Após derrota da oposição, Aécio diz que Senado virou “puxadinho do Planalto”

/ Política

Aécio insatisfeito com vitória de Renan. Foto: Agência Senado
Aécio insatisfeito com vitória de Renan. Foto: Agência Senado

Após a proclamação do resultado da eleição que reconduziu Renan Calheiros (PMDB-AL) à presidência do Senado, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) fez críticas ao legado do colega alagoano, que presidiu a Casa nos últimos dois anos. Aécio foi o principal artífice da candidatura de Luiz Henrique (PMDB-SC), adversário de Renan. Segundo o tucano de Minas Gerais, Renan fez do Senado um “puxadinho” do Palácio do Planalto. “O Senado não pode ser um instrumento da vontade do Executivo”, disse Aécio, afirmando que Renan deve mais agradecimentos ao PT do que ao seu próprio partido. “Ele tem de ser mais presidente do Senado e menos aliado do Planalto. O Congresso não pode continuar a ser um puxadinho do Palácio do Planalto”, criticou o tucano. Aécio citou especificamente a atuação de Renan na votação da flexibilização da meta de superávit primário, no final do ano passado.

Os comentários estão fechados.