Vale do Jiquiriçá: Em meio à coronavírus, IF Baiano Campus de Santa Inês suspende aulas

Instituição de ensino suspende aulas. Foto: Blog Marcos Frahm

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano), campus de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, informou por meio de nota pública que as aulas estarão suspensas até o próximo dia (20), devido à pandemia do Coronavírus (Covid-19).

A instituição pública federal de ensino, que atende alunos de diversos municípios da região orienta os alunos e servidores para o enfrentamento da emergência de saúde pública por conta do COVID-19.

Leia abaixo a nota do IF Baiano

Suspensão das atividades no IFBAIANO Campus Santa Inês no período de 14 a 20 de março de 2020, acompanhando a declaração da OMS a acerca do estado de pandemia causado pelo COVID-19. A pandemia é o termo utilizado quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa.

O IFBAIANO liberou também uma Instrução Normativa com orientações para enfrentamento da emergência de saúde pública por conta do COVID-19. Até o momento o que se sabe sobre a pandemia e sobre o vírus:

O que é o novo coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que pode causar danos em animais e em humanos. Em pessoas, pode resultar em infecções respiratórias que vão desde um resfriado até síndromes respiratórias agudas severas. O novo coronavírus (SARS-Cov-2) causa a doença denominada Covid-19, que teve início na China, em dezembro de 2019.

Polícia Federal cumpre mandado em Ipiaú após investigação contra organização criminosa

/ Polícia

Cinco pessoas foram presas e três mandados de busca e apreensão foram cumpridos entre Lauro de Freitas e Ipiaú, durante a operação ”Olossá” da Polícia Federal, que tem como objetivo desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Fábio Marques, dois mandados de prisão e dois de busca e apreensão foram cumpridos neste sábado (14).

Os nomes das pessoas presas e investigadas não foram divulgadas pela Polícia Federal. ”A gente cumpriu dois mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão. E foram cumpridos na praia de Buraquinho, em um condomínio, e em uma barraca de praia em Lauro de Freitas, onde um dos alvos residia”, disse. ”A investigação começou em maio de 2019 e, de lá até cá, já foram realizadas mais de 10 flagrantes de ‘mulas’ tentando sair do país para Europa transportando cocaína escondida nas suas bagagens”, comentou o delegado.

Ninguém acertou: Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 12,5 milhões

/ Esporte

Ninguém acertou as seis dezenas do Concurso 2.243 da Mega-Sena, sorteadas nesse sábado (14) à noite. Os números sorteados foram 14, 18, 28, 35, 38 e 54. A previsão de prêmio para o próximo sorteio, na quarta-feira (18) é de R$ 12,5 milhões.

Acertaram a quina 45 apostadores e cada um receberá R$ 43.218,75. Os 3.079 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 902,35

As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia do jogo, em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias CAIXA (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte. O valor da aposta simples da Mega-Sena é de R$ 4,50.

Já podem ser registradas as apostas para a edição deste ano da Dupla de Páscoa. O concurso especial, número 2.070, tem prêmio inicial estimado em R$ 30 milhões e será realizado em 11 de abril de 2020, véspera do domingo de Páscoa.

Secretário de Saúde da Bahia confirma oitavo caso de coronavírus na Bahia, o quarto em Salvador

/ Saúde

Secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. Foto: Reprodução

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, confirmou, por meio de publicação no Twitter, neste domingo (15), o oitavo caso de coronavírus na Bahia, quarto em Salvador.

”Trata-se de um homem de 49 anos, residente em Salvador, com passagens pela Alemanha e Espanha. O paciente encontra-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução”, informou.

Segundo Vilas-Boas, há uma tendência de crescimento do número de casos nos próximos dias. ”Todo esforço está sendo feito para que essa evolução seja gradativa e espaçada ao longo das semanas”, completou.

Os outros quatro casos confirmados de coronavírus no estado foram registrados em Feira de Santana.

De acordo com o secretário, ainda não há transmissão comunitária na Bahia, quando as equipes de vigilância não conseguem mapear a cadeia de infecção, não sabendo que foi o primeiro paciente responsável pela contaminação dos demais.

”Por aqui estamos identificando todas as fontes. […] Até o momento, todos os casos confirmados foram importados ou por transmissão familiar, diferente da encontrada em São Paulo, onde já existe transmissão comunitária”, disse Vilas-Boas.

”Medidas individuais e coletivas de contenção existem e são estimuladas, tais como a higiene regular das mãos e o distanciamento social, mas além disso, estamos preparados com hospitais de referência em diversas localidades”, completou.

O secretário afirma que, enquanto não houver transmissão comunitária sustentada, não há necessidade de alterar calendário escolar.

Coronavírus faz Senado dispensar senadores e servidores com mais de 65 anos

/ Política

Davi Alcolumbre. Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), vai publicar na segunda-feira (16) dois atos dispensando senadores e servidores com mais 65 anos por causa da pandemia coronavírus.

A medida foi tomada depois que o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), 58, testou positivo. Idosos são considerados grupo de risco para a covid-19. Trinta e oito dos 81 senadores (47%) têm 60 anos ou mais. Vinte e seis senadores –um terço do total– têm 65 ou mais.

A letalidade da doença é de 3,6% para pacientes entre 60 e 69 anos e chega a 14,8% para quem tem mais de 80. Dois senadores da atual legislatura têm mais de 80 anos –Arolde de Oliveira (PSD-RJ) tem 83 anos e José Maranhão (MDB-PB), 86.

Trad viajou para os Estados Unidos no fim de semana passado na comitiva do presidente Jair Bolsonaro, grupo no qual há outros dois casos confirmados de coronavírus já confirmados.

Pelo ato que será publicado, ficam consideradas justificadas as ausências às reuniões de comissões e sessões plenárias de senadores com idade superior a 65 anos, gestantes, imunodeprimidos ou portadores de doenças crônicas que compõem risco de aumento de mortalidade por covid-19.

O documento também estabelece que pessoas credenciadas, como jornalistas e assessores, não terão mais acesso ao cafezinho dos senadores, anexo ao plenário do Senado. O texto diz ainda que haverá apenas sessões de votação tanto nas comissões como no plenário. O ato não menciona sessões de audiências públicas ou de depoimentos.

Servidores do grupo de risco farão teletrabalho, também conhecido como home office, de acordo com um segundo ato a ser publicado na segunda-feira. Para os demais servidores e colaboradores fica suspensa a obrigatoriedade de registro eletrônico de frequência, devendo, quando possível, ser utilizada a modalidade de teletrabalho.

Aposentados e pensionistas do Senado não precisarão fazer recadastramento com prova de vida.
Este segundo ato também altera uma prática que o Senado vinha adotando e autorizada a utilização de copos descartáveis em todas as unidades administrativas da Casa.

Por iniciativa própria, alguns parlamentares já determinaram teletrabalho em seus gabinetes. O Senado já havia restringido a circulação em suas dependências. Na Casa circulam, por dia, em média, 11 mil pessoas, entre parlamentares visitantes, servidores, terceirizados, estagiários e menores aprendizes.

Senadores têm procurado o presidente Davi Alcolumbre cobrando dele uma medida mais drástica, como a suspensão temporária das atividades do Congresso. ”Acho temerário manter as sessões até o dia 30 desse mês, período considerado o mais crítico”, diz o senador Angelo Coronel (PSD-BA).

Por precaução, ele fez o teste de coronavírus e aguarda o resultado do exame. O parlamentar reclamou do valor que teve que pagar pelo atendimento em Brasília. ”O governo precisa agir para tornar o exame para testar acessível à grande maioria povo brasileiro. Fiz hoje e paguei R$ 1.460”, afirmou.

Alcolumbre, porém, tem sido cauteloso para determinar a suspensão total dos trabalhos porque a medida comprometeria a tramitação de projetos importantes da agenda econômica, como a PEC Emergencial, proposta de emenda à constituição que prevê iniciativas para controlar gastos obrigatórios do governo federal, de estados e municípios.

Dos projetos prioritários elencados pelo ministro Paulo Guedes (Economia), a PEC é a que, aprovada, terá efeito mais imediato. A previsão é que o relatório que altera o texto original da PEC seja apresentado na próxima semana e votado no dia 25 na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). *Folhapress

Ministério Público recomenda que governo antecipe medidas de contenção do coronavírus

/ Saúde

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou aos órgãos do governo que antecipem as medidas necessárias para conter a transmissão comunitária do novo coronavírus no País, que é quando já não é possível identificar a origem da infecção.

De acordo com o Ministério da Saúde, Rio, São Paulo e Bahia já registram casos de transmissão sustentada, como também é chamada a transmissão comunitária. O governo estima que o número de casos possa dobrar a cada dois ou três dias, se não forem tomadas ações mais restritivas. Pela plataforma oficial de monitoramento nacional da doença, há 98 casos confirmados no País, com 12 internações.

A recomendação do Ministério Público é dirigida ao Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Os órgãos têm 36 horas para se manifestar a respeito do acatamento das orientações, avisa o MPF em nota divulgada neste sábado.

O MPF explica que sua recomendação é pela adoção de medidas indicadas pelo próprio Ministério da Saúde, como proibição de grandes aglomerações, determinação de trabalho em horários alternativos em escala, realização de reuniões virtuais e home office, fechamento de escolas, restrição de contato social para pessoas com 60 anos ou mais e que apresentem comorbidades. Além disso, o MPF quer que os órgãos distribuam material divulgando as diretrizes de forma orientada para grupos específicos como famílias, empresas, presídios e colégios. Em São Paulo e Distrito Federal, por exemplo, os governos já determinaram o fechamento de escoladas públicas e particulares. No DF, as aulas ficam suspensas até a segunda (16), mas a medida pode ser prorrogada. Em São Paulo, a suspensão começa a partir do dia 23 e será por tempo indeterminado.

A recomendação assinada pelo procurador da República Felipe Fritz destaca que, até a noite de ontem, já havia 98 episódios confirmados da doença no Brasil, ou seja, foram apenas 19 dias desde o registro do primeiro infectado em território nacional. ”Deixar para restringir transporte, presença no trabalho e viagens para depois é esperar para agir só no momento em que as pessoas começarem a morrer”, alerta.

Para justificar o pedido pela antecipação das condutas, o procurador destaca, inclusive, a capacidade hospitalar limitada que o País apresenta, e lembra declarações do diretor do Departamento de Doenças Infecciosas do Hospital Universitário de Pisa, na Itália, de as medidas adotadas pelo governo daquele país foram tardias e “demasiado pequenas”.

”A recomendação destinada ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi encaminhada ainda ontem ao Procurador-Geral da República, para que fosse entregue ao titular da pasta”, cita nota do MPF.

Ao menos 6 pessoas que encontraram Jair Bolsonaro estão com o novo coronavírus

/ Polícia

Teste em Bolsonaro deu negativo. Fabio Rodrigues Pozzebom

Ao menos seis pessoas que estiveram próximas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante viagem aos Estados Unidos, na semana passada, estão infectadas com o novo coronavírus.

O caso mais recente é o de um empresário que estava no grupo que acompanhou a visita do presidente aos EUA. Ele preferiu não se identificar.

Três outros casos são de integrantes da comitiva oficial de Bolsonaro na viagem à Flórida. Anunciaram que contraíram a doença o chefe da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), Fabio Wajngarten, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) e o diplomata Nestor Forster, indicado para o cargo de embaixador do Brasil em Washington.

A divulgação de que outros participantes da missão foram infectados ocorreu depois que o ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) disse à reportagem que os resultados de todos os testes da comitiva -exceto Wajngarten- tinham dado negativo.

A lista com os integrantes da comitiva oficial foi divulgada pelo Palácio do Planalto. Nem todos os listados viajaram com Bolsonaro no avião presidencial e ela não inclui os nomes de auxiliares técnicos e da equipe de apoio.

Ao menos uma pessoa que acompanhou Bolsonaro na Flórida, mas que não consta na lista oficial divulgada pelo Planalto, afirmou também ter sido diagnosticada como portadora do coronavírus: a advogada Karina Kufa, tesoureira do Aliança pelo Brasil, disse que seu exame deu positivo.

Ela está em isolamento e, pelas redes sociais, tem atualizado seu estado de saúde. ”Hoje acordei bem melhor, os sintomas praticamente sumiriam. Até agora não tive febre e falta de ar, que são os fatores de alerta”, escreveu a advogada neste sábado (14).

Entre os anfitriões, o prefeito de Miami, Francis Suarez, anunciou, na sexta (13), ter recebido o diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Ele participou de evento com Bolsonaro e sua comitiva na segunda-feira (9), na Flórida.

Coronavírus deixa 20 bailarinas do programa ”Domingão do Faustão” de quarentena

/ Entretenimento

Metade do grupo está de quarentena. Foto: Reprodução

Além de não contar com a plateia na edição deste domingo (15) do Domingão do Faustão, o programa terá um desfalque de 20 bailarinas.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal ‘O Globo’, metade do grupo de dançarinas que se apresentam na atração estão de quarentena por conta de uma bailarina que está com o covid-19.

A moça esteve com outras 20 colegas de palco ensaiando em uma academia, portanto, todas as outras também serão afastadas.

Bahia vence o América-RN por 2×0 e assume liderança do grupo na Copa do Nordeste

/ Esporte

O Bahia está nas quartas do Norestão. Foto: Diego Simonetti

O Bahia é o líder do Grupo A da Copa do Nordeste. Neste sábado (14), o Tricolor venceu o América-RN por 2 a 0, na Arena das Dunas.

Com gols de Élber e Juninho Capixaba, o time baiano foi aos 14 pontos ganhos e assumiu a primeira colocação do grupo. O Esquadrão volta a campo no dia 21 de março, diante do Náutico, na Arena Fonte Nova.

O JOGO

O Bahia teve a primeira boa chance do jogo. Aos nove minutos, Clayson arriscou chute e fora da área e exigiu boa defesa de Vitor.

Mas, aos 13 minutos, o goleiro não conseguiu evitar. Juninho Capixaba cruzou na cabeça de Élber, que testou no canto para fazer o primeiro.

Dono da partida, o Tricolor quase aumentou aos 27. Rodriguinho deu passe de letra para João Pedro, que chutou forte e tirou tinta da trave.

O único lance de perigo o América-RN foi no útimo minuto. Dione bateu falta e mandou a bola muito perto do gol.

No segundo tempo, a melhor chance foi do Bahia, aos 31 minutos. Zeca chutou de fora da área e Vitor fez grande defesa.

Já aos 47 minutos, o Bahia garantiu a vitória. De fora da área, Juninho Capixaba arriscou o chute e acertou o canto  do goleiro.

América-RN 0 x 2 Bahia
Copa do Nordeste – 7ª rodada

Local: Arena das Dunas, em Natal (RN)
Data: 14/03/2020 (sábado)
Horário: 16h
Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos (PE)
Auxiliares: Bruno Cesar Chaves Vieira (PE) e Marcelino Castro de Nazare (PE)
Cartões amarelos: Adriano Alves, Cesinha (AME); Gregore (BAH)

América-RN
Ewerton; André Krobel, Edimar, Edson e Renan Luís; Leandro Melo, Felipe Cordeiro e Romarinho; Dione (Adílio), Wallace Pernambucano e Tiago Orobó. Técnico: Roberto Fernandes.

Bahia
Anderson; João Pedro, Wanderson, Juninho e Juninho Capixaba; Flávio, Gregore, Élber (Zeca), Rossi, Clayson (Arthur Caíke) e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Jiquiriçá: Dois suspeitos morrem durante ação policial da Cipe Central ao resistirem abordagem

/ Polícia

Uma informação divulgada na tarde deste sábado pela Companhia Independente de Policiamento Especializado – Cipe Central revela a morte de dois suspeitos durante operação realizada ontem pela instituição militar, na cidade de Jiquiriçá. Segundo a Cipe Central, que contou com apoio da Cipe Litoral Norte as guarnições realizavam rondas e foram informadas de que homens armados e de fora da área estariam tocando terror e impondo medo a comunidade local.

Leia abaixo a nota da Cipe

As equipes progrediram ao local informado com apoio de policiais civis da  DELEGACIA TERRITORIAL DE JIQUIRIÇÁ e avistaram os indivíduos, e esses ao perceberem a presença dos policiais, empreenderam fuga sentido uma residência. Foi imposto um cerco perimetral e durante a aproximação, as patrulhas foram surpreendidas por disparos sequenciados de arma de fogo numa tentativa de evasão agressiva.

Diante o quadro, não houve outra alternativa a não ser a imediata resposta para cessar a ação delituosa. Após o cessar dos disparos, foi feita uma varredura perimetral e identificado dois homens caídos ao solo e próximo a eles armas de fogo.

Os indivíduos foram socorridos prontamente ao Hospital Municipal de JIQUIRIÇÁ, onde tiveram o quadro evoluído para o óbito”, informou.

Os suspeitos foram identificados como: Adriano Moreira Soares e Valdeir Gonçalves Romão. A polícia disse ter apreendido (um) Revólver Cal. 32 marca Taurus, numeração 0066227 obscura contendo 03 munições deflagradas e 02 picotadas e 01 intacta.

01 (um) Revólver Cal. 32 marca Taurus, numeração 518760 obscura contendo 02 munições deflagradas e 03 picotadas e 01 intacta.

Coronavírus: Audiências agendadas até o dia 20 são canceladas pela Vara Federal de Jequié

/ Justiça

Justiça visa evitar a propagação de infecção local. Foto: Divulgação

Coronavírus muda o comportamento de instituições e órgãos públicos com grande impacto na vida de parcela da população.

Em Jequié, os juízes federais da Vara Federal Única da Subseção Judiciária de Jequié informam a todos os jurisdicionados que, em virtude da atual pandemia em decorrência da COVID-19 causada pelo novo coronavírus, as audiências agendadas para o período de 16 a 20/03/2020 foram canceladas.

As partes serão regularmente intimadas das novas datas. Tal cancelamento visa evitar a propagação de infecção local e preservar a saúde de todos, sobretudo dos jurisdicionados idosos. A informação foi divulgada nesta nesta sexta-feira, conforme publicação do site Jequié e Região

Universidade Federal do Recôncavo Baiano mantém aulas e define ações de prevenção ao coronavírus

/ Educação

A Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) divulgou, nesta sexta-feira (13), uma série de medidas adotadas como forma de prevenção a expansão do coronavírus. Contudo, a instituição de ensino garantiu a permanência do gronogramada de aulas e as atividades administrativas em seus campi. ”Neste momento, não há recomendação para suspensão de aulas e atividades administrativas, tendo em vista não haver indicação, por parte das autoridades sanitárias, de circulação sustentada do vírus na Bahia. O estado apresenta um pequeno número de casos confirmados e não há registro de casos sem contato ou histórico conhecido de exposição de pessoas à doença”.

O Comitê de Acompanhamento e Enfrentamento a COVID-19, criado pela UFRB com o objetivo de planejar, executar, monitorar e divulgar ações de caráter preventivo, determinou, além da manutenção das aulas, outras 11 medidas preventivas. Dentre elas a veiculação de campanhas educativas em todas as unidades, reforço na limpeza de banheiros e equipamentos de uso comum, redução do uso do ar-condicionado e incentivo ao uso da ventilaçãon atural.

A lista recomenda ainda a realização de reuniões e bancas de conclusão por meio de plataformas digitais e a suspensão de eventos com grandes aglomerações enquanto perdurar a emergência de saúde pública. Há ainda a recomendação de permanência de 14 dias em isolamento domiciliar para servidores, estudantes, técnicos administrativos e terceirizados que retornem ou tenham retornado de viagens internacionais.

A universidade determinou ainda que docentes e técnicos administrativos, estudantes e trabalhadores terceirizados que fazem parte de quadro de risco aumentado a COVID-19 – idosos, cardiopatas, pneumopatas, nefropatas, diabéticos, oncológicos, imunossuprimidos em geral- podem solicitar readequação do seu horário de trabalho e/ou estudo, com execução de suas atividades remotamente, mediados respectivamente com sua chefia imediata, coordenação de curso e preposto das empresas terceirizadas. Também serão suspensas viagens não essenciais, dentro ou fora do país.

Homem é preso pela Cipe Nordeste com cocaína, pistola, munições e dinheiro dentro de ônibus

/ Polícia

Homem foi preso em Feira de Santana. Foto: Divulgação/SSP-BA

Um homem foi preso com cocaína, pistola, munições e dinheiro dentro de ônibus em Feira de Santana, na madrugada deste sábado (14).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste participavam da Operação Dominó, que tinha como objetivo ampliar o combate ao tráfico.

Perto da rodoviária da cidade, os policiais pararam o coletivo. Na bagagem do suspeito, natural do município baiano de Araci, foram encontrados 1 kg de pasta base de cocaína, uma pistola calibre 380, dois carregadores, munições e R$ 1,9 mil em dinheiro. O criminoso e os materiais foram apresentados na Central de Flagrantes de Feira de Santana.

Preço do papel higiênico sobe mais de 300% na Europa após o novo coronavírus

/ Saúde

O preço do papel higiênico subiu mais de 300% na Europa, depois da crise ocasionada pela pandemia de coronavírus. Dados da consultoria Euromonitor indicam aumento de 412% na Espanha e de 318% na França.

Os dados, de acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, se referem aos dias 10 de fevereiro e 11 de março. No Brasil, o preço do papel higiênico subiu apenas 2% nesse período.

O gerente de pesquisa da empresa, Alexis Frick, informou que é esperado comportamento semelhante ao europeu para os próximos dias. Isso porque, segundo o pesquisador, a procura por papel higiênico costuma disparar em situações assim por se tratar de um item básico, barato e de longa duração – e que também tem a produção afetada em alguns países.

A tendência é que os preços voltem ao habitual depois do pico de proliferação do coronavírus. Na China, por exemplo, a queda nos preços já chega a 4%.