Após derrotar Maracás, Jaguaquara precisa vencer Ibirataia para avançar no Intermunicipal

/ Jaguaquara

Jaguaquara surpreendeu ao vencer Maracás. Foto: Sidney Oliveira

Após vencer Maracás por 1 a 0 fora de casa no último domingo (08/09), a seleção de Jaguaquara precisa de mais uma vitória para avançar no Campeonato Intermunicipal de Futebol Amador 2019, no domingo (15). Integrante do Grupo 13, liderado pela equipe de Ibirataia, que conquistou 9 pontos, Jaguaquara chegou a 5 pontos com o triunfo, mas ainda segura a lanterna do Grupo, atrás de Maracás e Ibirapitanga, respectivamente, com 7 pontos conquistados.

 Além da vitória contra a líder Ibirataia, o time da Toca da Onça depende de uma combinação de resultado para se classificar. Os jaguaquarenses terão de torcer para que não haja empate no jogo entre Ibirapitanga e Maracás, que também se enfrentam no próximo domingo, às 14h30. Em caso de empate no confronto dos adversários, a seleção terá de bater Ibirataia por ao menos 2 gols de vantagem.

O intermunicipal, apesar de ser uma competição amadora tem à fama de disputa reveladora de craques do certame, pois fez surgir grandes nomes do futebol mundial, que representaram o país nos principais torneios internacionais. Afinal, não foram poucos os jogadores revelados que serviram e servem a clubes do Brasil e até do exterior, como Edilson Capetinha. O atacante baixinho e rápido deu dor de cabeça a muitos zagueiros pelo mundo afora, após ter iniciado a carreira na Seleção de Castro Alves, entre 1988 e 1989. Edilson, em 2002, conquistou o título mais importante do futebol mundial, o de campeão do mundo com a Seleção Brasileira.

Além do Capetinha, outros grandes craques saíram do Intermunicipal, e o exemplo mais recente é Liédson, campeão da Libertadores da América 2012 pelo Corinthians e ex-atacante da Seleção de Portugal, que iniciou na Seleção de Valença, inclusive sendo artilheiro em 1999, com 16 gols; Neto Berola, que deu seus primeiros passos no futebol pela Seleção de Buerarema, em 2008, e passou por Vitória, Atlético (MG), Coritiba, entre outros; Vandick, que defendeu a Seleção de Conceição do Coité, além de Bahia e Flamengo e tantos outros atletas.

 

Deixar uma Resposta