Vistoria detectou 135 pontos crítico’ em prédio um mês antes de desabamento em Fortaleza

/ Brasil

Um orçamento para recuperação estrutural do Edifício Andrea foi solicitado pela síndica Maria das Graças Rodrigues um mês antes do desabamento do imóvel, em Fortaleza (CE). O prédio desmoronou na terça-feira (15), deixando ao menos seis mortos – outras quatro seguem desaparecidas, incluindo Rodrigues, e sete foram resgatadas vivas.

No dia de 19 de setembro, a vistoria técnica da empresa CAC Engenharia detectou pelo menos 135 pontos com falhas estruturais na área do pilotis do edifício. A informação foi repassada ao G1 por Alberto Cunha, engenheiro e presidente da empresa.

O orçamento pedido pela síndica foi entregue em 30 de setembro, mas a proposta foi recusada, porque uma empresa concorrente ofereceu o serviço com menor custo.

”Quando o meu funcionário ligou, ela disse que a nossa proposta não foi aceita em assembleia, porque nosso preço tinha sido muito caro e o outro tinha sido 30% abaixo da nossa proposta”, disse Cunha ao G1.

Durante a visita técnica, encontrou-se rachaduras nos pilares, concreto soltando da armação e ferros soltos. Cunha revelou, também, que a casa de bomba, onde é feito o transporte da água da cisterna para a caixa, concentrava a maior parte das falhas.

”Tem uma área da casa de bomba que já estava muito crítica. As ferragens estavam todas expostas se deteriorando, combogós e pilares comprometidos”, disse.

Para o engenheiro, a síndica tinha ciência dos riscos. ”Ela estava se mostrando preocupada e queria resolver isso logo e que nós mandássemos orçamento o quanto antes”, concluiu.

Quatro corpos são encontrados carbonizados dentro de carro às margens da BR-116, em Santo Estêvão

/ Polícia

Carro foi totalmente queimado. Foto: Reprodução/Acorda Cidade

Quatro corpos carbonizados foram encontrados dentro de um veículo, nesta quinta-feira (17/10), em uma estrada próxima à BR-116, no trecho da cidade de Santo Estevão.

De acordo com a polícia, conforme publicação do site Acorda Cidade, o veículo onde os corpos foram encontrados teria sido roubado no início deste mês em Salvador. Os corpos foram encaminhados pelo Departamento de Polícia Técnica ao IML de Feira, onde serão identificados.

Suspeita de liderar tráfico em Itiruçu, resgatada da Delegacia em 2016 é presa em São Paulo

/ Itiruçu

Uma mulher de 33 anos, suspeita de liderar o tráfico de drogas na cidade de Itiruçu/BA foi presa nesta semana em SP, conforme informações divulgadas na noite desta quinta-feira (17/10) pela delegada titular de Itiruçu, Maria do Socorro Damásio. Segundo a delegada, Rafaela Silva Santos foi detida na quarta-feira (16) suspeita de porte ilegal de arma de fogo.

Em Itiruçu, Rafaela já havia sido presa por duas vezes e, em 2016, quando estava encarcerada teria sido resgatada da Delegacia por dos comparsas, identificados como Maronilson de Jesus Souza e Wilton de Jesus Santos. Ainda de acordo com informações policiais, Maronilson encontra-se foragido, enquanto Wilton cumpre pena no Conjunto Penal de Jequié, pela prática de crime de homicídio.

A delegada informou também que Rafaela, em ocasião anterior, quase foi colocada em liberdade, uma vez que o crime de porte ilegal de arma permite o pagamento da fiança. Contudo, havia um mandado de prisão em aberto expedido contra a mesma, oriundo da Comarca de Itiruçu. Rafaela foi autuada em flagrante e encaminhada para o presídio de Tremembé, no Estado de São Paulo.

Caixa Econômica inicia nesta sexta-feira pagamento do FGTS para não correntistas

/ Economia

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (18) mais uma etapa de liberação do Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esta fase é para trabalhadores que não têm conta na Caixa.

Os trabalhadores nascidos em janeiro que não têm conta no banco poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do fundo. Serão cerca de 4,1 milhões de pessoas nesta etapa, com injeção de R$ 1,8 bilhão na economia.

Prefeito de Xique-Xique matricula filho em creche municipal e arranca elogios em rede social

/ Política

Reinaldo Braga matriculou o filho em creche. Foto: Reprodução

O prefeito de Xique-Xique, Reinaldo Braga Filho (MDB), publicou na quarta-feira (16/10), uma foto em que registra o que seria o primeiro dia do seu filho em uma escola da rede municipal. Na publicação o gestor escreveu: ”Primeiro dia de nosso menino na Creche! Ele adorou!”, publicou o gestor, conforme publicação do site Bahia Notícias.

Os seguidores parabenizaram Reinaldo Braga, um deles chegou a afirmar que a atitude era o ”maior exemplo que um político pode dar”. Outra disse compartilhar do mesmo sentimento quando o seu neto foi à escola.

É que nem mulher traída, apanha, mas volta, diz líder do PSL depois de prometer implodir presidente

/ Brasília

Líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir. Foto: Ag. Câmara

O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), voltou atrás depois de ser gravado em reunião do partido dizendo que implodiria o presidente Jair Bolsonaro. ”Isso já passou. Nós somos Bolsonaro. Somos que nem mulher traída, apanha, mas mesmo assim volta ao aconchego”, afirmou nesta quinta-feira (17). O parlamentar foi gravado na reunião do grupo ligado ao presidente da legenda, Luciano Bivar (PSL-PE), na Câmara, por Daniel Silveira (PSL-RJ). O encontro se deu nesta quarta (16).

”Vou fazer o seguinte, eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele, eu tenho a gravação. Não tem conversa, eu implodo o presidente, cabô, cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo, cara. Eu votei nessa porra, eu andei no sol 246 cidades, no sol gritando o nome desse vagabundo”, disse Waldir no áudio. Nesta quinta, ele contemporizou a fala, que disse vir de ”momento de sentimentos”. ”É uma fala de emoção”, afirmou. Ele disse que foi motivado por um sentimento de que o presidente foi ingrato com os parlamentares. ”Não só comigo, com dezenas de parlamentares, com o presidente Luciano Bivar”, disse.

O líder afirmou que trabalhará para unificar a bancada. Waldir disse que os excessos de deputados dissidentes serão punidos. ”Existe o Conselho de Ética da Câmara e do partido, existem várias normas e dentro desse regramento com certeza nós iremos representar contra quem cometeu excessos”, disse na saída de almoço com a bancada, que também reuniu o presidente da legenda.

Em reunião com prefeitos, governador cobra medidas do governo federal contra mancha óleo

/ Bahia

Governador Rui Costa se reúne com prefeitos. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa recebeu, nesta quinta-feira (17/10), prefeitos e representantes dos oito municípios baianos atingidos pela mancha de óleo que avança pelo litoral do Nordeste. Além de discutir a situação e compartilhar informações, o encontro serviu para alinhar ações de limpeza das praias e mangues afetados e o recolhimento e descarte apropriado do material poluente.

”Durante a reunião fomos informados sobre Itaparica e provavelmente Vera Cruz, chegando a 10 municípios na Bahia atingidos. São 155 toneladas de óleo já retiradas das praias, além do óleo que já chegou a manguezais e do óleo que está retido nas pedras. A grande preocupação do Estado e dos municípios é a falta de informações por parte das autoridades federais competentes. Lembrando que a responsabilidade por águas oceânicas, seja ambiental quanto da segurança, pertence ao governo federal. Mas até agora nem os municípios nem os estados têm qualquer informação sobre o que foi feito e o que está sendo feito para descobrir a forte primária do vazamento e qual a situação no mar”, afirmou Rui.

Participaram da reunião os prefeitos de Camaçari, Conde, Entre Rios, Jandaira, Lauro de Freitas, o vice-prefeito de Esplanada e um representante da prefeitura de Salvador. O governador ainda reforçou ”o pedido para que as autoridades federais tomem providências em relação à descoberta do que está acontecendo. Ou, pelo menos, informem aos estados e municípios o que estão fazendo até agora. O que a Marinha está fazendo? O que a Petrobras fez até agora? O que o Ibama está fazendo? Essa é a grande indagação que temos feito”.

Por isso, afirmou Rui, o Estado da Bahia aderiu, na quarta-feira (16), à ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público da Bahia (MPBA) que solicita que o governo federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) adotem medidas efetivas de proteção do litoral baiano.

Após o encontro, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, disse que ”o mais importante agora é impedir que o óleo chegue à areia e descobrir a origem desse derramamento. Estamos tomando medidas para manter as praias limpas com apoio do Governo do Estado, mas sabemos que é uma ação paliativa. Devemos cobrar do governo federal uma ação imediata para que evitem que futuras manchas cheguem à costa”.

Ministério da Justiça investiga Facebook por violações à privacidade e proteção de dados

/ Tecnologia

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom), órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, abriu novo processo contra o Facebook para investigar supostas violações à privacidade e proteção de dados não somente de usuários da plataforma como de outros indivíduos. O Facebook tem até 10 dias para responder à notificação. Segundo o órgão, se comprovadas as violações, a empresa pode pagar multa de até R$ 10 milhões.

A Senacom apura supostos abusos no tratamento de dados sensíveis. Entre eles estariam informações de saúde como frequência cardíaca e ciclo menstrual, conteúdos de mensagens e e-mails privados e localização dos usuários. O tratamento irregular envolveria inclusive registros de pessoas que não são usuários da plataforma.

Essas informações teriam sido obtidas por meio de aplicativos. O Facebook funciona como plataformas para diversos apps, permitindo que esses ofereçam serviços e, para isso, coletem dados dos usuários. O aplicativo FaceApp foi um dos que recentemente geraram polêmica e questionamentos.

O processo aberto pelo MJ é o terceiro contra o Facebook por suspeitas de práticas irregulares relacionadas a dados de internautas. Em agosto, a Senacom cobrou esclarecimentos da companhia pelo acesso indevido ao conteúdo de mensagens do FB Messenger.

Em março, o órgão instaurou dois processos contra a rede social, sendo um pelo compartilhamento ilegal de dados a partir do recurso de login usando a conta do Facebook e outro pela atuação de hackers que teriam invadido contas de usuários brasileiros e obtido informações como nome, e-mail, lugares onde a pessoa foi e buscas realizadas.

A redação do site Agência Brasil informou que entrou em contato com o Facebook e aguarda retorno da companhia sobre o caso.

Policial militar supostamente ligado a Aspra e autor de vandalismo tem preventiva decretada

/ Polícia

Todas as sedes da Aspra foram lacradas. Foto: Divulgação

Autor de ataques contra dois ônibus em Salvador e supostamente ligado a Associação dos Policiais e Bombeiros Militares e seus Familiares (Aspra), o soldado Anselmo Sousa dos Prazeres teve a prisão em flagrante convertida para preventiva pela Justiça nesta quarta-feira (16/10). Além de atravessar os coletivos na Avenida Suburbana, ele atirou contra guarnições da Operação Gêmeos.

Na decisão, a Justiça aceitou os pedidos da Corregedoria da Polícia Militar e do Ministério Público solicitando restrição da liberdade. ”Tais atos demonstram a periculosidade do acusado e a necessidade do seu encarceramento”, disse o juiz responsável pelo caso.

A Aspra foi o grupo que, guiado pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSC), liderou uma pequena mobilização de policiais. Anselmo ficará custodiado no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em uma área destinada a militares. Com informações do site Bahia Notícias

Estudos alertam que a mudança ”demográfica” modificará a Educação no Brasil

/ Educação

O Brasil está passando por uma mudança demográfica que deve modificar a educação daqui a alguns anos. As projeções de pesquisas de órgãos estatísticos sobre dados demográficos para o país indicam uma diminuição no número de nascimentos. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a população brasileira só deve crescer até 2042 e o número de filhos por mulher pode cair a partir de 2034. Daqui até lá, uma notícia pode transformar o panorama educacional: com menos alunos e com salas de aulas mais preparadas para a queda de natalidade, a expectativa é de que a qualidade no trabalho do professor melhore.

Porém, ainda no século XXI, um dos desafios dos professores são as salas cheias, com alunos de idades diferentes e com conhecimentos tecnológicos que alguns docentes não estão capacitados para usar. Para a professora do ensino básico, Edna Pereira, acostumada com a sala de aula há mais de 15 anos, conseguir acompanhar o ritmo dos adolescentes que nasceram na era digital é um grande desafio da sua profissão. ”Ainda tem professores que estão enraizados na sua formação do século XX, pois precisamos de formação continuada para que os educadores consigam, hoje, enfrentar os seus desafios”, explica, chamando atenção para a necessidade do investimento na educação continuada dos professores.

Segundo o IBGE, 2042 vai ser o ano em que o país atingirá seu ápice populacional. Serão 228,3 milhões de brasileiros e, nesse contexto, as creches terão seu papel de destaque. Depois, o número só vai diminuir, segundo o órgão. Assim, diante desse panorama, a redução do número de nascimentos para as próximas décadas deve modificar o cenário da educação para as próximas gerações. Por isso, especialistas apontam que as salas estarão mais organizadas, os professores terão menos carga de trabalho e mais tempo para preparar as aulas, proporcionando maior atenção para cada aluno.

Contudo, enquanto o futuro não chega, já é possível fazer a diferença na vida de estudantes mesmo com poucos investimentos. O exemplo vem do município Malhada de Pedras, interior baiano, que melhorou o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) a partir de projetos de incentivo à leitura. De acordo com a secretária Municipal de Educação do município, Edna Pereira, o investimento em todos os níveis de educação, desde o infantil até o nono ano do ensino fundamental possibilitou, junto com o incentivo à leitura, o progresso estudantil. ”A gente tem, nas escolas, projetos de leitura durante todo o ano que, inclusive, renderam, em 2015/2016, a premiação Jornalismo Undime, falando sobre o projeto de leitura de Malhada, que fez avançar o Ideb’, esclarece a secretária.

Professores da nova geração

No Brasil, apenas 2,4% dos jovens de 15 anos têm interesse em seguir a área acadêmica, enquanto que na, década passada, o percentual era de 7,5%, segundo dados do relatório ”Políticas Eficientes para Professores”, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os motivos são diversos como a desvalorização da carreira pedagógica e o baixo salário.

Indo na contramão da pesquisa e apostando na educação de qualidade, a professora de Fotografia, Natália Silva, 24, enxerga na sua atuação a possibilidade de passar conhecimentos adiante. Ela, que se formou em Jornalismo, passou em uma seleção para dar aulas em um ensino técnico. ”Enxerguei a possibilidade de exercer a minha profissão de um modo distinto do que vinha atuando”, conta a professora estreante na profissão.

Natália acredita, ainda, que a digitalização é o futuro da educação. ”Quando digo isso, não falo somente da modalidade EAD, vai muito além disso. Eu acho que as escolas precisam se acostumar em usar a tecnologia para o bem delas, proporcionando aos alunos a possibilidade de tirar dúvidas e descobrir curiosidades em tempo real, por exemplo, além de várias outras metodologias de aprendizado”, argumenta a jovem.

Polícia Militar apreende farta quantidade de munição no Entroncamento de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Munições foram apreendidas em uma residência. Foto: Polícia Militar

A Polícia Militar de Jaguaquara apreendeu, nesta quinta-feira (17/10), farta quantidade de munição. De acordo com informações divulgadas nesta tarde pela PM, através da 3ª Cia do 19º BPM, a apreensão ocorreu na Rua Nova, no distrito Stela Dubois, após operação deflagrada para averiguar na localidade uma denúncia sobre o comércio ilegal de munições.

Ainda segundo a PM, ao chegar ao local indicado, o suspeito denunciado por meio do Disk Denúncia da instituição militar encontrava-se na porta do imóvel e teria autorizado, depois de ser informado sobre a operação, a entrada de policiais na casa, onde foram realizadas buscas no interior da residência, tendo os militares encontrado  munições sob a responsabilidade do senhor Francisco Gurunga da Silva.

O material apreendido: 50 embalagens contendo pólvora;  48 estojos de calibre 32; 10 munições de calibre 12; 25 munições de calibre 20; 37 munições de calibre 32; 19 estojos de calibre 28; 05 estojos de calibre 12; 20 caixas contendo espoleta; 13 munições de calibre 36;  112 munições de calibre .22;  05 Kg de balins; e 01 aparelho celular de marca BLU. Todo o material apreendido foi apresentado na Delegacia com o suspeito para adoção das medidas cabíveis.

Jequié: Polícia Rodoviária Federal encontra veículo furtado de locadora sendo transportado por cegonha

/ Trânsito

Flagrante ocorreu no km 677 da BR-116. Foto: Divulgação/PRF

Na manhã desta quinta-feira (17/10), por volta das 09h30, no km 677 da BR-116, no município de Jequié, durante abordagem de um caminhão cegonha, que transportava veículos de passeio, a equipe da PRF constatou que entre os veículos transportados, um Renault/Sandero EXPR apresentando indícios de fraude.

Adulteração foi verificada nos sinais de identificação veicular, além de estar acompanhado por CRLV falsificado. De acordo com a PRF, foi constatado em um primeiro momento que o padrão dos caracteres impressos no documento, eram diferente do utilizado pelo órgão de trânsito.

Durante análise minuciosa no Sandero, foram encontradas outras adulterações. Após consulta ao sistema de dados, os policiais observaram se tratar na realidade de um carro furtado no mês de setembro/2019, na cidade de Curitiba (PR). Para não levantar suspeitas e burlar fiscalizações, as placas originais foram trocadas por outras de um veículo da mesma marca e modelo.

Ainda segundo a polícia, o condutor da cegonha, um homem de 55 anos, afirmou não ter conhecimento das irregularidades apresentadas e que embarcou os veículos em Curitiba (PR) com destino ao município de Cajazeiras (PB).

Diante dos fatos, a ocorrência foi apresentada a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil em Jequié, ”para continuidade dos procedimentos legais”, informou a PRF.

O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desse tipo de crime em determinadas regiões do país.

Batida entre carro e carreta deixa dois mortos e um ferido na BR-116, entre Itatim e Santa Terezinha

/ Trânsito

Carreta ficou com a frente bastante danificada. Foto: Site Bahia 10

Um acidente grave deixou duas pessoas mortas e uma ferida na noite desta quarta-feira (16/10), na Rodovia Santos Dumont BR-116, no trecho entre os municípios de Itatim e Santa Terezinha, na região da Bacia do Paraguaçu.

Segundo informações da concessionária Via Bahia, que administra a BR, o acidente ocorreu por volta das 20h, na altura do Km-500. Não há informações sobre as circunstâncias da batida, que chegou a provocar interdição parcial pista de rolamento.

Ainda conforme informações, o impacto da colisão foi tão forte, que o carro ficou completamente destruído. A carreta teve a parte da frente bastante danificada e os ocupantes não sofreram ferimentos.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de prefeituras da região foram encaminhadas ao local. A pessoa que ficou ferida no acidente foi encaminhada para um hospital em Itaberaba, entretanto não há informações sobre o estado de saúde dela.

A equipe da concessionária montou um desvio na área, para fazer fluir o trânsito que era intenso no momento em que foi registrado o acidente. Usuários da Via Bahia cobram da concessionária mais atenção e a duplicação da BR-116. No trecho de Santo Estêvão, as obras de duplicação avançam.

Ibama e Marinha dizem que ineditismo afeta contenção de óleo em praias do Nordeste

/ Brasil

Identificar e recolher o mais rápido possível as manchas de óleo que já se espalharam por 132 pontos da costa brasileira nos nove estados do Nordeste são as prioridades das ações tomadas por todos órgãos federais, estaduais e municipais.

A informação foi dada hoje (17) pelo presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Bim, em audiência pública na Comissão de Meio Ambiente do Senado. Ressaltou que a medida tem como meta fazer com que o óleo não retorne ao oceano.

Diante da cobrança de senadores por uma ação mais efetiva do governo federal para reverter os danos ambientais causados pelo óleo e por respostas sobre as causas do acidente, Eduardo Bim disse que o desastre é inédito no mundo e que conter os resíduos ainda é um desafio.

Destacou que as ações do Plano Nacional de Contingência – previstas em um decreto de 2013 – que prevê, por exemplo, instalação de barreiras para contenção de óleo, não se aplicam à atual situação, mas sim aos vazamentos ordinários de óleo, em que mancha fica na superfície das águas. No caso desse desastre ambiental, o óleo é mais pesado e fica submerso quando está em alto mar.

Suspeita

Na mesma audiência, ao falar sobre as investigações, o almirante Alexandre Rabello de Faria, chefe do Estado Maior do Comando de Operações Navais, lembrou que, até agora, a única certeza nas investigações é que o DNA do óleo bruto é venezuelano.

Apesar disso, não é possível afirmar como e nem por quem ele foi derramado. O militar acredita que o desastre foi um ato criminoso e comparou a situação a uma bala perdida que atingiu a costa brasileira. Para ele, resta saber de quem disparou a arma.

O almirante também ressaltou que pelo menos quatro hipóteses são estudadas e nenhuma está descartada, a começar por acidente na transferência de óleo de um navio para o outro. A operação chamada de sheep to sheep [ovelha para ovelha] não é a principal delas porque dificilmente ocorreria em alto mar.

Outra possibilidade, considerada remota, é o naufrágio de um navio petroleiro. Também não estão descartadas a hipótese de derramamento acidental de navio por rompimento de casco e derramamento intencional.

Ainda segundo o chefe do Estado Maior do Comando de Operações Navais, 1,5 mil militares estão trabalhando nessa operação, além de sete navios que  navegam na costa brasileira procurando manchas. Há ainda um helicóptero com um sonar, mas não foram encontradas manchas na superfície do mar. O militar explicou que não é o caso de usar submarinos porque a mancha é silenciosa e não pode ser detectada por sensores acústicos. Da Agência Brasil