadas, maçanetas, teclados e outras –, com especial atenção aos locais mais sensíveis, como a creche e as residências universitárias, bem como, em particular, as áreas em que ocorrem práticas de saúde, com os cuidados adicionais que lhes são característicos e necessários.

Tendo em vista que grandes concentrações de pessoas em espaços fechados criam condições favoráveis à transmissão do coronavírus, auditórios e espaços de grande porte que não possuam janelas não deverão ser utilizados, privilegiando-se aqueles que disponham de ventilação natural. Será temporariamente ampliada a oferta de serviços do Buzufba nos horários de pico, a fim de minimizar a concentração média de passageiros.

Uma campanha educativa, lastreada em informações de fontes oficiais confiáveis e alinhada às recomendações das autoridades sanitárias, está sendo desenvolvida por um grupo multidisciplinar que envolve diversas unidades e órgãos da Universidade. E, a partir de hoje, a Ouvidoria da UFBA estará disponível, em dois turnos, para esclarecer dúvidas e prestar orientações sobre o coronavírus, através do telefone 3283-7044.” 

Pugliesi confirma resultado positivo para coronavírus, após presença em casamento da irmã em Itacaré

/ Saúde

Influencer confirmou o resultado nas redes sociais. Foto: Reprodução

A influencer baiana Gabriela Pugliesi, que mora em São Paulo, confirmou nas redes sociais o resultado positivo para o coronavírus, nesta quinta-feira (12). A suspeita é que Pugliesi tenha contraído o vírus durante o casamento da irmã dela, realizado em Itacaré, no sul da Bahia, no sábado (7).

”Gente, eu estava dormindo, dando uma descansada, porque eu estou realmente gripada, como vocês sabem. Estava esperando ansiosamente o meu resultado, dos exames que eu fiz, e deu positivo para coronavírus. Nem passava pela minha cabeça, eu realmente tava crente que [a gripe] era de bebida, de festa e tal”, disse Pugliesi no stories do Instagram.

Um convidado do casamento, que esteve em viagem à Aspen no período do carnaval, foi o primeiro paciente a ter o diagnóstico positivo para o coronavírus, divulgado ainda na quarta-feira (11). Ele é um paulistano de 26 anos, que não teve nome divulgado.

”Realmente, algumas pessoas do casamento, não tantas quanto divulgaram aí, poucas pessoas também deram positivo. Eu nem tenho mais o que falar, na verdade. É isso. Tenho que me cuidar, ficar aqui isolada, descansando”, complementou a influencer, ainda nas redes sociais.

A irmã da influencer, Marcela Minelli, casou-se com Marcelo Bezerra no último sábado (7), no resort de luxo Txai, na cidade baiana. Segundo informações de convidados, cerca de 500 pessoas estavam na festa. O resort onde o grupo estava hospedado emitiu nota, ainda na quarta, informando que o paulistano apresentou sintomas leves, como coriza e febre, enquanto estava hospedado no local.

Até ontem, quinta (12), a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), informou que não há nenhum caso suspeito e nem confirmado em Itacaré, onde fica o resort. A prefeitura de Itacaré também informou que não há nenhum caso suspeito no município baiano.

O resort afirma que nenhum funcionário apresentou sintomas, mas que tomou medidas profiláticas nas instalações do hotel e que todos os funcionários que trabalharam entre sexta (6) e domingo (8), período em que o hóspede esteve no local, estão sendo observados pela equipe de enfermagem do resort. As informações são do G1

Vitória desliza e perde para Ceará em jogo de ida pela 3ª fase da Copa do Brasil

/ Esporte

Vitória perde no Castelão. Foto: Xandy Rodrigues / Estadão Conteúdo

Sob muita chuva e com o campo encharcado no Castelão, o Vitória não conseguiu jogar e viu o Ceará dominar a partida mesmo com as dificuldades. Com gol de Rafael Sobis, ainda no primeiro-tempo, o  Rubro-Negro foi derrotado pelo Vovô por 1 a 0, na partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Com o resultado, o time baiano ficou em desvantagem na disputa pela vaga na quarta fase. No jogo de volta, na próxima quarta-feira (18), no Barradão, o Leão precisará vencer por um gol de diferença, para levar a decisão para os pênaltis, ou por dois ou mais gols de diferença para se classificar direto do tempo regulamentar.

Antes, os comandados de Geninho voltam a campo pela Copa do Nordeste, no próximo domingo (15), no Barradão, contra o River-PI.

Sebrae realizará no dia 18, em Jequié, a palestra Dona de Si, com a atriz global Suzana Pires

/ Jequié

Palestra Dona de Si – como ser empreendedora de si mesma em tempos de crise. Com humor, relevância e emoção, na palestra Dona de Si, a atriz, autora da Rede Globo, colunista da revista Marie Claire e fundadora do Instituto Dona de Si, Suzana Pires leva a cada pessoa da plateia a entender como se conquista o protagonismo nas suas vidas.

No próximo dia 18 ela se apresenta em Jequié, a partir das 18h30, no Gran Terrara Hotel, em um evento que será promovido pelo Sebrae, em parceria com a CDL local. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (73) 9-9974-2265.

Como se tornar uma empreendedora de si mesma? E como superar seus problemas diários ao empreender. Suzana utiliza seus recursos cênicos como atriz e como dramaturga, apresentando as questões através de personagens que geram identificação imediata em cada uma das espectadoras, levando a um ambiente de leveza, enquanto uma reflexão profunda acontece em cada mulher que deseja vencer seus próprios desafios. É uma experiência de modificação de uma mulher que Duvida de Si para uma mulher Dona de Si.

De olho nas eleições, Antônio Brito reúne lideranças durante encontro do PSD em Jequié

/ Jequié

Antônio Brito radiante em encontro do PSD. Foto: Instagram

Em Jequié, um dos principais colégios eleitorais do interior baiano, a definição de grupos que irão disputar à prefeitura nas eleições de outubro começa a se afunilar. De olho no processo eleitoral, o deputado federal Antônio Brito, líder regional do PSD, convocou sua militância para uma reunião do Diretório Municipal da legenda partidária, que foi realizada na noite desta quinta-feira (12), no salão de eventos do JTC.

Além de simpatizantes locais, representantes do PSC e Republicanos, pré-candidatos a vereador e prefeito, a exemplos do diretor da Santa Casa, Alexandre Yousseff, e do médico Fernando Vieira, ambos filiados ao PSD e cogitados como possíveis postulantes ao cargo de prefeito estiveram presentes ao evento prefeitos, pré-candidatos e lideranças de cidades vizinhas.

Brito insiste em dizer que Alexandre e Fernando são os nomes do partido e descarta a possibilidade de sua participação na disputa como possível candidato.

Contudo, há quem diga que o grupo tenta convencê-lo de que ele tem que encabeçar a chapa e que o deputado anda balançado com a proposta.

No próximo domingo (15), quem desembarca em Jequié é o cacique do PP, o vice-governador João Leão, que lançará o deputado estadual Zé Cocá, ex-aliado de Brito, como pré-candidato do partido. Cocá, assim como Brito, tem convocado correligionários não apenas da Cidade Sol, mas de municípios da região para acompanhar o ato político.*Nota original do Blog Marcos Frahm