Jequié: Prefeitura emite nota após A Tarde apontar irregularidades em contrato com empresa de transporte

/ Jequié

Empresa teria vencido processo licitatório. Foto: Reprodução/PMJ

A Prefeitura de Jequié, por meio de nota pública emitida na noite desta terça-feira (5) pela sua Procuradoria Geral contestou o teor de uma matéria publicada horas antes pelo portal A Tarde, que teria apontado supostas irregularidades da gestão pública municipal na contratação de uma empresa, Maracás Viagens e Transportes LTDA, para prestação de serviço de locação de veículos ao Município, após vencer processo licitatório, ”concorrendo com o menor valor global, segundo a Prefeitura , totalizando R$ 4.526.077,00 (Quatro milhões quinhentos e vinte e seis mil e setenta e sete reais), para atender o município no período de 01/06/2022 até 28/02/2023, pelo Sistema de Registro de Preços da Administração Pública Municipal, o que significa que o município está autorizado a utilizar até esse valor total em locação de veículos, o que pode ocorrer ou não, a depender das demandas da administração municipal”, conforme informou a nota.

Leia na íntegra a nota da Prefeitura

Em resposta à matéria publicada na tarde desta terça-feira, 5, pelo jornal A Tarde, e que buscou confundir os leitores, apontando, erradamente, a possível existência de superfaturamento na contratação por meio de licitação de empresa especializada em locação de veículos, a Prefeitura de Jequié, através da Procuradoria Geral, informa que a empresa Maracás Viagens e Transportes LTDA. venceu a licitação pública concorrendo com o menor valor global, totalizando R$ 4.526.077,00 (Quatro milhões quinhentos e vinte e seis mil e setenta e sete reais), para atender o município no período de 01/06/2022 até 28/02/2023, pelo Sistema de Registro de Preços da Administração Pública Municipal, o que significa que o município está autorizado a utilizar até esse valor total em locação de veículos, o que pode ocorrer ou não, a depender das demandas da administração municipal.

Seguindo os princípios da publicidade, legalidade e economicidade, o processo licitatório, isento de inconsistências e quaisquer dúvidas, teve ampla publicação e ampla concorrência, com a participação de 11 empresas se cadastrando para apresentação de propostas. É importante informar, ainda, que o referido pregão visa a contratação de empresa especializada em locação de veículos, com motorista e sem motorista, sem abastecimento de combustível, com manutenção inclusa, com seguro de forma continuada, para atender as necessidades dos diversos setores da Prefeitura.

O Sistema de Registro de Preços é um procedimento licitatório que serve para registrar os preços de fornecedores para compras futuras do poder público. Desta forma, a administração pública vai contratando os itens com os preços registrados à medida da sua necessidade, pagando somente aquilo que for utilizado. A licitação, que previu o registro de preços pelo prazo de 12 meses, apresentou grande disputa restando três empresas como ganhadoras depois de oferecerem o menor preço dos diversos lotes divididos entre veículos leves e veículos pesados.

Prefeitura de Jequié

Procuradoria Geral

Nota do A Tarde

Um valor que chama a atenção, sobretudo por um período menor, como de costume nos contratos feitos pelas gestões públicas. A situação é no município de Jequié, centro sul da Bahia. A Prefeitura do município  contratou empresa de transporte por valor milionário, que supera os R$ 4 milhões de reais.

O contrato, publicado no Diário Oficial do Município, desta terça-feira, 5, aponta que a empresa Maracás Viagens & Transportes LTDA – EPP, vai ser responsável pelos “serviços de locação de veículos, com motorista e sem motorista, sem abastecimento de combustível, com seguro, de forma continuada, para atender as necessidades dos diversos setores da Prefeitra Municipal de Jequié”, pelo período de 9 meses, entre 01/06/2022 até 28/02/2023. O valor global é de R$ 4.526.077,00 (Quatro milhões quinhentos e vinte e seis mil e setenta e sete reais).

Em maio do ano passado, a Prefeitura de Lajedo do Tabocal, sudoeste da Bahia, contratou a mesma empresa, a Maracás Viagens & Transportes LTDA – EPP, para o serviço da locação de uma caçamba pelo período de sete meses, cujo valor total foi de R$ 12.000,00 (doze mil reais).

Em uma conta simples, o valor do contrato feito em Jequié, que foi de 4 milhões de reais, embora o período seja 2 meses maior quando comparado ao de Lajedo do Tabocal, significaria o aluguel de 400 caçambas.

Dez projetos sociais de Maracás receberão apoio da mineradora Largo Vanádio, diz empresa

O edital é uma iniciativa da Largo. Foto: Darana Relações Públicas

Mais de 1.600 pessoas participaram da votação popular aberta pela Largo Vanádio de Maracás para ajudar a escolher os dez projetos vencedores do primeiro Edital Liga Social. O público contribuiu para definir a pontuação das propostas, que também foram avaliadas por um comitê composto por representantes da Largo, SESI, Sebrae, Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal da Agricultura de Maracás.

O edital é mais uma iniciativa da Largo para fomentar projetos socioeconômicos e ambientais que promovam o desenvolvimento do município de Maracás, trazendo para o lugar de protagonismo instituições da sociedade civil sem fins lucrativos. No total, o edital registrou a inscrição de 29 propostas nas áreas de Emprego & Renda, Educação, Meio Ambiente e Cultura, Esporte e Lazer.

A partir de agora, os dez projetos mais bem pontuados pelo comitê e pelo voto popular receberão apoio financeiro e assessoramento técnico da Largo Vanádio de Maracás durante dez meses. Ao longo desse período, os proponentes terão o compromisso de realizar atividades voltadas para a transformação socioambiental da comunidade, com foco na sustentabilidade e resultados a longo prazo.

Confira os projetos vencedores por ordem de pontuação:

– Adoles[SER]: tecendo oficinas de Educação Emocional para adolescentes de 16 a 17 anos da comunidade de Porto Alegre;

– D’Elas – Produtos de Limpeza e Higiene Pessoal;

– Mulheres que costuram;

– Feira da Diversidade Cultural e Agroecológica: construindo um espaço multicultural com Lazer, Autonomia e Inspiração Feminina;

– Projeto Pindoba;

– Sacira Pererera Em Circulação: Cultura, Formação e Inclusão;

– Semeando Sementes da Ancestralidade e Praticando Agroecologia no Semiárido do Sertão dos Marakás;

– Flores e Guardiões, acolhendo pessoas e movimentando o corpo para salvar vidas.;

– Projeto Social Basquete Maracás;

– Qualificação profissional para trabalhadores e produtores rurais do povoado de Money Maracás- Bahia

Homem morre após batida entre automóvel e caminhão na BR-116, região Norte da Bahia

/ Trânsito

O carro capotou e ficou com as rodas para cima – Foto: PRF

Uma batida entre um carro e um caminhão na BR-116 resultou na morte de um homem, na tarde desta terça-feira (5), no trecho que compreende o Município de Abaré, região Norte da Bahia.

De acordo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu por volta das 11h, quando o motorista cruzava a pista no km 9, e atingido pelo caminhão. Em seguida, o carro capotou e ficou com as rodas para cima.
Conforme informações da PRF, a vítima foi levada ao Hospital de Cabrobó (PE) e transferido para o Hospital de Petrolina (PE), mas não resistiu aos ferimentos. O motorista do caminhão não se feriu.

Rui decreta redução de alíquota do ICMS em adequação à lei aprovada, mas diz que preço não cai

/ Política

Governador Rui Costa no Papo Correria. Foto: Joá Souza

O governador Rui Costa (PT) decretou, nesta terça-feira (5), a redução da alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), adequando o percentual cobrado no estado ao estabelecido na Lei Complementar nº 194/2022, aprovada no fim de junho pelo Congresso Nacional.

O decreto modifica o documento 13.780, de 16 de março de 2012, que regulamenta o ICMS, com as seguintes alterações: nas prestações internas de serviços de comunicação, de forma que a carga tributária seja correspondente a 14%, desde que o contribuinte, cumulativamente, atenda às condições estabelecidas. Das operações com energia elétrica, de forma que a carga tributária corresponda a 15,08%, quando destinada às classes de consumo industrial e rural; à atividade hoteleira, excetuada a atividade de motel; e à atividade de atendimento hospitalar.

”Não se aplica o acréscimo de dois pontos percentuais, vinculado ao Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza – FUNCEP, instituído pela Lei no 7.988, de 21 de dezembro de 2001, às alíquotas incidentes nas operações e prestações indicadas no caput deste artigo”, diz o texto publicado.

Com o decreto, o governo da Bahia atende ao disposto na Lei Complementar nº 194/2022, considerada por Rui e outros governos estaduais como uma lei inócua e eleitoreira (relembre aqui). De acordo com os governadores, a perda de arrecadação com o ICMS pode prejudicar a prestação de serviços públicos por parte dos estados e dos municípios, que ficam com parte dos valores arrecadados com o tributo (reveja aqui).

Rui diz que preço da gasolina não deve mudar

O governador Rui Costa (PT) voltou a criticar, na noite desta terça-feira (5), o governo de Jair Bolsonaro (PL) e a nova lei complementar que determinou a redução do ICMS nos estados brasileiros. Segundo ele, mesmo com o imposto reduzido na Bahia, os combustíveis não devem ter queda de preço, segundo o site Bahia Notícias.

”Eles votaram a lei, eu já fiz o decreto [de redução do ICMS]. Vamos agora acompanhar nos próximos 30 dias, 60 dias, ver como vai ficar o preço da gasolina. Eu não tenho dúvida: esse discurso é o mesmo de quem queria prevenir ou curar Covid com cloroquina e ivermectina”, afirmou o governador.

Rui também criticou a privatização da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), vendida pelo governo Bolsonaro nos últimos anos. De acordo com ele, a venda é uma das responsáveis pelo preço alto dos derivados de petróleo na Bahia.

”Para mim, é muito claro e fácil de perceber. Quanto custava um botijão de gás no governo Lula e no governo Dilma? 30 reais, 34 reais. Quanto custa hoje? Tem lugar vendendo até a 150 reais o botijão de gás. O ICMS é 12%, o menor do Brasil. Sempre foi 12%. Não mudou nada. A única coisa que mudou foi a incompetência do governo federal. O que mudou foi a privatização da refinaria da Bahia. Quem privatizou? O governo Bolsonaro e seus aliados”, criticou.

O gestor petista disse ainda que o discurso de Bolsonaro responsabilizando o ICMS estadual pelo aumento de preço da gasolina são uma “mentira” para enganar a população brasileira e voltou a sugerir que os valores não irão baixar com a redução do imposto. Rui tem culpado, desde o ano passado, a política de preços da Petrobras pelo alto custo dos combustíveis.

”Nós vamos acompanhar nos próximos dias e vocês verão que Ivermectina não cura Covid, cloroquina não cura Covid, do mesmo jeito que fazer essa mentira em ano eleitoral é apenas para espalhar fake news para a população. Mas a lei já foi votada, está em vigor, nós fizemos o decreto de redução e vocês verão nas bombas de gasolina o que irá acontecer”, finalizou.

Economista Daniella Marques assume oficialmente o comando da Caixa Econômica Federal

/ Economia

Marques substitui o ex-presidente Pedro Guimarães. Foto: Reprodução

A economista Daniella Marques ocupou oficialmente, nesta terça-feira (5), a presidência da Caixa Econômica Federal, em cerimônia oficial no Palácio do Planalto.

A ex-secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia substitui o ex-presidente do banco Pedro Guimarães, que pediu demissão na última quarta-feira (29), após denúncias de assédio sexual.

Na última quinta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro nomeou Marques como candidata a assumir o comando do banco e na sexta-feira (1º) foi aprovado pelo Comitê de Elegibilidade da Caixa Econômica Federal e assinou o termo de posse.

Juliette é acionada na Justiça pelo MBL de fazer campanha para Lula durante show

/ Justiça

Políticos acusam a cantora Juliette. Foto: Foto: Bahia Tursa

A cantora e ex-BBB Juliette está sendo acusada por integrantes do Movimento Brasil Livre, o MBL, de fazer campanha para a pré-candidatura à Presidência de Lula (PT) durante show em Caruaru, em Pernambuco.

Conforme divulgado nas redes sociais de Rubinho Nunes, vereador e pré-candidato a deputado federal por São Paulo, ele e Guto Zacarias, também pré-candidato a deputado estadual em São Paulo —ambos pelo União Brasil— protocolaram uma representação no Ministério Público Eleitoral pedindo que Juliette e Lula paguem uma multa, já que a cantora teria transformado sua apresentação num showmício.

Na festa de São João, enquanto o público entoava “Olê, olê, olá, Lula” em coro, a cantora tirou o retorno para ouvir melhor a manifestação, riu e disse: ”ê, Pernambuco, respeita!”.

No caso de a lei eleitoral ser desrespeitada, as multas podem variar entre R$ 5 mil e R$ 25 mil, mas o caso parece estar adequado às liberdades dadas a artistas, já que a legislação não proíbe a manifestação política de nenhum cidadão. A lei, sim, impede a realização de showmícios —que fariam parte da campanha política e são financiados pelos candidatos e seus partidos—, mas cantores podem se manifestar nas redes sociais, durante entrevistas, em apresentações individuais ou mesmo em festivais.

Considerando que a festa de São João na cidade tenha sido financiada pelo governo de Paulo Câmara (PSB), a organização em Caruaru coube à prefeitura de Rodrigo Pinheiro (PSDB). E, ao contrário de um showmício, o evento tinha o objetivo de entreter o público, e não de arrecadar votos.

Como no caso do Lollapalooza, quando a cantora Pabllo Vittar manifestou apoio a Lula, o festival não contava com apresentação nem tinha patrocínio de nenhum candidato ou partido político. As manifestações políticas ocorreram de maneira orgânica, ora vindas do público, ora vindas até de músicas de cunho político criadas sem ligação com o evento, diz Taís Gasparian, advogada que também representa a T4F.

Nas redes sociais, a representação dos membros do MBL já virou motivo de piada entre os fãs da cantora, que também foi defendido pelo influencer Felipe Neto. ”Quando você perder, avisa a gente?” provocou o rapaz.

”Opa, Felipe! Ficou tristinho que seus amigos não vão mais poder usar dinheiro público para sinalizar apoio ao cachaceiro? E fica tranquilo! Para o Brasil rir, basta você sair da banheira de Nutella e fingir que é inteligente, ou armar entrevista falando que está solteiro”, respondeu o vereador Rubinho.

Folhapress

Empresa é condenada a indenizar jovem que ficou em estado vegetativo após levar choque

/ Justiça

A Justiça do Distrito Federal condenou uma empresa a indenizar uma jovem que ficou em estado vegetativo após levar um choque ao usar uma máquina de chope. Segundo o g1, o acidente aconteceu durante uma festa universitária em 2018, no Paranoá.

A empresa Líquido Comercial de Alimentos foi condenada a indenizar por danos morais a jovem em R$ 100 mil e R$ 50 mil à mãe. Também foi determinado em segunda instância que a empresa terá que ressarcir os gastos com medicamentos, equipamentos, plano de saúde, alimentação especial, fisioterapia e outros cuidados que a jovem necessitar em decorrência do seu estado de saúde.

O processo foi aberto pela mãe da vítima, e o laudo pericial comprovou que a manutenção da máquina não era feita de forma correta e que foram usadas pelas impróprias na montagem do equipamento. “No dia seguinte ao acidente, foi levada a máquina para ser periciada e foi atestado que o terra não existia na máquina. Por conta disso, estava tendo a transmissão da energia”, diz Manoel Jorge Ribeiro, advogado da família.

Segundo a Justiça, ficou comprovado que o equipamento, quando em funcionamento, era capaz de produzir choque de 220 volts em quem tocasse nela. A decisão também aponta que o laudo médico comprova que a descarga elétrica causou na estudante ”sequelas neurológicas altamente incapacitantes e irreversíveis”.

Todos os autores de crimes de feminicídio poderão ser obrigados a pagar despesas do INSS

/ Justiça

Os autores de feminicídio terão que devolver os valores pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), caso o projeto de lei, o PL 6.410/2019, seja aprovado na Câmara dos Deputados. O texto foi aprovado nesta terça-feira (5), a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

O projeto, da senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB), muda a lei que trata do Regime Geral de Previdência Social (Lei 8.213, de 1991).

Atualmente, o INSS entra com ação judicial apenas contra os autores de feminicídio em relação familiar com a vítima. A matéria aprovada pela CAE estende essa previsão para todos os feminicidas, independente de ter relação familiar com as vítimas. O projeto é da senadora Daniella Ribeiro (PSD-PB)

Daniella argumenta que o Estado deve mostrar de forma ainda mais contundente que não tolera a violência contra a mulher. Segundo a senadora, o número de feminicídios vem crescendo assustadoramente. Ela cita como exemplos a Paraíba, em que o aumento foi de 53% entre 2017 e 2018, e Sergipe, com 163,9% no período.

Inflação do Brasil está entre as mais altas do mundo, diz relatório divulgado pelo OCDE

/ Economia

Novo relatório divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostra que a inflação do Brasil segue entre as maiores do mundo e bem acima da média das grandes economias do mundo.

No G20 – grupo dos países mais ricos –, o Brasil está atrás só da Turquia, Argentina e Rússia. Na média dos países do G20, a inflação em 12 meses atingiu 8,8% em maio, contra 8,5% em abril. No grupo dos países do G7, a taxa avançou para 7,5%, ante 7,1% no mês anterior.

Paraná / BN: Em último ano de mandato, gestão de Rui é aprovada por 63% dos baianos

/ Bahia

Rui tem 63,7% de aprovação em administração. Foto: Rede social

Na reta final de seu mandato, o governador Rui Costa (PT) tem 63,7% de aprovação em sua administração pelos baianos, de acordo com levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, sob encomenda do Bahia Notícias. O cenário estimulado foi divulgado nesta terça-feira (5) e 31,3% da população baiana desaprova a gestão do petista. Não souberam / não opinaram, 5%.

A administração do chefe do Executivo estadual é considerada ”boa” por 29% dos baianos, enquanto 18% dos entrevistados a definem como ”ótima”. Outros 27,6% responderam que o governo de Rui Costa é ”regular”.

Avaliaram negativamente o governo Rui, 23,6% dos entrevistados pelo Paraná Pesquisas, sendo que 16,8% definiram a gestão como ”péssima” e 6,8% como “ruim”. Não souberam ou não opinaram, 1,8% dos questionados.

A pesquisa ouviu 1640 pessoas, em 72 municípios, entre os dias 30 de junho e 4 de julho, com margem de erro de 2,5% e intervalo de confiança de 95%. Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-07579/2022. *Bahia Notícias

Paraná / BN aponta vitórias de ACM, Otto Alencar e Lula nas eleições de outubro na Bahia

/ Política

ACM, Otto e Lula lideram pesquisa Paraná / BN. Foto: BMFrahm

O ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), ampliou a distância nas intenções de voto no comparativo com os principais adversários, Jerônimo Rodrigues (PT) e João Roma (PL). Levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas entre os dias 30 de junho e 4 de julho, sob encomenda do Bahia Notícias, mostra o prefeito com 58% das intenções de voto, enquanto Jerônimo tem 15,8% e Roma fica com 9,1%. As oscilações aconteceram dentro da margem de erro, de 2,5%, no comparativo com uma pesquisa similar, realizada no último mês de abril.

Com exceção de ACM Neto, todos os candidatos oscilaram para baixo. O ex-prefeito da capital baiana tinha 55,4% – 2,4% a menos do que no novo levantamento. Jerônimo caiu de 16,1% para 15,8% e Roma de 10,1% para 9,1%. O candidato do PSOL, Kleber Rosa, que chegou a 1,2% em abril, caiu para 0,5% e Giovani Damico (PCB) oscilou de 0,5% para 0,1%.

Completam os números 9,8% dos entrevistados, que indicam pretender votar nulo, branco ou em nenhum dos candidatos e somente 6,9% disseram não saber ou preferiram não responder.

Otto lidera disputa pelo Senado

Primeiro levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas após a substituição de João Leão por Cacá Leão, ambos do Progressistas na chapa do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), mostra que o senador Otto Alencar (PSD), candidato à reeleição, lidera com certa folga a corrida pela vaga na Câmara Alta. Otto tem 33,9% das intenções de voto, enquanto Cacá aparece com 12,8%.

Como houve a mudança dos nomes, a comparação entre os levantamentos resulta em números que não podem ser colocados em paralelo. No levantamento anterior, Otto tinha 32,7% e João Leão ficava com 15,4%. Outro nome na disputa, Dra. Raíssa Soares aparece com 7,4% das intenções de voto, enquanto Tâmara Azevedo foi citada por 4,2% dos entrevistados.

Ainda não sabem em quem votar 16,8% dos eleitores, e 24,9% dizem que vão votar em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos citados. A pesquisa não fez levantamentos espontâneos para a vaga de senador. Na corrida pelo governo da Bahia, o ex-prefeito ACM Neto venceria a eleição em primeiro turno (lembre aqui).

A pesquisa ouviu 1640 pessoas, em 72 municípios, entre os dias 30 de junho e 4 de julho, com margem de erro de 2,5% e intervalo de confiança de 95%. Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-07579/2022.

Lula lidera disputa pela presidência

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a preferência de voto entre os eleitores baianos para retornar ao Palácio do Planalto. O petista é opção para 49,8% dos entrevistados pelo Instituto Paraná Pesquisas, entre os dias 30 de junho e 4 de julho, sob encomenda do Bahia Notícias. O presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em segundo lugar, com 26,5% das intenções de voto.

Em terceiro lugar, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) tem 8,5% dos baianos. Apenas André Janones (Avante) marca 1%, todo os demais nomes na disputa até aqui ficam com casas decimais na corrida pela presidência da República. A lista inclui Pablo Marçal (Pros), Simone Tebet (MDB), Felipe D’Ávila (Novo), Vera Lúcia (PSTU), Leonardo Péricles (UP), Eymael (PSDC), Luciano Bivar (União) e Sofia Manzano (PCB) – esses três últimos sequer registraram percentual. Com informações do Bahia Notícias

Pelo menos 20 estados brasileiros anunciaram a redução do ”ICMS sobre combustíveis”

/ Economia

Pelo menos 20 estados já anunciaram a redução do ICMS sobre combustíveis. Os governadores do Ceará e do Amazonas fizeram os anúncios nesta segunda-feira (04).

O Distrito Federal publicou no dia primeiro deste mês um decreto limitando em 18% a cobrança do ICMS. As alíquotas da gasolina e do etanol eram de 27%. Segundo o governo distrital, a perda é estimada em R$ 1,7 bilhão por ano.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) disse que terá que rever as contas do Distrito Federal. O Sindicato dos Comércio Varejista de Combustíveis do DF estima uma redução de R$0,43  na gasolina e R$ 0,40 no etanol com a redução do ICMS. Os consumidores devem sentir aos poucos a diferença na bomba, com a renovação dos estoques, diz o presidente da entidade Paulo Tavares.

São Paulo foi o primeiro a fazer a redução do ICMS. No estado, a alíquota caiu de 25% para 18%. Minas Gerais, Goiás, Paraná e Amapá também já anunciaram o corte.

As ações procuram atender a lei que limitou o ICMS sobre combustíveis ou a definição do Conselho Nacional de Política Fazendária de que o imposto deve ser calculado sobre a média de preços dos últimos 60 meses.

Mas, a discussão ainda não terminou. No Congresso, os parlamentares ainda precisam avaliar os vetos do presidente Jair Bolsonaro à lei do teto do ICMS. No Supremo Tribunal Federal, governadores questionam a lei do teto e a lei que determinou alíquota uniforme em todo o país.

Polícia Militar de Maracás prende casal que transportava entorpecente em motocicleta

/ Polícia

Droga era levada em uma motocicleta. Foto: Polícia Militar

A Polícia Militar de Maracás apreendeu, nesta segunda-feira (4), uma motocicleta que transportava droga com um casal que estava a bordo do veículo por volta das 15h nas proximidades do bairro Maracaizinho.

De acordo com informações divulgadas pela PM, com as duas pessoas foram apreendidos: 03 tabletes de substâncias análoga a maconha, 02 aparelhos celulares, 01 moto Yamaha YBR e a quantia de R$ 312,00 de dinheiro em espécie.

Prefeitura de Jequié intensifica testagem rápida contra Covid nas unidades de Saúde do município

/ Jequié

Como parte das estratégias de enfrentamento e monitoramento do cenário epidemiológico da Covid-19, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, passou a intensificar a testagem rápida dos casos suspeitos ou com síndromes gripais, potencializadas graças ao período sazonal das doenças respiratórias.

Todas as Unidades de Saúde passarão, também, a realizar a testagem rápida de antígeno dos casos suspeitos de Covid-19 e das pessoas com sintomas gripais, no turno da manhã, de segunda a sexta-feira. Além disso, continua mantido o atendimento do Disque Covid, das 8h às 18h, em todos os dias da semana, através dos números 3526 8962, 3526 8961 e 3526 8952, para informações e orientações sobre a doença e agendamento para testagem RT-PCR na Central de Testagem Covid.

A Secretaria de Saúde reitera que as pessoas que ainda não se vacinaram e as que estão com o esquema vacinal incompleto, devem procurar uma Unidade de Saúde para sua imediata imunização, tanto para a Covid-19 quanto para a gripe Influenza e orienta a população sobre a importância da continuidade das medidas sanitárias necessárias para evitar o contágio pelo Coronavírus e o uso de máscara para todas as pessoas que estão sintomáticas.