Em Jequié, PRF interceptou ônibus que chegava de SP com 25 kg de maconha em mala de mulher

/ Polícia

Apreensão ocorreu na altura do Km 698 da BR 116. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, no final da tarde desta terça-feira (23), uma mulher com cerca de 25 Kg de maconha que estavam em malas de viagem.

Por volta das 17h, durante ações de combate ao crime no Km 698 da BR 116, trecho de Jequié, uma equipe da PRF abordou um ônibus que saiu de São Paulo (SP) com destino a Aurora (CE). Durante os procedimentos de fiscalização, os policiais perceberam sinais de nervosismo em uma das passageiras. Ela entrou em contradição quando foi questionada sobre o motivo da viagem e apresentou informações inconsistentes.

A equipe decidiu vistoriar a bagagem da mulher e encontraram os tabletes de maconha acondicionados em duas malas. Ao todo foram apreendidos 25 Kg da droga.

Questionada, a mulher de 37 anos relatou que recebeu o produto ilícito em São Paulo e que ganharia 2.000 reais para entregar os tabletes de maconha na cidade de Recife (PE).

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante e a mulher e o produto apreendido foram apresentados a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil de Jequié (BA). Inicialmente, ela responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 (Tráfico de drogas).

Secretária de Saúde visita Hospital de Jaguaquara e garante estadualização a partir de setembro

/ Jaguaquara

Secretária Adélia Pinheiro percorre alas do Hospital de Jaguaquara

A secretaria de Saúde da Bahia, Adélia Pinheiro, realizou, na manhã terça-feira (23), uma visita técnica às instalações do Hospital Municipal de Jaguaquara (HMJ). Com um grupo composto por integrantes da equipe gestora da Secretaria da Saúde da Bahia (SESAB), a secretária inspecionou a unidade que já pertenceu ao Estado e foi municipalizada ainda na gestão do ex-governador Paulo Souto, em 2002. Com a proposta do atual chefe do Executivo estadual, Rui Costa, de que a SESAB reassumirá a gestão do HMJ a Câmara local aprovou, depois da aprovação por parte do Conselho Municipal de Saúde, em sessão do último dia (3) de agosto a estadualização da unidade hospitalar. Agora, o processo entra na fase final de transição.

Adélia Pinheiro, a princípio, realizou, na companhia da prefeita Edione Agostinone (PP) e de vereadores uma visita no órgão com técnicos e posteriormente foi aos estúdios da Rádio Povo FM, para detalhar as mudanças que ocorrerão no Hospital. Em entrevista, Adélia disse que, a partir de setembro, o HMJ já funcionará sob nova gestão: ”Nós estamos cumprindo os passos para que de fato o hospital de Jaguaquara passe a gestão do Estado. É importante dizer que esse hospital, que já foi vinculado ao Estado, deixou de ser e isso fazia parte de uma política daquele governo, que concentrava a gestão dos hospitais na capital e procedeu a uma série de municipalização de unidades no interior. Eu faço parte de um governo que, nos últimos quinze anos, vem trabalhando com a regionalização da saúde. Por tanto, em cada macrorregião há, pelo menos, um hospital de grande porte fazendo assistência de média e alta complexidade, como é o caso do Prado Valadares [em Jequié] e no entorno da macrorregião também as regiões de saúde precisam ter um conjunto de atividades que se voltem para a assistência à saúde e esse é o nosso compromisso, já assumido publicamente pelo governador Rui Costa de estadualização e hoje demos mais um passo, conversando com as lideranças políticas, com a prefeita, vereadores e Conselho de Saúde para fazermos essa transição. A nossa expectativa é de que ao longo do mês de setembro a chave esteja girada. É óbvio que nessa transição haverá um planejamento de incorporação de novos serviços que serão ofertados e uma aproximação com a alta complexidade que o Prado Valadares oferece”, disse a titular da Sesab.

Ainda de acordo com a secretária, em razão do período eleitoral, o vínculo dos servidores do Hospital será direto com a máquina estadual e não com uma entidade. Conforme apurou o Blog do Marcos Frahm, a unidade funciona atualmente com cerca de 144 servidores, entre profissionais efetivos e contratados.

Em outubro de 2020, o HMJ foi reinaugurado pelo ex-secretário de Saúde Fábio Vilas-Boas na presença do prefeito que exercia o cargo, Giuliano Martinelli (PP), com investimentos de cerca de R$ 6 milhões do Governo, mesmo a unidade sendo municipal. Os gestores, ao longo das últimas gestões tem alegado dificuldades financeiras para gerir o Hospital, que custa aos cofres municipais cerca de R$ 700 mil /mês.

Prefeitura de Jequié e entidades representativas promovem Fórum de Desenvolvimento Regional

/ Jequié

Fórum de Desenvolvimento envolveu lideranças. Foto: PMJ

A Prefeitura de Jequié, em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Jequié (ACIJ), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato Rural de Jequié e Sindicato do Comércio Varejista e dos Feirantes de Jequié (Sicomércio), promoveu, nesta terça-feira (2), o Fórum de Desenvolvimento Regional.

Estiveram presentes o prefeito de Jequié, Zé Cocá; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Celso Galvão; o ex-governador da Bahia e ex-senador, Cesar Borges; o presidente da ACIJ, Hugo Britto; o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Antônio Trifino Júnior; o presidente do Sicomercio, Renildo Neri da Silva; o superintendente de Desenvolvimento Científico, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado da Bahia (SECTI), Handerson Leite; o representante da Bamin, Henrique Freitas; o gestor de Projetos Carteira de Comércio do SEBRAE/Jequié, Claudio de Oliveira Machado; o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais da Bahia (Faceb), Clóvis Cedraz; o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FCDL), Pedro Failla; o representante da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Carlos Danilo; Marcus Oliveira, representante da Bahia Gás; Núbia Moura, do Instituto Federal da Bahia/campus de Jequié; Heminny Galvão, da Yamana Gold Mineradora; entre outras entidades e órgãos e representantes da imprensa.

”A palavra de hoje é construção, a provocação principal que esse Fórum nos traz é perceber esse potencial regional e construirmos juntos as bases de legislação, como o prefeito trouxe na sua fala, para que as Prefeituras, os órgãos públicos, se preparem para o momento de desenvolvimento que teremos à frente. Esse momento já está em curso, os dias melhores já estão acontecendo em nosso município e toda região.”, destacou o secretário de Desenvolvimento Social, Celso Galvão.

Caixa Econômica Federal anuncia R$ 5,7 bi em empréstimos para micro e pequenas empresas

/ Economia

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (23) que seus empréstimos da nova fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) chegaram a R$ 5,7 bilhões. Ao todo, a Caixa atendeu a 58,6 mil contratos de empréstimo na linha com juros mais baixos foram assinados por micro e pequenos empresários.

Nessa nova fase, o programa ainda permitiu a liberação de crédito para Microempreendedores Individuais (MEI), o que ajudou a impulsionar os números. A mudança não somente incluiu o grupo como expandiu o volume de recursos destinados ao Pronampe. A medida garante empréstimos para MEIs com faturamento de até R$ 86 mil.

Ao todo, o banco pode operacionalizar R$ 19,8 bilhões por meio desta linha de crédito e informou que tem cadastro pré-aprovado de outros 29,2 mil clientes. O potencial de ganho para a carteira de crédito com essas novas entradas seria de R$ 2,7 bilhões.

O prazo máximo para o pagamento é de 48 meses, sendo o máximo de carência de 11 meses e mais 37 parcelas para o empréstimo. A taxa de juros máxima que será cobrada dos empreendedores no programa será igual à taxa Selic (táxa básica de juros) — atualmente em 13,25% ao ano, acrescida de 6%, isto é, aproximadamente 19,25% ao ano.

O Pronampe é um programa que disponibiliza empréstimos para pequenas empresas com juros mais baixos e prazo maior para começar a pagar. Ele foi criado para ajudar empresários a enfrentar a crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus.

Ministério Público abre inquérito para investigar suposto abuso de poder econômico de João Roma

/ Justiça

Roma é candidato a governador pelo PL. Foto: Rede social

O Ministério Público Eleitoral abriu investigação para apurar um suposto abuso de poder econômico e propaganda irregular que teriam sido cometidos pelo candidato ao Governo da Bahia, João Roma (PL). A decisão foi publicada na edição desta terça-feira (23), no Diário Oficial do Judiciário.

Na representação, o autor da denúncia relatou que recebeu, por intermédio do aplicativo Whatsapp, mensagem com conteúdo eleitoral de Roma, antes do período oficial da campanha, que começou no dia 16 de agosto, sem que tivesse autorizado o envio.

Ainda conforme o MPE, ”o noticiante anexou print da mensagem e requereu que o fato fosse apurado, inclusive, a obtenção de dados telefônicos dos eleitores e as despesas com os disparos das mensagens”.  Caso seja condenado, Roma pode ter o registro ou diploma de candidato cassado, conforme preveem os artigos 237 do Código Eleitoral e 19 e seguintes da Lei Complementar nº. 64/1990.

O Procedimento Preparatório Eleitoral ficará sob responsabilidade do Procurador Regional Eleitoral Auxiliar, Samir Cabus Nachef Júnior. Pelo mesmo motivo de Roma, o MPE também inquérito para investigar o candidato a deputado estadual Gerson Gabrielli (PSC).

Os eleitores que identificarem indícios de irregularidade durante as Eleições 2022 podem enviar denúncias via aplicativo Pardal ou pelo site do TSE (veja aqui e aqui). Com informações do site Bahia Notícias

”Eu tenho direito a não ter um candidato”, diz ACM Neto em entrevista sobre eleições presidenciais

/ Política

Candidato a governador pelo UB, ACM Neto. Foto: Divulgação

O candidato a governador da Bahia, ACM Neto (União), declarou, novamente, que não possui um ”favorito” para as eleições presidenciais neste ano. Em entrevista ao programa Boa Tarde Bahia, da Band, nesta terça-feira (23), o ex-prefeito de Salvador ressaltou que irá dialogar com qualquer um dos candidatos que vencer a corrida eleitoral.

Questionado sobre a relação com o governo federal, caso seja eleito, ACM Neto relembrou os tempos em que foi prefeito de Salvador e afirmou que dialogou com os governadores Jaques Wagner (PT) e Rui Costa (PT), mesmo sendo considerados ”rivais”. Além disso, Neto declarou que sua posição de neutralidade é o ”melhor para a Bahia”.

”Após a eleição, eu construí as pontes, tanto com Jaques Wagner quanto Rui Costa. O maior exemplo disso é o enfrentamento da pandemia quando a prefeitura e o governo do Estado trabalharam conjuntamente e conseguiram salvar muitas vidas. Tenho o direito de não ter um candidato à presidência, de não fechar meu palanque, e mais do que isso, tenho a convicção de que isso é melhor para a Bahia e aos baianos”, afirmou Neto.

O ex-prefeito de Salvador explica que a postura de neutralidade em relação às eleições presidenciais dá a possibilidade de uma maior abertura de um diálogo entre ele, caso eleito governador, e o futuro presidente da República. Neto também falou que conseguiu ter interlocuções com os ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB) e, também, com o atual chefe do executivo federal, Jair Bolsonaro (PL).

”Nós não temos bola de cristal, a gente não sabe quem vai se eleger em outubro. Essa minha postura me dá condições de procurar qualquer um que vença as eleições no Brasil, e construir as pontes. Eu construí pontes com Dilma, construí pontes com Temer e com Jair Bolsonaro, Salvador não teve nenhum prejuízo”, explicou o candidato. As informações são do Bahia Notícias

PT da Bahia articula vinda de Lula para atos com Jerônimo Rodrigues em Salvador e no interior

/ Política

Não há data definida para a vinda de Lula. Foto: Divulgação

O PT da Bahia tem negociado com a direção nacional do partido uma vinda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – candidato à presidência da República – para atos com Jerônimo Rodrigues (PT) – postulante ao governo baiano – tanto em Salvador quanto no interior do estado.

De acordo com o presidente estadual do PT, Éden Valadares, ainda não há uma data definida para a vinda de Lula. Entretanto, a direção do partido na Bahia está mantendo contatos com a coordenação da campanha nacional para definir a melhor data.

”Não há data definida para a vinda do presidente Lula à Bahia. Estou dialogando com a presidenta Gleisi e com a coordenação da campanha de Lula. O mais provável é que a gente construa uma agenda com Lula no interior e na capital. Seguimos dialogando sobre o melhor dia. Quando tivermos data oficial, comunicaremos”, disse Éden ao Bahia Notícias.

A campanha petista na Bahia tem feito esforços para reforçar a ligação de Jerônimo com Lula, que goza de grande popularidade no estado. Na avaliação do PT baiano, a associação de Rodrigues com o ex-presidente da República é um fator decisivo para a sonhada quinta vitória consecutiva do grupo.

Bahia registra 934 casos de Covid-19 e 14 óbitos pela doença em 24h, diz boletim epidemiológico

/ Bahia

A Bahia registrou 14 mortes e 934 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h, segundo mostrou o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), nesta quarta-feira (17).

Com isso, o estado chega a 30.602 mortes pela doença desde o início da pandemia. Atualmente, 944 casos encontram-se ativos.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento da doença continua baixa, com 18% dos leitos ocupados em todo o estado.

Vacinação

Até o momento a Bahia tem 11.672.254 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.844.761 com a segunda dose ou dose única, 7.071.799 com a dose de reforço e 1.852.313 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.027.677 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 641.534 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 e 4 anos, 29.534 tomaram a primeira dose.

Santo Antonio de Jesus: Após onda de violência, forças de segurança intensificam operações na cidade

/ Polícia

Em 48 horas, 10 pessoas foram vítimas de tiros. Foto: Blog do Valente

Diante do clima de insegurança e o grande número de ocorrências policiais registradas nos últimos dias em Santo Antônio de Jesus, o comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel Edmundo Assemany, informou nesta terça-feira (23), em entrevista ao site Acorda Cidade, que está intensificando as ações de policiamento e combate à criminalidade e guerra entre facções rivais, no município situado no Recôncavo Baiano.

Em cerca de 48 horas, 10 pessoas foram vítimas de tiros na cidade de Santo Antônio de Jesus. Os ataques tiveram início no último sábado (20), um criança de 1 ano e um homem de 51 foram baleados. Já no domingo (21), duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas, após um homem deflagrar tiros em uma feira livre.

Ontem (22), três criminosos foram baleados e mortos pela Polícia Militar, durante uma operação conjunta do 14º Batalhão, a Polícia Rodoviária Federal e a Cipe Litoral Norte, na região do Trevo de Amargosa.

De acordo com o coronel Assemany, os indivíduos faziam parte de uma facção criminosa e estavam indo em direção a Santo Antônio de Jesus para realizar ataques a facções inimigas.

”Conseguimos interceptar ainda na rodovia um veículo que estava vindo para Santo Antônio de Jesus com o objetivo de praticar mais um ataque contra as facções rivais. O veículo foi interceptado, não parou, foi perseguido, os indivíduos efetuaram disparos contra as guarnições, tanto do 14º Batalhão, quanto da Cipe, houve o confronto, foram baleados, socorridos para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, onde foram a óbito. Todo o material, duas pistolas calibre 40 e outro revólver calibre 38 foram apresentados na delegacia do município, onde o fato foi registrado. Três elementos mortos, esses indivíduos são de uma facção, que a gente suspeita terem participado do ataque que aconteceu na feira livre no último domingo e culminou na morte de dois homens e outras quatro pessoas ficaram feridas”, informou.

Conforme o coronel é a guerra entre as facções a responsável pelo aumento da criminalidade em Santo Antônio de Jesus, sobretudo porque a cidade é considerado um grande entreposto para a distribuição e venda de drogas pelo tráfico.

”Santo Antônio de Jesus é a cidade conhecida como a capital do Recôncavo, que é margeada por uma rodovia federal e outras rodovias estaduais, então é um entreposto importante para o tráfico de drogas, do ponto de vista de distribuição para toda a região. Então nas análises que fizemos de inteligência, já verificamos isso, que por conta da localização da cidade, a proximidade com Salvador, com Feira, com outras cidades da região, e serve como um entreposto para o tráfico. Então essa disputa pelo dominío das facções dentro do município estão ocasionando esses crimes que temos acompanhando”, comunicou.

Com base no levantamento destas informações, o comandante esclareceu que por orientação do Comandante da Região Leste, coronel Alberto Piton, o 14º Batalhão da Polícia Militar de Santo Antônio de Jesus irá intensificar o policiamento com o apoio de tropas especializadas da Rondesp Leste, Cipe Litoral Norte, dentre outros órgãos de segurança.

”Nós estamos intensificando o policiamento da cidade, que é uma orientação e preocupação do coronel Piton, que é o comandante regional do leste e cobre a área de Santo Antônio de Jesus também. Ele foi comandante aqui do 14º, então ele entende bastante a dinâmica da criminalidade e tem ajudado muito do nosso trabalho. Recentemente, também recebemos o apoio de tropas especializadas da Rondesp Leste e da Cipe Litoral Norte. Então estamos intensificando as abordagens a veículos, transeuntes, de combate ao tráfico de drogas e os crimes violentos letais intencionais, que são os homicídios. E temos uma parceria importante com a 4ª Coorpin, o delegado Joaquim tem sido um grande colaborador deste trabalho, trazendo informações de inteligência, passando para a gente demandas importantes que estão ajudando no nosso trabalho”, salientou.

Ainda na avaliação do comandante, o trabalho da segurança pública tem que ser conjunto, envolvendo não apenas a participação da polícia, mas também de outros órgãos para o combate à criminalidade, como o Ministério Público e a Justiça.

”Desde a prisão pela Polícia Militar, passando pelo registro na delegacia, o encaminhamento para o Ministério Público, a denúncia oferecida na Justiça, o julgamento, a condenação e o cumprimento da pena. Todas as esferas precisam trabalhar de forma harmônica, respeitando os papéis sociais, com foco no combate à criminalidade”, pontuou.

Caminhão – tanque desengrenado avança e atinge bomba em posto de combatíveis em Jequié

/ Jequié

Caminhão avançou e atingiu bomba de combustível. Foto: Rede social

Um caminhão – tanque atingiu uma bomba de combustível em um posto na tarde desta terça-feira (2), no Bairro Cidade Nova, em Jequié.

Segundo informações, o motorista teria estacionado o veículo, mas o caminhão estava supostamente desengrenado quando avançou e atingiu o equipamento. Ninguém ficou ferido, mas o susto foi grande para os funcionários do estabelecimentos, inclusive com risco de explosão.

Cade e ANP devem apresentar ao Supremo Tribunal apurações sobre política de preço da Petrobras

/ Economia

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) devem apresentar, no prazo de cinco dias, detalhes de ações a serem adotadas para ”para garantir a transparência e regularidade dos preços praticados em relação aos combustíveis no país”. A determinação é do ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com o magistrado, essas medidas terão de ser implementadas em 30 dias. ”Devem a ANP e o Cade adotar as providências acima determinadas no sentido de trazer transparência sobre a política de preços da Petrobras e a regularidade dessa política à luz da legislação vigente”, diz Mendonça na decisão.

De acordo com o G1, a decisão se deu no âmbito de uma ação que discute a regulamentação dos estados sobre o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) único para combustíveis.

O ministro analisou informações prestadas ao STF pela Petrobras, ANP e Cade a respeito dos critérios adotados pela estatal para a sua política de preços dos combustíveis, sobre os procedimentos de fiscalização instaurados pela ANP com relação à transparência das políticas de preços dos combustíveis no país e dos procedimentos abertos pelo Cade para averiguar a regularidade da atuação da Petrobras no mercado de combustíveis.

Prefeitura de Jequié segue com obras de infraestrutura viária e construção dos bueiros em estradas vicinais

/ Jequié

E o trabalho consiste na colocação de manilhas. Foto: PMJ

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente, vem realizando as obras de recuperação e de manutenção das estradas rurais e, com isso, vem devolvendo a trafegabilidade dessas vias, auxiliando os moradores e pequenos produtores rurais, com a melhoria da acessibilidade nessas localidades. Entre as intervenções que propiciam mais segurança à quem utiliza as vias rurais, estão a reestruturação de pontes e a instalação de bueiros, como os que estão sendo construídos no povoado de Campo Largo, distrito de Florestal.

A ação tem como objetivo garantir mais durabilidade das obras de restauração das estradas, permitindo que as águas escoam para as margens da via e não na pista de rodagem, evitando a erosão e o surgimento de valetas. E o trabalho consiste na colocação de uma sequência de manilhamento em concreto, que servem como ponto de coleta e drenagem de águas pluviais, possibilitando que não haja alagamento, o solo fique seco ou menos poroso e, assim, mais resistente ao desgaste.

De acordo com o secretário de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente, José Claudemiro Passos, essas canalizações são essenciais para prolongar a durabilidade das obras de recuperação, pois em alguns trechos, as passagens ficam completamente destruídas após longos dias de chuva, prejudicando a vida das famílias rurais.

Ministro da Saúde anuncia campanha sobre a varíola dos macacos; ”A letalidade dessa doença é baixa”

/ Saúde

Com o conceito Varíola dos Macacos: Fique Bem com a Informação Certa, o Ministério da Saúde lançou, nesta segunda-feira (22), em Brasília,  a Campanha Nacional de Prevenção à doença. A ideia é conscientizar a população sobre a transmissão, contágio, sintomas e prevenção, além de dar orientações sobre o que fazer em casos suspeitos de varíola dos macacos.

Números

Em todo o mundo, foram registrados mais de 41,5 mil casos da doença. No Brasil, conforme a última atualização do Ministério da Saúde, de 21 de agosto, há 3.788 casos confirmados. A campanha adverte que a principal forma de prevenção é evitar contato com pessoas infectadas ou objetos contaminados como, por exemplo, copos, talheres, lençóis e toalhas.

Outro ponto destacado pelas autoridades de saúde é que a fase de incubação do vírus pode ser de cinco a 21 dias. Nesse período é possível haver transmissão. Entre os casos registrados, o contágio ocorre, especialmente pelo contato físico pele a pele com lesões ou fluidos corporais. Em pessoas infectadas, febre, erupções cutâneas, inchaço dos gânglios (ínguas), dor no corpo, exaustão e calafrios são os sintomas mais comuns.

Tratamento

Durante o lançamento da campanha, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, destacou que o fato de não existir um tratamento específico para a doença não quer dizer que ela não tenha tratamento. Segundo Queiroga, sintomas como dor podem ser amenizados com medidas específicas.

O ministro da Saúde fez questão de falar sobre a diferença da varíola dos macacos para a covid-19. ”A letalidade dessa doença é baixa. O vírus é diferente. O vírus da covid-19 é o vírus de RNA. Portanto é o vírus que sofre mutações com maior frequência ao passo que o vírus de DNA [da varíola dos macacos] tem um potencial menor de ter mutações, o que engana até as vacinas que são desenvolvidas com tecnologias sofisticadas”, explicou.

Vacinas

O Ministério da Saúde iniciou no mês passado as tratativas com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e a OMS para a compra de 50 mil doses da vacina contra a doença. ”É necessário que haja um contrato a ser firmado pelo Ministério da Saúde com a Opas, para deixar isso bem claro, para que tenhamos uma previsão de entrega dessas vacinas. A previsão era de que se entregasse no fim do mês de agosto. A Socorro [Gross, representante da Opas] me informou que seria no começo de setembro. Seriam duas remessas, são três agora. Há uma carência desse insumo a nível mundial”, justificou Queiroga.

Na última sexta-feira (19), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação excepcional de remédios e vacinas que anda não têm registro no Brasil. A previsão é de que a primeira, de três remessas, chegue no início de setembro. Sobre esses imunizantes, Marcelo Queiroga explicou que como a imunização completa requer duas doses, elas serão suficientes para vacinar 25 mil pessoas. Os primeiros a receber a vacina serão profissionais da saúde que atuam diretamente com o vírus.

Antiviral

Assim como ocorre com as vacinas, como não há no Brasil nenhum representante do antiviral no país, o Ministério da Saúde também solicitou à Opas a compra de 10 doses do tecovirimat para tratamentos imediatos, e outras 50 unidades para casos graves. A pasta negocia ainda o transporte de mais 12 unidades doadas pelo laboratório produtor, e a compra de mais 504 doses.

TSE

O lançamento da campanha hoje ocorre após o ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), autorizar a veiculação de peças publicitárias do governo federal sobre o tema até o dia 30 de agosto. A legislação eleitoral brasileira proíbe qualquer publicidade institucional que possa configurar o uso abusivo da máquina pública para promoção de governantes durante os três meses antes das eleições, por isso, precisou ser analisada pela Justiça Eleitoral. Em sua decisão, Fachin ressaltou que a divulgação da campanha é de interesse público. Ainda pela decisão, todo o material da campanha deve ser veiculado em uma página específica sobre a varíola dos macacos.

Ainda com objetivo de esclarecer a população sobre a doença , Queiroga adiantou que aguarda nova autorização do TSE, desta vez, para gravar um pronunciamento em cadeia de rádio de TV com informações técnicas sobre a varíola dos macacos para esclarecer a população. Da Agência Brasil

Homem é preso com quase 25 kg de maconha na BR-116; droga foi encontrada por cadela

/ Polícia

Cadela encontra drogas na bagagem de um dos passageiros. Foto: PRF

Um homem foi preso em flagrante por transportar quase 25 kg da maconha em um ônibus interestadual em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, nesta segunda-feira (22). As drogas foram encontradas pela cadela K9 Raia, na BR-116, durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O ônibus havia saído de São Paulo (SP) com destino a Aurora (CE). O suspeito, de 20 anos, é morador de São Paulo e disse para polícia que ganharia R$ 1,5 mil para entregar a mala em Recife (PE).

O homem e as drogas apreendidas foram encaminhados para uma delegacia da região. Também nesta segunda, em um ônibus em Vitória da Conquista, a PRF apreendeu 37 cigarros eletrônicos e 20 receptadores digitais de TV provenientes do Paraguai e sem nota fiscal. Os materiais foram apreendidos devido aos crimes de descaminho e contrabando. G1