Deputado Antônio Brito sobre reforma da Previdência; ”votarei contra, como votei na trabalhista”

/ Entrevista

Brito comenta reforma da Previdência. Foto: Blog Marcos Frahm

Presente no mesmo evento em que o deputado Arthur Maia (PPS) estava, e foi vaiado, na cerimônia de inauguração da agência da Previdência Social em Maracás, no Vale do Jiquiriçá, o deputado federal Antônio Brito (PSD) afirmou no sábado (155) que votará contra a reforma da Previdência, que tramita no Congresso. ”Eu votei contra a reforma trabalhista porque tenho entendido que reformas nesse momento precisam ter mais legitimidade. Nós vamos ter debate sobre os aposentados e a população precisa estar mais próxima dessa discussão e isso vai interferir diretamente na vida da população. Temos uma preocupação inclusive com os desempregados e dizer que a reforma é importante, claro que é, mas ela não pode ser feita nesse toque de caixa, dessa forma. Se for votar agora, votarei contra, como votei na trabalhista. Acho que é fundamental e nós temos que fazer uma revisão da previdência social, mas é preciso um debate mais forte e com a população”, explicou Brito ao Blog Marcos Frahm. Indagado sobre a sentença do juiz Sergio Moro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o parlamentar disse que decisão judicial não se discute. ”Foi uma decisão do juiz, ele decide e não se discute. Politicamente e Lula está aí e pode até esse momento ser candidato. Ele lidera todas as pesquisas e eu acho que isso demonstra que a população tem dado esse abraço no presidente Lula. Sobre a decisão, se vai ser reformada, aí depende do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que é no Rio Grande do Sul”, concluiu.

Os comentários estão fechados.