Itiruçu: Prefeita faz apelo a Rui por contratação de Mari Fernandes para o São Pedro

/ Entrevista

Lorena que complementar a grade da festa. Foto: BMFrahm

A contratação de dois renomados artistas para apresentações no São Pedro de Itiruçu 2022, Luan Santana e Xandy Avião, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia parece não ter sido o suficiente para a prefeita Lorena Di Gregório (PSD), que aproveitou a visita do governador Rui Costa (PT) ao Município, na tarde desta terça-feira (7), para fazer apelo ao chefe do Executivo para que autorize a BahiaTursa a aumentar a cota.

Além das atrações, Itiruçu receberá do Estado o montante de R$ 140.000,00 para a realização da festa. Entretanto, Lorena quer angariar mais apoio e sugeriu, ao discursar no palanque do governador, que visitava Itiruçu para a entrega da nova Delegacia de Polícia a contratação da cantora Mari Fernandes para complementar a grade dos festejos juninos.

A mandatária agradeceu a Rui pelo apoio nas contratações de Luan e Xandy e puxou um coro apelando por Mari: ”Mais uma, mais uma, mais uma”.

Em entrevista após o evento ao Blog Marcos Frahm, Lorena reafirmou o desejo de ter a cantora na grade da festa: ”Ela tem disponibilidade, já está contratada pela BahiaTursa para o dia primeiro de Julho e a gente só está chamando para que a agenda dela seja transferida para Itiruçu”, disse a prefeita, tendo afirmado que o órgão já sinalizou positivo a negociação e para o desfecho depende da autorização do governador.

Lorena destacou que Rui foi benevolente com Itiruçu ao autorizar novas obras, além da entrega da nova unidade da Polícia Civil. ”São cerca de dezenove nove milhões de investimentos, com a construção da escola estadual, pavimentação de ruas, tanto na sede quando no distrito, reforma do mercado de Ubapuçu, construção de uma praça. Então, hoje, o governador foi muito bom para a nossa cidade e Rui viu que Itiruçu vai está junto com ele”.

Por trás de um grande homem, sempre tem uma grande mulher, diz Lorena com placas a Rui e Aline

/ Política

Rui e Aline ganham placas e elogios de Lorena. Foto: BMFrahm

A prefeita Lorena Di Gregório (PSD), de Itiruçu, demonstrou seguir alinhadíssima com o governador Rui Costa (PT). Durante visita do chefe do Executivo estadual ao Município, na tarde desta terça-feira (7), Lorena demonstrou também entrosamento com a primeira-dama do Estado, Aliene Peixoto, que apesar de não ter marcado presença no evento ganhou uma placa de reconhecimento. ”Por trás de um grande homem, sempre tem uma grande mulher”, disse a mandatária ao fazer efusivos elogios a Aline, a Rui e ainda afirmou que vai trabalhar para que o pré-candidato a governador apoiado por Costa, Jerônimo Rodrigues (PT), obtenha 90 % no Município.

Estudo feito pelo Banco Pan mostra que 33% dos trabalhadores não sabem como utilizar o FGTS

/ Economia

Um levantamento feito pela Serasa e pelo Banco Pan mostrou que, apesar de 92% dos trabalhadores afirmarem conhecer o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), 33% ainda não sabem em que condições podem utilizar o próprio dinheiro. Entre as possibilidades menos conhecidas pelos entrevistados estão ”para fazer empréstimos” (64%) e “sacar o saldo após 70 anos de idade” (58%). Foram entrevistados 2.132 trabalhadores com registro em carteira no regime CLT, entre 12 e 22 de abril.

Segundo a pesquisa, divulgada hoje (7) na capital paulista, quatro em cada dez entrevistados (38%) admitem não saber qual o valor do seu saldo do FGTS, sendo que 16% nem sabem que é possível consultar o saldo junto à Caixa Econômica Federal. Entre os consultados, 40% têm até R$ 1.000 de saldo e 51% até R$ 2.500.

Entre aqueles que gostariam de usar o FGTS para realizar sonhos, 45% pensam em utilizar o saldo para adquirir um imóvel, 33% projetam usar os recursos para montar o próprio negócio, 17% para pagar todas as dívidas e outros 10% afirmaram que pretendem usar o resgate para limpar o nome. Os juros baixos são o principal atrativo para solicitar empréstimo com garantia do FGTS.

Em termos de investimentos, 43% afirmam que o FGTS é péssimo, pois há produtos com melhor rentabilidade, enquanto 39% consideram o FGTS um porto seguro para o futuro. Cerca de 33% só pretendem sacar em caso de extrema necessidade.

”A pesquisa é importante para entender a relação do brasileiro com o FGTS. Fica claro que há uma parcela significativa de pessoas que não têm um conhecimento de como utilizar esse recurso. É importante esclarecer todas as questões para o consumidor para que ele possa tomar uma decisão, porque esse é um dinheiro dele e que poderia ser utilizado para aliviar sua vida financeira”, disse o responsável pelo Instituto Opinion Box, empresa responsável pela pesquisa, Felipe Sharpers.

”Os jovens trabalhadores não tem conhecimento pleno sobre o FGTS então é importante termos o cuidado de dar educação financeira para quem está entrando no mercado de trabalho”, completou Sharpers.

 

Advogado ajuíza ação popular para cancelar São João de Jequié; MP arquiva ação e festa está mantida

/ Jequié

São João de Jequié ocorrerá entre 14 e 26 de Junho. Foto: Divulgação

Uma ação popular foi ajuizada por um advogado, Abdjalile Pereira Belchot Filho, na 2ª Vara dos Feitos de Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais de Jequié, com o objetivo de cancelar a realização do São João da cidade por parte da gestão pública municipal.

A ação movida contra a Prefeitura e o prefeito Zé Cocá (PP) gerou grande repercussão na imprensa local e nas redes sociais, nesta terça-feira (7) e, no documento, consta um pedido de liminar, por improbidade administrativa, dano ao erário, enriquecimento ilícito, violação e princípios administrativos, tendo como justificativa os gastos com a realização do evento, ultrapassando os R$ 4 milhões.

Entretanto, no final da tarde, a Procuradoria Regional de Justiça, representação do Ministério Público Estadual decidiu pelo arquivamento da ação popular, requerida pelo advogado contra a prefeitura e o prefeito.

O processo seria encaminhado, caso não fosse arquivado, ao Juiz de Direito titular da 2ª Vara dos Feitos de Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais de Jequié, Luiz Henrique de Almeida Araújo, que faria análise do pedido de suspensão dos festejos, que terão início no próximo dia (14) de Junho, com a Vila Junina, na Praça Rui Barbosa, cuja programação oficial ocorrerá entre os dias 23 e 26, na Praça da Bandeira, onde se apresentarão as principais atrações contratadas, como Maiara e Maraísa, Simone e Simaria, Tarcísio do Acordeon, Felipe Araújo, Luiz Caldas, Jonas Esticado, Mastruz com Leite, Lucy Alves, Chambinho, Cacau com Leite, Edu e Marial, Norberto Curvelo, além de bandas locais e regionais.

Rui entrega delegacia em Itiruçu e autoriza construção de colégio e obras de desenvolvimento urbano

/ Polícia

Nova Delegacia foi construída em Itiruçu. Foto: Rafael Martins

Uma nova Delegacia Territorial está a serviço da segurança dos cerca de 12,5 mil moradores de Itiruçu, no Vale do Jiquiriçá. A unidade foi inaugurada nesta terça-feira (7) pelo governador Rui Costa, acompanhado do secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, da delegada-chefe da Polícia Civil, Heloísa Campos Brito, e demais autoridades.

Na ocasião, as secretarias da Educação (SEC) e de Desenvolvimento Urbano (Sedur) também foram autorizadas a prosseguirem com a construção de uma nova escola estadual. Na área de desenvolvimento urbano, foram autorizados convênios para a recuperação do Mercado Municipal do distrito de Upabaçu, para a construção do Shopping Popular, para a pavimentação de diversas ruas e outras obras.

”Começamos hoje cedo no município de Laje e estamos agora em Itiruçu. E aqui, além de trazer tantos anúncios, estamos inaugurando uma nova delegacia com o compromisso de renovação, de fortalecimento da Polícia Civil.  São mais de 200 unidades, das polícias Civil e Militar, que estão sendo construídas ou reformadas”, afirmou Rui.

A nova delegacia fica ao lado do prédio da Polícia Militar, que também passará por reformas. ”Isso está sendo feito para melhorar a autoestima dos policiais e para melhorar o atendimento à população”. Segundo ele, em breve serão inauguradas as delegacias dos municípios de Lafaiete Coutinho e Maracás, que já estão com as obras concluídas.

A delegada-chefe, Heloísa Brito, destacou a aplicação de recursos em Segurança Pública. ”Há mais de 30 anos não se via um investimento tão grande na estrutura das delegacias em todo o estado. Esta nova unidade foi pensada para um atendimento mais humanizado de quem precisa do trabalho da Polícia Judiciária e também para o conforto e a segurança dos servidores da Segurança Pública. E a delegacia possui, além da custódia e sala de reconhecimento, todos os computadores e equipamentos para o trabalho”.

Educação

A nova unidade escolar vai sediar o Colégio Estadual Maria Cândida Castilho Fontoura. ”São R$ 20 milhões para a construção de salas amplas, com no mínimo 60 metros quadrados, ginásio poliesportivo, campo de futebol society. Uma unidade onde será implantada a Escola em Tempo Integral. O aluno vai chegar às 7h, vai tomar café da manhã, estudar as matérias curriculares. Depois do almoço, se precisar, terá reforço escolar, ou pode fazer atividades culturais, esportivas, ou ainda um curso profissionalizante”, explicou o governador.

Desenvolvimento Urbano

A importância dos investimentos na área do desenvolvimento urbano foi destacada pelo governador. ”Nós queremos estimular o pequeno comerciante, então autorizamos esse convênio para a construção do Shopping Popular’. O Mercado Municipal do distrito de Upabaçu também passará por reformas. A agenda da comitiva do Governo do Estado ainda contemplou a assinatura de novos convênios entre a Conder e a Prefeitura local para pavimentação de ruas, reforma da Praça 7 Portas, com a implantação de quiosques, sanitários e parquinho.

Outros investimentos

Itiruçu é um dos municípios consorciados com a Policlínica Regional de Jequié, entregue pelo Governo da Bahia em 2017. A unidade, que custou R$ 22 milhões, utilizados na edificação e na compra de equipamentos, atualmente oferece atendimento para 14 especialidades e beneficia mais de 500 mil moradores da região.

Poções: Educação adota nome social de jovem trans que teve casa apedrejada após reivindicar direito

/ Educação

A Secretaria Municipal de Educação da cidade de Poções, no sudoeste da Bahia, adotou o nome social do adolescente trans que teve a casa apedrejada após reivindicar o direito na escola. O caso é acompanhado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA).

O caso chegou à secretaria porque a mãe do garoto procurou a pasta, para pedir que o nome social do filho, que tem 12 anos, fosse adotado na escola. Antes, ela já tinha buscado a secretaria da unidade escolar, que a encaminhou para o órgão municipal.

Além de adotar o nome social do garoto, a Secretaria de Educação informou que iniciou um trabalho de conscientização em todo o município, para que situação não volte a acontecer em outras escolas. No caso do adolescente, o nome ainda é considerado ”social” porque ele não foi retificado em certidão.

A mãe do adolescente contou que a família tem sido vítimas de ataques. Ela relatou que, desde que começou a pedir a adoção do nome social do filho, as pessoas têm passado pela casa da família, à noite, batendo no portão, gritando e desligando a energia elétrica. No caso mais recente, quebraram o vidro da janela da sala.

A suspeita é de que um pastor evangélico esteja incentivando transfobia e o ódio contra o adolescente, gravando áudios e encaminhando para pessoas da cidade. A Polícia Militar, que chegou a ser acionada em um dos ataques à família, informou que orientou a mãe do garoto a registrar o caso em delegacia.

O órgão vai apurar eventuais condutas ilícitas e criminais que tenham sido cometidas pelo pastor, contra o adolescente.

Em nota, o pastor informou: ”[O áudio] sequer menciona algum endereço ou nome civil, mas estão tentando influenciar e comover a opinião pública de eu ser responsável pelo ódio e ataques dirigidos a adolescente trans, convenientemente ocorrido sem qualquer evidência, tentando relacionar o vazamento do áudio com o suposto apedrejamento, não oferecendo nenhuma prova que foi causado por pessoas da igreja”.

Os responsáveis pelos ataques à família do adolescente ainda não foram identificados. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também acompanha o caso. As informações são do G1

Corpo de homem crivado de balas é encontrado em via pública de Jaguaquara; polícia apura o caso

/ Jaguaquara

Corpo foi encaminhado ao IML de Jequié. Foto: BMFrahm

Um homem morreu vítima de disparos de arma de fogo na madrugada desta terça-feira (7), na Rua Tom Jobim, no bairro Casca, em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá. Moradores do bairro disseram ter ouvido os estampidos e encontraram o corpo em um matagal, nas primeiras horas de hoje.

A Polícia Militar esteve no local e acionou a Polícia Civil e Departamento de Polícia Técnica de Jequié, que providenciaram o encaminhamento do cadáver ao Instituto Médico Legal de Jequié.

O homem não portava documentos, mas a polícia informou que se trata de um suspeito pelo cometimento de crimes na cidade e apura o caso.

Rota Bahia, projeto que une sites e blogs, relembra Dia Nacional da Liberdade de Imprensa

/ Imprensa

O Dia Nacional da Liberdade de Imprensa foi fruto de um grito contra a censura. Em 7 de junho de 1977, mais de três mil jornalistas se uniram em um manifesto contra um ambiente de terror e duras limitações para a divulgação do que ocorria sob o regime militar, à época comandado por Ernesto Geisel. Porém, 45 anos depois, esse grito ainda se mostra necessário, infelizmente.

Em um ambiente digital, onde o próprio Bahia Notícias nasceu, também nascem as redes responsáveis por intensificar as chamadas Fake News. Mais do que simples equívocos, elas ganham uma conotação clara de usar uma mentira disfarçada de notícia para atacar algo ou alguém. E a imprensa séria se tornou um dos principais alvos dessa prática.

Por isso, se torna cada vez mais necessária a união dos veículos de comunicação para a defesa dos profissionais que trabalham de forma séria e comprometida. A imprensa tem um papel fundamental para a cobrança de respostas do poder público, em todos os seus níveis. E se a liberdade da atuação de jornalistas é importante a todo momento, em um ano de eleição se torna ainda mais relevante, pois pode ajudar ou prejudicar o rumo da própria nação.

Neste 7 de junho, o ROTA BAHIA marca um momento de união que jamais existiu na imprensa baiana. Dez sites, nas regiões mais importantes do estado, imbuídos em ajudar uns aos outros, pra que todos possam crescer e chegar ainda mais longe, sempre respeitando a verdade e os leitores. Assim, se muitas vezes a sociedade não tem voz para cobrar respostas, só a defesa da liberdade editorial responsável pode fazer as perguntas que precisam ser feitas.

Bahia Notícias

Achei Sudoeste

Acorda Cidade

Blog do Anderson

Blog do Valente

Blog Marcos Frahm

Calila Notícias

Políticos do Sul da Bahia

Radar64

RedeGN

Record dá bronca em Adelson Carvalho após apresentador chamar Lula de ”ex-presidiário”

/ Imprensa

Adelson Carvalho é apresentador da Record/Bahia. Foto: Reprodução

O apresentador do Balanço Geral, Adelson Carvalho, se meteu em um saia justa com a cúpula da RecordTV após ter chamado o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de ex-presidiário durante apresentação do programa na última quinta-feira (2).

Na ocasião, Adelson e o repórter João Kalil, comentavam sobre um flagrante de criminosos assaltando um idoso na Avenida Sete de Setembro, em Salvador. Ao comentar a ação dos bandidos, o apresentador, sem citar Lula, afirmou que o presidenciável defende criminosos em seus discursos.

”Kalil, de indignar, é o ex-presidiário dizer que tem pena desses jovens aí. O ex-presidiário fala abertamente que não suporta mais ver jovem apanhando, morrendo, porque roubou um celular para ter um dinheirinho. É, o ex-presidiário fala isso com a maior cara de pau. Com o maior cinismo!”, inicia Adelson.

”É o mesmo que recentemente disse que a classe média no Brasil está ostentando demais, que mora em um empreendimento de milhões. Só viaja de jatinho, cheio de segurança, com todo mundo bem armado. Tá rindo da cara do povo, tá dando risada”, concluiu.

De acordo com informações do portal Notícias da TV, o vídeo começou a viralizar em grupos de esquerda e chegou às mãos de Gustavo Orlandi, diretor de Jornalismo da Record na Bahia, e da alta cúpula da emissora em São Paulo.

Ao portal, o canal baiano confirmou a advertencia. ”Adelson Carvalho foi advertido pela direção de Jornalismo da Record TV em função dos comentários indevidos feitos na edição de quinta do programa. A orientação da direção de Jornalismo, de conhecimento de todas as redações e prevista em Manual de Práticas e Diretrizes, é para que os apresentadores se atenham estritamente aos fatos reportados. Portanto, a direção não corrobora com as opiniões pessoais emitidas pelo jornalista”, disse a emissora em nota. Com informações do site Bahia Notícias

Supremo Tribunal Federal derruba decisão de Kassio e retoma cassação de bolsonarista pelo TSE

/ Justiça

O ministro Kassio Nunes Marques, do STF. Foto: Agência Senado

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) manteve nesta terça-feira (7) a cassação do deputado estadual Fernando Francischini (União Brasil-PR) e derrubou a decisão do ministro Kassio Nunes Marques que havia restituído o mandato do parlamentar.

Francischini é apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL) e havia sido cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Kassio havia ordenado na quinta-feira (2) a suspensão da decisão que cassou o mandato de Francischini.

O caso foi pautado por Kassio para análise da Segunda Turma da corte nesta terça. Ele é o presidente da turma, que tem cinco integrantes, e levou sua decisão a referendo desses ministros. Na tarde desta terça, a turma votou, por três votos a dois, por manter a decisão do TSE que cassou Francischini.

Além de Kassio, votou pela restituição do mandato de Francischini apenas o ministro André Mendonça. Ambos foram indicados à corte pelo presidente Bolsonaro. Os ministros Edson Fachin, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes discordaram e se manifestaram de forma contrária.

”Entendo que a decisão proferida pelo TSE está correta e adequada à ordem jurídica”, disse Edson Fachin, que também é presidente do TSE. Segundo Fachin, o então candidato disseminou informações falsas com o objetivo de tumultuar o sistema eleitoral, o que seria uma irregularidade grave. Ao pautar o julgamento para a Segunda Turma, Kassio esvaziou o julgamento em plataforma virtual de um recurso relatado por Cármen Lúcia que questionava sua decisão no caso Francischini.

No plenário virtual, os 11 ministros estavam aptos a votar, e havia a possibilidade de uma derrota com uma diferença maior para Kassio. O julgamento do plenário virtual até chegou a ser iniciado na madrugada desta terça, mas o ministro André Mendonça logo pediu vista (mais tempo para análise) e suspendeu o julgamento.

Antes de Mendonça pedir vista, a própria Cármen Lúcia havia votado contra a decisão de Kassio, além de Edson Fachin e Alexandre de Moraes. Na noite desta segunda (6), o vice-procurador-geral eleitoral, Paulo Gonet Branco, também havia recorrido da decisão de Kassio.

Em manifestação enviada ao Supremo, o representante da PGE (Procuradoria-Geral Eleitoral) rechaçou a tese de que houve ”alteração de jurisprudência no curso do processo eleitoral de 2018”, reforçando argumentos enviados anteriormente ao TSE por ocasião da análise de um recurso de Francischini.

Aliado de Jair Bolsonaro, Fernando Francischini foi cassado em outubro passado devido à publicação de vídeo, no dia das eleições de 2018, no qual afirmou que as urnas eletrônicas haviam sido fraudadas para impedir a votação no então candidato a presidente da República.

A decisão liminar (provisória) de Kassio teve um efeito simbólico que mexia não só com as eleições como também com a crise permanente de tensão de Bolsonaro com o Poder Judiciário. Isso porque o magistrado foi indicado ao STF por Bolsonaro, tem votado a favor de causas do presidente em diferentes julgamentos, mesmo que de forma isolada, e na última semana derrubou uma decisão do plenário do TSE usada como exemplo contra a propagação de fake news nas eleições.

Bolsonaro transformou o tribunal e seus ministros em adversários políticos. O presidente ataca os integrantes da corte ao mesmo tempo em que faz ameaças de tom golpista contra as eleições deste ano —ele aparece distante do ex-presidente Lula (PT) nas pesquisas de intenção de voto.

No julgamento de outubro, em meio ao acirramento das tensões entre o Palácio do Planalto e a cúpula do Judiciário, os ministros do TSE impuseram uma pena dura ao aliado do presidente. Avaliaram que a punição poderia contribuir para conter a propagação de informações inverídicas sobre o funcionamento das urnas letrônicas em 2022. Foi a primeira vez que o TSE tomou decisão relacionada a um político que fez ataque aos equipamentos.

Dias depois, Bolsonaro comparou o veredito do tribunal a um estupro. ”A cassação dele foi um estupro. Por ter feito uma live 12 minutos antes, não influenciou em nada. Ele era deputado federal. Foi uma violência (…) Aquela cassação foi uma violência contra a democracia”, afirmou. ”A cassação do mandato [de Francischini] realmente é uma passagem triste da nossa história. Nem na época do AI-5 se fazia isso, e o pessoal critica tanto nosso AI-5”.

José Marques/Folhapress

Após 4 dias de instabilidade nos sistemas do Ministério da Saúde, Bahia volta a divulgar dados da Covid

/ Saúde

Após quatro dias de instabilidade na plataforma e-SUS Notifica e SivepGripe, do Ministério da Saúde, o registro dos casos da Covid-19 no Brasil voltaram a ser divulgados nesta terça-feira (07). Os números não representam o total de casos das últimas 24 horas, eles são fruto do acúmulo de notificações em virtude da falha nos sistemas do Ministério da Saúde.

Na Bahia, nas últimas 96 horas, foram registrados 1.543 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,10%) e 996 recuperados (+0,07%). Dos 1.551.408 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.519.966 já são considerados recuperados, 1.494 encontram-se ativos e 29.948 tiveram óbito confirmado. Nas últimas 24h, o estado registrou 2 óbitos. Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico desta terça contabiliza ainda 1.890.627 casos descartados e 336.220 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta terça. Na Bahia, 63.525 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.605.204 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.691.252 com a segunda dose ou dose única, 5.925.591 com a dose de reforço e 298.967 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 954.267 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 507.513 já tomaram também a segunda dose.

Instabilidade

Desde a última sexta-feira (3), uma instabilidade na plataforma e-SUS Notifica e SivepGripe, do Ministério da Saúde, que realiza o registro dos casos ambulatoriais e internações da Covid-19 no Brasil, impossibilitou que a Bahia tivesse acesso aos dados relacionados à Covid.

Diversas tentativas para a extração de dados foram realizadas sem que houvesse sucesso na operação. As equipes de tecnologia da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), bem como da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Divep) contactaram o Ministério da Saúde, mas o sistema só foi retomado nesta terça.

Pesquisa testa uso do leite materno para tratar Covid em quadro de imunodeficiência grave

/ Saúde

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) recorreram a um método nada convencional para tratar a Covid-19 em uma paciente com uma doença genética rara que torna seu sistema imune incapaz de combater vírus e outros patógenos.

Durante uma semana, ela foi orientada a ingerir 30 mililitros de leite materno – de uma doadora vacinada contra o SARS-CoV-2 – a cada três horas. Após esse período, o resultado do teste de RT-PCR – que há mais de 120 dias vinha indicando a presença do RNA viral – finalmente veio negativo.

O caso foi relatado em artigo publicado na revista Viruses. ”Tenho acompanhado essa paciente desde criança e quando ela me contou que estava com COVID-19 eu fiquei muito apreensiva. O erro inato da imunidade que ela apresenta deixa seu sistema de defesa todo desregulado. Sua resposta inflamatória é deficitária, há poucas células se mobilizando para o local da inflamação e baixa produção de anticorpos. As características de virulência dos agentes infeciosos podem levar a dois desfechos nesses casos: infecção crônica ou morte”, conta a pediatra Maria Marluce dos Santos Vilela, professora da Faculdade de Ciências Médicas (FCM-Unicamp) e autora principal do artigo.

A pesquisadora explica que o sistema imune humano e dos demais mamíferos produz normalmente cinco tipos de anticorpos: as imunoglobulinas IgM, IgG, IgA, IgE e IgD. Portadores dessa doença – conhecida como síndrome de imunodesregulação – geralmente têm pouco IgE e, em alguns casos, ausência completa de IgA, o principal anticorpo neutralizante de vírus e outros patógenos, que costuma estar presente no leite materno, nas secreções respiratórias e gastrintestinais. Além disso, há uma produção muito baixa de IgG, normalmente o anticorpo mais abundante no sangue e responsável por reconhecer e neutralizar antígenos com os quais o organismo já teve contato prévio. Há apenas 157 casos do tipo descritos no mundo, caracterizados em estudo publicado no Journal of Allergy and Clinical Immunology, do qual Vilela é coautora.

”Nossa estratégia foi manter a paciente isolada em casa, sob os cuidados da mãe – que monitorou a oxigenação, temperatura corporal e a nutrição. No hospital ela poderia contrair uma infecção bacteriana, o que tornaria o quadro ainda mais grave. E desde o diagnóstico, em março de 2021, nós a acompanhamos periodicamente por vídeo”, conta a médica.

Nos primeiros 15 dias de infecção a paciente apresentou febre, perda de apetite e de peso, tosse e indisposição. Mas para surpresa e alívio de Vilela, o pulmão e demais sistemas mantiveram-se inalterados. Passados dois meses, o quadro permanecia o mesmo e o grupo então decidiu testar, em parceria com o Hemocentro da Unicamp, o tratamento com plasma de convalescente, ou seja, a transfusão de anticorpos produzidos por pessoas que haviam se curado da Covid-19, principalmente os do tipo IgG.

O procedimento foi feito e promoveu melhora dos sintomas e redução de marcadores inflamatórios no sangue. Mas, após 15 dias, o exame de RT-PCR permanecia positivo e a paciente seguia apresentando sintomas leves e sinais do que os médicos chamam de adinamia, que é uma grande fraqueza muscular associada a processos infecciosos prolongados.

”Ficamos receosos de que a infecção se prolongasse por muito tempo, o que a debilitaria ainda mais e aumentaria o risco de contaminar outras pessoas. Nessa mesma época, saíram os resultados de um estudo mostrando que mulheres lactantes imunizadas com a vacina da Pfizer produziam leite com uma quantidade razoável de IgA. Decidimos então fazer a experiência assistencial de reposição de IgA via leite materno”, conta Vilela.

A pesquisadora conta que só foi possível fazer o ensaio porque há no país uma legislação rígida que garante a segurança dos bancos de leite. Somente podem doar mulheres saudáveis, com testes negativos para doenças infecciosas como Aids, sífilis e hepatite, entre outras. E o sistema também permite saber se a doadora foi imunizada. Com informações do site Bahia Notícias

Após suspensão da ”Festa da Banana”, MP-BA acompanha gastos dos municípios com festas juninas

/ Bahia

Após as duas suspensões da Festa da Banana, na cidade de Teolândia, no sul da Bahia, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) anunciou que tem acompanhado os gastos dos municípios baianos com as festas juninas.

”A gente faz até um apelo para que os gestores possam reunir suas equipes técnicas, reavaliarem a situação dos seus municípios, verificarem se as suas atuações em relação aos festejos juninos estão adequadas à saúde financeira dos seus respectivos municípios, e assim possamos ter um São João de alegria, mas também de responsabilidade com a gestão do dinheiro público”, disse o promotor de Justiça, Frank Ferrari.

Após as duas suspensões da Festa da Banana, na cidade de Teolândia, no sul da Bahia, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) anunciou que tem acompanhado os gastos dos municípios baianos com as festas juninas.

”A gente faz até um apelo para que os gestores possam reunir suas equipes técnicas, reavaliarem a situação dos seus municípios, verificarem se as suas atuações em relação aos festejos juninos estão adequadas à saúde financeira dos seus respectivos municípios, e assim possamos ter um São João de alegria, mas também de responsabilidade com a gestão do dinheiro público”, disse o promotor de Justiça, Frank Ferrari.

A Festa da Banana foi cancelada duas vezesuma pela Justiça da Bahia e outra pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). O evento seria realizado dos dias 4 a 13 de junho, e custou R$ 2 milhões em recursos do município.

A polêmica do cancelamento da festa surgiu porque Teolândia foi uma das cidades afetadas pelas chuvas que caíram no estado baiano no final de 2021. Desde 26 de dezembro, o município está em estado de emergência e recebeu R$ 2,3 milhões do governo federal – valor próximo ao gasto pela gestão com o evento.

Maria Baitinga, conhecida como Rosa, disse que organizou a festa para levar ”alegria” para a população, que enfrenta a pandemia da Covid-19 e os reflexos das chuvas que caíram na região, no final de 2021. Com informações do G1

Patrick presta apoio a prefeita de Teolândia após Rosa chorar com suspensão da Festa da Banana

/ Política

Patrick e sua esposa Emanuelle com a prefeita Rosa. Foto: Rede social

A prefeita de Teolândia, Rosa Baitinga (PP), que chorou após ao cumpri a decisão judicial que resultou no cancelamento da Festa da Banana, inclusive com a suspensão do show do cantor Gustavo Lima ganhou o apoio do ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual, Patrick Lopes (Avante), seu novo aliado político.

Ao discursar em um palco montado para o evento em praça pública, na noite de domingo (5), a prefeita chorou e encerrou o discurso ajoelhada, com repetidas falas sobre Deus. ”A péssima notícia chega, e chega quase de noite. Parece que é para matar a gente. Mas quem tem força tem coragem”, afirmou.

Alto cachê

Gusttavo Lima, que receberia um cachê de R$ 704 mil, estava na grade da programação, que custaria um total de R$ 2,3 milhões.

O sertanejo vem sendo alvo de críticas após a divulgação de cachês milionários pagos por pequenas prefeituras para seus shows. Na última semana, uma série de polêmicas envolvendo a contratação de sertanejos por prefeituras de municípios do interior veio à tona, diante da incompatibilidade do cachê com a realidade orçamentária das administrações públicas.

Aliança com Patrick

Em rede social, Patrick Lopes, que estava no palanque ao lado de Rosa no momento do anúncio do cancelamento do evento, postou uma mensagem nesta segunda-feira (6), dizendo estar prestando apoio à mandatária. ”Quero prestar todo o meu apoio a minha querida amiga prefeita de Teolândia, Rosa Baitinga. Infelizmente, devido a uma ordem judicial, a tradicional Festa da Banana teve que ser cancelada. Lutamos juntamente nesses últimos dias para garantir a realização desta festa tão importante para a economia e cultura do município. Reitero minha admiração a essa mulher pública de garra”, escreveu o pré-candidato, que segundo informações apuradas pelo BMFrahm teria fechado apoio a Patrick com anuência do governador Rui Costa (PT), que tenta turbinar a pré-campanha do ex-prefeito de Jitaúna a ALBA depois da ruptura política dele e de Lopes com o prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), este que marchará com ACM Neto na disputa pelo Governo do Estado.