Fundação Dr. Jesus pratica maus tratos contra internos, diz reportagem do Fantástico, da Globo

/ Bahia

A Fundação Dr  Jesus foi alvo de uma denúncia do programa Fantástico da TV Globo que apontou irregularidades em comunidades terapêuticas que acolhem dependentes químicos espalhadas pelo Brasil. A Fundação fica em Candeias, Região Metropolitana de Salvador e é vinculada ao deputado federal Pastor Sargento Isisório (Avante).

Entre as práticas flagradas pela reportagem estão castigos físicos e racionamento de comida, segregação e repressão sexual, doutrinação religiosa interferindo no cuidado médico, ações são condenadas por especialistas e pelo Conselho Federal de Psicologia.

Na instituição baiana, a repressão sexual ganhou destaque. Em um trecho da  matéria, Isidório é flagrado afirmando que pessoas transgênero são diabólicas: ”Você deixou o Diabo lhe enganar. Você deixou o médico cortar seu pé de sofá. Ela só pensa que tem bilau. O Diabo diz ao homem que ele pode ser mulher, aí ele se veste todo, bota silicone”. Mais adiante, com um facão na mão, ele zomba da medicina: ”Meu psiquiatra chegou. Seu psiquiatra chegou”. Além disso, monitores e ex-internos falam de uma rotina de castigos, com internos que chegam a ficar três dias só comendo arroz.

Ao longo dos anos, as comunidades terapêuticas têm recebido cada vez mais dinheiro público, repassado por municípios, estados e pela União De acordo com a apuração do Fantástico, a Fundação Dr. Jesus recebeu do Governo da Bahia, desde 2015, um repasse no valor de R$ 84 milhões.

Em nota, a gestão estadual informou que os investimentos na Fundação Dr. Jesus seguem a lei. Também afirma que não vai admitir qualquer ação que atinja a dignidade e os diretos das pessoas e que possui uma forte política de inclusão e combate ao preconceito contra pessoas LGBTQIA+. Afirmou também que a denúncia será apurada.

Já o Pastor Sargento Isidório disse ser um colaborador voluntário da Fundação Dr. Jesus principalmente na orientação pastoral que busca salvar vidas e famílias. O parlamentar acrescentou que perguntas técnicas e administrativas devem ser feitas para a instituição, que não respondeu.

As comunidades existem no Brasil desde a década de 70 e vêm crescendo muito nos últimos cinco anos. A Federação Brasileira de Comunidades Terapêuticas acredita que existam hoje perto de 80 mil pessoas acolhidas, e perto de 5 a 6 mil comunidades terapêuticas espalhadas por todo o país.

O período de internação e o programa de acolhimento variam de instituição para a instituição, mas, segundo estudiosos, todas partem do mesmo princípio. ”As comunidades terapêuticas brasileiras têm como âncora do seu trabalho o tripé ‘trabalho, disciplina e espiritualidade”, diz Débora Gomes Medeiros, psiquiatra e pesquisadora de saúde coletiva da Unicamp. *Bahia Notícias

Iramaia: Fuzil, submetralhadoras, maconha, cocaína, ecstasy e crack. PRF faz apreensão de armas e drogas

/ Trânsito

Produtos estavam em um Jeep e num caminhão. Foto: PRF

Operação Corpus Christi chegando ao fim e a Polícia Rodoviária Federal segue combatendo o crime organizado. Mais uma grande apreensão foi registrada no início da noite de ontem (19), em Iramaia.

Em ação conjunta com a Polícia Militar da Bahia – CIPE CENTRAL, policiais rodoviários federais realizaram a abordagem de um JEEP/RENEGADE e um caminhão que se encontravam em um pátio de um posto de combustível, trecho do município baiano de Iramaia.

Durante os procedimentos os policiais perceberam um nervosismo incomum por parte dos ocupantes, como também respostas desencontradas em relação ao destino e motivo da viagem, o que levou a equipe a aprofundar a fiscalização e acabaram encontrando um verdadeiro arsenal que estava escondido no caminhão.

Ao todo foram apreendidos os seguintes materiais:

1 fuzil calibre 7,62; 2 submetralhadoras calibre .40; 943 comprimidos de ecstasy; 64 kg de cocaína; 1.972 kg de maconha; 9 kg de skank além de 12 kg de crack. 

Resultado de alterações genéticas, o skank é uma droga produzida em laboratório feita através de vários cruzamentos de tipos de maconha, chegando a ser considerada como uma ”super maconha”.

Com mais essa apreensão, o prejuízo causado ao crime organizado foi superior a 16 milhões de reais.

Aos policiais, o motorista disse que saiu com a carga de São Paulo e realizaria a entrega na cidade de Feira de Santana.

Diante dos fatos, foi dada a voz de prisão aos 5 homens envolvidos na ocorrência e eles foram encaminhados com todo material apreendido à Delegacia da Polícia Judiciária, no Plantão Central da Delegacia de Jaguaquara, para lavratura do flagrante, pelos crimes de tráfico de drogas (art. 33 da lei de tóxicos) e comércio ilegal de arma de fogo (art. 17 do estatuto do desarmamento).

Prefeitura de Jequié disponibiliza posto de vacinação contra Gripe e Covid-19 durante festejos de São João

/ Jequié

A Prefeitura disponibilizou um posto de vacinação. Foto: PMJ

Com o objetivo de ampliar a oferta de garantir que um maior número de pessoas complete o esquema vacinal, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, disponibilizou um posto de vacinação contra a Covid-19 e contra a gripe Influenza no circuito dos festejos de São João de Jequié, iniciado na terça-feira (14), com a abertura da Vila Junina.

A unidade de vacinação, já prestando atendimento desde quarta-feira está localizada na Praça Rui Barbosa, onde ficará funcionando durante todos os dias de festa, com a oferta das vacinas da Gripe, que já estão liberadas para o público em geral, sendo aplicadas nas pessoas a partir de 6 meses de idade. E a vacina contra a Covid-19, que já está sendo disponibilizada o Reforço 2, para adultos maiores de 50 anos e também para os trabalhadores em Saúde. A vacinação contra a Covid-19 também está contemplando crianças e adultos, obedecendo o esquema vacinal. E as pessoas que desejam se imunizar devem levar Carteira de Vacinação e CPF. Já as crianças e adolescentes devem estar acompanhados pelos pais ou por um adulto responsável.

O secretário de Saúde, Marlon Pereira, destaca que essa iniciativa faz parte das estratégias de Saúde que visam manter o índice de síndromes gripais, estáveis, garantindo mais segurança para moradores e visitantes, durante os festejos juninos.

”O momento é de alegria, com a realização do nosso São João, mas não podemos descuidar, por isso trouxemos o posto de vacinação para perto do povo. Até o momento em Jequié já foram vacinadas com duas doses 124.984 pessoas, equivalente à 81% da população jequieense. Estamos com o índice de novos casos de Covid, estáveis, e pretendemos manter assim. Por isso, pedimos a colaboração das pessoas que ainda não completaram seu esquema vacinal, que aproveitem a oportunidade de estar na festa e se vacine. Tomar a vacina ainda é a única forma eficaz de se proteger da gripe e contra a Covid-19.”, afirmou o secretário.

Ministério da Saúde planeja 4ª dose para todos com mais de 18 anos contra o novo Coronavírus

/ Saúde

O Ministério da Saúde planeja liberar a quarta dose da vacina contra a Covid-19 para todas as pessoas com 18 anos ou mais. À Folha de S. Paulo, o ministro Marcelo Queiroga reforçou que em 2021 foram aplicadas duas doses de vacinas e em 2022, essa deve ser a tendência. Segundo ele ”a análise técnica, que precisa ser superada”.

O ministro afirmou que, com o aval da área técnica, a ideia é convocar todas as pessoas com 18 anos ou mais de uma só vez, e não de forma escalonada. Atualmente, a quarta dose – ou segunda dose de reforço – está sendo aplicada em pessoas com 50 anos ou mais, trabalhadores da saúde e imunossuprimidos, como pessoas com câncer e transplantados.

É esperado que o ministério anuncie a ampliação para quem tem 40 anos ou mais até o final da semana. Alguns locais, como o Distrito Federal, Teresina, Belém e a cidade do Rio de Janeiro, já começaram a aplicação para esse público antes mesmo da recomendação do governo federal.

A ampliação da quarta dose ocorre em meio à estagnação da cobertura vacinal e à enorme quantidade de vacinas contra a Covid-19 em estoque. A expectativa do ministro é de que o parecer favorável à aplicação da quarta dose para pessoas com 18 anos ou mais seja dado nos próximos dias.

Segundo apuração da Folha de S. Paulo, no entanto, a Câmara Técnica de Assessoramento em Imunizações (CTAI) já discutiu a aplicação da quarta dose para quem tem 30 anos ou mais e concluiu que não existem evidências científicas que embasem essa decisão.

Horas após demissão de Fabiano Soares, Vitória age rápido e contrata João Burse como técnico

/ Esporte

Fabiano Soares foi demitido do Vitória. Foto: Reprodução

Horas depois de anunciar a demissão do técnico Fabiano Soares (saiba mais aqui), a diretoria do Vitória agiu rápido, e na noite deste domingo (19), contratou um novo técnico. De acordo com apuração do Bahia Notícias, trata-se de João Burse. Ele se apresenta na segunda (20).

João Burse é um velho conhecido da torcida do Vitória. Em 2015, sob o comando da equipe sub-17, ele conquistou a Copa do Brasil Sub-17. O treinador também dirigiu as equipes sub-23 e sub-20, e também o time principal em 2018. Burse também acumula passagem pela base do Palmeiras e também dirigiu a equipe profissional de forma interina. Seu último trabalho foi no Cianorte, onde ficou por três temporadas: 2020, 2021 e 2022.

O próximo compromisso do Vitória é contra o Altos, sábado (25), às 19h, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina (PI), válido pela 12ª rodada da Série C.

Saúde da Saúde alerta para acidentes que causam queimaduras durante as festas juninas

/ Saúde

O Ministério da Saúde divulgou alerta com recomendações e cuidados para evitar acidentes que possam causar queimaduras durante as tradicionais festas juninas, muito populares em todo o país. A atenção deve ser especial em ambientes em que podem ser frequentes as queimaduras por líquidos quentes, chamas de fogueira e fogos de artifício.

Entre janeiro e abril deste ano, já foram registrados 3.540 procedimentos hospitalares e 32.631 atendimentos ambulatoriais por causa de queimaduras no Brasil.

Segundo o ministério, em junho, é comum aumentarem os casos, e a prevalência é de queimaduras de segundo grau, com destaque para as lesões dos membros superiores (mãos e braços), tronco e cabeça.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 180 mil pessoas morrem por ano em consequência de queimaduras, que são a quinta causa mais comum de lesões não fatais na infância. As queimaduras não fatais podem causar hospitalização prolongada, desfiguração e incapacidade, muitas vezes resultando em cicatrizes e rejeição.

Ao todo, 48 estabelecimentos são habilitados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) como centros de referência na assistência a queimados, além da oferta de procedimentos, medicamentos, órteses, próteses, materiais especiais e exames necessários para atender às vítimas.

Primeiros socorros

De acordo com o Ministério da Saúde, em casos de queimadura, o paciente deve colocar, de imediato, a parte queimada debaixo da água corrente fria, com jato suave, por aproximadamente dez minutos. Compressas úmidas e frias também são indicadas.

Se houver poeira ou insetos no local, mantenha a queimadura coberta com pano limpo e úmido. No caso de queimaduras em grandes extensões do corpo por substâncias químicas ou eletricidade, a pessoa necessita de cuidados médicos imediatos.

É importante nunca tocar a queimadura com as mãos; nem furar bolhas; tentar descolar tecidos grudados na pele queimada, ou retirar corpos estranhos ou graxa do local queimado. Não se pode colocar manteiga, pó de café, creme dental ou qualquer outra substância sobre a queimadura. O Ministério da Saúde lembra que somente o profissional de saúde sabe o que deve ser aplicado sobre o local afetado.

Prevenção

Nas festas, é preciso também ter atenção ao manipular bebidas e alimentos com altas temperaturas e evitar brincadeiras perto de fogueiras para prevenir queimaduras por chamas e problemas nas vias aéreas, pela inalação de fumaça.

É importante ainda ter cuidado ao usar produtos inflamáveis, como o álcool 70% (na forma líquida ou em gel), e não manipular o produto perto do fogo, mantendo-o longe do alcance das crianças.

Outras recomendações são evitar fumar dentro de casa, principalmente se estiver deitado, ao acender fósforos, manter o palito longe do rosto, para não atingir cabelo ou sobrancelha, e, ao acender velas, observar se estão longe de produtos inflamáveis, botijões de gás, solventes ou tecidos.

No caso de queimaduras elétricas, é preciso retirar o fio da tomada ou desligar a energia geral. Recomenda-se ainda o uso de protetor nas tomadas elétricas da casa. Possíveis vazamentos de gás devem ser investigados com frequência, e as crianças precisam ficar longe da cozinha durante o preparo dos alimentos. O cabo e as alças das panelas, que devem estar em bom estado, têm de ficar sempre virados para a área do fogão.

Na hora do banho, é bom testar a temperatura da água com o dorso da mão antes de molhar a criança, que deve ficar sempre longe de produtos de limpeza. Recomenda-se ainda o uso de protetor nas tomadas elétricas da casa. Da Agência Brasil