Do PP, prefeito de Lajedo diz manter aliança com Zé Cocá e Leur, mas vai com Jerônimo para Governo

/ Política

Marquinhos diz não ter motivos para romper. Foto: BMFrahm

Mais um prefeito filiado ao PP de João Leão decidiu não seguir o vice-governador e declarar apoio ao pré-candidato do PT ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT).

Trata-se de Marquinhos Sena, chefe do Executivo de Lajedo do Tabocal, que inclusive é aliado do presidente da UPB Zé Cocá (PP) e do deputado federal Leur Lomanto (UB), ambos aliados do pré-candidato da oposição, ACM Neto (UB).

Durante visita do governador a Itiruçu nesta terça-feira (7), Marquinhos agradeceu a Rui pelos investimentos anunciados para o Município e disse que não tem motivos para romper com o Governo: ”Quando eu me filiei ao PP era base do governo. Diante dessa ruptura eu não tinha motivos para deixar de caminhar com o governo. Aquilo que é acertado não sai caro. Procurei o meu líder, que é Zé Cocá, que me levou para o PP e falei que a gente votará com Hassan (PP) para estadual, apoiado por ele, com Leur (UB) para federaL, Bobô (PCdoB), Valmir Assunção (PT), dividimos as lideranças, mas pra governo a gente não abre mão de caminhar com Rui Costa”, disse Marquinhos, tendo enumerado obras liberadas para Lajedo através do Estado, citando como exemplos a construção de uma nova escola, praça, pavimentação, reforma de mercado de cereais, galpão para acolher costureiras e outros benefícios.

Ele afirmou ainda que aposta na vitória de Jerônimo: ”Acredito que será um grande sucessor do governador e ele tem um discurso que condiz com a minha realidade”. O prefeito confirmou a visita de Rui a Lajedo no próximo dia (13), quando a cidade completará 33 anos de emancipação político-administrativa e as comemorações contarão com show do cantor Pablo do Arrocha, contratado por meio da BahiaTursa como forma de apoio ao evento.

Euclides Fernandes justifica mudança do PDT para o PT; ”minha linha sempre foi a da esquerda”

/ Política

Euclides Fernandes justifica mudança partidária. Foto: MFrahm

Integrante histórico do PDT, desde quando exercia o cargo de vereador em Jequié, Euclides Fernandes, agora exercendo o quarto mandato consecutivo de deputado estadual e que é pré-candidato a reeleição, migrou para o PT após o presidente estadual do seu ex-partido fechar aliança política com a oposição, liderada pelo ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (UB).

Ao ser indagado pelo Blog Marcos Frahm sobre a mudança partidária, nesta terça-feira (7), durante visita do governador Rui Costa (PT) ao Município de Itiruçu o parlamentar justificou, afirmando que sempre teve  viés de esquerda. ”Eu era do PDT e historicamente sempre tive aliança com o PT, desde o governo Jaques Wagner e agora com Rui Costa. Nesse ano político – eleitoral, o PDT passou a ter uma postura de aliança com a direita, o que não tem nada a haver com a linha que eu sempre tive, que foi a linha da esquerda. Eu achei melhor sair do PDT e integrar o 13 de Lula, de Rui e Jerônimo”, disse o deputado.