Itiruçu: Município na lista dos investigados por não comprovação uso de recursos públicos

/ Região

Prefeitura de Itiruçu na lista da Operação Check-Out
Prefeitura de Itiruçu na Operação Check-Out. Foto: Divulgação

Os municípios de Itiruçu e Apuarema estão na lista dos 59 investigados pelo Ministério Público do Estado da Bahia e pelo Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas do Estado, que deflagraram nesta quinta-feira (10/12) a ”Operação Check-Out” para investigar os municípios que não comprovaram uso de recursos públicos. A falta de comprovação das verbas utilizadas em convênios somam R$23 milhões, o que segundo a Central Integrada de Comunicação do MP motivou a proposição de 60 ações por ato de improbidade administrativa e de 14 ações penais. Após apuração dos órgãos envolvidos, entre os quais estão 79 promotores de Justiça, foi constatado que mais 300 convênios celebrados entre 2011 e 2012 pelo Estado com prefeituras municipais, associações e cooperativas permaneciam sem a devida prestação de contas até hoje. Nas ações, os promotores requerem a aplicação de multas de mais de R$ 73 milhões; indisponibilidade de bens em valor superior a R$ 70 milhões, além de fianças que chegam a mais de R$ 300 mil. Os valores podem ser maiores, já que os MPs ainda aguardam informações referentes aos dois últimos anos – ainda não disponibilizadas no sistema de controle de convênios do Estado.

Os comentários estão fechados.