Às vésperas de encerrar o mandato, prefeito de Jussari é afastado pela Câmara de Vereadores

/ Política

Valnio Muniz é afastado do cargo. Foto: Reprodução
Prefeito Valnio Muniz é afastado do cargo. Foto: Reprodução

A nove dias de encerrar o mandato, o prefeito de Jussari, Valnio Muniz (PT), foi afastado do cargo. A destituição foi concretizada por unanimidade [7 votos a 0] na noite de quinta-feira (22), após votação na Câmara Municipal, segundo o site Bocão News. De acordo com a justificativa apresentada em plenário, Valnio Muniz teria abandonado o município após não conseguir ser reeleito, em outubro. Desde então, os servidores estão sem receber salários, 13º, e a Câmara sem repasse referente ao duodécimo. Ainda de acordo com a reclamação dos munícipes, serviços de limpeza e saúde foram comprometidos pela gestão. Em 2015, Valnio Muniz foi alvo do Ministério Público por suspeita de improbidade administrativa. Na manhã de sexta-feira (23), a vice-prefeita Mary Marques (PMDB) foi empossada pela Casa Legislativa. Ela responderá pelo Executivo municipal até o próximo dia 31. No dia seguinte, 1º de janeiro, será empossado o prefeito eleito Antonio Valete (PSD).

Concurso – Em outubro deste ano, o MP determinou a suspensão do concurso público da prefeitura. Na Ação Civil Pública, o promotor de Justiça, Inocêncio de Carvalho Santana, sustentou que diversas irregularidades foram detectadas, a exemplo de ratificações no edital e participação no concurso dos membros que compuseram a comissão permanente de licitação.

 

Os comentários estão fechados.