Após decisão, Rui vai tentar reverter indenização para o A Tarde e diz que imprensa sofria perseguição

/ Bahia

Rui Costa fala em adiar o pagamento da multa. Foto: Manu Dias

Durante entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole FM de Salvador, na manhã desta sexta-feira (6), o governador Rui Costa (PT) comentou a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o Estado. O órgão determinou que R$ 10,7 milhões sejam pagos ao jornal A Tarde por conduta discriminatória. Nas gestões de Paulo Souto (DEM) e César Borges (PR), o periódico teria sido excluído da lista de veículos que recebiam por anúncios do governo depois de denunciar irregularidades. ”Apesar de discordar da forma de tratar a imprensa, me preocupo com o dinheiro que será pago. Será o dinheiro da população. Sei e reconheço a perseguição que a imprensa sofria, por isso, vou lutar para adiar esse pagamento se a sentença não puder ser revertida. É um tempo de falta de dinheiro”, afirmou o petista.

Os comentários estão fechados.