Brasil registra 52 mortes por Covid e mais de 5 mil casos nas últimas 24 horas, informa boletim

/ Brasil

O Brasil registrou 52 mortes por Covid e 5.145 casos da doença, nesta segunda-feira (3). Com isso, o país chegou a 686.421 vidas perdidas e a 34.726.506 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2.

As médias móveis de mortes e casos permanecem em estabilidade, ou seja, sem variações superiores a 15% em relação aos dados de duas semanas antes. A média de óbitos agora é de 77 por dia e a de infecções é de 6.468 ao dia.

Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.

Ao todo, 181.866.378 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil. Somadas as doses únicas da vacina da Janssen, são 170.807.501 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen.

Assim, o país já tem 84,66% da população com a 1ª dose e 79,51% dos brasileiros com as duas doses ou uma dose da vacina da Janssen.

Até o momento, 104.625.963 pessoas já tomaram a terceira dose, e 33.712.177 a quarta. A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes.

Faltaram 44,9 mil votos para Jerônimo Rodrigues vencer no primeiro turno, e 747,8 mil para Neto

/ Bahia

Com 49,45% dos votos válidos, o candidato do PT ao governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), precisaria de mais 44,7 mil votos para ter vencido a eleição no primeiro turno.

O petista foi votado por 4.019.830 milhões de eleitores, contra 3.316.711 em ACM Neto (União), que teve 40,8% dos votos.

Para que o ex-prefeito de Salvador conseguisse sair vitorioso no domingo (02), ele deveria ter tido 747,8 mil votos a mais.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foram 8.129.042 válidos na Bahia. Para um candidato a governador vencer em primeiro turno, ele precisa ter 50% desse número, acrescidos de mais 1 voto.

Política Livre