”De ACM Neto eu quero distância”, diz Roma sobre possibilidade de recompor com ex-prefeito de Salvador

/ Política

Roma é o candidato de Bolsonaro ao Governo. Foto: Divulgação

O candidato a governador da Bahia, João Roma (PL), em entrevista na manhã desta segunda-feira (5) à Rádio Sociedade da Bahia, rechaçou qualquer possibilidade de retornar ao grupo atualmente liderado pelo prefeito ACM Neto (UB), ex-prefeito de Salvador e também na disputa pelo Palácio de Ondina.

”Quem me conhece sabe muito bem que a palavra cooptação não faz parte do meu vocabulário. E eu já reafirmei no último debate da Bandeirantes que de ACM Neto eu quero distância”, disse o candidato do PL. Segundo Roma, o ex-prefeito da capital ”tem sido vítima de uma política atrasada. A Bahia do século 21 não combina com práticas políticas antigas do ‘toma lá dá cá’, da troca de favores, do empreguismo e da perseguição”, disse Roma.

Roma disse que tanto Neto quanto o candidato do PT, Jerônimo Rodrigues, têm como marca a elevação de impostos. ”Só sabem aumentar os impostos para distribuir migalhas durante as eleições. Nós não queremos de distribuir migalhas, nós queremos chegar no governo do estado para baixar os impostos e melhorar a vida dos baianos”, disse o bolsonarista.

Grávida viraliza após dançar música de Anitta até o chão minutos antes de parto natural

/ Entretenimento

Grávida dançou música de Anitta. Foto: Reprodução/Instagram

A coreografia da música ”Envolver” de Anitta não é para amadores, porque requer flexibilidade e disposição para ir até o chão sem cansar e nem perder o fôlego. 

Uma mulher prestes a dar à luz ao seu bebê, viralizou nas redes sociais após dançar a canção mais ouvido do mundo na plataforma Shopify. Isso mesmo, além de ir até o chão, ela ainda fez o famoso quadradinho e mostrou toda sua flexibilidade. 

Nas redes sociais, internautas reagiram ao vídeo. “Eu não estou grávida e ainda assim não consigo fazer essa coreografia”, escreveu uma. ”Deve ser bom ter disposição pra fazer alguma coisa estando grávida, porque com a gravidez eu canso até varrendo a casa”, escreveu outra. 

WhatsApp monta batalhão de 200 advogados para atender eventuais pedidos de juízes pelo país

/ Justiça

O WhatsApp montou um batalhão de 200 advogados para atender eventuais pedidos de juízes pelo país na reta final da campanha eleitoral brasileira, com a empresa controlada pela Meta se preparando para enfrentar eventuais decisões e consultas, informou à Reuters o chefe de políticas públicas para o WhatsApp no Brasil, Dario Durigan.

Aplicativo de mensagens mais usado do país, o WhatsApp ganha ainda mais atenção pública em anos de eleição, como o atual, dada a crescente busca do serviço para disseminação de notícias falsas, mas também de decisões judiciais.

Há cerca de duas semanas, o aplicativo esteve no foco de uma polêmica, após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes autorizar buscas da Polícia Federal contra empresários apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, que, segundo uma reportagem do site Metrópoles, pregavam num grupo de WhatsApp um golpe de Estado se Bolsonaro perdesse a eleição. As informações são do portal G1.

Rui Costa pede reajuste da tabela do SUS para que hospitais sustentem piso da enfermagem

/ Entrevista

Governador Rui sobre piso da Enfermagem. Foto: Dinaldo Silva/BNews

O governador Rui Costa (PT) se manifestou, na manhã desta segunda-feira (5), pedindo o reajuste dos valores da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS), com os quais o governo federal remunera os hospitais que prestam serviços gratuitos ao público. O petista se declarou favorável ao piso nacional da enfermagem, mas condicionou os ganhos salariais de enfermeiros à atualização dos repasses às unidades de saúde.

”O Congresso aprovou o piso da enfermagem, ótimo, só não disseram de onde vem o dinheiro. O estado [da Bahia] pode pagar. Mas [as Obras Sociais de] Irmã Dulce pode pagar? Irmã Dulce estava desesperada, que ia fechar o hospital. A tabela por uma cirurgia é de mais de 10 anos atrás. Parece que tem 12 ou 14 anos que não tem reajuste da tabela do SUS. Aí você diz que vai aumentar em R$ 100 milhões o custo do hospital e diz que a remuneração do serviço é a mesma. De onde vem o dinheiro, gente? Este país virou o país da piada pronta, da brincadeira de enganar as enfermeiras”, afirmou o governador.

Rui criticou o Congresso Nacional, que aprovou o piso nacional para os profissionais de enfermagem sem, segundo ele, determinar de onde viriam os recursos para custear o aumento salarial dos enfermeiros.

”Eu aprovo e concordo que as enfermeiras precisam ganhar melhor. Agora, os mesmos que aprovaram o piso deveriam ter aprovado no mesmo dia a mudança da tabela do SUS. Quanto custa isso para um hospital como o de Irmã Dulce? R$ 70 ou 80 milhões? Para uma cirurgia de hérnia ou de coração, quanto eu tenho que aumentar que aumentar a cirurgia para remunerar isso? Simples assim. Bastava aprovar as duas coisas no mesmo dia”, argumentou Rui. Com informações do site Bahia Notícias

Estudo analisa pele de idosa de 92 anos que usou filtro solar apenas no rosto por 40 anos

/ Saúde

Um estudo publicado no Journal of The European Academy of Dermatology and Venereology, de Christian Posch, evidencia a importância de usar filtro solar para proteger o corpo.

Na publicação, o especialista avaliou a pele de uma senhora que usou protetor solar ao longo de quatro décadas apenas na região do rosto. Hoje, com 92 anos de idade, é perceptível a diferença dos danos dos raios UV entre as áreas do rosto e pescoço, por exemplo.

”Estudos epidemiológicos e dados de registros nacionais apontam que a idade avançada é o maior fator de risco para câncer de pele”, escreveu o autor, que atua no Departamento de Dermatologia e Alergia da Escola de Medicina da Universidade Técnica de Munique, na Alemanha. “Há evidências crescentes de que os processos biológicos do envelhecimento da pele, que são independentes de fatores externos, também desempenham um papel substancial na carcinogênese [formação do câncer] da pele”.

Conforme publicação da Revista Galileu, segundo o pesquisador, uma célula envelhecida é uma célula senescente, ou seja, que segue permanece no ciclo celular, mas que ainda está metabolicamente ativa aumentando o risco de mutações genéticas que podem dar origem ao câncer.

Christian Posch argumenta ainda que os paralelos entre envelhecimento e risco de câncer demonstram que, se tratarmos os sinais de envelhecimento, podemos, sem dúvida, também reduzir o risco de doenças relacionadas à idade. Com informações do Bahia Notícias

Um dia após ser alvo de busca e apreensão pela Justiça, Moro muda material de campanha

/ Política

Moro é candidato a senador pelo Paraná. Foto: Folhapress

Um dia após ter sofrido ação de busca e apreensão determinada pela Justiça Eleitoral por supostos problemas com a formatação de seu material de campanha, o candidato Sergio Moro (União Brasil) modificou as peças de propaganda.

O candidato ao Senado do Paraná agora se apresenta como ”Juiz Moro”, e os nomes de seus dois suplentes, Luis Felipe Cunha e Ricardo Guerra, aparecem com maior destaque.

A justificativa para a ação do TRE no sábado (3) foi o tamanho dos nomes dos suplentes, que não cumpririam a determinação legal de ser no mínimo 30% do que é destinado ao titular da chapa.

A decisão de acrescentar a palavra ”juiz” antes do nome de Moro já havia sido tomada, por sugestão da direção nacional do União Brasil, conforme mostrou o Painel. A avaliação é que isso ajuda a fixar no eleitor o legado da Lava Jato.

Com a ação determinada pelo TRE, a estreia do novo material foi antecipada. Segundo Gustavo Guedes, coordenador jurídico da campanha, o material antigo não feria a legislação. “”Há jurisprudência de que o critério principal deve ser a efetiva visualização dos nomes dos suplentes, e isso estava claro nas nossas peças. Esse é o ponto, e não ficar discutindo se está 27%, ou 29% do tamanho do titular”, afirma.

Ele diz que, independente da estreia do novo material de campanha, pedirá à juíza que determinou a busca que reconsidere a sua decisão. ”Há uma discussão se esse percentual tem que se ater ao tamanho das letras ou à área ocupada pelo nome. O fato é que nossa marca é bem mais visível do que a de adversários como o senador Alvaro Dias”, diz Guedes.

 

País registrou 2.909 novos casos de covid-19 e 15 mortes, em 24 horas, diz Ministério da Saúde

/ Saúde

O Brasil registrou 2.909 novos casos de covid-19 e 15 mortes, em 24 horas. Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde. Com as novas informações divulgadas ontem, o total de pessoas infectadas pelo novo coronavírus durante a pandemia soma 34.470.776.

O número de casos em acompanhamento de covid-19 está em 261.466. O termo é dado para designar casos notificados nos últimos 14 dias que não tiveram alta e nem resultaram em óbito.

Com os números deste domingo, o total de mortes alcançou 684.369, desde o início da pandemia. Ainda há 3.241 mortes em investigação. As ocorrências envolvem casos em que o paciente faleceu, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demanda exames e procedimentos complementares.

O total de pessoas recuperadas da doença chegou a 33.524.941, o que corresponde a 97,2% do total de infectados. No balanço de hoje, várias unidades das federação não atualizaram os dados: Distrito Federal, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul (não atualizou o número de mortes), Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima, Pernambuco e Tocantins.

Visita de ACM a Maracás põe prefeito, primeira-dama e adversários no mesmo palanque eleitoral

/ Política

Soya e Guida dividem espaço com Fábio Pena por apoio a Neto

Apesar de não ter tido recepção calorosa em Jaguaquara e Itiruçu, o candidato a governador ACM Neto (UB) ficou radiante com sua passagem por Maracás no sábado (03), na mesma região do Vale do Jiquiriçá, onde conseguiu reunir num só palanque eleitoral adversários ferrenhos da política local.

O grito do 44 de Neto encontrou eco nas principais lideranças de Maracás: o prefeito Soya Novaes (PDT), o candidato derrotado pelo atual gestor nas eleições de 2020, Fábio Penna (PP) e Paulo dos Anjos (PSB), terceiro colocado no processo eleitoral anterior, este que, apesar de ser nomeado pelo governador Rui Costa (PT) para cargo na Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) desde 2017, quando deixou a Prefeitura após perder o pleito de 2016 para Soya, resolveu chutar o pau da barraca e escancarar apoio a ACM, de quem já foi aliado no passado.

Com o apoio garantido de prefeito, ex-prefeito, ex-prefeiturável e do ex-vice-prefeito Antônio Fernandes, um fato importante para marcar sua passagem pelo Vale a campanha de ACM vive agora a melhor fase na Cidade das Flores, com a capilaridade de uma aliança que, além de ser expressiva, coloca no mesmo caminho o prefeito e seus rivais.

Embora seja considerada uma novidade, a adesão de Soya a oposição já era esperada pelos seguidores de Neto e também por integrantes da gestão municipal, secretários, diretores e outros, que mesmo não tendo comparecido ao ato, já acompanhavam as articulações da primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Guida Galvão, que assumiu a presidência do União Brasil, esteve presente na convenção de Neto em Salvador e na última semana recebeu o ex-deputado Roberto Britto (PP), que se apresenta como coordenador regional da campanha.

Entretanto, a presença de Soya num carro aberto ao lado de ACM, Fábio Penna (PP), Zé Cocá (PP), prefeito de Jequié – padrinho de Penna, o deputado estadual e candidato a federal Dal (UB) e outros algozes gerou insatisfação entre os secretários e alguns vereadores da base governista. Há dois tipos de irritação: primeiro há um incômodo no posicionamento do prefeito que dizia não ter definição sobre candidatura de governador depois de celebrar convênios com o Estado para construção de obras como: escola em tempo integral, delegacia, complexo esportivo, pavimentação de ruas e uma promessa de Rui de que firmaria parceria com a Prefeitura para construção de um novo hospital, anseio da população e da equipe da Saúde, que chegou a elaborar o projeto e dialogar com a SESAB.

Segundo, o fato de primeira-dama liderar o processo de adesão e demonstrar aproximação com interlocutores do deputado Sandro Régis (UB), braço direito de ACM, provoca um mal-estar entre os integrantes do grupo, que trabalhavam pela união em prol da candidatura à reeleição de Euclides Fernandes (PT) para estadual, já que este marcha com o prefeito faz tempo e teria viabilizado obras para Maracás.

Sem contar o ressurgimento de Fábio e Paulo, figuras que até então estavam apagadas no cenário e ganharam espaço gratuito na imprensa pegando uma carona na imagem de Soya, considerado um político do campo conservador e que ainda goza de boa aprovação. Para federal, Novaes e Guida dizem ter dois aliados: Arthur Maia (UB) e Antonio Brito (PSD).

Jorge Solla diz que pedirá ao STF para reconsiderar suspensão do piso da enfermagem

/ Política

”O pedido de Barroso é desnecessário”, diz Solla. Foto: Reprodução

O deputado federal Jorge Solla (PT-BA) afirmou que ingressará, nesta segunda-feira (5), com um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) para ser ouvido na ADI 7222, que pede a inconstitucionalidade da Lei do Piso da Enfermagem.

João Roma: ”Consignado do Auxílio Brasil livra os mais necessitados dos agiotas”, diz o candidato

/ Política

Candidato João na região de Irecê. Foto: Ascom / João Roma

Candidato ao governo da Bahia com apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), o deputado federal e ex-ministro da Cidadania, João Roma (PL), defendeu os empréstimos consignados a partir do Auxílio Brasil e apontou a medida como eficiente para resolver o endividamento das famílias.

”Estamos dando um perfil bancário a esses beneficiários que já passam a ter atratividade para o sistema bancário. E o Ministério da Cidadania está viabilizando o máximo de seguridade para que os mais pobres possam ter acesso a um crédito mais barato”, disse Roma, durante participação no podcast ”Política em Pauta”, da Rádio Líder, de Irecê.

”Precisamos dar uma rede de proteção ao cidadão, mas impulsioná-lo para que ele possa mudar de vida”, pontuou o candidato ao comentar o sistema de consignado, através do qual o beneficiário poderá comprometer até R$ 240, o que representa 40% da parcela de R$ 600 do auxílio, para adquirir o empréstimo.

Na entrevista, Roma disse ainda que defende a renda básica para o cidadão. “Infelizmente, pelas desigualdades que o Brasil enfrenta e pela nossa estrutura social, essa ajuda hoje é restrita a quem está no Cadastro Único”, argumentou.

Ao ser questionado sobre a corrida eleitoral na Bahia, João Roma apontou que a verticalização da disputa, impulsionada pelo desempenho de Bolsonaro. “Isso vai induzir um grande movimento nas eleições da Bahia que certamente vai nos alçar ao segundo turno e também a governar a Bahia”, avaliou.

Alfinetando os adversários, o candidato destacou o caráter orgânico e popular de sua campanha pelo governo da Bahia. ”Os movimentos que estamos fazendo não têm estrutura maquiada como os outros fazem, com festinha para lá e para cá, mas com pessoas que se mobilizam por paixão, por acreditarem em nosso verde e amarelo”, disse o ex-ministro, segundo o qual, acontece o mesmo com Bolsonaro, que segundo ele não tem a maior estrutura partidária porque ”optou por não se submeter ao sistema e, ainda assim, se mantém competitivo”.