ACM Neto é pressionado por aliados após defender estados e municípios fora da Previdência

/ Política

ACM critica postura de Rui sobre reforma. Foto: Vagner Souza

O posicionamento do presidente nacional do DEM, prefeito ACM Neto contra a aplicação automática da reforma nos estados e municípios, tornou-se alvo de forte pressão até mesmo entre seus próprios correligionários. De acordo com a coluna Painel, da Folha de São Paulo, o prefeito de Salvador foi procurado por entusiastas da medida, mas manteve-se firme.

Segundo a coluna, ACM Neto acha que governadores e prefeitos que quiserem mexer nos regimes de aposentadoria precisam dar a cara para o eleitor. Neto defende que os municípios estejam de fora da reforma da Previdência e, caso haja alguma, as questões devem ser discutidas com os próprios funcionários públicos do município. O líder democrata, inclusive, criticou abertamente o governador Rui Costa (PT), que segundo ele faz ”jogo de cena”.

Segundo o prefeito, o governador tem uma posição ”omissa” e ”oportunista” em relação à reforma da Previdência. ”Nós vivemos um momento no país de séria crise, de necessidade de superação, e a coisa mais condenável nesse momento é a omissão e o oportunismo”, reprovou. ”[O governador] chega em Brasília e faz um jogo de cena fingindo que é a favor da reforma para que estados e municípios estejam incluídos e ele não tenha a obrigação de encaminhar um projeto à Assembleia [Legislativa da Bahia]”, reforçou o democrata. Para ele, essa atitude demonstra ”claramente” qual é a posição de Rui.

Os comentários estão fechados.