ACM Neto é visto pelos eleitores como o candidato mais inteligente, idealizador e moderno, diz Datafolha

/ Política

Eleitores consideram Neto o mais inteligente. Foto: Divulgação

A nova pesquisa Datafolha aponta que o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil) é considerado pelos eleitores baianos como o candidato a governador mais inteligente, idealizador e moderno. O levantamento, divulgado nesta quarta-feira (21) pela rádio Metrópole, ainda mostra que essa imagem de Neto vai além dos seus eleitores e chega também a uma parcela das pessoas que dizem votar no candidato Jerônimo Rodrigues (PT).

De acordo com a pesquisa, 28% dos eleitores de Jerônimo Rodrigues (PT) consideram Neto o mais inteligente. Outros 23% dos eleitores do candidato petista veem o ex-prefeito de Salvador como o mais realizador e 24% como o mais moderno e inovador.

Levando em conta o total de entrevistados, o levantamento mostra que ACM Neto é visto como o candidato mais inteligente por 56%, enquanto Jerônimo aparece com 18%. No quesito realizador, o ex-prefeito da capital baiana também tem larga vantagem, sendo apontado como o favorito por 55% dos ouvidos no levantamento, contra 20% do postulante do PT.

A grande distância de Neto para os adversários se mantém também no tópico moderno e inovador. Neste ponto, o candidato do União Brasil é considerado como o melhor por 51% dos entrevistados, enquanto Jerônimo aparece com 18%. Nestes três quesitos, a diferença de ACM Neto para o candidato do PT é mais que o dobro.

ACM Neto é considerado por 41% do eleitorado como o candidato que mais defenderá os pobres. Já o candidato do PT aparece nesse ponto com 33% da opinião dos entrevistados. O ex-prefeito da capital também é considerado o postulante ao governo do estado mais sincero, com 41%, enquanto Jerônimo pontua com 24%.

Wagner compara pesquisas de 2006 e 2022: Qualquer semelhança não é mera coincidência

/ Política

Jaques Wagner comemora resultado de pesquisa. Foto: Facebook

O senador e ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) comemorou os novos números da pesquisa Datafolha, encomendada pela Rádio Metropole e divulgada nesta quarta-feira (21), que mostra o crescimento de 3 pontos do candidato petista ao Palácio de Ondina, Jerônimo Rodrigues. Ele agora tem 31% das intenções de votos contra 48% do ex-prefeito de Salvador e candidato do União Brasil, ACM Neto.

Em seu perfil no Twitter, o senador comparou os números da atual pesquisa com os de outro levantamento, só que do ano de 2006, quando ele foi candidato ao governo baiano e derrotou o ex-governador Paulo Souto, na época filiado ao PFL, no primeiro turno, desbancando o grupo carlista, que estava no poder há mais de 20 anos. Os índices comparados por Jaques Wagner são idênticos. ”Qualquer semelhança não é mera coincidência! A Bahia é 13!”, escreveu o ex-governador.

Datafolha/Metrópole: Otto mantém liderança pelo Senado com 41%; Cacá é 2º com 19%

/ Política

Nova pesquisa traz número sobre o senado. Foto: Reprodução

O senador Otto Alencar (PSD) segue favorito para alcançar sua reeleição. De acordo com a nova pesquisa do Datafolha, divulgada na tarde desta quarta-feira (21) pelo Grupo Metrópole, ele lidera a corrida para o Senado com 41%, contra 39% do levantamento anterior.

Otto mantém boa vantagem sobre o deputado federal Cacá Leão (PP), que tinha 16% e agora tem 19%. A médica Dra. Raíssa Soares (PL), que tinha 8% no levantamento anterior, continua em terceiro com 7%.

Tâmara Azevedo (PSOL), Cícero Araújo (PCO) e Marcelo Barreto (PMN) tinham 3% cada um na pesquisa da semana anterior e agora aparecem com os mesmos 3%, cada.

As intenções de votos brancos e nulos somam 13%, enquanto 12% se declaram indecisos quanto ao candidato ao Senado. O Datafolha entrevistou presencialmente 1.526 eleitores baianos entre os dias 19 e 21 de setembro. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos, com nível de confiança em 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BA-07738/2022. Com informações do site Bahia Notícias

Datafolha/Metrópole: Jerônimo sobe e chega a 31%; ACM Neto segue liderando com 48%

/ Política

Nova pesquisa Datafolha traz novos números. Foto: Reprodução

O candidato ao governo do estado Jerônimo Rodrigues (PT) voltou a subir, na nova pesquisa Datafolha, publicada na tarde desta quarta-feira (21) pelo Grupo Metrópole. O petista saiu de 28% para 31% das intenções de voto, diminuindo a diferença para o líder da disputa ACM Neto (União), que tinha 49% e agora tem 48% da preferência. Considerando a margem de erro de 3%, todavia, não é possível tratar a oscilação como crescimento.

Em terceiro lugar, aparece o deputado federal João Roma (PL), com 8% da preferência dos entrevistados. No último levantamento, divulgado na semana anterior, o parlamentar bolsonarista tinha 7% das intenções de voto.

Kléber Rosa (PSOL) e Giovani Damico (PCB) tinham 1% cada um na pesquisa anterior e agora não pontuaram. Já Marcelo Millet (PCO) atingiu 1%. As intenções de votos brancos e nulos somam 6%, enquanto 6% se declaram indecisos quanto ao candidato a governador do estado.

A distância entre ACM Neto e Jerônimo tem diminuído a cada pesquisa Datafolha publicada. No dia 24 de agosto, Neto tinha vantagem de 38% sobre o segundo colocado (relembre aqui). Na pesquisa seguinte, publicada 14 de setembro, a distância caiu para 21% (veja aqui). Agora, o petista reduziu a vantagem do adversário para 17%. As informações são do site Bahia Notícias

Conquista tem maior Ideb entre os municípios baianos com mais de 100 mil habitantes

/ Educação

O município de Vitória da Conquista teve um avanço significativo no resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nesta sexta-feira (veja aqui). Depois de ter batido em 2019 as metas estabelecidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a rede municipal repetiu o feito, desta vez registrando os maiores índices tanto nos anos iniciais (até 5º ano) como anos finais (até 9º ano) do ensino fundamental entre os 17 maiores municípios da Bahia com mais de 100 mil habitantes, incluindo Salvador.

Nos anos iniciais (1º ao 5º ano), Vitória da Conquista obteve nota de 5,6, Camaçari ficou com 5,5, Salvador 5,4 e Juazeiro 5,1, os outros 13 municípios do grupo com mais de 100 mil habitantes não conseguiram cumprir a meta do Ideb. Já nos anos finais o desempenho dos alunos da rede municipal de educação obtiveram desempenho ainda melhor: nota 5,1 para uma meta de 4,6. Camaçari ficou com nota 4,8 e Salvador com 4,7. Dos 17 maiores municípios apenas três alcançaram ou superaram a meta definida pelo Inep.

O secretário municipal de Educação, Edgard Larry, ressalta o fato de que o resultado positivo se deu mesmo com as provas de matemática e português terem sido respondidas pelos estudantes das escolas municipais em plena pandemia. ”Este resultado é um atestado incontestável do empenho e compromisso dos nossos profissionais, que mantiveram-se atentos e aplicados, e dos estudantes, que levaram muito a sério as provas. É uma vitória para ser comemorada de forma prolongada”, afirma Larry.

A prefeita Sheila Lemos parabenizou os estudantes e a equipe da Smed e reafirmou seu compromisso de continuar investindo para que Vitória da Conquista tenha uma educação municipal com maior qualidade. ”Fico muito feliz por ver o resultado do empenho da secretaria e dos profissionais da educação. O resultado do Ideb saiu no mesmo dia em que eu pude anunciar o atendimento de reivindicações importantes dos professores, como a recomposição do interstício salarial. O governo reafirma o compromisso de valorização dos profissionais e de continuar a investir para darmos uma educação com cada vez mais qualidade aos nossos estudantes”, afirmou Sheila. Com informações do site Bahia Notícias

Datafolha/Metrópole: Lula tem 62% e Bolsonaro 20% das intenções de voto na Bahia

/ Política

Luiz Inácio tem 62% das intenções de votos. Foto: Reprodução

Levantamento do Instituto Datafolha, divulgado nesta quarta-feira (21) e encomendado pelo Grupo Metrópole, revela os índices de intenção de voto para o cargo de presidente entre os eleitores da Bahia. Essa é a terceira pesquisa realizada pelo instituto realizada com eleitores do estado desde do final de agosto.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 62% das intenções de votos (mesmo percentual da semana passada. Ele tinha 61% no fim de agosto), enquanto o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) está com 20% (mesmo índice das duas rodadas anteriores).

Ciro Gomes (PDT) acumula 7% das intenções de voto dos eleitores da Bahia. Simonet Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (UNIÃO) teriam 1%, cada – mesmos índices da semana passada.

O levantamento estimulado indica que seis candidatos não pontuaram na pesquisa: Pablo Marçal (Pros), Léo Péricles (UP), Vera (PSTU), Felipe d’Avila (Novo), Padre Kelmon (PTB) e Sofia Manzano (PCB).

Intenções de voto em branco, nulo ou em nenhum somaram 4%, mesmo índice da semana passada (eram 5% em agosto), outros 2% estão indecisos.

Lula apresenta as taxas mais altas entre os menos escolarizados (70%), entre quem tem renda familiar de até 1 salário (70%), entre os católicos (70%), entre os eleitores de Jerônimo (91%), entre os que reprovam o governo do presidente Bolsonaro (84%) e entre os que aprovam o governo Rui Costa (75%).

Já Bolsonaro apresenta as taxas mais altas de intenções de voto entre os mais instruídos (29%), entre os que possuem renda familiar mensal de mais de 2 salários mínimos (28%), entre os que se auto declaram como brancos (30%), entre os evangélicos (30%), entre os eleitores de João Roma (PL) (61%), entre os que aprovam seu governo (77%) e entre os que reprovam o governo Rui Costa (49%).

Pesquisa espontânea

O Instituto Datafolha apurou também as intenções de voto em formato de pesquisa espontânea, quando os nomes dos candidatos não são apresentados. Neste cenário, Lula lidera com 58% antes tinha 56%. Já Bolsonaro tem 18%, mesmo da semana passada. Ciro Gomes aparece com 4% (tinha 3%), e Simone Tebet com 1% (tinha 2%).

Não souberam responder a pesquisa espontânea 12% dos entrevistados. Brancos, nulos e nenhum são 4%. Outras respostas somaram 4%.

Foram realizadas 1.526 entrevistas em 82 munícipios. A margem de erro máxima para o total da amostra é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral como os códigos: BA-07738/2022 e BR-09822/2022.

G1/Bahia

Bolsonaro sanciona lei que obriga planos de saúde a cobrirem tratamentos fora do rol da ANS

/ Brasília

A proposta coloca fim ao rol taxativo da ANS. Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou nesta quarta-feira (21) o projeto de lei que obriga os planos de saúde a arcar com tratamentos que não estejam na lista de referência básica da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

A proposta coloca fim ao chamado rol taxativo da ANS. E restabelece, assim, o rol exemplificativo e determina que a lista com a relação de procedimentos da agência serve apenas como referência para os planos de saúde —e não significa que os itens que constam no documento são os únicos que devem ser cobertos.

Por isso, os beneficiários dos planos poderão requerer a cobertura dos tratamentos que não estejam na lista. É necessário apenas que haja comprovação científica ou que o tratamento seja reconhecido por alguma agência estrangeira.

O Congresso Nacional concluiu no fim de agosto a tramitação do projeto de lei que colocou fim ao rol taxativo da ANS. A iniciativa legislativa veio como resposta à decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), que determinou que os planos de saúde não seriam obrigados a cobrir tratamentos fora da lista da agência.

O setor de saúde suplementar já esperava a sanção do presidente, já que avaliava que se tratava de uma decisão política e que eventual veto causaria grande destaque a duas semanas das eleições. Nas últimas semanas, o ministro Marcelo Queiroga (Saúde) já vinha afirmando a interlocutores que não recomendaria o veto ao chefe do Executivo.

A posição representa uma mudança de postura do titular da pasta. Em sessão de debates no Senado, antes da votação, Queiroga havia criticado o projeto, argumentando que a aprovação teria um grande impacto no setor.

”Planos individuais praticamente não se oferecem mais, planos coletivos, por adesão. Então, na hora de se optar por ter mais procedimentos, mais medicamentos no rol, seguramente vêm atrelados custos que serão repassados para os beneficiários. E parte deles não terá condições de arcar com esses custos. Essa é a realidade,” afirmou o ministro.

”Para mim era muito mais fácil chegar aqui e defender um rol exemplificativo e amplo, mas incumbe ao ministro da Saúde alertar os senhores senadores, que vão analisar essa proposta, sobre quais são as maneiras mais adequadas para prover saúde não só como um direito de todos e um dever do Estado, mas também no âmbito dos planos de saúde privados”, completou.

Queiroga ainda havia questionado o fato de que muitos medicamentos apontados como novidade ”não servem nem para jogar no lixo”.

O relator da proposta no Senado, Romário (PL-RJ), comemorou em suas redes sociais a sanção do projeto de lei. ”Isso significa que milhões de pessoas voltarão a ter seus tratamentos, terapias e medicamentos custeados pelos seus planos de saúde. É uma vitória em prol da VIDA!”, escreveu o parlamentar.

”Fomos chantageados e ameaçados, mas a vida é um direito inegociável. Conseguimos!!! Contem sempre comigo!”, completou.

O projeto também altera a lei que trata de planos de saúde —a Lei de Planos— para determinar que as operadoras sejam submetidas ao Código de Defesa do Consumidor, o que não acontece hoje.

A Secretaria Geral da Presidência não informou se houve vetos à proposta, até a publicação dessa reportagem. O ato deve ser publicado no Diário Oficial da União.

Renato Machado/Folhapress

TSE nega direito de resposta de ACM Neto a propaganda do PT sobre sua autodeclaração como pardo

/ Justiça

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou nesta quarta-feira (21) um pedido de direito de resposta feito pelo candidato ao governo do Estado, ACM Neto (UNIÃO), contra o programa eleitoral do PT acerca da sua autodeclaração como pardo.

No pedido, Neto diz que a peça é uma suposta prática de propaganda irregular em horário eleitoral gratuito na TV. O programa eleitoral de Jerônimo Rodrigues cita que a declaração do ex-prefeito da capital baiana como pardo ”permite usar reserva exclusiva para candidatos negros”, e ainda usa personagens criticando a declaração do carlista.

Na ação acessada pelo BNews, a coligação ”Pela Bahia, Pelo Brasil”, liderada por ACM Neto, pontua que a coligação petista ”veiculou conteúdo sabidamente inverídico, difamatório e ofensivo, com o objetivo de prejudicar a sua imagem, honra e a boa reputação”.

Aposentado foi vítima de sequestro relâmpago em Jequié, encontrado horas depois por trabalhador

/ Jequié

Joilson da Silva Vasconcelos, de 73 anos. Foto: Arquivo familiar

A Delegacia Territorial de Jequié passou a investigar, a partir de hoje, o sequestro relâmpago de um idoso de 73 anos, encontrado nesta quarta-feira (21), depois de ser levado por suspeitos que o abordaram por volta das 16h de terça-feira (20), em uma via pública do bairro São Luiz, onde a vítima reside.

Joilson da Silva Vasconcelos, que de acordo com familiares diz ser um servidor da Polícia Civil aposentado foi levado dentro de um carro de placa não anotada e, segundo relato de familiares, o idoso teve os olhos vedados, sendo localizado apresentando sangramento por volta das 07h na localidade de Manga de Elza, nas proximidades do Colégio Dinâmico, no mesmo bairro.

Um trabalhador teria encontrado Joilson, tendo acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que o encaminhou ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV. Segundo a família, ele não levava dinheiro e nem portava objetos quando havia sido sequestrado. A autoria e motivação ainda são desconhecidas.

Equipe da Largo promove trilha ecológica na comunidade de Pé de Serra, no Município de Maracás

A comunidade do povoado de Pé de Serra (Maracás) terá uma manhã diferente no próximo domingo (25), quando acontece a Trilha Interpretativa de Educação Ambiental. A caminhada sairá da Escola Adeovaldo, às 7 horas, passando por pontos como o cemitério local, e termina às 12 horas com um almoço coletivo. ”Nosso objetivo é conectar ainda mais as pessoas à natureza, reforçando a importância de proteção do meio ambiente. Depois de Pé de Serra, levaremos a ação para outras comunidades”, adianta Analista de Meio Ambiente Sênior, Janete Gomes Abrão Oliveira.

A Trilha deste domingo faz parte de uma série de iniciativas da empresa na área de educação ambiental que incluem ações internas, como o Happy Hour Ambiental, e externas como Formação de Agentes Ambientais e o Dia do Bicho do Mato. ”Nosso objetivo é disseminar informações sobre educação ambiental e as políticas de sustentabilidade da Largo, desenvolvendo a consciência ecológica do nosso time e da população da zona rural e urbana, quanto à convivência saudável do homem com a natureza, além de criar canal de comunicação direta entre comunidade e a empresa, permitindo estreitar os laços e esclarecer aspectos relacionados aos valores e práticas sustentáveis da empresa”, completa Janete.

Para participar da Trilha Ecológica não é necessária nenhuma inscrição, basta comparecer à Escola Adeovaldo Meira, às 7 horas. Algumas dicas são: use tênis ou botas e roupas confortáveis para caminhada, não se esqueça do protetor solar, leve frutas ou petisco leves como coco licuri e muita disposição para se divertir e aprender.

 

Prazo para solicitar segunda via do título de eleitor termina nesta quinta-feira, na Justiça Eleitoral

/ Justiça

O prazo para solicitar a segunda via do título de eleitor termina nesta quinta-feira (22), no cartório eleitoral ou no autoatendimento da Justiça Eleitoral, através do site do Tribunal Regional Eleitora da Bahia (TRE-BA). O prazo será encerrado 10 dias antes do primeiro turno das eleições de 2022 (2 de outubro).

Para emitir a segunda via do documento, o eleitor não pode ter débitos pendentes com a Justiça Eleitoral, como multas por ausência nas eleições, por exemplo.

Além do título eleitoral, as pessoas aptas a votar podem apresentar qualquer documento oficial com foto ao mesário. Alguns exemplos são a carteira de identidade, carteira de trabalho, a carteira de motorista e passaporte.

Outra alternativa é usar a versão digital do título eleitoral, o e-Título, que pode ser obtido gratuitamente através do aplicativo nas lojas virtuais Apple Store e Google Play.

O e-Título também possibilita a apresentação de justificativa eleitoral e oferece diversos serviços e informações, como a emissão das certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais; o acesso e a emissão de guia para o pagamento de multas; a consulta ao local de votação; e a inscrição como mesário voluntário, entre outros.

Acidente entre caminhões, ambulância e kombi mata duas pessoas na Chapada Diamantina

/ Trânsito

Acidente no km 414 da BR-242, em Seabra. Foto: Nilton Santos

Duas pessoas morreram, e outras cinco ficaram feridas, em um acidente envolvendo dois caminhões, uma ambulância e uma kombi , em Seabra, na região da Chapada Diamantina. A batida aconteceu na manhã desta quarta-feira (21), no km 414 da BR-242.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o trecho do acidente é uma descida, e que o motorista de um dos caminhões perdeu os freios na ladeira. O veículo ficou desgovernado e atingiu a ambulância, a kombi – onde estavam as duas vítimas – e o segundo caminhão. Os mortos não tiveram nomes divulgados.

Equipes da PRF estão no local e aguardam o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para fazer perícia. Parte da carga do veículo que provocou o acidente foi saqueada, no entanto, o material não foi detalhado. Com informações do G1

Santo Antonio de Jesus: Secretário é convidado a dar explicações sobre compra de remédios e fraldas

/ Saúde

O secretário de saúde de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo, Leonel Cafezeiro, foi convidado para ser ouvido na Câmara de Vereadores da cidade. A intenção é apurar supostas irregularidades na compra de medicamentos e fraldas. Outros servidores da pasta também devem prestar esclarecimentos sobre o assunto.

Segundo o Blog do Valente, parceiro do Bahia Notícias, o caso foi levado à Casa após relato do vereador Uberdan Cardoso (PT). Conforme Cardoso, dois servidores da secretaria, que foram exonerados, teriam adquirido o antibiótico azitromicina e fraldas geriátricas, mas os produtos não teriam sido entregues à prefeitura.

A azitromicina, por exemplo, nem chegou a ficar disponível para a população. O caso também foi levado ao conhecimento do Ministério Público do Estado (MP-BA), segundo informou o vereador Luciano Moura (PSD).

Ruralista baiana Roseli Martelli D’Agostini posta retratação após assédio eleitoral: ”O voto é livre”

/ Política

Roseli Vitória Martelli D’Agostini faz retratação. Foto: Reprodução

A ruralista baiana Roseli Vitória Martelli D’Agostini Lins publicou um vídeo em suas redes sociais pedindo desculpas pelas declarações de incitação a assédio eleitoral de empregados de empresas do setor do agronegócio. O vídeo foi publicado após a ruralista assinar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA).

Pelo acordo, ela também irá custear uma campanha de esclarecimento em emissoras de rádio de Salvador e do interior do estado alertando empregadores sobre a ilegalidade de tentar interferir na liberdade do voto nas eleições gerais de 2 de outubro. O TAC foi assinado na última segunda-feira (19) após procedimento investigatório ter sido aberto na unidade do MPT no município de Barreiras, no oeste baiano.

No vídeo, a proprietária de fazendas no oeste baiano com residência em Ribeirão Preto, interior paulista, afirma que vem a público para se ”retratar e pedir desculpas a toda sociedade brasileira por ter orientado, através de um vídeo, empresários do agro a demitir pessoas que fossem votar em determinados candidatos nas eleições gerais deste ano.” A retratação se refere a postagem feita no dia 26 de agosto em que pedia que empresários do setor “demitissem sem dó os trabalhadores que fossem votar no candidato à presidência Luís Inácio Lula da Silva e no candidato ao governo do estado da Bahia ACM Neto.

Para a procuradora Carolina Ribeiro, que atuou no caso junto com o procurador-chefe do MPT na Bahia, Luís Carneiro, a atuação do MPT nesse caso foi precisa para oferecer uma resposta rápida e firme para a sociedade. ”Agimos em cumprimento do nosso papel de defensores da ordem jurídica e do Estado Democrático de Direito, apurando a ocorrência de incitação ao assédio eleitoral e conduzindo nossa atuação direcionada para a solução rápida e extrajudicial do fato, de modo a dar uma a resposta à sociedade de fosse célere e efetiva”, afirmou Carolina Ribeiro.

No vídeo, a proprietária de terras reitera que ”assédio eleitoral é crime e nenhum empregador, seja ele do agro ou de qualquer outro setor, tem o direito de interferir no voto de seus empregados.” Ela vai adiante: ”Não é admissível que uma entidade de classe oriente seus associados a votar ou não votar em determinado candidato”. Por fim, cumprindo o que ficou acordado com o MPT, que definiu com ela o teor da mensagem de retratação, a ruralista afirma: ”O trabalhador que se sentir coagido a votar ou deixar de votar deve denunciar o caso ao Ministério Público do Trabalho. E o empregador que cometer essa ilegalidade deverá responder judicialmente por seus atos. O voto é livre.”

Nos próximos dias, deverá começar a veiculação de um spot de 30 segundo em diversas emissoras de rádio baianas alertando empregadores e empregados sobre a ilegalidade da prática do assédio eleitoral e das consequências jurídicas que recairão sobre quem for flagrado cometendo esse tipo de atitude. A atuação do MPT no sentido de coibir essa prática se baseia em recomendação publicada antes mesmo do início da campanha eleitoral. Nela, o órgão cita a legislação e reitera a necessidade de todo empregador ou contratante de serviço respeitar o livre direito do voto e sua total inviolabilidade.