Inscritos no concurso da Polícia Civil da Bahia realizarão as provas no próximo dia 24

/ Polícia

Os inscritos no concurso da Polícia Civil realizarão as provas objetivas e discursivas no domingo (24). A convocação foi publicada no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira, dia 15. O local, a sala e os horários para a realização das provas serão disponibilizados no cartão de convocação, publicado no endereço eletrônico da realizadora do concurso (www.ibfc.org.br), na aba denominada Local de Prova, a partir de hoje, dia 18.

As provas serão realizadas em dois turnos. Pela manhã, as provas objetivas acontecerão a partir das 8h, com portões fechados às 7h45. À tarde, as discursivas vão ser a partir das 14h, com portões fechados às 13h45.

Os candidatos deverão comparecer aos locais de provas 60 minutos antes do fechamento dos portões, munidos de documento de identidade com foto, cartão de convocação e comprovante de vacinação, conforme regras do Edital SAEB 02/2022. Devem portar também caneta esferográfica de tinta azul ou preta.

Vale destacar, que aquele candidato que não apresentar documento de identificação original como foto e comprovante de vacinação não poderá fazer as provas e será eliminado deste Concurso Público. É recomendado que o candidato a utilize máscara de proteção individual, ao ingressar no local de realização das provas.

O certame visa preenchimento de mil vagas, sendo 150 para o cargo de delegado, 150 para escrivão e 700 para investigador.

Dois moradores de Brejões morrem após colisão entre moto e carreta na BR-101, em Dom Macedo Costa

/ Trânsito

Corpos estão sendo velados em Brejões. Foto: A Voz de Brejões

Dois moradores da cidade de Brejões no Vale do Jiquiriçá, morreram em um grave acidente entre uma carreta e uma motocicleta, na BR-101, próximo ao município de Dom Macedo Costa, na madrugada desta segunda-feira (18).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que, as vítimas, Gildásio Ferreira Silva, de 36 anos e Fábio Silva Nascimento, 19 anos, eram ocupantes da moto. Já o motorista do caminhão, nada sofreu.

Os corpos foram removidos para o Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus para necropsia, em seguida levados para o município de Brejões, onde estão sendo velados na Avenida Góes Calmon. O sepultamento será nesta terça-feira (19), as 10 da manhã no cemitério campo santo na sede de Brejões. As circunstâncias do acidente não foram divulgadas pela polícia, segundo informações da página de notícias A Voz de Brejões.

Batida entre van e caminhão que transportava botijão de gás deixa mortos e feridos em Lagoa Real

/ Trânsito

Acidente aconteceu no entroncamento de Lagoa Real. Foto: PM

Ao menos quatro pessoas morreram após uma batida entre uma van que fazia o transporte de passageiros e um caminhão que transportava botijões de gás, no final da tarde desta segunda-feira (18), no entroncamento da cidade de Lagoa Real, no sudoeste da Bahia.

De acordo com a Polícia Militar, o acidente aconteceu no KM 061, na BR-030. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas. Além das quatro pessoas que morreram, outras ficaram feridas e foram socorridas para hospitais da região. Todas as vítimas estavam na van.

O motorista da van e dois passageiros morreram no local. A quarta vítima foi a óbito dentro da ambulância, quando estava a caminho do hospital. A Polícia Militar informou que o motorista do caminhão fugiu após o acidente. Com informações do G1

União Brasil consegue decisão para suspender pesquisa do A Tarde sobre disputa pelo Governo

/ Justiça

O União Brasil conseguiu a suspensão da pesquisa de intenções de votos ao governo da Bahia, realizada pela Nervera Serviços de Informática e divulgada pelo jornal A Tarde. A decisão dada nesta segunda-feira (18), após representação feita ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), além da suspensão, determina a “abstenção de nova divulgação” do material.

”Verifica-se que não foi apresentada, nos termos acima destacados, a exigida informação complementar quanto os bairros abrangidos ou a área em que foi realizada a pesquisa, restringindo-se a listar apenas os municípios, conforme se depreende de consulta ao sítio eletrônico n TSE”, indicou a juíza eleitoral Zandra Parada.

Apesar disso, a juíza também indicou que a ”pesquisa impugnada, a princípio, obedeceu à quase totalidade dos requisitos supracitados, conforme se infere do registro efetuado no Tribunal Superior Eleitoral tombado sob o número BA-02664/2022, não sendo manifesta, a priori, a hipótese de enquete invocada pelo acionante”.

O descumprimento terá multa diária no valor de R$ 2.000,00, além da aplicação das medidas legais cabíveis, segundo a decisão obtida pelo site Bahia Notícias.

Edson Fachin reage a Bolsonaro e diz que quem ataca eleição semeia antidemocracia

/ Justiça

Ministro Edson Fachin. Fotos: Antonio Augusto/Secom/TSE

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Edson Fachin, rebateu nesta segunda-feira (18) as acusações e mentiras contadas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), em evento com dezenas de embaixadores no Palácio da Alvorada.

Em evento da OAB-PR (Ordem dos Advogados do Brasil seccional Paraná), sem citar Bolsonaro, Fachin disse que quem divulga informações falsas sobre o sistema eleitoral brasileiro ”semeia a antidemocracia”.

“Vivemos um tempo intrincado, marcado pela naturalização do abuso da linguagem e pela falta de compromisso cívico, em que se deturpam, sistematicamente, fatos consolidados, semeando a antidemocracia, pretensamente justificada por um estado de coisas inventado, ancorado em pseudorrepresentações de elementos que afrontam, a toda evidência, a seriedade do sistema de justiça e a alta integridade dos pleitos nacionais”.

Segundo Fachin, os ataques feitos para desacreditar as urnas eletrônicas são ”encenações interligadas”. ”São eventos órfãos de embasamento técnico e pobres em substância argumentativa, e que violam as bases históricas do contrato social da comunicação, assim como premissas manifestas da legalidade constitucional”, completou.

O discurso de Fachin começou cerca de 30 minutos após o término da reunião de Bolsonaro com os embaixadores.

O presidente do TSE disse que há um ”inaceitável negacionismo eleitoral por parte de uma personalidade importante dentro de um país democrático” e que acusações contra o TSE, sem apresentar provas, é fato ”muito grave”.

”As entidades representativas como a OAB e a própria sociedade civil precisam fazer sua parte na garantia de que a democracia seja preservada. É importante a sociedade civil e o cidadão entenderem que esse tipo de desinformação, como a de hoje, pode continuar, uma vez que ao negacionismo não interessa as provas incontestes e os fatos”.

”Portanto, precisamos nos unir e não aceitar sem questionarmos a razão de tanto ataque”, concluiu.

Cézar Feitoza/Folhapress

Presidente Bolsonaro repete teorias da conspiração e ataca urnas, STF e TSE a embaixadores

/ Brasil

Bolsonaro volta a repetir teorias da conspiração. Foto: Estadão

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou nesta segunda-feira (18) a repetir teorias da conspiração e ataques às urnas eletrônicas em reunião com embaixadores estrangeiros, no Palácio da Alvorada.

No início do encontro, Bolsonaro disse que basearia a apresentação em um inquérito da PF (Polícia Federal) sobre o suposto ataque hacker ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) durante as eleições de 2018.

Trata-se do mesmo inquérito apresentado pelo presidente em live em julho de 2021, quando ele apresentou uma série de mentiras e teorias que circulam em redes sociais para desacreditar o sistema eleitoral.

“Segundo o TSE, os hackers ficaram por oito meses dentro do computador do TSE, com código-fonte, senhas —muito à vontade dentro do TSE. E [a Polícia Federal] diz, ao longo do inquérito, que eles poderiam alterar nome de candidatos, tirar voto de um e mandar para o outro”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro também voltou a atacar os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, presidente do TSE, e Alexandre de Moraes, que assumirá o comando da Corte Eleitoral em 16 de agosto.

“O senhor Barroso, também como o senhor Fachin, começaram a andar pelo mundo me criticando, como se eu estivesse preparando um golpe por ocasião das eleições. É o contrário o que está acontecendo”, disse.

O presidente ainda sugeriu que os ministros atuariam no TSE para barrar medidas de transparência. O objetivo, segundo Bolsonaro, seria eleger “o outro lado”.

“Eu ando o Brasil todo, sou bem recebido em qualquer lugar. Ando no meio do povo. O outro lado, não. Sequer come no restaurante do hotel, porque não tem aceitação. Pessoas que devem favores a eles não querem um sistema eleitoral transparente. Pregam o tempo todo que, após anunciar o resultado das eleições, os chefes de estados dos senhores devem reconhecer o resultado das eleições.

Aos embaixadores, Bolsonaro voltou a reproduzir teorias contadas sobre o funcionamento das urnas em 2018. Ele citou que muitas pessoas queriam votar no 17, mas as urnas indicavam voto no 13, número de seu adversário, Fernando Haddad (PT).

Essa é a repetição do vídeo publicado por Fernando Francischini, que teve o mandato de deputado estadual cassado pelo TSE por ter divulgado a gravação sobre o suposto erro. O tribunal já desmentiu o vídeo, que não foi comprovado pelo mandatário nem por seus aliados.

As declarações de Bolsonaro sobre a não confiabilidade das urnas têm sido contestadas pelo TSE desde o ano passado.

A corte já disse que o inquérito a que o presidente se refere não concluiu que houve fraude no sistema eleitoral em 2018 ou que poderia ter havido adulteração dos resultados, ao contrário do que disse o mandatário.

De acordo com nota do tribunal de agosto do ano passado, ”o próprio TSE encaminhou à Polícia Federal as informações necessárias à apuração dos fatos e prestou as informações disponíveis. A investigação corre de forma sigilosa e nunca se comunicou ao TSE qualquer elemento indicativo de fraude”.

O texto disse ainda que o episódio da invasão do hacker, que ocorreu em 2018, ”foi divulgado à época em veículos de comunicação diversos. Embora objeto de inquérito sigiloso, não se trata de informação nova”.

O TSE disse que o acesso dos hackers “não representou qualquer risco à integridade das eleições de 2018”, porque o código fonte dos programas passa por sucessivas verificações e testes, identificando possíveis manipulações. “Nada de anormal ocorreu”, disse à época.

Bolsonaro nunca apresentou provas ou indícios sobre as urnas, mas repete o discurso golpista como uma forma de esconder os problemas de seu governo, a alta reprovação e as recentes pesquisas que o colocam distante do líder, o ex-presidente Lula (PT).

Por meio de uma profusão de mentiras, Bolsonaro vem fomentando a descrença nas urnas. No entanto, ao invés de ser barrado por aqueles ao seu redor, o mandatário tem contado com o respaldo de militares, membros do alto escalão do governo e seu partido em sua cruzada contra a Justiça Eleitoral.

As Forças Armadas têm repetido o discurso de Bolsonaro. Em ofício recente, solicitaram ao TSE todos os arquivos das eleições de 2014 e 2018, justamente os anos que fazem parte da retórica de fraude do presidente.

No Brasil, nunca houve registro de fraude nas urnas eletrônicas, em uso desde 1996. Antes de ser eleito em 2018, Bolsonaro já dizia que só não ganharia se houvesse fraude.

O discurso aparenta assim funcionar como um plano B para o caso de perder o pleito. Também funcionou como uma tentativa de pressionar o Congresso pela aprovação do voto impresso.

No ano passado, veio a mais forte ameaça golpista ligada ao tema. Em conversa com apoiadores, Bolsonaro disse que ”a fraude está no TSE” e ainda atacou o então presidente da corte eleitoral e ministro do STF, Luís Roberto Barroso, a quem chamou de ”idiota” e ”imbecil”.

”Não tenho medo de eleições, entrego a faixa para quem ganhar, no voto auditável e confiável. Dessa forma [atual], corremos o risco de não termos eleição no ano que vem”, disse.

A fala ocorreu após uma sequência. No dia anterior, também ao falar com apoiadores, o mandatário fez outra ameaça semelhante: ”Ou fazemos eleições limpas no Brasil ou não temos eleições”.

Pesquisa Datafolha mostrou que, em meio à ofensiva feita por Bolsonaro, o percentual de eleitores que confiam nas urnas eletrônicas passou de 82%, em março, para 73%, em maio.

Cézar Feitoza/Marianna Holanda/Matheus Teixeira/Folhapress

Responsável por câmeras de clube onde petista foi assassinado na PR é encontrado morto

/ Polícia

Um dos diretores da Associação Recreativa Esportiva Segurança Física de Itaipu (Aresf), responsável pelas câmeras de segurança do local onde o guarda municipal e tesoureiro do PT Marcelo Arruda foi assassinado, em Foz do Iguaçu (PR), o vigilante Claudinei Coco Esquarcini foi encontrado morto neste domingo (17), em Medianeira (PR).

Segundo o portal Metrópoles a informação foi confirmada pela defesa da família de Arruda e pela Polícia Civil do Paraná (PCPR), segundo a qual, a morte se deu por suicídio. Os advogados da vítima acreditam que Claudinei pode ter sido a pessoa que repassou imagens da festa de aniversário do petista com temática do partido para o policial penal federal Jorge José Guaranho, autor do crime.

Ainda de acordo com a publicação, outro vigilante da Aresf, José Augusto Fabri, contou em depoimento à polícia que a permissão para visualizar as câmeras do espaço não era um procedimento comum. Ele também citou Claudinei como responsável pelo acesso às imagens das câmeras de monitoramento.

Rui nega cancelamento de convênios: ”Todos compromissos que assumi foram e serão honrados”

/ Política

Governador nega cancelamento de convênios. Foto: Reprodução

O governador Rui Costa (PT) se defendeu, em entrevista à rádio Boa FM, de Alagoinhas, na manhã desta segunda-feira (18), das acusações de que teria cancelado convênios da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder) firmados com Prefeituras.

Segundo o petista, ”isso faz parte do desespero do ano eleitoral”, ao classificar o caso como fake news. ”O Brasil, desde as eleições de 2018, virou o paraíso de usar prática de grupos de WhatsApp e redes sociais para disseminar fake news e calúnias”, disse.

”Pessoas às vezes fazem juízo das outras achando que estão olhando para o espelho, ou seja, refletindo seu caráter, dignidade e sua postura. Todos, sem exceção, compromissos que assumi com os municípios foram e serão honrados”, garantiu Rui.

Vacinação contra sarampo ainda está abaixo da meta no Brasil, informa o Ministério da Saúde

/ Saúde

O Brasil ainda está abaixo da meta de vacinação contra o sarampo. De acordo com o Ministério da Saúde, 47,08% das crianças receberam o imunizante em 2022, sendo que a meta de cobertura vacinal é 95%. A proteção contra o sarampo é feita com a vacina tríplice viral, que imuniza também contra a caxumba e rubéola, e faz parte do calendário de vacinação. O imunizante é oferecido nas unidades de saúde do país em qualquer época do ano.

A tríplice viral é geralmente aplicada em duas doses. A primeira, tomada com um ano de idade, e a segunda, com 15 meses. A campanha de 2022 começou em janeiro e vai até dezembro deste ano. A cobertura em 2021 foi baixa, somente 50,1% do público-alvo no Brasil recebeu a segunda dose da vacina tríplice viral.

Uma das consequências da queda da vacinação é o avanço da doença. Depois de ter recebido a certificação de país livre do sarampo pela Organização Pan-americana de Saúde (Opas), em 2016, o Brasil passou a registrar, nos últimos anos, o avanço da doença em todo o território nacional. O Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde mostra mais de 40 mil casos e 40 mortes causadas pelo sarampo desde 2018, sendo mais da metade em crianças menores de 5 anos.

Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou, este ano, uma nota na qual chama a atenção para a importância da vacinação contra a doença. A Fiocruz explica que o sarampo é uma doença infecciosa aguda, muito contagiosa e grave, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade, pessoas adultas desnutridas ou com algum problema de imunidade, como as pessoas transplantadas, as que convivem com o vírus do HIV, ou que estão em quimioterapia, além das gestantes.

A Fiocruz ressalta que, independentemente disso, o sarampo afeta indivíduos de todas as idades e não necessariamente com doenças crônicas ou algum problema de imunidade.

Ministério da Saúde

À Agência Brasil, o Ministério da Saúde disse, por meio de nota, que por intermédio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), vem desenvolvendo e intensificando estratégias necessárias para enfrentamento dos desafios e reversão das baixas coberturas vacinais, em parceria com estados e municípios.

“O Ministério da Saúde incentiva a população a se vacinar contra as doenças imunopreveníveis, e esclarece o benefício e segurança das vacinas, por meio dos seus canais oficiais de comunicação”, diz a pasta. Os dados detalhados das coberturas vacinais estão disponíveis na internet.

OMS e Unicef

Na sexta-feira (15), a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) divulgaram dados que mostram que a queda da vacinação infantil não ocorreu apenas no Brasil. Em todo o mundo, após dois anos de pandemia, foi registrada a maior queda contínua nas vacinações infantis dos últimos 30 anos.

Segundo as organizações, até mesmo pela dimensão territorial e pelo tamanho da população, o Brasil está entre os dez países no mundo com a maior quantidade de crianças com a vacinação atrasada. Considerada apenas a vacina contra o sarampo, o país é o 8º com a maior quantidade de crianças com o esquema vacinal atrasado. As informações são da Agência Brasil

Com Barradão lotado, Vitória vence Paysandu e entra de vez na briga pelo G-8 da Série C

/ Esporte

Equipe do Vitória comemora triunfo. Foto: Pietro Carpi/ECV

A torcida compareceu em peso, e o Vitória não decepcionou. Neste domingo (17), diante de 26.491 pessoas, o Leão venceu o Paysandu por 1 a 0, pela 15ª rodada da Série C, e entrou de vez na briga pelo G-8 da competição.

Neste exato momento, o Rubro-Negro é o oitavo colocado, com 21 pontos, mas necessariamente será ultrapassado por Manaus ou Volta Redonda, que se enfrentam nesta segunda (18), independentemente do resultado do confronto. Além disso, ainda pode perder posição para o São José, que visita o Confiança logo mais, às 18h.

Diante do Papão, o Leão sofreu no primeiro tempo com o nervosismo. Na etapa final, porém, adiantou a marcação e aproveitou bem a chance que teve. Luidy foi o autor do gol que tirou o grito do peito do torcedor rubro-negro.

O Vitória volta a campo no próximo domingo (24), contra o Ferroviário, fora de casa, às 17h, pela 16ª rodada da competição. Com informações do site Bahia Notícias  

 

Homem morre vítima de acidente de trânsito na BR-101 , no trecho de São Gonçalo dos Campos

/ Trânsito

Acidente aconteceu na noite de sábado (16). Foto: Acorda Cidade

Um homem morreu em um acidente ocorrido na noite deste sábado (16) em um trecho da BR-101 de São Gonçalo dos Campos, no Portal do Sertão. Segundo o Acorda Cidade, parceiro do Bahia Notícias, o fato ocorreu na altura do distrito de Mercês. A vítima foi identificada como Maurício Rodrigues da Silva.

O corpo dele estava caído no acostamento da pista, do lado de um caminhão munck. Ainda não há informações das causas do acidente. Agentes encaminharam o corpo da vítima ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Homem morre após colidir moto com carro na BA-888, estrada entre a BR-116 e Irajuba

/ Trânsito

O acidente aconteceu na Rodovia BA-888. Foto: Tarcísio Lessa

Um homem de 49 anos morreu vítima de acidente de trânsito na noite deste domingo (17) ao colidir a motocicleta que pilotava, uma Honda FAN 125, com um carro VW/Santana, na BA-888, rodovia que liga a BR-116 a cidade de Irajuba.  Edvaldo Lisboa de Caires era morador do Povoado Manoel Raimundo, em Irajuba e foi a óbito no local do desastre e, segundo informações, retornava de uma festa de cavalgada.

Com o impacto da colisão, Edvaldo teve uma das pernas decepada. Já o condutor do carro, residente na localidade de 70 não sofreu ferimentos.

Uma equipe da Polícia Técnica de Jequié foi acionada pela Policia Militar, esteve no local e providenciou ao encaminhamento do cadáver ao Instituto Médico Legal. O caso será apurado pela polícia judiciária. *por Marcos Frahm

ACM classifica Zé Cocá como um dos bons quadros da política; ”poderia desempenhar qualquer função”

/ Entrevista

Durante coletiva, ACM faz afago a Zé Cocá. Foto: BMFrahm

Durante sua passagem pela cidade de Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, neste domingo (17), o ex-prefeito de Salvador e pré-candidato a governador ACM Neto (UB) fez afago ao presidente da UPB e prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), antes aliado do governador Rui Costa (PT), cujo apoio a oposição já chegou a ser considerado o mais emblemático por Neto a sua pré-campanha.

Ao ser questionado pelo Blog Marcos Frahm sobre qual seria o seu modelo de governança e se fatiará as secretárias entre os partidos aliados, incluindo o PP, para acomodar os novos correligionários que até pouco tempo defendiam o atual Governo estadual Neto descartou fatiar cargos, caso seja eleito em outubro, mas elogiou Cocá, classificado como um dos bons quadros da política baiana. ”Sempre soube conciliar os perfis técnicos, os resultados necessários com a política. Eu sou político, sou produto da política, nasci e cresci na política e existem pessoas muito qualificadas na política. Nós temos prefeitos que são agentes políticos aqui presentes, Zé Cocá [Jequié], Bruno [Salvador] Ricardo [Itaberaba], grandes quadros. Poderia qualquer um desempenhar qualquer função no governo”, destacou.

Marcelo Nilo diz estar convencido de que será o vice de ACM Neto; ”A decisão é dele”

/ Entrevista

Nilo aguarda decisão de ACM sobre vice. Foto: BMFrahm

Marcelo Nilo (UB), deputado federal considerado um dos favoritos ao posto de vice na chapa encabeçada por ACM Neto (UB) ao Governo do Estado disse estar confiante de que será escolhido pelo ex-prefeito de Salvador para integrar a majoritária.

”Estou aguardando a decisão. Estou convencido de que eu serei, acho que eu mereço ser e a decisão é de ACM Neto e dos partidos políticos. Não tenho plano B, tenho plano A de ser vice de ACM Neto e o que ele escolher eu acatarei”, afirmou Nilo em entrevista ao Blog Marcos Frahm, na tarde deste domingo (17), ao acompanhar o pré-candidato a governador em Amargosa, no Vale do Jiquiriçá