ACM Neto volta a polemizar nas redes sociais após usar filtro que deixa pele bronzeada

/ Política

A polêmica em torno da autodeclaração de ACM Neto (União) como pardo voltou a repercutir nas redes sociais na noite de quinta-feira (6). A conta do candidato no Instagram publicou um vídeo do ex-prefeito de Salvador com o filtro ”Bronzer”, da influenciadora Carol Peixinho. Nas redes sociais, internautas acusaram o político de tentar “escurecer” o tom da pele usando o filtro.

”Foi falta de atenção, coincidência. Foi um erro da equipe, não tem outra coisa para dizer. É verdade [a publicação do conteúdo]”, disse a assessoria de Neto para o portal Uol. Após a repercussão, o stories do vídeo com o filtro foi apagado.

Com o debate em torno da sua autodeclaração como pardo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Neto viu as menções diárias ao seu nome multiplicarem por quatro e as interações diárias relacionadas a ele multiplicarem por oito no Twitter (veja mais aqui).

Em entrevista ao podcast Projeto Prisma, Neto se disse “moreno”, disse que não fez bronzeamento artificial e questionou adversários políticos que também se declararam como pardos ou pretos à Justiça Eleitoral. Ele lembrou que se posiciona como pardo desde 2016, quando a Justiça Eleitoral passou a exigir a autodeclaração racial e ainda não existiam as cotas de distribuição dos recursos do fundo eleitoral. O candidato ainda garantiu que não irá mudar a forma como se declara (clique aqui).

O ex-prefeito de Salvador foca na disputa do segundo turno ao Governo da Bahia contra Jerônimo Rodrigues (PT). No primeiro turno, o petista saiu na frente e obteve 49,45% dos votos válidos contra 40,80 de Neto. As informações são do site Bahia Notícias

Os comentários estão fechados.