Dois homens são mortos em bar e um adolescente baleado em Jequié na noite desta quarta-feira

/ Jequié

Crime ocorreu em um bar no bairro Mandacaru. Foto: Leitor/WhatsApp

Um homem de 46 anos e um jovem de 22 foram mortos com disparos de arma de fogo na noite desta quarta-feira (22) na cidade de Jequié.

De acordo com o Centro Integrado de Comunicação (Cicom), era por volta de 19h50 quando a instituição militar recebeu denúncia revelando que homens armados a bordo de um automóvel Fiat Siena de cor bege teriam surpreendido as vítimas que estavam no interior de um bar na Rua Bruno Neto, no bairro Mandacaru e fizeram disparos, alvejando duas pessoas: Roque Santos Silva, 46, oriundo de Jitaúna, este que chegou a correr e tombou morto na via pública e Jobson de Oliveira Santana, 22, natural de SP, atingido no interior do ”Bar do Lula”, onde foi ao solo, sem sinais vitais.

Policiais militares utilizando as gaviões 1903, 1904, 1939 e Abutres fizeram rondas na área, mas não encontraram os autores, que fugiram após o cometimento do duplo homicídio. Equipes da Polícia Civil e do Departamento de Polícia Técnica estiveram no local e providenciaram o encaminhamento dos corpos ao Instituto Médico Legal.

Tentativa de homicídio

Após o ocorrido, já por volta das 22h a PM foi acionada para ir a Avenida Idelfonso Guedes e no Residencial Mandacaru II, no mesmo bairro. Na região, um adolescente de 16 anos havia sido vítima de tiros, sendo socorrido por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV.

Receita libera nesta quinta consulta sobre restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física

/ Economia

A partir das 10h desta quinta-feira (24), o contribuinte que entregou a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física acertará as contas com o Leão. Neste horário, a Receita Federal liberará a consulta ao segundo dos cinco lotes de restituição de 2022. O lote também contempla restituições residuais de anos anteriores.

Ao todo, 4.250.448 contribuintes receberão R$ 6,3 bilhões.  Desse total, R$ 2.697.759.582,31 serão pagos aos contribuintes com prioridade legal, sendo 87.401 idosos acima de 80 anos; 675.495 entre 60 e 79 anos; 48.913 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 661.831 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

O restante do lote será destinado a 2.776.808 contribuintes não prioritários que entregaram declarações de exercícios anteriores até 19 de março deste ano.

O dinheiro será pago em 30 de junho. A consulta pode ser feita na página da Receita Federal na internet. Basta o contribuinte clicar no campo Meu Imposto de Renda e, em seguida, Consultar Restituição. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

A consulta no site permite a verificação de eventuais pendências que impeçam o pagamento da restituição – como inclusão na malha fina. Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, basta enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

Calendário

Inicialmente prevista para terminar em 29 de abril, o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física foi adiado para 31 de maio  para diminuir os efeitos da pandemia de covid-19 que pudessem prejudicar o envio, como atraso na obtenção de comprovantes. Apesar do adiamento, o calendário original de restituição foi mantido, com cinco lotes a serem pagos entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês.

A restituição será depositada na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, como no caso de conta informada desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Neste caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos). Da Agência Brasil

Passageira de ônibus é presa em trecho da BR-116 em Jequié com 10 quilos de cocaína na bagagem

/ Trânsito

Presa por tráfico, a suspeita foi levada à delegacia. Foto: PRF

Uma mulher de 25 anos foi presa, na tarde desta quarta-feira (22), depois que 10 quilos de cocaína foram encontrados em sua bagagem. Ela estava em um ônibus que parou na BR-116, em Jequié, quando foi interceptado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Presa por tráfico de drogas, a suspeita foi levada à delegacia da cidade e responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006, cuja pena varia de cinco a 15 anos de prisão.

Em nota, a PRF informou que a mulher reside em São Paulo. O coletivo seguia da capital paulista em direção a Natal, no Rio Grande do Norte.

Ao subir no ônibus e conversar com os ocupantes, os policiais perceberam o nervosismo da passageira, que apresentou informações desencontradas sobre sua viagem.

Desconfiados, os policiais fizeram uma vistoria na bagagem e encontraram uma mochila com vários tabletes de cocaína embalados e prontos para comercialização.

Mais de 140 funcionários são impedidos de trabalhar após interdição de fábricas de licor no Recôncavo

/ Bahia

Produção de Licor na casa Roque Pinto, em Cachoeira. Foto: Rosival Pinto

Mais de 140 funcionários ficaram impedidos de trabalhar em Cachoeira, cidade no Recôncavo baiano, após a interdição de duas fábricas que produzem licor, na terça-feira (21). De acordo com associação que representa os produtores da bebida, os impactos da medida serão sentidos a longo prazo, porque o processo de fabricação começa no ano anterior.

Mais de 140 funcionários ficaram impedidos de trabalhar em Cachoeira, cidade no Recôncavo baiano, após a interdição de duas fábricas que produzem licor, na terça-feira (21). De acordo com associação que representa os produtores da bebida, os impactos da medida serão sentidos a longo prazo, porque o processo de fabricação começa no ano anterior.

Mudanças no espaço físico dos estabelecimentos; Ausência do contrato de um químico responsável, ou engenheiro de produção ou engenheiro químico; Ausência de registro junto ao Mapa de cada um dos produtos que os estabelecimentos fabricam; Ausência de um documento com a planta do local e uma espécie de inventário de tudo que tem no fabrico (móveis, objetos, quantidade desses objetos, local onde ficam instalados/armazenados).

Em nota, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) afirmou que a ação com a Polícia Federal teve o objetivo de evitar o risco à saúde do consumidor. O processo aconteceu após denúncias de irregularidades na produção e comércio de bebidas alcoólicas por mistura na região.

Auditores fiscais federais agropecuários constataram que os estabelecimentos atuavam em desacordo com a legislação. Nos locais foram verificadas infraestruturas inadequadas, bebidas fora dos padrões de identidades e qualidade, rotulagem em desconformidade com as normas estabelecidas e do uso de matérias-primas sem procedência.

De acordo com o Mapa, durante ação de fiscalização nas fábricas em 2021, foram coletadas 10 amostras de licores clandestinos variados.

Após as análises realizadas pelos Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária (LFDA), seis dessas acusaram algum tipo de não conformidade como a presença de metanol (composto orgânico da família dos álcoois que é tóxico e pode causar danos à saúde humana) acima dos limites determinados pela legislação brasileira.

Conforme o órgão, os valores encontrados eram quase o triplo da quantidade máxima permitida. Também foi encontrado a presença de corantes como Amarelo Tartrazina e Amarelo Crepúsculo, substâncias com potencial alergênico.

Os fiscais relataram ainda grau alcoólico abaixo do limite mínimo determinado para os produtos e teor de ácido sórbico acima do limite máximo permitido.

Segundo o Mapa, os estabelecimentos foram autuados e devem atender às exigências de adequações como: Obter o registro junto ao Mapa; Adotar boas práticas de fabricação; Adequar a rotulagem com lista de ingredientes, frases de advertência e graduação alcoólica; Ter um responsável técnico habilitado pela produção, padronização e manipulação das bebidas. Com informações do G1

Copa do Brasil: Em casa, Bahia perde de virada para o Athletico-PR no jogo de ida das oitavas

/ Esporte

Ao errar em gol do Athletico, Luiz foi vaiado. Foto: Felipe Oliveira

Noite ruim para o Bahia na Arena Fonte Nova. Pela Copa do Brasil, o Esquadrão de Aço perdeu para o Athletico-PR, por 2 a 1, nesta quarta-feira (22), e sai atrás nas oitavas de final da competição. Agora, para se classificar para as quartas, a equipe treinada por Guto Ferreira terá de reverter o placar na Arena da Baixada, no dia 12 de julho.

O Tricolor até saiu na frente nesta quarta, com belo gol de falta de Lucas Mugni. Contudo, sofreu com falhas defensivas e viu o qualificado adversário virar ainda no primeiro tempo, com Christian e Pedro Rocha.

O próximo compromisso do Bahia é pela Série B do Brasileirão, contra o Novorizontino, no sábado (25), às 16h, novamente na Fonte Nova. O Esquadrão é o terceiro colocado do certame, com 25 pontos. Com informações do site Bahia Notícias

Empresário de Luva de Pedreiro reage após rumores de novo agenciamento: ”a verdade prevalecerá”

/ Entretenimento

Luva de Pedreiro: Iran fez live irritado com cobranças. Foto: Rede social

O empresário Allan de Jesus, que agencia a carreira do influenciador digital Iran Ferreira, conhecido como ”Luva de Pedreiro”, se manifestou na noite desta quarta-feira (22), após rumores de um novo agenciamento do baiano. Em nota divulgada nas redes sociais, Allan Jesus informou que recebeu as notícias através da imprensa e que tem contrato com Luva de Pedreiro até 2026.

”Se alguma das partes desejar efetivamente rescindir o contrato vigente, além de respeitar a forma acordada para tanto, deverá comunicar a outra oficialmente de sua decisão”, disse o empresário. No domingo (19), Luva de Pedreiro anunciou uma pausa na gravação dos vídeos. Ele se mostrou irritado com as cobranças que tem sofrido.

”Estou pelos meus seguidores. O que meus seguidores falarem comigo aí… Tá ligado? Eu não bebo não, parceiro. Estou são. Tá ligado? Mas eu quero desabafar nessa p****. Estou de saco cheio, já”, comentou ele, exaltado. Allan Jesus informou ainda que a empresa dele, ASJ Consultoria, não tinha recebido qualquer comunicado de Luva de Pedreiro sobre uma tentativa de rescisão.

”A única coisa que temos são indícios espalhados pela internet e notícias que dariam conta de um suposto novo agenciamento, o que em tese poderia configurar quebra de exclusividade”, afirmou. De acordo com o empresário, a empresa ”fará com muita tranquilidade, abrindo a quem de direito todos os contratos, documentos, extratos e o que mais for necessário”.

Na live em que anunciou a pausa nos vídeos, Luva de Pedreiro chegou a responder alguns seguidores que comentaram que ele estaria alterado durante a live. ”Um abração para vocês aí. Esses dias aí eu não posto vídeo não. Vou ficar uns tempos aí… Tá ligado? Sem postar vídeo. Eu vou esfriar a cabeça, pô! Ficam enchendo o saco do cara. Seguir essa p**** sozinho. Deus e meus fãs, mano. F***-se. O resto é o resto”, completou o influencer.

Depois das falas do influenciador, os seguidores passaram a perguntar se ele estava bem, e chegaram a especular que o jovem estivesse insatisfeito com sua equipe de assessoria e com o empresário. Iran não respondeu nada a respeito de especulações.

Na noite de segunda-feira (20), no entanto, o baiano voltou a interagir nas redes sociais. No vídeo publicado, o baiano faz mais um lance de futebol. Na legenda, ele não comentou a decisão de voltar a postar. Disse: ”Graças a Deus, pai”.G1

Tribunal de Justiça da Bahia libera ”guerra de espadas” em ruas de Senhor do Bonfim

/ Justiça

No Nordeste Brasileiro, a guerra de espadas é uma tradição e geralmente ocorre durante as festas juninas nas cidades do Recôncavo Baiano como Cruz das Almas, Muritiba e Governador Mangabeira. Nesta quinta-feira (23), adeptos do ritual junino poderão realizar a disputa em três ruas do município Senhor do Bonfim, localizado centro-norte da Bahia, após uma decisão do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-BA).

No texto apresentado nesta quarta-feira (22), o Juiz de Direito  1º substituto da Vara Criminal de Senhor do Bonfim, Tardelli Boaventura, ressaltou que ”Ante o exposto, com fundamento no art. 649 do Código de Processo Penal, CONCEDO em parte a ordem requerida, para determinar que as autoridades policiais civis e militares se abstenham de prender em flagrante pessoas que estejam, no dia 23 de junho de 2022, portando ou empregando o uso do artefato conhecido como ”espada” nas ruas que costumam ser palco do evento: ruas Costa Pinto, Júlio Silva e Barão de Cotegipe, na cidade de Senhor do Bonfim”.

Para justificar a necessidade da liberação do evento tradicional, a advogada dos espadeiros, Camila Machado, levantou questionamentos, que serviram para enaltecer a importância histórica da ”guerra de espadas” para os moradores locais. “Como explicar às dezenas, talvez até centenas, de pessoas idosas desta cidade que aquela festa tradicional que elas e os filhos delas sempre participaram agora é crime? Seria possível, a partir de uma nova interpretação das normas legais, feita por alguns agentes do Estado, enquadrar um evento histórico desse como uma ação criminosa?”, perguntou Camila.

Mesmo sendo tradicional durante o mês de junho, a prática é proibida por lei na Bahia, por causa do risco à vida. Com a determinação, que também foi encaminhada para alguns órgãos da cidade, como: Prefeitura, Corpo de Bombeiros,  Conselho Tutelar,  Juizado da Infância e da Juventude e  gerência da Coelba, para conhecimento,  a tradição fica mantida na cidade, sem que os praticantes sejam presos durante a realização do ritual. Com informações do Bahia Notícias

Bahia registra 5.248 casos ativos de Covid-19 e mais 9 óbitos, diz boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.991 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,13%) e 1.051 recuperados (+0,07%). Dos 1.562.997 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.527.740 já são considerados recuperados, 5.248 encontram-se ativos e 30.009 tiveram óbito confirmado. Nas últimas 24h, o estado registrou 9 óbitos.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira (22) contabiliza ainda 1.903.816 casos descartados e 340.175 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia, 64.127 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.612.846 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.676.806 com a segunda dose ou dose única, 6.209.831 com a dose de reforço e 561.256 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 965.202 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 543.249 já tomaram também a segunda dose.