Lula no JN sobre corrupção: ”Só aparece quando você permite que ela seja investigada”

/ Entrevista

Lula durante entrevista ao JN. Foto: reprodução TV Globo

Ao falar sobre os escândalos de corrupção na Petrobras na época do seu governo, o candidato à Presidência da República Luis Inácio Lula da Silva disse, durante sabatina no Jornal Nacional na noite desta quinta-feira (25), que ”a corrupção só aparece quando você permite que ela seja investigada”. O petista atribuiu ainda que sua condenação se ocorreu porque Sérgio Moro estava condenado a condena-lo.

”Durante cinco anos eu fui massacrado e estou tendo a primeira oportunidade em um jornal desde então. A corrupção só aparece quando você permite que ela seja investigada. Fui condenado por Sérgio Moro por uma estratégia política, tanto que eu disse para ele: ”Moro, você está condenado a me condenar. Você já permitiu que mentira foi longe demais”, disse.

Ao falar sobre as medidas que tomaria para evitar que um novo escândalo de corrupção acontecesse, caso fosse eleito, Lula disse que dará liberdade total para investigações.

”Vamos continuar criando mecanismo que possa evitar delito na maquina pública brasileira. Não vai haver decreto de sigilo como estamos vendo acontecer. A corrupção só aparece quando você governa de forma republicana, e é o que eu vou fazer”.

 

Impugnação: Deputado Niltinho afirma que está tranquilo com relação a sua elegibilidade

/ Justiça

Niltinho se manifesta após ação do MPF. Foto: Rede social

Após o Ministério Público Federal (MPF) apresentar, no último domingo (21), um pedido de impugnação da candidatura do deputado estadual Niltinho (PP) à reeleição (veja aqui), o parlamentar disse, na noite desta quinta-feira (25), que ”está muito tranquilo e continua trabalhando pela Bahia”.

A Justiça Eleitoral ainda não julgou o caso. De acordo com Niltinho,  ”a argumentação do procurador regional eleitoral solicitando a sua inelegibilidade foi com base num processo resultado de um conflito de interesses na área privada que se arrasta há anos, não tendo nenhuma relação com a minha atividade pública”.

O candidato, que busca reeleição para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), ainda pontuou que situações dessa espécie não causam inelegibilidade de acordo com a Lei Complementar nº 64/1990. ”As medidas de defesa já estão sendo tomadas e eu confio na Justiça. Continuo trabalhando com os meus companheiros para obter uma grande vitória e dar prosseguimento ao meu compromisso com os baianos”. Com informações do site Bahia Notícias

MPF apresenta impugnação da candidatura de Niltinho à reeleição a deputado estadual pelo PP

/ Política

Deputado Niltinho sofre representação do MPF. Foto: Rede social

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou, no último domingo (21), um pedido de impugnação da candidatura do deputado estadual Niltinho (PP) à reeleição. A Justiça Eleitoral ainda não julgou o caso.

De acordo com a argumentação do procurador regional eleitoral Fernando Túlio da Silva, o deputado estadual do PP se encontra inelegível, devido a uma condenação por crime contra a ordem tributária em fevereiro de 2022.

O parlamentar foi condenado a dois anos de reclusão pela prática de sonegação fiscal, em decisão colegiada. O processo tramitou no âmbito da 17ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária do Estado da Bahia.

Caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entenda o pedido como procedente, Niltinho será considerado inelegível e terá sua candidatura indeferida.

Ex-secretário municipal da Saúde e de Gestão em Madre de Deus, Niltinho foi eleito deputado estadual em 2018, com 46.174 votos. Na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o parlamentar atua como vice-líder do bloco parlamentar PP/PSC. As informações foram publicadas pelo site Bahia Notícias

Candidato do PSOL ao Governo, Kleber Rosa diz que pesquisas divulgadas tem resultados antagônicos

/ Política

postulante ao Palácio de Ondina, Kleber Rosa. Foto: Divulgação

Candidato ao governo do Estado pelo PSOL, Kleber Rosa afirmou, em entrevista ao G1 Bahia na manhã desta quinta-feira (25), que é possível reverter os números divulgados nas últimas pesquisas eleitorais.

O postulante ao Palácio de Ondina, conforme o mais recente levantamento feito pela Datafolha em parceria com o grupo Metrópole divulgado ontem, não pontuou.

”Eu acredito que é possível [reverter a situação]. Ontem foram divulgadas duas pesquisas com resultados antagônicos. Em uma delas, ACM Neto está na frente à distância. Em outra, Jerônimo está na frente”, disse.

”Não estou colocando em dúvida. Mas a escolha de metodologia ajuda no resultado. A pesquisa é uma espécie de termômetro”, emendou.

”Nós estamos na era das redes sociais. As coisas mudam muito rapidamente. Nas eleições tivemos vários exemplos de pessoas que começaram com 1% e foram eleitos”, lembrou.

”É possível furar a bolha e se mostrar como alternativa. Vou usar esse tempo para conquistar corações”, acrescentou o psolista.

Na oportunidade, Kleber Rosa teceu duras críticas aos dois grupos que aparecem no topo das pesquisas, tanto de ACM Neto (UB) quanto de Jerônimo Rodrigues (PT). Ele criticou a gestão do atual governador Rui Costa (PT).

*por Mateus Soares

Organização Mundial da Saúde relata mais de 41 mil casos de varíola dos macacos no mundo

/ Saúde

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou, nesta quinta-feira (25), que já foram relatados mais de 41 mil casos de varíola dos macacos e 12 mortes pela doença, em 96 países. Segundo a OMS, a maioria dos casos se concentra nos Estados Unidos. As informações são da Agência Brasil.

A OMS declarou o surto uma emergência de saúde global em julho. Ainda segundo a organização, o número de casos registrados globalmente diminuiu 21% na semana encerrada em 21 de agosto, após uma tendência de um mês de aumento de infecções.

A OMS considerou que o surto está diminuindo na Europa, por causa da vacinação e de uma combinação de medidas eficazes de saúde pública.

Com relação ao continente americano, a OMS ressaltou que as infecções mostraram ”um aumento contínuo e acentuado”.

Zé Cocá e Leur com ministro da Saúde para habilitação de atendimento a pacientes com câncer em Jequié

/ Brasília

Zé Cocá tem audiência com ministro Queiroga. Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (24), o prefeito de Jequié, Zé Cocá, esteve em visita à Brasília, participando de uma agenda institucional, juntamente com o deputado federal, Leur Lomanto, para tratar de assuntos referentes à Habilitação em Alta Complexidade Oncológica pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em Jequié. O gestor municipal, em companhia do secretário de Saúde, Marlon Pereira, estiveram em audiência com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Os representantes do município estiveram, também, com Stela Souza, presidente do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (Cosems Bahia), que auxiliou na intermediação de demandas da Saúde. Durante o encontro, que fora agendado pelo deputado federal, Leur Lomanto, foi apresentado o pleito da habilitação para o serviço de oncologia do Hospital Santa Helena, que já foi aprovado em níveis Municipal e Estadual. O ministro fez suas considerações em defesa da necessidade de um serviço oncológico de qualidade e assumiu o compromisso para que, preenchendo os últimos requisitos, a instituição seja finalmente habilitada, comece a contar com repasses federais e, assim, atender pacientes dos municípios pertencentes à macrorregião de Jequié.

De acordo com o prefeito de Jequié, Zé Cocá, pacientes que tratam doenças como o câncer e dependem do Sistema Único de Saúde tinham que ser levados a cidades como Salvador e, assim que o Hospital Santa Helena estiver habilitado, eles poderão ser assistidos diretamente em Jequié, nos acompanhamentos clínicos especializados e tratamentos quimioterápicos.

”Com fé em Deus será mais uma importante conquista para Jequié e região. Com o tratamento sendo executado aqui, é mais qualidade de vida e dignidade para o paciente que não vai mais precisar se deslocar para outros municípios. Essa audiência com o ministro da Saúde, que foi agendada com enorme agilidade pelo deputado Leur Lomanto, foi mais um passo dado para o processo de habilitação que, com toda a certeza, possibilitará a ampliação do acesso e a integralidade do cuidado ao paciente com câncer. Estamos muito confiantes e bem próximos de iniciarmos esse atendimento no Hospital Santa Helena!”, destacou o prefeito de Jequié, Zé Cocá.

Advogada baiana é alvo de representação por participar de sessão com bebê no colo e caso ganha repercussão

/ NOTÍCIAS

A advogada Camila Silveira relatou o caso. Foto: Rede social

No universo do Direito, exercer a advocacia e a maternidade sempre foi um grande desafio para as mulheres. E nesta semana, após o caso de um pai ter levado o filho bebê para uma sessão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ter chamado a atenção da mídia, relatos de violações de prerrogativas contra advogadas mães têm aparecido com mais veemência. E uma delas aconteceu aqui na Bahia.

A advogada Camila Silveira relatou em suas redes sociais o que sentiu ao saber que seria alvo de uma representação por outra mulher advogada no Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) por ter participado de uma sessão virtual com o filho bebê no colo. A advogada contou que, em um momento de trabalho, em audiência, com o filho no colo, a advogada da parte contrária indicou requereu representação contra ela na Ordem, “por se fazer presente na assentada (…) com trajes inadequados à profissão (…) sobretudo segurando a criança no colo (…)”.

”Dor. Senti uma dor em um local, até então, desconhecido. Senti como se eu não pudesse exercer a minha paixão por ser mãe, pelo meu filho naquele momento precisar do meu colo, da praticidade da minha vestimenta para que eu possa lhe dar alimento”, contou na publicação. Ela ainda reclamou que, a conciliadora, durante uma hora de sessão, nada fez para censurar a outra advogada.

”Nunca pensei em passar por uma limitação como esta, através da fala de uma outra mulher e sequer ter o apoio da outra mulher presente que, por obrigação da sua função (conciliadora) deveria impor limites e nada fez”, lamentou. A advogada conta que decidiu falar sobre o ocorrido para unir forças para ”desestruturar essa percepção arcaica, desumana e ineficaz do judiciário brasileiro”.

Camila ainda comparou o seu caso ao do pai advogado que esteve presente no STJ. ”Em uma semana que aplaudimos um advogado com seu bebê sendo respeitado por este momento, vemos o contrário quando se trata de nós mulheres. Desejo que as providências sejam realmente tomadas, que isso não passe em branco. E que nós mulheres e nossas individualidades sejam respeitadas”, declarou.

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia (OAB-BA), em nota, afirmou que o ”direito constitucional de proteção a pessoas gestantes e lactantes é via indispensável para a proteção da infância e do desenvolvimento humano integral, tratando-se de valor afirmado não apenas na Constituição Federal, como também no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Marco Legal da Primeira Infância e outros diplomas normativos”.

A Ordem assevera que os direitos da mulher advogada como mãe são assegurados pelo Estatuto da Advocacia para viabilizar a conciliação da maternidade com o exercício da advocacia. ”Nesse sentido, o trabalho remoto, bem como a realização de audiências virtuais, devem ser interpretados sob uma perspectiva de gênero, em que se impõe atenção especial à condição de pessoa gestante, lactante, adotante, sob pena de romper com a equidade de gênero que deve marcar o exercício da advocacia”, explica a instituição.

De acordo com o comunicado da OAB-BA, qualquer ato de constrangimento ou violação ”serão devidamente investigados, apurados e processados perante o Tribunal de Ética e Disciplina”. Com informações do site Bahia Notícias

Datafolha/Metrópole: Na Bahia, ex-presidente Lula lidera com 61% contra 20% de Jair Bolsonaro

/ Política

Lula lidera pesquisa no Estado da Bahia. Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 61% das intenções de votos dos baianos segundo a pesquisa Datafolha, contratada pela Rádio Metrópole, divulgada nesta quinta-feira (25). Já o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) teria 20%, e Ciro Gomes (PDT) aparece com 7%.

O levantamento estimulado aponta ainda que Simonet Tebet (MDB) e Felipe d’Avila (NOVO) teria 1%, cada um. Pablo Marçal (Pros), Léo Péricles (UP), Vera (PSTU), Soraya Thronicke (UNIÃO), Roberto Jefferson (PTB) e Sofia Manzano (PCB) não pontuaram. Branco, nulos e nenhum somaram 5%, já 4% não souberam responder.

No cenário espontâneo, Lula também lidera com 54%, e Bolsonaro tem 18%. Ciro Gomes aparece com 3%, e Tebet com 1%. Outras respostas somaram 1%. Brancos, nulos e nenhum são 4%. Já 18% não souberam responder.

 A pesquisa ouviu 1008 eleitores, e foi feita entre 22 e 24 de agosto. A margem de erro é 3 pp. O nível de confiança é de 95%. A consulta está registrada no TSE: BA- 01548 /2022 e BR-05675/2022.

O resultado do levantamento deveria ter sido anunciado na quarta-feira (24), em conjunto com as pesquisas para o Governo da Bahia e Senado (veja aqui e aqui), mas por conta de uma ação judicial do PT baiano, a publicação só foi realizada hoje, após o Datafolha ter conseguido a reversão da liminar (saiba mais aqui).

Justiça de São Paulo proíbe empresa de vender seguidores e curtidas no ”Instagram”

/ Justiça

A Justiça de São Paulo proibiu, nesta terça-feira (23), que a empresa Igoo Networks, dona de pelo menos oito sites que vendem seguidores e curtidas, promova a comercialização de engajamento artificial no Instagram. A decisão atende a um pedido da Meta, dona do Instagram, do Facebook e do WhatsApp, contra a empresa. A informação é da Folha de S. Paulo.

Quanto mais engajamento, ou seja seguidores e curtidas, mais a ferramenta vê esse usuário como relevante, aumentando as chances de ele ser apresentado a novos seguidores em potencial. Por isso esse tipo de prática é visto como um tipo de trapaça.

A decisão começa a valer em 30 dias e proíbe a Igoo de ”desenvolver, distribuir, operar, vender ou ofertar à venda serviços, produtos ou aplicativos que se integrem ao Instagram” e também a promoção e reprodução de símbolos e sinais associados à rede. Ainda cabe recurso.

 

Candidata ao Senado na chapa de Roma, Dra. Raíssa Soares recebe doação de R$ 1 milhão do PL

/ Política

Dra. Raíssa Soares recebeu recurso do PL. Foto: Reprodução

A candidata a senadora Dra. Raíssa Soares (PL) recebeu do diretório nacional de seu partido, na última segunda-feira (22), uma doação no valor de R$ 1 milhão, conforme dados coletados no portal ”Divulgação de Candidatos” (Divulgacand), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O dinheiro, oriundo do fundo eleitoral, deverá ser usado exclusivamente na campanha.

O valor recebido por Raíssa foi menor do que o doado pelo PL à sua candidata a senadora pelo Distrito Federal, Flávia Arruda. A postulante brasiliense recebeu pouco mais de R$ 1,5 milhão da legenda.

Alguns candidatos a deputados federais pelo PL, como José Roberto Arruda (DF) e Carla Zambelli (SP), também receberam doações de R$ 1 milhão, de acordo com o Divulgacand.

O candidato a governador do Rio Grande do Sul, Onyx Lorenzoni (PL), foi o campeão de doações do partido, com R$ 6 milhões, acima inclusive do presidente Jair Bolsonaro (PL), que ficou com R$ 5 milhões.

Raíssa foi a segunda candidata ao Senado pela Bahia a receber doações partidárias. O primeiro foi o atual senador Otto Alencar (PSD), que recebeu R$ 3,96 milhões do diretório nacional de seu partido (saiba mais aqui).

Os demais candidatos ao Senado pela Bahia – Cacá Leão (PP), Tâmara Azevedo (PSOL), Cícero Araújo (PCO) e Marcelo Barreto (PMN) – ainda não registraram no TSE doações de seus partidos. Com informações do site Bahia Notícias

 

Síndromes respiratórias se aproximam de menor patamar da pandemia, informa o Boletim InfoGripe

/ NOTÍCIAS

A curva de casos de síndrome respiratória aguda grave (SRAG) segue em queda e se aproxima do nível registrado em abril de 2022, quando esteve no menor patamar desde a disseminação da covid-19 no Brasil, no primeiro semestre de 2020. A avaliação consta no novo Boletim InfoGripe, divulgado hoje (24) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com dados que vão até 20 de agosto.

Entre as 27 unidades da federação, apenas Acre e Roraima apresentam tendência de alta nos casos de SRAG na análise das últimas seis semanas, enquanto Distrito Federal, Espírito Santo e Paraná indicam estabilidade da incidência da síndrome. Nos outros 22 estados, o movimento é de queda.

Quando a análise se concentra apenas nas últimas três semanas, entretanto, há mais unidades da federação com tendência de alta, com destaque para Ceará, Paraíba e São Paulo.

A Fiocruz destaca que, apesar de o cenário ser, no geral, positivo, há um aumento recente no registro de casos no grupo de 5 a 11 anos na maior parte do país. Números preliminares mostram que, em alguns estados das regiões Centro-Oeste e Sul, se observa o predomínio de resultados positivos para rinovírus, o que indica a retomada dos vírus respiratórios usuais.

Para o coordenador do InfoGripe, Marcelo Gomes, apesar de esses vírus serem menos preocupantes que o novo coronavírus, ainda é preciso ter cautela.

”Tal cenário reforça a importância de cuidados mínimos, como boa ventilação das salas de aula e respeito ao isolamento das crianças com sintomas de infecção respiratória para tratamento adequado e preservação da saúde da família escolar”. DA Agência Brasil

Pior malha rodoviária do Vale do Jiquiriçá fica no trecho de Santa Inês, com Br-420 esburacada

Estrada encontra-se esburacada em Santa Inês. Foto: BMFrahm

Rodovia BR-420, estrada federal que interliga a BR-116 – Entroncamento de Jaguaquara a BR-101 – Entroncamento de Laje e apresenta problemas em vários trechos, como crateras que dificultam a trafegabilidade de veículos.

Antes, a estrada era de responsabilidade do Governo do Estado e há quem diga que a sua conservação era mais eficaz. Agora, sob a gestão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a pista com sua pavimentação desgastada, com trincas, remendos, afundamentos, buracos e totalmente destruída em um trecho que compreende o município de Santa Inês gera muitos desafios de logística e transporte para os moradores do Vale do Jiquiriçá.

Em toda a sua extensão, a BR-420 apresenta problemas na infraestrutura, mas o trecho de Santa Inês é considerado o pior para a trafegabilidade de veículos. Os usuários reclamam da qualidade dos serviços, em ritmo lento, de recuperação, ou seja, os remendos feitos por uma empresa contratada pelo órgão federal, com sede em Cruz das Almas.

A péssima situação da Rodovia pesa no bolso dos usuários, a exemplo de Antonio Silva, motorista de um veículo de passeio ouvido na tarde desta quarta-feira (24) pelo Blog do Marcos Frahm: ”Os serviços são ruins, a estrada representa riscos para nós, que temos de enfrentar essas crateras todos os dias. O pior é que o tempo passa e a gente não ver uma melhora nesses trabalhos de recuperação, uma vergonha e não aparece ninguém para resolver. O DNIT deveria ser acionado na justiça por esse desmando”, disparou. A BR-420 margeia os municípios de Jaguaquara, Itaquara, Santa Inês, Ubaíra, Jiquiriçá, Mutuípe e Laje.

Candidaturas de policiais militares crescem mais de 160% na Bahia em 2022, segundo o Bahia Notícias

/ Política

Denice Santiago, Anselmo Brandão, André Porciúncula e Humberto Sturaro. O que eles têm em comum? São alguns dos 48 policiais militares da Bahia que vão disputar as eleições de 2022. O número foi obtidos pelo Bahia Notícias através de dados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilizados no site Divulcand.

Se comparado com o pleito de 2018, a diferença surpreende. Na eleição que consagrou o governador Rui Costa (PT) para mais quatro anos de mandato, 18 PMs se candidataram no estado. Em relação a quantidade de candidaturas homologadas neste ano, o aumento é de 166,6%. O único do grupo que conseguiu se eleger foi Capitão Alden (PSL), que garantiu uma vaga como deputado estadual.

O crescimento é ainda maior se for levado em consideração mais dois nomes da corporação que não se apresentaram como policiais militares. O deputado federal Pastor Sargento (Avante) e o deputado estadual Soldado Prisco (União) homologaram a candidatura com a ocupação de deputados. Somados a essas candidaturas, o total chega a 50, o que representa um aumento de 177,7%.

O partido que de longe conseguiu filiar mais militares foi o PL, a mesma sigla do presidente Jair Bolsonaro, que busca a reeleição. Ao todo são 12 agentes da PM que se filiaram ao partido. A segunda legenda com mais PMs é o Solidariedade, com sete nomes. Dos 48 postulantes, 26 concorrem a uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e 22 disputam uma vaga na Câmara dos Deputados.

Os números na Bahia seguem a tendência do cenário nacional. Em 2018, o Brasil registrou 603 candidaturas de agentes da PM e neste anos subiu para 832, um aumento de 37,9%. Ainda de acordo com os dados do TSE, há quatro anos a profissão de policial militar foi a 11ª mais comum entre os candidatos registrados. Em 2022, o total de PMs saltou para quinto lugar na lista, ultrapassando ofícios como médico, comerciante, administrador e professor de Ensino Médio.

Os policiais militares têm uma legislação específica que precisam cumprir para se candidatar. A data limite para desincompatibilização desses servidores venceu em 1° de julho, três meses antes do primeiro turno das eleições, que acontecem em 2 de outubro. A filiação só pode acontecer durante o período das convenções partidárias, que neste ano ocorreu entre os dias 20 de julho e 5 de agosto. Com informações do site Bahia Notícias

Prefeito de Santo Antônio de Jesus visita Jequié em busca experiências exitosas sobre trânsito

/ Jequié

Zé Cocá recebeu o prefeito Genival. Foto: Blog Jequié e Região

Quem esteve em Jequié foi o prefeito de Santo Antônio de Jesus, Genival Deolindo Souza. No último dia (18), ele foi recebido pelo prefeito Zé Cocá e em outro momento pela superintendente municipal de trânsito, Karla Geambastiane, com os quais abordou sobre temas como zona azul, vídeo monitoramento, radar, semáforos inteligentes, regularização de mototaxi, sinalização, dentre outros.

A prefeitura de Santo Antônio de Jesus busca experiências exitosas em torno de sistemas já adotados por outras cidades, a exemplo de Jequié, capaz de permitir avançar na prática do que existe de mais moderno e eficiente para a aplicação naquela cidade.

Além do prefeito estiveram presentes o secretário de Infraestrutura André Araújo; secretário de Transporte e Trânsito, Lima Bitencourt; e o consultor de Planejamento e Modernização, Albert Moreira.

Jequié vem desenvolvimento um arrojado projeto de modernização de sinalização de trânsito com importante volume de recursos financeiros sendo investidos visando a melhoria da qualidade do trânsito. Com informações do site Jequié e Região