Vitória vence Campinense por 1 a 0 e se afasta do Z4 da Série C do Campeonato Brasileiro

/ Esporte

Com o triunfo, o Vitória fica em 11º lugar. Foto: Campinense

Vitória venceu, neste sábado (28), o Campinense, por 1 a 0, e conquistou o segundo triunfo consecutivo na Série C do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vitória fora de casa.

O placar foi aberto aos 6 minutos do 2º tempo. Depois do escanteio cobrado na área do Campinense, houve bate-rebate e a bola sobrou para o zagueiro rubro-negro Danilo Cardoso, que não perdoou, balançou a rede e correu para a torcida.

Com o triunfo, o Vitória fica em 11º lugar, a três posições de garantir uma vaga para a segunda fase do campeonato.

Deputado estadual Tom Araújo diz que não tentará a reeleição em 2022 e revela câncer raro

/ Saúde

Tom também já foi prefeito de Conceição do Coité. Foto: Reprodução

O deputado estadual baiano Tom Araújo (União Brasil) anunciou que não tentará a reeleição. O legislador usou as redes sociais neste sábado (28) para dizer que vai se dedicar ao tratamento de um câncer raro. Ele descobriu o tumor no intestino em setembro do ano passado.

Até então, o assunto era tratado apenas com a esposa e com os filhos. Na postagem, o deputado lembrou do desgaste do tratamento, falou também que campanha traz todo um esforço, que é natural, mas nesse momento ele precisa cuidar da saúde.

”Eu preciso cuidar um pouco de mim neste momento, cuidar da minha saúde, fazer as revisões porque o amor que eu sinto pelas pessoas e a retribuição que elas têm comigo jamais vai acabar. Porque a nossa amizade foi construída alicerçada. Por isso que eu digo a vocês que estaremos sempre juntos”, declarou em um trecho do vídeo.

Tom Araújo está no terceiro mandato como deputado estadual. Ele também já foi prefeito de Conceição do Coité, na região sisaleira. Tom Araújo disse que está bem e segue apoiado por familiares e amigos. Com informações do site Bahia Notícias

 

Jaguaquara: Cacá Leão e ex-prefeito Ademir se reaproximam; ”o furacão do Vale do Jiquiriçá”

/ Política

Cacá Leão e Ademir Moreira se reaproximam. Foto: Rede social

Posicionamentos políticos diferentes causam muito embaraço e até abalam as relações entre pessoas. Mas, o fluir do tempo e a própria política, se encarregam de reaproximar ex-amigos, ex-aliados e, apesar de que nada volta a ser como antes, tudo pode ser como nunca foi.

A visita do pré-candidato a governador ACM Neto (UB) a Jequié, nesta sexta-feira (27), marcou a reaproximação do ex-prefeito de Jaguaquara, Ademir Moreira (UB), com os Lões, seus antigos padrinhos políticos, que haviam se afastado do ex-gestor após ruptura de Ademir em 2014 com o então prefeito Giuliano Martinelli (PP), este que se tornou algoz de Moreira, mas permanece aliado dos Leões, que agora retomam o protagonismo no maior colégio eleitoral do Vale do Jiquiriçá.

Ao discursar em Jequié, Cacá (PP), pré-candidato a senador na chapa da oposição, fez afago a Ademir: ”Furacão do Vale do Jiquiriçá, a política nos afastou em determinado momento, meu amigo, mas a amizade sempre esteve presente nos nossos corações e isso possibilita que a gente esteja junto nessa caminhada”, disse Cacá.

Já Leão, gravou vídeo fazendo declarações a Ademir: ”Gosto de você”, afirmou. Entretanto, o Bonitão não contará com o apoio de Moreira na candidatura a Câmara dos Deputados. O ex-prefeito marchará com Dal (UB), o seu novo padrinho, mas integrante do mesmo time carlista. Agora, resta saber se Martinelli e a prefeita Edione Agostinone (PP) vão conseguir digerir a nova aliança dos Leões com o Furacão.

*por Marcos Frahm

Ao lado de Patrick, prefeito lança o São Pedro de Jitaúna, que ocorre entre 15 e 17 de Julho

Marcelo Pecorelli e Patrick Lops durante lançamento. Foto: Divulgação

O São Pedro de Jitaúna voltará a ser realizado pela Prefeitura, depois de dois anos de cancelamento da festa pública, em razão da pandemia. O prefeito Marcelo Pecorelli, acompanhado do ex-prefeito Patrick Lopes anunciou, nesta sexta-feira (27), durante evento de lançamento do evento as atrações que irão se apresenta de 15 a 17 de Julho, com o apoio do Governo do Estado, através da BahiaTursa.

Com o tema Arraiá da Rainha, o São Pedro 2022 terá Adelmário Coelho, Magníficos, Cavaleiros do Forró, Jaldo Rodrigues, Daniel Vieira, Forró dos Plays, Tio Barnabé, Caviar com Rapadura, Acarajé com Camarão, além de bandas locais e regionais. ”Tivemos o cuidado de montar uma grade tradicional, que nos remete ao forró raiz e ao bom forró eletrônico”, disse o prefeito.

Euclides Fernandes critica PEC que institui cobrança de mensalidade em universidades públicas

/ Política

Euclides protesta contra PEC nº 206/2019. Foto: BMFrahm

O deputado Euclides Fernandes (PT) apresentou, na Assembleia Legislativa, uma moção para protestar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 206/2019, que propõe cobrar mensalidade em universidades públicas. O documento foi endereçado aos presidentes do Senado e Câmara dos Deputados, bem como para os parlamentares baianos que compõem a bancada no Congresso.

O deputado classificou a proposta como ”um verdadeiro absurdo”, por querer modificar uma cláusula pétrea da Constituição Federal, que define ”a educação como direito de todos e dever do Estado”, para estabelecer a cobrança de mensalidades em universidades públicas brasileiras. Da Lei Magna do Brasil, o deputado se referiu ao Artigo 205; ao Inciso IV, do Artigo 206; assim como o Artigo 6º, que elevou a educação ao nível de direitos sociais.

”Com efeito, defendemos que tal matéria tem natureza de direito e garantia individual e coletiva, sendo, portanto, uma cláusula pétrea que não pode ser objeto de deliberação”, disse Euclides Fernandes. O parlamentar rechaçou ainda o argumento do proponente da PEC de que a cobrança seria direcionada apenas para os ricos: ”Com todo respeito, sabemos que não acontecerá. Em linhas opostas, a proposta irá reforçar a presença nas universidades daqueles economicamente favorecidos que podem arcar com as custas para realização da graduação superior”.

Em Vitória da Conquista, 20 prefeitos da região declaram apoio a pré-candidatura de Jerônimo

/ Política

Pré-candidatos se reúne com prefeitos. Foto: Ascom/Jerônimo

Vinte dos 24 prefeitos das cidades que compõem o Sudoeste da Bahia estiveram presentes no encontro, na noite de sexta-feira (27), em Vitória da Conquista, com o pré-candidato a governador do Estado do time de Lula, Jerônimo Rodrigues (PT), e o seu pré-candidato a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB).

Depois do Oeste da Bahia, com quase a totalidade dos prefeitos e prefeitas, a adesão de gestores municipais do Sudoeste baiano que declararam o desejo da continuidade do trabalho do governo Rui Costa se fortalece. Entre os apoiadores, prefeitos do PP, PL e Republicanos, partidos que não integram a base de apoio no estado ao governador.

“Esse será o nosso pacto. Em janeiro de 2023, quando sentarmos na cadeira de governador, iremos fortalecer ainda mais as prefeituras e os consórcios. Nem sempre os prefeitos podem tudo, e estamos sentindo muita falta, e não estamos tratando de partidos, mas com o Governo Federal não tivemos nem a oportunidade de dialogar”, criticou o pré-postulante petista.

Participaram do ato político os prefeitos de Mirante, Wagner Ramos (PSD); de Encruzilhada, Lei Silva (PSD); de Caraíbas, Jones Coelho (PSD); de Planalto, Cloves Andrade (PT); de Condeúbas, Silvan Baleeiro (MDB); de Maetinga, Aline Silveira (PL); de Belo Campo, Quinho Tigre (PSD); de Jacaraci, Antônio Carlos (PSD); de Cordeiros, Delci Luz (PSD); de Ituaçu, Phellipe Brito (PSD); de Ribeirão do Largo, Rebinha de Oliveira (PP); de Bom Jesus da Serra, Jornandinho Alves (PP); de Mortugaba, Heráclito Matos (PT); de Dom Basílio, Roberval Galego (PL); de Cândido Sales, Maurílio Lemos (PSD); de Poções, Nilda Magalhães (PCdoB); de Aracatu, Braulina Lima (Republicanos); de Barra do Choça, Oberdan Rocha (PP); de Caetanos, Paulo Reis (PCdoB); e de Licínio de Almeida, Fred Ferreira (PCdoB). O prefeito de Guajeru, Galego Ribeiro (PSD) não pôde participar do encontro em Conquista, mas já declarou seu apoio a Jerônimo. Além dos prefeitos, participaram ainda dezenas de vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e ex-vereadores, entre outras lideranças políticas locais.

Neste sábado (28), a Caravana Mais Bahia realiza a 10ª plenária do Programa de Governo Participativo (PGP) para todo o Sudoeste baiano. O evento, marcado para as 9h, será realizado no espaço Olimpo Cerimonial, na Avenida Juracy Magalhães, 2.500, no bairro Felicia. O pré-candidato ao Senado pelo PSD, Otto Alencar, e o senador Jaques Wagner (PT) participam do evento deste sábado.

Iguaí: Prefeito é resgatado pela PM após sequestro e pedido de resgate de R$ 200 mil

/ Polícia

Prefeito, esposa e PMs após resgate. Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste

A Polícia Militar de Itapetinga conseguiu interromper o andamento do sequestro do prefeito Rony Moitinho (PSD) de Iguaí, na região sudoeste da Bahia, que foi capturado com sua esposa e um funcionário na sua fazenda na cidade de Ibicuí, na sexta-feira (27).

Segundo informou a 21ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), de Itapetinga, ao site Achei Sudoeste, um grupo de homens invadiu a fazenda e sequestraram o trio. Os sequestradores ainda levaram um veículo Toyota Hilux, de cor branca, placa policial PJC 4549.

Com o apoio da Polícia Militar de Itapetinga, a 21ª Coorpin, localizou o cativeiro e conseguiu resgatar as vítimas. De acordo com o delegado Roberto Júnior, após informações obtidas pelo serviço de inteligência da Polícia Civil, o prefeito, sua esposa e seu funcionário foram localizados em um matagal na cidade de Camacã. Todos passam bem.

 O veículo roubado também foi recuperado. Os sequestrados pediram para família do gestor o valor de R$ 200 mil, o qual não foi pago. As policias Civil e Militar estão em diligências por toda a região para buscar identificar e prender os criminosos.

Ministério da Saúde recomenda dose de reforço para adolescentes, preferencialmente com a Pfizer

/ Saúde

O Ministério da Saúde publicou uma nota na noite de sexta-feira (27), em que amplia a recomendação da dose de reforço para adolescentes, entre 12 e 17 anos.

Segundo a nota, a dose de reforço deve ser aplicada neste grupo quatro meses após a segunda dose, preferencialmente com a vacina da Pfizer. Mas, se houver indisponibilidade da vacina, a Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, pode ser aplicada.

Adolescentes grávidas e puérperas também estão dentro desta recomendação. No caso de adolescentes imunossuprimidos, a recomendação é de usar apenas a vacina da Pfizer.

Bahia perde para o lanterna da Série B e se afasta ainda mais da liderança do Brasileiro

/ Esporte

Tricolor pecou no ataque e perdeu mais uma. Foto: Rafael Machaddo

O Bahia perdeu para o lanterna Tombense, em Muriaé, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O tricolor, que persegue o líder Cruzeiro, deu a primeira vitória do Carcará na Série B, com um gol tomado no segundo tempo.

Se vencesse o Tombense, o Esquadrão poderia voltar à liderança do Campeonato, dependendo também de um tropeço do Cruzeiro na rodada.

No entanto, ultrapassado pelo Vasco, fica na terceira posição e terá que perseguir o primeiro lugar nas próximas rodadas. A equipe volta a jogar no próximo sábado (4), às 16h30, contra o Criciúma na Arena Fonte Nova.

Cantora Ivete Sangalo encerra show de 50 anos e se diz realizada em cidade natal Juazeiro/Bahia

/ Entretenimento

Ivete em show na cidade de Jauzeiro — Foto: Valma Silva/g1

O show de Ivete Sangalo em Juazeiro, no Sertão do São Francisco, chegou ao final já na madrugada deste sábado (28) quase à 1h. Não faltou espaço para outros sucessos da carreira.

Junto com o público, que lotou o espaço montado perto do Rio São Francisco, a cantora lembrou hits do começo da carreira como Me abraça, recordou também sucessos do samba-reggae, do começo da chamada Axé Music, como Doce Obsessão, do Cheiro de Amor, e Faraó, que fez sucesso primeiro com Margareth Menezes, e Baianidade Nagô, da Banda Mel.

Durante o show, o cenário também fazia alusão ao passado da cantora, com desenhos da artista ainda criança, além de carros antigos. O show foi acompanhado por fãs de diversas cidades. Ivete agradeceu a participação de pessoas de diversas cidades. Citou Senhor do Bonfim, Curaçá, Capim Grosso, Feira de Santana, Recife, entre outros lugares.

Ivete fez várias menções sobre a importância de Juazeiro na formação dela e disse que estava feliz de estar de volta às origens. ”Os meus filhos estão aqui tomando banho de rio e isso para mim é uma grande realização”, vibrou. Com informações do site Bahia Notícias

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mantém bandeira tarifária verde para junho

/ Economia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu acionar a bandeira verde no mês de junho para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN). De acordo com a agência, dessa forma, não haverá cobrança extra na conta de luz no próximo mês.

É o segundo anúncio de bandeira verde realizado pela Aneel desde o fim da Bandeira Escassez Hídrica, que durou de setembro de 2021 até meados de abril deste ano. Em maio, a agência já havia acionado a bandeira verde. Segundo a Aneel, na ocasião, a bandeira verde foi escolhida devido às condições favoráveis de geração de energia.

Bandeiras Tarifárias

Criadas em 2015 pela Aneel, as bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica. Divididas em níveis, as bandeiras indicam quanto está custando para o SIN gerar a energia usada nas casas, em estabelecimentos comerciais e nas indústrias.

Quando a conta de luz é calculada pela bandeira verde, significa que a conta não sofre qualquer acréscimo. Quando são aplicadas as bandeiras vermelha ou amarela, a conta sofre um acréscimos, que variam de R$ 1,874 por 100 quilowatt-hora (kWh) consumido a 9,492 por 100 kWh.

O Sistema Interligado Nacional é dividido em quatro subsistemas: Sudeste/Centro-Oeste, Sul, Nordeste e Norte. Praticamente todo o país é coberto pelo SIN. A exceção são algumas partes de estados da Região Norte e de Mato Grosso, além de todo o estado de Roraima. Atualmente, há 212 localidades isoladas do SIN, nas quais o consumo é baixo e representa menos de 1% da carga total do país. A demanda por energia nessas regiões é suprida, principalmente, por térmicas a óleo diesel. Da Agência Brasil

Dupla sertaneja Diego e Victor Hugo é uma das atrações confirmadas do São João de Maracás 2022

/ Entretenimento

Diego e Victor Hugo estará no São João de Maracás. Foto: Rede social

A dupla Diego e Victor Hugo, uma das mais reconhecidas da atualidade no cenário artístico sertanejo foi confirmada, nesta sexta-feira (27), como uma das atrações do São João de Maracás.

Em publicação em rede social, a Prefeitura divulgou um vídeo da dupla com anúncio de show agendado o dia (23) de Junho, com o apoio do Governo do Estado através da BahiaTursa.

Além da dupla, Cavaleiros do Forró, Forró do Muído, Chambinho do Acordeon, Forró do Tico e Rasta Chinela já foram anunciados como atrações do evento.

ACM celebra aliança com Zé Cocá e diz que apoio do prefeito de Jequié foi o mais ”emblemático”

/ Jequié

ACM Neto enaltece o prefeito Zé Cocá durante visita à Jequié

O ex-prefeito de Salvador ACM Neto (UB) comemorou a adesão do prefeito de Jequié e presidente da União dos Municípios da Bahia Zé Cocá (PP) a sua pré-campanha ao Governo do Estado.

Ao desembarcar no aeroporto Vicente Grillo, na tarde desta sexta-feira (27), o pré-candidato, durante coletiva de imprensa, enalteceu Cocá, tendo afirmado que o apoio do prefeito foi o mais emblemático do seu projeto político; ”Não havia lugar melhor para a gente começar mais uma etapa da nossa caminhada do que Jequié, que já nos deu dois governadores e hoje nos dar um prefeito que é um destaque, um exemplo, uma referência para toda Bahia. Uma pessoa, cuja voz é ouvida nos quatro cantos. O apoio de Cocá foi o mais emblemático que nós tivemos pelo que ele representa, por ser uma liderança política com influência em todo o Estado”, destacou ACM.

Cocá é uma das figuras mais expressivas do Progressistas, partido liderado pelo vice-governador e agora pré-candidato a deputado federal João Leão que, ao declarar ruptura política com o governador Rui Costa (PT) o levou para a ala oposicionista, ampliando a base de apoio a Neto.

Ainda em Jequié, ladeado por Cocá e outras lideranças ACM participou, no Jequié Tenis Clube, do lançamento da pré-campanha a deputado estadual do ex-secretário de Governo da da Cidade Sol, o ex-vice-prefeito Hassan Iosseff (PP).

Proposta de segurança pública de ACM Neto difere da do PT?

/ Artigos

Os atores políticos, de modo geral, adotam, durante o processo eleitoral, mensagens ambíguas e sem profundidade, para não correrem o risco de os eleitores discordarem das suas posições e perderem votos. É por essa razão que o ex-presidente Lula disse à revista americana Time que não se ”discute política econômica antes de ganhar as eleições”.

Há quase um ano e meio em pré-campanha pelo governo da Bahia, ACM Neto também não tem falado com profundidade quando o tema é Segurança Pública. Pouco se sabe, até agora, como o pré-candidato favorito para vencer as eleições pretende resolver um dos principais problemas da Bahia, se for eleito governador.

É bem verdade que estamos em pré-campanha, mas me parece ser o momento ideal para debatermos as propostas daqueles que têm a intenção de chegar ao poder. Ou será que vamos conseguir discutir a fundo todos os assuntos durante 45 dias de campanha? Penso que não. Tem se falado tanto em chapa, alianças, estratégias eleitorais, por que não tratarmos também das propostas?

Na eleição de 2018, muitos discursos de postulantes a governador sobre Segurança Pública não tinham qualquer respaldo legal. Apesar disto, muitos candidatos conseguiram ter sucesso eleitoral nas urnas. Foi o caso de Wilson Witzel, no Rio de Janeiro, e João Doria, em São Paulo. ”A partir de janeiro, polícia vai atirar para matar”, disse o tucano na campanha. ”O correto é matar o bandido que está de fuzil. A polícia vai fazer o correto: vai mirar na cabecinha e… fogo! Para não ter erro”, afirmou o ex-juiz.

Quatro anos depois, ACM Neto também adota um discurso duro a respeito do tema, mas dentro da legalidade. ”No meu governo, bandido não vai se criar. Ou vai estar na cadeia ou fora da Bahia”, tem dito ele. Pelas palavras do pré-candidato, fica evidente que, se eleito, terá uma política de confronto. Essa é a política pública empregada há 16 anos na Bahia, pelos dois governos do PT. ”Vou meter polícia aí. Não vou comer pressão de traficante”, disse o governador Rui Costa, em maio do ano passado.

Então, o que irá diferir a política pública de segurança de ACM Neto, se eleito, da atual política pública do PT? Não se sabe. Na eleição de 2008, quando tentou pela primeira vez a prefeitura de Salvador, Neto tentou estadualizar o pleito e trouxe o tema da segurança pública para o debate eleitoral. Na época, disse que, se eleito, transformaria a capital baiana em um ”Big Brother” – sistema de câmeras móveis nos bairros mais violentos –, e ainda trouxe para embasar as suas propostas o ex-secretário de Segurança da Colômbia, Hugo Acero.

Não se sabe se ACM Neto irá sugerir algo semelhante no pleito deste ano. O que se sabe é que esta proposta, que foi adotada pelo governo Rui Costa, é cada vez mais contestada. A bela reportagem ”A Bahia está virando um laboratório de reconhecimento facial”, do site The Intercept, mostra como tem sido pouco útil a tática de espalhar câmeras pela capital baiana.

”Na região do Lobato, com 10 câmeras, crimes contra o patrimônio aumentaram 144% desde 2012, ano em que o sistema de monitoramento foi iniciado na capital, até 2019. Na região de Cajazeiras, com 22 câmeras, o aumento foi de 71,3% e, na região da Sussuarana, com nove câmeras, foi 50,8% maior”, escreveu a repórter Cíntia Falcão.

Além de se demonstrar pouco eficazes, as câmeras com reconhecimento facial podem ter virado uma fábrica de produção de injustiças no Brasil. Um estudo recente da Defensoria Pública do Rio de Janeiro aponta que, de cada 10 réus absolvidos, 8 foram presos por causa dessa ferramenta e ficaram, em média, 1 ano e 2 meses presos. Inaceitável.

Na eleição de 2018, ACM Neto observou que o eleitor brasileiro deu um cheque em branco para o então candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, que sequer foi aos debates para discutir as suas propostas. Quatro anos depois, a gente roga para que não se dê um cheque em branco para o futuro governador da Bahia, seja lá quem for.

*por Rodrigo Daniel Silva