5ª Conferência Estadual de Saúde Mental elege propostas e delegados para etapa nacional

/ Saúde

A 5ª Conferência Estadual de Saúde Mental da Bahia, realizada pelo Conselho Estadual de Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia entre os dias 9 a 11 de agosto, elegeu 12 propostas e 76 delegados e delegadas, da Bahia, que avançam Etapa Nacional, que acontecerá em 2023, em Brasília.

Com tema ”A Política de Saúde Mental como Direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS”, a conferência proporcionou a realização de uma palestra Magna com o prof. Roberto Tykanori, apresentações culturais feitas por usuários de saúde mental, além de debates dos grupos de trabalho sobre as propostas votadas.

No último dia do evento, o presidente do CES, Marcos Sampaio, recebeu uma moção de aplauso, pelo sucesso na construção e condução da 5ª Conferência Estadual de Saúde Mental, que contribuiu, de forma valiosa e eficaz, no controle social e favorecendo o desenvolvimento das políticas públicas de saúde mental no estado da Bahia.

Marcos Sampaio agradeceu a todo o plenário e a todas as pessoas que contribuíram na construção e participação da conferência. ”O SUS depende da atuação de cada um de nós todos os dias, e esse é o momento de fortalecimento para que cada um de nós continue cumprindo o seu papel. ”, afirmou.

Na oportunidade, também foram homenageadas a professora, Assistente Social e Militante do Movimento Antimanicomial, Edna Amado, e a primeira usuária que esteve nas primeiras conferências de Saúde Mental e artista dos Insênicos, Sônia Ferreira, do CAPS Nzinga. Com informações do Bahia Notícias

Os comentários estão fechados.