Datafolha: Lula mantém 48% dos votos válidos, e vitória no 1º turno segue imprevisível

/ Política

Lula manteve o patamar de 48% dos votos válidos. Foto: Reprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve o patamar de 48% dos votos válidos no primeiro turno na nova pesquisa Datafolha, mas viu Jair Bolsonaro (PL) se aproximar, ampliando a dificuldade de o petista liquidar a eleição na primeira fase.

O atual presidente tem agora 36% dos válidos, ante 34% no levantamento anterior, divulgado no dia 1º. Os índices apontam a possibilidade, já esperada há meses, de que os dois se enfrentem no segundo turno, mas o quadro ainda é imprevisível. O total de votos válidos, que desconta nulos e brancos, é o considerado pela Justiça Eleitoral para a definição do pleito.

A margem de erro do levantamento, feito na quinta (8) e nesta sexta-feira (9), é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O instituto ouviu 2.676 eleitores em 191 municípios. A pesquisa, contratada pela Folha e pela TV Globo, está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-07422/2022.

Segundo o Datafolha, Lula tem 45% das intenções de voto no primeiro turno (mesmo percentual da sondagem anterior), e Bolsonaro, 34% (antes eram 32%). Na sequência, aparecem Ciro Gomes (PDT), com 7%, e Simone Tebet (MDB), com 5%. Brancos e nulos somam 4%; 3% dos entrevistados não opinaram.

No caso dos votos válidos, como também existe a margem de erro de dois pontos, Lula teria hoje entre 46% e 50%, percentual insuficiente para ganhar. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa obter mais da metade da votação efetiva.

O ex-presidente alcançou situação mais confortável em rodadas anteriores da sondagem, o que empolgou aliados que trabalhavam com a possibilidade de triunfo já no dia 2 de outubro. Em agosto, o petista tinha 51% dos votos válidos. Em junho, 53%. Em maio, 54%.

Na terça-feira (6), Lula disse a integrantes da coordenação de sua campanha que “falta um tiquinho” para vencer no primeiro turno. ”[De] todas as eleições que participei, nunca tivemos a chance de resolver no primeiro turno como temos nessas eleições. E não temos que ter vergonha de dizer isso”, afirmou.

O candidato do PT usou a mensagem para cobrar mais vigor de sua equipe na mobilização de rua na reta final. Integrantes da campanha, entretanto, apontaram obstáculos, como a falta de recursos financeiros e de materiais como panfletos, adesivos e bandeiras.

Uma das estratégias que aliados de Lula decidiram colocar em prática é convencer eleitores que hoje estão com Ciro a darem voto útil ao petista, a fim de evitar a prorrogação da disputa para o segundo turno. O Datafolha mostra que o ex-presidente é a segunda opção de voto mais comum dos apoiadores do ex-ministro.

A nova pesquisa começou a ser feita um dia depois das comemorações do 7 de Setembro, que foram capturadas por Bolsonaro com grandes manifestações de rua em Brasília e no Rio de Janeiro, cidades onde fez discursos de tom eleitoral, com críticas veladas ao principal opositor dele no pleito.

Além de reduzir a distância para Lula na sondagem de primeiro turno, o mandatário cristalizou o crescimento obtido desde maio em faixas do eleitorado como jovens, evangélicos e pessoas com renda familiar mensal de cinco a dez salários mínimos.

As taxas de Bolsonaro na pesquisa espontânea, na qual o entrevistador apenas pergunta em quem o eleitor pretende votar, sem apresentar os nomes colocados na disputa, também são ascendentes e chegam hoje a 31%. Lula, com patamar estável, possui 39%.

 

 

Em Euclides da Cunha, ACM Neto diz que sua candidatura pertence aos que querem mudança

/ Política

ACM segura criança em Euclides da Cunha. Foto; Divulgação

O candidato a governador ACM Neto encheu a Praça Duque de Caxias nesta sexta-feira (9), em Euclides da Cunha, e afirmou que esse apoio espontâneo mostra como a sua campanha não pertence a um partido ou grupo político, mas sim aos baianos que desejam mudança. O ex-prefeito de Salvador se comprometeu, caso seja eleito, em implantar um hospital regional, já que o território carece de um melhor atendimento.

”Vejam que esse sonho não é mais apenas meu, é um sonho nosso. A expressão que Euclides da Cunha nos dá hoje é um exemplo disso. Muitos diziam que não poderíamos vir aqui, porque não teríamos sequer quem nos recebesse. Estamos mostrando que nossa caminhada ultrapassa bandeiras da política, não pertence a um partido ou a um grupo. Pertence, sim, ao povo da Bahia, que tem demonstrado o seu apoio de forma espontânea e que quer mudança”, discursou.

ACM Neto e Cacá Leão (PP), candidato a senador na chapa, foram recebidos pelo vice-prefeito de Euclides da Cunha, Rubenilson Campos (PL), e por sete vereadores da cidade. Entre eles, os três últimos presidentes da Câmara Municipal: Tita da Água, atualmente no cargo, Bolivar Francisco Alves e Ireno Barreto (todos do PDT).

As pessoas encheram as ruas de Euclides da Cunha para receber a comitiva da coligação Pra Mudar a Bahia. A carreata percorreu mais de 2 km das principais vias da cidade, com os moradores seguindo a pé ou de carro. Mas a demonstração clara veio na Praça Duque de Caxias. Mesmo sob chuva, Neto realizou um comício que fez o forte comércio do local parar por alguns minutos para que os lojistas e clientes se juntassem ao público. Ao final, obviamente, teve o famoso ‘piseiro’, com o candidato no meio do povo.

O vice-prefeito destacou o apoio de forma espontânea: ”Apesar de toda a pressão que o povo sofreu para que não estivesse aqui, inclusive os nossos vereadores sofreram, a praça está aqui, cheia de gente. Porque quando o povo quer é assim, não tem jeito. E o povo quer Neto. Porque o povo não aguenta mais essa saúde, não aguenta mais essa educação e está preocupado com a segurança dos nossos filhos. A Bahia precisa de um novo movimento e Neto representa isso”.

Em seu discurso, Rubenilson destacou a necessidade da região receber um hospital regional, já que muitas vezes os pacientes precisam ser deslocados para cidades distantes como Juazeiro e Feira de Santana em busca de uma vaga de internamento.

Neto lembrou que a longa espera na fila da regulação é um problema relatado a ele em suas visitas por toda a Bahia. ”Esse, infelizmente, é um problema mais grave ainda aqui na região de Euclides da Cunha. Então, eu pergunto: quem pode resolver isso? Eles, que estão aí há 16 anos e não resolveram, ou acreditar num caminho novo? Não tenho dúvida que é optando pelo caminho da mudança”, disse.

O candidato a governador se comprometeu com a implantação da unidade de saúde para atender a região. ”Fica aqui o meu compromisso de assegurar a implantação de um hospital regional para que todo o povo da região seja tratado com respeito e tenha as suas questões de saúde resolvidas por quem tem que resolver para elas, que é o poder público e o governo do estado da Bahia”, completou.

Além de Euclides da Cunha, ACM Neto realizou nesta sexta-feira carreatas em Uauá, no território do Sertão do São Francisco, e Itiúba, na região do Sisal. A agenda ainda tem um evento político em Senhor do Bonfim, à noite.

Professores da Uefs irão paralisar as atividades acadêmicas na próxima quinta-feira (15)

/ Educação

Na próxima quinta-feira (15), professoras e professores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) suspenderão as atividades acadêmicas durante 24 horas.

A decisão foi unânime em assembleia da categoria ocorrida na quinta-feira (8). Na data da interrupção dos trabalhos será realizado um ato público na Secretaria Estadual da Educação (SEC), em Salvador, em conjunto com os docentes das universidades estaduais de Santa Cruz (Uesc), do Sudoeste da Bahia (Uesb) e do Estado da Bahia (Uneb), que também estarão paralisados.

A proposta da mobilização na capital baiana é reivindicar, mais uma vez, o restabelecimento da Mesa Permanente de Negociação. A mesa foi suspensa autoritariamente pelo governo estadual há pouco mais de 970 dias.

A última reunião com o Fórum das ADs, entidade que reúne as diretorias das quatro associações docentes, ocorreu em novembro de 2019. Desde então, segundo a Adufs, muitas foram as tentativas para a retomada do diálogo, sem resposta concreta dos gestores públicos.

Dados do próprio governo da Bahia apontam que entre 2002 e 2021, o repasse dos recursos da Receita Líquida de Impostos (RLI) para as universidades estaduais configura-se como o menor em quase vinte anos.

Além disso, a categoria acumula perdas salariais desde 2015 e direitos trabalhistas são constantemente negados, o que força as (os) docentes a recorrerem à via judicial para terem garantidos o que está previsto em lei. Ainda conforme relatórios do governo, há margem financeira para a concessão do reajuste salarial aos servidores e para a destinação dos recursos ao orçamento das universidades.

Justiça do Mato Grosso decreta prisão de acusado de homicídio por motivação política no interior

/ Polícia

Crime ocorreu em Confresa, interior do estado. Foto: Reprodução

A justiça de Mato Grosso decretou a prisão preventiva de um acusado de homicídio motivado por discussão política. O crime ocorreu na quinta-feira (8/9), em Confresa, interior do estado.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na delegacia do município, Rafael Silva de Oliveira esfaqueou e tentou decapitar Benedito Cardoso dos Santos após a discussão ter evoluído para vias de fato. Ambos trabalhavam juntos em uma propriedade na zona rural.

”Ao indagar o suspeito sobre a motivação do crime, o mesmo confessou que iniciou uma discussão política, a qual evoluiu para via de fato, troca de socos, que a vitima dizia que era eleitor do ”Lula”, o suspeito falava que era “”Bolsonaro”, diz trecho do documento.

Após ser preso em flagrante pela Polícia Militar, o acusado disse aos policiais responsáveis pela ocorrência que ”acabou saindo de si” após ter entrado em luta corporal com o colega.

“O suspeito afirmou que desferiu uma facada na vítima que caiu ao solo, sendo golpeada mais vezes enquanto estava caído. Confidenciou que retornou para casa, pegou um machado e desferiu um golpe na altura da garganta da vitima, terminando de ceifar-lhe a vida”, diz o boletim.

A prisão preventiva de Rafael Silva foi determinada pelo juiz Carlos Eduardo Pinho, da comarca de Porto Alegre do Norte (MT).  Segundo o magistrado, o crime ocorreu por divergências político-partidárias. ”Em um Estado Democrático de Direito, no qual o pluralismo político é um dos seus princípios fundamentais, torna-se ainda mais reprovável a conduta do custodiado. A intolerância não deve e não será admitida, sob pena de regredirmos aos tempos de barbárie. Lado outro, verifica-se que a liberdade de manifestação do pensamento, seja ela político-partidária, religiosa, ou outra, é uma garantia fundamental irrenunciável”, afirmou o juiz.

Corpo de bebê é encontrado dentro de saco plástico em cidade da região do Piemonte da Diamantina

/ Polícia

O corpo de um recém-nascido foi encontrado dentro de um saco plástico no município de Umburanas, da região Piemonte da Diamantina. O bebê estava em um terreno baldio, próximo ao loteamento João Alcântara, de acordo com informações das Polícias Civis e Militar.

A PM foi acionada após alerta da Guarda Municipal informando que havia encontrado o corpo de uma criança no terreno. Ainda é aguardado o laudo da necrópsia para identificar as circunstâncias da morte do bebê.

A ocorrência foi registrada na delegacia do município. Foram expedidas as guias para remoção e o isolamento da área. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) encaminhou o corpo para o Instituto Legal Médico para ser realizada a perícia.

Segundo a Polícia Civil, responsável pela investigação do caso, ainda não há informações sobre o recém-nascido. As informações são do site Bahia Notícias

Técnico Tite convoca seleção Braseira com novidades para últimos amistosos pré-Copa do Mundo

/ Esporte

O técnico Tite convocou a seleção brasileira de futebol masculino para os dois últimos amistosos antes da Copa do Catar, contra Gana e Tunísia, nos dias 23 e 27 de setembro, respectivamente, na França. As novidades na lista de 26 jogadores, são os zagueiros Bremer (Juventus) e Ibañez (Roma). Estão de volta ao escrete canarinho o atacante Pedro e o meio-campista Everton Ribeiro, ambos do Flamengo, além de Roberto Firmino (Liverpool). 

As ausências na lista de Tite também surpreenderam. O treinador deixou de fora Philippe Coutinho, Gabriel Jesus, e Daniel Alves. Dos três laterais convocados, apenas Danilo atua pela direita, mas Tite ressaltou que os zagueiros podem eventualmente desempenhar a função de laterais direitos.

Brasil e Gana se enfrentam no dia 23 de setembro, no Stade Océane, na cidade de La Havre (FRA). Quatro dias depois, em Paris, a equipe encara a  Tunísia, no Parque dos Príncipes, em Paris. Os doisjogos serão às 15h30 (horário de Brasília).

Esta é a última lista de Tite antes da última convocação para o Mundial, em dia 21 de outubro. O Brasil na Copa do Catar em 24 de novembro contra a Sérvia, pelo Grupo G, que tem ainda Suiça e Camarões.

Convocados

GOLEIROS

Alisson (Liverpool)

Ederson (Manchester City)

Weverton (Palmeiras)

ZAGUEIROS

Marquinhos (PSG)

Éder Militão (Real Madrid)

Thiago Silva (Chelsea)

Bremer (Juventus)

Ibañez (Roma)

LATERAIS

Danilo (Juventus)

Alex Sandro (Juventus)

Alex Telles (Sevilla)

Meio-campistas:

Casemiro (Manchester United)

Bruno Guimarães (Newcastle)

Fred (Manchester United)

Fabinho (Liverpool)

Lucas Paquetá (West Ham)

Everton Ribeiro (Flamengo)

Atacantes:

Neymar (PSG)

Vini Jr (Real Madrid)

Raphinha (Barcelona)

Antony (Manchester United)

Richarlison (Tottenham)

Pedro (Flamengo)

Roberto Firmino (Liverpool)

Matheus Cunha (Atlético de Madrid)

Rodrygo (Real Madrid)

Chapa do candidato Jerônimo Rodrigues percorre 13 cidades da região sisaleira da Bahia

/ Política

Jerônimo percorre a região sisaleira da Bahia. Foto: Divulgação

A chapa emcabeçada por Jerônimo Rodrigues (PT), candidato a governador da Bahia, vai passar pela região de Caetité, no Sertão Produtivo baiano, nesta sexta-feira (9). Nesta quinta (8), o grupo visitou as cidades de Serrinha, Teofilândia, Araci e Tucano, na região sisaleira da Bahia. Os respectivos prefeitos e lideranças locais reafirmaram o apoio à candidatura do petista.
”É com muito prazer e felicidade que Araci recebe o atual governador e o próximo governador da Bahia. Vocês já demonstraram ter um carinho muito grande por todos nós, aracienses”, disse prefeita de Araci, Keinha, durante discurso em uma praça no centro da cidade.

”Somos gratos por tudo que vocês fizeram pela nossa cidade, na educação, na segurança pública, na infraestrutura. O governador tem palavra, assina e faz, e Jerônimo tem o apoio da população para continuarmos com esse trabalho”, acrescentou a gestora.

Além dos comícios, as carreatas e caminhadas realizadas por Jerônimo, Otto, Rui e Wagner durante o dia também foram acompanhadas por centenas de carros e motos e milhares de pessoas. A Coligação Pela Bahia, Pelo Brasil encerrou o giro pela região sisaleira em Tucano, cidade administrada pelo prefeito mais jovem do estado, Ricardo Maia Filho, aliado da chapa governista.

”Jerônimo, como secretário de Educação sempre nos atendeu muito bem, muito atencioso, sempre querendo resolver. Tenho certeza que ele continuará o trabalho importante que Rui Costa já faz. Jerônimo, como professor e a pessoa inteligente como é, irá garantir muito mais benefícios, não só para Tucano, mas para toda a Bahia”, afirmou o gestor tucanense.

6ª fase da Operação Unum Corpus prende mais de 70 pessoas envolvidas em diversos crimes na Bahia

/ Bahia

O líder de uma organização criminosa com atuação na Bahia está entre as 72 pessoas presas nas primeiras horas da 6ª fase da Operação Unum Corpus, deflagrada no interior do estado e em Salvador, nesta sexta-feira (9). O criminoso, preso no município de Valença, alvo de dois mandados de prisão, é investigado por mais de dez homicídios. Outro envolvido com o crime organizado naquela região também foi preso na ação.

Mais de mil policiais civis dos Departamentos de Polícia do Interior (Depin), de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) cumprem mandados de prisão, de busca e apreensão e prendem suspeitos em flagrante, em cidades das 26 Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins) e em Salvador. Dos presos, 26 são acusados de crimes contra a vida, 27 de tráfico de drogas, sete de violência doméstica, seis de estupro, 16 de crimes contra o patrimônio e 13 de outros crimes.

Além das prisões, 15 quilos de drogas e 20 armas de fogo foram apreendidas e uma central de monitoramento do tráfico de drogas foi desarticulada, em Ilhéus. Dentre as ações, o DCCP cumpriu 45 mandados de busca e apreensão durante a semana, prendeu dois criminosos em flagrante e apreendeu 11 armas de fogo. A Operação está sendo coordenada a partir do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA). Com informações do site Bahia Notícias

Homem é executado a tiros em plena luz do dia em praça pública de Jequié, por dupla de moto

/ Jequié

Crime ocorreu na Praça dos Caçambeiros. Foto: Sérgio Monteiro

Um homem foi morto a tiros por volta das 09h desta sexta-feira (09) na Praça Roberto Santos, conhecida como Praça dos Caçambeiros, área central da cidade.

O rapaz, de pré-nome Fabiano foi surpreendido por uma dupla de moto, que após o cometimento do crime fugiu, inclusive transitando pela contramão, conforme relatos de populares no local. A vítima parou embaixo de um veículo estacionado na praça.

Policiais militares e civis estiveram no local, tendo acionado uma equipe do Departamento de Polícia Técnica que realizou serviços periciais e providenciou o encaminhamento do corpo ao Instituto Médico Legal.

Ainda segundo relatos, o nome de Fabiano teria aparecido numa suposta lista de pessoas apontadas para morrer por uma facção criminosa. Ele residia no bairro Alto do Cemitério e trabalhava em um estabelecimento de comercialização de peças usadas de veículos / ferro velho . A mãe chegou ao local, mas emocionada não conseguiu falar. *Blog Marcos Frahm

Suspensão do piso da enfermagem começa a ser avaliado pelo STF nesta sexta-feira

/ Justiça

O Supremo Tribunal Federal (STF) começa a analisar, nesta sexta-feira (9), se será mantida ou não a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, que suspendeu o piso salarial nacional da enfermagem. Os ministros terão até o dia 16 de setembro para divulgar seus votos no plenário virtual.

Barroso determinou, no último domingo (4), a suspensão da lei que estabelece o piso e deu 60 dias para estados, municípios, órgãos do governo federal, conselhos e entidades da área da saúde informassem o impacto financeiro nos atendimentos e os riscos de demissões.

A lei foi avalizada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). Barroso, no entanto, avaliou que existe um risco concreto de piora na prestação do serviço de saúde, principalmente nos hospitais públicos, Santas Casas e hospitais ligados ao SUS, uma vez que as próprias instituições já indicaram a possibilidade de demissão em massa e de redução da oferta de leitos

Na última quinta-feira (8), o ministro afirmou que sua intenção ao suspender o piso nunca foi barrar a mudança, mas torná-la viável, identificando previsões orçamentárias nos estados.

Datafolha divulga nova pesquisa na Bahia na próxima quarta-feira, ouvindo 1.212 pessoas

/ Política

Jerônimo Rodrigues, ACM Neto, Roma e Kleber. Foto: Reprodução

Na próxima quarta-feira (14), o Datafolha vai divulgar nova pesquisa de intenção de voto para governador da Bahia, senador e presidente da República.

A pesquisa foi registrada nesta quinta-feira (8) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob n° BA-05325/2022. Serão ouvidas 1.212 pessoas. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Contratado pela rádio Metrople FM, o Datafolha divulgou pesquisa no último dia 24 de agosto, e há previsão de novo levantamento um dia antes da eleição, que ocorre em 2 de outubro.

No levantamento passado, ACM Neto (União Brasil) liderou as intenções de votos ao Governo da Bahia, com 54%. Na sequência, Jerônimo Rodrigues, com 16%, e João Roma, com 8%.

O candidato Giovani Damico (PCB) e Marcelo Millet (PCO) tiveram, cada um, 1%. Kleber Rosa (PSOL) não pontuou. Os votos em branco e nulo somaram 10%. Já não souberam responder, 10%.

 

Justiça determina direito de resposta ao governo em propaganda eleitoral de ACM sobre segurança

/ NOTÍCIAS

ACM representa a coligação ”Pra Mudar a Bahia”. Foto: Divulgação

Em decisões publicadas nesta quinta-feira (8), a Justiça Eleitoral atendeu Pedidos de Direito de Resposta ajuizados pelo Estado da Bahia, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), contra a coligação ”Pra Mudar a Bahia” e o candidato ao Governo da Bahia ACM Neto (União).

A decisão estabelece a cassação do tempo de um minuto da propaganda eleitoral gratuita da coligação no rádio e na TV, para ser usado com o direito de resposta, no mesmo horário de veiculação da informação falsa, sob pena de multa de R$ 5.000,00 em caso de descumprimento, para cada uma das decisões.

O conteúdo foi levado ao ar por duas vezes, no rádio, e uma, na TV, no dia 26 de agosto. De acordo com as decisões assinadas pelo Desembargador Eleitoral Substituto Sérgio Cafezeiro, a narrativa inverídica atinge a imagem do Estado e causa prejuízo, “pois afasta potenciais investidores…afetando, de forma negativa, a economia local”; e isso pode gerar prejuízos aos cofres públicos estaduais

No dia 28 de agosto, o relator do processo deferiu liminar e determinou a retirada de conteúdo exibido em programas de rádio e de TV que afirmava estarem disponíveis apenas quatro viaturas para garantir a segurança pública da população do município de Alagoinhas.

Com farta documentação, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) esclareceu que, no total, 44 viaturas são usadas no patrulhamento ostensivo, investigação e atendimento em resgates e incêndios no município: o 4° Batalhão da PM conta com 24 viaturas, a 2ª Coorpin da Polícia Civil possui 10 veículos, a Coordenação Regional de Polícia Técnica atua com quatro viaturas e o Corpo de Bombeiros utiliza seis veículos. As polícias e bombeiros contam com caminhões, caminhonetes e furgões, todos adaptados com rádio digital, giroflex, sirene, entre outros equipamentos que garantem o atendimento rápido em ocorrências.

Ainda segundo a SSP, além das viaturas, a cidade de Alagoinhas passou a contar, em junho deste ano, com o Sistema de Reconhecimento Facial. No dia 2 de agosto de 2022, recebeu as novas sedes da 2ª Coorpin e da Delegacia Territorial, um investimento de R$ 2 milhões e, em 2017, ganhou uma nova sede para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), investimento de R$ 2,4 milhões. Com informações do site Bahia Notícias

Baixa adesão vacinal para poliomielite no país preocupa especialistas; Ministério vai prorrogar

/ Saúde

Nesta semana, o Ministério da Saúde anunciou que vai prorrogar a campanha de vacinação contra a poliomielite até o dia 30 de setembro. A medida, segundo a pasta, visa aumentar a cobertura vacinal e a adesão da população à vacinação. Até a última terça-feira (6), o ministério computava que, durante a campanha, apenas 35% das crianças na faixa etária entre 1 e 5 anos de idade haviam sido imunizadas contra a poliomielite. A meta da campanha é alcançar uma cobertura igual ou maior que 95% neste público.

A baixa cobertura vacinal observada no Brasil contra a doença nos últimos anos tem preocupado especialistas, que alertam que esse cenário pode provocar a reintrodução do vírus no país. ”Aqui no país, nós temos um risco de reintrodução [do vírus] com esse cenário de baixa cobertura vacinal”, falou Caroline Gava, assessora técnica do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Programa Nacional de Imunizações.

”As últimas campanhas exclusivas [para a pólio] foram em 2018 e em 2020, onde já não alcançamos boas metas de cobertura vacinal. E hoje ela está muito aquém do que a gente desejaria”, acrescentou ela. Caroline palestrou hoje (8) em uma mesa que discutiu a situação da poliomielite no Brasil durante a XXIV Jornada Nacional de Imunizações (SBIm 2022), evento que acontece até sábado (10) no Centro de Convenções Frei Caneca, na capital paulista.

A poliomielite, que causa paralisia infantil e pode ser fatal, chegou a ser uma das doenças mais temidas no mundo. Mas, com a vacinação, o Brasil deixou de apresentar casos da doença desde 1989, tendo recebido, em 1994, um certificado de eliminação da doença. No entanto, com a baixa cobertura vacinal e problemas relacionados à vigilância epidemiológica e condições sociais, o Brasil voltou a figurar como um país de grande potencial para a volta da doença.

“Em uma avaliação de risco feito nas Américas e no Caribe pela Opas [Organização Pan-Americana de Saúde], considerando variáveis como cobertura vacinal, vigilância epidemiológica e outros determinantes de saúde, o Brasil aparece em segundo lugar, como de altíssimo risco para a reintrodução da pólio, só antecedido pelo Haiti”, disse a infectologista Luiza Helena Falleiros Arlant, que também participou da mesa, mas à distância. Luiza Helena integra o Núcleo Assessor Permanente da Sociedade Latinoamericana de Infectologia Pediátrica (Slipe).

Mapa vermelho

Durante sua palestra, Caroline apresentou um mapa do Brasil quase inteiramente pintado de vermelho. A cor vermelha indica o alto risco dos municípios do país para a reintrodução do vírus, levando em consideração não somente a cobertura vacinal, como também a vigilância epidemiológica e indicadores sociodemográficos. Nessa situação, encontravam-se 58,9% dos municípios brasileiros. O mapa, com dados referentes a 2021, apresenta três variações de cores além do vermelho: o laranja representa risco alto (situação de 25,6% dos municípios); o amarelo, risco médio (13,5%); e o verde, risco baixo (1,8%).

“Esse é um mapa que assusta. É um mapa da nossa realidade em relação ao risco para a poliomielite no país. Temos 84% dos municípios do país que registram risco alto ou risco muito alto para a reintrodução da pólio. Apenas 100 municípios, ao final de 2021, apresentaram risco baixo”, explicou Caroline.

A infectologista Luiza Helena também destacou a cor do mapa. “Nosso país está praticamente todo em vermelho, um vermelho muito intenso, com muito poucos lugares com risco médio. Não é a toa que vemos uma cobertura vacinal que, em 2021, não chegou a 70% no Brasil como um todo. O estado que se saiu melhor foi Santa Catarina, com 83%, mas longe de alcançar o proposto que é de 95% de cobertura vacinal. E há cifras de muita preocupação, como de apenas 44% no Amapá. Isso tudo é muito preocupante”, acrescentou ela.

Desde 2015, quando conseguiu obter uma cobertura vacinal de 98,3%, o Brasil não alcança mais a meta de vacinação para a doença [estabelecida em 95%]. Em 2020, ela somou apenas 76,2%. E, no ano passado, 69,9%.

Lembrando que, com o sarampo, a história não foi diferente. O Brasil chegou a receber o certificado de eliminação do sarampo em 2016. Mas em 2019, também com queda vacinal para a doença, o país perdeu esse reconhecimento após não conseguir controlar um surto, que se espalhou por diversos estados.

A poliomielite

A poliomielite ou pólio é uma doença contagiosa aguda causada por um vírus que vive no intestino, chamado poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas infectadas e provocar ou não paralisia. Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos. A falta de saneamento, as más condições habitacionais e a higiene pessoal precária constituem fatores que favorecem a transmissão do poliovírus.

A doença não tem cura. ”A poliomielite provoca uma paralisia irreversível nos membros inferiores. E quando grave, ela pode provocar também uma paralisia dos músculos respiratórios. Temos uma taxa de letalidade, que é a morte pela doença, bastante alta”, disse Caroline, em entrevista à Agência Brasil.

A única forma de prevenção possível para a doença é a vacinação. ”Os pais devem sempre deve estar olhando a caderneta de vacinação [dos filhos], que é assinalada, indicando quando ele deve retornar à unidade de saúde”, falou Caroline. ”Lembrando que a vacina pode ser dada em qualquer sala [do país], não precisa ser na sua unidade de referência. Então, se eu estiver viajando, mas estiver na hora ou no dia da vacinação, com a documentação da criança eu conseguirei vaciná-la em qualquer unidade de saúde. E se eu atrasei ou se eu perdi a data, posso voltar a qualquer momento na unidade de saúde para executar essa vacinação e deixar o calendário vacinal da minha criança em dia”, disse ela. Da Agência Brasil

Jaguaquara: Agente de trânsito e casal trocam agressões no Centro da cidade e o caso viraliza

/ Jaguaquara

Imagens da luta corporal entre os três circulam nas redes sociais

Uma confusão entre um agente de trânsito e um casal na Rua Avelar, principal via de acesso ao Centro de Jaguaquara chamou a atenção de populares nesta quinta-feira (08).

Em vídeos que circulam nas redes sociais é possível visualizar os envolvidos trocando agressões, o casal, que estava a bordo de uma moto, com a utilização de capacetes para agredir o rapaz, que revidou, inclusive contra a mulher.

Nas imagens o agente chegou a utilizar uma ferramenta, pá, que o mesmo teria encontrado em uma construção próxima. O motociclista evadiu do local para não ser atingido pela pá. Populares no local, em frente à Caixa Econômica Federal conseguiram conter os três.

As informações colhidas até agora são de que a briga teria sido iniciada após o condutor da moto estacionar o veículo num local proibido, na região onde há uma faixa de pedestres, quando foi iniciada uma discussão e começaram as agressões verbais que os levaram a luta corporal.

A redação também foi informada de que o agente atuava como servidor contratado pela Prefeitura e que a prefeita Edione Agostinone (PP) ao saber do caso teria determinado a suspensão do contrato, mandando exonerar o contratado, mas até a publicação da matéria a gestora não havia se pronunciado publicamente sobre o ocorrido. Nas redes sociais, a população pede um posicionamento da administração, para que esclareça a situação.

Outra versão

A mulher envolvida divulgou um vídeo relatando o caso, dizendo ter sido assediada pelo agente, que segundo ela era amigo do casal. No vídeo, a mulher diz que o esposo teria chegado de São Paulo e foi indagar o agente sobre o suposto crime de assedio, quando teve início a confusão. Já o diretor do Departamento de Trânsito, Nielson Dantas, assegurou em um áudio que o servidor foi afastado da função. [atualizada às 09h22]