Jequié: Ramon propõe implantação do Sistema de Ensino do CPM nos colégios da rede municipal

/ Jequié

Vereador Ramon justifica o requerimento. Foto: Blog Marcos Frahm

O vereador Ramon Fernandes apresentou Requerimento (05/2019) em que propõe a implantação do Sistema de Ensino do Colégio da Policia Militar – COM – nos colégios da rede municipal de Jequié: Presidente Médici, Alíria Argolo Pereira, Stela Câmara de Dubois e Simões Filho. Em sua justificativa, o vereador cita que o novo sistema é resultado da assinatura do Termo de Cooperação Técnica firmado entre a Polícia Militar da Bahia e prefeituras de municípios do Estado. Explica que o projeto de difusão do sistema de ensino da rede CPM consiste na capacitação dos policiais militares da reserva, contratados pelas prefeituras voluntarias e é direcionados as escolas municipais no nível fundamental II (do 6 ao 9 ano). Ramon Fernandes lembra ainda que para isso, a PM capacitou multiplicadores para treinar policiais militares da reserva para que apliquem a metodologia nessas escolas. ”Com a implantação do sistema de ensino da rede CPM, o colégio passa a ter uma direção compartilhada entre direção escolar, encarregado das questões administrativa e pedagógicas, e o novo diretor disciplinar, responsável pela disciplina dos alunos” esclarece.

Publicitário Duda Mendonça passa mal e sai carregado de sessão da Assembleia Legislativa

/ Política

O publicitário Duda Mendonça precisou sair carregado após passar mal durante uma homenagem ao cantor Manno Góes na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) na manhã desta quinta-feira (21). De acordo com relatos de presentes, o publicitário convalesceu e recebeu o apoio de pessoas que estavam próximas no momento do incidente. Duda foi conduzido para uma unidade de saúde por um veículo particular. Até o momento, não há informações se ele chegou a usar o serviço médico da AL-BA, nem sobre o estado de saúde do publicitário ou para qual unidade ele foi encaminhado. Manno Goes recebe a comenda Dois de Julho, maior honraria do Legislativo baiano, por iniciativa do deputado estadual Marcelino Galo (PT). As informações são do Bahia Notícias

Na TV, presidente Jair Bolsonaro diz que reforma da Previdência será justa para todos

/ Brasília

Jair defende a reforma da Previdência. Foto: Isac Nóbrega

Em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, na noite desta quarta-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro defendeu a proposta de reforma da Previdência encaminhada mais cedo ao Congresso Nacional para ”um amplo debate social”. ”Estamos determinados a mudar o rumo do nosso País”, disse. ”Encaminhamos ontem ao Congresso um pacote anticrime e hoje iniciamos o processo de criação de uma nova Previdência”. Segundo o presidente, ”é fundamental equilibrarmos as contas do País para que o sistema não quebre, como já aconteceu com outros países e em alguns Estados brasileiros”, afirmou. Bolsonaro ressaltou que ”precisamos garantir que, hoje e sempre, todos receberão seus benefícios em dia e o governo tenha recursos para ampliar investimentos na melhoria de vida da população e na geração de empregos”. ”A nova Previdência será justa para todos, sem privilégios. Ricos e pobres, servidores públicos, políticos ou trabalhadores privados, todos seguirão as mesmas regras de idade e tempo de contribuição. Também haverá a reforma dos sistemas de proteção social dos militares”, disse. ”Respeitaremos as diferenças, mas não excluiremos ninguém. E com Justiça: quem ganha mais, contribuirá mais, quem ganha menos, contribuirá com menos ainda”, acrescentou Bolsonaro. ”Estou convicto que nós temos um pacto pelo País e que, juntos, cada um com sua parcela de contribuição, mudaremos nossa história, com mais investimentos, desenvolvimento e mais empregos”, finalizou.

Prefeito de Jequié assina ordem de serviço para a construção das novas barracas no CEAVIG

/ Jequié

Prefeito Gameleira assina ordem de serviço. Foto: Secom

Com o objetivo de modernizar e, ao mesmo tempo, oferecer melhores condições de trabalho aos feirantes, associado ao aumento da qualidade e higiene na disponibilização dos produtos oferecidos aos consumidores, a Prefeitura de Jequié vai substituir as barracas de madeira, existentes no Centro de Abastecimento Vicente Grilo (CEAVIG), por novas barracas feitas de metal galvanizado. Na terça-feira (19), no salão nobre da Prefeitura de Jequié, aconteceu a assinatura da ordem de serviço para a construção das novas barracas metálicas. Na ocasião, estiveram presentes o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira; o secretário de Serviços Públicos, Renê Andrade; o assessor jurídico da Procuradoria Geral do município, Thiago Del Sarto; o engenheiro mecânico, Sidney Rangel e a gerente de contratos, Jakeline Trindade, representantes da Day Construções LTDA, empresa que ganhou a licitação pública para execução da obra. Ao todo, serão construídas 725 unidades, que estarão sendo instaladas em etapas, sendo que a primeira terá início a partir da segunda quinzena de março. As barracas, que vão ter três metros de largura por três metros de comprimento, serão divididas em 145 conjuntos, cada conjunto contendo cinco barracas, que serão padronizadas, feitas em tubos galvanizados, com telhas ecológicas de fibrocimento e policarbonato, resistentes e duráveis. De acordo com o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, a iniciativa faz parte do projeto de revitalização e modernização do Centro de Abastecimento Vicente Grilo, que deverá contar outras intervenções estruturais.

 

Educação: Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis para consulta no site do Inep

/ Educação

Estão disponíveis para consulta e download os gabaritos do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2018 e os padrões de resposta das questões discursivas no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O Enade 2018 foi aplicado em 25 de novembro do ano passado para 461,8 mil estudantes. As provas foram aplicadas em estudantes formandos nas áreas de ciências sociais aplicadas, ciências humanas e em cinco áreas de cursos superiores de tecnologia. No site do Inep, os participantes podem também fazer download dos Cadernos de Questões das 27 áreas de graduação avaliadas no ano passado. Os estudantes tiveram quatro horas para responder uma prova de 40 questões, sendo dez itens de formação geral, comum aos cursos de todas as áreas, e 30 questões de componente específico. A prova de formação geral teve duas questões discursivas e oito de múltipla escolha, enquanto a de componente específico teve três questões discursivas e 27 de múltipla escolha. O Enade é o principal componente para o cálculo dos indicadores de qualidade dos cursos e das instituições de ensino superior. A cada ano, o exame avalia um grupo diferente de cursos superiores. A avaliação se repete a cada três anos. O exame é obrigatório para os estudantes que estão concluindo esses cursos de graduação e a situação de regularidade do estudante no exame deve constar em seu histórico escolar. Foram avaliados estudantes concluintes dos cursos de bacharel nas áreas de: Administração Pública, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Design, Comunicação Social – Jornalismo, Psicologia, Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Relações Internacionais, Secretariado Executivo, Serviço social, Tecnologia em Comércio Exterior, Tecnologia em Design de Interiores, Tecnologia em Design de moda, Tecnologia em Design Gráfico, Tecnologia em Gastronomia, Tecnologia em Gestão Comercial, Tecnologia em Gestão da Qualidade, Tecnologia em Gestão Financeira, Tecnologia em Gestão Pública, Tecnologia em Logística, Tecnologia em Marketing, Tecnologia em Processos Gerenciais, Tecnologia em Recursos Humanos, Teologia e Turismo.

Jequié: Homem é preso pela PRF na BR-116 com mais de R$ 230.000 em notas falsas

/ Jequié

Passageiro de ônibus com 231.600 reais em ônibus. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, na noite desta quarta-feira (20), um passageiro de ônibus com 231.600 reais em notas falsas. Ele viajava em um ônibus interestadual de passageiros, quando foi abordado no Km 677 da Br 116, trecho do município de Jequié. Durante a fiscalização do veículo e passageiros, os agentes desconfiaram da conduta de um dos ocupantes que apresentava nervosismo exacerbado. Ao verificar a bagagem pessoal foram encontradas 2.316 cédulas de cem reais com indícios de falsificação. Questionado, o homem de 45 anos informou que viajou até Foz do Iguaçu (PR), onde adquiriu as notas por R$20.000,00. Além disso, alegou que pretendia repassá-las durante os festejos de Carnaval na cidade de Salvador. Em consulta ao sistema de dados, constatou-se que o indivíduo já tinha passagem pela polícia por uso de documento falso. O flagranteado, que não teve a identidade revelada, foi conduzido, juntamente com as cédulas falsas, para a Delegacia de Polícia Civil de Jequié.

Jaguaquara: Advogados parentes de vereadores são nomeados para cargos na Câmara Municipal

/ Jaguaquara

Esposo da vereadora Sara assume cargo. Foto: Blog Marcos Frahm

Aos poucos, o presidente da Câmara de Jaguaquara vai promovendo mudanças após assumir a Mesa-Diretora da Casa. No Departamento Jurídico, por exemplo, decretos assinados por Raimundo Louzado (PR), datados de (18) de fevereiro, trazem nomeações de advogados que irão integrar a assessoria da Câmara. O advogado Líniquer Louís Souza Andrade, que na gestão anterior ocupava o cargo de assessor jurídico agora é Procurador da Câmara Municipal. Ivanildo dos Santos Pirôpo, que também já atuava como assessor será mantido no cargo, mesmo sem o presidente ter obtido o apoio do seu irmão, o vereador Nildo Pirôpo (PSB), que fez parta da chapa derrotada por Louzado na disputa pela presidência em dezembro de 2018. A novidade é o ingresso do advogado Renato Rodrigues Ferreira dos Reis, esposo da vereadora Sara Helem (DEM), que contestava nomeação de parentes do prefeito e de vereadores para ocupação em cargos públicos em Jaguaquara. Raimundo foi eleito presidente em uma disputa acirrada, vencendo a vereadora Cristiane Pinheiro (PP), prima do prefeito Giuliano Martinelli (PP), e votado por vereadores da base aliada e da oposição. Inclusive, o apoio de Sara, que lidera a bancada da minoria foi decisivo para a vitória do presidente, que agora retribui.

 

Reforma da Previdência: veja os principais pontos apresentados pela reforma de Jair Bolsonaro

/ Economia

O presidente Jair Bolsonaro entregou ontem (20) a proposta de reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Acompanhado dos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ele chegou por volta das 9h30 ao prédio do Congresso Nacional. O texto elaborado pelo governo propõe idade mínima para aposentadoria para homens (65 anos) e mulheres (62 anos), além de um período de transição. Inicialmente, a proposta será submetida à análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, e depois será discutida e votada em uma comissão especial da Casa, antes de seguir para o plenário. No plenário, a aprovação do texto depende de dois dois turnos de votação com, no mínimo, três quintos dos deputados (308 votos) de votos favoráveis.Em seguida, a proposta vai para o Senado cuja tramitação também envolve discussão e votações em comissões para depois, ir a plenário.

Veja o que propõe a reforma da Previdência:

Idade mínima

O texto propõe idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens, com contribuição mínima de 20 anos.  Atualmente, aposentadoria por idade é 60 anos para mulheres e 65 anos para os homens, com contribuição mínima de 15 anos. A idade mínima para a aposentadoria poderá subir em 2024 e depois disso, a cada quatro anos, de acordo com a expectativa de vida dos brasileiros. Nessa proposta, não haverá mais aposentadoria por tempo de contribuição.

Contribuição

Os trabalhadores da iniciativa pública e privada passarão a pagar alíquotas progressivas para contribuir com a Previdência. E quem ganha mais, contribuirá mais. As alíquotas deixarão de incidir sobre o salário inteiro e incidirão sobre faixas de renda, num modelo semelhante ao adotado na cobrança do Imposto de Renda. No fim das contas, cada trabalhador, tanto do setor público como do privado, pagará uma alíquota efetiva única.

Pela nova proposta, quem ganha um salário mínimo (R$ 998) contribuirá com 7,5% para a Previdência. Acima disso, contribui com 7,5% sobre R$ 998, com 9% sobre o que estiver entre R$ 998,01 e R$ 2 mil, com 12% sobre a renda entre R$ 2.000,01 a R$ 3 mil e com 14% sobre a renda entre R$ 3.000,01 e R$ 5.839,45 (teto do INSS). Dessa forma, um trabalhador que receber o teto do INSS contribuirá com alíquota efetiva (final) de 11,68%.

De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, as alíquotas efetivas ficarão em 7,5% para quem recebe o salário mínimo, de 7,5% a 8,25% para quem ganha de R$ 998,01 a R$ 2 mil, de 8,25% a 9,5% para quem ganha de R$ 2.000,01 a R$ 3 mil e de 9,5% a 11,68% para quem recebe de R$ 3.000,01 a R$ 5.839,45 (teto do INSS).

No setor público será aplicada lógica semelhante. Pelas novas regras, o sistema de alíquotas progressivas será aplicado, resultando numa alíquota efetiva (final) que variará de 7,5% para o servidor que recebe salário mínimo a 16,79% para quem recebe mais de R$ 39 mil.

Regras de transição

O tempo de transição do atual sistema de Previdência para o novo será de 12 anos. A regra de transição para a aposentadoria prevê três opções:

1) A soma do tempo de contribuição com a idade passa a ser a regra de acesso. O tempo de contribuição é 35 anos para homens e 30 para mulheres. Em 2019, essa soma terá que ser 96 pontos para homens e 86 anos para mulheres. A cada ano, será necessário mais um ponto nessa soma, chegando a 105 pontos para homens e 95 para mulheres, em 2028. A partir deste ano, a soma de pontos para os homens é mantida em 105. No caso das mulheres, a soma sobe um ponto até atingir o máximo, que é 100, em 2033.

2) A outra opção é a aposentadoria por tempo de contribuição (35 anos para homens e 30 anos para mulheres), desde que tenham a idade mínima de 61 anos (homens) e 56 anos (mulheres), em 2019. A idade mínima vai subindo seis meses a cada ano. Assim, em 2031 a idade mínima será 65 anos para homens e 62 para mulheres. Os professores terão redução de cinco anos na idade.

3) Quem está a dois anos de cumprir o tempo de contribuição para a aposentadoria – 30 anos, no caso das mulheres, e 35 anos, no de homens – poderá optar pela aposentadoria sem idade mínima, aplicando o fator previdenciário, após cumprir o pedágio de 50% sobre o tempo restante. Por exemplo, uma mulher com 29 anos de contribuição poderá se aposentar pelo fator previdenciário se contribuir mais um ano e meio.

Aposentadoria integral

Para aposentar-se com 100% da média do salário de contribuição, o trabalhador precisacontribuir por 40 anos. A nova fórmula de cálculo do benefício substituirá o fator previdenciário, usado atualmente no cálculo das aposentadorias do INSS. Da Agência Brasil

Jovem jaguaquarense morre após sentir-se mal em Salvador; corpo será sepultado em Itaquara

/ LUTO

Gessica passou mal e morreu aos 27 anos. Foto: Arquivo pessoal

A jovem Gessica Nascimento, oriunda de Jaguaquara, morreu na manhã desta quarta-feira (20) após sentir-se mal em casa, em Salvador, onde morava e trabalhava como gerente comercial. De acordo com informações, um irmão de Gessica, que teria ido visitá-la acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência a pedido da mesma, que reclamava de fortes dores, mas quando a equipe de socorristas chegou ao imóvel a jovem já estava sem sinais vitais. Gessica era filha de uma família conhecida em Jaguaquara. Os seus pais residem no bairro Popular. Ela era ex-aluna do CEEP Pio XII e chegou a cantar em um grupo musical da cidade, Forrozão os Balas. O corpo está sendo transladado de Salvador e será sepultado nesta quinta-feira em Itaquara. Em uma de suas últimas publicações no Facebook, um trecho publicado por Gessica falava em cuidado ao coração: ”Cuide do seu coração, dos cantinhos seus que ninguém vê, cuide para que ele fique bem, se desacelere e se proteja. Evite se esbarrar naquilo que te desequilibra, mude o caminho, ignore os atalhos, rejeite palavras negativas, se afaste de tudo e todos que não te fazem bem, e tente levar os seus dias de maneira leve, suave, sem tantas exigências e obrigações desnecessárias. O coração da gente quando está triste, ferido e agredido, o corpo sente também, e é dai que surge certos cansaços, certas dores, certos desânimos, certas vontades de não se continuar. Precisamos nos privar de algumas situações para não nos embaraçarmos e perdermos a delicadeza da alma nem a tranquilidade dos dias”, escreveu.

Ex-TV Sudoeste, jornalista jaguaquarense Renata Menezes pede desligamento da TV Bahia

/ Imprensa

A jaguaquarense Renata pediu demissão da emissora. Foto: TV Bahia

Após quase dois anos no comando do programa ”Conexão Bahia”, da TV Bahia, a jornalista Renata Menezes pediu desligamento da empresa, nesta semana. A informação foi dada pelo perfil no Twitter Olhar na Tela. Segundo o site Bahia Notícias, que entrou em contato com Lilia Gramacho, gerente de conteúdo e entretenimento da afiliada,  a informação foi confirmada e Lilia disse que Renata saiu ”para tocar projetos pessoais”.  Inicialmente, Camila Marinho foi apontada como a substituta de Renata, fato negado por Gramacho. Ainda em contato com o site, Gramacho disse que estão ”trabalhando com algumas ideias e possibilidades, mas não será substituída por Camila”.  O “Conexão Bahia” estreou em 16 de setembro de 2017. Natural de Jaguaquara, Renata passou pela TV Sudoeste, onde integrou a equipe de jornalismo atuando como repórter e na TV Bahia comandava a atração ao lado do ator e dramaturgo Aldri Anunciação. Antes disso, ela integrou por anos o ”Mosaico Baiano”.

Leitura de Mensagem Anual do Prefeito marca abertura do Ano Legislativo em Jequié

/ Jequié

Prefeito Sérgio, presidente Tinho e a vereadora Laninha. Foto: CMJ

Foi realizada na terça-feira (19) a Sessão Solene de abertura ano legislativo de Jequié. A reunião, conduzida pelo presidente da Câmara de Vereadores, Emanuel Campos Silva – Tinho -, contou com a participação do prefeito Sérgio da Gameleira, que fez a leitura de sua mensagem anual com planos e metas para o atual exercício financeiro. Antes, foi dada a palavra ao líder do prefeito, vereador José Simões de Carvalho Jr., a quem coube saudar o chefe do executivo em nome dos demais parlamentares, tendo relatado o esforço da atual gestão no sentido de melhorar as condições de vida do jequieense. O prefeito citou feitos de sua administração, dando ênfase à dedicação e empenho de sua equipe no sentido de vencer os difíceis obstáculos, principalmente em virtude do fracasso de governos anteriores. A Sessão foi prestigiada por membros de vários setores da sociedade civil organizada e populares que lotaram as dependências da Casa. Entre os presentes o comandante da Cipe Central, Major PM Fábio Rodrigo; padre Roberto Oliveira, da Paróquia Santo Antônio, representante do bispo diocesano, dom José Ruy; chefe de Instrução do Tiro de Guerra 06-009, subtenente Flamarion da Silva Guimarães; comandante da Guarda Municipal, GM Espt Frankney Silva, além de secretários e diretores municipais.

Polícia abre inquérito para apurar morte de idoso mordido por pit bulls em Alagoinhas

/ Polícia

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a morte de um idoso de 70 anos, que foi mordido por dois cães da raça pit bull, em Alagoinhas, conforme publicação do G1. O dono dos cachorros, que também é proprietário da fazenda onde os animais ficam, foi intimado para depor e deve ser ouvido na quinta-feira (21). A vítima, identificada como José Valter Bispo Damasceno teve os dois braços e uma perna amputados por causa dos ferimentos. Ele morreu ma noite de terça-feira (19), após ficar 10 dias internado no Hospital Geral do Estado (HGE). Ele foi enterrado em Alagoinhas, nesta quarta. Segundo informações do delegado Luís Enock Passos Souza, que investiga o caso, os familiares de José Valter registraram o caso na tarde de terça. Inicialmente, o dono dos cachorros, que também é proprietário de uma fazenda onde os cães ficam, pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A identidade dele não foi revelada. Os familiares da vítima também serão ouvidos pela polícia ainda nesta semana. José Valter Bispo Damasceno foi atacado pelos cães quando pescava em um rio da cidade de Alagoinhas, no dia 8 de fevereiro. Por conta da gravidade dos ferimentos, a vítima precisou ser transferida para o HGE no dia seguinte. Quando chegou na unidade de saúde da capital baiana, Damasceno já tinha sofrido as amputações dos braços. Na noite de segunda-feira (18), uma das pernas foi amputada. À polícia, um sobrinho da vítima contou que o idoso estava pescando em um rio do bairro Dois de Julho, quando foi atacado pelos cachorros. O sobrinho contou ainda que, para chegar ao rio, é preciso passar por um terreno que pertence ao dono dos animais. Após o ataque, o idoso foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado a um hospital de Alagoinhas, de onde foi levado para Salvador.

Durante Fórum de Governadores em Brasília, Rui Costa pede compensação previdenciária

/ Política

Rui contesta reforma da Previdência. Foto: Luana Bernardino

A terceira reunião do Fórum Nacional de Governadores, realizada nesta quarta-feira (20), em Brasília, não fugiu ao tema do dia na capital do país: a Reforma da Previdência. Os 27 governadores receberam das mãos do ministro da Economia, Paulo Guedes, o texto da proposta redigida pelo governo federal e apontaram suas contribuições. Dentro do tema previdência, o governador da Bahia, Rui Costa, assinalou um ponto que dará fôlego imediato aos caixas dos estados: a chamada compensação previdenciária. Ponto consensual entre os governadores, esse acerto de contas entre o governo federal e os estados é para que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) repasse valores retidos com mais celeridade. Esses valores são referentes à contribuição de trabalhadores que se aposentaram no regime estadual, recebendo aposentadoria do Estado, mas contribuíram durante um período de suas vidas no regime federal, quando ainda não eram servidores. O montante encontra-se parado no INSS, que administra o regime geral de previdência, mas deve ser repassado aos estados por direito. Conforme Rui, o repasse ocorre de modo muito lento. Estima-se que o estado da Bahia tenha a receber R$ 2 bilhões do INSS. ”Em nome dos governadores, apresento esse pleito da compensação previdenciária que responderá rapidamente frente ao déficit da previdência nos estados”, disse o governador da Bahia ao ministro Paulo Guedes. Sobre o texto da proposta da previdência, Rui antecipou que, numa primeira análise de todo o material, se posiciona contrário ”à tentativa de retirar da Constituição os preceitos da previdência”. A nova proposta coloca esses preceitos em uma lei complementar. Se ficarem fora da Constituição, qualquer mudança poderá ser aprovada no Congresso por maioria simples e não por um quórum mais representativo. ”Acho inadmissível retirar os preceitos da Constituição”, alertou o governador ao se posicionar a favor da reforma, mas não em sua totalidade. O segundo ponto de discordância na opinião de Rui é o modelo de capitalização apontado no texto. ”Esse modelo, num país tão desigual, não trará solução imediata e deveria ficar de fora deste debate neste momento”.

Ao entregar reforma, presidente Bolsonaro diz que errou no passado ao votar contra mudanças

/ Brasília

Jair entrega reforma. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Ao entregar a proposta da reforma da Previdência ao Congresso Nacional, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que errou no passado ao não apoiar propostas anteriores de reformulação do sistema de aposentadorias. A reforma da Previdência é considerada fundamental pelo presidente da República e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A Folha de S.Paulo teve acesso ao áudio da fala do presidente no momento em que entregou a proposta. ”Temos que juntos mostrar, não para o mundo, mas para nós mesmos, que erramos no passado. Eu errei no passado e temos a oportunidade ímpar de realmente garantir para as futuras gerações uma previdência onde todos possam receber”, declarou Bolsonaro na reunião privada que manteve com lideranças do Congresso, entre eles os presidentes Rodrigo Maia (Câmara) e Davi Alcolumbre (Senado). Bolsonaro tem um histórico de posicionamentos contrários às tentativas anteriores de reforma da Previdência. Em janeiro 2018, em entrevista à Rede TV, ele afirmou que votaria contra às mudanças propostas na Previdência pelo então presidente Michel Temer. ”Da forma proposta, não votarei favorável”, disse o agora presidente, na ocasião. Bolsonaro também foi contrário ao projeto de mudança da Previdência do governo Fernando Henrique Cardoso e votou contrário à reforma da Previdência feita no governo Luiz Inácio Lula da Silva. Em meio a uma crise política causada pela demissão do ministro Gustavo Bebianno e um dia depois de o governo sofrer uma derrota na Câmara com a derrubada do decreto que alterava a Lei de Acesso à Informação, Bolsonaro fez um aceno aos deputados e disse que é ”gualzinho” aos parlamentares. ”Sou igualzinho a vocês, somo iguais. Temos o mesmo propósito e o mesmo ideal”, disse o presidente da República. Ele afirmou ainda saber das dificuldades que a reforma vai enfrentar no Congresso e reconheceu que o texto pode ser aperfeiçoado no Parlamento. ”Contamos com a competência, com o patriotismo e com o compromisso dos senhores de salvar o Brasil economicamente. Nós não temos outra saída, obviamente o projeto vai ser aperfeiçoado pelos senhores e pelas senhoras”, disse Bolsonaro. ”Temos a oportunidade ímpar de realmente garantir para as futuras gerações uma previdência onde todos possam receber”, acrescentou. “Contamos com os senhores e as senhoras para aperfeiçoar o projeto. O Brasil precisa sair dessa situação crítica que e econômica que nós vivemos no momento”, concluiu o presidente.