Após derrota de virada para o Flamengo no Maracanã, Mano Menezes deixa o Bahia

/ Esporte

Mano Menezes não é mais o técnico do Bahia. Foto: Felipe Oliveira

Mano Menezes não é mais o técnico do Bahia. Neste domingo (20), após a derrota por 4 a 3 para o Flamengo, ele e o presidente Guilherme Bellintani tomaram a decisão em comum acordo.

”Acho que é o momento para fazer essa troca. Um treinador, quando está no cargo como eu estou, assume posições com o grupo que está aí. E nas medidas que o resultado não vem, o discurso do treinador vai enfraquecendo, perdendo confiança, e eu acho que deve vir uma outra pessoa para comandar o Bahia. Exatamente para trazer ideias que são diferentes da minha, escolhas diferentes das minhas, porque ele não vai ter compromisso com as escolhas que eu fiz”, afirmou, em entrevista coletiva após a partida.

Mano chegou em setembro comandou o Bahia em 24 partidas. Foram oito vitórias, dois empates e 14 derrotas. A defesa, que costuma ser o pilar das equipes do técnico, sofreu 37 gols no período em que ele esteve no Tricolor. É a mais vazada do Campeonato Brasileiro, com 46 gols sofridos.

Mano deixa o clube na 16ª colocação, com a mesma pontuação (28) do Vasco, que abre a zona de rebaixamento. O treinador ainda acumula a eliminação nas quartas de final da Copa Sul-Americana, ao perder as duas partidas para o Defensa y Justicia.

Os comentários estão fechados.