Após autorizar fogueiras durante na zona rural, prefeito reclama de aglomerações em fazendas

/ Jaguaquara

Martinelli não gostou das farras em fazendas. Foto: Rede social

”Não vai existir nenhum tipo de flexibilização”, a declaração é de Giuliano Martinelli (PP), prefeito de Jaguaquara, ao se pronunciar em entrevista a duas emissoras de rádio da cidade, Povo e Jaguar FM [Comunitária] em frente ao Fórum Ilmar Galvão, na manhã desta segunda-feira (29), após participar de reunião com representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público para discutir ações sobre a doença na cidade.

Martinelli, que teria autorizado o funcionamento do comércio [estabelecimentos não essenciais] apenas no período vespertino disse que não haverá alterações no decreto, nesta semana, inclusive permanecendo com bares fechados.

Ao se referir ao São João, o prefeito, que em entrevistas anteriores disse ter acatado recomendação do MP-BA para proibir fogueiras na área urbana, mas tendo autorizado as fogueiras em propriedades rurais, reclamou da aglomeração de pessoas durante a festa junina em fazendas. ”’Tivemos acesso a fotos e vídeos de fazendas com um número superior a 50 pessoas, infelizmente, confraternizando, onde a gente pediu tanto a compreensão das pessoas. Isso nos preocupa”, lamentou o gestor.

Segundo o mandatário, oriundos do município, 05 pacientes encontram-se internados em UTI em Jequié e voltou a apelar pelo isolamento social. ”Vamos avaliar os testes que serão feitos nessa semana para na próxima semana a gente tomar uma medida restritiva ou a manutenção do decreto. Nós já temos cinco pacientes em UTI, o agravamento de alguns casos passa a nos preocupar”. Até esta segunda, o número de infectados em Jaguaquara era de 206.

Deixar uma Resposta