Morador do Município de Xique-Xique é apontado como 25° caso de varíola dos macacos na Bahia

/ Saúde

Um morador de Xique-Xique é apontado como o 25° caso da chamada varíola dos macacos na Bahia. A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado nesta quarta-feira (10). A Monkepox se assemelha à varíola humana, já erradicada desde 1980. Antes de Xique-Xique, o último caso tinha sido confirmado em Feira de Santana, onde um homem, de 29 anos, tinha sido diagnosticado com a enfermidade.

Além desses, a Sesab apontou 17 casos em Salvador, 2 em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo; e 1 caso nos municípios de Cairu; no Baixo Sul; em Conceição do Jacuípe; no Portal do Sertão; em Ilhéus; no Litoral Sul; e em Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá.

Doença com origem em roedores, a varíola dos macacos causa sintomas como febre, dor de cabeça, dores musculares, calafrios e exaustão. A infecção apresenta duas fases. A primeira vai até cinco dias, com febre, dor de cabeça e dores das costas.  Entre o primeiro e o terceiro dia começa o aparecimento da febre, com a consequente aparecimento das manchas.

*por Francis Juliano / Bahia Notícias

Bombeiros resgatam corpo de mulher vítima de afogamento na Barragem da Pedra, em Jequié

/ Jequié

Polícia já ouviu os responsáveis pela embarcação na Barragem

Após quatro dias de buscas nas águas do Rio de Contas, na Barragem da Pedra, em Jequié, bombeiros militares do 8º Grupamento e do 7º Grupamento de Vitória da Conquista resgataram, no final da manhã desta quinta-feira (11), o corpo de Bianca Marciel Moura, de 29 anos, que estava desaparecida desde o último domingo (7), quando ocupava uma embarcação na companhia da prima e dois homens.

Conforme nota anterior publicada pelo Blog do Marcos Frahm, Bianca, moradora no bairro São Judas, teria saído de casa no domingo e desapareceu depois de um passeio de lancha com outras três pessoas que já foram intimadas pela Delegacia Territorial para esclarecimentos sobre o caso.

Bombeiros fizeram buscas durante quatro dias na Barragem

O corpo da jovem foi encontrado  na região do Sítio Boa Amizade e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica foi acionada para realização do levantamento cadavérico e encaminhamento do corpo ao Instituto Médico Legal.

Caminhões pegam fogo em galpão de empresa responsável por obras de asfaltamento em Jequié

/ Jequié

Incêndio ocorreu na tarde desta quinta-feira. Foto: WhatsApp

Caminhões da empresa CTA, construtora responsável pela realização de obras de asfaltamento pelo Município em Jequié pegaram fogo num galpão utilizado na Avenida Parque de Exposições, no bairro Jequiezinho.

O incêndio teve início por volta das 14h quando duas caçambas da CTA pegam fogo. Um servidor que atuava no canteiro de obras tentou debelar as chamas e acabou sofrendo queimaduras, sendo socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV.

Viaturas da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e Cipe Central foram ao local depois de informações acerca do incêndio, que será apurado.

Carreta transportando carregamento de madeira tomba na BR-420, em Ubaíra, Vale do Jiquiriçá

/ Trânsito

Carreta tombou em curva da BR-420. Imagem: Binho / Ubaíra

Já são três acidentes registrados na região do Vale do Jiquiriçá, nesta quinta-feira (11). No início da tarde, uma carreta que transportava um carregamento de madeira tombou numa curva da BR-420, no perímetro urbano da cidade de Ubaíra, provocando a interdição do tráfego no trecho. De acordo com informações de leitores do BMFrahm, o motorista saiu ileso do acidente ocorrido num local de grande fluxo.

Caminhão transportando abacaxi tomba na BA-250, trecho de Lajedo do Tabocal, sem vítimas

/ Trânsito

Caminhão tombou, mas não deixou vítimas. Foto: Leitor/BMFrahm

Horas depois do acidente na Serra do Mutum, na BR-116, outro acidente foi registrado na região do Vale do Jiquiriçá. Um caminhão que levava um carregamento de abacaxi tombou na BA-250, trecho que compreende o Município de Lajedo do Tabocal, mas não houve vítimas, conforme informações apuradas pelo BMFrahm.

Jaguaquara: Acidente com caminhão transportando cerâmica deixa feridos na Serra do Mutum, diz PRF

/ Trânsito

Acidente aconteceu na altura do KM 644. Foto: Leitor/BMFrahm

Um caminhão transportando um carregamento de cerâmica tombou na altura do KM 644 da Rodovia Santos Dumont BR-116, trecho que compreende o Município de Jaguaquara, na manhã desta quinta-feira (11).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal – PRF, o veículo era ocupado por motorista de passageiro e um deles sofre lesões graves, sendo encaminhado para ser submetido a procedimentos no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié. O que sofre ferimentos graves foi o condutor. Em razão do acidente, o trânsito na BR-116 sofreu interdição parcial até às 07h. As vítimas são oriundas da cidade de Jaguaquara.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística confirma safra baiana de grãos 8,2% maior em 2022

/ Economia

A 7ª estimativa da safra baiana de grãos, divulgada nesta quinta-feira (11) pelo IBGE, confirma uma alta de 8,2% maior do que no ciclo anterior (2020/21). Isso representa uma colheita de 11.361.707 toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas.

A soja segue como a principal produto agrícola do estado, com uma previsão de colheita recorde de 7,241 milhões de toneladas em 2022. Houve crescimento de 6,0% (ou mais 406,7 mil toneladas) em relação a 2021.

O produto, sozinho, é responsável por 63,7% da produção de grãos baiana. A área plantada com soja é de 1,823 milhão de hectares, 42,3% de toda a área plantada do estado (4,308 milhões de hectares).

A Bahia seguirá, em 2022, como a sétima maior produção de grãos do país, respondendo por 4,3% do total nacional. Mato Grosso manteve a liderança (30,6%). Este ano, de acordo com o Ibge, 12 das 26 safras de produtos investigados na Bahia devem ser maiores do que em 2021

Varíola dos macacos: uso de máscara será obrigatório em Feira de Santana, afirma prefeito

/ Saúde

Uso de máscara é obrigatório. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foi realizada na manhã desta quinta-feira (11), uma coletiva de imprensa promovida pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, junto com integrantes da Secretaria de Saúde, para transmitir as devidas orientações com relação à varíola dos macacos, já que ontem (10), o primeiro caso foi confirmado na cidade.

Em entrevista ao Programa Acorda Cidade, o prefeito Colbert Martins, informou que uma portaria será baixada ainda nesta sexta-feira (12), obrigando que a população volte a fazer o uso da máscara, desta vez, para evitar a transmissão da varíola dos macacos.

”Aqui em Feira de Santana, nós iremos colocar a imposição do uso da máscara em todos os ambientes públicos, em todos os ambientes fechados, em transporte coletivo, supermercados, porque o objetivo é impedir a transmissão e claro, ajudar na proteção individual porque ainda não temos vacinas. Ainda na manhã de hoje, terei uma nova reunião com a equipe de epidemiologia da Secretaria de Saúde, e devemos ter este decreto ainda editado e publicado a partir de amanhã”, explicou.

De acordo com o prefeito, o município de Feira de Santana, ainda possui três casos suspeitos aguardando o resultado final.

”Do que nós já temos de informação, é que um caso foi dado como positivo, três casos suspeitos e dois foram descartados. É absolutamente fundamental que haja o isolamento, porque existe um prazo para esta transmissão, cerca de 6 até 16 dias, mas o isolamento é importante para evitar a transmissão da doença”, concluiu.

O caso de varíola dos macacos que já foi confirmado na cidade é de um jovem de 29 anos. De acordo com o prefeito ele foi até uma unidade de saúde para fazer um outro exame e houve a suspeita. Desta forma, ele foi encaminhado para realização do teste. As informações são do site Acorda Cidade

Agosto Branco chama atenção para importância da prevenção do tipo de câncer de pulmão

/ Saúde

Instituído há cinco anos, o Agosto Branco chama a atenção para a importância da prevenção do tipo de câncer que mais causa mortes no mundo: o de pulmão. Foram 1,7 milhão de vítimas no mundo em 2020, mais de 30 mil mortes apenas no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC).

Entre os principais fatores de risco para esse tipo de câncer estão o tabagismo, a poluição do ar, o contato com substâncias químicas como o asbesto (amianto) e derivados da queima de petróleo, e histórico familiar de câncer.

”O principal fator de risco é o tabagismo: 85% dos casos de câncer de pulmão são relacionados ao cigarro, ao fumo direto do tabaco. Há outros 15% dos pacientes que nunca fumaram. E aí existem vários fatores de risco que podem estar associados no que a gente chama de população não tabagista, que são fatores genéticos; poluição ambiental; exposição a determinados gases e metais pesados, principalmente no trabalho, como sílica; e os fumantes passivos, que são aqueles que convivem com pessoas fumantes no mesmo ambiente”, destaca a oncologista Aknar Calabrich.

Entre os sintomas principais do câncer de pulmão estão tosse por mais de um mês, com presença de sangue ou com piora progressiva; dor torácica persistente não associada a traumas; falta de ar e dificuldade para respirar; perda de peso inexplicada e não intencional.

O câncer de pulmão normalmente é silencioso e apenas diagnosticado em estágios avançados. Os sintomas iniciais da doença não são muito claros e aparecem tardiamente. Diante desse quadro, a oncologista alerta que a detecção precoce é o ponto-chave para ampliar as chances de um tratamento efetivo.

”A principal prevenção é parar de fumar. Isso reduz não só o câncer de pulmão, mas o câncer de bexiga, câncer de boca, câncer de pâncreas e outros tipos de câncer. E existem alterações de hábitos de vida que reduzem o risco de câncer de uma forma geral, que são a prática de atividades físicas, o sono regular, o controle de peso, e priorizar frutas e verduras”, ressalta.

Para quem é fumante ou fumou no passado, a orientação é de manter consultas regulares com médico pneumologista e a realização de tomografias de rastreamento para aumentar as chances de um diagnóstico precoce.

Calabrich destaca ainda que há suspeitas de que os cigarros eletrônicos causem o câncer de pulmão. Também conhecidos como vaporizadores, eles possuem capacidade de promover a dependência de nicotina ainda maior de que o cigarro comum, além de causar, em curto prazo, danos respiratórios e cardiovasculares.

”Há uma tendência de diminuição do tabagismo mundialmente, mas na contramão está chegando o cigarro eletrônico. Nele existem substâncias que não só causam dependência, como a nicotina, mas também a combustão de outras substâncias que a gente não conhece, porque não são produtos regularizados. Existe a queima de produtos que a longo prazo tem dado não só problemas respiratórios, de queimaduras no pulmão, doenças como pneumonia lipoídica, mas existe, sim, a suspeita do risco de desenvolvimento de câncer de pulmão”, explicou.

Apesar de a maior incidência da doença em pessoas fumantes, o cirurgião torácico do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), Pedro Nabuco, alerta que não é correto pensar que quem nunca fumou não precisa se preocupar com o câncer de pulmão.

”Existe um estigma de que o câncer de pulmão ocorre somente em quem fuma ou já fumou, e isso não é verdade. É importante registrar que o câncer de pulmão pode ocorrer em pessoas que não têm qualquer relação com o cigarro, existindo, inclusive, mutações genéticas que podem acontecer de forma independente aos hábitos tabagistas”, destaca.

”É comum que pacientes não fumantes descubram o tumor ao investigar outras condições, como a covid-19, por exemplo. Durante a pandemia, foram diagnosticados muitos tumores incidentalmente, por conta do aumento na quantidade de exames de imagem, como o raio-x e a tomografia, realizados em pacientes com suspeita de infecção por covid-19”.

Janaina Paschoal pede que Michelle Bolsonaro ”não plante semente da divisão religiosa”

/ Política

Janaina Paschoal (PRTB) se emocionou no plenário. Foto: Reprodução

A deputada estadual Janaina Paschoal (PRTB) se emocionou no plenário da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) ao pedir que a primeira-dama Michelle Bolsonaro ”não plante a semente da divisão religiosa” no Brasil.

À reportagem, ela diz que ”a cisão religiosa é mais perigosa do que a cisão política”. A parlamentar se refere a uma fala da mulher do presidente Jair Bolsonaro (PL) contrária a religiões de matriz africana.

”Eu peço cautela à nossa primeira-dama”, afirmou Janaina em sessão na terça-feira (9). “Não tem nada pior do que isso. Nós somos um povo de evangélicos, católicos, espíritas, umbandistas, candomblecistas, muçulmanos, judeus, budistas e de hinduístas, e eu quero que todos sejam respeitados”.

Ela aponta que ”não é nada contra a primeira-dama”, mas que se sentiu no dever de ”respeitosamente alertar”, e que alguns colegas” não a compreenderam.

Nesta quarta (10), o deputado Gil Diniz (PL) foi à tribuna da Casa defender a primeira-dama e diz que está acontecendo um ”verdadeiro massacre” contra ela.

Na segunda-feira (8), Michelle Bolsonaro compartilhou uma publicação que afirmava que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ”entregou sua alma para vencer essa eleição”. O texto era acompanhado por um vídeo que exibia encontros do petista com lideranças de religiões de matriz africana.

”Isso pode, né! Eu falar de Deus, não!”, escreveu Michelle ao compartilhar uma postagem da vereadora Sonaira Fernandes (Republicanos). O episódio causou uma série de reações. O babalorixá e pesquisador Sidnei Nogueira disse que o corpo jurídico do Instituto de Defesa dos Direitos das Religiões Afro-Brasileiras (Idafro) acompanha de perto os desdobramentos da fala de Michelle.

À coluna, ele classificou o comportamento dela como irresponsável. A Frente Inter-religiosa Dom Paulo Evaristo Arns por Justiça e Paz também pediu que a primeira-dama se retratasse por falas recentes de caráter religioso.

A socióloga Rosângela da Silva, a Janja, também reagiu a publicação. ”Eu aprendi que Deus é sinônimo de amor, compaixão e, sobretudo, de paz e de respeito. Não importa qual a religião e qual o credo. A minha vida e a do meu marido sempre foram e sempre serão pautadas por esses princípios”, postou a mulher de Lula no Twitter, sem citar o nome de Michelle.

Mônica Bergamo/Folhapress

Marqueteiro baiano João Santana tem AVC e é internado no Hospital Sírio-Libanês, em SP

/ Saúde

Santana está internado em observação na UTI. Foto: Roda Viva

O jornalista baiano João Santana, marqueteiro da campanha de Ciro Gomes, candidato à Presidência da República do PDT, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico. Ele está internado em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Segundo a assessoria de comunicação do hospital, João Santana deu entrada na unidade na terça-feira (9), mas a informação foi confirmada nesta quarta.

A equipe informou que João Santana apresentou boa resposta inicial após o diagnóstico e tratamento específicos. O estado de saúde dele é estável e ele está sob os cuidados das equipes médicas do Prof. Dr. Roberto Kalil Filho e Dr. Ayrton Massaro.

De acordo com a assessoria do hospital, não há previsão para que João Santana tenha alta hospitalar. Fonte: G1/Bahia

Prefeitura de Jequié contempla mais duas vias públicas com Programa Asfalto Novo Por Toda Cidade

/ Jequié

Obras chegam ao ruas do eixo central da cidade. Foto: Divulgação/PMJ

Com o objetivo de ampliar o programa Asfalto Novo Por Toda Cidade, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Infraestrutura, deu início, na manhã quarta-feira (10), à pavimentação asfáltica de mais ruas do eixo central da cidade. Desta vez, as equipes de serviços estão atuando na Rua Milton Muniz, ao lado da Biblioteca Municipal e, em seguida, os trabalhos serão concentrados na Rua 21 de abril, na lateral da agência do Banco Bradesco.

As obras vão se somar às intervenções de infraestrutura urbana que vêm contemplando ruas em diversos bairros, distritos e localidades, com pavimentação asfáltica, recapeamento e pavimentação em concreto, ampliando a modernização viária por todo o município. As ruas Milton Muniz e 21 de abril, localizadas no perímetro central da cidade, apresentavam um desgaste crítico na antiga pavimentação e, por isso, estão recebendo obras de recapeamento e, assim que os serviços forem concluídos, ambas as vias estarão com uma nova cobertura em Concreto Betuminoso Usinado a Quente, proporcionando mais qualidade de vida aos moradores e uma maior trafegabilidade aos condutores.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Lucindo Menezes, os investimentos que vêm sendo feitos na infraestrutura viária fazem deste programa, o maior programa municipal de pavimentação da história.

”Estamos intensificando os trabalhos de pavimentação e o Asfalto Novo Por Toda Cidade segue de vento em popa, atuando no bairro Mandacaru, na Cidade Nova e, ainda, no Centro, com as obras de recapeamento asfáltico desses dois corredores centrais, a Rua Milton Muniz e a Rua 21 de abril. São obras de melhorias de infraestrutura viária que possibilitam mais conforto aos moradores, pedestres, ciclistas e motoristas. Além disso, a Prefeitura segue recuperando a pavimentação, com a Operação Tapa Buraco, procurando levar benfeitorias às vias públicas.”, disse o secretário de Infraestrutura, Lucindo Menezes.

Polícia Civil prende em Santa Inês homem pela prática de crime contra menor , informa a 9ª Coorpin

A Operação Infância Protegida, desencadeada nas primeiras horas desta quarta-feira (10), pela Polícia Civil da Bahia, da cidade de Santa Inês, com apoio de equipe do CATI/Central da 9ª Coorpin Jequié e equipe do Departamento de Polícia Técnica de Jequié foi dado cumprimento a mandado de busca e apreensão, em um imóvel, onde foi preso em flagrante, um homem por estar de posse de material pornográfico, mais especificamente fotografias contendo cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

A Operação foi deflagrada com o objetivo de combater a prática de armazenamento e divulgação de conteúdo sexual envolvendo crianças. O indivíduo foi recolhido à carceragem da unidade da Polícia Civil.  O flagranteado responderá pelo crime estabelecido no Art. 241-B da Lei 8.069/90, que dispõe sobre a conduta de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo crianças ou adolescentes.

Foram apreendidos dentro da casa e apresentados na DT de Santa Inês,  5 HD; um Notebook DELL Mini 10 de cor preta; um  Notebook ULtra de cor prata; um Notebook Samsung RV 411, de cor prata; um aparelho celular Multilaser e 4 pen drives

Jerônimo Rodrigues promete governo com inclusão social: ”Vou colocar o pobre no orçamento”

/ Política

Jerônimo conta com apoio de Lula e Rui Costa. Foto: Rede social

O candidato ao governo do estado Jerônimo Rodrigues (PT) garantiu, nesta quarta-feira (10), que o seu governo terá uma forte marca de inclusão social, combate à pobreza e a desigualdade. De acordo com o petista, a parceria com um futuro governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seria essencial para a diminuição nos índices de pobreza na Bahia e no Brasil.

”Meu governo terá uma forte marca de inclusão social, vou colocar o pobre no orçamento, oferecer oportunidade aos que mais precisam, trabalhando em parceria com o governo federal. Só é possível enfrentar a fome e a pobreza com emprego decente e distribuição de renda”, afirmou Jerônimo, em entrevista ao portal G1.

Jerônimo ressaltou que, apesar da falta de políticas federais e da falta de apoio, o governo da Bahia tem trabalhado e continuará trabalhando para reduzir o índice de pobreza no estado. O candidato a governador frisou ainda que sua trajetória é focada na causa da segurança alimentar e na agricultura familiar.

”Com Lula, Wagner e Rui, reduzimos a pobreza na Bahia. Colocamos o dinheiro direto na mão das famílias. Eram tempos de prosperidade, mas, com os retrocessos políticos e sociais, a pobreza voltou a subir, chegando a 18% dos baianos em 2018. O governo da Bahia tem trabalhado com firmeza para reduzir os efeitos dessa tragédia”, disse Jerônimo.

”Em 2020, mesmo com a pandemia, a pobreza na Bahia caiu para 11%. No período mais crítico da pandemia, liderei o maior programa de transferência de renda do país vinculada à educação. Não deixamos faltar comida na mesa dos estudantes da rede estadual. Manterei e ampliarei ações como esta”, finalizou.