Maior colégio eleitoral do Vale, Jaguaquara tem 34.655 eleitores aptos a votar em 2022

Jaguaquara é o maior colégio eleitoral do Vale. Foto: BMFrahm

O Estado da A Bahia tem 11.291.528 milhões de eleitores aptos a votar nas eleições de outubro deste ano. A informação foi divulgado na sexta-feira (15), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que publicou o perfil dos votantes em todas as regiões do país.

O aumento no número de cidadãos aptos a votar no estado corresponde aos pedidos de regularização eleitoral, 1º título e também à anistiados eleitores que deixaram de votar nas Eleições/2020 e não justificaram a ausência ao pleito.

No Brasil, 156.454.011 milhões de cidadãos poderão ir às urnas para escolher os novos representantes nos cargos de presidente da república, governador, senador, deputado federal e deputado estadual ou distrital. De acordo com o TSE, este é o maior eleitorado já cadastrado na história do país.

Vale do Jiquiriçá

Em Jaguaquara, por exemplo, maior colégio eleitoral do território de identidade Vale do Jiquiriçá, o número de eleitores aptos a votar é de 34.655. Ainda no Vale, por outro lado, Lafaiet Coutinho tem o menor número de votantes, 3.913 eleitores. *BMFrahm

Após assembleia, servidores públicos municipais aprovam proposta de greve em Jequié

/ Jequié

Servidores se reuniram em assembleia na Câmara. Foto: SINSERV

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jequié rejeitou a oferta de reajuste salarial do Poder Executivo, com a maioria entendendo que a mesma não atende seus anseios.

A proposta de 5% para toda categoria, com exceção dos 11% ofertados aos servidores enquadrados na Tabela F3 não agradou a categoria, que durante assembléia realizada nesta terça-feira (19) na Câmara Municipal decidiu pela paralisação de 72 horas, a partir do próximo dia (25).

Logo após a assembleia, a direção do SINSERV protocolou a notificação de greve na Prefeitura, conforme determina a legislação. O resultado da greve, no entanto, depende do empenho e do envolvimento de toda categoria, conforme frisou o presidente da entidade, Venício Lucena. ”A falta de sensibilidade, de atenção e de respeito para com os servidores municipais de Jequié levou a categoria a aprovar a greve. Das vezes que sentamos com o Executivo Municipal, ficou comprovado à viabilidade do Município de conceder o reajuste salarial reivindicado pela categoria. Chega de tanta intransigência”, disparou Venício.

Vale do Jiquiriçá: município de Ubaíra ganha agência do INSS, inaugurada nesta terça-feira

Ato inaugural contou com a presença do prefeito Lúcio. Foto: Rede social

A cidade de Ubaíra, no Vale do Jiquiriçá, passou a contar, a partir desta terça-feira (19), com uma agência do INSS para atender aos munícipes do município e região.

Inaugurada hoje, a unidade vai ser responsável pela manutenção de benefícios e vai facilitar a vida de quem já recebe algum tipo de benefício previdenciário ou assistencial, que terá um suporte mais próximo, além de poder tratar presencialmente de situações específicas que precisem de uma ida à agência.

O ato inaugural contou com a presença da população local, do prefeito Lúcio Monteiro e do Gerente Executivo do INSS, Gabriel Queiroz. Além de Ubaira, Itiruçu, Maracás, Mutuípe e Amargosa contam com sede do órgão federal no território

Amado Batista interrompe show após falha no som e abandona palco em Wenceslau Guimarães

/ Entretenimento

Amado interrompe show após falha no som. Foto: Rede social

O cantor Amado Batista interrompeu o show que fazia em Wenceslau Guimarães, cidade que fica no baixo sul da Bahia, após falha no som e abandonou o palco. O evento aconteceu na noite de segunda-feira (19), em comemoração ao aniversário de 60 anos de emancipação política do município.

A apresentação acontecia na Praça Nair Lopes Jenkins. Após o problema no retorno do som, o cantor afirmou: ”Se vocês não arrumarem esse som, eu não volto, tá?”.

A Prefeitura de Wenceslau Guimarães divulgou uma nota de repúdio pela atitude do cantor que ”não concluiu seu show para o qual foi contratado”.

De acordo com a prefeitura, ao final da apresentação, Amado Batista, alegou problemas técnicos com o seu retorno de palco, o que segundo ele, impossibilitou a continuação do show. As informações são do G1

Bahia registra 3.386 casos de Covid-19 e mais 13 óbitos, diz boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.386 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,21%), 4.580 recuperados (+0,29%) e 13 óbitos. Dos 1.637.088 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.593.230 já são considerados recuperados, 13.648 encontram-se ativos e 30.210 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta terça-feira (19) contabiliza ainda 1.933.873 casos descartados, 355.047 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta terça-feira. Na Bahia, 66.894 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.639.301 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.739.373 com a segunda dose ou dose única, 6.563.170 com a dose de reforço e 1.135.136 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 992.675 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 587.097 já tomaram também a segunda dose.

Atacante Tainá Santos, do Doce Mel/Jequié, é convocada para seleção feminina sub-17

/ Esporte

Tainá Ribeiro dos Santos tem apenas 15 anos. Foto: Emanuel Jr.

A técnica da Seleção Brasileira Sub 17 Feminina, Simone Jatobá convocou a atleta Jequieense, Tainá Ribeiro dos Santos de apenas 15 anos, que recebeu a notícia neste domingo, através do seu Técnico Tinho e já viajou nesta terça feira para se apresentar no Centro de Treinamento Desportivo Brasil, em Porto Feliz (SP), de 18 de julho a primeiro de agosto, acontecerão os treinamentos e período de definição, já que a Seleção Brasileira Sub 17 vai disputar o Mundial de Futebol Feminino Sub 17 em outubro na Índia.

Tainá foi chamada para a vaga da atacante Ana Rebeca, do São Paulo, que testou positivo para a Covid-19 nos exames que antecedem à concentração.

Tainá vem de uma família muito humilde do Distrito de Barra Avenida e se destacou na equipe adulta do Doce Mel no Campeonato Brasileiro de Futebol Série A3, com muita velocidade e habilidade, seu talento vem sido reconhecido inclusive pela ex-zagueira da Seleção Brasileira Tânia Maranhão, as 4 partida da Doce Mel no certame Nacional chamou atenção da Seleção Brasileira e Tainá passa ser uma das principais promessas do Futebol Feminino do Nordeste.

Covid aumenta chances de desenvolver diabetes e doenças cardiovasculares, diz estudo

/ Saúde

Pacientes com Covid-19 tiveram maior risco de desenvolver diabetes e doenças cardiovasculares mesmo depois de meses do diagnóstico da infecção, sugere estudo publicado nesta terça-feira (19). Para algumas complicações, o aparecimento foi 11 vezes maior entre pessoas que tiveram Covid em comparação com aquelas que não foram infectadas pelo coronavírus.

A relação da Covid com essas complicações de saúde já tinha sido observada em outras pesquisas. Evidências indicam que o Sars-CoV-2 ocasiona quadros mais graves em quem não tem o diabetes controlado, exemplifica Domingos Malerbi, presidente do departamento de diabetes mellitus da Sbem (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia) e que não participou do estudo.

Na nova pesquisa, que foi publicada na revista Plos Medicine e é assinada por pesquisadores da Inglaterra, dados do país europeu foram utilizados para comparar pacientes com testes com resultado positivo para Covid com outros que não contraíram a doença. Os dois grupos –cada um contava com cerca de 428 mil participantes– foram acompanhados até janeiro deste ano.

O estudo mensurou a incidência das complicações em três fases conforme o diagnóstico de Covid: aguda (até quatro semanas do registro da infecção viral), pós-aguda (de 5 a 12 semanas) e longa (de 13 a 52 semanas). Então, os pesquisadores observaram o aparecimento de diabetes ou doenças cardiovasculares nesses três momentos.

No caso do diabetes, um aumento de 81% da condição na fase aguda da Covid foi registrado em pacientes que tiveram a infecção em comparação àqueles que não contraíram o Sars-CoV-2.

No período da Covid pós-aguda, a maior incidência foi de 27% nos pacientes diagnosticados com a infecção. Já no período mais longo, não foi registrado aumento ao comparar os grupos.

Malerbi diz que existem algumas razões para entender os efeitos do Sars-CoV-2 no aparecimento da diabetes. Uma delas é que o vírus afeta a ilhota pancreática, que é onde se produz a insulina. Esse cenário acarreta o descontrole do nível de glicemia no organismo e pode ocasionar a doença.

Outra explicação é quando o vírus não age diretamente na ilhota, mas causa uma resposta do sistema imunológico que afeta o pâncreas. ”Existe toda uma modificação imunológica e isso pode desencadear um processo autoimune que o indivíduo produz anticorpos contra a ilhota. Ele se agride”, afirma Malerbi.

Uma terceira hipótese é relacionada aos corticoides, medicamentos usados para controlar processos inflamatórios. Malerbi diz que eles ”são um fator que pode desencadear uma doença ou até exacerbar uma condição preexistente”. Na Covid, esses remédios são indicados para quadros graves e, por isso, podem estar associados ao aparecimento do diabetes nestes pacientes.

COMPLICAÇÕES CARDIOVASCULARES

A pesquisa seguiu a mesma metodologia para entender a incidência de complicações cardiovasculares a partir da Covid: monitorar por longo prazo o aparecimento das condições em pacientes com e sem o diagnóstico para a infecção viral.

No final, as complicações foram observadas seis vezes mais nos pacientes que tiveram Covid. Para algumas condições, no entanto, o índice foi até maior. Por exemplo, a embolia pulmonar –onde artérias pulmonares são bloqueadas– foi presente cerca de 11 vezes mais naqueles que testaram positivo para o Sars-CoV-2.

”Nos primeiros casos, a pessoa recebia alta da Covid e depois internava de embolia pulmonar”, relembra Maria Cristina Izar, diretora da Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo), sobre quadros clínicos que ela observou de Covid e que logo após desenvolveu a complicação cardiovascular.

Izar, que não participou da pesquisa, aponta que uma possível explicação para esse fenômeno é a tempestade de citocina –uma resposta imunológica que procura combater a infecção da Covid, mas acarreta problemas ao organismo.

Um desses danos é nas células endoteliais. Elas produzem substâncias que agem para o pleno funcionamento dos vasos sanguíneos. A tempestade de citocina prejudica essas células, podendo ocasionar problemas como a embolia pulmonar.

As complicações cardiovasculares foram vistas principalmente no período da Covid aguda. Após a quarta semana, os riscos caíam e retornavam ao nível normal na fase da Covid longa –a partir da 12º semana.

Esse resultado é próximo com aquele visto no caso da diabetes. Com isso, os pesquisadores concluíram que, caso não haja fatores de riscos pré-existentes, a Covid não impacta o aparecimento das condições a longo prazo.

VIGILÂNCIA MÉDICA

As descobertas do estudo fazem com que os autores defendam uma orientação por parte dos médicos para pacientes que tiverem Covid. Ou seja, é importante orientar as pessoas a estarem atentas ao aparecimento de outras complicações em médio prazo.

Malerbi afirma que a vigilância é necessária. Segundo ele, é recomendável fazer exames entre 60 a 90 dias após o fim dos sintomas da Covid, mesmo que tenha sido um quadro leve.

Izar também ressalta que é aconselhável a adoção de alguns hábitos que possam evitar as complicações de saúde após a Covid. Entre elas, as principais seriam uma alimentação saudável, evitar o cigarro e a prática de atividades físicas.

*por Samuel Fernandes/Folhapress

Naiara Azevedo é internada durante passagem por Brumado/BA com desconforto estomacal

/ Entretenimento

Cantora Naiana já recebeu alta hospitalar. Foto: Site 97News

Naiara Azevedo deu entrada na manhã desta terça-feira (19) no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto, em Brumado, na Bahia, após sentir um desconforto estomacal. As informações são do site 97NEWS.

De acordo com a publicação, a cantora teve uma intoxicação alimentar durante sua passagem pela cidade e foi conduzida à unidade hospitalar para atendimento.

Em entrevista ao site 97NEWS, a assessoria de Naiara afirmou que ela já recebeu medicamentos e passa bem. ”Ela teve um mal estar após ingerir alimento, mas já tomou medicamentos aqui no hospital da cidade e depois vamos seguir viagem para o município de Correntina”, disse.

Segundo o site, a assessoria ainda informou que a agenda de shows não será comprometida. ”A agenda segue, agradecemos a preocupação de todos vocês aqui da cidade, a Naiara logo sai do hospital e seguiremos viagem”, afirmou.

Cantora recebe alta

Naiara Azevedo recebeu alta hospitalar depois de dar entrada no Hospital de Brumado e seguiu viagem até correntina, cidade do Oeste da Bahia, onde se apresentará nesta segunda-feira, segundo informações do portal de notícias.

”Sou a única pré-candidata ao Senado que defende os CACs e o direito do cidadão de bem ao armamento”

/ Política

Raíssa Soares (PL), pré-candidata ao Senado. Foto: Reprodução

Pré-candidata ao Senado Federal pelo PL na Bahia, a ex-secretária de Saúde de Porto Seguro, Dra. Raissa Soares, utilizou as redes sociais na manhã desta terça-feira (19) para garantir o seu apoio aos Colecionadores, Atiradores Esportivos e Caçadores (CACs) caso se consagre nas urnas nas eleições deste ano.

”Sou a única pré-candidata ao Senado pela Bahia que defende abertamente os CACs e o direito do cidadão de bem de se defender”, escreveu a médica, em uma publicação feita em seu perfil no Instagram. A aliada do presidente Jair Bolsonaro (PL) na Bahia aproveitou para criticar o governador Rui Costa (PT) em relação aos números da violência no estado: “A bandidagem e a criminalidade estão em alta graças à péssima administração do governador”.

”Os números da violência não param de crescer em todo o estado. Não podemos ser reféns dos criminosos e terceirizar a nossa segurança e a segurança da nossa família”, continuou a pré-candidata.

A convenção que irá oficializar a candidatura de João Roma (PL) – mesma chapa da Dra. Raissa – será realizada nesta sexta-feira (22) na Avenida Juracy Magalhães, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador, onde funcionava a concessionária Toyota-Guebor.

YouTube derruba live de Bolsonaro sobre urnas eletrônicas e analisa mentiras a embaixadores

/ Política

O YouTube derrubou live de Bolsonaro. Foto: Folhapress

O YouTube derrubou na segunda-feira (18) uma live de julho de 2021 em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) faz conspirações e afirmações infundadas sobre a segurança das urnas eletrônicas.

O conteúdo da live derrubada embasou parte do que foi apresentado no evento desta segunda-feira (18) com embaixadores. A empresa também avalia se vai manter no ar a transmissão desta segunda.

Procurado, o YouTube ainda não se manifestou. Desde março, a plataforma de vídeos do Google tem uma política que garante a remoção de conteúdos que contenham alegações falsas de fraudes, erros ou problemas técnicos na eleição de 2018.

Nesta segunda, Bolsonaro fez uma apresentação a dezenas de embaixadores estrangeiros no Palácio da Alvorada para repetir teorias da conspiração sobre urnas eletrônicas, desacreditar o sistema eleitoral, promover novas ameaças golpistas e atacar ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

O chefe do Executivo concentrou suas críticas nos ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin e Luís Roberto Barroso. Fachin é o atual presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Barroso presidiu a corte eleitoral, e Moraes deve comandar o tribunal durante as eleições.

Em mais de um momento, Bolsonaro tentou desacreditar os ministros, relacionando especialmente Fachin e Barroso ao PT e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O petista lidera as pesquisas de intenção de voto, a menos de 80 dias do pleito. Bolsonaro está em segundo lugar, com 19 pontos de diferença, segundo o Datafolha.

Na fala aos embaixadores, Bolsonaro adotou um tom manso, como se buscasse dar um verniz de seriedade a mais um punhado de ilações sem provas ou indícios ao sistema eleitoral, no momento em que aparece distante do ex-presidente Lula nas pesquisas de intenção de voto. No Brasil, nunca houve registro de fraude nas urnas eletrônicas, em uso desde 1996.

*por Paula Soprana/Folhapress

Ex-prefeito de cidade baiana tem contas rejeitadas após deixar caixa sem soma para quitar gastos

/ Bahia

As contas de 2020 do ex-prefeito de Buritirama, no Oeste baiano, Judisnei Alves de Souza, o Dedê Alves (PP), foram reprovadas pelo Tribunal dos Municípios da Bahia (TCM-BA). A medida foi tomada em sessão desta terça-feira (19). Segundo a Corte de Contas, a punição se deve ao fato de o ex-gestor não deixar recursos suficientes em caixa para quitação de despesas, o chamado ”Restos a Pagar”.

O ano de 2020 foi o último da gestão de Dedê Alves à frente da prefeitura. Naquele ano, ele não se reelegeu ao perder as eleições para Arival Viana (União Brasil). Por conta da irregularidade, o ex-gestor foi multado em R$ 3 mil. Ainda segundo o TCM-BA, Buritirama teve, em 2020, uma receita arrecadada de R$ 56,4 milhões, enquanto as despesas empenhadas foram de quase R$ 54,8 milhões, o que deu um saldo de orçamentário de R$ 1,6 milhão.

Em relação aos restos a pagar, como os recursos deixados em caixa não foram suficientes para cobrir despesas de curto prazo, o saldo a descoberto alcançou o montante de R$ 7,1 milhões.

O relatório apresentado pelo conselheiro relator do caso, José Alfredo Rocha Dias, ainda apontou outras falhas: não comprovação da aplicação do mínimo de 60% dos recursos do Fundeb paga pagamento de professores; repasses de recursos à Câmara de Vereadores abaixo do limite constitucional, em descumprimento do art. 29-A da Carta Magna e pendência de multa vencida. Ainda cabe recurso da decisão.

Petrobras reduz preço da gasolina pela primeira vez no ano a partir de quarta-feira (20)

/ Economia

A Petrobras informou nesta terça (19) que vai reduzir o preço da gasolina vendida às distribuidoras a partir de quarta (20). O valor do litro vai passar de R$ 4,06 para R$ 3,86 por litro. Os preços cobrados nos demais combustíveis não vão ser alterados.

A redução do preço da gasolina será de R$ 0,20 por litro, ou -4,93%. É a primeira queda desde dezembro.

O valor volta a ser o mesmo de maio deste ano. No último ajuste, anunciado pela Petrobras em junho, o preço médio de venda de gasolina havia subido de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro (alta de 5,18%).

Aos 74 anos, cantora Alcione passa por cirurgia na coluna vertebral, no Rio, e passa bem

/ Entretenimento

Cantora se recupera de cirurgia no Rio de Janeiro. Foto: Rede social

A cantora Alcione, de 74 anos, passou por uma cirurgia nesta segunda-feira (18). Nas redes sociais, a assessoria de imprensa da artista comunicou que ela fez um procedimento na coluna vertebral e que a operação foi um sucesso. De acordo com a publicação, Alcione passa bem.

A cirurgia faz parte de um tratamento da cantora contra a Espondilolistese L5, que é quando uma das vértebras desliza sobre a outra, causando o desalinhamento da coluna. Marrom está internada no Hospital Copa D’Or, na Zona Sul do Rio de Janeiro, mas deve receber a alta hospitalar nos próximos dias.

Este ano, Alcione completa 50 anos de carreira e sua agenda está preparada para diversos shows em comemoração da data. O próximo espetáculo de Marrom está marcado para 9 de setembro.

Pelo menos 6 estados da federação anunciam redução do ICMS sobre etanol hidratado

/ Economia

Os estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Goiás, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina anunciaram hoje (18) a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do etanol hidratado. Em São Paulo, a alíquota passou de 13,3% para 9,57%, o que resultará em um impacto de R$ 563 milhões na arrecadação até o final do ano. A renúncia de receita para o estado está estimada em R$ 125,1 milhões ao mês. A estimativa do governo é que ação reduza o valor na bomba em R$ 0,17.

Em Minas Gerais, a alíquota passou de 16% para 9%. “Além de seguir aliviando o bolso dos mineiros, a redução do imposto manterá a competitividade do biocombustível, importante gerador de empregos em nosso Estado”, disse o governador Romeu Zema, nas redes sociais. Já no Paraná, o ICMS do etanol passou de 18% para 12%.

Em Goiás, o imposto passou de 30% para 17%, o que deve gerar uma diminuição de cerca de 85 centavos no litro do combustível nas bombas. Para o etanol, a alíquota caiu de 25% para 17%, com uma redução estimada de R$ 0,38 por litro nos postos.

Outros serviços também tiveram a cobrança de ICMS reduzida em Goiás, como serviços de telecomunicação (de 29% para 17%) e energia elétrica (de 25% para 17% para famílias de baixa renda e de 29% para 17% para os demais consumos).

Essa redução ocorre como consequência da promulgação, na semana passada, de uma emenda constitucional que prevê compensações da União para os estados que reduzirem a carga tributária dos biocombustíveis. Essa emenda faz parte da mesma proposta que prevê o aumento de benefícios sociais, e criação de outros, até dezembro.

Lei Federal para combustíveis

No mês passado, São Paulo já havia anunciado a redução na alíquota da gasolina, de 25% para 18%. Também foram reduzidos de 25% para 18% o ICMS em operações com energia elétrica, em relação à conta residencial que apresente consumo mensal acima de 200 quilowatts-hora (kWh), e de serviços de comunicação.

Na última semana, os governos do Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais também anunciaram a redução do ICMS dos combustíveis.

Nesse caso, a medida atende a uma lei aprovada no Congresso que limita a um patamar máximo de 18% a alíquota do ICMS dos combustíveis e outros itens considerados essenciais. A lei afeta a alíquota do ICMS para gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo.

Até o momento, 11 Estados e o Distrito Federal entraram com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei que reduz o ICMS. Eles alegam que terão perdas bilionárias de receita que podem comprometer investimentos obrigatórios em saúde e educação. Da Agência Brasil