Visita do governador ao canteiro de obras do Porto Sul, em Ilhéus, marca início das intervenções

/ Bahia

Rui visita canteiro de obras do Porto Sul. Foto: Paula Fróes

O governador Rui Costa esteve em Ilhéus nesta quarta-feira (25), quando visitou o canteiro de obras do Porto Sul. O momento marca o início dos serviços no porto, mais exatamente no local onde será construída a ponte sobre o Rio Almada, que terá acessos pela BA-001 e BA-262. Nesta etapa da obra serão construídas vias, instalação de sinalização, pontes, implantação de redes elétrica e de água, entre outras ações. Concluída essa fase, será iniciada a construção e desenvolvimento da estrutura do empreendimento.

As obras iniciais do Porto Sul devem ser concluídas em abril de 2022, que representa o sistema viário interno com ligação a Ferrovia Oeste-Leste (Fiol). O cronograma das duas obras está sendo realizado em sincronia. ”Hoje é um marco para o início das obras. A ponte será a primeira edificação desse projeto e, a partir daqui, teremos todo o sistema viário que vai conectar o Porto Sul às diversas rodovias que dão acesso a essa região. Essas obras internas serão concluídas até meados de 2022. Paralelo a esse início de obras, estamos acompanhando outra obra importante. Esta semana estive com o ministro da Infraestrutura para acompanhar o processo de leilão de licitação para a conclusão da Fiol, que falta 25% das obras a serem concluídas, entre Ilhéus e Caetité”, destacou o governador.

Ainda segundo Rui, ”essa licitação trará sentido a esse grande projeto, materializando um sonho não só da região sul mas de todo o oeste e de todo o interior da Bahia. Significa a integração do estado, que trará mais oportunidades de emprego e renda para os baianos”.

O terminal portuário permitirá a ampliação do corredor logístico na Bahia viabilizando também a atração de novos negócios para a região. O Porto Sul é um investimento realizado pelo Governo do Estado e pela Bahia Mineração (Bamin), que conta com recursos de R$ 2,5 bilhões. A obra gera 400 empregos diretos quando alcançar o pico, e outros 1.200 postos de trabalho indiretos.

O empreendimento, que já possui todas as licenças ambientais necessárias para a evolução da obra, será fundamental para o escoamento da produção de minérios e de grãos. De acordo com o presidente-diretor da empresa da Bamin, Eduardo Ledsham, ”essa primeira fase da obra, que vai durar 22 meses, vai suportar todo o crescimento desse complexo portuário, que vai ter capacidade para operar até 40 milhões de toneladas, por ano, não só de minérios, mas também de fertilizantes, grãos e outras cargas. Esse volume, com certeza, vai alavancar o desenvolvimento do estado”.

O secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, também ressaltou que a obra trará um crescimento para toda a Bahia. ”Além disso, a obra vai gerar crescimento para o centro-oeste do Brasil, que terá um corredor de exportação bastante competitivo e moderno. A Fiol termina ano Porto Sul, então é por aqui que serão escoadas as cargas transportadas pela ferrovia”, explicou.

Reeleito prefeito de Jitaúna com 2.775 votos à frente, Patrick Lopes é submetido a cirurgia do intestino

/ Saúde

Patrick Lopes se encontra hospitalizado. Foto: Rede social

Patrick Lopes (PP), reeleito prefeito de Jitaúna, no Médio Rio de Contas, com 2.775 á frente da Professora Rúbia (PSD), foi submetido a procedimento cirúrgico na capital do Estado para correção do intestino grosso, que teria lhe causado hemorragia.

A informação é do próprio prefeito, que publicou mensagem em rede social revelando estar hospitalizado após reagir bem ao procedimento.

”Depois da batalha eleitoral, onde continuo com meu orgulho dos Jitaunenses e com muita gratidão por todos, vim a Salvador para cuidar da saúde. Me submeti a uma cirurgia  para correção do intestino grosso, que me causou uma pequena hemorragia, mas no final deu tudo certo. Já estou no quarto me recuperando, ficando mais firme e mais forte para juntos, iniciarmos uma nova gestão. Temos muito o que realizar. Agradeço as orações e carinho de todos na certeza de que o trabalho vai continuar. Fiquem todos com Deus”, escreveu Patrick.

PM apreende em Manoel Vitorino duas adolescentes que levavam droga para Jequié em UBER

/ Jequié

Carro Onix foi interceptado após denúncia. Foto: Polícia Militar

A Polícia Militar apreendeu, por volta das 19h desta terça-feira (24), duas adolescentes que estavam no interior de um veículo Onix utilizado como UBER que, segundo a PM, estaria transportando no porta-malas entorpecente que seria entregue em Jequié.

Ainda de acordo com as informações divulgadas na manhã desta quarta-feira pelo 19º Batalhão de Polícia Militar, uma denúncia levou a PM a montar barreira em Manoel Vitorino após informação de que o veículo de cor branca transitaria pela cidade em direção a Jequié.

Maconha prensada seria para abastecer Jequié, diz PM

Conforme a polícia, o UBER havia sido contratado por uma pessoa de Jequié e as menores de 15 e 16 anos seriam responsáveis pelo transporte de 15kg de maconha prensada, oriunda de Itapetinga/BA. Os ocupantes do carro e a droga foram apresentados na Delegacia de Jequié para adoção das medidas cabíveis.

Falta de justificativa por não votar nas eleições 2020 impede expedição de documentos

/ Eleições 2020

O cidadão que não votar neste domingo (29), no segundo turno das eleições municipais, deverá justificar a ausência no pleito em até 60 dia na Justiça Eleitoral. A apresentação de justificativa de ausência em cada turno de votação deve ser feita separadamente. O voto é obrigatório para pessoas com mais de 18 anos e menos de 70.

O procedimento pode ser feito no site da Justiça Eleitoral ou pelo aplicativo e-Título. Também é possível apresentar requerimento para a justificativa em qualquer zona eleitoral ou enviar a justificativa por via postal ao juiz da zona eleitoral em que está inscrito. O termo deve ser acompanhado de documento que comprove a ausência.

Não votar e não justificar a ausência na eleição podem criar uma série de dificuldades no dia a dia dos eleitores. De acordo com o Código Eleitoral, o cidadão não consegue tirar segunda via da carteira de identidade e nem expedir passaporte.

Se for funcionário público ou empregado de estatal, poderá ficar sem receber o pagamento do salário. Também não poderá obter empréstimos em bancos oficiais e nem receber benefícios previdenciários.

A lei impede a matrícula em estabelecimento de ensino público, a inscrição em concurso público e ser investido de cargo ou função pública. A lei ainda proíbe a participação em concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios.

Prefeito reeleito e ex-prefeito de Aiquara tem contas de 2019 rejeitadas pelo Tribunal

/ Política

Prefeito Delmar e o Jositan Pimentel são punidos. Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) rejeitou as contas, referentes ao ano de 2019, de cinco prefeituras baianas, entre as quais a de Aiquara. O principal problema apontado pelos conselheiros da Casa, na terça-feira (24), foi o fato das administrações terem extrapolado o limite para despesa com pessoal.

As administrações municipais de Aiquara, Jositan Pimentel Santos (01/01 a 31/03) e Delmar Ribeiro (01/04 a 31/12) também foram punidas pelo TCM.

Por este motivo, os gestores terão que pagar uma multa equivalente a 30% dos seus subsídios anuais, pela não recondução dos gastos, e uma outra em função das demais irregularidades encontradas durante da análise técnica. Delmar Ribeiro foi reeleito prefeito no último dia 15. Ainda cabe recurso das decisões.

Após prisão de Luiz Argôlo, família retorna com vitória de Manoelito Júnior para prefeito de Entre Rios

/ Eleições 2020

Manoelito Argolo Jr. foi eleito prefeito de Entre Rios. Foto: Rede social

Prefeito eleito de Entre Rios, no Litoral Norte e Agreste Baiano, Manoelito Argolo Júnior (Solidariedade) deverá governar o município pelos próximos quatro anos a partir de janeiro de 2021. Nas urnas ele derrotou com folga outros cinco candidatos. Com a diferença de 2.950 votos para o segundo colocado, Elízio Simões (PT), Manoelito retorna à gestão pública após já ter sido prefeito entre 2004 e 2008  na cidade de Cardeal da Silva. Mas a curiosidade do episódio não envolve o futuro gestor. A eleição dele é o retorno da família Argôlo à cena política.

Filho de Manoelito Argôlo, que já foi prefeito em Entre Rios na primeira década dos anos 2000, Júnior vem de uma família histórica na política do interior do estado. Os Argôlo deixaram de protagonizar campanhas em 2015, quando um dos filhos de Manoelito, Luiz Argôlo, então deputado federal da Bahia pelo Progressista,  foi preso pela Operação Lava Jato.

Incentivado pelo capital político herdado do pai,  Manoelito Argolo Jr. começou cedo na política. Foi  eleito para o cargo de vereador em Entre Rios em 2000, aos 23 anos. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2004 foi eleito prefeito na cidade de Cardeal da Silva, também no Litoral Norte e Agreste Baiano. Em 2012 concorreu ao cargo de prefeito na cidade de Entre Rios, mas não levou  a eleição. Em 2014, ficou na suplência da Assembleia Legislativa da Bahia.

Já Luiz Argôlo, antes de ser preso pela Lava Jato, já havia sido eleito vereador de Entre Rios para o mandato de 2001 a 2004. Conhecido como “Bebê Johnson” no episódio da Lava Jato, ele também atuou na gestão pública como prefeito interino do município, de fevereiro a março de 2002. Luiz foi ainda deputado estadual até 2010, quando migrou para a Câmara dos Deputados até 2014, quando fracassou na tentativa de reeleição pelo PP.

O ex-deputado foi condenado a 12 anos e oito meses de prisão em regime fechado. Ano passado, o irmão do novo prefeito de Entre Rios conseguiu a liberdade condicional mediante parcelamento da multa estipulada na pena. Após o acordo, ficou estabelecido que a multa de cerca de R$ 2 milhões seria parcelada em 105 vezes num valor aproximado de  R$ 19 mil por mês durante oito anos.

A reportagem do site Bahia Notícias publicou entrou em contato com Manoelito Jr. para saber se a sua eleição, com uma quantidade expressiva de votos frente ao segundo colocado, poderia representar uma retomada da família Argôlo à política baiana além de saber suas propostas para o mandato. No entanto, até o fechamento desta matéria, não obteve respostas.

Caixa Econômica Federal paga novas parcelas do auxilio emergencial para novo grupo

/ Economia

Nesta quarta-feira (25), a Caixa deposita uma nova parcela do auxílio emergencial, que pode ser de R$ 600 ou de R$ 300, dependendo de quando o beneficiário teve seu cadastro aprovado.

O pagamento de hoje é para aniversariantes de março que não estão inscritos no Bolsa Família. O banco também autoriza hoje o saque da terceira parcela do auxílio extensão, de R$ 300, para quem é do Bolsa Família e tem o NIS (Número de Identificação Social) terminado em 7.

Acidente na BA-632, próximo a Conquista deixa uma pessoa morta e outras feridas

/ Trânsito

Veículo que transportava carga acabou tomando. Foto: Resenha Geral

Uma pessoa morreu, na tarde desta terça-feira (24), num grave acidente na BA-632 próximo ao distrito de Inhobim, zona rural de Vitória da Conquista.

O veículo que transportava uma carga perdeu o controle e acabou tombando. Segundo o site Resenha Geral,além da vítima fatal, outras pessoas ficaram feridas, e foram socorridas e trazidas para hospitais de Vitória da Conquista. Não há informações sobre o estado de saúde delas.

Mergulhadores já podem ver ferry e rebocador afundados na Baía de Todos-os-Santos

/ Bahia

Ferry-boat Agenor Gordilho foi afundado. Foto: Camila Souza

A partir desta quarta-feira (25), turistas e mergulhadores poderão adentrar o mar da Baía de Todos-os-Santos para ver o ferry-boat Agenor Gordilho e o rebocador Vega, que passaram pelo processo de afundamento controlado no último sábado (21). As duas embarcações juntam-se a outros cerca de 20 pontos de naufrágio e levarão Salvador a se tornar um dos quatro melhores destinos do turismo de mergulho na América Latina, ao lado de Abrolhos, também na Bahia, e Fernando de Noronha e Recife, em Pernambuco.

O processo de naufrágio foi capitaneado pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur), com o objetivo de fomentar o turismo de mergulho. ”Estamos dando mais visibilidade ao potencial da Baía de Todos-os-Santos para o turismo náutico, justamente no momento da realização de intervenções feitas por meio do Prodetur Bahia para valorizar os municípios da zona turística banhada pelo mar da maior baía do litoral brasileiro”, explica o secretário Fausto Franco.

Mergulho – De acordo com Igor Carneiro, presidente da Associação dos Mergulhadores da Bahia, durante o final de semana foram feitas inspeções em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, quando foi verificado que as estruturas das duas embarcações estão íntegras e seguras para o mergulho e sem nenhum vestígio de contaminantes.

Profissionais de centros de mergulho da Bahia também estiveram nos locais e já poderão levar visitantes. Ainda segundo Carneiro, o acesso à área deve ser feito exclusivamente na companhia de profissionais certificados e também haverá fiscalizações da Marinha do Brasil em embarcações específicas para a oferta desse tipo de serviço.

O ferry-boat Agenor Gordilho, de 800 metros de extensão, com nome do empresário baiano e presidente do conselho da Companhia de Navegação Bahiana, morto em 1969, demorou 26 minutos para afundar e está a uma profundidade máxima de 34 metros. Já a 30 metros da superfície está o rebocador Vega, cujo procedimento para submersão durou apenas 20 minutos.

O naufrágio assistido de embarcações propicia a formação de recifes artificiais, favorecendo o habitat marinho e se convertem em atrativo para visitantes, mergulhadores profissionais e estudiosos. A previsão é de que em um ano a embarcação esteja repleta de vida marinha.

A Marinha do Brasil, as secretarias do Meio Ambiente (Inema), Infraestrutura (Agerba) e Administração (Patrimônio) contribuíram com a Secretaria de Turismo do Estado (Setur) para a oferta dos novos atrativos na Baía de Todos-os-Santos. Fonte: Ascom/Setur

Senado convida ministro da Saúde para explicar testes da covid-19 perto de vencer

/ Brasília

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi convidado por deputados e senadores a explicar a denúncia de que o Brasil corre o risco de perder, por data de validade, 6,86 milhões de testes para diagnóstico do novo coronavírus, os chamados RT-PCR. Requerimentos (REQ 79 e 80/2020) para ouvir o ministro foram aprovados nesta terça-feira (24) na comissão do Congresso Nacional que acompanha as medidas do governo federal de enfrentamento à pandemia. A audiência pública com Pazuello ainda será agendada, mas a expectativa do presidente do colegiado, senador Confúcio Moura (MDB-RO), é de que a reunião ocorra até o dia 7 de dezembro.

”Vai ser, talvez, dia 7, dia 4; vamos agendar”, disse Confúcio durante a reunião desta terça-feira.  A denúncia sobre os testes foi feita no domingo (22), pelo jornal O Estado de S. Paulo. Segundo a matéria, o Ministério da Saúde tem 6,86 milhões de testes tipo RT-PCR que devem perder a validade até janeiro de 2021 e ainda não foram distribuídos para a rede pública. Em nota, a pasta alega que aguarda parecer para ”esticar” o prazo de validade dos testes que estão estocados em um depósito em Guarulhos (SP). Os testes teriam custado R$ 290 milhões à União.

Autor de um dos requerimentos, o senador Wellington Fagundes (PL-MT) cobra explicações. Para ele, é necessário saber por que o Ministério da Saúde não consegue distribuir os testes aos estados e municípios, causando enormes prejuízos à população, que, muitas vezes, precisa pagar pelo teste.

”Sem testagem, as ações de combate à pandemia ficam mais complicadas, difíceis de serem adotadas medidas eficazes”, observou o parlamentar, segundo reportagem da Agência Senado.

O RT-PCR é um dos exames mais eficazes para diagnosticar a covid-19. Na rede privada, o exame custa de R$ 290 a R$ 400. A notícia dos testes armazenados e próximos do fim da validade chega em um período de aumento dos casos no país, conforme aponta a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), que também apresentou requerimento cobrando explicações do governo:

”Mesmo com o horizonte de diversas vacinas, não podemos desperdiçar mais de 6 milhões de testes de covid-19 que custaram R$ 290 milhões. Com a curva de mortes subindo e o aumento de ocupação de UTIs, não podemos perder a chance de continuar testando a população contra o vírus”, apontou a parlamentar em sua conta em uma rede social.

O Brasil teve 169.541 óbitos e 6.088.004 diagnósticos de covid-19 segundo dados atualizados na segunda-feira (23) por consórcio de veículos de imprensa. A média móvel de mortes no país nos últimos sete dias foi de 496. A variação foi de 51% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nas mortes por covid-19.

 

Infectado pelo coronavírus, prefeito de Lapão é internado na UTI do Hospital da Bahia

/ Saúde

Ricardo teve primeiros sintomas no domingo (22). Foto: Reprodução

O prefeito da cidade de Lapão, no interior da Bahia, Ricardo Rodrigues (PSD), está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Bahia, em Salvador, com coronavírus.

No domingo (22), ele teve tosse seca, febre e queda de saturação. Os médicos encaminharam a internação do prefeito na capital para prevenir uma possível piora no quadro de saúde.

Brasil passa de 170 mil mortes por covid-19 desde o início da pandemia, diz Ministério

/ Brasil

O Brasil passou de 170 mil mortes em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram registradas 630 mortes, fazendo com o que o número tenha chegado a 170.115. Até ontem, o sistema marcava 169.183 falecimentos. Ainda há 2.202 mortes em investigação, este dado relativo a ontem (23).

O balanço foi divulgado pelo Ministério da Saúde na noite desta segunda-feira (24). O órgão divulga a cada dia uma atualização a partir de informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde.

A pandemia já provocou também a infecção de 6.118.708 pessoas no Brasil desde o primeiro caso, em fevereiro. Entre ontem e hoje, as autoridades de saúde notificaram 31.100 novos diagnósticos positivos. Ontem, o sistema marcava 6.087.608 casos acumulados.

Ainda conforme o balanço da pasta, há 472.575 pacientes em acompanhamento. Outras 5.476.018 pessoas já se recuperaram da doença.

Em geral, os casos são menores aos domingos e segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação pelas secretarias estaduais de saúde. Já às terças-feiras, eles podem subir mais em função do acúmulo de registros atualizado.

Covid-19 nos estados

Os estados com mais mortes pela covid-19 são São Paulo (41.455), Rio de Janeiro (22.141), Minas Gerais (9.804), Ceará (9.492), dado relativo a ontem, e Pernambuco (8.951). As Unidades da Federação com menos óbitos pela doença são Acre (715), Roraima (721), Amapá (795), Tocantins (1.151) e Rondônia (1.529). Da Agência Brasil

Escola municipal reformada na zona rural de Jequié é depredada e teve material doado, denuncia repórter

/ Jequié

Escola Joana Angélica no distrito de Itajuru. Foto: Sérgio Monteiro

Em Jeqiué, a dificuldade em aprendizagem muitas vezes vai além dos problemas dos alunos. O fracasso escolar é o fracasso do próprio sistema público de ensino, sobretudo no que concerne a Infraestrutura de alguns dos estabelecimentos de ensino da rede municipal.

Um dos exemplos da precariedade é a Escola Municipal Joana Angélica, localizada no distrito de Itajuru, cujo prédio teria sido recuperado pela Prefeitura com a utilização de recursos do precatório do Fundeb, mas passou, após a reforma, por uma depredação.

Conforme relatou o repórter Sérgio Monteiro, da Rádio 95FM, que esteve in loco conferindo a situação da unidade escolar os climatizadores comprados pela gestão pública municipal para serem instalados estão abandonados, dentro de caixas.

Ainda segundo o repórter, que ouviu moradores da comunidade, há relatos de que o material foi retirado do prédio por alguém para doação em período de campanha. Um retrato do descaso, que merece uma resposta à sociedade.

Homem morre após batida entre dois caminhões em trecho da BR-116, na região de Serrinha

/ Trânsito

Um dos veículos ficou destruído. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um homem morreu em um acidente envolvendo dois caminhões no km 363 da BR-116, na tarde desta terça-feira (24). A batida aconteceu na altura da cidade de Serrinha, que fica na região de Feira de Santana.

Informações iniciais apontam que um dos veículos invadiu a pista contrária e os caminhões bateram de frente. A vítima é o motorista de um dos caminhões, que não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. O corpo dele ficou preso às ferragens.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), equipes foram enviadas à região da rodovia para apurar o que causou a batida. Ainda não há informações se outras pessoas ficaram feridas no acidente. Ainda de acordo com a PRF, a pista foi completamente interditada, nos dois sentidos.

Imagens gravadas no local mostram detalhes da batida. A frente do caminhão em que a vítima estava ficou completamente destruída. Partes dos veículos e da carga de um deles ficou espalhada pela pista.